ACABOU!!!

ACABOU!!!

Os idiotas vão tomar conta do mundo; não pela capacidade, mas pela quantidade. Eles são muitos…” (Nelson Rodrigues).

***

Nelson Rodrigues nunca foi tão necessário para retratar o Brasil destes dias tenebrosos sem hora para acabar.

Foi ele quem criou a expressão “cretinos fundamentais” no século passado, antes que os cretinos fundamentalistas tomassem conta de tudo.

Acabou 2018, acabou o governo Temer, acabou a Nova República, acabou o sonho de tão cedo termos dias melhores para todos num país mais justo e fraterno.

Nunca um ano demorou tanto para acabar, mas agora está chegando ao fim.

Neste último fim de semana do ano da desgraça de 2018, estaria na hora de fazer um balanço, mas prefiro nem lembrar do que passou.

Esse foi certamente o pior ano das minhas vidas passadas, presentes e futuras, bem quando completei 70, e já não tenho muito tempo pela frente.

Tudo o que poderia dar ruim na vida de uma pessoa aconteceu comigo.

Mas, apesar de tudo, sobrevivi. Somos todos sobreviventes desse pesadelo.

E já que continuo por aqui, não me resta outra coisa além de continuar escrevendo, meu único ganha pão, pois não sei fazer outra coisa.

Passei o ano procurando boas histórias para escrever reportagens na rubrica “Dias melhores” da Folha, mas não está fácil.

Se alguém tiver alguma sugestão, agradeço.

Daqui a três dias teremos um novo governo. O que podemos esperar?

Todo mundo me faz essa pergunta e eu não sei o que responder. Quer dizer, até sei, mas prefiro ficar calado pra não estragar a festa de ninguém.

Em outras épocas, era um tempo de renovar esperanças, fazer para valer uma bela festa democrática, esquecer as querelas da campanha eleitoral, zerar o jogo e tocar o barco da vida, com novo ânimo, deixando a tristeza de lado.

Agora, o melhor a fazer é esquecer um pouco a política e os novos governantes, se possível, e pensar como cada um de nós pode melhorar a própria vida, sem depender dos outros para ser feliz.

Não se trata de ser egoísta, nem deixar de se preocupar com os rumos do país de todos nós, mas apenas a tentativa de manter um mínimo de saúde mental.

Sei que é difícil, mas não custa tentar.

Devem existir muitas outras coisas importantes pra gente se ocupar do que ficar lendo o noticiário que vem de Brasília, dos gabinetes, das delegacias e dos tribunais.

Perdemos muito tempo e energia nos pré-ocupando com o que pode acontecer.

Até porque, isso não vai mudar nada. Ganhamos mais jogando conversa fora com os amigos no bar da esquina.

Que cuidem disso os que foram eleitos e são regiamente pagos para apresentar soluções e resolver nossos problemas. Eles não prometeram que agora tudo vai melhorar?

A cada manhã, temos que reunir forças para ir à luta, matar um leão por dia para pagar as nossas contas.

Fazer cara feia e ficar reclamando do destino não resolve nada.

Essa é a realidade da vida, não temos como escapar.

Feliz Ano Novo!

Vida que segue.

 

20 thoughts on “ACABOU!!!

  1. Prezado Kotscho: Vou tentar responder a sua pergunta: “Daqui a três dias teremos um novo governo. O que podemos esperar?” Por exemplo, segundo informa o UOL, o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), afirmou neste sábado (29) que pretende editar um decreto para garantir a posse de arma de fogo para “o cidadão sem antecedentes criminais”. Não é bacana essa notícia pistoleira? Problemas de saúde, de educação, de emprego, entre outros, podem ser resolvidos a bala, porque é o que pregam esses assaltantes do nosso futuro.

  2. Há uma semana, Mestre, a necessária Marieta Severo, em entrevista imperdível ao Glamurama da Pascowitch, para comentar seu novo filme, “Noites de Alface”, cuja estória de amor entre dois velhos, se passa em Paquetá, não ficando claro se sob o luar ou não, além de cravar que, “Essa sensação de injustiça me deixa doente… Não sei que lado é esse do ser humano”, deixou precisa dica, em direção ao que sugere para sobreviver-se mantendo um mínimo de saúde mental: “Vou vivendo a vida que inventei.”

  3. Kotscho, coitado do leão.
    Corre o risco de ser extinto com essa mania do brasileiro de matar um por dia.
    Feliz 1958 aos amigos do Balaio.
    Garanto que o Brasil será campeão do mundo na Suécia.

  4. Boa tarde !!!

    Nunca tal frase fez tanto sentido….

    Que venha 2019 ! E salve-se quem puder (não me acho um cara egoísta), mas não tenho palavras pra expressar a sensação e os sentimentos da total ausência de entendimento mínimo por parte de nossa pobre sociedade de seu verdadeiro papel.
    Em tempos dos valentes bolsominos (e são muitos) me pergunto, quanto tempo a nova ordem irá durar ? Essa gente conseguirá perceber que elegeram um fakenews? Ou vão continuar a atacar a imprensa e continuar a se informar pelo Twitter ?
    Meu caro, também não tenho a mínima ideia do que pensar ou fazer, e não se trata de torcer contra ou a favor, é apenas ter mínima capacidade de perceber que não existe a possibilidade desta aberração de governo dar certo.
    No mais, bom Ano Novo e a vida deve continuar seguindo…

    Abraço

  5. No dia 23 passado comentei aqui às 16:01 que o governo entrante daria uma ótima matéria de pauta para Nelson Rodrigues. Complemento que Plínio Marcos também adoraria lidar com tal pauta. Plagiando o Netho: Felizes Anos Velhos. Nada melhor para esperar o que vem por aí.

  6. Ainda me pergunto, Kotscho, como a maioria do povo elegeu essa estupidez, esse idiota supremo para governar o Brasil, gerir o próprio país. É muito masoquismo.

  7. Tem que seguir, eu como vc vou ter que ficar por aqui tbm, não tenho escolha, continuar na luta diária. Tempos difíceis nos esperam, não tem como não pensar assim, as notícias sobre o novo governo são de arrepiar. Feliz 2019 a todos.

  8. Não seria está a hora certa para adorar aquela máxima dz Marta Suplucy:
    “Relaxa e Goza”. Acho que dói menos
    Um ótimo final de ano a todos e bons fluidos para o próximo ano

  9. Concordo. É isso aí grande jornalista Ricardo Kotscho. É triste, mas, essa é uma realidade difícil que vamos enfrentar. Francamente, estou com medo. Não só por mim, mas por meus filhos e por todos. Um grande abraço. Espero que você esteja presente na luta.

  10. Acabou, nada! Acabou o primeiro governo da ditadura de 2016. Dia primeiro começa o segundo governo da ditadura. E esse governo, por suas características, por seu chefe, Jair Messias Bolsonaro, pelo que diz, pelo que já prometeu, é possível que seja não o fim, mas o princípio de uma nova fase da luta pra libertar o Presidente Lula e voltarmos ao exercício pleno da Democracia no país. O povo está mal acostumado com a liberdade. É difícil, muito difícil, por mais piruetas verbais sejam feitas, voltar o gênio para dentro da garrafa. Requer tempo e enfrentar muitos problemas. Com desemprego, estado mínimo, subserviência aos EUA, baixo investimentos, muito difícil será o caminhar dessa gente. Prepare a caneta, para ajudar na caminhadas, porque não será fácil trilhar o caminho de volta, mas não há alternativas senão lutar.

  11. É segueira da esquerda achar que só está certo quem a segue, os demais estão errados. Ora, como esses se?es tão sábios elegeram Dilma duas vezes? Ali sim foram dias sombrios para o País. Quero o bem do Brasil, trabalho para todos, não corrupção e benesses para partidos politicos. Embora o futuro presidente nao seja o de minha preferência, espero que dê certo.

    1. Se não leu, leia no post seguinte, “Bolsonaro… Um caso de delírio coletivo”, o texto da psicóloga Eni Gonçalves de Fraga e decida-se.
      Afinal, tu és psicótico?
      Não sendo, o que faz junto a eles, sabendo não ser questão de política e sim de psiquiatria, que trará-nos transtornos ao invés de soluções?

    2. Dilma, noa metade de seu primeiro mandato, tinha 80% de aprovação do povo brasileiro. Aí, em 2013, a crise internacional chegou (a marolinha do Lula se tornou uma onda gigante, quiçá um tsumâni) e a política social, até então seguida, se tornou impossível, fazendo cair a aprovação da Presidenta. A oposição se aproveitou da conjuntura. O povo não tem ideologia, guia-se pelas necessidades de sobrevivência. Interessante que, nas avaliações (negativas) do governo Dilma, ninguém se refere à crise internacional, que dobrou os EUA e a UE; só se fala na suposta incompetência da Presidente.

  12. Caro Kotscho, belo texto. Concordamos. Minha visão de 2018 está em FOI-SE 2018! Está em http://www.sul21.com.br e na minha página no feici. De minha parte, para energizar 2019, sigo amanhã na Caravana Lula, de ônibus, para Curitiba, saindo de Porto, e gritar com a companheirada LULA LIVRE, daí sigo para Santa Maria, Curso Oscar Romero, com Romi Bencke e Marcelo Barros, até dia 09/01, daí pra praia da Armação, Floripa, Sul da Ilha, no meio dos pescadores, até o fim do mês. Só assim pra começar e enfrentar 2019. Abraços mil. Te cuida! Cuidemo-nos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *