É uma covardia: sem debates, campanha fica só na internet e na mídia bolsonarista

É uma covardia: sem debates, campanha fica só na internet e na mídia bolsonarista

Com 16 pontos de vantagem sobre Haddad no primeiro Datafolha do segundo turno (58 a 42), Bolsonaro fez o que já era esperado: refugiu-se em seu bunker da Barra da Tijuca.

De lá ele bate e se esconde nas redes sociais, armado de um atestado médico que o “impede” de ir aos debates e às ruas para mostrar a cara.

Passa o dia mandando mensagens ao distinto eleitorado pelo twitter, como faz Donald Trump, depois amplamente reproduzidas na mídia bolsonarista, sem debates nem contraditório.

A debates ele não irá mesmo, já deixou bem claro. Se não iria antes, agora, com a larga vantagem aberta na pesquisa, é que terá mais razões para ficar em casa.

Ali ele dá entrevistas a emissoras e repórteres previamente selecionados, só fala o que quer e não dá a menor bola para a torcida.

Tudo isso sem falar que, no Facebook, o capitão tosco, mas sabido, ganha de goleada: são 7,3 milhões de seguidores, contra 1 milhão e pouco de Haddad. É uma covardia.

De outro lado, a campanha do petista roda em falso, sem conseguir sair do lugar para construir a tal frente democrática.

Limitou-se a tirar Lula e o vermelho da propaganda, como se isso vá fazer grande diferença.

Haddad contava com Ciro Gomes em seu palanque, como seu maior trunfo no segundo turno, mas o PDT limitou-se a dar um “apoio crítico” (o que é isso?).

Em seguida, para deixar bem claro que não quer mais nada com a hora do Brasil, Ciro arrumou as malas para viajar à Europa com a família.

E, ainda por cima, sua vice, a pecuarista Katia Abreu, teve a brilhante ideia de pedir a renúncia de Haddad para colocar Ciro em seu lugar.

A maioria dos partidos se declarou neutra no segundo turno, e o Datafolha mostrou que o apoio deles também não faz mesmo nenhuma diferença.

Para completar, viúvas tucanas estão fazendo campanha pelo voto branco e nulo no segundo turno, o que só beneficia Bolsonaro.

Tudo está correndo a favor do capitão, sem que ele tenha que fazer nenhuma força, no embalo do antipetismo galopante, que já está barbarizando nas ruas, na maior impunidade, como mostrei ontem durante toda a tarde no Facebook..

Em nenhuma outra eleição pós-ditadura, tivemos uma diferença tão grande entre o primeiro e o segundo colocados na abertura do segundo turno.

Lamento muito, mas esta é a realidade, a apenas 17 dias do segundo turno.

Não vejo como se possa mudar este cenário em tão pouco tempo, pois não se trata de ser otimista ou pessimista, mas apenas realista.

Caminhamos bovinamente para o matadouro da democracia e da civilidade, sem nenhuma chance de sairmos tão cedo do buraco em que nos metemos.

Só um fato novo excepcional, absolutamente fora do radar, poderá operar o milagre de fazer a transfusão de votos de Bolsonaro para Haddad.

Se o capitão reformado do Exército e o vice, general Mourão, não falarem mais nenhuma bobagem monumental, e não fizerem mais nada, os militares voltarão ao poder pelo voto em 2019.

Quem poderia imaginar isso apenas um ano atrás? Daí para a frente, ninguém sabe o que pode acontecer.

Espero apenas que o país não vá sentir saudades da turma do Temer e da sua ponte para o futuro, que já nos levou ao seu glorioso destino: as profundezas do brejo.

Ainda há esperanças?

Vida que segue.

 

49 comentários em “É uma covardia: sem debates, campanha fica só na internet e na mídia bolsonarista

  1. Caro Kotscho,

    Sou leitor do balaio a mais de 5 anos e nunca me pronunciei por aqui, mesmo sendo um leitor assíduo.
    É inacreditável mesmo no buraco que nos metemos, o “mito” até agora sem mesmo apresentar uma ideia plausível aparece como um fantasma com 58% dos votos.
    Seus fiéis seguidores do facebook prometem agora iniciar pra valer a campanha, mesmo que a mesma apenas seja por fakes atacando Haddad e Manuela, nem mesmo eles sabem pra onde correr, a ideia é a salvação nacional pelos “cidadãos de bem” deste país.
    O irá fazer o “mito” e sua tropa virtual quando passarem de pedra para vidraça ?
    O que o futuro nos reserva ?
    Forte abraço e parabéns pela sua luta diária !!

  2. O PT deseja um voluntarismo dos outros partidos que o próprio partido nunca teve com o Brasil. Frente das Esquerdas só com o PT encabeçando a chapa! Não há do que reclamar e Lula está colhendo o que plantou…Como não prevejo uma radicalização do HADDAD, única forma de fazer frente à bestialidade do adversário, creio que a derrota dos “progressistas” será de lavada, para azar do Brasil! Quem sabe assim a esquerda doutrinária não acorda e descobre que a realidade é bem mais feia do que parece…

  3. Kotscho como eu disse comentando seu texto ontem,a democracia brasileira acabou!Demoramos 21 anos de atrocidades para conseguir sair da ditadura militar e hoje boa parte da população brasileira teve uma grande aminesia ,quer dizer diarreia mental de voltar com os bananas de pijama verde oliva, e agora através do vota instituindo a primeira “democramilitacia” do mundo!Dando aos generais tudo que eles sempre quiseram e sem precisarem de dar um golpe violento com de de 1964!
    Triste fim de uma estória, as ovelhas elegento o lobo que vai devora-las.
    O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons.”Martin Luther King”
    Então mesmo de luto, vamos a luta amigos!!

  4. Haddad está fazendo o que o PT mais sabe fazer: reuniões, reuniões, reuniões.
    Alguem mais chegado nele – talvez o Enio, o Dias – precisa ir lá avisá-lo que o segundo turno já começou e ele precisa ir às ruas apresentar seu novo tapete, verde, amarelo e azul, para onde ele varreu para baixo, a bandeira estrelada vermelha, a foto do Lula e todo material gráfico que ja tinha produzido com a foto do padrinho.
    Avisa lá, senão vai acabar o tempo e a reunião não acabou.

  5. Lamentável que Haddad esteja anunciando o apoio dos cacos do Tucanistão enquanto se despreocupava com deixar aberta a porta para o inimigo. O milico esbirro da ditadura mergulhou onde os peixes que votam se encontram aos borbotões: o mar do bolsa família. Onde verdadeiramente deveria buscar e encontrar sua remotíssima chance de se reerguer, Haddad não foi, nem se deu conta de ir. Talvez, amigo de Marcos Lisboa e da turma da bufunfa do Insper, estivesse preocupado com a “responsabilidade fiscal” ao feitio tucano. O milico esbirro da ditadura jogou a rede e lançou todas as tarrafas disponíveis anunciando e repetindo: “o décimo terceiro para o bolsa família” como presente de Natal. Essa manobra na reta final deitou a pá de cal. Triste fim de uma candidatura que já não tinha como parar em pé. Especialmente após a alcaguetagem premiada do “Italiano” nascido e criado em Ribeirão Preto, que agora parece mesmo determinado a não permitir que o ex-presidente não tenha como sair da cadeia nos próximos quatro anos.

  6. Temos aí o s fundos de pensões do posto Ipiranga do poste e alguns longos dias até a eleição. E tudo pode acontece, incluve nada!
    Acho que vamos ter surpresas!

  7. Kotscho
    Mesmo que derrota se mostre inevitável, será preciso diminuir o placar para mostrar um outro Brasil para além do PT, para além mesmo de um amplo arco de esquerdas democráticas; um outro país quase do mesmo tamanho que a recaída civilizacional bolsonarista e bolsomorista, um país que costure liberdades individuais , direitos coletivos e respeito à Constituição. É preciso mostrar ao antipetismo de raiz que ele casou com o fascismo e que este diagnóstico é muito mais amplo que uma resposta ressentida de eventuais desconsolados com a derrota.
    A suástica marcada à força com canivete no corpo da jovem gaúcha já começa correr mundo; afinal, o nazismo, lá como aqui, era desejado pelas massas como forma de erradicar o seu inimigo imaginário, a figuração de todo o mal. Sinto-me hoje, sem exagero, como uma vilã de Gothan City, uma judia em Berlim, diante da iminente proibição de trabalho, restrição espacial e de liberdade de pensamento.

  8. TRISTE FIM PARA O BRASIL E LEMBRAR QUE TUDO ISSO COMEÇOU COM UMA BRINCADEIRA DO AECIO PARA ENCHER O SACO DO PT.QUE A MIDIA ABRAÇOU AGORA TAMO NUM MATO SEM CACHORRO,BOLSSONARO E UM PREGADOR NAO UM POLITICO,HOJE UMA AMIGA MINHA QUE TAR FAZENDO CURSSO DE ENFERMAGEM ME FALOU QUE VAI VOTAR NO BOLSSONARO PQ O HADDAD VAI FECHAR AS IGReJAS E MUDAR A BANDEIRA DO BRASIL,AI PERCEBI QUE BOLSSONARO TEM RAZAO,,VAI FALTAR CAPIM NESSE PAIS

  9. A falta de atitude do “andrade” me ofende, vi no uol que ele fez um vídeo para chamar o bolsonaro para o debate no lugar de ir no bunker pedir pessoalmente, esse distanciamento fisico só mistifica mais a candidatura do capitão.

    tal uma falta de atitude que se compara aos liberais americanos que gargalhavam com as imitações de trump em quanto ele ganhava cada vez mais adeptos.

    uma coisa sobre a qual eu nunca falei foi o apoio de subcelebridades a candidatura do bolsonaro, orá! essas subcelebridades não estão vivas sem “mérito”, sempre navegando na onda do oportunismo, tenho certeza que essas pessoas apoiariam lula em 2002, alías, muitos apoiantes do bolsonaro pós-primeiro turno estão nessa onda, esses caras não são leais a ninguém, nem vale a pena critica-los.

    1. Mathaus,

      Entre esses oportunistas de última hora está a Eliana Calmon, que se prontificou a “estabelecer pontes com o judiciário”. Que vergonha!

  10. A luta, como sempre, não será fácil, Mestre, mas nem por isso precisamos torna-la mais difícil, sabendo o percentual que nos leva à vitória, no caso, ser 8%.
    Desesperar jamais, sabendo-se do lado da razão, da civilidade e do Brasil com futuro, em tempo raso em costumes e legados, onde a reversão de opiniões se dá em minutos e opções de votos em horas, senão minutos.
    São 18 dias para conquistar 8% ou mais de corações e mentes, virtualmente marinadas. Evidente que não entre contaminados pelo ódio que embota o cérebro, mas junto a febris não contaminados e que mantém capacidade de pensar e discernir entre, Atraso e Futuro, Totalitarismo e Liberdade, Ditadura e Democracia, Ódio e Amor, Violência e Paz, Escuridão e Luz, Barbárie e Civilização, MORTE e VIDA.
    Na ‘guerra híbrida’ a cor conta e muito revela: O verde-amarelo agora, por não ser mais só o PT e sim, todos que comungam o ‘Brasil civilizado’, justo, com futuro e celebrando a PAZ e a VIDA.
    O verde-amarelo mantido conserva o totalitário desejo de partido único ou não haver partidos, por parte de quem quer o ‘Brasil barbárie’, desigual e do atraso, conservando a VIOLÊNCIA e a MORTE.

    1. Dias, não basta dizer que 8% podem nos levar à vitória, se nada for feito para que isso aconteça.
      Do jeito que vai a campanha, neste clima morno de discussão de ideias e projetos, tendo do outro lado um pistoleiro, não vejo como mudar o cenário.
      Como repórter, tenho que me apegar aos fatos, ao que está acontecendo, não ao que eu gostaria que acontecesse.
      Não vamos mais uma vez nos iludir.
      Abraços, Ricardo Kotscho

      1. E não há nada que se possa fazer, Kotscho. Nossos inimigos já fizeram tudo. Está documentado aqui no Balaio que afirmei que se não fosse Lula o candidato seria fácil fraudar pesquisas e urnas. Prenderam Lula, impeacharam uma presidente honesta por pedaladas fiscais e o próprio JN, na voz de Willian Bonner, noticiou sua inocência. Muitos Balaieiros comentaram que seja quem for que tenha impingido essa afronta a nossa Democracia e soberania, não permitiria que as reconquistassemos facilmente. Você mesmo expressou seu abatimento e desesperança em varios posts (concordei com todos). “A vaca foi pro brejo de onde só será resgatada com muito sangue, suor e lágrimas (eu, em post anterior). Que Allah tenha misericórdia do povo brasileiro.

  11. Esta eleição para presidente foi decidida pela permissividade da justiça. Os dois candidatos que chegaram ao segundo turno estão a mais de 2 anos viajando pelo Brasil a fora em campanha politica. podemos comparar com uma corrida de automóveis em que 2 carros partem do km 150 e o restante do marco zero. Está Claro que os dois que partiram do km 150 vão chegar com larga vantagem. Foi o que aconteceu. Os dois candidatos que começaram a campanha com larga antecedência, mesmo sendo os piores chegaram muito na frente. Se todos os candidatos começassem a campanha no mesmo tempo, não tenham duvidas que o resultado seria diferente.

      1. Mestre. O Haddad está em campanha a cinco semana, mas ele deu continuidade a campanha do Lula que estava com 39% das intenções de votos. Ele herdou os votos do Lula. Inclusive a rejeição.

  12. A ideia que se tem é que o Haddad não tem carisma. Que o Brasil caia no bolsonarismo não muda nada pro Ciro, um político profissional que mostrou toda sua limitação ao se mandar de férias na hora que o país precisa de liderança e solidariedade. Hoje no aeroporto de Lisboa encontrei um amigo de longa data com quem, vida inteira, falei só de futebol. Ele estava histérico e foi logo anunciando: ‘votei no Bolsonaro, não sei o que vai ser, mas precisa dar uma mudada’. O mesmo me disse a faxineira, o meu professor de frescobol, e um doleiro milionário. Todo mundo está possesso e casado com o milico. E o Haddad ali com aquela fala de professor…

  13. realmente não está fácil.
    Nenhuma das duas cúpulas da campanha está produzindo fatos novos eleitoralmente.
    Mas…
    Aqui no campo, onde a bola rola, estou notando que os eleitores pró HADDAD, começam a mudar opiniões de bolsonaristas.
    Até a Gláucia, uma amiga minha que estava alheia ao processo se engajou firmemente, e hoje no zap me disse que já tinha mudado a opinião de todos os seus familiares que votaram no Bolsonaro.

  14. O que é apoio crítico? É apoio sem cegueira, sem devoção. Quanto a viagem e consequente ausência de Ciro, diz mais sobre o Lula e o PT do que sobre o próprio Ciro. Ou já se esqueceram de como Ciro foi tratado por Lula e o PT durante o processo de definição do candidato da esquerda?

  15. Eu previso o debate mesmo que o formato não ajude muito. É melhor que nada. Sou a favor to diálogo. Agora se Bolsonaro é covarde também o são todos os seus predecessores: Dilma, Lula e FHC. Todos “fugiram” de debates por estratégia.

  16. O Balaio tem alma, sim. Tem gênios etc… e tal. Mas está parecendo um bando de velhinhos de pijama e fraudão, sem nada melhor pra fazer. Todos querem que Haddad salve nossas peles, há os que querem que Lula tire uma carta da manga ou um coelho da cartola, estando preso. E tem quem queira que Haddad vá ao bunker do Bolsonaro, dos filhos e do Frota, e os desafiem pra um combate de MMA, enquanto nós, de camarote, só assistimos.

      1. Estou propondo que paremos de fingir que resolveremos tudo com eleições, pois não estamos mais em regime democrático. Tenho apontado alternativas, sim, e expondo-me ao escarnio de imbecis, como esse tal de Diogo (03:21), quando propus que reflitamos sobre as fraudes que nos impingem; que arregaçemos as mangas e entendamos que todo poder emana do povo. E pra não me alongar, termino citando Chomsky: “Nada sabemos do que está acontecendo e nem desconfiamos que nao sabemos”.

          1. Povo na rua, greve geral, campanhas pra que deixemos de pagar nossas faturas, #ForaGLOBO, desobediência civil, sei lá eu, Kotscho ? Sou eu que pergunto a você, Enio etc… Sou apenas um eleitor, nem blog tenho.

  17. Atentos. Falei hoje com um advogado carioca de renome, a quem perguntei quem era esse tal de Witzel. Resposta surpresa:’Recebi uma mensagem no zap que me apresentou um perfil de um candidato que me agradou. Votei nele!’ Assim de simples. Agora multipliquem isto por milhões e está explicado como um desconhecido chegou a 41%. Transportem essa tecnologia para o Bolsonaro e fica esclarecido o boom de 46%. É a eleição da ciência eletrônica. Ir a debates pra quê?

    1. É verdade, isso aqui tá parecendo casa assombrada-, pois nem os semelhantes já não se entendem entre si. Parece até que urubu pousou na sorte Deles. Mas a vida segue: firme e forte.

  18. O PT falando em frente democratica eh piada. Apoiam Nicaragua Venrzuela
    Falam ainda em falta de solidariedade do Ciro. Falta mrsmo autocritica a essa organizacao.

  19. Haddad nao é opcao. Um presidente sem personalidade, falso e camaleônico nao pode ser o reprentante máximo da nacao. O programa de Haddad também é muito fraco e inclui medidas autoritárias (haja a vista a regulacao da mídia explicitamente reportada no programa do mesmo). Quem é o autoritário aqui?

    1. Pires, é? O autoritário não preciso responder, é sabido em sentido lato, já quanto ao ignorante no caso, é tu, ao ignorar que a “regulação da mídia explicitamente reportada no programa do mesmo”, está prevista na Constituição de 1988, sendo que até hoje (sabe-se lá por que, não é mesmo?) o ‘marco regulatório para a comunicação no Brasil’ não foi regulamentado, como requer a mesma.
      Óbvio que não lhe respondo, por inútil, pois ao invés do cérebro utiliza ‘EPROM’ onde imutável permanecerá gravada a verdade que lhe desejam, repetindo. Tento apenas deixar despertos distraídos outros, ainda felizmente, à sanidade do Brasil, sem EPROM.

  20. Prezado Kotscho: Uma vez que o capitão tosco “se esconde nas redes sociais, armado de um atestado médico que o “impede” de ir aos debates e às ruas para mostrar a cara” o que me impede de pensar que a tal facada em Juiz de Fora não passou de um fake news. Pode ter sido uma empulhação? Na antiga série de filmes “Missão Impossível”, agora estrelada pelo Tom Cruise, e no recente filme “Inferno”, protagonizado pelo Tom Hanks, existem cenas com trucagem que são perfeitamente possíveis de serem executadas na vida real. A tal facada pode ter sido uma coisa armada como nos filmes? Ou essa possibilidade é uma exclusividade de Hollywood?

    1. Prezado Kotscho: Se não foi uma coisa armada, segundo matéria da Folha de 14/10/2018 o “Responsável pelo marketing da campanha de Geraldo Alckmin (PSDB), o jornalista Lula Guimarães, 51, afirma que o atentado à vida do deputado Jair Bolsonaro (PSL) foi o fator decisivo que o colocou no segundo turno.” Na mesma matéria o jornalista ainda diz que “Bolsonaro passou a ter um espaço enorme na televisão. Somente na Globo, por conta do atentado, teve mais de três horas de exposição. Nenhum candidato teve isso. Foi o maior tempo de TV disparado, o dobro dos outros.” […]. Com esse apoio da toda poderosa rede de televisão e de outras mídias familiares fica mais fácil, não?

  21. Como tu, caro Kotscho, não sei o que vai acontecer dia 28 de outubro, tampouco o que vai acontecer ATÉ 28 de outubro. Mas posso te referir três fatos/acontecimentos de ontem, 11 de outubro (entre outros tantos que poderia referir).
    1. Reunião da Coordenação de campanha Haddad-Manuela do Rio Grande do Sul (sou o Secretário Executivo pelo PT/RS). Presença, além dos coordenadores do primeiro turno: PSOL, PROS, PCB, grupo prestista (estamos conversando com PDT, onde há setores apoiando), relato de reunião de todas as Centrais Sindicais que vão estar no apoio, relato do Comitê Interreligioso, com Plenária na próxima segunda, e assim por diante.
    2. Ontem à noite, marcha de milhares de pessoas pelas ruas de Porto Alegre (estávamos com medo de algum tumulto; foi tudo na paz) em manifestação anti-fascista chamada por grupos autonomistas e anarquistas pró Haddad-Manuela.
    3. Vila São Pedro, casa dos freis franciscanos, onde morei como frei franciscano na segunda metade dos anos 1970, ontem à noite: quase uma centena de moradores das diferentes vilas da Lomba, espremidas nos fundos da pequena casa, traçando/planejando visitas casa em casa, montando uma extensa agenda de mobilização. Ao final nos abraçamos todas e todos, ouvindo as palavras em forma de prece de frei Orestes, dizendo ‘tamo junto’.
    Onde tudo isso vai dar, não sei. Mas tenho esperança, sim, Kotscho.

    1. Caro amigo Silvino Heck, que boas notícias você nos trás.
      É isto que o PT precisa mostrar na televisão, resgatando a sua história, em vez de ficar só se defendendo dos ataques de Bolsonaro.
      A esta altura só a emoção e a esperança, mostrando imagens de luta e resistência como as dessa manifestação anti-fascista, poderão mudar o cenário eleitoral.
      Boa sorte, forte abraço, Ricardo Kotscho

      1. calma cumpas..o Jungmann está do lado de vcs…papo melodramático do Sr. Heck, falso e tendencioso….como tudo nesta organizacao do mal. Maldita….mas maldita lavagem cerebral que leva irmaos pro lado negro da forca….

        1. É isso aí, Diódigo, não faça como vosso mi(n)to que esconde garras e chifres, mostra a tua ‘cara medonha’, se exponha, escancara a tua língua animal, a tua sabedoria limitada em 140, o teu conhecimento memístico, a vossa santa whatsappeana ignorância, a tua virtualidade factual paralela, tremula a tua corajosa covardia, a pequenez em dupla com a mesquinhez de amar o próximo, sempre inferior a ti, de ‘pensar’ mesmo sem usar o cérebro.

        2. Tá impossível implantar a ditadura comunista neste país, até no Nordeste que o camaleão era vermelhinho vermelhinho, pegou a onda verde/amarelo e já ficou amarelinho amarelinho…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *