O que Mr. Weintraub pode aprontar no Banco Mundial? Vai prender quem?

O que Mr. Weintraub pode aprontar no Banco Mundial? Vai prender quem?

Nunca ninguém ficou tão feliz ao ser defenestrado do governo Bolsonaro como Abraham Weintraub. Ele mesmo fez questão de anunciar a boa nova num vídeo ao lado do presidente. Também não era para menos: o seu prêmio de consolação era um cargo de diretor-executivo do Banco Mundial em Washington, com salário de R$ 100 mil por mês, fora as mordomias. Relacionadas Em campanha, Bolsonaro reinaugura obra na Bahia Aras deu um palanque a Moro e não vai acontecer nada Tribunal…

Leia Mais Leia Mais

Em campanha, Bolsonaro reinaugura obra na Bahia

Em campanha, Bolsonaro reinaugura obra na Bahia

Assim que desembarcou no aeroporto de São Raimundo Nonato, a 523 quilômetros de Teresina, no Piauí, onde foi recebido aos gritos de “Mito!”, como acontecia durante a campanha eleitoral, Bolsonaro botou um chapéu de couro na cabeça e montou num cavalo para dar início à sua “agenda positiva”, em que pretende viajar pelo país inaugurando obras. De lá ele seguiu para Campo Alegre de Lourdes, no norte baiano, para “inaugurar” uma obra de abastecimento de água, que na verdade foi…

Leia Mais Leia Mais

Aras deu um palanque a Moro e não vai acontecer nada

Aras deu um palanque a Moro e não vai acontecer nada

Esse barulho todo em torno dos arquivos secretos da República da Lava Jato tem os ingredientes necessários para acabar numa grande pizza. Quem deve ter ficado feliz com as denúncias do procurador-geral Augusto Aras contra os “segredos” dos justiceiros de Curitiba foi certamente o ex-ministro Sergio Moro, que estava em busca de uma boa onda para voltar a surfar na mídia, agora que virou político, já em campanha para 2022. Relacionadas Tribunal de Haia, tende piedade de nós “Acabaram com…

Leia Mais Leia Mais

Tribunal de Haia, tende piedade de nós

Tribunal de Haia, tende piedade de nós

Exma. Sra. Fatou Bensouda, procuradora-geral do Tribunal Penal Internacional. Peço sua especial atenção ao pedido feito por mais de um milhão de trabalhadores da saúde no Brasil, apoiado por mais de 50 entidades e sindicatos brasileiros e estrangeiros, solicitando a abertura de investigações sobre o presidente Jair Messias Bolsonaro por crimes contra a humanidade e genocídio. Relacionadas “Acabaram com o emprego no Brasil”, protesta Bolsonaro A “Lista de Mendonça”: o corintiano PSP é um perigo para os neofascistas Isso é…

Leia Mais Leia Mais

“Acabaram com o emprego no Brasil”, protesta Bolsonaro

“Acabaram com o emprego no Brasil”, protesta Bolsonaro

De volta ao Planalto, após três semanas de quarentena no Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro voltou ao trabalho nesta segunda-feira com a corda toda. Sem jornalistas para brigar no “cercadinho”, ele se irritou com os poucos devotos que o aguardavam na entrada do Palácio do Planalto e cobraram dele medidas contra o desemprego. Relacionadas Deu zebra, Juca: reservas do São Paulo classificam o Corinthians Isso é normal? Até as emas fogem da cloroquina de Bolsonaro A “Lista de Mendonça”: o…

Leia Mais Leia Mais

Deu zebra, Juca: reservas do São Paulo classificam o Corinthians

Deu zebra, Juca: reservas do São Paulo classificam o Corinthians

“Hoje tem marmelada?”, perguntou meu ídolo Juca Kfouri em sua coluna na Folha, sobre a decisão do São Paulo de jogar com o time reserva contra o Guarani, que poderia eliminar o poderoso Corinthians, de tantas glórias e tradições, logo na fase de grupos do Paulistinha. Mas essa nem o Juca esperava: o time reserva do São Paulo mostrou que é melhor do que o titular, e meteu 3 a 1 no Guarani, sem dó nem piedade, classificando o Corinthians…

Leia Mais Leia Mais