Ciro chuta o pau da barraca. Faltam só dois meses: para onde vai o Brasil?

Ciro chuta o pau da barraca. Faltam só dois meses: para onde vai o Brasil?

“Não me deixem só. Eu preciso de vocês” (Fernando Collor, em junho de 1992, pouco antes de cair).

***

De repente, o cenário eleitoral clareou, se afunilou, e restaram neste momento apenas três concorrentes para valer na disputa por uma vaga no segundo turno: o candidato do PT, Alckmin e Bolsonaro.

Ao chutar o pau da barraca na segunda-feira, depois de se coligar apenas com o nanico Avante, Ciro Gomes me fez lembrar o apelo desesperado de Fernando Collor citado na epígrafe, na véspera da sua queda.

“Querem resolver a eleição nos gabinetes ou em celas, o que é até pior em certos aspectos”, disparou o ex-ministro de Lula num encontro com empresários da construção, alvejando ao mesmo tempo a aliança da direita de Alckmin com o Centrão e as articulações do PT de Lula pela esquerda.

Depois de passar o ano ciscando à direita e à esquerda, Ciro acabou órfão de pai e mãe, com uma chapa-pura do PDT e o tempo de TV de Enéas.

Daqui a exatos dois meses, no dia 7 de outubro, o Brasil vai às urnas, mas neste momento ainda não dá para saber para onde pretende ir depois da eleição.

O mais provável é um novo embate entre PT e PSDB, como querem os dois partidos hegemônicos na política nacional neste último quarto de século.

Mas também pode acontecer um inédito confronto entre a direita de Geraldo Alckmin e a extrema-direita de Bolsonaro, se Fernando Haddad, o mais provável candidato do PT, não conseguir herdar pelo menos uma parte do tesouro de votos de Lula confinado numa cela em Curitiba.

A Ciro só restará uma última chance de voltar ao jogo, se abater por nocaute os seus principais adversários nos debates da televisão, que começam nesta quinta-feira na TV Bandeirantes.

E é exatamente nestes debates, e na propaganda eleitoral, a partir de 31 de agosto, que a candidatura de Bolsonaro pode desmilinguir, pela absoluta falta de preparo e compostura do candidato da chapa-pura verde oliva do capitão com o general.

Vida que segue.

 

44 comentários em “Ciro chuta o pau da barraca. Faltam só dois meses: para onde vai o Brasil?

  1. o ciro gomes nao sabe o que quer como candidato tentou se aliar ao centrao e nao consseguiu,queria que o pt lhe declarasse apoio,sendo que o pt tem 33 porcento de votos ele e que deveria ter aceitado ser vice de lula,,,,,

    1. Todas essas análise só contam com os jogos medíocres do PT e PSDB esqueceram que quem decide é o eleitor que pode votar e está fechado com Ciro Gomes! 12

  2. A considerar o final frenético da formação das chapas, é inegável, que o Geraldo Alkmin, com seu jeito manso, conciliador, foi quem mais juntou forças, e o que menos efeitos colaterais causou. E no extremo, quem mais perdeu foi o Bolsonaro por trazer alguém para uma soma, que se for muito otimista será igual a zero. O PT, após uma decisão de confrontação a Justiça, e ter perdido todas, restou-lhes não poder mais recuar em seu último ato, e se não poderia somar, que ao menos atrapalhasse quem mais o ameaçava na esquerda. Traçando o típico roteiro do ex-marido revoltado, que ao ver a ex (o PSB) namorando outro, (o Ciro) partiu para eliminar a ex, com base da truculência, de “se não fica comigo, não fica com ninguém”, e elimina a ex na frente dos filhos menores, dentre eles, o Senador Pimentel no Ceará, a Senadora Regina Sousa no Piauí, e ainda mais angustiante, na frente de sua caçula, a neta do Arraes, Marília Arraes, com requintes de crueldade, oferecendo-lhe um padastro com fama de inimigo, que foi um traidor “golpista-mor”, segundo os próprios petistas, por ter exonerado 04 de seus secretários, para que pudessem votar a favor do Impeachment da Dilma, que os petistas chamavam de golpe. De resto, restou as demais, no final do dia, o que tinha para janta. Marina, sozinha em sua Rede, atraiu o florestal Eduardo Jorge, Ciro, o novo pretendente da ex do outro, por falta de opção ou vingança, chamou quem mais defendeu a Dilma, fazendo o oposto do que Lula fez!
    Enfim, arrumadas ou jogadas de qualquer jeito na carroça, as melancias foram embarcadas. Agora terão que ser arrumadas durante uma viagem curta, em pouco espaço de tempo e por caminhos cheios de buracos!

  3. Pois é meu caro, vice do Lula!?
    Veja você a situação humilhante em que foi colocado o pobre Adad após as últimas declarações da presidente do PT.
    Só falta dizer que se o vice não se comportar adequadamente será colocado de castigo no canto escuro da sala de aula.
    É humilhante.

    1. Quem deveria estar castigado numa sala de aula é tu que nem sabe escrever, quanto mais entender o óbvio de uma conjuntura golpista.

  4. Está tudo tão embolado que não sei mais de nada. Gosto do Haddad, o Ciro tem mais experiência e prefiro as ideias do Boulos. Vida que segue …

    1. Sinceramente Ieda, o tempo é curtíssimo e o jogo está sendo jogado. Em sendo assim, aceito irrestritamente a chapa “triplex” com LULA, HADDAD e MANUELA. A meu ver, diante das circunstâncias do momento, é a melhor estratégia para derrotar Jair “capitão gatilho” Bolsonaro/ Hamilton “general de opereta” Mourão e Geraldo “picolé de chuchu” Alckmin/ Ana “rainha do relho” Amélia.

  5. O Ciro é um caso a ser estudado, excesso de inteligência num emocional desequilibrado.
    Para não se Marinizar de vez, deve fazer o jogo do PT, aproveitando o seu tempo para descer a lenha no Xuxú e no Bolsonaro.
    Aliás…tô com pena do Xuxu…vai ser tanto cacete no lombo por parte do Bolsonaro, que nao sei se vai aguentar…e mais, nem ele sabe o ue vai fazer com tanto tempo de TV…coitado.

  6. Gilvan está de palhaçada agora ??? “Geraldo Alkmin, com seu jeito manso, conciliador, foi quem mais juntou forças…” (escolheu pra vice a mulher do relho)

    1. Ah tá, meu caro Ênio… salvo que você acredite que existe apenas uma visão de política, a sua, a Senadora Ana Amélia, é sim uma das opções mais qualificada dentre todas candidaturas. Ou discorda?

  7. Se Lula realmente não sair como candidato, a chapa perfeita para votarmos sem medo será Haddad e Manuela D’Ávila. Enfim, algo de bom na podridão de 2018.

  8. Na boa, Ciro e Bolsonaro deram um passo “para o lado” para darem um salto para trás!
    Agora é saber quem apoiarão no segundo turno!
    Só lembrando, Marina não morreu!

  9. Gosto do Haddad, principalmente por ele, em 2 entrevistas, ter mostrado quem de verdade é a prepotente Dilma, que os petistas tanto se esforçam para vender como gerentona. Infelizmente, no segundo turno vai dar Picolé de Chuchu com o capitão, verde vegetal contra verde milico. O picolé vai levar, o centrão não joga para perder, joga para o Brasil perder. A melhor saída é o aeroporto.

  10. “O que está acontecendo com o ex-presidente Lula, o maior líder político do país após Getúlio Vargas?”
    Nada.., como um dia após o outro, com um domingo no meio, né Mestre?
    A semana amanheceu revelando o verdadeiro Triplex: Lula, Haddad & Manu, e mais Marília, juntos e misturados com o Povo de raízes no Brasil.
    Recados:
    Ciro, Wanderley Guilherme e PHA, aceitem que a causa coletiva é maior que a particular e o momento não permite ‘pesar’ com suscetibilidades pessoais contrariadas. O jogo é pesado e corajosos, heterodoxos, ousados e leves, devemos estar para joga-lo e derrotar os Golpistas que atolaram de vez o Brasil no “Brejo da Cruz”.
    Mestre, mesmo que deveras apressado no sábado, valeu o sacolejo, afinal fez acordar o pensar à velharada e à moçada, dormindo em berço nem tão esplêndido, com o Brasil, esse sim, dançando dopado à beira do abismo, com PSL e não com ‘PT-LSD’, como Ciro vê.
    E vamos que vamos, dia 15 em Brasília tem mais PT e ‘Lula Livre, Lula candidato’ no ‘volume vivíssimo’, né não, ‘Índio do senado?

  11. Fico emocionada ao ver o desespero para salvar o Brasil.
    Quanto a Collor,pena que não foram suas últimas palavras.
    Como dizia minha mãe ‘me engana que eu gosto’

  12. Bolsonaro tem um público fiel, sabe falar o q este público quer escutar, não o vejo perdendo campo e sim podendo somar. Alivia saber q ele não tem força no 2º turno.
    Ciro é uma cx de surpresa, em uma entrevista diz q lula caiu em tentações, em outra diz q lula tem q ser libertado. Reuniu com centrão e com Haddad, no final saiu sem os 2. PT cortar no sangue para o PSB não apoiar Ciro, foi uma jogada desleal.
    Alckmin saiu vitorioso até o momento, único q conseguiu vice q agrega votos, com muito tempo de TV e larga como favorito.

  13. A minha impressão é a de que o centro-esquerda implodiu pelo efeito Lula. O jogo ficou do jeito que a direita gosta e mais fácil ainda para a mídia grande deitar e rolar. Tenho também a impressão que a alcaguetagem do ‘Italiano’ está sendo guardada para vir à tona quando setembro vier. Não há dúvida de que os candidatos da esquerda vão se esfalfar entre si. O estrago que Ciro pode fazer à esquerda é bem maior do que à direita. A derrota de Haddad para o mauricinho youppie dos Jardins não ajuda o ex-prefeito e o efeito-Dilma não beneficia Manuela, a despeito dos seus méritos.
    A conferir.

  14. O Ciro apostou na estratégia de deixar o eleitorado de esquerda refém da sua candidatura, acuada por eventualmente olhar para o outro lado e ver apenas Bolsonaro e Alckmin, ao mesmo tempo em que acenava para o centro. Se deu mal, porque nem foi abraçado pelo centro e pela direita e nem é mais a opção da esquerda. Só se salva se a eleição ficar entre ele e Bolsonaro, o que é improvável.

  15. O Brasil atravessando seu momento mais crítico após a retomada da democracia e são esses os melhores nomes apresentados pelo sistema político para condução? É algo realmente desesperador. O último a sair apague a luz.

  16. O PT tem uma das mais brilhantes inteligências do país em seus quadros. Deu uma lavada nos políticos renomados no show do milhão. Ganhou um milhão que poucos chegaram a ganhar. É professor de economia. “Aloisio Mercadante” é o politico mais preparado para administrar o país entre os políticos do PT. E está com a ficha limpa.

    1. So não da para entender, já que os petistas tanto esperneiam que a Dilma foi vitima de golpe, porque não lança ela como candidata, já que o “cumpanheiro” Lewandoski inventou uma jabuticaba e deu a ela os direito politicos.

      1. José Antonio, já te disse que você precisa ler mais e se informar melhor antes de escrever.
        Dilma não pode ser candidata a presidente pelo simples fato de que ela foi reeleita em 2014 e a lei não permite um terceiro mandato seguido. Entendeu agora?

  17. Já estou definindo meus candidatos: Marina presidente, Suplicy senador, (melhor um inerte abobalhado do que um “esperto”, as opções em SP são péssimas), deputados federal e estadual PT e PSOL na legenda, são bons para latir enquanto não estão com o osso, quando não estão com os corruptos fazem um barulho danado contra eles. Sempre tem um jeito.

  18. Engana-se muito que acha que Haddad é um poste qualquer . Nada disso! Ele aprendeu, já como prefeito de São Paulo, num mandato cujos aliados incluíam ate Pulo Maluf´, que o passe livre nos coletivos urbanos é uma miragem utópica. É lamentável que uma figura com vários títulos e ainda, professor da USP foi necessário chegar aos 50 anos para aprender o que um semi letrado já sabia há muitos anos. Haddad, com certeza aprendeu também que , taxar grandes fortunas, também é tiro no pé ,pois a militância ,infelizmente, ainda tem esta tese como referência num programa econômico ”puro sangue” do PT.

  19. O PT, como de hábito, defenestrou mais um adversário, que, apesar de todos os defeitos transita entre centro e esquerda. Descabida a opção de querer que um candidato a presidente , com capital eleitoral, se transformasse em vice de outro que nem candidato pode ser. Com a esquerda fragmentada , graças ao PT, mais provável o segundo turno na última opção.

  20. Prezado Kotscho: Essa divisão na esquerda é muito ruim. Não é hora de chutar o pau da barraca, porque quem vai cair é o Brasil . “Uma ideia torna-se uma força material quando ganha as massas organizadas.” (Karl Marx).

  21. Ontem quem chutou o pau da barraca foi a Senadora Vanessa Grazziotin, leu uma carta em plenário acusando a parceria entre PT/PSB/PCdoB de barrar sua candidatura para reeleição.
    Requião chamou de abominável esta decisão da coligação, até pq para o lugar dela, colocaram um candidato que apoia abertamente Bolsonaro.

  22. O Lula conseguiu não só destroçar o PT, mas toda a esquerda. Imagina um cenário de segundo turno, com um candidato de esquerda, que não seja o PT.
    Qual vai ser a cara de pau do PT de apoiar este candidato? Mas uma coisa não podemos menosprezar: O escorpião não tem escrupulos e para estar por cima, passa por cima de tudo, inclusive do PT.

  23. O Ciro tá nervosinho pela falta de alianças, mas porque não procurar o eleitorado ABN? (abstenção-branco-nulo). É uma multidão! ele tem que se lixar pra alianças e pensar estrategicamente no golpe, que não foi dado pra ser derrotado na primeira eleição. Ele precisa fazer uma super campanha e chegar em terceiro lugar! Sim, precisa ficar na frente de Boçalnaro ou Aidimin. Porque, se o golpe aceitar a candidatura Lula sub judice, mas depois invalidar os votos do primeiro turno, haverá um segundo turno entre o segundo e o terceiro colocados. O Ciro é a tropa do campo democrático-popular que ficou para atacar pelo flanco em caso de derrota no front.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *