É Carnaval: policiais saem fantasiados de milicianos e levam terror ao Ceará

É Carnaval: policiais saem fantasiados de milicianos e levam terror ao Ceará

“O apatifamento de uma nação começa pela degradação do discurso público” (Luiz Fernando Veríssimo, em sua coluna de hoje sob o título “Apatifaram-nos”). *** Fala-se muito em miitarização do governo, o que é fato, mas a ameaça maior à democracia vem da milicianização das Polícias Militares fora de controle em todo o país. O que era um fenômeno carioca, onde as milícias formadas por ex-policiais e ex-militares progressivamente assumiram o papel do Estado, foi se alastrando por toda parte, a ponto…

Leia Mais Leia Mais

Golpe dentro do golpe: general Heleno abre guerra contra o que resta de democracia

Golpe dentro do golpe: general Heleno abre guerra contra o que resta de democracia

Em plena semana do Carnaval, eles rodaram a baiana e rasgaram as suas fantasias de generais de pijama. Sob o comando do nanogeneral Augusto Heleno (na brilhante definição de Fernando Morais), ministro do Gabinete de Segurança Institucional, o governo militarizado está em pé de guerra contra o que resta de democracia e agora quer convocar o povo a ir às ruas contra o Congresso. Principal conselheiro e tutor do capitão presidente, aquele que está sempre de óculos escuros ao lado…

Leia Mais Leia Mais

Greve secreta da Petrobras entra no 18º dia e só agora vira notícia

Greve secreta da Petrobras entra no 18º dia e só agora vira notícia

Maior paralisação nas instalações da Petrobras desde 1995, ainda no governo de FHC, a greve dos petroleiros de 2020, até agora solenemente ignorada, só ganhou espaço na mídia no 18º dia, depois de ser decretada ilegal pelo TST do ministro Ives Gandra, aquele célebre carrasco dos trabalhadores que inspirou a “reforma trabalhista” de Michel Temer. Com 21 mil empregados e 122 unidades da Petrobras paradas, segundo a Federação Única  dos Petroleiros (FUP), até esta terça-feira a greve era secreta. O…

Leia Mais Leia Mais

Pós-democracia no Regime de Exceção: como chegamos a esse ponto

Pós-democracia no Regime de Exceção: como chegamos a esse ponto

Abro espaço neste domingo, sem novidades até o começo da tarde, para reproduzir o belíssimo texto que me foi encaminhado pelo Guilherme Scalzilli, um jovem jornalista que não é da minha geração, mas está entendendo muito bem as origens do regime autoritário instalado no país, por ele chamado “Regime de Exceção”, que levou à “Pós -democracia”. Sem meias palavras, sem tergiversar, ele vai direto ao ponto do processo de desmanche da democracia que começou no golpe de 2016.  Não é…

Leia Mais Leia Mais

Temer deixa a vida pública e vai ao bar encontrar velhos amigos

Temer deixa a vida pública e vai ao bar encontrar velhos amigos

Sem paletó e gravata, de camisa polo azul, o ex-presidente Michel Temer entrou no bar sozinho em busca de uma cadeira vazia, que já lhe estava reservada. Em seu primeiro sábado de cidadão comum, após se despedir da vida pública em entrevista ao UOL, Temer reencontrou velhos amigos na Tabacaria Ranieri, uma antiga confraria de charuteiros, no bairro dos Jardins, em São Paulo. Lá estavam, entre muitos outros, três ex-ministros do STF _ Eros Grau, Nelson Jobim e Cezar Peluso…

Leia Mais Leia Mais

Forte Apache no Planalto: capitão se fecha na retranca com os generais

Forte Apache no Planalto: capitão se fecha na retranca com os generais

Agora não temos mais nenhum civil no comando do Palácio do Planalto. Nos gabinetes que mandam no país só entram militares. O entorno do capitão presidente virou uma extensão do Forte Apache, como é conhecido o Quartel-General do Exército em Brasília. Só uma dúvida: quem vai bater continência para quem? Até a Casa Civil passa a ser ocupada por um general, Walter Braga Netto, que foi interventor federal no Rio de Janeiro na época do assassinato de Marielle Franco, um…

Leia Mais Leia Mais