Armação Veja-Polícia Federal sobre prisão de Lula: quem mente mais?

Armação Veja-Polícia Federal sobre prisão de Lula: quem mente mais?

O que se pode esperar de uma história sobre a prisão de Lula contada pela Veja e desmentida pela Polícia Federal?

Jogando juntos desde o início da Lava Jato, a revista e a PF pensam que todo mundo é idiota.

Com a chamada “Veja teve acesso à ala restrita onde está o ex-presidente e revela os bastidores dos seus primeiros trinta dias de cárcere”, a Veja circulou na sexta-feira com uma fakenews na capa, segundo nota divulgada pela Polícia Federal do Estado do Paraná:

“Minucioso exame das imagens de circuito interno de segurança permite verificar que o autor da matéria não teve acesso à área restrita ao Ex-Presidente”.

Em quem acreditar? Mais provável é que tudo tenha sido armado em comum acordo como tem acontecido há quatro anos nestas relações incestuosas da Lava Jato com a imprensa.

Se proibiram até a entrada do médico de Lula na cela em que está confinado, como é que um repórter poderia ter acesso à área restrita sem a participação de policiais federais na operação?

“Grande parte das informações são equivocadas e imprecisas”, diz a nota da PF, mas admite que “o jornalista esteve presente no edifício da Superintendência Regional recentemente, onde participou de uma reunião com um servidor que não possui relação com quaisquer procedimentos relacionados à custódia”.

Quem é esse servidor? O que faz lá e qual o motivo da “reunião com um servidor”?

São normais reuniões de jornalistas com servidores da Polícia Federal? Com que objetivo?

No final, a nota deixa uma brecha caso a revista consiga provar que quem está mentindo é a Polícia Federal:

“As circunstâncias que envolvem possível circulação do jornalista por outras alas do prédio, após a mencionada reunião, já estão sendo apuradas”.

Que beleza, quer dizer então que podemos ficar mais tranquilos. Se “estão sendo apuradas”, assim no gerúndio, em breve saberemos o que aconteceu, não é mesmo?

Por falar nisso, que fim levaram os “rigorosos inquéritos” instaurados pela polícia paranaense para investigar quem são os autores dos tiros contra os ônibus da caravana e o acampamento dos apoiadores de Lula?

Veja e Polícia Federal dizem qualquer coisa, fazem qualquer negócio, com um objetivo comum: atacar a imagem do ex-presidente Lula, que agora não tem nem como se defender.

Enquanto a revista ia para as bancas, o delegado da Polícia Federal Gastão Schefer Neto invadiu o acampamento pró-Lula e detonou o equipamento de som quando os militantes se preparavam para dar o grito de “bom dia, Lula”, como fazem todas as manhãs.

Depois do ataque, o delegado voltou tranquilamente para o prédio da PF onde Lula está preso, e nada aconteceu.

Na República de Curitiba, onde cada autoridade faz as suas próprias leis, a assessoria da Polícia Federal limitou-se a tirar o corpo fora:

“Problemas decorrentes de morar na vizinhança, nada a ver com PF. Eventual apuração cabe à Polícia Civil”.

Já a Polícia Militar informou que os envolvidos foram encaminhados à PF.

Neste jogo de empurra, que mais parece um deboche, fica difícil saber quem mente mais, se a revista ou as polícias.

É tudo a mesma sopa, como ensina Mino Carta.

Vida que segue.

 

 

42 comentários em “Armação Veja-Polícia Federal sobre prisão de Lula: quem mente mais?

  1. O maior inimigo do Lulinha Paz e Amor”.Foi e continua sendo o Lula Jararaca.Não fosse a ambição deste e os vários compadrios com ladrões PROFISSIONAIS das empreiteiras e de outros investimentos – O Lulinha Paz e Amor estaria solto,em campanha e com mais de 80% nas pesquisas eleitorais!.VIVA O BRASIL LIVRE!.

    1. rafael me perdoe a sinceridade mais vc vive no mundo da lua ,esse pais livre que vc fala so existe na sua mente doentia e fraca ,o brasil e comandado pelo temer junto com o psdb do seu candidato aecio neves ,vc e um tolo,,,

  2. Esse é o Brasil que queremos??? O caos total???? O país está parecendo um dias daqueles de final de feira livre. Estamos literalmente na merda.

  3. Kotscho…. Você está enganado, amigo….. Já descobriram, depois de muita apuração, que os tiros foram, de fato, direcionados para a caravana!!!!!!

  4. Gritaria, algazarra e abuso de instrumento sonoro se trata de Perturbacao de Sossego conforme artigo 42 da LCP.
    E pode ser a qualquer hora do dia ou da noite.
    3 meses de prisao e multa era o que deveria acontecer, ainda saiu pouco essa demagogia barata de corrupto livre.
    No Parana a turma gosta de trabalhar sabe.
    E o que fazem um bando de desocupados que nao trabalham acampados?
    Quem esta financiando esse acampamento?
    De onde vem o dinheiro pra isso?
    Sera que os vizinhos do acampamento estao gostando dessa algazarra toda? Duvido muito…
    Da mesma forma que os magistrados recebem pra participar dos congressos esses acampados tambem recebem dinheiro de algum lugar.
    Acham que vao libertar corrupto no grito.

    1. Sei que o valente de internet “Zé da Silva”, que se esconde atrás de nome falso, não vai entender já que só pensa em duas coisas na sua vidinha de merda: Dinheiro e trabalho (que são incompatíveis) porém vamos lá:

      Una mattina mi son svegliato
      O bella ciao, bella ciao, bella ciao ciao ciao
      Una mattina mi son svegliato
      E ho trovato l’invasor

      O partigiano portami via
      O bella ciao, bella ciao, bella ciao ciao ciao
      O partigiano portami via
      Che mi sento di morir

      E se io muoio da partigiano
      O bella ciao, bella ciao, bella ciao ciao ciao
      E se io muoio da partigiano
      Tu mi devi seppellir

      Seppellire lassù in montagna
      O bella ciao, bella ciao, bella ciao ciao ciao
      Seppellire lassù in montagna
      Sotto l’ombra di un bel fior

      Tutte le genti che passeranno
      O bella ciao, bella ciao, bella ciao ciao ciao
      Tutte le genti che passeranno
      E mi diranno che bel fior

      E questo è il fiore del partigiano
      O bella ciao, bella ciao, bella ciao ciao ciao
      E questo è il fiore del partigiano
      Morto per la libertà

      E questo è il fiore del partigiano
      Morto per la libertà !!!

      GRAZIE !!!

      1. Ênio, tu pede demais pra um fantoche. Essa música é um hino da resistência ao fascismo na 2 guerra mundial. Outro dia tu citou o filme 1900 ( novecento), pois bem, meu avô morreu em 1961, quando eu tinha 6 anos e já contava a história de comer polenta olhando pro salame pendurado. Evidente que pensava ser mais uma daquelas história de avós, todos os dias peço desculpa por ter duvidado dele. Olmo vive, apenas muda de nome.

        1. Fiz um bem a ele caro Cesar T, deixei uma pista para o sujeito pesquisar.
          Em tempo: “Bella Ciau” é também um hino “della sinistra in tutto il mondo” assim como das torcidas do Salerno e do Livorno, os clubes de futebol favoritos dos esquerdistas na Itália.
          /www.youtube.com/watch?v=9UKEAxNYU8E

    2. Não há algazarra alguma e muito menos gritaria. Alguns moradores vizinhos ao acampamento já gravaram videos em apoio a campanha ordeira, organizada e pacífica. Vagabundo é quem, sob o codinome Zé da Silva, vem ao Balaio vomitar calunia e ódio contra cidadãos honestos que só querem uma mesma Justiça para pobres e ricos, negros e brancos, petistas e tucanos. Vagabundo covarde é voce, que se esconde pra caluniar gente honesta e decente.

      1. Victor Hugo, você é “machao” atrás de um computador. Gostaria de ver vc falar isso na cara do sujeito que vc ofendeu. Caso tivesse sido eu, nao te sobraria dentes para rir.

      2. Cara, não escreva sobre o que você não conhece. Sou Curitibano e já fui três vezes ao acampamento “ordeiro é pacífico” dos contratados do PT. Vi como eles estragam o dia a dia dos moradores, como sujam tudo onde colocam as mãos, como desrespeitam a população moradora e como causaram dano público à nossa ordeira e trabalhadora cidade. Nunca, por um espaço muito grande de tempo, tivemos tantos assaltos, roubos e furtos na nossa pacífica cidade. Isto é o que o PT representa: baderna, descaminho, desorganização e corrupção! Pode ter certeza que no futuro, quando formos pesquisar de onde saiu o dinheiro para comprar estes desocupados que ameaçam nossa ordeira cidade, iremos descobrir que foi de desvio de verba pública! Confidência com a trajetória do PT, não é?

        1. E voce foi lá três vezes pra pisar em cocô, ser desrespeitado, conviver com baderna e ser assaltado. Então, tá, então !!! Vou fingir que acredito, pra não agravar seu quadro.

  5. Não resta dúvida a ditadura jurídica facista tomou o controle do Brasil e esta cometendo todo tipo de arbitrariedade e barbaridade como esse delegado facista da PF não duvido nada que o criminoso que atirou no acompanhamento dos apoiadores do ex presidente Lula seja cúmplice do delegado facista

  6. Com ou sem Veja, o que importa é os chefões da corrupção no Brasil estão tendo o desprazer de ver o sol nascer quadrado!
    Pena que tem até “Painel Virtual” em andamento para soltar o condenado!!!

    1. Farelo, os verdadeiros chefões da corrupção estão soltos e ninguém tem coragem de lhes acusar de nada, pois aviões sem dono, sem planos de vôo e sem documentos caem, como caiu o de Eduardo Campos e Teori Zavascki.

    1. Walter, melhor seria que fizéssemos uma votação pra elegermos o pior “Zé do Balaio”: o Zé Eduardo, o Zé da Silva, o Zé Anisio, o Zé Leite (J Leite), o Zé Mauricio Teixeira, o Zé Farelo, o Zé Rafael Couto etc…. Meu voto vai pro Zé Anísio (menos pior) e no Zé Eduardo (pior, disparado). ///// Kotscho, censura não. Nem voce tá tendo paciência com essa cambada.

      1. Uma sugestão para os Zé, o MBL está pedindo contribuição. Com R$ 30,00 por mês vocês serão nominados Agentes da CIA. Vão pra lá! Vocês se sentirão em casa, já que não têm amor a Pátria.

  7. Bem, se a VEJA furou, fez sua obrigação, que lhe é ,inclusive, permitida por lei. Os nazifascistas totalitários adorariam que a fonte fosse exposta e punida e, se possível banida. Se a VEJA inventou, ou mentiu, aí é outra história e, certamente, o autor da reportagem será penalizado. Ou não é assim mais? Até que se prove ao contrário acredito na revista que, como se vê, se interessou pelo estado emocional do prisioneiro, uma vez que o proselitismo fica por conta da milícia. Aliás, é bom avisar desde já que as delações do PALLOCI já foram concluídas e , segundo informações de bastidores, até o pessoal da PF está impressionado com o relato do ex-todo poderoso do PT e que sabe de tudo ,tudo, tudo. Um membro da PF teria exclamado : Se aquilo for provado, pode se dizer sem exageros que ”Nunca antes na história desse país se roubou tanto.” Mas, é preciso aguardar, não é?Alguém terá que vazar, pois haverá quem pedirá sigilo. Meu sonho é vê-los, todos, na cadeia .Todos de todos os partidos.

    1. “Se a VEJA inventou, ou mentiu, aí é outra história e, certamente, o autor da reportagem será penalizado”. /// Falou o maior cascateiro do Balaio de todos os tempos, que sabe tão bem quanto nós que não haverá penalização alguma. Velho, já perdemos as contas de quantas vezes você foi pego de calça curta no Balaio. Você nunca nos enviou um mísero comentário que não fosse recheado de mentiras ou baboseiras anti-petistas. Até quando, Velho ?

  8. Desde que Mino Carta deixou a “Veja” a revista ficou mais para “Veja? Não!”. Portanto, ninguém deveria mais estranhar o “padrão Veja” de jornalismo “investigativo”. O que importa mesmo de ora em diante é observar a dinâmica das três situações eleitorais que compõem o cenário dominante vislumbrado para outubro próximo. Quais seriam as três candidaturas mais potencializadas a ocupar a cadeira presidencial a partir de 2019? A candidatura de um político profissional, necessariamente apoiado por Lula. A candidatura militar, apoiada pelo estamento gendarme. A candidatura judicial da Lava Jato apoiada pela mídia. Essa é a moldura essencial dentro da qual emergirá o próximo presidente. A articulação acertada de Lula e do PT – a respeito do nome mais adequado a ser declaradamente apoiado pelo ex-presidente encarcerado -, definirá o resultado do segundo turno.

  9. De Raquel á Rubem Alves, passando pela Cecília, com certeza um demônio qualquer fez com que se esquecêssemos dos sonhos fundamentais da humanidade. A grande paixão de Roberto Civita era de que a Veja significasse realmente a tríade palavras: Ver, Julgar e Agir. E é justamente o que na prática está faltando mais na Classe política brasileira, que, ao invés de ficar só fazendo politicagem deveria se preocupar mais com os interesses da Coletividade – deixar de lado a Demagogia – do que visar e fixar somente seus interesses próprios – o que erradamente fazem. Ficamos sabendo (enquanto povão) das falcatruas ou maracutaias dos políticos através da Veja e da Rede Globo. Vence a safadeza. Pela vida em Sociedade, felizmente ou infelizmente, quem está preso numa cadeia está totalmente excluído.
    Aqui, como em qualquer lugar deste país, quem tem coragem pra abrir o bico é doido ou subversivo: todo mundo quer ficar ao lado de quem tá no poder. “Bons tempos aqueles”…
    Mas, que a batata do PT está assando. Disso aí ninguém tem dúvida. Até eu quero um pedacinho. Sem ironia, é claro. Obrigado Vítor Hugo pelo elogio acima-, aqui não existe nem pior, nem melhor comentarista: todos nós somos necessários. Obrigado ao jornalismo da Veja e da Globo. Repito. Vocês estão no caminho certo da construção da verdadeira Democracia deste país. Obrigado ao Kotscho, bom jornalista, afinal, você está sendo fiscalizado pelo seu público cativo. E a vida segue em frente.

  10. Lembrei-me do caso em que o repórter César Tralli, disfarçado com colete da Polícia Federal, entrou no helicóptero que conduzia preso Flávio Maluf. Um monte de jornalista caiu de pau no cara, em uma entrevista ao Jô Soares os dois se divertiram dizendo que não passava de inveja de quem o criticava, que pudessem, fariam o mesmo.

  11. Mestre, não há como saber quem mente mais, pois juntos e acompanhados, mentem desde o ‘Delenda PT’, lançado em 2004, ao perceberem já no segundo ano de governo, que a estratégia, “Vamos deixar o PT se queimar sozinho”, não daria certo e teria que ‘evoluir’ para, “Vamos ter que queimar o PT, rapidinho”. Desde então, perseguem esse objetivo, tendo bocadinho de dificuldade a mais que o imaginado.
    A verdade é que, 14 anos depois, o golpe está atolado no brejo, ‘Lula preso / Lula livre’, interdita a via eleitoral legalizando o golpe e possível escape do brejo, e o terço pendular de cidadãos, ao entender o golpe, pensa o significado Lula e pesa o significado Moro.
    Isso percebido por cínicos e desinformados pró golpe, no Balaio, faz sentirem cheiro de queimado no ar, desesperarem e lançarem-se ao escoicear continuo, replicando donos.
    À minha visão, no momento, é desnecessário rebate-los no que estão a disparar, pelo exagero, que compromete quem os utiliza. Basta desmenti-los em fatos.

  12. Moisés Moreira,você ,bem como outros tem condições de raciocinar e refletir melhor -Quem é o Temer sem o Lula e o Lula sem o Temer -Isso por um bom tempo.Não fosse o juiz Sérgio Moro e a operação Lava a Jato…

  13. Vale lembrar que ,não fosse os furos dos processos, que nas mãos dos juízes e julgadores que tais ,antes da lava a jato, dormiam sonhos eternos até a prescrição, certamente estaríamos enganados e traídos pelo verdadeiros corruptos que posam de justiceiros em prol dos miseráveis. Foi preciso uma tragédia para que os Ze Manés ficassem sabendo que os tais movimentos sociais, mascarados em defensores dos sem teto, são, na verdade ,milícias tão criminosas como aquelas que infestam as favelas do Rio de Janeiro. É importante lembrar que ,desde o regime militar a VEJA foi alvo de centenas de processos, muito deles foi condenada a pagar vultuosos valores aos reclamantes e, em outros casos obrigada a publicar desmentidos em páginas centrais da publicação. Claro que um miliciano ,cego ideologicamente, só vê a lateralidade que lhe importa e, neste caso ,o que menos importa é a verdade.

    1. “desde o regime militar a VEJA foi alvo de centenas de processos, muito deles foi condenada a pagar vultuosos valores aos reclamantes e, em outros casos obrigada a publicar desmentidos em páginas centrais da publicação” . //// Velho, nas suas próprias palavras, a prova do que Kotscho afirma e nós assinamos embaixo. Se a Veja foi obrigado a indenizar reclamantes e publicar desmentidos, é porque mentiu, como voce também mente, descaradamente, desde sua primeira participação no Balaio.

      1. Sai do meu pé chulé apetralhado. Vai baixar noutro centro encosto maligno. Vai para o acampamento de Curitiba cara e lá cure seus encostos.
        Mas, vou lhe ensinar. Quem é processado e condenado a indenizar é porque se envolveu em eventos dos quais uma parte se ofendeu, e a justiça entendeu ser uma ofensa. Explicar para você é mais difícil do que para um aluno do jardim de infância. Na atividade jornalística investigativa, trata-se de algo muito comum os citados se sentirem ofendidos acionarem a justiça e serem atendidos em suas reclamações. Diogo Mainardi já foi processado 210 vezes por suas opiniões.
        Acredito, repito, na VEJA.

  14. o grande erro do Lula, foi não seguir o exemplo de grandes jogadores de futebol, deixar os campos enquanto ainda está fazendo gol, se ele ficasse na dele igual outros ex-presidentes e não se declarasse como candidato em 2018 e não estivesse em alta nas pesquisas, não estaria preso e sua moral continuaria em alta e continuaria sendo o cara…

    1. Ou seja, Lula foi preso não por haver cometido crime, mas porque estava em alta nas pesquisas e resolver ser candidato. Se FHC resolveser ser candidato, seris preso. Durma com um barulho desses !!!!

  15. No dia do “mesversário” de prisão do maior corrupto da história do Brasil temos a notícia que um drone da PF sobrevoa todos os dias o acampamento de Lula em Curitiba.
    Nas duas primeiras semanas, diz o Estadão, cerca de 500 manifestantes formavam o acampamento, com barracas espalhadas nas ruas do bairro. Com ele vieram o comércio clandestino, as cantorias, os gritos de ordem, a constante presença policial, os bloqueios de tráfego.
    Desde o dia 17, são cerca de 70 pessoas.
    Faltam só 12 anos. Passa rapidinho. Aguentem firme, companheiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *