A casa está caindo: protestos no Recife, Guedes jogando a toalha e Bolsonaro num beco sem saída

A casa está caindo: protestos no Recife, Guedes jogando a toalha e Bolsonaro num beco sem saída

Bolsonaro entrou num beco sem saída e a casa dele está caindo.

Já no desespero, o capitão chamou sua seita fundamentalista para ir às ruas no domingo, depois desistiu de ir aos protestos a favor, mas o estrago já está feito.

Com a popularidade em queda, só consegue mobilizar protestos contra ele por onde passa, como aconteceu hoje no Recife. Perde mais aliados a cada dia.

Até o guru Olavo de Carvalho, o roqueiro Lobão e a deputada Janaína, três esteios do bolsonarismo, já pediram o penico.

Entre ataques de insanidade e recuos, este presidente de fancaria testou a paciência do povo brasileiro para ver até onde poderia ir, e acabou produzindo a tempestade perfeita, que avança sobre seu desgoverno.

Com o Congresso conflagrado, tem que correr de um lado para outro para apagar incêndios, e sai cada vez mais queimado, junto com o ex-juiz Sergio Moro, o outro superministro que está cada vez mais desmoralizado.

O maior dos incêndios nesta sexta-feira foi a entrevista à revista Veja em que o superministro Paulo Guedes já ameaçou jogar a toalha ao ver o seu Posto Ipiranga em chamas.

“Pego as coisas e vou morar lá fora. Já tenho idade para me aposentar”, desabafou. Cabe perguntar se pela antiga ou pela nova Previdência da capitalização dos bancos?

Sentindo o cheiro de queimado, Guedes falou à revista que sem a reforma do 1 trilhão “o Brasil pega fogo”.

Para completar, nova pesquisa da XP/Ipespe, a bússula do mercado financeiro, mostrou pela primeira vez que a rejeição superou a aprovação ao governo Bolsonaro, em apenas cinco meses de governo, algo inédito.

A avaliação do governo como ruim ou péssima chegou a 36%, uma alta de 5 pontos percentuais em comparação com a pesquisa da primeira semana de maio.

Em compensação, o nível de ótimo ou bom oscilou um ponto para baixo, ficando em 34%.

Nestas condições de tempo e temperatura, só um ato de completa insanidade leva um governo a convocar “protestos a favor” do governo e contra o Congresso e o Judiciário, nos esgotos das redes sociais comandadas pelos filhos do presidente e movimentos da extrema direita cada vez mais radicalizada e ensandecida.

Só para lembrar: o vice presidente, general Hamilton Mourão, está viajando pela China, exatamente no mesmo lugar onde se encontrava o então vice João Goulart, quando Jânio Quadros renunciou em 1961, e deu origem ao golpe militar, três anos depois.

Aqui as coisas costumam se repetir, ao mesmo tempo, como farsa e como tragédia, não vamos nos esquecer.

***

Bons serviços

Para não dizerem que não falo de flores e só vejo coisas ruins acontecendo, por uma questão de justiça preciso registrar aqui o bom atendimento que recebi de algumas empresas ao mudar de endereço esta semana, o que costuma ser um grande transtorno.

São elas: Brastemp, Net, Folha de S. Paulo e Copel, a quem dei nota máxima nas pesquisas que fazem sobre o atendimento.

Gentis e atenciosos, cumprindo os prazos combinados, fui bem atendido por todos os funcionários do serviço de relações com o consumidor.

Como foram muitos com quem falei, não lembro dos seus nomes, mas a cada um agradeço pela forma lhana como me trataram. Até me senti voltando a morar na Alemanha…

E vida que segue.

 

14 thoughts on “A casa está caindo: protestos no Recife, Guedes jogando a toalha e Bolsonaro num beco sem saída

  1. Temos que ver o resultado das manifestações ou melhor a quantidade de manifestantes dia 26 próximo.Pois,se houver um imenso número de manifestantes,o presidente Bolsonaro ficará fortalecido!.

    1. As ditas pessoas de bem estão envergonhadas, hoje o inominável só é apoiado pelos milicos e uma parcela dos crentes evangélicos. É só ler os comentários de seus apoiadores, em tudo, colocam jesus, deus, inferno, demonio, amém.

  2. Um fanfarrão é esse presidente, ele zomba de assuntos sérios do país, sorri de modo sarcástico durante entrevistas, frases feitas, está brincando de governar. Em relação ao superministro digo somente: Bem Feito, vai sair desmoralizado.

  3. Para o futuro ex ministro posto de gasolina há boas perspectivas la fora.
    Que se vá logo, não seja por falta de bye bye.
    Houston, a meca do petroleo ou Seattle, casa da Boeing com certeza vão acolhe-lo de braços abertos.

  4. Atendimento Brastemp. Há esperança.
    Também, pudera, Folha de São Paulo, Copel, Net e Brastemp. Já contatei duas das empresas acima e o atendimento foi o mesmo.

  5. Pois é, duas interessantes notícias, hoje, Mestre.
    A primeira, essa cá no Balaio, que finalmente o Posto Ipiranga anuncia medida que traz esperanças à economia brasileira, uma possível saída do ‘buraco negro’ em que mergulhamos, conforme nominado pelo inoxidável e indesligável, Delfim Netto.
    Se o Congresso não entregar a reforma da previdência como deseja, faz as malas e se manda do país.
    Como bem diz Fernando Brito, “Talvez a ideia de Guedes pegar um avião e ir morar lá fora seja uma proposta mais eficaz para a recuperação da economia.” Talvez não, Brito, certeza!
    A segunda, que na reportagem, “Brasil lidera juros de cartão na América Latina”, na UOL, finalmente a mídia ‘descobre’ e escancara em linguagem de salão, tratarem-se de “taxas só comparáveis à agiotagem, mas cobradas por bancos e empresas financeiras reguladas pelo Banco Central do Brasil.”
    No popular, “taxas de juros pornográficas” legalizadas, como podemos observar em análise disponível no CAf, onde: R$100,00 aplicados na poupança em 2009, valem hoje, 10 anos depois, R$192,00, enquanto os mesmos R$100,00 em divida em cartão de banco, na mesma data, transformam-se, 10 anos depois, em R$ 7 milhões.
    Coisas do Brasil a pique, por mais de uma nota só, né, banqueiro Guedes?

  6. Caso haja “um imenso número de manifestantes” a favor deste (des)governo, tenha certeza, as manifestações das pessoas lúcidas, agendadas para o dia trinta próximo e dia 15 de junho, serão formadas, por baixo, pelo tripo de pessoas insanas empolgadas com o revolucionário Bozo.

  7. Grande repórter RK, o chantagista Tchutchuca ameaça pedir o boné e, se isso acontecer, já vai tarde.
    Quanto ao presifake, isso é lá presidente que se apresente?

  8. Prezado Kotscho: Já que é visível que “Bolsonaro entrou num beco sem saída e a casa dele está caindo.” e sem querer ser repetitivo como comentei entre outro post, mas “o Congresso poderia ir pensando em eleições Diretas Já!, amplas e irrestritas, em todos os níveis, porque estamos na beira de uma convulsão social de grandes proporções. Essas eleições poderiam coincidir com as eleições para prefeitos e vereadores do próximo ano, se não for tarde demais.” Ou seria muito pensar agora nessa possibilidade?

  9. “Como isso* foi nos acontecer?”.
    Comentário de Reinaldo Azevedo em 24.05.2019 +ou- 19 hs.na BandNewsFm, programa : “O É da coisa”.
    * “Isso” é a tragédia Bolsonaro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *