Negócios enrolados de Alckmin e Aécio: tucanos em apuros

Negócios enrolados de Alckmin e Aécio: tucanos em apuros

O cidadão declara à Receita que tem R$ 700 mil em cotas de uma rádio da família. Um ano depois, vende estas mesmas cotas por R$ 6 milhões a uma irmã.

Um bom negócio? Sem dúvida, mas se este cidadão é o senador Aécio Neves, ex-presidenciável tucano, que viu seu patrimônio triplicar depois da eleição de 2014, passando de R$ 2,5 milhões em 2015 para R$ 8 milhões no ano seguinte, tem alguma coisa estranha sob este angu mineiro.

O repentino enriquecimento de Aécio foi revelado após a quebra do seu sigilo fiscal no inquérito da Lava Jato que investiga o senador no caso daqueles R$ 2 milhões que pediu a Joesley Batista para pagar advogados, com áudio gravado e o vídeo da entrega do dinheiro a um parente.

A rádio Arco Íris, de propriedade da família Neves, deve ser um fenômeno empresarial num ramo que enfrenta sérias dificuldades. Afiliada da rádio Jovem Pan, uma rede que defende tudo o que tem de mais atrasado na política brasileira, a Arco Íris, que ocupa o quinto lugar em audiência na Grande BH, deve estar valendo uma fortuna.

Ficamos sabendo que entre 2014 e 2016, Aécio recebeu R$ 3,1 milhões a título de lucros e dividendos não tributáveis (só no Brasil deve existir isso), segundo reportagem publicada nesta terça-feira na Folha, que teve acessos aos documentos da investigação.

Não vai dar em nada, eu sei, mas esta semana dois grão-tucanos apareceram no noticiário enrolados em negócios familiares mal explicados, para dizer o mínimo.

Sei também que meus amigos tucanos não gostam que se toque nestes assuntos desagradáveis, vão dizer que não se deve misturar família com política, mas está nos jornais, fazer o quê?

“Firma de Alckmin usa prédio de cunhado suspeito de caixa 2 _ Empresas do governador e sua família têm ou tiveram como sede edifício citado em delação da Odebrecht”, noticiou a mesma Folha um dia antes, ao revelar os negócios familiares do governador paulista que vai disputar pela segunda vez a Presidência.

Adhemar Ribeiro, o cunhado de Geraldo Alckmin, irmão da primeira-dama, já apareceu várias vezes no noticiário, sempre ligado a arrecadação de “caixa dois” para campanhas eleitorais, mas não se ficou sabendo que fim levaram as investigações.

As três empresas da família Alckmin ocupam escritórios no prédio de Ribeiro, o imponente Wall Street Empreendimentos da avenida Nove de Julho, desde 2016, quando Alckmin foi derrotado por Lula e abriu a Humanitas Palestras.

Uma agência de imprensa da filha Sophia deixou o prédio apenas 18 dias depois de o STF avalizar a delação da Odebrecht.

Carlos Armando Paschoal, ex-superintendente da construtora em são Paulo e um dos delatores da Odebrecht, contou em detalhes como Adhemar Ribeiro atuou na campanha de Alckmin.

Segundo Paschoal, depois de uma primeira reunião no escritório de Alckmin em que foi apresentado ao cunhado, de julho a outubro de 2010 eles se encontraram várias vezes em locais escolhidos por Ribeiro para fazer os repasses de dinheiro.

Só em novembro do ano passado o STJ receberia um pedido de abertura de inquérito contra Alckmin pelo suposto recebimento de R$ 10 milhões em “caixa dois” revelado por dois delatores da Odebrecht.

Como costuma acontecer nos inquéritos envolvendo tucanos, o caso tramita em segredo de Justiça _ e não se fala mais no assunto.

A assessoria de Alckmin informou que “as salas foram cedidas em razão do parentesco entre Adhemar Ribeiro e a família Alckmin, em dezembro de 2006, num momento em que o governador não detinha cargo público, e sem cobrança de aluguéis”. Alckmin sempre negou irregularidades em campanhas eleitorais.

E vida que segue.

 

 

 

42 comentários em “Negócios enrolados de Alckmin e Aécio: tucanos em apuros

  1. Sobre Aécio: As irregularidades podem advir dos contratos de propaganda do Governo do estado de Minas com toda a imprensa na época em que PSDB era o titular. Não se lia nada nos jornais contra os mandatários, não se ouvia nada nas rádios mais ouvidas do estado. Era uma anemia completa de notícias. Quando se ficava sabendo algo de errado ou de suspeito em Minas eram os jornalões de São Paulo quem publicava mas não com o intuito de informação mas sim com a intenção de beneficiar este ou aquele político bandeirante. Quanto à venda da participação na Radio Arco Iris, esta colocação de a 5ª mais ouvida é de doer!! Mineiro bom gosta gosta de música de bom gosto e de notícias, principalmente do transito caótico de BH!!!

  2. …não se deve misturar assuntos familiares de políticos com assuntos da política?
    Impossível esta separação. Canalha, venal , vil, velhaco, desprezível, desonesto, infame, imoral é quem pratica a ação, independentemente de ser político, jardineiro, delator, empresária, médico, dondoca, jornalista ou dona de casa.

  3. Não é somente no Brasil, Kotscho. A Estônia também, e mais nenhum país. Foi o secretário da Receita de FHC quem inventou essa ‘boquinha’ que vigora até hoje. Até 1994 os lucros e dividendos eram tributados à alíquota de 15%. Se estivessem sendo tributados hoje, a arrecadação equivaleria a 37 bilhões, trinta e sete bilhões de reais, suficiente para cobrir os gastos com o bolsa família e deixar um troco graúdo no caixa do Tesouro. A ‘turma da bufunfa’ inventou o paraíso fiscal dos ricos na Era FHC.

  4. Apenas para complementar, essa mamata deixou de arrecadar nos últimos 22 anos, meio trilhão de reais. E ainda querem botar a culpa na Previdência Social Pública.

  5. Tem boi nessa linha tucana. Como há um ministro da fazenda interessado em ser presidente, e o seu subordinado é o secretário da receita, os adversários do ex-presidente do Boston Bank e do ex-presidente do Conselho da JBS devem botar as barbas de molho com seus sigilos fiscais. Alguém se lembra do Francenildo? O atual secretário da receita é o mesmo secretário em cuja gestão foi quebrado o sigilo fiscal daquele Caseiro.

  6. Caro Kotscho!
    Este Ribeiro, morador do Morumbi, conseguiu o melhor emprego do mundo, ser cunhado do governador.
    Os coxinhas que vierem a ler este artigo, provavelmente irão “responsabilizar” o PT pelo caixa 2 do Alckimin.

  7. Hmmmmmmmm ! Bem feito. Picolé de chch, nem que a vaca tussa. Quem mandou apoiar Temer? Morre de medo de ver Lula candidato. Essa gentinha milionária do PSdb não engana, por mais que a mídia servilista evite o assunto e amedronte o povo, endemoniando os demais candidatos. Daqui a pouco vão intensificar essa estratégia e dedicar pautas e dias inteiros à Copa do Mundo. Tudo para o picolé de chuchu não derreter diante da verdade dos fatos escondidos até agora. Por isso está na geladeira do PSdb , patinando na lama do 1%. Bem feito. Só tem uma turma que “””ama””” o Alckmin, a Apeoesp, Sindicato da rede estadual de professores, há 4 anos sem um centavo de aumento. Sai , pelego! Sem Educação, impossível sair dessa crise!
    Apeoesp e picolé de chch, amor bandidaço!!!!!!!!!

  8. Este post comporta diversas colocações, devido sua variade de de assuntos. Vamos lá:
    1 – Variação Patrimonial: sem querer proteger o Sr. Aécio , que é nada confiável, mas não existe nenhuma obrigação de empresas e pessoas fisicas atualizarem o valor do capital social da empresa ou do valor dos bens constantes do imposto de Renda. Se o Sr. RK conferir em seu .
    imposto de renda os valores de seus bens lançados lá e o valor de mercado, vai concluir que, ao vender, vai ter um grande lucro contábil. São coisas da legislação, que até podemos admitir como falha, mas o Sr. Aécio está se valendo daquilo que é legal (pode até não ser moral) Um caso emblemático que foi debate em toda a midia e objeto até de ações civil, foi o notório caso da GAMECORP, empresa do filho do Lula, que tinha um capital social infimo e recebeu uma injeção de capital extremamente alta, incompativel com seu movimento.
    2 – DENUNCIA DE DELATORES = No post relata inumeras delações de empresários repassando dinheiro ao cunhado de Alckimim e outros grão tucanos. Eu particularmente entendo que a delação é válida e deva ser levada em consideração no processo, notadamente quando mais que um delator se refere ao mesmo receptor. Agora o que também acho, é que se vale para um, vale para todos, o que não é aceito pelos PTISTAS e nem pelo aqui articulista, que apesar do Lula ser mencionado por todos os empreiteiros de obras, quanto ao predio do Guarujá, do Sitio de Atibaia e também do ap. de São Bernardo, continuam aqui dizendo que isto não é prova e que apesar de condenado, não há provas contra ele..
    Afinal, delação vale ou não vale? para mim vale e para todos….. e o que acham os PTistas e o aqui articulista.
    PREDIOS CEDIDOS PARA USO: Como se ve, na zona não tem virgem mesmo e politicos não são santo, independente a que partido ou seita pertençam. Está ai a familia Alckim na midia, exposta às suas fraquezas morais. É comum inclusive, além de ocupar espaço de terceiros, ainda mandar a conta para a viuva (poder publico) pagar. Mas o que mais chama atenção aqui e é até motivo de piada, aqueles que são useiros e vezeiros a fazer a coisa errada,não estou aqui falando da pessoa do articulista) agora apontam o dedo sujo para o inimigo. Onde mora o Lula? De quem é o apto. que mora o filho do Lula; de quem é o sitio que o Lula frequentava? e muitos outros politicos que usam e abusam destes favorecimentos. Sou da opinião que todos devem pagar pelos seus erros, doa a quem doer.

    1. Jose Antonio, você também poderia dizer as mesmas coisas com menos palavras. Como o objetivo é sempre o mesmo, poderia nos poupar dos seus comentários panfletários. Junte-se a outros comentaristas renitentes aqui do Balaio e monte um blog. O responsável pelo Balaio é democrático, mas não é idiota (vide Nelson Rodrigues que você pode acessar no Google. Comentários destge tamanho não serão mais publicados.

    2. Ninguém aqui disse, aí neste caso considero também RK, que as delações não valem de nada! Todo bom advogado ou entusiasta do direito sabe muito bem que a delação é a ‘meretriz’ de todas as provas. Se não for acompanhada de dados e fatos, documentos, PROVAS robustas não deveria servir para nada. Apenas um exemplo: de todas as solicitações de quebra de sigilo telefonico solicitados pelo MPF ao governo dos EUA, 77% tiveram a resposta negativa por falta de jus causal ou por terem sido unica e exclusivamente terem sido objeto de delações premiadas!

  9. Ricardo, eu pensava que a “justiça” iria, pelo menos, incomodar algum tucano só para aparentar isenção. Aécio foi delatado várias vezes, gravado, fotografado, filmado e nem foi chamado para dar explicações. Claro que isso não partiria do juizeco de Curitiba, pois ele e Aécio são muito amigos.Nada aconteceu. Agora, já penso que nada acontecerá. Os golpistas perderam a vergonha na cara. Agem descaradamente. Apostam na passividade do povo e na capacidade da mídia golpista – Globo à frente – de sonorificar (?) o povão.

  10. Caro RK.
    No caso da “venda” da emissora de rádio, sempre me pergunto como é possível negociar uma concessão de um serviço público. Se o proprietário não quer mais a rádio, que devolva para que o Ministério das Comunicações faça um leilão da frequência. Essa caixa preta das concessões de rádio e TV bem que podia ser aberta…

  11. Alô, alô, Dallagnol, Moro e Cia. (trocadilho):

    Pessoal da Força Tarefa da Lava Jato poderia responder às indagações da população sobre as não investigações de Aécio, Serra e cia, dizendo assim: não vem ao caso da Lava Jato, pois não há correspondência com as investigações iniciais do caso. Certo, então, gostaríamos de saber o que a Lava Jato faz em fases como a de hoje, dia 13 de março, prendendo pessoal responsável por superfaturamento de pães, no sistema prisional do Rio de Janeiro????

    Se me der essa liberdade criativa e investigativa, eu juro que chego no Trensalão, nas concessões de Rádio de MG e no RodoAnel. Ou os Procuradores acreditam que somente eles têm QI alto para esse tipo de uso criativo do instrumento de trabalho e subestimam a inteligência da população?! Parece que subestimam sim.

  12. Há de se considerar que o cara herdou de herança uma boa fortuna de seu pai, tb político, só dep. federal 4 vezes, uma estadual; me parece que recebeu 2,5 milhões de reais; sem falar que a sua família já era rica; clã político, tal qual os Magalhães na Bahia-, além do mais ele não é mais sócio da rádio, quando a ação pública envolvendo o seu nome em MG caducou. Discutir a outorga de funcionamento de uma rádio, 10 anos, além de direito
    a montantes de cotas de participação dum senador, 44% perante a CF; torna-se algo mais bem mais importante. Ninguém é tão bobo em investir em algo sabendo que não vai valorizar. O importante é ter o dinheiro vivo pra investir. Veja a valorização das fazendas do Gedel. E de outros políticos.

    1. José Anísio,
      você também anda abusando deste espaço. É sempre a mesma ladainha e não dá para entender o que você escreve. Que papo é esse “veja a valorização das terras do Geddel”. O que eu tenho a ver com isso? Também te aconselho a a abrir um blog só teu. Seria mais honesto do que usar o espaço dos outros para escrever qualquer coisa que dá na tua cabeça. Serei mais rigoroso na aprovação de comentários.

  13. Nada melhor que na dúvida, tenha a justiça para avaliar.
    Ainda que tenha lá seus defeitos. (mesmo sendo exemplar, melhor que a Justiça italiana, quando foi para proteger um fugitivo condenado a prisão perpétua em seu País, o Bastiti).
    “Mesmo sendo uma justiça que persegue o Eduardo Cunha, o límpido. Que não se cansa de ser carrasca do Sergio Cabral, junto com Lula, as almas mais puras do Brasil. Que mandou sem motivo nenhum, o Gedel para cadeia, só pq ele foi Ministro do Lula, da Dilma e do Temer. Uma justiça que viu no Henrique Alves, crimes sobre quem jamais foi capaz de matar uma formiguinha… Ah, e com os inocentes Piciannis? Sempre soubemos que era gente que jogava palitinho por telefone, mas a justiça perseguidora, mandou-o para prisão…
    E o Garontinho de Campos? Que maldade desta justiça do mau, que viu erro naquela alma de coração rosa?… Esse sistema judiciário é tão malvado que colocou Paulo Maluff na cadeia… E o Temer hein? A juizada anda perseguindo o pobre ex-vice Presidente, e agora Presidente, que sempre soubemos que é 100% inocente… E o Lula? Só pq o coitadinho foi delatado por uns 150 empresários que levaram vantagens diversas em seus governos. Teve um empresário bilionário, inclusive que pagou algumas palestras a preço de Bil Clinton…a justiça malvada, bloqueou até uns 10 milhões do pobre coitado do Lula, e ameaça de prendê-lo também. Pode isso Arnaldo?… Mas essa justiça, além do defeito de perseguidora de petista, e não pode ver um inocente do PMDB, que ela parte para cima, ela só pode ser vendida ao PSDB…. Não prende ninguém do PSDB… Como é possível? Ela tem que parar de perseguir os inocentes do PMDB e do PT, e tbm do PP… e prender os ladrões do PSDB, etc. porque ninguém tem dúvidas, que o PT e PMDB, que governa o Brasil desde 2003, completou 15 anos de total lisura e transparência…
    A justiça tem prender os caras do PSDB pq todos roubos dos PeTitas e PMDBistas, na verdade, era como fossem “aviõezinhos” mandados pelos tucanos….
    Eis acima trechos da cartilha dos petistas!

    1. Gilvan,
      não dá mais para publicar teus comentários com este tamanho e conteúdo. Já lembrei aqui várias vezes que este não é um blog de propaganda político-partidária. Você está fazendo mau uso deste espaço. Se quer publicar estes panfletos é melhor que abra um blog só teu.Tuas ironias são toscas e repetitivas. Além disso, o que tem este comentário a ver com o que eu escrevi? Meu post trata dos problemas de Alckmin e Aécio, que você nem citou. Antes de escrever, é sempre bom ler o que os outros têm a dizer.

      1. Tens até razão de reclamar do tamanho deste último meu comentário, que de fato saiu maior do que deveria… Mas já que reclamas tanto de parcialidade da justiça, não percebo a mesma disposição vossa, em distribuir “reclames e/ou patadas” em gigantescos comentários que sejam afinados com a defesa dos petistas…
        Parece desejar apenas comentários favoráveis…

        1. Não, Gilvan, não desejo apenas comentários favoráveis. Este sempre foi um espaço democrático, tanto que você está aqui até hoje. Só pretendo manter um debate civilizado, em que as pessoas respeitem a opinião de quem pensa diferente, tenham um pouco de bom senso e se valham de argumentos, não de ofensas e agressões que não levam a nada. Não tem essa de afinados com a defesa dos petistas, mas não pode ser também só de ataque a um partido.

  14. E o Auxílio-Moradia concedido inadequadamente a quem não teve mudança de domicílio será julgado quando, Dona Cármen Lúcia??? O Erário exige celeridade! Nos faltam verbas para pagar professores e medicamentos, porém essa Corte procrastina um tema de tamanha importância por pressão corporativa? Ou seria impressão minha?

  15. É isso, Ricardo, Gilvan multiplica as palavras sem dizer nada, a não ser cinismo com a sardinha para o seu prato! Acorda para a história cara!

  16. “Não vai dar em nada, eu sei, mas esta semana dois grão-tucanos apareceram no noticiário enrolados em negócios familiares mal explicados, para dizer o mínimo.”

    Sabemos nós, tu e a torcida da ‘Vai Vai’, que não vai dar em nada, como desaparecerão rapidamente do ‘noticiário’, pois tais fatos negativos da parte dominante, disponibilizados pelos próprios de forma planejada, prestam-se no caso, como atenuantes, para preparar a prisão anunciada de Lula e só.
    O que não sabemos, é por que da insistência em permanecer-se tangidos pela agenda golpista, mesmo sabendo o que pretendem e onde e como querem chegar? Por que não estabelecer-se outra agenda, ao invés de correr-se atrás da pautada pela ‘mídia familiar’?

      1. Infelizmente não há essa agenda, daí reclama-la, Mestre, pois os responsáveis para que aconteça, os que comandam organicamente a oposição e deveriam faze-la movimentar-se antecipando-se, limitam a deixarem-se pautar pela agenda golpista, expressa unificada na ‘mídia parceira’, fonte da qual bebem-na e embriagam-se, para trôpegos correrem atrás da dita. A nós resta, juntos, sermos pautados nos fatos, uns lendo, outros, a ‘falar das mesmas lereias’, com ressalvas, à espera que a oposição acorde e torne-se protagonista, não apenas vítima passiva.

          1. Pelo visto, tem mais de uma “barata voadora” neste blog. O refrão não é meu. Não é só eu que falo “baboseiras”. Já há Dias, houvi esta rotulação. Não rebati, pois não posso me nivelar com golpe baixo. Já foi o tempo que só jornalista, desta mídia falsa e comentaristas desocupados (e de plantão) conseguiam formar a “opinião pública” e/ou manipular as massas de manobra e não pensantes. Hoje, com a internet bombando-, se vomitar asneiras, tem que engolir o vômito! Mas que todo blogueiro tem o seu lado. Isso tem! Ainda bem que não escolhi a profissão de jornalista. E nem quero ser dono de blog.

          2. Em que outro blog você poderia ver publicado este comentário, José Anísio? Além de tudo, você escreve errado. “Não é só eu que falo…” é de doer. Vomitar asneiras não é exclusividade tua, mas poderia pelo menos respeitar a nossa língua. Não precisa ser jornalista nem dono de blog, basta escrever direito: “Não sou só eu que falo…”. E “houvi” se escreve sem o “h”.

  17. Correção: houve no sentido de tempo decorrido (3ª) pessoa do singular. Troquei o i pelo e. Na linguagem jornalística, o mais importante é a transmissão da mensagem; e não a obrigação do uso correto da “perfeição” da linguagem culta ou erudita. A pressa, na maioria das vezes é inimiga da perfeição (mutatis mutandis). Meu único defeito. Parece que os petista detestam pessoas que abrem a boca; crítico, pois, lamentavelmente tiveram um líder máximo que se vangloriava aos quatro cantos em ser analfabeto! Deste pecado não morro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *