Esqueça a Justiça, Lula: está tudo dominado, é jogo de cartas marcadas

Esqueça a Justiça, Lula: está tudo dominado, é jogo de cartas marcadas

Estava na pauta da terça-feira, dia 26, o julgamento na Segunda Turma do STF do recurso que pede a libertação do ex-presidente Lula.

Na sexta-feira, o ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato, resolveu tirar o assunto da pauta, cancelar o julgamento e arquivar o caso, depois de receber a decisão do TRF-4 que negou provimento ao recurso.

Levou apenas 45 minutos para tomar a decisão.

Deve ter sido um recorde na corte conhecida por levar séculos para julgar políticos que não sejam do PT.

Era tudo jogo combinado, as cartas já estavam marcadas.

Nomeado por Dilma Rousseff depois de intensa campanha para ser aprovado pelo Senado, o ministro Fachin é muito próximo de juízes do TRF-4, onde fez carreira no direito, como informou o Painel da Folha.

Na mesma tarde, um ministro do STF apostou que “havia maioria já firmada na Segunda Turma para transferir Lula da carceragem da PF para prisão domiciliar”, relatou o Painel.

Na véspera, a presidente do partido, senadora Gleisi Hoffmann tinha sido inocentada de acusações que recebeu quatro anos atrás.

Animado pela decisão, o partido estava mobilizando militantes para uma manifestação em frente ao tribunal na terça-feira.

Diante da fulminante decisão de Fachin, advogados de Lula se desentenderam sobre os próximos passos, e o destino de Lula estava selado.

Como estava decidido desde o início da Lava Jato, no ano eleitoral de 2014 em que Dilma foi reeleita, Lula ficava definitivamente fora da disputa de 2018.

Era este o objetivo e foi cumprido à risca pela 13{ Vara Federal de Sergio Moro em Curitiba, com a anuência do TRF-4 e dos tribunais superiores que lhe negaram todos os recursos.

Nem a ONU nem o Vaticano poderão reverter esse quadro, embora Lula continue liderando com folga todas as pesquisas presidenciais.

Desde a prisão de Lula, há dois meses e meio, a famosa militância do PT se recolheu, ficando confinada em frente ao presídio da PF, cada vez com menos gente.

Sem nenhuma reação nas ruas, o ex-presidente continuava acreditando que a Justiça era mesmo igual para todos e que, em algum momento, poderia ser libertado.

Um a um os recursos da defesa foram sendo negados, a presidente do STF, Carmén Lúcia, cumpriu seu papel de não colocar em pauta a revisão da prisão após condenação em segunda instância, e o tempo foi passando, como se tudo isso fosse a coisa mais natural do mundo numa democracia.

O cenário eleitoral de 2018, como várias vezes previ aqui, foi definido pelo Judiciário. Nele não havia lugar para Lula.

E a 105 dias da eleição, o amplo esquema político-jurídico-midiático que derrubou Dilma num golpe parlamentar e afastou Lula por conta da reforma de um triplex no Guarujá continua sem candidato viável, mas isto não estava previsto no roteiro. Algo deu errado.

Vamos votar no escuro, com a maioria dos eleitores até hoje sem ter em quem votar. O candidato “Ninguém” continua liderando as pesquisas sem Lula.

Bom domingo.

Vida que segue.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

39 thoughts on “Esqueça a Justiça, Lula: está tudo dominado, é jogo de cartas marcadas

  1. Como assim?
    ¨…havia maioria já firmada na Segunda Turma para transferir Lula da carceragem da PF para prisão domiciliar…¨.

    Jogo de carta marcada é isso aí.
    Como assim?

    Será que os jornalistas estão tentando se incriminar, ou algo parecido?

    Dificílimo entender essa posição ¨já firmada¨,não se vota de acordo com a consciência?E antes que venham com idiotices,se o julgamento fosse pura e simplesmente de acordo com a lei,não haveria o voto nas cortes superiores,bastaria o sim ou o não.

  2. O Judiciário cumpre o seu papel que é fazer cumprir a lei, porque se deixar por conta, exclusivamente dos partidos políticos, fica assim: depois que lambe toda a comida, começa a brigar; isso quando não suja a vasilha, virando-a, ou deixando-a debruço! Pobre Brasil!

    1. “O Judiciário cumpre o seu papel que é fazer cumprir a lei…”. Mas podemos chamar de lei essas interpretações ao sabor da conveniências? Ora poupe-nos. Todos sabemos que o judiciário, e o supremo em primeiro lugar são um bando de canalhas piores que os “políticos”. Pois esses tem legitimidade.

  3. Melhor lugar para chorar é na cama. O judiciário vai fazendo sua parte impedindo que condenados fiquem responsáveis pelos nossos impostos. O ex-condenado montou uma fortuna durante esses treze anos deixando a muito de ser apenas um simples sindicalista para se tornar milionário e não esquecendo sua prole. Serão sempre assim seus textos. Absolveu é justiça. Condenou é injustiça. Assim são os fanáticos e seguidores cegos que não conseguem ver que os bilhões que foram roubados da Petrobrás, fundos de pensão, empréstimos a governos ditatoriais (não esquecendo os 2% a 5%) que hoje estão nos dando calote e demais estatais tiveram no mínimo a omissão de seu herói. Apesar de todas as previsões de lutas armadas e multidões na rua nada se concretizou. Sabe o motivo? Acabou o dinheiro das propinas que financiavam os bolsos e o ânimo da esquerda. São verdadeiros mercenários que só se mexem com pagamento adiantado. Sua mudança em dizer que foi um golpe é clara, pois lendo seus posts nas vésperas das votações do impeachment eram claras que praticou a pior política que foi da soberba e claro de fechar no mínimo os olhos para a corrupção que as quadrilhas do PMDB e PT tinham formado para roubar o futuro de milhões de brasileiros. Não deixando de mencionar as saraivadas de críticas dos seguidores das políticas fracassadas das esquerdas pelo mundo que recebeu. O que mudou? Então vamos que vamos que em outubro veremos um candidato que não está em nenhuma lista de propina e não recebeu agrados de corruptos governando nosso Brasil e impostos. Agora podem xingar e ofender que o moderador não liga quando direcionado à este Signatário. Vida que segue

    1. Voce é tão descarado quanto os membros do supremo. Só um canalha pode afirmar que há neutralidade nas ações do judiciário. Nunca se viu tamanha desfaçatez.

    2. Na boa tipos como esse Mauricio Teixeira deveria receber um processo no rabo por calúnia e difamação o cara acabou de dizer que o ex-presidente Lula enriqueceu a ele e sua família com dinheiro de corrupção então prove seu Mauricio ou agüente as consequências da sua estupidez espero que algum familiar do ex presidente tenha conhecimento de todo isso que esse pateta falou e leva-lo a justiça porque quem acusa tem que provar pelo menos e assim que deveria funcionar num pais sério e uma justiça séria

      1. Caro alienado seu herói foi condenado por ocultação de patrimônio e corrupção e ainda responde a mais processos pelos mesmos motivos. Além de sua prole também responder. Vai processar os jornais, jornalista. MP, TRF 4, STJ, STF, 55%da população, resumindo o mundo alienado? A internet virou refúgio de esquerdopatas pois a coragem nunca foram adjetivos fortes. Então mexa esse rabinho e vá para rua defender seu bandido favorito. Serve para os demais comentários acima. Aceita que dói menos. Agora esperar o moderador dar o mesmo tratamento a este comentário. Vida que segue

        1. Não tenho herói eu so quero a verdade dos fatos so isso eu quero e que esses vermes Togados que condenaram o Presidente Lula mostre algum mínimo de culpabilidade do mesmo porque até agora não conseguiram provar nada contra o ex presidente Lula e repito você deveria receber um processo pra poder provar tudo que disse aqui tolerância zero pra Caluniadores e difamadores igual a você

          1. Fanáticos não têm verdade. Suas mentes se fecham a qualquer realidade. A história mundial prova que pessoas como você são tapadas mentalmente e não enxergam mais nada a não ser o que seu fanatismo deixa enxergar e produziram massacres e regimes ditatoriais cruéis e assassinos. Felizmente a maioria dos brasileiros não se deixou ludibriar pelas falácias dessa quadrilha da esquerda que roubou o futuro de milhões de brasileiros. O máximo que fazem os covardes iguais a você é se esconder atrás de um teclado e xingar e esbravejar igual criança frustrada. Coragem para ir para rua lutar pelo que dizem acreditar são outros quinhentos, se borram todos. Como o Ricardo já escreveu. Vocês entraram no armário e jogaram as chaves fora. Então mariquinha deixa de palhaçada e aceita que seu herói vai passar um bom tempo na cadeia junto com boa parte da organização criminosa que montou com o PMDB e demais partidos da base para roubar nossos impostos. Esperneia, se joga no chão, faz beicinho, procura uma chupeta para extravasar suas frustações não deixando de trocar a fralda. Aqui encerro a perda de tempo com bebezinho birrento. Tchau querido. Lembra dessa frase? Vida que segue

    3. Muito oportuno o comentário do Maurício, não é à toa que o articulista solicitava-lhe, recentemente, a sua volta. Pela luz das escrituras sagradas, Cristo nos ensinou que as injustiças sociais precisam ser denunciadas: doa em quem doer. Aos derrotados, corruptos, fica a indignação dos corretos; dos justos; que pretendem construir um mundo mais humanos, sem violência, e melhor para se viver. Onde o céu é o limite para a efetivação da Justiça, para quem sonha com a liberdade infinita em todos os sentidos. Vidas ao Sergio Moro. Que Deus o proteja para sempre. Amém? Amém.

      1. Caro José Anísio Vieira Guimarães obrigado pelas palavras. Realmente o trabalho me impede por vezes de acompanhar e fazer comentários pois acabo lendo só os post deixando os comentários de lado. Mas perdi esse pedido do articulista ou não estou lembrando. Poderia informar quando foi se possível? Abraços Vida que segue

  4. O “Lulinha Paz e Amor” deu nisso. Procuradores, membros do STF, PF, escolhas erradas em nome de um “republicanismo” inocente. Já disse e repito: “Há que ser republicano, mas com um porrete na mão”. Já estamos pagando – e caro – por isso. Ainda pagaremos muito mais. O STF virou uma quadrilha junina presidido por uma serviçal da Globo, a quem ela consulta sempre que há algo que envolva o PT. Uma vergonha!!

  5. A tática judicial, em que só os advogados eram capazes de acreditar, tão-somente levou o lulo-petismo ao cárcere. Fracassou rotundamente. A ala esquerda do PT sempre refugou a tese do acatamento da decisão judicial. Por coerência com a narrativa da denúncia de discriminação negativa de Lula, a única tese conforme tal retórica seria o pedido de asilo político, por exemplo, à embaixada da França, ou à Cúria Metropolitana, no caso, o Vaticano. Nem se fale nos desdobramentos da delação do “Italiano” de Ribeirão Preto, que podem encrespar ainda mais o contencioso lulo-petista no Judiciário. Lula, mal orientado pelos seus advogados, inclusive Sepúlveda Pertence (de quem se esperava muito mais junto aos incríveis ministros do STF), imaginou tirar o último coelho da sua tática eleitoral da cartola do Judiciário. O quadro judicial mostra-se muito pior do que o vislumbrado pelo lulo-petismo. Se ficar confirmado o financiamento do ditador líbio que, segundo um dos anexos do Ministro-Alcaguete, foi de um milhão de dólares, até o próprio registro do partido pode vir a ser cassado. A condição de asilado político teria dado a Lula maior e melhor posição, sobretudo moral, de denunciar (de modo mais consistente e coerente) sua condição de vítima de “Lawfare” e, não preso, mas “condenado político”. O noticiário da RTP mostrou, hoje, o Ministro Marco Aurélio criticando a presidente do STF e considerando a prisão de Lula ilegal. Marco Aurélio, indicado por Collor de Mello, tem sido sempre um ministro considerado como ponto fora da curva, devido ao maior número de votos escoteiros do STF. A menos que a configuração do STF seja modificada, não há, como bem diagnosticou a postagem, sinal de fumaça branca a surgir do fedor que exala hoje da praça dos 3 poderes.

  6. Um dia PT e esquerda quem sabe entandam que justiça igual não é aquela que beneficia todos os petistas e esquerdistas. Até lá a imprensa continua livre e o choro também.

  7. Essa mesma Justiça não é desrespeitada nem acusada de formação de quadrilha junto com o parlamento e a mídia, quando absolve um petista (como aconteceu recentemente com Gleisi Hoffmann e Mercadante), nem quando condena um adversário petista, como ocorreu na condenação do ex governador de Minas, Azeredo…nem quando condena ex aliados como Sérgio Cabral, Eduardo Cunhado, Geddel, Henrique Alves, etc…
    Mas a Justiça é sempre defenestrada quando as decisões são contra a Lula!

    1. Gilvan: você tem alguma explicação para o (não) julgamento do Aécio pelo STF, que devolveu o processo para o Senado? Ou alguma justificativa para que o Geraldo Alckmin (delatado na Farsa à Jato), não seja processado pela Justiça Criminal, de São Paulo ou do Paraná? E Paulo Preto (113 milhões na Suiça) livre e solto por ordem de Gilmar Mendes. E vc ainda fala que a justiça está sendo feita? Feita para quem? A favor ou contra quem?

  8. Jornalista, por favor! Será que o Presidente Lula acredita na Justiça, ou na política? Não fosse isso, já estaria solto, como alguns ministros até já verbalizaram. que assim aconteceria, caso desistisse de sua candidatura à Presidência, aceitasse essa chantagem e abandonasse seu caminho de liderança, quebrando a confiança dos que em todas as pesquisas têm colocado seu nome como o vencedor do pleito. Lula sabe muito bem desse “ninguém”, que tentam que se candidate para ganhar as eleições e dar continuidade à ditadura que estamos vivendo. Esse o nó que terá de ser desatado, não pela oposição, mas pelos golpistas, que estão enfrentando dificuldades no caminho deletério que escolheram. Como mesmo diz, em menos de 105 dias estaremos sabendo. Até lá, poderá acontecer de tudo, inclusive o descrédito dos caminhos escolhidos para enfrentamento. Da parte de Lula, muito pouco além da resistência e dos apoios que possa receber. Do comando do golpe, o Judiciário, só um caminho: ou, se tiver meios para tanto, aprofunda a ditadura e impede a realização das eleições para presidente, mas nesse caso o nó continua ainda mais apertado, ou abandona o caminho ilegal que segue, deixa a questão por conta dos políticos, e lava às mãos, tentando sair de fininho, que tem maiores chances de desatar o nó criado, abrindo caminhos à frente. Em qualquer embate, o principal é preservar uma porta de saída. Lula livre pode ser a chave dessa porta.

  9. Então a turma da lava jato em todas as instâncias e maioria da turma do judiciário federal brasileiro que firmaram complô contra o Lula lhe negando recursos garantidos na constituição como se nega moeda ao bêbado na feira e descaradamente blindam os comprovadamente corruptos do PMDB, PSDB e aliados delatados por corrupção no âmbito da lava jato inclusive com provas gravadas em áudio pelo delator joesley batista no exato momento em que os corruptos Aécio neves e Temer cobrava propina, o judiciário federal brasileiro em sua maioria é a turma da lava jato como um todo caminham de mãos dadas com tucanos, peemedebistas e aliados delatados por corrupção no que se trata de blindagem.

  10. ;Reflexão pertinente. Lula não sairá da cadeia. Se, por alguma razão, sair, será impedido de disputar a eleição.
    E precisamos lembrar sempre: o STF é parte do golpe!
    Romero Jucá disse: “com o STF, com tudo!” E isso está em pleno funcionamento.
    O golpe, em pleno funcionamento!

  11. Os advogados de Lula acham que podem ditar a pauta do judiciário. Quando foi julgado no TRf foi um xororo sábado porque julgou muito rápido. Agora entraram no STF porque o TRF Estava demorando demais para julgar o recurso. Vergonhosamente o dr sepulveda Pertence visitava quase que diariamente os juízes da segunda turma – jardim do Éden – para costurar a saída do Lula para prisão domiciliar. ….ainda bem que temos
    O Fachin…para que a justiça continue a ser feita

  12. Livre por um dia, exílio imediato, de Lula e da família (pois vão retaliar com golpes baixos). Não é possível mais qualquer vacilo com isso, já vivemos em um estado de exceção com poucos contrapesos; nas suas divergências internas, o próprio STF sinalizou algo nesta direção. Na masmorra, o maior líder popular da história recente do planeta. O cara que, mais do que qualquer outro, ajudou a tirar 36 milhões da linha da miséria, no país vergonhosamente mais desigual do mundo. Vasta inclusão social dentro dos marcos rigorosos do moderno estado democrático constitucional de direito.
    Acha pouco? Quem é que optou pela saída anti-democrática venezuelana, com golpes parlamentares contra a democracia? A direita grotesca de sempre, respaldada pelos “bons” moços de terno e gravata, pela numerologia financista autointeressada, pela magia negra jurídico-decisionista, pelos narradores da página 2 e, não poderia faltar, pelos desastrados de sempre, aprendizes de feiticeiro de todos matizes, hoje horrorizados com o monstro que soltaram.
    Do que têm raiva? Da comida posta durante década e meia na mesa da família da diarista, da Dona Fulana de tal que varre o chão de quem não carece de auxílio moradia. Habitação, escola, equiparação, direitos da mulher, avanços na luta contra discriminações de toda sorte, oportunidades de integração e dinamização de mercados internos. Este país que deu orgulho aqui dentro e encantou o mundo, através da combinação de justiça social com democracia fortalecida, hoje sucumbe a um moralismo jurídico rastaquera, cujo telos é o retrocesso societário, seletividade contra inimigos e o reforço do modelo de concentração de renda. Harvard, Columbia e Heidelberg, abram o olho: estão usando ilicitamente o seu internacionalmente reconhecido selo de excelência para legitimar perseguições típicas de um estado ditatorial; ninguém conhece melhor do que vocês os riscos de uma regressão, encoberta em verniz jurídico e com a apar?ncia de aplicação imparcial na norma.
    Você já viu algo como um movimento de defensores do Moro e, ao mesmo tempo, críticos do Bolsonaro? Claro que não! Jogam cada vez mais no mesmo time tietes de um e adeptos de outro; estes dias testemunhei uma figura prototípica defendendo o retorno de elevador de serviço, para separar as “pessoas de bem” da ralé. Para esta gente, inclusão, igualdade racial e de gênero, tolerância religiosa e elevação da dignidade dos mais desfavorecidos foram longe demais!

  13. A decisão do STF sobre a prisão em segunda instância pode sim , —e isso é certo que ocorrerá—, levar à soltura de milhares de presos em todos os estados . De acordo com o Conselho Nacional de Justiça, o número de presos provisórios — que ainda não foram julgados em última instância — chega a 22 mil .
    Quando se fala em prisão em segunda instância, logo vem ao pensamento dos brasileiros , o ex-presidente Lula , mas, na verdade tal medida beneficiará condenados por homicídio, tráfico e porte de drogas, estelionato, estupros, entre outros. Se o STF decidir revogar o entendimento , esses detentos ganham o direito a aguardar o processo em liberdade. Note-se que os presos com sentenças de 2ª instância são +- 3% do universo dos presidiários. O que discutimos no Caso Lula, foi que a petição não se baseava neste preceito, mas na presunção de inocência que, nesse caso, são mais de 650 mil presos, os quais, vamos repetir, poderiam se beneficiar, desde que, claro, tivessem advogados para tal pleito. Essa multidão não foi julgada em 2ª instância e, portanto, pela CF de 1988 a prisão é INCONSTITUCIONAL. É com essa base que Gilmar Mendes solta todo mundo, e ele está, juridicamente correto. Deu para entender Sr.Kotscho?

  14. Muito do q vemos acontecer com o lula hj devemos ao advogado zanin e sua tática de enfrentamento aos procuradores e juízes, de convocar 349 testemunhas q nada tem haver com o processo, somente para postergar o julgamento, os senadores petistas tem grande parte de culpa tbm ao usar as mídias para ofender o judiciário,assim irritando toda uma classe e usando de mentiras, como quando a gleise falou q a Carmén Lúcia comprou a casa em Brasília de um investigado da lava-jato, insinuando q ela fazia parte do esquema. lula escolheu seus defensores e estes hj recebem os parabéns dos coxinhas.

  15. Triste mesmo é ver um povo acreditar que merece ser colonizado, ter suas riquezas naturais exploradas por potências decadentes, que mal se aguentam em pé mas seguem subjugando países emergentes com a ajuda de uma casta de ignorantes arrogantes. Pessoas que se orgulham de ter seus pares torturados e mortos – por tiros, como Marielle – ou por falta de vacinas, ou ainda de fome… em nome de um conservadorismo que nem nos pertence. Em nome de que tradições age esta justiça seletiva, de valores alheios que nos tem sido impostos por séculos? Acordem, queridxs, que esta história e as supostas glorias de que se gabam nem de longe são nossas… e disso sim deveríamos nos orgulhar!
    Abraços

    1. É triste mesmo. Mas, o desastre são as alternativas possíveis; os sistemas de governo da esquerda ,os quais jogaram milhões na miséria e mataram mais de 150 milhões de inocentes. Carrasco por carrasco, fico com esse mesmo. Vá para Roraima e veja no de seu sonho.

  16. Por falar em filhos milionários, podemos ver a filha de um peixe serra ou quem sabe o filho bastardo de um PHD em demagogia. Não vamos esquecer de senadores e presidentes golpistas com malas de dinheiro vivo. E pasmem, não foi um delator que disse, mas filmado e gravado.
    Acreditem, na hora de apertar o botãozinho do destino nos próximos quadros anos, a mão direita ou esquerda votará no representante de Lula.

  17. A esquerda cada vez mais asquerosa , depois de 23 comentários os vermelhos ou batem na mesma tecla da não condenação da outra esquerda (PSDB,PMDB …) por parte do STF cujos quadros foram mobiliados na imensa maioria pela primeira esquerda,ou liberam a síndrome do pombo no tabuleiro de xadrez.

    No mundo inteiro a esquerda é respeitada pela sua postura humanitária e pela inteligência,aqui não,emprestam dinheiro para ditaduras , se apropriam de recursos públicos ,defendem condenados e mais uma série de espetáculos grotescos . Vcs não são de esquerda , nem entendimento político possuem.

  18. VOTO CONSCIENTE:Para o eleitor do PT está muito fácil,mesmo porque LULA não vai dar tiro no pÉ,como fazem os candidatos da direiita,que não tem votos.vamos de plano B,pois ja sabemos que este JUDICIÁRIO nada fará,pois é NEOLIBERAL e vai contin uar protegendo os partidos de sua base.

  19. Mestre, anda dura a vida dos esperneantes golpistas que sentem o cheiro de queimado no ar, com uns, os informados golpistas cínicos, sabendo tratar-se do começo do fim da farsa lavajateira.
    Nesse grupo, temos no Balaio o ‘contumaz’ que não emenda-se. Despido e deixado peladão no post anterior, tenta agora consertar a ameaça de possível soltura de mais de 700 mil presos, reduzindo-a para 22 mil, e iludir quanto a falácia do ‘poderia soltar’ com um condicional ‘se’, mesmo sabendo que não pode-se mais, em sentenças transitadas em julgado.
    Agita então estarem entre os agora 22 mil ‘passíveis’ de serem soltos, homicidas, traficantes, estelionatários e estupradores, ‘esquecendo’ que entre as condições previstas para serem provisoriamente presos e assim mantidos, constam, “quando há indícios concretos de que o acusado voltaria a cometer crimes, de modo que a prisão se justificaria pela ‘garantia da ordem pública’ e pelo risco concreto de fuga.”
    Passando o traço, o ora ‘ilusionista’ tenta: “Essa multidão não foi julgada em 2ª instância e, portanto, pela CF de 1988 a prisão é INCONSTITUCIONAL.” Balela, pelo jeito não ‘aprendeu’ que prende-se constitucionalmente em processos com trânsito em julgado, pouco importando a instância.

    1. O pessoal tá confundindo trânsito em julgado com coisa julgada. ‘Crê’ que a análise do juízo a quo pela condenação prevalecerá e, portanto, ‘enquanto se espera por um desfecho já esperado’, mantem-se uma pessoa presa ‘provisoriamente’”.

  20. Mestre, como comentado antes com ‘uns’, agora com outros esperneantes golpistas, a vida anda dura para os ‘desinformados replicantes’, que sentem o cheiro de queimado no ar, mas pensam ser cheiro de churrasco para assistir a Copa.
    A chusma desses no Balaio, desinformada em saber tudo, não atentam que à falta de provas minimas, dada a necessidade de cumprir-se com o roteiro da operação lavajateira de eliminá-lo do cenário político brasileiro, sentenciou-se Lula por “ato de ofício indeterminado” e “atribuição de bem por construtora”, que se por um lado permitiu a farsa condena-lo, por outro não convenceu e continua não convencendo, pelo contrário, os especialistas do direito e o povo brasileiro. Basta observar o declínio dessa gente do bem e o prestigio ascendente de Lula.
    E justamente por isso, essa tão vastamente bem ‘informada’ gente do bem, que sabe em detalhes e aqui comenta sobre as fortunas amealhadas não apenas por Lula, como também pelos familiares, deveriam procurar os ‘mocinhos’ em Curitiba e informar-lhes todos esses preciosos detalhes sobre a vida bandida do ‘Chefão Nove Dedos’, antes que o ‘mocinho’ tenha que sair às pressas da farsa, em busca da proteção do patrocinador.

  21. Vc não entendeu nada, nada nada e é inútil tentar fazê-lo entender. Mas ,insisto; 22 mil que já foram condenados em 2ª instância e já com defesas protocoladas, sendo que há outros 115 mil, já condenados mas sem apelar. Os demais 700 mil são os ”fora do mundo” e que, aí sim, entenda ,pelo amor de Deus, se for acatada a liberdade com base no Inciso LVII do Art. 5º ,também gozam desse direito e, conforme disse, poderiam ser soltos. Por que não? Os óbices citados por você são de responsabilidade do juízo do caso, mas não podem sustentar uma prisão indefinidamente , uma vez que os riscos são da natureza do sistema. Os ministros Gilmar Mendes e Marco Aurélio não levam em conta qualquer cautela, mandam soltar. A prisão em 2ª instância, aliás, é um entendimento recente do STF e poderá ser revista assim que o Toffoli assumir a presidência. O trânsito em julgado só é a decisão do STF. Informe-se mais antes de ofender o interlocutor. É necessário, portanto, uma completa despetização cegante.

  22. Permita-me lembrar ainda Sr. Kotscho que, segundo o Art. 6º da CF de 88 Art. ”São direitos sociais a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o transporte, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados. Entendeu? Interpreto, pois, que, pela lei, no Brasil todos têm direito a tudo , e de graça! É por isso que digo sempre que a Constituição de 1988 revogou até a lei de Deus. A deputada Luiza Erundina ainda reforçou o artigo propondo e conseguindo votar uma emenda reforçando a gratuidade do transporte público.
    Emenda Constitucional nº 90, de 2015.

  23. Mestre, o problema do ‘ilusionista’, a cada ilusão revelada, é continuar ‘iludindo’, iludindo-se, até ser revelado e peladão não poder esconder o truque no bolso.
    Passando o traço em mais essa tentativa em ‘iludir’, devidamente explicitada, atentemos ao que diz o citado artigo 5º, inciso LVII, da Constituição de 88: “Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes: (…) LVII – ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória; …”
    Aí o contumaz ‘ilusionista’ tenta confundir com, “O trânsito em julgado só é a decisão do STF”, sem informar ser caso apenas dos 22 mil que recorreram após condenação em segunda instância, observadas restrições já apontadas.
    Espetáculo triste vê-lo novamente exposto e, pior, tentando safar-se com o velho truque de ofendido, ignorando a ofensa de fato, a sua, a ‘cínica’, a tentar iludir e manter desinformados, incautos.

  24. Kotscho: incrível como existem pessoas vendidas neste país defendendo o indefensável, que são as decisões desse arremedo de “justiça” para nazista ver. Um tal de Maurício Teixeira desfila as mesmas toscas acusações ao Lula dos inquisidores da República de Curitiba, sem se dar ao trabalho de verificar se elas procedem ou não, como foi o caso da farsa das “provas” em relação ao tal Triplex do Guarujá, notoriamente falsas como mostraram as fotos dos militantes que entraram naquele imóvel. Mas tudo isso tem uma lógica perversa, que é a de usar o judiciário a favor dos objetivos da quadrilha golpista e assim afastar toda e qualquer possibilidade deste país ser minimamente justo. A desfaçatez da condenação de Lula e outros membros do PT, contrasta grotescamente com a blindagem aos cúmplices de Temer & Cia, alegremente instalados em seus postos de poder para aniquilarem a possibilidade do Brasil ser civilizado socialmente. Lugar de chorar é na cama, segundo o missiva golpista e o dia que toda esta situação for superada, haja cama para os canalhas que compactuaram e defenderam todas essas arbitrariedades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *