Sesc do Piauí quer escola militar da nova ordem batizada por Bolsonaro

Sesc do Piauí quer escola militar da nova ordem batizada por Bolsonaro

Valdeci Cavalcante é o nome dele.

Trata-se do presidente do conselho regional do Sesc do Piauí, desde já um candidato forte ao premio de “sabujo do ano”.

Saiu do anonimato graças a quatro notas publicadas nesta segunda-feira na coluna de Mônica Bergamo.

“O presidente está salvando o Brasil da deterioração. Ele representa para as pessoas de bem um símbolo de restauração”, disse Cavalcante, ao justificar o convite feito a Jair Bolsonaro para batizar com o nome dele uma escola militar que será aberta na cidade de Parnaíba.

Se aceitar a honraria, quem sabe o capitão não compareça com sua faixa presidencial para fazer uma especial deferência.

O presidente do Sesc foi ainda mais longe em sua sabujice ao justificar a homenagem:

“Não estamos homenageando o Bolsonaro. Ele é que irá nos homenagear se aceitar colocar seu nome em nossos anais”.

Desconhece-se o conteúdo desses anais, mas Cavalcante é um homem de visão, de acordo com a modernidade dos novos tempos anunciados pelo MEC da academia olavista de filosofia e astrologia.

Por isso, esta não será uma escola qualquer. Entre as suas disciplinas, haverá uma de educação moral e cívica, como na época da ditadura militar.

Também não é qualquer um que poderá lecionar nesta escola.

“Esta aula será ministrada por oficiais das Forças Armadas e da Polícia Militar, além de empresários e trabalhadores de bons costumes. Os estudantes vão aprender sobre civismo, patriotismo, disciplina e a respeitar os símbolos nacionais”.

O discurso é patriótico e ufanista, mas não chega a ser uma grande novidade, pois isso já era ensinado aos jovens da Alemanha, na década de 30 do século passado.

Que maravilha… E quem fará o currículo dos bons costumes destas pessoas de bem?

Modéstia à parte, Cavalcante não quer se limitar aos limites do Piauí. Ele acredita que a escola poderá servir de modelo para outros estados. Não duvido.

Entusiasmado com a ideia, conta que “mais de 600 pais já demonstraram interesse em matricular seus filhos nela”, mas não disse como será feita a seleção.

O prefeito de Parnaíba, a cidade contemplada com a escola, é o inacreditável Mão Santa, um médico folclórico, que já foi governador do Piaui.

Agora, o estado é governado há muitos anos por Wellington Dias, do PT, que já está em seu quarto mandato e é um dos líderes do Consórcio do Nordeste formado com outros oito governadores da região.

Diante desta singela homenagem ao presidente, o ministro da Economia, Paulo Guedes, que prometeu “passar o facão” no sistema “S”, deverá pensar duas vezes antes de cortar verbas do Sesc do Piaui.

Cavalcante pode não ler jornais, como Jair Bolsonaro, mas sabe o que faz. De bobo não tem nada.

 

15 thoughts on “Sesc do Piauí quer escola militar da nova ordem batizada por Bolsonaro

  1. Não é uma belezura?!:
    “O empresário brasileiro foi muito patriota na reforma da Previdência. Quero ver o mesmo patriotismo na reforma tributária. A reforma da Previdência não afetou o empresário e ser patriota nos interesse dos outros é fácil”, disse o presidente da Câmara, conhecido nas planilhas das operações estruturadas da Odebrecht pelo codinome “Botafogo”, ao participar de evento da Fundação Estudar, em São Paulo.
    Não há maior comprovação explícita de quem foram os únicos beneficiários da trapaça previdenciária apresentada como a salvação redentora do país, mas que serviu exclusivamente à lavoura financeira e às margens de lucros das empresas e dos ganhos dos capitalistas.

  2. Prezado Kotscho: “Cavalcante pode não ler jornais, como Jair Bolsonaro, mas sabe o que faz.”, porque o capitão e seus filhos sabiam muito bem o que faziam quando desencadearam a nomeação de 286 assessores ligados a Famiglia Bolsonaro.

  3. Kotscho:
    não existe uma lei (lei anti puxasaquismo) que só permite dar nomes de falecidos a salas, prédios, escolas, bens públicos etc.?
    josé maria

  4. Cavalgadura, coisas da paraíba, dirá o ilustre B. Mão Santa, aquele jurássico populista? O Sesc e seus anais de bunda de fora. Vá te catar, Parnaíba.
    Anais, será que B, sabe o que é? Ah! (Liminar e mérito negadas) Profanos. Mão Santa e cavalgadura nos anais entesourados do bom Sesc.

  5. Professores? Dúvida atroz.
    Três contratados, a saber: Zero um, dois e três.
    Sem indicação paternal.
    Segundo domingo, agosto.
    Disciplinas: Ordem unida, Matança e Reciclagem.
    Vazou: EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA.

  6. as melhores escolas do pais, no fundamental e médio, estão no Ceará.
    E em segundo lugar, Piaui. As piores, pioríssimas, as dos bairros da periferia de Sao Paulo.
    A cidadezinha de Brejo Santo, CE, é uma das campeãs.
    Esse puxa saco poderia convidar, em vez do pretendidos milicos, meia dúzia das sensacionais professsorinhas de Brejo Santo para coordenadoras e elevar o nivel.

    1. Pior, o mundo não aprendeu nada com essa loucura.
      Nota zero para seres que se dizem humanos. Infame história que estuprou a inocência da História.

  7. É. Manda quem pode, obedece quem tem juízo. Leitor da era digital é navegador disperso e errante. Esse “mão santa” deve ter ajudado com sua mão milagrosa muita gente da de riba do mapa; tal qual o encantador de jegues. Repito: só manda quem pode – que nem aqui no balaio de gatos!

    1. O de riba do mapa é o próximo. Este, se “agasalhado” por falso viés cristão, não vê que o “milagre” é um errabundo mandato político. Manda quem tem mão profana e perspicaz… orbitando o “pudê”, entre Brasília e as Parnaíbas da paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *