Browsed by
Mês: outubro 2018

Era Bolsonaro começa com exército brancaleone, juiz e astronauta: tem como dar certo?

Era Bolsonaro começa com exército brancaleone, juiz e astronauta: tem como dar certo?

Os primeiros movimentos do novo governo eleito no domingo não nos dão a menor esperança de que isso possa dar certo. Em entrevistas coletivas caóticas em volta da mansão de Jair Bolsonaro, que continua recolhido na Barra da Tijuca, dois porta-vozes se revezam para liberar a conta gotas, no varejão do dia, o que se poderia chamar de “programa de governo”. Apresentado como superministro da Economia, que englobará Fazenda, Planejamento e Indústria e Comércio, Paulo Guedes, que o presidente eleito…

Leia Mais Leia Mais

Entrevistas mostram porque o “Mito” fugiu dos debates com Haddad: seria massacrado

Entrevistas mostram porque o “Mito” fugiu dos debates com Haddad: seria massacrado

“Você não acha que quem atua na sombra oculta a escuridão do seu passado?” (pergunta enviada pelo leitor Heraldo Campos ao Balaio). *** As primeiras entrevistas de Jair Bolsonaro depois de eleito a emissoras de TV, na noite de segunda-feira, mostraram que os estrategistas nacionais e estrangeiros estavam certos ao não permitir que ele fosse aos debates com Fernando Haddad no segundo turno. A diferença de preparo e conhecimento entre os dois candidatos era tão gritante que teria sido um…

Leia Mais Leia Mais

Índios, sem-terra e professores são os primeiros alvos das milícias da nova ordem

Índios, sem-terra e professores são os primeiros alvos das milícias da nova ordem

Antes mesmo que fossem anunciados os resultados oficiais da eleição na noite de domingo, milícias bolsonaristas, já empoderadas, saíram a campo para colocar em prática a nova ordem contra quem consideram seus inimigos. As primeiras vítimas foram os índios da aldeia Bororó, em Dourados; uma jovem estudante, em Salvador; um acampamento de sem-terra, em Dois Irmãos do Buriti, e os professores da Universidade Federal de Santa Catarina, entre dezenas de outros casos de violência e perseguição. Às quatro da manhã…

Leia Mais Leia Mais

Day after: acordei hoje no Brasil dos piores pesadelos, os passados e os futuros

Day after: acordei hoje no Brasil dos piores pesadelos, os passados e os futuros

“Nunca descemos tão baixo, nunca fomos tão repulsivos diante do mundo, que assistiu o desenrolar deste desastre com horror” (Celso Rocha de Barros, na Folha). *** 29 de outubro de 2018, primeiro dia da Era Bolsonaro. Perdemos, mas continuo ao lado de quem perdeu, não mudo de camisa. Depois de uma noite insone, acordei hoje com o corpo todo dolorido como se tivesse sido atropelado por um caminhão basculante durante a noite. Tive pesadelos, tempos passados voltando a me assombrar, cenas…

Leia Mais Leia Mais

Facebook censura Balaio, depois libera: aqui em casa ninguém vai desistir!

Facebook censura Balaio, depois libera: aqui em casa ninguém vai desistir!

“Essa publicação está violando os padrões da comunidade, portanto ninguém mais poderá vê-la”. Este aviso de censura apareceu no meu Facebook no final da noite de sábado ao ser retirado do ar um texto que tinha este título: “Anular o voto não é uma opção: a escolha agora é entre liberdade e violência”. Era uma coluna do blog publicada no dia 26, com um depoimento da minha filha caçula, Carolina Kotscho, sobre a experiência dela em eleições presidenciais, desde a…

Leia Mais Leia Mais

Anular o voto não é uma opção: a escolha agora é entre liberdade e violência

Anular o voto não é uma opção: a escolha agora é entre liberdade e violência

Fosse esta uma eleição normal entre dois candidatos disputando a presidência da República com diferentes propostas de governo, não teria problema. Em todas as eleições, há os que preferem não votar em ninguém, digitando branco, nulo ou simplesmente se abstendo de votar. Na antevéspera da eleição de 2018, no entanto, a taxa dos sem candidato ainda é de 14%, um recorde para este período da disputa, segundo a pesquisa Datafolha. Ocorre que esta é uma eleição totalmente fake, fora de…

Leia Mais Leia Mais