Justiça para Lula e Aécio: “Aos amigos, tudo; aos inimigos, os rigores da lei”

Justiça para Lula e Aécio: “Aos amigos, tudo; aos inimigos, os rigores da lei”

O maior inimigo da moralidade não é a imoralidade, mas a parcialidade. O primeiro atributo dos julgamentos morais é a universalidade. Pois espera-se de tais julgamentos que sejam simétricos, que tratem semelhantes de forma equivalente” (Vladimir Safatle, colunista da Folha).

***

Em entrevista recente à BBC, o ministro do STF Luis Roberto Barroso declarou que dos 650 mil presos brasileiros, poucos têm contra si tantas provas como Aécio Neves, denunciado pelos delatores da Odebrecht e da JBS.

De fato, todos devem se lembrar dos áudios e vídeos exibidos à exaustão na TV no ano passado em que o senador Aécio Neves pede R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista para pagar advogados, em que combinam e depois mostram a entrega do dinheiro.

Aécio chegou a ficar em prisão domiciliar e teve suspenso seu mandato no Senado por uma decisão liminar que mais tarde seria derrubada no plenário do STF com o voto da presidente Cármem Lúcia.

Desse processo não se ouviu mais falar _ por onde andará? _ mas na tarde desta quarta-feira o jornal Valor informa que a procuradora-geral da república, Raquel Dodge, pediu ao STF mais 60 dias de prazo para a conclusão do inquérito aberto com as delações de executivos e ex-executivos da Odebrecht, que foram homologadas por Cármem Lúcia há exatamente um ano.

Neste processo Aécio é acusado de ter recebido valores indevidos da empreiteira em sua campanha presidencial de 2014.

Alega a procuradora-geral, segundo o Valor,  que ainda “está pendente a análise e a perícia em dados dos sistemas utilizados pelo departamento de propina da Odebrecht, além de registros de acesso de representantes da empreiteira na Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig).

“Esta informação mostra-se importante para o esclarecimento dos fatos”, justificou a procuradora-geral.

Adivinhem com quem está o processo no STF? Ele mesmo, o supremo ministro Gilmar Mendes, que ainda não despachou o pedido de Raquel Dodge, mas certamente logo o acatará.

Ao mesmo tempo em que a Justiça bate recordes de celeridade para condenar, impedir a candidatura e prender o ex-presidente Lula, no caso de Aécio não há pressa nenhuma.

Isso me fez lembrar a famosa frase do título, atribuída a Getúlio Vargas, uma perfeita definição para a parcialidade das instituições políticas e jurídicas em nosso país.

“Que moralidade é essa?”, indaga em seu blog o economista José Prata Araújo, especialista em direitos sociais e autor de cinco livros sobre política e economia _ entre eles, “O Brasil de Lula e de FHC”.

E ele mesmo responde: “O Brasil tem mais de 650 mil presos e contam-se nos dedos os ricos que estão na cadeia. No plano político, o rigor investigativo da grande mídia e das instituições jurídicas é apenas contra os partidos de esquerda, especialmente o PT. Para as elites, os ricos e os políticos de direita, são o paradigma da moralidade. É muita hipocrisia. Essa selvageria não pode continuar!”.

Pois continua: ainda esta semana, foram arquivados pelo STF os processos por corrupção abertos contra os senadores José Serra e Romero Jucá, da base aliada do governo. No caso de Jucá, o processo morgou durante 14 anos no STF (cinco deles nas gavetas de Gilmar Mendes).

Da mesma forma, estão para prescrever os processos contra os tucanos envolvidos no chamado Mensalão Mineiro, que é anterior ao Mensalão do PT, em que todos já foram julgados e condenados.

Político símbolo da corrupção no país, o deputado Paulo Maluf só foi preso no final do ano passado por ordem do STF, ao final de um processo que tramitou por mais de 20 anos na Justiça.

Lula agora tem 12 dias para apresentar ao TRF-4 o embargo de declaração contra a sentença que o condenou a 12 anos e um mês de cadeia no processo do triplex.

A partir daí, se rejeitar o recurso, o TRF-4 poderá decretar a qualquer momento a prisão do ex-presidente.

Já o tucano Aécio Neves poderá escolher a que quer se candidatar: deputado, senador, governador ou até a presidente da República, se o seu partido deixar. Para o tucano, não há impedimento à vista.

Até agora, o STF não julgou nenhum político denunciado na Lava Jato e o primeiro processo que deverá entrar na pauta este ano é o da presidente do PT, senadora Gleisi Hofmann.

Vida que segue.

 

27 comentários em “Justiça para Lula e Aécio: “Aos amigos, tudo; aos inimigos, os rigores da lei”

    1. De fato, faz tempo que não conseguem carregar bandidos nas urnas, o povo aprendeu e não mais permite, agora só no golpe.
      Daí o esforço para ‘criminalização’ à fórceps de Lula, para voltarem a carregar bandidos nas urnas, em 2018, legalizando o golpe via tapetão jurídico.
      Diferentes sempre foram, há séculos, e a diferença construída pelos bandidos provados carregados por vocês nesse tempo, com breves hiatos interrompidos via golpes, está aí à vista, a DESIGUALDADE CAMPEÃ que nos ata ao atraso e nos lega o corrosivo complexo de vira-lata.
      São fatos, que de quebra atestam sobre ‘moral e ética’, se as tiveram a qualquer tempo, na estante e olha lá.
      PS: Votou em quem em 2014?

      1. Vladimir Lênin (1870-1924) chamava de “idiota útil” o cidadão de uma democracia liberal que se deixava enganar pela propaganda do regime soviético. Comprando os argumentos do Kremlin, o idiota útil dava à Moscou um verniz de legitimidade.

        Em pleno século 21, o fenômeno do idiota útil continua vivo. No Brasil, sua expressão à direita é o “bolsominion”, cuja simpatia pelo deputado o faz ignorar o uso indevido do auxílio-moradia. No centro e à esquerda, é o cidadão impermeável às evidências sobre os abusos cometidos por PT e PSDB durante 20 anos no poder.

        1. Lenin tem a ver com ‘idiota útil’, tanto quanto Lana Del Rey com, ‘Vai Malandra’.
          Esse é o busílis do replicante inútil, crê no que sopram, mesmo não sendo de Taubaté.
          Tente Grant Harris sobre e descubra por que diz se por aí, ser ‘uma expressão imbecil criada por um canalha que engana outros asnos dizendo que foi dita por Lenin, quando na verdade jamais ele disse isto’.
          Em pleno seculo XXI, se tirar o tapa virtual, se reconhecerá à evolução até a espécie de pato amarelo CBF, batedor de panela e passista da Globo na avenida, completamente permeável a asneiras.
          Abusos por parte do PT, houveram e muitos. Onde já se viu abusar tanto assim em benefícios aos desiguais e à soberania do país.
          Assim não dá! Assim não pode! Daí o golpe.

          1. Yahoo respostas?!
            Muito útil Dias, não poderia deixar de ser diferente!

            http://www.bbc.co.uk/worldservice/mobile/documentaries/2010/07/100624_doc_useful_idiots_lenin.shtml
            http://www.bbc.co.uk/programmes/p008vd41
            http://www.bbc.co.uk/programmes/p008z6sg

            Observação: No dia que vi a entrevista do finado Paulo Autran para o Canal Livre, deixei de assistir televisão (exceção ao noticiário do Heródoto). Detesto toda e qualquer programação da ‘poderosa’ e não gosto de carnaval. Futebol também não assisto.

          2. ‘Supposedly’, a palavra ignorada dos textos oferecidos, traduzida para o português, ‘supostamente’, indica conjectura ou seja, ‘hipótese não comprovada’ e deveria recomendar cautela a quem a abstrai e ‘crava como verdade’ o que não se comprova.
            Insisto, tente Grant Harris, para descobrir por que nem mesmo o ‘supposedly’ permite a expressão adita a Lenin, até prova em contrário.
            Observação: Surfar na maionese não é esporte olímpico.

  1. Qual seria o maior inimigo do jornalismo? A mentira ou a omissão intencional de fatos? Que tal explicar que Aécio goza de foro privilegiado e Lula não? Que tal também colocar na balança as decisões amigas que o PT obteve? Ou o julgamento do impeachment seguiu a constituição? O judiciário sempre foi um poço de leniência com todos os partidos. Agora uma parte passou a se comportar como deve. O PT foi pego com a boca na botija e foi o primeiro. Algum partido teria que ser. É só Aécio perder o foro e em menos de um ano estaria em cana.

    1. Edson,
      o maior inimigo de quem escreve é o mesmo de quem lê. A mentira e a omissão intencional dos fatos pode ser praticada por ambos. Você leu o texto até o final? Então veja lá o que está informado.
      Por exemplo: a presidente do PT, Gleisi Hoffmann também tem foro privilegiado (é senadora como Aécio) e eu te pergunto: por que o processo dela passou na frente de todos os demais dos outros políticos e foi o primeiro colocado na pauta no STF?
      Não seja tão otimista com o Aécio. O mensalão tucano já vai prescrever. O Maluf levou vinte anos para ir em cana.
      Ricardo Kotscho

      1. Aécio só escapou da cassação por um acordo supra-partidario. Aliás não sei porquê Gleise e Paulo Pimenta não estavam no dia da votação da cassação dele no Senado. Se no Supremo Gilmar é o ministro do PSDB, Toffoli e Lewandowski são do PT. Como estes votaram no caso Aécio? A favor. Então, li sim. Tenho lido bastante. O judiciário é a porcaria que é , mas não é uma porcaria perseguidora do PT.

        1. O judiciario é a porcaria que é , NÃO APENAS POR ISSO, mas tambem agora adicionalmente, porque deu prioridade absoluta á destruição do PT.
          Ele será apenas suportado pela sua BASE de sustentaçao (a Grande Midia) enquanto assim se comportar contra o inimigo dela (PT). Depois que a fase for completada, ela midia, liquidará a IMAGEM , aceitavel do partido da toga (essa ”boa” imagem q voce acha que ele agora tem…)
          é risivel que “agora faz o que deve”
          E quem permitiu e deu poderes ao judiciario podre para isso foi o inocente PT, via legal e administrativa por ironia).
          A midia vendida, comprada e paga, ja começou a esculachar e expor a IMAGEM do teus idolos judicio-policiais… é so tu ler os jornais ultimamente. Começou e vai terminar depois de eliminar (assim eles pensam) a esquerda.
          A tua wishful tontice, como diria R Campos, é desumana.

    2. O pato Amarelo o que me dizes de Delcidio do Amaral ele também não era senador da República como o Aécio po das naves então porque ele foi preso e teve o seu Mandato de senador cassado explica ai o Pato amarelo das hipocrisias para nos podres mortais porque o que vale para o Aécio não valeu pro delcidio

  2. Consabidamente, os ministros mais agressivos e duros com Lula e o PT – à exceção do grande picareta já por todos conhecidos do STF -, foram indicados por Lula e Dilma. A questão que se coloca hoje para Lula e Dilma é que a maioria formada no STF a favor da prisão em segunda instância defluiu dos votos consagrados por todos os ministros indicados no período Lula/Dilma. Nesse período, a exceção seria Rosa Weber, que a mídia grande agora acossa para inverter seu voto contrário à prisão em segunda instância. Lula dependerá de Gilmar Mendes decidir pela modificação do seu voto. Do contrário, verá o sol nascer quadrado antes das eleições. No Brasil, o Judiciário sempre foi composto pelos filhotes da Casa Grande, sobretudo em seus tribunais superiores. Mais uma vez, a decisão do Judiciário mostra que “venceu o sistema de Babilônia e o garção de costeleta”, como diria Oswald de Andrade. Não se deve estranhar tal decisório. Lula entrou na linha de tiro quando José Dirceu foi jogado ao mar. Agora se vê que o Cartel do MT defende a cria de Bobe Jefferson, com mais ardor e combatividade do que o petismo foi capaz de dispensar ao seu ‘general’ e “capitão do time”.

  3. “Para o tucano, não há impedimento à vista.”, o maior impedimento dele será nós, diferentemente da seita petista.

    Mas estou gostando ver, parece que vocês da seita começaram a ver as falcatruas do lula e do pete, ao se comparar com as falcatruas do aécio, isso é um bom sinal, uma grande evolução de vocês.

  4. Há rumores de que Lula sorriu após a última votação do STF e do TSE. Não tem dúvida de que jamais verá o sol nascer quadrado. Sepúlveda Pertence entrou no time. Teria soprado aos ouvidos de Lula que sua banca de advogados é “fraquinha, fraquinha”. E que o jogo subira de divisão: “da série B para a A”. Já antecipou o placar no STF: 6 a 5 a favor da não execução de pena. A formação do placar seria esta: Cármen Lúcia, Luiz Fux, Luís Roberto Barroso, Edson Fachin e Alexandre Moraes, unidos a favor da prisão. Contra a prisão estariam reunindo-se Gilmar Mendes, Rosa Weber, DiasToffoli, Celso de Mello, Ricardo Lewandowski e Marco Aurélio. Já quanto ao resultado no TSE, futuro a Deus… “Pertence”. Ele crê que as circunstâncias eleitorais, em agosto, garantirão maiores esperanças a Lula do que imaginam seus algozes e detratores. Diz-se que interpretar o Brasil não é para amadores. Sepúlveda Pertence, ex-ministro do STF, não costuma dar viagem perdida, nem perder suas bolas divididas. A conferir o “profissional” convocado para virar o jogo no segundo-tempo. O time do presidente tomou um 3 a 0 no primeiro-tempo.

  5. Reitero aqui que ouvi de um grande advogado de Santa Catarina – Cláudio Gastão da Rosa – em entrevista para uma rádio local:
    “Apesar de estar escrito na Constituição que a Justiça no Brasil é igual para todos isto não é verdade.
    A Justiça no Brasil só funciona para quem tem dinheiro”.

    Agora uma pergunta simples:
    Um ladrão de galinhas, condenado em segunda estância, ainda estaria solto por aí?

  6. o “JUS ESPERNIANDO” do articulista encontra resposta no maldito foro previlegiado. Se o STF tivesse metade da agilidade que tem um Sergio Moro ou Marcelo Bretas, hoje já teriamos guardados na penitenciária, figurões da Republica como Jucá, Renan, Padilha, Gleisi, Paulo Bernardo, Angorá, e a grande maioria dos 40 indiciados pela PGR e PF. E até o Temer teria dançado.
    Dilma também não teria saido imune de perder seus direitos politicos. E mais: Lula ja estaria preso desde o tempo do processo do mensalão.
    Como se vê, tem muita gente levando vantagens neste negocio.Enquanto não veio a condenação, todos comiam no mesmo prato e se refastelavam. Agora para se ter justiça, o outro também ter que ser preso. Prisão para todos, os chefes de facção na frente

  7. Pois é, meu caro Kotscho, o Brasil é um pais de contrastes. Mas o maior culpado disso é a chamada grande mídia, pois alem de apoiar Temer desagradecente, só divulga o que lhe convêm.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *