Viva o Brasil! Justiça manda soltar Lula ainda hoje: agora a campanha pode começar

Viva o Brasil! Justiça manda soltar Lula ainda hoje: agora a campanha pode começar

De uma hora para outra, muda tudo.

Assim é a vida, e por isso ela é bela, nunca podemos perder as esperanças.

Tinha acabado de publicar o post anterior, bastante desalentado com o cenário pós-Copa, quando vejo nas manchetes dos portais que a Justiça mandou soltar Lula ainda neste domingo.

Ninguém podia esperar que esta decisão fosse tomada logo após a eliminação do Brasil na Copa.

Viva o Brasil! Lula livre é muito mais importante do que ganhar o hexa.

É tudo tão imprevisível neste país que Lula já pode estar solto quando terminar de escrever este texto.

Esta foi a melhor notícia para o Brasil nestes últimos anos de tantas desgraças, não só para os seus amigos e partidários.

Estou muito feliz porque agora podemos voltar a fazer planos e sonhar em viver num país democrático, sem ter que sair daqui, onde a lei seja de fato igual para todos.

Mesmo os que odeiam Lula e fizeram esta ignomínia político-jurídica de manter preso o ex-presidente, num processo sem provas e sem transitar em julgado, deveriam ficar felizes porque uma eleição passa, mas o país fica.

E o Brasil poderá voltar a decidir seu destino com as próprias mãos, apertando um botão na urna eletrônica, sem interferências indevidas no processo eleitoral.

Quem tiver mais votos, leva. Assim funcionam as eleições numa democracia verdadeira.

Para impedir que Lula seja presidente pela terceira vez, vão ter que derrotá-lo no voto, não nos julgamentos de exceção.

Devemos esta decisão de botar a bola novamente no meio de campo e zerar o jogo ao desembargador Rogério Favreto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que concedeu habeas corpus a Lula e suspendeu a execução da sua pena.

Em sua decisão, dada no regime de plantão do TRF-4, Favreto tocou no ponto central desta questão, ao afirmar que a quebra de igualdade entre os pré-candidatos seria “suprimir a própria participação popular”.

É exatamente isso: não era só Lula que estava preso na cadeia da Polícia Federal em Curitiba, mas o direito de mais de 30% do eleitorado brasileiro, os milhões de brasileiros que em todas as pesquisas declaravam voto no ex-presidente.

“No estágio atual, a ilegal e inconstitucional execução provisória da pena imposta ao ex-presidente Lula não pode lhe cassar os seus direitos políticos, tampouco restringir o direito aos atos inerentes à condição de pré-candidato ao cargo de Presidente da República”, escreveu o desembargador em sua histórica decisão, que muda completamente os rumos da eleição de 2018.

Junto com as manchetes, logo veio a informação de que Favreto foi filiado ao PT por 19 anos, de 1991 a 2010. E daí? Os juízes que condenaram Lula e o mantiveram na prisão por mais de três meses, nunca foram filiados antes a nenhum partido?

Importante registrar: Rogério Favreto pediu desfiliação do PT antes de ser nomeado juiz.

Esse é apenas um detalhe no fato concreto de que, a partir da decisão do desembargador Lula, estará livre para levar sua mensagem de candidato ao povo brasileiro, sem intermediários.

Para quem acompanhou a trajetória de Lula desde os tempos do ABC paulista, antes mesmo da criação do PT, e foi com ele para o Palácio do Planalto, em 2003, ganhando e perdendo ao longo do caminho, é impressionante ver a resiliência desse sertanejo que nunca entrega os pontos e sempre acaba dando a volta por cima.

Poucos acreditavam a esta altura que isto ainda fosse possível, inclusive eu, mas ele nunca desistiu, e hoje estou de alma lavada porque agora já tenho em quem votar, como faço desde a primeira vez em que Lula foi candidato (a governador de São Paulo, lá longe, em 1982).

Há, de novo, esperanças!

Vida que segue.

 

 

 

 

 

 

22 comentários em “Viva o Brasil! Justiça manda soltar Lula ainda hoje: agora a campanha pode começar

  1. Menos, Kotscho. Você ainda é um dos que acredita, de modo totalmente equivocado, até por ingenuidade – o que não é o caso do comando lulo-petista, cuja tática é incompetente mesmo -, na fábula de que Judiciário da Casa Grande voltaria atrás. Lula ainda verá o sol nascer quadrado durante, pelo menos, os próximos 5 meses. Talvez, com a chegada do Toffoli à chefia do STF, em janeiro, no recesso judicial, o futuro presidente, monocraticamente, deixará o Lula sair em sede de prisão domiciliar (esta é a tese de Sepúlveda Pertence, que não vê possibilidade alguma de Lula livrar-se das condenações penais, e prefere o caminho de aliviar as agruras e arrependimentos de Lula, pelo menos, em sua própria residência e perto dos familiares, mais aptos para lamber-lhe as feridas). A decisão não será cumprida, porque será revista de ofício pela cúpula do TRF-4.

  2. Hoje,lula é sinônimo de Brasil e democracia.Na minha modesta opinião o desembargador “detonou” uma BOMBA política e judiciária ao conceder liberdade ao Lula!.Todos aqueles que se encontram na mesma situação do Lula tem o mesmo direito de serem libertos.Se a questão é ser pré-candidato,os advogados de outros condenados podem e devem propiciar esta condição para os seus “pacientes”!.

  3. Como pode afirmar q foi a melhor decisão pro Brasil?
    O desembargador é petisca, como vc e esta decisão irresponsável não será comprida.
    o gol do PT foi anulado pelo VAR.

  4. Kotscho, justo você, um dos maiores jornalistas de nossa história, imaginou que Lula estava preso por “ordem” judicial ou por cometer algum crime? Imaginar que há justiça no Brasil é piada. Amigão, se dê conta de que a mídia, o judiciário e seus parceiros do crime destruiram a vida do Lula há bastante tempo. Preso político num regime nazista sai para o cemitério, quando muito.
    Acabou o Brasil, meu caro, Satanás domina a nação. E os agentes desse adminastrador, em sua maioria, usa microfone e toga.

  5. A quadrilha que deu o golpe saiu de férias pelo mundo e a descuidou aretaguarda, deixou no plantão um desembargador garantista. Isso vai render.

  6. Mestre, o Desembargador Fabreto, joga o holofote e a pal de cal, que faltavam à farsa lavajateira, ao obrigar os que nela operam, judiciário e mídia, a serviço da classe dominante, executarem o ‘triplo twist carpado jurídico e midiático’, no caso gravíssimo, ao reduzirem a pó a disseminada máxima basilar da justiça que, “decisão da justiça não se discute, cumpre-se”, para manterem Lula preso, chegando-se ao ponto de ‘juiz’ da primeira instância descumprir decisão e ordem, proferidas em instância superior, escancarando assim ser Lula de fato, ‘SEQUESTRADO POLÍTICO’.
    Registre-se ainda a parte do triplo twist carpado, que a mídia familiar, unida, está a executar feito pornochanchada, em que jornalistas transformam-se em ‘cavalos’ e ‘ventríloquos’ , dos donos, a tentar, com auxílio de favoráveis ‘especialistas’ de prateleira, dar nó em pingo d’água nos fatos e feito mantra, registrar a opinião publicada, destinada aos que não pensam só, que Lula é ‘CORRUPTO CRIMINOSO’.
    À verdade é que por essa não esperavam e o desmoronamento em progressão da farsa lavajateira, pelo atropelo em que mais uma vez se revelam, torna-se agora mais acelerado.
    PS: Desinformação de opinião releva-se, mas de fatos para sustenta-la, não: O fato é que Dias Toffoli assume a presidência do STF em setembro de 2018.

  7. Lula livre pelo bem do Brasil e do povo sofrido desde pais e cadeia pros verdadeiros bandidos corruptos a começar pro bandido mor Sergio Moro

  8. É de um amadorismo espantoso essa tentativa de livrar o Lula da cadeia num domingo , por intermédio de um juiz plantonista , que a própria situação esclarece estar ali para solucionar emergências temporárias como isso nos plantões dos pronto socorros, das companhias de energia, etc, ninguém vai trocar um poste ou fazer um transplante no domingo se pode esperar pela segunda ou terça feira. A esquerda perdeu o jeito .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *