O sentido do avesso das palavras em tempos de guerra

O sentido do avesso das palavras em tempos de guerra

“Agora é guerra”, avisou Bolsonaro, depois que estouraram o bunker do “gabinete de ódio” do filho Carlucho, o 02, criador e comandante em chefe da fábrica de fake news nas redes sociais, que ainda lhe garante 33% de apoio popular, segundo o Datafolha. Dizem os antigos que a primeira vítima numa guerra é a verdade. No nosso caso, a grande vítima é o sentido das palavras na novilíngua do bolsonarismo. Virou tudo do avesso. Será necessário criar um novo dicionário…

Leia Mais Leia Mais

Bolsonaro se une a Aras na guerra contra o STF

Bolsonaro se une a Aras na guerra contra o STF

“Ilegal e despropositada” (Jair Bolsonaro) “Desnecessária e desproporcional” (Augusto Aras) Relacionadas O bolsonarista Aras se insurge contra inquérito legal que apoiou há 7 meses Aras diz a colegas que ação do STF foi “desnecessária e desproporcional” Aras deve vetar pedido por celulares de Bolsonaro e Carlos, dizem fontes Quase com as mesmas palavras, o presidente e o procurador-geral da República reagiram ao cerco do Supremo Tribunal Federal contra o governo desencadeado nos últimos dias. Inconformado com a operação da Polícia…

Leia Mais Leia Mais

PF do Rio vira Gestapo de Bolsonaro: Operação Placebo é o batom na cueca

PF do Rio vira Gestapo de Bolsonaro: Operação Placebo é o batom na cueca

Está explicado por que Bolsonaro queria tanto fazer uma intervenção na Polícia Federal do Rio, nem que para isso tivesse de fritar e rifar o ex-superministro Moro. Não era só para se proteger e aos seus filhos e amigos de perigosas investigações sobre rachadinhas, laranjas e ligações com a milícia carioca que assassinou Marielle Franco e Anderson Gomes. Como toda polícia política, a Gestapo de Bolsonaro deveria também atacar seus inimigos, como deixou claro na reunião pró armamentismo do dia…

Leia Mais Leia Mais

Imprensa sob ataque do bolsonarismo: o que temos para comemorar?

Imprensa sob ataque do bolsonarismo: o que temos para comemorar?

(Atualizado às 20h40) No próximo dia 1º de junho, comemora-se o Dia da Imprensa, mas os jornalistas brasileiros nada têm a comemorar, só a temer pelo seu futuro, diante dos constantes ataques do governo miliciano-militar. Principal alvo do “gabinete de ódio” que governa o país, ao lado do Judiciário, as ameaças aos jornalistas começaram nas redes sociais, e logo transbordaram para as ruas, com agressões físicas e verbais, tornando nosso trabalho uma atividade de risco. Tudo começa logo cedo, a…

Leia Mais Leia Mais

E a boiada continua passando, comemorando a grande “vitória”

E a boiada continua passando, comemorando a grande “vitória”

O que está acontecendo com o Brasil, depois do vexame daquele vídeo escabroso do Palácio do Planalto, me fez lembrar o famoso 7 a 1 que tomamos da Alemanha na Copa de 2014. É como se a torcida com a camisa da CBF saísse do Mineirão, carregando Felipão nos ombros, festejando a “vitória” e gritando “Mito!”. Pouco importam os números que ficaram no placar. Para a boiada de bolsonaristas, que está aproveitando a “oportunidade” da Covid-19, segundo o grande patriota…

Leia Mais Leia Mais

Vídeo estarrecedor coloca a nu o governo dos aloprados de Bolsonaro

Vídeo estarrecedor coloca a nu o governo dos aloprados de Bolsonaro

Se Bolsonaro queria mesmo interferir ou não na Polícia Federal, na reunião ministerial de 22 de abril, isso virou mero detalhe diante do conjunto de barbaridades ditas pelo presidente e seus 22 ministros no vídeo de pornô político divulgado ao distinto público, nesta sexta-feira, pelo STF. Confesso que, ao final, senti náuseas e vergonha de ser brasileiro, me deu vontade de vomitar. “Esta reunião ministerial tem um repertório inacreditável de crimes”, resumiu, melhor do que qualquer analista político, o governador…

Leia Mais Leia Mais