A 100 dias das eleições, Ibope mostra que sem Lula 41% não têm em quem votar

A 100 dias das eleições, Ibope mostra que sem Lula 41% não têm em quem votar

Novo levantamento Ibope/CNI, a 100 dias das eleições, mostra que 41% dos eleitores ainda não têm em que votar quando o nome do ex-presidente Lula não está incluído na pesquisa.

Quando está, Lula continua liderando com 33%, o que representa quase a soma de todos os adversários (36%) e pode decidir a eleição no primeiro turno.

Sem ele na pesquisa, Bolsonaro ainda lidera, com 17%, e Marina Silva aparece em seguida, com 13%, a mesma pontuação da pesquisa anterior.

Brancos e nulos chegam a 33% e não sabem ou não responderam são 8%, o que dá os 41% para o candidato “Ninguém”.

Ciro é o terceiro, com 8%, e o tucano Geraldo Alckmin continua empacado nos 6%. O resto é nanico.

Com Lula, Bolsonaro cai para 15% e Marina Silva para 7%. Ciro e Alckmin empatam em 4%.

Quase nada mudou em relação à pesquisa anterior. A Copa congelou a fria campanha eleitoral de 2018.

É por isso que Lula está preso numa solitária na Polícia Federal em Curitiba e o STF não julga o recurso pedindo a sua libertação.

Vida que segue.

 

25 thoughts on “A 100 dias das eleições, Ibope mostra que sem Lula 41% não têm em quem votar

  1. A questão central volta à tona. O proto-candidato do lulo-petismo pressuposto pelo Ibope é o ex-prefeito de Sampa ou não é? Segundo o lulo-petismo o Fernando das ciclovias não o é, porque o único candidato disponível e possível é o ‘sapo barbudo’. O ex-metalúrgico, mesmo encarcerado, seria capaz de transferir sua votação maciça para o “cover”? Sim ou não? Depende do “cover”?
    Sim ou não. Nem o lulo-petismo dispõe dessas respostas e ainda não fez tais pesquisas imprescindíveis. Invencível, o ex-metalúrgico até poderia vencer no primeiro turno, porque seu percentual seria superior à soma dos adversários. Nesse passo, não haveria porque a “esquerda” dar a largada fragmentada, haja vista que para levar no primeiro turno as eleições de roldão, a soma dos candidatos de esquerda, mais a de Lula, é superior à soma dos seus adversários. Parte-se do pressuposto que o subconjunto de brancos e nulos, adicionado aos que ainda não sabem em quem votar, na “hora H” são mesmo brancos e nulos ou também acabam fragmentados em percentual igual aos votos declarados (jamais houve uma concentração de votos em uma única candidatura originada dos brancos, nulos e indecisos). A estratégia do PT, até agora, não ajuda a esquerda e muito menos o campo popular e progressista. A conferir até quando a tática jurídica medíocre e suicida irá prevalecer sobre a estratégia eleitoral.

    1. Sou péssimo de matemática. Brancos e Nulos: Indecisos, que é maior que os votos do…Pro outro lado, as eleições extemporâneas recentemente realizadas em 23 cidades brasileiras, mostraram o mesmo resultado.

  2. Caro Ricardo Kotscho, antes de você liberar o texto, saliento que os dados foram retirados do Site Blog da Cidadania , fique à vontade para divulgar:

    DIREITA ESTÁ LITERALMENTE, EM PÂNICO.

    Não há uma só direita, assim como não há uma só esquerda. A direita que controla os Bancos, o grande empresariado e o grande capital é a centro-direita, de Alkimim, dos tucanos, da grande mídia. Bolsonaro portanto , não é o candidato da elite conservadora, mas dos débeis mentais de extração neonazista.
    Desse modo, mesmo Bolsonaro tendo alguma preferência a mais que os candidatos de centro-direita como Marina Silva e Geraldo Alkimim, ele não é o candidato da elite brasileira, simplesmente porque é alguém sem condições de administrar um boteco, quanto mais um país.
    o medo que a elite tem de Bolsonaro não se deve a sua ideologia, pois essa elite está se lixando para o racismo, para homofobia, para as idéias nazifascistas dele. Para os ricos, pobres, negros, homossexuais etc., podem morrer todos que não faz diferença.
    O problema é que Bolsonaro é uma besta quadrada e ter alguém tão psicótico no poder afundaria a imagem do Brasil de uma vez.
    Alem de tudo isso, enquanto Lula se fortalece, Bolsonaro está empacado ou caindo e Marina e Alkimim estão afundando, perdendo votos, perdendo importância .
    Agora o que esta pondo a direita rentista e a extrema-direita em pânico é simplesmente o fato de que as simulações eleitorais desses grandes institutos, tais como Datafolha e Ibope, são tão falsas como uma nota de 3 reais.
    Nenhum desses grandes institutos apresenta um candidato indicado por Lula quando o ex-presidente não aparece na simulação, apesar de que não há duvidas que ele vá indicar algum candidato se o mesmo não puder concorrer.
    Na pesquisa Ibope, por exemplo, o ex-prefeito Fernando Haddad aparece com 2% da intenção de voto no cenário sem Lula.
    Pesquisa da Corretora XP Investimentos feita a algumas semanas coloca Fernando Haddad em segundo lugar, com 11% quando apresentado com o apoio explícito de Lula. Nessa combinação o líder é Jair Bolsonaro com 21%.
    Ou seja, o segundo turno seria entre Bolsonaro e o candidato de Lula-no caso, Fernando Haddad.
    Então porque o Datafolha e o Ibope não mostram o cenário sem Lula mais com o “candidato de Lula”? Simples, para enganar o eleitor, para impedir que o eleitor saiba da força desse candidato se Lula não puder concorrer.
    A maioria dos eleitores não sabem disso. Mas o mercado financeiro, as mídias e os inimigos políticos de Lula e do PT sabem.

  3. Em tradução mais honesta diz que brancos, nulos e indecisos aumenta de 28 para 41% no cenário sem Lula. Ou seja, com Lula, 28% diz que anulará, votará em branco ou não tem candidato. Sem Lula esse número vai para 41%.
    Assim, apenas 13% dos eleitores não se decidiu o que fazer caso Lula não seja o candidato.

      1. Pois é Kotscho.. Também me pergunto…
        Afinal, por ter acusação não deve ser, pois assim fosse, Lula teria menos de meio por cento. Por falta de números positivos de suas bem sucedidas experiências em São Paulo, também não é… Realmente ainda está muito confuso.

    1. Detalhe Gilvan. 25% É o que Lula carrega desde sua primeira candidatura. Esses números então não me assustariam se o ficha suja pudesse ser candidato, mas como não Pode, sonhar é um consolo …..bora Alckmin.

  4. Desde 1989 ouço que Lula ganha no primeiro turno. Não foi assim nem quando o PRESOdenciável tinha “275,96546%” de aprovação a seu governo nem vai ser agora. Continue sonhando.

    1. Isso é o que voce ouve desde 1989, pois o PIG trata ouvido de coxinha paneleiro como lata de lixo. Nós sabemos bem o quanto é difícil eleger quem governe para todos e não apenas pra ricos. A prisão de Lula é a maior prova do que afirmo, pois tucanos roubam merenda escolar de crianças carentes e continuam soltos. São tão honestos, que Sergio Moro na companhia de tucanos parece mais feliz que pinto no lixo. Ou tô mentindo ?

  5. O Brasil sobrevive a uma crise política institucional -E uma ASSOMBRAÇÃO ronda a nação!!!!.Observação assombração não é solução.VIVA O BRASIL!.

  6. Kotscho, Com a cacada a Lula, da pra entender porque 41% nao tem em quem votar, Claudio Lembo, esse notorio conservador, ex-vice-do chuchu, com certeza anda lendo seus post no Balaio, e como vc tem feito, ele bateu no nervo dos golspistas. A retazana continua fazendo de conta que nao e com eles.

  7. As pesquisas nao levam em consideração o (a) candidato (a) indicado (a) por Lula. Até agora esta pessoa tem sido preservada, com razao, para nao ser massacrada pela midia e pelo judiciário (perdoem o pleonasmo). Mas o tempo dirá, se Lula de fato seguir preso até as eleições, o que tudo indica que é bem possivel, esta pessoa poderá arrebatar boa parte dos seus votos. Ainda que o Neimar consiga alegrar um pouco a vida de milhões de descontentes, isso acaba em meados de julho… ainda bem!
    Abraços

  8. Lula é o político mais inteligente que vi neste últimos 50 anos. Está no mesmo naipe de Juscelino, Ulisses, Brizola e Covas. Ele faz mais do que certo em guardar a sete chave o nome do “candidato do Lula” pois sabe muito bem que haverá um tsunami midiático em cima deste nome. Com os atuais acontecimentos no STF, STJ e afins, ele já sabe muito bem que se conseguir alguma coisa será uma liberdade condicional e uma ineligibilidade garantida! O jogo político está longe de acabar. Pode ser até mesmo que seja melado aos 45min do segundo tempo com a suspensão da eleição quando o “candidato do Lula” aparecer na frente de todas as pesquisas!!

  9. Sr kotscho acho que mais confuso que as eleições está sendo os defensores do Lula….cada um fala uma coisa o que “Pertencia ” parece que não “”Pertence” mais……se essa moda pega de condenado querer escolher juiz, não sei onde vamos parar….tá virando eleição de juiz, “eu quero que esse me julgue”. O “defensor” dos pobres usando de todos artifícios dos ricos, só falta ele dizer …”essa minha luta pelos pobres”.

  10. 41% dos eleitores brasileiros têm o mesmo nível do Lula. São semi alfabetizados, oriundos da fome e incapazes de entender qualquer coisa além do mínimo. E querem construir uma nação.

    1. Tenha respeito pelo povo sofrido e trabalhador desse país seu Nazifacista asqueroso preconceituoso o único ignorante aqui e você seu animal agora seu covarde e muito fácil dizer tudo isso atrás de um computador agora vem dizer essas barbaridades na frente do povo seu imbecil Manifestoche mostra a cara seu covarde adorador do Nazifascista Bolsonaro

  11. A massa de manobra está perdida, com o seu capo preso. Ainda bem que temos 59% que sabe bem em quem não votar… e isto é o suficiente para resolver a parada

  12. DIREITA EM DESESPERO:sem voto a direita está batendo cabeça,só BOLSONARO tem uns votinhos que iram virar pó quando começar a campanha,pois não tem programa,muito menos solução viável para o país.quando começar em agosto,tudo indica que só vai tiro no pé e sua campanha vai pro brejo.pois não fala coisa com coisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *