Pós-Lula é fato consumado? O que acontece se ele subir ou cair nas pesquisas?

Pós-Lula é fato consumado? O que acontece se ele subir ou cair nas pesquisas?

Assim que saíram as três sentenças siamesas da condenação de Lula em segunda instância, no ritual previamente montado no TRF-4, a grande mídia já passou a tratar do pós-Lula, dando o fato por consumado.

Para nove entre dez analistas, juristas, comentaristas, colunistas e especialistas em geral, Lula está fora das eleições presidenciais deste ano e pode ser preso a qualquer momento.

Resolvida a questão jurídica dentro dos conformes do establishment, sem qualquer surpresa, as especulações giram a partir de agora em torno das próximas pesquisas.

O que pode acontecer se Lula continuar subindo ou começar a cair nos levantamentos anunciados para os próximos dias?

É a única forma de saber o que as suas excelências, os 146 milhões de eleitores brasileiros, acharam da condenação do ex-presidente.

O fato político mais importante da semana está previsto para quarta-feira, dia 31, quando será divulgada a primeira pesquisa, a do Datafolha, que foi a campo nesta segunda-feira

Ao contrário dos 3 a 0 de Porto Alegre, que já eram cantados em prosa e verso antes dos três desembargadores declamarem suas sentenças, os números agora são imprevisíveis e podem determinar os rumos não só da campanha eleitoral, mas das próximas decisões da Justiça.

O retrospecto favorece Lula. Desde que foi “conduzido coercitivamente” pela Polícia Federal, em 2016, e depois condenado pelo juiz Sergio Moro no ano seguinte, Lula não parou mais de subir nas pesquisas, ao contrário do que seus adversários imaginavam.

Chegou a 37% das intenções de voto no último Datafolha, divulgado em dezembro, enquanto a rejeição ao petista caia para 31%, a mais baixa dos levantamentos feitos até agora para a eleição de outubro.

Se esta tendência se mantiver, o ex-presidente ganha força para o seu discurso de que foi vítima de uma perseguição judicial, sendo duas vezes condenado, enquanto as denúncias e delações contra os políticos conservadores protegidos pelo foro privilegiado morgam nas gavetas dos tribunais e da Procuradoria Geral da República.

Até hoje, segundo revelou a Folha nesta segunda-feira, apenas um governista _ o senador Romero Jucá (MDB-RR) _ foi o único denunciado no STF, mas os ministros ainda não julgaram sequer o seu recebimento.

Caso contrário, se o primeiro Datafolha após a condenação em segunda instância a 12 anos de prisão em regime fechado, apontar pela primeira vez uma queda das intenções de voto de Lula e o aumento da rejeição, o mercado, o Judiciário e a mídia ganharão mais reforços para desfechar a ofensiva final contra o ex-presidente.

Será a prova definitiva de que a Lava Jato, quatro anos após o início da operação, deu certo. Nem precisará continuar, como desconfio que vá acontecer.

Estão em jogo 53 milhões de votos, segundo cálculo divulgado neste domingo pelo jornal O Globo, caso Lula seja afastado de vez da disputa eleitoral.

Os demais pré-candidatos, à direita e à esquerda, se lançarão imediatamente à caça destes votos, enquanto o PT, até agora sem nenhuma sigla aliada, terá que pensar em novas estratégias caso as próximas pesquisas confirmem uma possível queda de Lula.

Esta pesquisa servirá também para avaliar as possibilidades dos candidatos de “centro-direita” dos partidos aliados a Michel Temer e qual será o fôlego de Jair Bolsonaro para chegar ao segundo turno.

No caso de Lula continuar subindo nas pesquisas, poderá crescer a pressão popular sobre o Judiciário, que terá maiores dificuldades para enterrar a sua candidatura.

Entre os tribunais, as pesquisas e, quem sabe, as ruas, serão definidos os candidatos que estarão nas urnas eletrônicas no dia 7 de outubro.

Ao contrário do que garantem os apologistas do fato consumado, o jogo ainda está aberto.

Teremos nove meses de fortes emoções pela frente.

Vida que segue.

 

 

30 thoughts on “Pós-Lula é fato consumado? O que acontece se ele subir ou cair nas pesquisas?

  1. Sou do interior de São Paulo, nunca votei em nenhum membro do PT, pois nunca vi esse partido como o ideal para governar o Brasil.Porem, desde que a quadrilha do Temer chegou ao poder e o Judiciario se tornou um partido politico cuja Constituição deixou de ser exercida nesse pais, irei nesse ano dar meu voto ao senhor Lula, ou qualquer um que venha a ser representante deste.
    Uma forma de protestar contra essa bandidagem e o fim do estado de direito em nosso Brasil.

  2. Eles fazem a conta de que, se tirarem Lula seus votos vão pra Alckmin por osmose… Penso que não e sugiro que, se Lula for impedido todos seus 53 milhões de votos sejam jogados em Bolsonaro.. Eu farei isso pra ver o circo pegar fogo.

      1. Caro Miller, certamente divergimos politicamente em quase tudo, mas muito provavelmente convergimos nesta opção….
        Ainda eu, um anti-petista, não votaria em Bolsonaro… Sim, votaria até no Ciro tbm…
        (com ressalva, que ao menos para mim, graças ao que resta de Justiça neste País, fico aliviado de não ter que escolher escolher entre Lula e Bolsonaro)… Como sou um crítico do voto nulo, que considero a omissão dos covardes, certamente se fosse esta a possibilidade, usaria máscara no dia da votação no segundo turno, e tentaria escolher um, que neste dia apresentasse mau cheiro menor!

    1. O Sr. Decio Gil e outras pessoas que concordam com ele tem outras maneiras de verem o circo pegando fogo: em excelentes documentários sobre a história do Brasil, como os de Silvio Tendler, disponíveis na íntegra na internet. As coberturas dos circos de hoje são feitas de um material resistente a fogo, porque ser humano tem a grande capacidade de aprender com os erros do passado. Os historiadores tem razão quando dizem que “Um povo que não conhece a sua história está condenado a repetí-la”.

  3. É Mestre, Paulino terá que rebolar para fornecer resultado à manchete desejada pelo OFF, os primeiros indícios, das informações relativas a consulta da Quaest Pesquisas, de ‘Bel’orizonte’, feita a brasileiros que têm conta no Facebook, sobre o resultado no TRF4, indicam nova salva de tiros em pés golpistas:
    Quanto ao nível de conhecimento sobre que o TRF-4 julgava, 93,5% disseram saber do que se tratava e 6,5% disseram não saber.
    Quanto ao TRF-4 ao ‘condenar’ Lula ter agido certo ou errado, 54,7% disseram que agiu errado, 42,2% que agiu certo e 3,1% não souberam responder.
    Quanto ao juiz Sérgio Moro provar ou não que o triplex pertencia a Lula, 56,6% disseram que não conseguiu provar, 39,0% que conseguiu provar e 4,3% não souberam responder.
    Quanto Lula ter recebido tratamento da justiça similar a outros políticos como, Michel Temer e Aécio Neves, 59,5% disseram que a justiça trata Lula de forma mais dura, 37,2% que não trata Lula de forma mais dura e 3,3% não souberam responder
    Quanto a Lula ter cometido mais erros ou acertos, quando governou, 59,3% disseram mais acertos, 37,4% disseram mais erros e 3,3% não responderam.
    Quanto a condenação e inelegibilidade momentânea de Lula, se deveria ser candidato, 55,7% disseram que deveria poder, 42,9% disseram que não poderia e 1,4% não souberam responder.
    “A pesquisa abrangeu 310 mil pessoas entre os dias 24 e 25 de janeiro, com perguntas formuladas pelo Vox Populi em survey face-a-face. Das 310 mil pessoas, 2980 foram sorteadas aleatoriamente para compor uma amostra representativa do eleitorado brasileiro.” (Quaest Pesquisas).
    PS: Não esquecer que o povão, povão, não tem Facebook.

  4. Lula pode aparecer com mais de 80% (ideal que que fosse 100%, como nas ditaduras da S´ria, Korea do Norte e no Iraque da época de Sadan Russm), que continuará inelegível, de acordo com a Lei da Ficha Limpa, que pode dizer que criada para tirar o Lula da jogada, visto ter sido assinada por ele mesmo, inclusive. Restará apenas o desejo se iludir o povo, como ninguém faz melhor que o Lula e o PT, o discurso de vítima (todo picareta se diz perseguido, vide o Trump, Lula, Bolsonaro, Maluf, ou até ladrão de carterira, que chega na Delegacia, se dizendo vítima do sistema), que Lula tem que ser eleito de qualquer jeito, para que eleito, seja a única forma de livrá-lo da cadeia, e também poder terminar o o serviço da “venezuelização do Brasil”, quase conseguido por Dilma, que foi impedida, quando o Brasil já estava na beira do precipício.
    Até a única pessoa, Gilmar Mendes, capaz de mudar o entendimento de que político ladrão não pode ser preso, antes de todos recursos sejam julgados, está sendo execrado também e/ou principalmente pelos petistas. (estão atirando na última galinha de ovos de ouro que possuem).

  5. Até agora só dois fizeram campanha..lula e Bolsonaro, dai a aparecerem a frente dos demais candidatos, nas pesquisas eleitorais.
    Se a campanha já tivesse sido dada a largada a todos os candidatos, com exposição em rádio e tv, duvido que depois de tanta “porrada” que o lula iria tomar, estaria ele ainda a frente nas pesquisas…..”uma coisa é falar 2 minutos outra é falar mais de 10 minutos.”
    Não tem jeito bye..bye pete, 2018 não lhe pertence mais.

  6. Isso é politizar a justiça: usar pesquisa eleitoral como argumento de absolvição em um processo criminal. Se Beira-Mar encomendasse pesquisa e ganhasse 50 milhões de votos deveria levar isso ao juiz e pedir absolvição?

  7. A questão é puramente matemática. Por Lula ter entre 34 e 37% das intenções de votos, acham os PTistas que isso lhe dá um salvo conduto para não responder pelos malfeitos de que é acusado.
    Ora pois: 34% equivale a 1/3 do total. E o que pensam os outros 2/3? Porque o Data Folha ao inves de soltar uma nova pesquisa de intenção de votos,não solta uma pesquisa: VOCE CONCORDA OU DISCORDA DA CONDENÇÃO DE LULA? Aí os donos do 1/3 vão querer provar que eles são maioria em relação aos outros 2/3.
    Como se vê, manipulação existe para todos os lados, inclusive para uma minoria se achar que são maioria. De voz aos 65% que a surpresa virá

    1. Por favor, além de maltratar a inteligência humana, você maltrata nosso pobre vernáculo.

      Sou da geração que lutou para que você tivesse o direito de falar até asneiras, mas — pelo amor de Deus! — não torture nossa língua.

      Burrice contagia, meu!

  8. Meu voto e de Toda minha família e de Lula ou de quem ele endicar e bom os canalhas togados e essas emprensa manipuladora hipócrita nojenta entenderem muito bem o povão vai as forras alias caso o ex presidente Lula realmente foi impedido por esses canalhas o Lula deveria escolher pra seu sucessor alguém bem radical tipo um Bolsonaro de extrema esquerda so pro circo pegar fogo kkkkkk

  9. Ficou claro para um número cada vez maior de pessoas que o golpe foi articulado para tirar Lula, para acabar com os direitos sociais e trabalhistas. Todos percebem que Moro e Lava-Jato fazem parte da articulação nefasta. Lula cresce.

  10. Com Lula fora do pário eu acredito que Geraldo e Ciro disputarão o segundo turno com vitória de Geraldo.Quando chegar o horário eleitoral Bolssonaro fica pelo caminho,pois não tem nenhuma estrutura,política para segurar as pontas na reta final.

  11. As forças poderosas que derrubaram Dilma, não contavam com este horrendo governo, isso aliado a insatisfação popular e a leitura cada vez mais límpida dos brasileiros, de que foram vítimas de uma grande armação, um engodo em que milhões foram enganados. Por outro lado, estão apavorados com a possibilidade cada vez mais evidente, de não conseguirem emplacar um candidato com reais chances de suceder o Temer e com isso a ausência de uma marionete como representante de seus interesses na presidência a partir de 2019. Lula não vai concorrer, de um jeito ou de outro será impedido, enquanto políticos da estirpe do Aécio e asseclas, com poses de bons samaritanos hoje no planalto e congresso conseguirão concorrer livremente. Este é o Brasil atual, com um povo tenso, dividido, vendo direitos históricos virarem fumaça, revoltado com políticos caras-de-pau, representando quem não precisa e oprimindo os mais necessitados. Era de se prever esse sofrimento quando apearam Dilma da presidência, e agora? Só nos resta esperar até outubro e fazer a nossa parte.

  12. Kotscho, acompanho Você desde a década de 1970, quando, a despeito da censura dos amos e senhores daquele sujeito com nome de bolso faziam os maiores desmandos, a imprensa tinha profissionais dignos do nome.
    Tristes tempos estes, em que bandidos de todas as profissões se travestem de heroizinhos e bancam os “entendedores” da história e do futuro da nação.
    Mas ainda veremos o “outro lado”, ainda que psicopatas como o tal “Tim Takaguri” posem de gênios e feiticeiros.
    Enfim, há muito por fazer, mas faremos. E o primeiro será jogar no lixo da história todos esses farsantes que deram o golpe enquanto uns trouxas tocavam panelas…

  13. Lula enfrenta um golpe de vários tentáculos. Golpe contra o povo sofrido. Presente a mídia perversa e assassina de governos sociais. Os corruptos, sonegadores e senhores feudais dos três Poderes e sociedade civil usufruem do “Brasil deles”, mas ignoram o Brasil dos brasileiros. Lula foi a vítima alfa e ômega dessa estratégia de consolidar a volta dos dominantes ao “pudê”. No momento, atravessam a “ponte Temer” da vergonha mundial. Temer, o impichado traidor, o tal das gravações nos porões do Jaburu. Sem caldo cultural, qualquer imbecil dá risadas ao falar da condenação de Lula, sem saber que… ri se si mesmo, candidato a escravo eterno dos dominantes. A propósito, sabes alguma coisa da reforma trabalhista? Sabes pelo menos, quem é Alckmin, Aécio, Doria, FHC, Cristiane Deboche Brasil, Geddel, Cunha, Gilmar Mendes, entre tantos dessa organização criminosa? Sabes? Então, tá! Gastaram bilhões e…. podem até comprar os resultados das pesquisas. Vai, vote. Nenhum golpe sai ileso ao enfrentar o “povo do povão social”. Sabes ainda, que o rico tem medo do seu voto? Por isso, daqui pra frente, usarão artilharia pesada para contar-te mentiras. Vai, vote. Lula é vítima. Lula é o alfa e ômega, a primeira e a ultima letra dessa golpe contra os pobres.

  14. Primeiro se tirassem dilma o povo iria para rua e alguns marginais bocarrotos pegariam em armas. Nada aconteceu. Se o Grande Sérgio Moro condenasse Lula o povo iria para rua. Nada aconteceu. Se o TRF4 confirmasse a sentença do Grande Sérgio Moro teríamos guerra civil. Nada aconteceu. A fala e escrita dos adoradores de Lula são sonhos de quem não consegue mais agrupar meia dúzia de viúvas dos nossos impostos. Pesquisa boa e sentença boa só quando é a favor da esquerda que jogou nosso Brasil nesse mar de lama. O cidadão brasileiro não se engana mais. Só os que ainda querem viver na ilusão que aínda transformaram o Brasil em Venezuela. Aguardando a expedição do mandado de prisão para termos certeza que existe salvação para nosso Brasil. Vida que segue

  15. golpe….golpe…repetem como papagaios enlouquecidos…
    quao nefasta é essa educacao ideológica…permanecem ruminando o próprio ódio, esparramados em suas poltronas imaginando que o mundo está conspirando contra eles. Seus cérebros em permanente estado de tensao, como que sob of efeito de crack ou meta-anfetamina…zumbis alucinados vomitando raiva e rancor…o horror….o horror…

      1. “Vai, vote. Lula é vítima. Lula é o alfa e ômega, a primeira e a ultima letra dessa golpe contra os pobres.”…

        O Dorian Gray esquerdo apenas corrobora o meu ponto de vista.

  16. Enquanto os petistas gritavam aos quatro cantos, que o STF precisaria mudar a regra, que autoriza a prisão de político corruptos, caso este seja condenado em segunda instância (como no caso de Eduardo Cunha, Sergio Cabral e Lula, só para citar caso entre similares e partícipes do mesmo esquema), eis que brilhante e enfaticamente, a Ministra Carmem Lucia, mostrou que não precisa ter “saco roxo” para se fazer cumprir a Lei que deve está acima de todos. E por que Lula seria uma exceção?
    Parabéns Ministra Carmem Lucia. Deixe para os “Gilmares, Tófillis, Lewandoskis” a tarefa de livrar a cara de mais um criminoso condenado das garras da Lei. Aliás, a Lei é para fazer Justiça.
    E só se faz justiça com criminosos, julgando-os, condenando-os e mandando-os para Cadeia.

  17. A sua profecia cumpriu-se, Kotscho. O faro do repórter experimentado na percepção da antropofagia política tupiniquim acertou mais uma vez. Antecipou inteiramente as grandes linhas da pesquisa do Data Folha divulgada hoje, dia 31.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *