Excelências gastam R$ 13,3 milhões para não apertar botão de elevador

Excelências gastam R$ 13,3 milhões para não apertar botão de elevador

Numa época em que proliferam os elevadores inteligentes por toda parte e os já antigos automáticos cumprem muito bem sua função de transporte de passageiros, as excelências da Câmara dos Deputados gastam uma fortuna para não ter o trabalho de apertar o botão.

Reportagem de Bruno Góes, publicada no portal do Globo desta sexta-feira, revela que,para maior conforto dos nossos deputados, a Câmara gastou nada menos do que R$ 13,3 milhões para pagar o serviço de ascensoristas nos últimos cinco anos.

Além do batalhão de 50 ascensoristas o serviço conta também com oito “telefonistas de fluxo” e sete recepcionistas para controlar as chamadas de elevadores privativos dos nobres parlamentares que não podem se misturar com seus eleitores.

O último aditivo do contrato de 2014 prevê mais R$ 656 mil e uma nova licitação já foi aberta no valor de R$ 4,3 milhões por um ano de prestação de serviços.

Como o dinheiro não é deles, esta prosaica mordomia será mantida até se transformar numa relíquia do desperdício bem na época em que só se fala em corte de gastos em educação e saúde,

Pode parecer uma bobagem, um troco de pinga diante do custo total dos bilhões gastos todo ano com nossos 513 deputados e seus milhares de funcionários, para trabalhar três dias por semana, quando não estão em recesso ou em períodos de festas e campanha eleitoral.

Deve ser o maior custo per capita do mundo do transporte de passageiros em elevadores, mas ninguém vai ver deputado se dar ao trabalho de apertar um botão com seus delicados dedinhos.

Para que tudo funcione a contento, foi criada rígida hierarquia dos funcionários e uma mesa de controle, como nas torres dos aeroportos, para atender com presteza às chamadas das excelências.

Exige-se para admissão um tratamento com “urbanidade e polidez” no atendimento aos pais da pátria tão espezinhada por grandes e pequenos achaques na grande corte de Brasília.

E vida que segue.

 

19 comentários em “Excelências gastam R$ 13,3 milhões para não apertar botão de elevador

  1. E tem mais Sr. Kotscho. Os ministros do STF têm, desde julho de 2017, sala especial de embarque no aeroporto de Brasília.
    A nova sala, no Terminal 2, que fica a dois quilômetros do terminal usado por passageiros de voos comerciais, permite que os ministros aguardem pelo embarque em espaço reservado. Eles são levados de van até o local onde está o avião da companhia área. O embarque é feito por escada lateral no finger.* Neste caso, o ministro não precisa mais percorrer os corredores por onde passam os demais passageiros, nem aguardar pela chamada para embarque no saguão em frente ao portão onde está a aeronave.
    A medida é por “segurança”, diz a Corte.O espaço, tem um custo anual de R$ 374,6 mil por ano ou 31.216.16 p/mês .
    *Finger, para quem não sabe, é aquele túnel que leva para dentro do avião, mas só é usado mortais do Planeta Terra.

    Fonte: O Globo 8-6- 2018.

  2. O mundo é grande e terrível, ao mesmo tempo maravilhoso. Em verdade não é o mundo, ou a carne, que são corruptos. Sobretudo, é a vontade do homem que se despedaça entre Deus e ele próprio. Até na divisão do conhecimento é preciso existir a partilha de uma caridade comum.
    Estamos vivendo num mundo novo, mas não o sabemos a todo o momento se idéias profundas se fermentam na massa humana que mesmo assim não consegue desfazer toda a sua fragilidade, pois o mesmo está sujeito a tensões gigantescas: políticas, econômicas e mecânicas. A questão é conseguir ver além da disparidade que existe entre a eficiência de uma operação financeira e a dúvida que paira sobre tantas obras de salvação das almas humanas. Sempre aprendemos coisas novas com gente nova ou bastante experiente até que a lógica especulativa se ajuste á lógica da descoberta… O saber não se contradiz. Desenvolve-se em planos sucessivos, de forma que tudo o que, de princípio, vemos como símbolo, possa expandir-se em outro plano, para a realidade que, aos nossos olhos de estrangeiros, é diferente. Para viver plenamente e com o mundo jamais separado tem que existir cooperação entre os homens no mundo em que vive.
    Vamo-nos confortar do mistério de um Universo ordenado, não pode ser senão humilde. Já que não se pode ser senão verdadeiro, mesmo sabendo que isso só acontece á custa de certos riscos.
    Somos muitos temperamentos e muitos espíritos, mas seguimos todos os mesmo caminhos, pois, precisamos muito de uma caridade comum…
    Não se trata de discernir o homem superior e o subalterno, nem do homem brusco e decidido, mas um homem com Espírito arrumado e um sólido coração. O importante é a direção que a alma toma que sempre depara com barreiras que é forçada a atravessar. Recuar é suicidar. Sem Deus nada somos.
    Esperança, caridade e amor não os podem faltar: essas são as simples bondades. Tudo isso pode ser um passo na direção do Criador.

  3. Como é, depois de ter escrito um clássico da reportagem, “Assim Vivem os Super funcionários”, na época da ditadura, se deparar com uma coisas dessas, Kotscho?
    Abraços. Te admiro.

  4. De fato é uma verba desnecessária.Por falar em membros dessa “elite”que subjuga de certa forma o povo brasileiro -Não fiquei surpreso com a declaração da senadora Geici Hoffman,no plenário do Congresso: ” O que é 6 bilhões de prejuízo na Petrobrás().Uma empresa que fatura 500.000.000.000 de reais por ano!”.Esses 6 bilhões de reais corresponde ao assalto aos cofres da empresa!!!.Precisa dizer mais().

  5. Como fazia o Severino no contrato do restaurante, podes crer que neste contrato não está isento da caixinha eleição de 10% do valor do contrato. Faz parte da regra do jogo.

  6. Bom, minha relacao com este espaco acaba aqui. Vim com muitos nomes e me vou s’o. O Brasil nao deu certo e nunca dar’a. Terrivel conclusao, but ces’t la vie. De um Starbucks perdido no fim do mundo digo adeus a voc^e Kotscho e aos balaieiros. Aproveitem o resto dos seu dias.

  7. Bem R.Kotscho -A respeito da mensagem que eu postei – Corresponde a septuagésima sessão não deliberativa.Publicada no youtube,sob o título:GLEISI HOFFMANN ENLOUQUECEU DE VEZ!SENADORA PETISTA DIZ QUE O PT ROUBOU ” SÓ 6 BILHÕES”.Autor da publicação:Deputado Federal;delegado Francischini.No dia 2 de Junho 2018.Pela sua vasta experiência como jornalista pode deduzir se é FAKE ou não.Grato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *