Tá tudo dominado: Justiça já tirou Alckmin da Lava Jato

Tá tudo dominado: Justiça já tirou Alckmin da Lava Jato

Título do post anterior publicado no Balaio na manhã desta quarta-feira:

“Alckmin, Aécio e Paulo Preto: Lava Jato agora tem pressa para pegar tucanos”.

Ainda bem que fiz uma ressalva logo no início do texto dizendo que não acreditava nisso.

Pois agora, no início da noite, apenas algumas horas depois de publicar minha coluna, leio a manchete do UOL:

“STJ tira Alckmin da rota da Lava Jato em São Paulo”.

Há poucos dias reforçado por integrantes do ex-procurador Rodrigo Janot, o braço da Lava Jato em São Paulo tinha começado a avançar sobre os aliados do presidenciável Geraldo Alckmin.

Na véspera, os investigadores pediram ao vice-procurador geral, Luciano Mariz Maia, que “as investigações sob atribuição de Vossa Excelência sejam encaminhadas a essa força-tarefa com urgência, tendo em vista o andamento avançado de outras apurações correlatas sob nossa responsabilidade”.

Mariz Maia, não por acaso, é subordinado a Rachel Dodge, a nova comandante em chefe da PGR, aquela de voz mansa escolhida a dedo pelo presidente Michel Temer.

Quanta ingenuidade, eu poderia repetir, assim como alguns leitores zombaram de mim quando escrevi sobre o cerco aos tucanos.

Mais do que depressa, mostrando que está tudo mesmo dominado, a ministra Nancy Andrighi, relatora de um inquérito sobre Alckmin no Superior Tribunal de Justiça, tirou o processo da Lava Jato e determinou que fosse remetido à Justiça Eleitoral de São Paulo, atendendo a um pedido de Mariz Maia.

Como até a estátua do Borba Gato sabe, todas as instâncias judiciárias paulistas estão sobe o domínio dos tucanos há mais de vinte anos, tempo que dura o mandarinato do PSDB em São Paulo.

Com esta decisão, informa o UOL, o processo que investiga Alckmin, que segue em sigilo, “ficará fora do alcance dos investigadores da Lava Jato em São Paulo”. Por que o sigilo?, ainda que mal me pergunte.

Não por coincidência, ao ser perguntado sobre as delações dos delatores da Odebrecht, que o acusaram de receber R# 10 milhões em caixa dois da empresa, em 2010 e 2014, o ex-governador paulista afirmou que se trata de uma questão de “natureza  eleitoral”, exatamente na mesma linha da decisão de de Mariz Maia, para quem “a investigação é sobre crime eleitoral”.

Para Alckmin, as acusações dos delatores da Odebrecht “não têm nenhuma procedência”, e vai ficar por isso mesmo.

Ainda não será desta vez que a Lava Jato vai deixar de blindar o presidenciável tucano, rubricado como “Santo” nas planilhas da Odebrecht.

Podem até um dia pegar um Aécio Neves ou um Paulo Preto, que já são fósforos queimados, mas com Alckmin o buraco é mais em baixo.

STF, STJ, PGR: é tudo a mesma sopa de letras, como diria o Mino Carta.

É como naquela lendária história do juiz que torcia para o Atlético Mineiro do meu amigo Chico Pinheiro quando ia marcar um lateral: “A bola é nossa”.

Poderiam agora plagiar aquele juiz: a lei é nossa!

A bola continua com quem manda desde sempre e obedece quem tem juízo. O resto é só teatro.

Pensar que isso possa um dia mudar, reconheço, é alimentar a ilusão dos ingênuos.

Vida que segue.

 

 

45 comentários em “Tá tudo dominado: Justiça já tirou Alckmin da Lava Jato

  1. falou tudo…so um besta acredita que esta lavajato veio para punir corruptos e combater a corrupção. Hoje mesmo reduziram uma divida do Itaú de 160 bilhões para 160 mil reais…fizeram isto de graça???Na caixinha estão todos do alto clero do judiciário…é claro.

  2. Boca fechada não entra mosquito. O RK tem lá seus motivos. Não é bobo nem nada. Aquele 6 á 5 deu muito na cara. Não poderia ser 8 á 3? Sei lá, até agora tenho acertado todas apostas, digo, previsões futuras: – Lula preso e Alkmin no 2º turno. Veja os triviais: o partido do cara tem grana pra gastar na campanha; e ele além do mais tem insofismável carisma político. Isto é consegue abraçar todo mundo fazendo coligação com vários partidos! Pro outro lado, e o que muito atrapalha na Política democrática brasileira: três cortes pra julgar um político? (não poderiam ser duas? uma eleitoral e outra criminal?). Vida que segue.

    1. Acho que você vai errar uma previsão. Alckmin no 2º turno não vai acontecer. A tendência é Bolsonaro e um antagonista de esquerda, apoiado fortemente pelo moribundo PT.

  3. Pensou que que era pra um só ‘Santo’, Mestre, que nada, segue a procissão pra tudo quanto é Santo, pela ‘justiça da República do Bahamas’:
    “G1 – Ministério Público pediu a prisão preventiva de pessoas próximas ao presidente Michel Temer: o advogado e ex-assessor da Presidência, José Yunes, o ex-deputado e ex-assessor do presidente, Rodrigo Rocha Loures, e o coronel aposentado da Polícia Militar de São Paulo João Baptista Lima Filho, mas a Justiça negou. A decisão da 12ª vara federal do DF, negando os pedidos de prisão, é da última segunda-feira (9).
    O Ministério Público também tinha pedido a prisão preventiva do ex-deputado Eduardo Cunha (MDB-RJ), do ex-ministro Geddel Vieira Lima e do ex-deputado Henrique Eduardo Alves (MDB-RN). Esses pedidos também foram negados pela Justiça.”
    Só rindo, com quem replica aqui, ‘não ter bandidos de estimação’, sem dar-se conta, que não pode te-los, pela simples razão desses bandidos de fato já te-lo, como dócil e adestrado ‘manifestoche de estimação’.

  4. Muito interessante , não é senhor Kotscho!?
    Recentemente, os STJs do Acre, MG e ES, arquivaram os pedidos de abertura de inquéritos referente aos governadores Tião Viana (PT/AC), Fernando Pimentel (PT..mesmo “apinhado” de outras falcatruas) e o Paulo Hartung (PMDB/ES), todos eles tbm citados nas delações da Ordebrech, e os “pobres coitados” não ganharam nenhum Post indignado no Balaio!
    Por que será, heim?

    1. Vai com calma, Gilvan Costa, porque você está perdendo a compostura e escrevendo muita bobagem. Informe-se um pouco antes de escrever.
      Não existem STJs do Acre, MG e Es.
      STJ é o Superior Tribunal de Justiça, um tribunal federal de terceira instância.
      Aqui não tem post dignado nem indignado, nem nada de muito interessante, mas apenas comentários sobre fatos da vida política nacional.

    2. Gilvan, saque que tolerante, Mestre pega leve ao dizer que tu ‘errou de novo’, sabendo-o desinformado. Essa, a principal diferença entre o replicante e quem o manipula, às informadas instituições golpistas que graduam-no em desinformação. Aos fatos:
      1. STJ arquiva por unanimidade sindicância contra o governador Fernando Pimentel, por suspeita de receber pagamento na campanha de Patrus Ananias à Prefeitura de BH em 2012, conforme delação premiada de Mônica Moura, mulher de João Santana, atendendo pedido da PGR, por falta de provas.
      2. STJ arquiva sindicância contra o governador Fernando Pimentel, por suspeita de tentar obstruir a Justiça na Lava Jato, conforme delação premiada de Marcelo Odebrecht, que teria atuado em favor da Odebrecht pra obstruir investigações em processo da operação. O pedido de arquivamento feito pela PGR, foi aceito pelo STJ, pois “os elementos colhidos junto aos colaboradores não revelam indícios de que tenha efetivamente impedido ou embaraçado as investigações”.
      3. STJ rejeitou ação penal contra Fernando Pimentel no processo que apurava irregularidades na compra de câmeras quando era prefeito de BH. (segue – Parte II)

    3. Parte II:
      4. O STJ arquivou a investigação da Lava Jato, sobre o governador Tião Viana, que apurava ter recebido propina do esquema na Petrobras, conforme delação premiada de Paulo Roberto Costa. “Por unanimidade, os 15 ministros da Corte Especial do STJ seguiram o pedido feito pela PGR, para que o inquérito fosse arquivado, em função de não terem sido encontradas provas que ele soubesse que o dinheiro doado tinha relação com os desvios na Petrobras.”
      Enfim, Gilvan, “quando o próprio Ministério Público Federal requer o arquivamento, de procedimento investigativo, da instauração de inquérito policial ou da aceitação da ação penal, fica evidenciada a fragilidade deste excesso de denúncias invariavelmente improcedentes”, ou seja, falta de provas, de consistência e/ou de mérito, bem diferente das abundantes provas que obrigam a chicanas como essa ‘sacada a caráter’, para salvar o ‘Santo’ e não deixa-lo pelado fora do andor.

  5. Olá Kotscho.
    O que não compreendi na sua coluna é que você diz que a Lava Jato não vai deixar de blindar o “Santo”, sendo que na verdade a Lava Jato foi afastada desse processo. Não é a Lava Jato que blinda, e sim a ministra Nancy.

  6. Quando vejo os discursos de fachin,Barroso e fiz,fico imaginando,como o pt foi taum ingênuo na escolha do stf,eles são como novos ricos que se deram bem nos governos e agora viraram as costa,,,,,se o cafetão do Bahamas fosse petista hein,a lava jato é uma equipe de pessoas doentes e psicopatas,,,,

  7. Prezado Kotscho: Você mais uma vez matou a charada. É óbvio que isso ia acontecer desse jeito.
    Estamos passando da teoria da conspiração para a prática da conspiração.

  8. Nem deu tempo de comemorar. Hoje já temos operação da PF agora contra os roubos nos fundos de pensão das organizações criminosas PT e PMDB. Não aliviaram is aposentados e pensionistas. Quando Alckmin se não fosse o famigerado foro privilegiado dezenas de políticos corruptos estariam presos. Porquê a esquerda não faz uma campanha contra o foro privilegiado? Esqueçi que agora não interessa mais pois vários políticos da esquerda estão escondidos sob o manto do foro para não cair com o Grande Sérgio Moro. Que pena a esquerda mudar como camaleões quando vislumbram alguma possibilidade de serem alcançados negativamente pelas normas vigentes. Como a prisão segunda instância valida desde 2016 mas inconstitucional somente pela prisão do ex condenado. Lei da ficha limpa válida desde 2010, agora inconstitucional em 2018 em razão da condenação do ex. Santa incoerências. Vida que segue

    1. Cala tua Boca pato amarelo hipócrita toda vez que os podres desse golpistas ladrões e dessa pseuda justiça ficam evidente esses patos imbecies tentam desvirtuar mudar de assunto deixam de ser falso seu pato amarelo adorador de Aécio Neves e Geraldo Alckmin vocês não tem um pingo de decência e vergonha na cara o cafetao da Bahamas que o diga

  9. Caro Kotscho seja um jornalista imparcial como sua autobiografia merece. Quando citar uma fonte como a planilha da Odebrecht citando o Alckmin como santo , explique aos seus leitores que o Lula e citado nessa mesma fonte como sendo amigo do pai.

  10. Não Sr.Kotscho, nessa manhã a Federal pegou mais um peixão do PT que atuou de forma decisiva na falência do fundo de pensão dos Correios, onde se roubava de tudo e de todos e, infelizmente, caiu nos ombros dos funcionários, os quais vão ter que pagar mais 3.5% para o fundo durante 17 anos. O dito cujo, ligado ao Dirceu, o guerreiro do povo, segundo os aloprados, é o Marcelo Sereno. Ele está devidamente encanado até que um Gilmar ou Marco Aurélio da vida lhes dê um HC. Qto ao Serra, eu nem sabia, mas o dito tem mandato de senador aí em São Paulo, ou seja, aí sim, está dominado pela lei; pela lei, eu disse, não por partidarismos e filiações. Explica isso aí para alguns dos seus leitores, pois eles não conseguem entender isso. O Alkmin já está na alça de mira, de cara, na justiça eleitoral, que poderá ”sujar” sua candidatura, assim espero! E o tal Paulo Preto, finalmente, também foi para o xilindró. Chegou a hora de desistir dessa narrativa tediosa de parcialidade da justiça que tornou-se uma falácia infantilizada.

    1. Velho, suas baboseiras anti-Petistas continuam as mesmas, mas voce perdeu de vez a vergonha, a educação e a compostura. Nem Kotscho você respeita ? Crie vergonha nessa cara de peroba !!!!!

      1. Baboseiras minhas? Você certamente não viu, não ouviu e nem conversou com ninguém hoje, só pode, não é possível! Cite onde desrespeitei o Kotscho e diz onde menti. Seja, pelo o menos razoável no seu demente fanatismo Victor Hugo Lula da Silva.

  11. Interessante a comparação com o futebol. Aqui em Minas o caso antigo do bandeirinha Alcides vulgarmente conhecido como “Cidinho Bola Nossa” é folclórico!!! Todos sabiam da sua paixão pelo Galo mas não tinham coragem de tirá-lo dos clássicos. Boa interpretação dos fatos comparados ao futebol Mestre.

    1. Caro Braga, grato pela correção. Pensei que era um um juiz e não lembrava o nome dele.
      Assim fazemos justiça ao bandeirinha Alcides e sua paixão pelo Galo. Grato pela participação, abraços, Ricardo Kotscho

  12. Curiosa a lógica petista. Sou policial há cerca de quinze anos. Já conheci muitos policiais que estão muito bem de vida em razão de sempre estarem envolvidos em falcatruas e até hoje estão livres e exercendo suas atividades. Poderia também ter me envolvidos em atividades ilícitas e melhorado em muito meu padrão de vida, mas optei por trabalhar honestamente e fazer minha parte para com a sociedade. O agente público que não desejar correr o risco de ser preso, vendo livres outros que cometeram os mesmos crimes, tem a opção de não roubar. A vida de criminoso é assim mesmo; uns são pegos logos nos primeiros assaltos enquanto outros roubam a vida toda sem pagar por seus crimes. Eu fiz minha opção; o PT ( que se dizia diferente ) também fez o opção dele !

    1. Meu pai sempre foi petista e tambem foi policial. Ao contrario de voce, nunca se omitiu, sempre denunciou policiais que extorquiam bandidos. Honestidade estranha essa sua.

    2. Fábio, boa tarde. Não sou afeito a responder o comentário de pessoas aqui no balaio. Este petista aqui costuma respeitar as opiniões contrárias mesmo não concordando com elas. O que você descreve acima é um silogismo. Boa parte do raciocínio está correta mas não significando que o todo esteja! Todos nós sabemos, tanto você quanto eu, que em toda corporação, em toda atividade que existe um número qualquer de pessoas envolvidas, a possibilidade de haver um fruto podre é enorme. Na igreja, no futebol, no clube que frequento, no bingo das velhinhas do fim de tarde, nos partidos, nos governos e onde mais vc quiser. Que o PT errou, isso todos nós sabemos! O que nos deixa injuriados é o processo persecutório encadeado em cima de Lula por parte de grande parte da mídia, justiça, procuradores e etcaterva! Pelo visto vc é um cara lícito, correto! Então lhe proponho uma façanha: leia a súmula do TRF4 sobre a condenação de Lula. Se vc concordar com tudo que está escrito lá, o Lula realmente está no lugar certo!!

    3. Curiosa a lógica do ‘policial’.
      Comparar funcionário público com partido político, que é quem ‘pode modificar’ o que critica como prática em sua função, onde desde sempre quem manteve e mantém o poder, por mais de século, utilizou e continua a utilizar essa mesma fonte e similares, de financiamento de campanha, para vencer eleições e manter-se no poder, com práticas, que ora seletivamente utilizam para criminalizarem, através da mídia e do judiciário, o PT, que ousou, usando desse expediente criado por eles, tira-los, assumir o poder e governar também para os despossuídos e na medida do possível, mudar práticas, como essa, como vinha fazendo.
      Acorda, pense, levaram 4 traulitadas do povo nas eleições, perceberam que pelo voto não retornariam ao poder e antes que tarde, usaram de novo o velho truque da ‘corrupção do outro’ e da família ‘do bem’, sabendo a ‘fragilidade’ ao tema e a cegueira quanto aos seus verdadeiros objetivos, por parte da maioria dos brasileiros, entre esses tu.
      A política é que permite e garante, maior ‘assepsia cidadã”, desde que para tanto possa releva-la, inversamente proporcional.

      1. Minha avó sempre dizia que “Quem com porcos vive, deita-se na lama”. Lula, Zé Dirceu, André Vargas e Palocci , estão deitados na lama. Deite-se nela você também. Eu não deito na lama !

        1. Já minha avó, ‘moradora’ na filosofia e pós escolada em tirar lobo da toca, espicaçando-o, desde quando vivia na região do Vêneto, objetiva, nem sempre dizia, preferia reservar para momentos adequados, como esse, dizer: “Nada melhor que um desperto espicaçador, para abrir a barriga do travestido de vovó enquanto dorme sonhando com a ‘netinha’, e de lá tirar o verdadeiro lobo aceso”.
          Grato pela resposta.

    4. Exatamente o ponto da questão Fábio, a lógica da esquerda é risível. Rasa e chula.

      Não tem nada a ver com rico vs. pobre, esquerda vs. direita. O problema geral – e maior – se trata de corrupção, escolha de cada um conforme sua exemplificação extremamente pertinente.

      Como o chuchu renunciou ao mandato, ele perdeu o foro privilegiado; portanto seu processo volta pra justiça de SP para o choro livre de todos os PTistas. Pouco burro esse chuchu.

      Mas pode ficar certo, já já estará solto com tornozeleira eletrônica.

      Igual a Luis Inácio, um milionário com patrimônio maior que 30 milhões de reais. Tem dinheiro pra pagar bons advogados como Sepúlveda Pertence. Vai sair logo logo para continuar a depredação do erário junto com seus “aliados” da direita como MDB por exemplo.

        1. Negativo Kotscho, santo é só Deus.

          Mas podemos aqui elencar várias alcunhas a que te referes, por exemplo: mineirinho, brigão, jujuba, prosador, dengo, belém, vizinho, padeiro, balzac, duro.

          Eva, timão, italiano (leia-se o braço direito), do reino, amante, pós-itália, drácula, menino da floresta, guerrilheiro, lindinho, amigo (eita), barbie, gremista, palmas, grisalho, musa.

          Difícil dizer qual lado tem mais!

  13. Essa blindagem vem de sociedades discretas/secretas. A esquerda, mesmo que em número pequeno se comparado a direta, também tem membros nessas sociedades. Os esquerdistas pararam no tempo e têm que discutir essa questão.

    Não simpatizo nem um pouco com esquerdista maçom. Sociedades secretas/discretas como rosa cruz, lions, rotary, opus dei e outras, já não combinam quase nada com a esquerda. As elites dessas sociedades contralam o sistema financeiro, o sistema de justiça, a mídia etc. O espectro político à esquerda é tão manipulado por essas sociedades quanto todo o restante do espectro político-ideológico. Se permanecer assim, vamos continuar vendo um Boulus escrevendo um artigo na Folha aqui, uma Manuella D’avilla dando uma entrevista na Band acolá, um Cortella dando entrevista para o Pedro Bial ali; e catedráticos, honoris causa e conhecimentos – de todas as áreas – criados nas universidades sendo usados lá.

    Ideias, frases, e palavras muito complexas usadas pela esquerda para explicar o que são oligarquias, foram e são importantíssimas. Porém, passou da hora dos corajosos esquerdisdas darem nomes aos bois, e desfiliarem dessas sociedades. Duas colunas as sustentam: o dinheiro (o sistema capitalista, sem dúvida) e a fé religiosa (o medo de descromirmos que somos apenas matéria).

    Para mim, não é nada controverso falar que é simplista demais alguns dizerem que não falam ou pensam em teorias da conspiração porque o raciocínio fica vazio, já que sempre devemos falar sobre fatos. Não precisa fechar a maçonaria como Getúlio Vargas fez, por exemplo. Bastar construir um pensamento que faça esses líderes perceberem que, para o bem do mundo – acredito que realmente eles querem o bem das pessoas -, a diferença que eles podem fazer é manter seus filiados e pensamentos nas ruas de suas “lojas”. Por mais que a gente saiba que pode ter um banho de sangue no Brasil nos próximos anos, e nos transformamos em um Afeganistão ou uma Síria da vida, devido à intolerância de alguns desses “sócios/irmãos” que são treinados e doutrinados a acreditarem que os verdadeiros líderes tomam atitudes que por si sós se justificam, essa ruptura tem obrigação de acontecer.

  14. Perfeito, no centro da meta anacrônica, que tanto atrasa o Brasil desde sempre.
    No ponto onde ‘ruminam’ herdeiros dos que ontem pensavam à volta a Portugal, que hoje pensam à ida a Miami.
    O vórtice dos, ungidos, sem raízes brasileiras e eternos guardiães da síndrome do vira-lata.
    Os que operam para o Brasil manter-se ‘Colônia’ e não forme-se uma “elite” com raízes.

    Não à toa o Brasil tem sua primeira Instituição Superior de Ensino no seculo XIX, a primeira Universidade no seculo XX, o Estado de São Paulo, Universidade há apenas 84 anos e a desigualdade entre as campeãs mundiais, desde o seculo XVI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *