Globo joga tudo na defesa da Lava Jato, mas corre o risco de afundar abraçada a Moro

Globo joga tudo na defesa da Lava Jato, mas corre o risco de afundar abraçada a Moro

Ao jogar tudo na defesa da Lava Jato, a Globo dobrou a aposta e agora corre o risco de afundar abraçada ao ex-herói nacional Sergio Moro, que acaba de ser desmascarado.

Na verdade, a Globo está também atuando em causa própria, pois desde o primeiro momento apoiou e bancou a força-tarefa de Curitiba comandada pelo ex-juiz, hoje ministro da Justiça do governo de extrema-direita.

“A Globo é sócia, agente e aliada de Moro e da Lava Jato”, disse o jornalista Glenn Greenwald, autor das denúncias publicadas no site The Intercept, o que não chega a ser uma grande novidade para quem acompanha há cinco anos a operação casada da Lava Jato com jornalistas e donos da mídia amiga.

Em entrevista a Thiago Domenici, da Agência Pública, Greenwald lembrou que “o tempo todo, a grande mídia não estava reportando sobre a Lava Jato, ela estava trabalhando para a Lava Jato”.

Segundo o jornalista, há exceções como a Folha de S. Paulo, e jornalistas independentes.

“Preciso falar que depois de publicar o que publicamos, acho que com uma exceção, que é a Globo, a grande mídia está reportando o material de forma mais ou menos justa, com a gravidade que merece”.

De fato, o restante da mídia já rifou o ex-juiz solenemente, porque sabe que novas denúncias virão nas reportagens do site The Intercept.

Mas só o que já foi divulgado seria suficiente para Moro ser demitido do governo, e Deltan Dallagnol afastado da operação e investigado pelo Ministério Público Federal.

Até o presidente Jair Bolsonaro, que de bobo não tem nada, está se fingindo de morto diante do maior escândalo da história da Justiça brasileira que envolve o seu superministro.

Na terça-feira, o capitão convidou o ministro para passear de lancha e depois o condecorou com uma medalha da Marinha, mas quando foi perguntado sobre os vazamentos das conversas de Moro virou as costas e encerrou a entrevista.

Passadas 72 horas, Bolsonaro continua em obsequioso silêncio sobre o assunto que provocou o maior abalo no seu governo até agora.

Sem em nenhum momento desmentir a veracidade das mensagens trocadas com Dallagnol e outros procuradores, Moro e a Globo continuam insistindo em reduzir o caso a um “vazamento criminoso” de conversas particulares feito por “hackers”, como se não tivessem usado os mesmos métodos durante a Operação Lava Jato.

Greenwald já desmentiu a história dos “hackers”, garante que recebeu as gravações de uma fonte anônima e promete novas revelações sobre as conexões espúrias da Lava Jato com a mídia conservadora.

“Os jornalistas pararam de investigar e questionar a Lava Jato e simplesmente ficaram aplaudindo, apoiando e ajudando”, afirma o jornalista na entrevista à Pública.

No caso da Globo, que só comenta o crime praticado pela fonte de Greenwald, e não mostra interesse no conteúdo das gravações, chega a ser patético o comportamento dos seus profissionais.

É até um desperdício: para que tantos comentaristas globais, se todos repetem sempre a mesma coisa, de acordo com o script da emissora?

O noticiário parece um realejo que toca em todos os telejornais do grupo, tentando distrair a platéia sobre o que realmente interessa nessa história: o modus operandi do crime cometido por agentes públicos para condenar Lula e tirá-lo da disputa presidencial.

Num momento em que a empresa enfrenta dificuldades financeiras e perde bons profissionais para a concorrência, não dá para entender a postura arrogante da Globo, na mesma linha de Moro e Dallagnol.

Para sair dessa encruzilhada, voltar a fazer bom jornalismo, que a Globo sabe fazer, respeitando a verdade factual, com pluralidade de opiniões, talvez ainda seja a melhor estratégia.

Moro, Dallagnol e todos os procuradores da força-tarefa de Curitiba que cuidem das suas próprias defesas.

E vida que segue.

 

30 thoughts on “Globo joga tudo na defesa da Lava Jato, mas corre o risco de afundar abraçada a Moro

  1. Aceitando que houve invasão de ‘hackers’ nos celulares de Moro e Procuradores, só seria invasão de privacidade se os celulares destes fossem particulares. Se os celulares foram fornecidos pelo estado, para ser uma ferramenta de trabalho destes profissionais, então não houve invasão nenhuma. O Regimento interno destas instituições diz que tem que haver transparencia em todos os atos praticados por qualquer agente público!

    1. A questão do hacking, se é que houve, é secundária. A PF vai investigar e talvez chegue a um culpado. Durante a Lava jato vários vazamentos ocorreram e nunca se chegou aos culpados. O Incercept não tem nada a ver com o hacking . O fato e que agora ja se sabe a autoria de alguns crimes previstos no art. 325 do Código Penal, que prevê detenção de até 2 anos para cada vazamento .

  2. Sugestão: Ler a entrevista de Christianne Machiavelli que foi do Depto. de Comunicação da Lava Jato para The Intercept Brasil em 30/10/2018. Ela conta de seu espanto com o comportamento da imprensa em relação à denúncias da Lava Jato. Como os jornalistas aceitavam sem discussão tudo o que era passado pelo moro/amigos….

    1. Suely, eis o link do CONJUR sobre o assunto:
      https://www.conjur.com.br/2018-out-30/faltou-critica-parte-imprensa-ex-assessora-lava-jato

      A Globo agora está dizendo que foi procurada pelo jornalista Glenn Greenwald para “dividir a divulgação das gravações”. Ora, o Glenn já disse e escreveu que a “Globo é parceira, sócia, amiga da Lava Jato”. Iria ele, experiente como é, procurar justamente a empresa dos 3 Patetas para dividir divulgação de um assunto que ele está acompanhando?

  3. Os procuradores foram bem partidarios, arrogantes e junto com arrogancia, vem a negligencia.
    Com esta, brechas para novos snowdens, ou ‘gargantas profundas’ que vao surgir.
    Pois é.
    Os cachorros grandes da direita nao vao se render,
    é verdade. Mas contra eles tem duas coisas que eles nao podem controlar: a realidade da recessão economica aqui, que so se aprofunda e a independencia -neste topico – da Midia internacional… lembrando que esta midia, que é do establishment NAO gosta nada da extrema direita e portanto nao gosta de um Bozzonaro dda republica bananeira.

  4. Moro, figura desmascarada com ascensão interrompida e, odioso início, dependente da Globo, rede em declínio irreversível. Dias dos namorados, Moro e Dallagnol, curioso vazamento… é o amor! Sério: É o Brasil, no dia do amor comercial, desamor eterno para com o povo. STF é a bola da vez. Faça-se Justiça, porque os legisladores, exceções raríssimas à parte, engolirão o que moro “vomitar”(não encontro outro vocábulo, e já pedindo vênia e desculpas pelo exagero). Precisamos transformar as ruas no Quarto Poder e, imediatamente, dar posse ao povo.

  5. Quase seis meses de desgoverno ( exatos 163 dias de vergonhoso desgô) e… nada! Única novidade, Moro de Cu ri ti ba em xeque mate. Bolso não vai sacrificar sua rainha. Nas fronteiras do abandono, as Forças Armadas ensinam a jogar xadrez? Humm.

  6. Realmente era difícil de entender a cobertura da Globo qdo a polícia federal agia nas ações as 6hs da manhã, sabia de tudo antes, parecia cena de filme, tudo articulado. Agora a casa caiu, uma desmoralização no judiciário, ficou claro o projeto político do poderoso Sr.Moro que logo em seguida “aceitou” o convite pra ser ministro do medíocre governo atual.

  7. A globo está se defendendo. Ela sabe o que fez no verão passado. Nada de proteger segundos, terceiros ou quem quer que seja. Tem interesses maiores e vultosos nessa confusão criada pelos amadores da lava jato. Foram usados, subservientes e estão sendo colocados para o escanteio porque não são mais úteis. Os interessados já ganharam as eleições. E se vierem audiovisuais? A espectativa está ótima. Glenn está sendo um excelente estrategista. Sabe o que faz. Não sabemos pra quem. É seguro. Não saiu do país. E sabe que o Brasil é país inseguro, caso da vereadora Marielle Franco está fresquinho.

  8. “Pois é né… Sérgio Moro está com medo de renunciar ao cargo de Ministro da Justiça porque não confia na imparcialidade do Judiciário brasileiro ou ele prefere conduzir parcialmente uma investigação em que é o principal interessado?”
    (Fábio de Oliveira Ribeiro)

  9. O jornalista Glenn Greenwald faz jornalismo de nos encher os olhos, não à toa recebeu o Nobel do Jornalismo – o prêmio Pulitzer… Cabe a alguns jornalistas das grandes corporações, ter esse trabalho do The Intercept como uma aula magna de como se faz um excelente trabalho de jornalismo investigativo.

  10. Prezado Ricardo Kotscho

    O destino da Globo está amarrado ao de Moro porque ela está enrolada na corrupção da FIFA e Moro e seus garotos (da lavajato do RJ também) estão encobrindo as falcatruas.
    Se um afundar, arrasta o outro

  11. Pra se associar a Moro, em conluio que maleficamente interessa a ambos, o antigo império caminha, em silêncio, para a ruína. A Globo continuará com novelitas desmancha família e o besteiroso dominguento do Caustão. A benzedeira Filó sempre dizia: “Por fora bela viola, por dentro pão bolorento”.
    Tá viva a danada com 97 anos, benzendo adoidado, sem falar uma palavra, som de “gemedora”
    e gestos atemorizantes. Fiquei sabendo que sua clientela hoje é só cachorro que come grama e capim mimoso. Contei pra ela o “causo plantado” do amigo preso inocente. Fez gestos, o sinal da cruz, puxou fumo com flor de maracujá e disse pra dia 25 eu voltar. Claro que vou, curou bicheira de vaca na minha frente. Nunca cobrou nada. Em tempos áureos, Filó sangrava cavalo e o fazendeiro dava festa. Adora moedinhas, ela põe numa latinta e tirinta pra lá e prá cá. Disse que todo mudo deve fazer isso, uma vez por semana pra espantar ladrão. Vou fazer pela Globo e pelo Moro. Sai bicheira. Sai.

  12. É meu caro Ricardo….esta tal de vazajato, está deixando a casa grande louca, logologo estarão brigando uns com os outros, na busca de uma bóia de salvação…parece que esta coisa, esta tal vazajato, é mais séria do que a gente pode imaginar.
    Entregaram as almas pro capeta…e capeta é bicho doido, de manhã é seu amigo, MAAASSSSS, de noite pode ser seu inimigo mortal.
    Vamú qui vamú ???
    Acalmai irmãos na glória tudo cessará…aleluia ???

  13. Estão tão malucos que resolveram forjar uma estória que o hacker teria criado os diálogos, parece que se esqueceram que vem áudios e vídeos por aí…kkk…doidura pra doido nenhum se sentir inferiorizado…né não ???

  14. Prezado Kotscho: Não é de se estranhar que “a Globo dobrou a aposta e agora corre o risco de afundar abraçada ao ex-herói nacional Sergio Moro”, porque sempre apoiou os governos da ditadura e agora apoia esse governo de extrema direita. É mais um para o currículo. Diretas Já!

  15. A gente sabia ha tres anos, a midia progressista denunciava que o dossie Petrobras se originava da NSA e Cia. As reaçoes deles foram de chacota.
    Mas o estrume agora foi direto ao ventilador: dialogo de 31.8.2016 entre o dalagnol e seu fiel escudeiro Moro…
    Quer dizer entao que AS OPERAÇOES da vazajato, celebradas pela globo JN midia e o escambau, DEPENDIAM literalmente dos americanos?
    Por consequencia, sua pirotecnia exuberante, seu timing cronométrico com o JN, (os reporteres globentos estavam no local das prisões às 05:30 da matina, antes da PF) tbm eram coordenadas com Langley e warshington?
    Se aquela operaçao, que nao era a mais importante dependeudisso , o que dirá das outras, anteriores e posteriores? O zumzum da época de que o Consulado imperial no RJ tinha 300 pra lá de adidos e funcionarios nao tem nada a ver?
    Alo, alo Tacla Duran, voce tem ainda muito o que dizer, teus algozes ja foram pra o vinagre, diga nos alguma coisa!!

  16. Apareceu a palavra AMERICANOS. Essa é a chave do desenrolar do quem vem acontecendo no Brasil desde a descoberta do pré-sal. Há uma densa e tensa malha a ser desenrolada. A ponta está à mostra há tempo.

  17. Tem que emergir para o sol e a liberdade , o sr
    Luis Inacio Mandela da Silva.
    Para o que se avoluma a onda internacional.
    Que nao precisará de 27 anos. 27 anos foi precisamente o ocioso tempo passado na Camara pelo miliciano analfabeto que uma hipnose coletiva elegeu.
    Liberdade pra ja e não pra ontem.

  18. A imprensa honesta deve ficar atenta para o uso da máquina público em defesa do tal Moro. A polícia federal e comandada pela pasta da Justiça, justamente a pasta em que Moro é o ministro. Não fiquei surpreso ao ler nos jornais que essa polícia federal está investigado o caso, MAS APENAS OS SUPOSTOS HACKERs. O RESTO ESTÁ SENDO EMPURRADO COM A BARRIGA E A IMPRESSA AMIGA.

  19. “O homem público é patrimonio público e, como tal, nao pode ser protegido por nenhum tipo de sigilo”. A frase é de Thomas Jefferson, um dos pais da Carta de Filadélfia fundadora dos EUA.

  20. Enquanto Mestre escreve e ‘traduz’ a história diária acontecendo às nossas fuças, mostrando que ‘alguma coisa fora da ordem’ finalmente começa a ser contestada, o fato dos Marinho terem dobrado a aposta e correrem risco de soçobrarem abraçados ao Poderoso Chefão lavajateiro, é opção única pelo envolvimento desses até o pescoço, porque alma não possuem, no desmoronamento das instituições jurídicas e consequentes atropelos da Constituição e da Democracia, além do crime de lesa pátria à entrega do Brasil a terceiros.
    O sobas do Jardim Botânico sabem que dessa vez queimaram os navios e serão protagonistas em inéditos capítulos da série do The Intercept, sem comandarem a edição. Portanto resta-lhes tentar tapar o sol com ‘as pederneiras’ das forças de ocupação, se restarem-lhes forças, quanto mais de ocupação, após a passagem do vendaval fora de época e controle, varrendo o país paralisado há mais de quatro anos por tamanha suruba golpista.

  21. “A Globo é sócia, agente e aliada de Moro e da Lava Jato”, diz Glenn Greenwald, em spoiler sobre o que está por vir na série da The Intercept.
    Daí que, “para sair dessa encruzilhada, voltar a fazer bom jornalismo, que a Globo sabe fazer, respeitando a verdade factual, com pluralidade de opiniões, talvez ainda seja a melhor estratégia”, indica Mestre, porém jamais como opção para qualquer Marinho ou laranja, permanecerem no comando, pois são o fulcro do câncer que corrói o Brasil há tempo.
    A Globo como BBC, sim, com ‘os Marinho’, não, caso queira-se de fato e direito, o Brasil justo, moderno e soberano.

  22. O que Moro e sua equipe de procuradores faz está capitulação no código penal, art 325. Pena de até dois anos para cada vazamento ilegal perpetrado.

    Art. 325 – Revelar fato de que tem ciência em razão do cargo e que deva permanecer em segredo, ou facilitar-lhe a revelação: Pena – detenção, de seis meses a dois anos, ou multa, se o fato não constitui crime mais grave.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *