“Mito” diplomado mostra que vai governar como fez campanha: por fake news

“Mito” diplomado mostra que vai governar como fez campanha: por fake news

Ao ser diplomado presidente da República no TSE, nesta segunda-feira, Jair Bolsonaro foi recebido aos gritos de “Mito” pela seleta platéia de seguidores. De fato, a sua eleição está mais ligada à mitologia nativa que cria tipos como João de Deus do que à escolha racional de um país civilizado do século 21. Num texto mais adequado ao Facebook do que à pomposa cerimonia da diplomação de um presidente, a única coisa útil do seu discurso mambembe, lido com dificuldade,…

Leia Mais Leia Mais

Tudo faz muito tempo: os Direitos Humanos, o ocaso da “Geração 68”, o AI-5 e a Ilustrada

Tudo faz muito tempo: os Direitos Humanos, o ocaso da “Geração 68”, o AI-5 e a Ilustrada

Segunda-feira, 10 de dezembro de 2018. No meu calendário da vida, hoje não é um dia qualquer. Por isso, peço licença aos leitores para escrever um texto de memórias pessoais que se confundem com o que aconteceu no país nos últimos 70 anos. Tudo faz muito tempo. Ao terminar de ler o jornal, com as várias efemérides da semana, embaralham-se na minha cabeça boas e más lembranças, e a noção do tempo passado. Para quem nasceu em 1948, mesmo ano…

Leia Mais Leia Mais

Militares e evangélicos são a nova fonte de poder no Brasil dos Bolsonaro

Militares e evangélicos são a nova fonte de poder no Brasil dos Bolsonaro

Os generais estão voltando, sob o comando de um capitão reformado, mas não estão sozinhos para dar as ordens em Brasília. Junto com eles, chegam ao poder os bispos da grana das igrejas evangélicas neo-pentecostais, que já nomeiam e vetam ministros. Nada muito diferente de 1964. Só mudaram as igrejas: naquela época, quem açulou os militares a tomar o poder foram bispos da igreja católica apostólica romana, que promoveram as Marchas da Família, com Deus pela Liberdade, e acenderam o…

Leia Mais Leia Mais

Mino Carta: “A demência como forma de governo”. Eles não sabiam em quem votaram?

Mino Carta: “A demência como forma de governo”. Eles não sabiam em quem votaram?

Na perfeita descrição de Mino Carta, o que aconteceu foi o seguinte: “O golpe de 2016 representou o arremate fatal e, com a inestimável colaboração de um Judiciário disposto a legalizar a ilegalidade, prepara com desvelo a eleição de Bolsonaro e a instalação da demência como forma de governo. Nunca o Brasil viveu situação tão grave e, só aparentemente, tão absurda”. Tão absurda, que só agora, cinco semanas após a vitória de Bolsonaro e de toda a onda conservadora que…

Leia Mais Leia Mais

Conexão da família do PM Queiroz envolve Jair, Michele e Flávio Bolsonaro

Conexão da família do PM Queiroz envolve Jair, Michele e Flávio Bolsonaro

O assessor parlamentar, motorista e segurança de Flávio Bolsonaro, PM Fabrício José Carlos de Queiroz, fez movimentações de RS 1,2 milhão em sua conta bancária no período de um ano. Em relatório do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), o país foi informado que uma das transações de Queiroz é um cheque de R$ 24 mil destinado à futura primeira-dama Michele Bolsonaro. Nesta sexta-feira, também pelo Estadão, ficamos sabendo que a filha do PM, Nathalia Melo de Queiroz, era…

Leia Mais Leia Mais

Já apareceu um PC Farias dos Bolsonaro? Coaf investiga R$ 1,2 milhão

Já apareceu um PC Farias dos Bolsonaro? Coaf investiga R$ 1,2 milhão

Reportagem de Fábio Serapião, publicada no Estadão desta quinta-feira, informa: “Coaf relata movimentação atípica de ex-assessor de Flávio Bolsonaro”. Relatório do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) apontou movimentação atípica de R$1,2 milhão, no período de 12 meses, na conta do PM Fabrício José Carlos de Queiroz, assessor parlamentar, motorista e segurança do deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro, que foi exonerado entre o primeiro e o segundo turno da eleição de outubro, quando a eleição já parecia…

Leia Mais Leia Mais