Enquanto Argentina chora por Maradona, nós esquecemos de Mané Garrincha

Enquanto Argentina chora por Maradona, nós esquecemos de Mané Garrincha

Vendo e revendo os jogos e os gols de Maradona nas justas e comoventes homenagens que lhe foram prestadas em todo o mundo, no dia da sua morte, eu me lembrei de Manuel Francisco dos Santos, chamado de Garrincha e rebatizado por Nelson Rodrigues como o “anjo das pernas tortas”. Garrincha não era um anjo, longe disso, mas Maradona foi “Diós” para os argentinos, como o chamavam na intimidade. Relacionadas Cuba e Venezuela vêm anunciar que a campanha finalmente esquentou…

Leia Mais Leia Mais

Cuba e Venezuela vêm anunciar que a campanha finalmente esquentou em SP

Cuba e Venezuela vêm anunciar que a campanha finalmente esquentou em SP

Demorou, mas a campanha eleitoral em São Paulo esquentou na terça-feira (24), após a divulgação do novo Datafolha, que mostrou uma oscilação de Bruno Covas (PSDB) para baixo e de Guilherme Boulos (PSOL) para cima, diminuindo para dez pontos a diferença entre os dois candidatos. Há uma semana, Covas tinha 58% dos votos válidos, e Boulos, 42%. Agora, Covas caiu para 55% e Boulos subiu para 45%, dentro da margem de erro. Relacionadas Covas X Boulos: na reta final, a…

Leia Mais Leia Mais

Covas X Boulos: na reta final, a disputa entre a segurança e a esperança

Covas X Boulos: na reta final, a disputa entre a segurança e a esperança

Assisti na segunda-feira ao estranho debate do Roda Viva, em que não houve confronto entre os candidatos. Em blocos alternados, eles responderam a questionamentos da bancada. Não houve nenhuma grande novidade, mas algumas coisas me chamaram a atenção, a começar pela postura dos dois concorrentes, o que pode levar os eleitores ainda indecisos a escolher um deles. Relacionadas Linchamento no Carrefour não foi acidente de percurso: este é o novo normal Violência? Vandalismo? Os negros perderam a paciência, diz Douglas…

Leia Mais Leia Mais

Linchamento no Carrefour não foi acidente de percurso: este é o novo normal

Linchamento no Carrefour não foi acidente de percurso: este é o novo normal

No Mato Grosso do Sul, André Luiz Leonel Andrea, comandante do 3º Pelotão em Bodoquena, foi flagrado por câmeras de segurança dando chutes e socos numa mulher algemada dentro do quartel. Quatro civis e um PM assistiram à cena sem fazer nada. No Ceará, no dia da Consciência Negra, a Polícia Militar avançou com gás de pimenta e balas de borracha sobre um grupo de mulheres e militantes do movimento negro que protestavam em frente à Secretaria de Administração Penitenciária…

Leia Mais Leia Mais

Violência? Vandalismo? Os negros perderam a paciência, diz Douglas Belchior

Violência? Vandalismo? Os negros perderam a paciência, diz Douglas Belchior

O que é vandalismo num país que mata um jovem negro a cada 23 minutos? Por que há mais comoção com vidraças e prateleiras quebradas do que com os negros assassinados todos os dias? Albert Camus, filósofo franco-argelino, dizia que “a violência não é patrimônio dos exploradores. Os explorados também podem empregá-la”. E eu concordo com ele. Passou da hora de a população negra perder a paciência! (Professor Douglas Belchior, militante da Uneafro Brasil) *** A manifestação na avenida Paulista…

Leia Mais Leia Mais

Boulos consegue unir Lula, Ciro e Marina na Frente Democrática

Boulos consegue unir Lula, Ciro e Marina na Frente Democrática

O que parecia impossível, desde 2018, acabou acontecendo em São Paulo, na reta final do segundo turno: Guilherme Boulos, candidato do PSOl, conseguiu unir as principais lideranças dos partidos de esquerda na Frente Democrática por São Paulo. Com representantes de PT, PDT, PCdoB, PSB e Rede, além de PCB e UP, que já estavam na coligação, a frente foi lançada no auditório de um hotel no centro da cidade nesta sexta-feira. O evento foi considerado um marco histórico ao reunir…

Leia Mais Leia Mais