Com apoio de Lula, Haddad já chega a 15% na pesquisa XP/Ipespe

Com apoio de Lula, Haddad já chega a 15% na pesquisa XP/Ipespe

Condenar e prender Lula pode não alcançar o objetivo dos golpistas de impedir o PT de chegar à presidência da República pela quinta vez seguida.

Segundo a nova pesquisa XP/Ipespe, em que Fernando Haddad chega a 15% e está tecnicamente empatado com Jair Bolsonaro, que tem 21%, no limite da margem de erro de três pontos, no primeiro e segundo turnos, todo o esforço do esquema Lava- Jato-Mídia-Mercado pode ter sido em vão.

Para quem não sabe, a XP Investimentos, que banca a pesquisa, não tem nenhuma ligação com o PT. Ao contrário, 49% das ações da empresa acabaram de ser adquiridas pelo Banco Itaú.

Quando seu nome consta da lista, o ex-presidente Lula continua liderando com folga, chegando a 31%, seu maior índice da série histórica iniciada em maio.

É por isso que a procuradora geral da República Raquel Dodge, a bela, e o ministro Luiz Roberto Barroso, o cândido, estão com pressa para impugnar logo a candidatura de Lula.

Mas pode não adiantar nada.

Sem Lula, mas com o apoio dele, quem cresce é Fernando Haddad como principal adversário do capitão Jair Bolsonaro, um dos candidatos do mercado financeiro.

O outro, Geraldo Alckmin, do PSDB, candidato da base aliada do governo Michel Temer, continua com um dígito (9%), tecnicamente empatado com Marina Silva (8%) e Ciro Gomes (7%).

Na simulação de segundo turno, pela primeira vez nas últimas quatro semanas Bolsonaro e Haddad aparecem tecnicamente empatados: 37% a 32% a favor do candidato da extrema direta.

Segundo o especialista em pesquisas eleitorais Marcos Coimbra, do instituto Vox Populi, ligado à CUT e ao PT, se Lula for impedido de ser candidato “a transferência de votos para Haddad acontecerá em menos de seis horas”.

Quem vencerá esta batalha: os tribunais, a grana ou o eleitorado?

Sem Lula na lista, o grupo dos “não voto” chega a 31%.

Façam suas apostas. É pagar para ver. Faltam menos de dois meses para a eleição.

Vida que segue.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

30 thoughts on “Com apoio de Lula, Haddad já chega a 15% na pesquisa XP/Ipespe

  1. Prezado Kotscho: Para responder a sua pergunta “Quem vencerá esta batalha: os tribunais, a grana ou o eleitorado?”, tenho a esperança que vença o eleitorado que deseja um Brasil melhor e vote no Lula/Haddad, porque os tribunais e a grana a gente já sabe de que lado estão. “A esperança é um pássaro em vôo permanente. Segue adiante e acima de nossos olhos, flutua sob o céu azul, não se lhe opõe nenhuma barreira. É assim em tudo aquilo que se nutre de esperança: o amor, a educação de um filho, o sonho de um mundo melhor.” – trecho de “Ajardinar a esperança” de Frei Betto.

    1. Prezado Kotscho: Será que vão dar bola para essa decisão? “A decisão do Comitê de Direitos Humanos da ONU de conceder uma liminar para Lula participar das eleições produziu um choque de versões sobre a efetividade da medida. Enquanto o órgão das Nações Unidas afirma ser uma exigência, capaz de violar um pacto internacional, o Itamaraty e o governo brasileiro sugerem ser apenas uma recomendação.”, segundo publicado na CartaCapital em 17/08/2018.

  2. Observando as análises de Coimbra realizadas em 2014, a candidata Marina chegaria ao segundo turno. Coimbra desconsidera dados elementares, como o fato, sim, o fato, de que mesmo em Pernambuco, o estado que mais votos depositou nas urnas em favor de Lula, em todas as eleições em que Lula compareceu às urnas, o efeito-transferência de votos de Lula ao Poste não passa de 34%. Não por acaso, o PT, somente agora, deu-se conta de contratar pesquisas nos estados para medir o efeito-transferência, efetivamente. Não há dúvida de que Lula, sobretudo pelo ‘débâcle’ da
    ‘Economia Temerária’, recuperou seus níveis históricos de intenções de voto (em torno de um terço do eleitorado). Enquanto cada estado não aferir o “coeficiente de efetividade” do “efeito-transferência”, a afirmação de Coimbra é apenas uma pedra na água; só marolinhas. Por exemplo: a pesquisa do candidato a governador do PT no Rio de Janeiro aponta que o efeito-transferência é risível. Já no Ceará, o efeito-transferência é espantoso. A poste não basta a simples benção de Lula. Há que passar pelo buraco da agulha a linha da efetividade do efeito-transferência, que é completamente diferente em cada estado da federação. Não se pode ocultar que o Poste perdeu para o Mauricinho dos Jardins e já foi considerado o “FHC do PT”. A conferir.

  3. Caro Ricardo, fico aqui torcendo os fios do bigode e matutando como bom mineiro. Será que foram tão idiotas de darem um golpe de estado derrubando uma presidenta honesta e sem crimes, perpetrando uma barbárie de atos contra os direitos dos pobres, amealhando tudo que podem e vendendo a preço vil nossas riquezas para agora entregar de novo para o PT nas urnas?
    Confesso que tá muito fácil e ‘gato escaldado tem medo de água fria’!!

          1. Discordo Kotscho, o assunto seria muito longo e está na hora de encerrar o expediente, a cerveja na sexta é mais gelada antes das 17h.
            Vou tentar ser curto: um investidor vê confiante a retomada de um país, investe em uma empresa ali comprando ações, esta com capital (e sem fazer dívida) vai repassar ao caixa e investir em maquinário, equipamentos e mão de obra. Assim fará concorrência a empresa maiores e buscará novos mercados. Todo investimento gera aquisições e mão de obra. Vc tem muitos amigos economistas, podem explicar melhor. O mercado não é inimigo do povo, ao contrário.

          2. Paulo, você sabe muito bem que tem dois tipos de investidores: os produtivos e os que só querem especular, ganhar muito e ir embora rapidinho, que são os que temos aqui.
            Basta você ver os resultados na economia, com o mercado de trabalho cada vez mais aviltado e o pífio crescimento do PIB.

        1. Quando no Brazil o empresário de transporte pesado chora quando abastece seu possante, a “investidora” da Petrobrás lá do interior do kentucky da gargalhada.

  4. dane se o mercado e a direita lula fez mais um golaço em nao desistir da sua candidatura votando em hadad eu to votando no lula,lulalalalalalalalalalalala

  5. Espero que vença a lei da Ficha Limpa, sancionada pelo LULA e a lei da delação premiada, sancionada pela DILMA.
    Se o candidato renegar a propria lei que ele sancionou, que especie de governo vai ser?
    Que vença o melhor, que não esteja impedido por qualquer lei vigente no pais… somente isto.

  6. Diário centro do mundo

    O diplomata Paulo Sérgio Pinheiro, ex-ministro de Direitos Humanos no governo Fernando Henrique Cardoso, afirmou que o Estado brasileiro deve acatar a decisão do Comitê de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas anunciada nesta sexta-feira (17) que reafirma os direitos políticos de Lula como candidato. Pela decisão, Lula deve ter livre acesso à imprensa e não pode ter sua candidatura barrada, antes que sejam apreciados os recursos contra a sua condenação em um “julgamento justo”. Em entrevista à Rádio Brasil Atual, Pinheiro destacou o peso da decisão e a relevância do órgão, que tem jurisprudência reconhecida pelo ordenamento jurídico brasileiro.

    “É claro que a grande imprensa vai dizer que não vale, que é só mais um órgão da ONU. Não é esse o caso. O Brasil se obrigou a cumprir as decisões exaradas pelo Comitê de Direitos Humanos. É uma decisão de um órgão que o Brasil reconheceu a sua competência”, disse o diplomata. “Não se trata de uma opinião de uma consultoria internacional qualquer”, reforçou Pinheiro, também professor aposentado de Ciência Política da Universidade de São Paulo (USP).

    Ele diz que o governo brasileiro já deve ter sido informado da decisão, e deve encaminhá-la ao Poder Judiciário. Por meio do Decreto Legislativo 311, o Brasil incorporou ao ordenamento jurídico pátrio o Protocolo Facultativo que reconhece a jurisdição do Comitê da ONU e obriga o cumprimento das suas decisões.

    “A opção não respeitar está fora de questão. Pode ser que o governo venha a contestar a liminar, o que seria normal. O que se deve levar em conta é que há um fato novo, e o governo não pode simplesmente dizer que essa decisão não é obrigatória”, explicou Pinheiro.

    Ele destacou ainda que a decisão demonstra a repercussão que a perseguição a Lula vem ganhando no exterior. “Enquanto a imprensa brasileira atua politicamente contra a sua candidatura, tenho acompanhado a imprensa internacional, em jornais como o The Economist, Le Monde, The Guardian, e The Independent, que têm feito editorais mostrando o absurdo da prisão do ex-presidente Lula.”

  7. Golpistas, minimizem o vexame mundial, ainda da tempo, admitam a lambanca, sejam humildes e pecam perdao ao POVO, soltem Lula, e tentem vencer no voto.

  8. Os banqueiros e os rentistas tiveram no Brasil, um pai e uma mãe, sempre presentes e amorosos: FHC e Lula.
    Dilma e Temer seguiram o caminho e a toada. Os bancos e banqueiros, nacionais e estrangeiros, nunca ganharam tanto, nunca lucraram tanto, quanto nas últimas duas décadas.
    Os rentistas sempre ganham; especialmente quando se aproveitam das crises econômicas e políticas para especularem mais do que já o fazem diariamente.
    Dólar a 4 e Euro a 5 são apenas a outra face da mesma cantilena, repetida desde a Era Maldita, solenemente inaugurada por FHC: câmbio flutuante, superávit primário e meta de inflação. Tal “santíssima trindade tucana” fez explodir a dívida pública, sob o pretexto de combate à inflação. Todos os candidatos, sem exceção, desde logo se apresentam comprometidos com a política econômica baseada naquele tripé fiscal, cambial e monetário, vigente desde a Era FHC, conhecida como Era Maldita, na expressão do já falecido deputado federal do PC do B e do PDT Sérgio Miranda.

  9. Nossa Hadad já tem até um plano de infra estrutura para o agronegócio….pintar o asfalto das estradas em vermelho para circulação de charretes.

  10. Dúvida cruel: cadê a Dilminha ? Como legitima sucessora, cria dileta e discipula do Lula, por que não foi cogitada para a vice-presidência ? Hein ? Hein ? Até parece que virou, fora de Minas, uma não pessoa ! Que injustiça, depois de tantos beneficios trazidos ao Brasil, não é mesmo ?

    1. Maurício, procure se informar melhor. Dilma não poderia ser candidata a um terceiro mandato. A lei impede.
      Mas ela é candidata a senadora em Minas Gerais e, em todas as pesquisas, aparece como franca favorita.
      Aécio até desistiu de concorrer ao Senado.

  11. nunca na historia do brasil se viu tanto idiota escrevendo bestera um bando de hipocritas eleitores de aecio neves o cara mais bandido desse pais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *