Facebook censura Balaio, depois libera: aqui em casa ninguém vai desistir!

Facebook censura Balaio, depois libera: aqui em casa ninguém vai desistir!

“Essa publicação está violando os padrões da comunidade, portanto ninguém mais poderá vê-la”.

Este aviso de censura apareceu no meu Facebook no final da noite de sábado ao ser retirado do ar um texto que tinha este título:

“Anular o voto não é uma opção: a escolha agora é entre liberdade e violência”.

Era uma coluna do blog publicada no dia 26, com um depoimento da minha filha caçula, Carolina Kotscho, sobre a experiência dela em eleições presidenciais, desde a primeira, em 1989.

Nunca tinha acontecido isso comigo antes, embora eu escreva todo dia sobre política e eleições, sempre deixando claro para os leitores de que lado eu estou.

Reli o texto agora de manhã, quando liberaram novamente a publicação, e não consegui encontrar nada que pudesse ter ofendido a “comunidade” ou desrespeitado a legislação eleitoral.

Se bem que, depois da Justiça Eleitoral mandar a polícia invadir universidades para impedir atos e manifestações contra o fascismo, já não dá mais para saber qual legislação está valendo.

Ou se, simplesmente, não há mais leis nesta terra de ninguém em que que se transformou esta campanha eleitoral.

Até o momento, às 12h50, ainda não recebi nenhuma explicação do Facebook sobre o ocorrido. Apenas queria saber o motivo.

Como tirei uma folga no sábado, só à noite fui abrir meu computador e encontrei colados na tela vários bilhetes da minha neta mais velha, a guerreira Laurinha, de 15 anos.

Já que não tenho mais nada de novo a dizer, enquanto todo mundo ainda está votando neste começo de tarde de domingo, reproduzo abaixo os bilhetes, que me dão, ao mesmo tempo, orgulho e esperança.

Daqui a pouco vão me acusar de exploração de trabalho infantil… Mas vale a pena ocupar este espaço com o que pensa esta menina de boa cabeça e coração grande:

“Oi vô, passando por aqui só pra falar que eu acredito no futuro do Brasil”.

“Pela preservação e garantia dos direitos, pelo amor, pela paz, pela democracia e por um futuro melhor para quem precisa”.

“De acordo com Mujica (já lendário ex-presidente do Uruguai), os únicos derrotados são os que desistem. Por isso, eu nunca irei desistir e serei resistência sempre, assim como você”.

Para quem ainda não votou, fica a dica da Laurinha Kotscho. Nunca é tarde para pensar…

Bom domingo, bom voto, e seja o que Deus quiser.

Tenho certeza que cumpri minha parte aqui escrevendo todos os dias do ano para contar o que está acontecendo..

Vida que segue.

 

26 thoughts on “Facebook censura Balaio, depois libera: aqui em casa ninguém vai desistir!

  1. Caro Kotscho, parabéns pela neta e tenha certeza que vc contribuiu e muito, nos ajudou a entender essa loucura que foi essa eleição, muito obrigado.

  2. Queridíssimo Kotscho: sua família é lindíssima; por que você não faz uma coluna com fotos de suas filhas e netas? Acho que seus leitores querem conhecê-las. Eu, pelo menos, adoraria. Sou um velhinho de 67 anos (ex-professor…). Um grande abraço. Sua coluna é um conforto nestes dias desconfortáveis.
    José Américo Miranda (é assim que assino meus textos acadêmicos) / José Américo de Miranda Barros (meu nome completo).

  3. Você incrível vovô! Grande parte da força que tenho para lutar hoje vem da sua garra e coragem por todos seus longos anos de luta. Fico triste em ver que você está tendo que lutar de novo pela democracia.. sua luta nunca será esquecida!
    Você é meu maior orgulho s2
    em tempo: ELE NÃO

      1. Prezado Ricardo Kotscho,
        Confesso que me emocionei pelas palavras da sua neta. Ela escreve sabiamente bem e dessa maneira renova a minha esperança de que nem tudo está perdido.
        Parabéns pois você é o grande por essa bela família.
        Muito obrigado pelas suas palavras de esclarecimento nestes tempos difíceis.
        Grande abraço,
        Marcio Saito

  4. Kotscho: quando eu (como você) constato que minhas filhas têm uma mente lúcida e um coração generoso, sinto mais do que esperança. Sinto alegria por essa realidade, para a qual (como você) contribuí , com minha vida, para uma humanidade fraterna.

  5. Boa tarde Ricardo (Coração de Leão),
    Saudações!
    Ricardo, o FB vai pensar muito da próxima que bloquear você. Pois eles sabem que seu balaio dar muita “audiência” para essa rede.
    Então, penso que eles cometeram grave erro e não sabem com quem estão “mexendo”.

    Abraço e que você continue escrevendo, como sempre fez.

  6. Decepção mesmo é com o Ciro Gomes, igual a Pilatos lavou as mãos deixando os brasileiros a ver navios.Mostou que não é diferente de todos politicos oportunistas que estão por aí.

  7. O Judiciário da Casa Grande e a Mídia da Casa Grande. Os oligopólios da Casa Grande. O país da Casa Grande. O Balaio e o dono do Balaio não faz parte da Casa Grande. Trata-se de um certificado de integridade jornalística e de independência do jornalista que confirmam a sua trajetória de integridade profissional.

  8. A censura, edulcorada de bloqueio, foi praticada, talvez, em decorrência de alguma expressão contida nos comentários? A exemplo da que fiz uso, ao relembrar a frase memorável de Leonel de Moura Brizola: “filhotes da ditadura”?. Ou outra expressão, de que me vali, também em comentário anterior, esta de minha própria lavra: “milico vigarista”?. Certamente, nenhuma delas passível de contrafação, uma vez que defluíram das próprias manifestações do candidato do PSL, amplamente registradas pela Mídia da Casa Grande, nos mais diferentes meios de comunicação públicos, privados e institucionais. Sem que tivessem sido censuradas.

  9. Kotscho, sua colocação não foi feliz. Embora haja liberdade de expressão e pensamento, a opção do leitor para sua interpretação dá conta de que ou a escolha é para a liberdade ou para a violência. Ora, quem é o libertador e quem o ditador?
    No conceito midiático todos sabemos – é fato – qual a tendência.
    Melhor seria que o nobre jornalista, a quem admiro, tivesse dado melhor postulação ao caso. Nota: eu desejo o melhor para o Brasil. Quem vencer que olhe pelo nosso Brasil

  10. A luta, Laurinha, nunca termina.
    Quisera ter um país melhor, a essa altura da vida, pra legar a você, tão jovem… Merecias mais…
    Muito triste esse momento, mas ao mesmo tempo esperançosa em outras Laurinhas por esse Brasil afora.

  11. Enfim,colocado mais um tijolinho na constante construção da nossa democracia.E que,o novo presidente com apoio de todos os brasileiros e brasileiras de verdade,comecem a lutar pelo Brasil -Independente de ideologias e crenças.O Brasil continua tendo tudo para tornar-se uma grande nação!.VIVA O BRASIL LIVRE!.

  12. Kotscho, mesmo sem ser seu filho ou neto, posso pedir sua bênção como costumo fazer com as pessoas que respeito e admiro aqui no Ceará (71 x 29) ? Abraços.

  13. Prezado Kotscho: Aos mais de 57 milhões de eleitores fascistas, passar bem. Bem longe. Triste o caminho que escolheram para o nosso Brasil. Como você bem disse “AQUI EM CASA NINGUÉM VAI DESISTIR!”

  14. Hoje é segunda feira 29, enfim de algumas pessoas restarão traços.
    De algumas entidades tambem ficará alguma poeira de lembrança mas a OAB e a CNBB
    que se recordem que dos covardes a História nem fala.

  15. Caro Grande Jornalista das Diretas-Já. Fui votar levando no peito um livro do Pedro Nava, com aprendo a flainar pela Glória (bairro) e pela cidade. Depois do voto comprei o seu livro. Depois do resultado desastroso passei a noite com você e foi um alento. Obrigada e Vamos Resistir! Afinal…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *