Qual é o mistério? Aprovação a Lula chega a 45% e rejeição cai, mostra pesquisa Ipsos-Estadão

Qual é o mistério? Aprovação a Lula chega a 45% e rejeição cai, mostra pesquisa Ipsos-Estadão

Fico imaginando o nó que deve estar dando na cabeça dos que terminam o ano ainda procurando um anti-Lula, após a publicação da nova pesquisa do Barômetro Político Estadão-Ipsos nesta antevéspera do Natal de 2017.

A pouco mais de um mês do julgamento de Lula no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre, que pode impedi-lo de disputar a eleição em 2018 e levá-lo para a prisão, a avaliação do ex-presidente subiu novamente, chegando a 45% dos brasileiros.

Em junho, Lula tinha 28% de aprovação e, de lá para cá, não parou de subir: foi a 29%, 32%, 40%, 41%, 43% e, agora, a 45%. Ao mesmo tempo, a desaprovação caiu 14 pontos percentuais neste período e está em 54% _ a menor rejeição entre os presidenciáveis.

O que aconteceu, qual é o mistério?

Talvez a resposta esteja no índice de rejeição ao presidente Michel Temer, que bateu novo recorde: chegou a 97%, quase uma unanimidade.

É inevitável que na comparação entre o atual governo e os oito anos de mandato de Lula, que saiu do Planalto com 87% de aprovação popular, os eleitores lembrem como era a vida entre 2003 e 2010, e como é hoje.

Como seus principais concorrentes fizeram o caminho inverso no mesmo período, vendo cair a aprovação e subir a rejeição, se a eleição fosse na semana que vem Lula ganharia no primeiro turno, mas esta pesquisa Ipsos não mediu intenções de voto, como explica matéria do repórter Daniel Bramatti, no Estadão, um jornal que só não pode ser acusado de petista.

“Lula é bastante associado a causas sociais, e essa associação é relevante no momento de degradação do emprego, da economia e dos programas de assistencialismo e fomento de políticas públicas de combate à desigualdade, que vem aumentando no Brasil”, analisa Danilo Cersosimo, diretor do Ipsos.

Vamos aos números dos outros presidenciáveis:

  • Geraldo Alckmin, pré-candidato do PSDB, teve 19% de aprovação e 72% de desaprovação. Na pesquisa anterior, as taxas eram respectivamente de 24% e 67%.
  • Jair Bolsonaro (partido indefinido) teve 21% de aprovação e 62% de reprovação, piorando seus índices em ambas as avaliações.
  • Marina Silva (Rede) registrou 28% de aprovação e 62% de desaprovação. A aprovação da ex-senadora caiu 8% desde outubro quando seu nome foi lançado como pré-candidata.

Diante deste quadro cada vez mais desfavorável para um candidato anti-Lula, a campanha de 2018 deverá caminhar cada vez mais do campo político-eleitoral para o jurídico-policial para impedir que Lula chegue às urnas.

A resiliência do ex-presidente, bombardeado por notícias negativas todos os dias, indica também que a mídia do establishment está perdendo força para outros meios de comunicação, já que até aqui os ataques a Lula estão provocando resultados opostos aos esperados.

Como no Brasil de Brasília agora para tudo até fevereiro, dificilmente este cenário sofrerá grandes mudanças enquanto não começar a campanha oficial no rádio e na TV, que desta vez terá apenas 35 dias.

Vida que segue.

 

 

 

25 thoughts on “Qual é o mistério? Aprovação a Lula chega a 45% e rejeição cai, mostra pesquisa Ipsos-Estadão

  1. +.O que podemos espera de um povo que é capaz de reeleger um presidente de um partido que quase levou o país a falência? Que tem um STF especializado em livrar políticos corruptos da prisão?

    1. O partido que quebrou o país por duas vezes foi o PSDB de Fernando Henrique.
      Durante a gestão de Lula e Dilma, todos os índices econômicos foram favoráveis, especialmente, o que é muito mais importante, os índices sociais – geração de emprego, distribuição de renda, redução da pobreza, dentre outros.

      1. Flavio como economista vocé é um excelente sem noção. Falar de gestão Dilma é a mesma coisa que contar uma piada de mal gosto. O ser mal conseguia se comunicar. Faça-me o favor.

  2. Simplesmente não entendo, Lula tem a ficha mais suja na história do nosso país e mesmo assim é o cara com mais aprovação, enquanto o Alckmin que é o candidato que pode salvar nosso país é o candidato com menos aprovação kkkkkkk. Nosso país é uma piada mesmo! Alckmin é o único que pode salvar nosso país e o povo brasileiro ignora isso! Vamos acordar Brasil!

      1. Flávio, nenhum…..assim como o bruno ex-goleiro do Flamengo, que foi condenado pela morte (sem o corpo) de Eliza Samudio,… sem prova não há crime…….libertem já o bruno !!!, o caso lula é um precedente jurídico para esses casos, onde não há prova.

    1. Por favor, pessedebista devia evitar o termo corrupção. Não há uma só ação do governo tucano seja municipal, estadual e agora federal, já que Temer é PSDB, que não esteja envolvida em ilícitos. Rodoanel, Metrô, merenda. Quem trabalha na educação sabe que não obra que não seja superfaturada. Ah se a justiça deixasse o Paulo Preto falar…

  3. J.Leite e Lucas, Lula é o Cara que vocês ignoram pelo viés do preconceito, pela venda do reacionarismo! Quando que o picolé de chuchu, pode salvar o Brasil, se engavetou a CPI do merendão e mais outras 100? Quem levou o país a falência se até emprestou ao FMI?

  4. “Fico imaginando o nó que deve estar dando na cabeça dos que terminam o ano ainda procurando um anti-Lula…”.
    Imagine não, Mestre, não vale a pena empregar neurônios no fugaz, basta ler comentários dos ainda no estágio, ‘Lula Culpado’, para obter ilustração detalhada do que iria imaginar.
    Acabou!
    Um curto tempo, à saída de cena irrestrita, e a mediocridade volta a submeter-se a modéstia, como deseja sua amiga jornalista, Eliane Brum, e tornar à natureza, o bom senso em equilíbrio, a tolerância ao contraditório, como no Chile de ‘O Carteiro e o Poeta’.

  5. Eu tenho uma resposta….o povão é burro, ignorante e semi-analfabeto, na sua grande maioria. lula saiu com 80% de aprovação assim como aécio saiu também em duas gestões de governo.
    lula nos deixou um grande legado …sua sucessora (vulga gerontona) desencadeou a maior recessão já vista nesse país. Jogou as alturas a inflação e os juros…..Pergunto a essa classe que vai as urnas “onde estava lula nessa hora?, porque com sua sabedoria não a ajudou a resolver os graves problemas?”. Elle é o cara o Encantador dessa gente, fazer o que?, vamos chorar enquanto eles riem com seu bolsa família, cada um é feliz a seu modo.
    Bom Natal a todos e em especial ao Ricardo que nos proporciona esse espaço.

  6. O povo sabe que está sendo enganado, sabe que esse governo com seus aliados são o retrato da mentira, da enganação dissimulada, da falta de escrúpulos, do deboche. Por conta da sorrateira forma como chegou ao poder e de suas maldades com o povo, Temer consagrou-se como um `espanta votos`, qualquer político que apoia-lo será castigado nas urnas. O crescimento de Lula tem como um dos fatores a gigantesca, pegajosa e merecida rejeição do Temer.

  7. Como disse o ilustre ministro Barroso: O Brasil se perdeu no meio de tanta gente querendo levar vantagens e subir na vida às custas dos outros. E pelo que parece, ainda está distante de achar o seu caminho

  8. Lucas,caso o Alckmin seja eleito,sugiro que comece o governo fazendo o lançamento do plano de assistência às crianças
    “Minha merenda,minha vida” e “La vem o metrô que vai me levar até o rodoanel”.

  9. ora e simples a vida era boa demais ate a mida golpista com o apoio do psdb violou as leis ao nao aceitar a vitoria de dilma,psdb o partido mais corrupto e protegido pela grande midia

  10. O Governo Temer, nesta toada, viabilizará Lula de uma tal maneira que até para este Judiciário parcial e faccioso será difícil condenar Lula. O tempo, que trabalhava contra Lula, virou; e agora começa a atropelar Moro… Que já deixou de ser uma unanimidade e caminha, a passos largos, para virar anedota.

  11. Nao há mistério. As causas sao a ignorância e a desinformacao do povo. Democracia com ignorância é ditadura. Leva quem tem mais lábia. E nisso o Lula é o mestre dos mestres. Lula nunca, mas nunca se reelegeria em um país como a Alemanha, Suécia ou Dinamarca. Você morou na Alemanha Kotscho e sabe do que eu estou falando

  12. Lula nosso Presidente para 2018, Olha Lula de novo, foi o melhor presidente que o Brasil já teve, picolé de chuchu não tá com nada o cara não fez nada de progresso para São Paulo.

  13. O eterno retorno outra vez.
    “Bota o retrato do velho outra vez”, diriam os getulistas de quatro costados.
    O tal “recall” moderno é a tal “memória” antiga.
    Getúlio voltou porque nada se comparava, na lembrança do povaréu, ao seu período de garantias trabalhistas e sociais.
    O mesmo fenômeno dos anos 50 ressurge sob a personagem Lula.
    A pressão sobre Getúlio foi tamanha que o ‘Velho’ meteu corajosamente um balaço no coração.
    O mesmo tiro acertou na testa dos seus principais opositores, que somente conseguiram recuperar o poder uma década depois, com um golpe militar e uma ditadura militar apoiada pelos mesmos que levaram Getúlio ao suicídio.
    Ressurge o mesmo conflito e se reapresentam as mesmas divisões de classe. O desfecho possível pode juntar os ingredientes de uma nova tragédia? A conferir.

  14. Eu não tenho amor nem ódio em Política. Acredito que é impossível conhecer um político 100% uma vez que vão moldando-se às situações. Não me interessa se o legado é positivo ou negativo se antes disso há questões morais pendentes. O que se vê aqui nos comentários, e em quase todo lugar, são discussões de paixões políticas, sempre suportadas por ‘n’ estatísticas, enquanto deveríamos falar de qualidade morais e planos de governo acima de qualquer candidato. Bem, somos uma democracia de pouco mais de 20 anos. Quando atingirmos a maioridade e os dinossauros forem extintos, quem sabe, será possível haver campanhas políticas com discussões descendentes. Logo, não há surpresa alguma nessas pesquisas. Lula poderá ser candidato e até ganhar e não há surpresa alguma nisso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *