Lima Barreto nunca foi tão falado e tão atual

Lima Barreto nunca foi tão falado e tão atual

O escritor Lima Barreto

O que é preciso, portanto, é que cada qual respeite a opinião de qualquer, para que desse choque surja o esclarecimento do nosso destino, para própria felicidade da espécie humana (Lima Barreto).

***

Está na moda Afonso Henriques de Lima Barreto (1881-1922), polêmico escritor e jornalista, preto e pobre, morador de subúrbio, que sempre deu murro em ponta de faca e remou contra a maré.

Autor de 17 livros em apenas 41 anos de vida, só se fala dele nos cadernos de cultura dos jornais e portais.

Estrela principal da 15ª Flip, a Festa Literária Internacional de Paraty aberta na noite desta quarta feira, na Igreja Matriz, ele anteviu a grande tragédia carioca.

Lima Barreto nunca foi tão falado e tão atual.

Vejam só este trecho da crônica “15 de Novembro” que ele publicou em 1921:

“Escrevo esta no dia seguinte ao do aniversário da Proclamação da República. Não fui à cidade e deixei-me ficar pelos arredores da casa em que moro, num subúrbio distante (…).

Saí pelas ruas do meu subúrbio longínquo a ler as folhas diárias. Lia-as conforme o gosto antigo e roceiro, numa  venda de que minha família é freguesa.

Quase todas elas estavam cheias de artigos e tópicos tratando das candidaturas presidenciais. Afora o capítulo descomposturas, o mais importante era o de falsidade.

Não se discutia uma questão econômica ou política, mas um título do Código Penal.

Pois é possível que, para que o chefe de uma nação, o mais importante objeto de discussão seja esse?.

Voltei melancolicamente para almoçar, em casa, pensando, cá com meus botões, como devia qualificar perfeitamente a República”.

Melancolicamente, preparando o nosso almoço enquanto escrevo e leio Lima Barreto, me pergunto o que ele diria hoje da nossa República, em que metade do Congresso e algumas das principais lideranças políticas do país sub-judice?

O candidato que mais cresce nas pesquisas presidenciais de 2018 chama-se Jair Bolsonaro, um ex-capitão do Exército que elogia torturadores e prega a volta da ditadura militar.

“Triste Visionário” é o perfeito título da biografia de Lima Barreto que a historiadora branca Lilian Schwarcz lançou na palestra da festa de abertura da Flip, ao lado do ator negro Lázaro Ramos, autor de “Na Minha Pele”, sobre o racismo no Brasil.

Visionário e premonitório sobre os destinos da República, Lima Barreto só não poderia imaginar que, quase um século depois, o Brasil corresse o risco de cair nas mãos de um Bolsonaro.

Só o fato de que hoje alguém com esse perfil possa ser um candidato competitivo é assustador.

Falta um Lima Barreto para contar o que está acontecendo no Brasil de 2017.

Vida que segue.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

25 thoughts on “Lima Barreto nunca foi tão falado e tão atual

  1. E quem defende o regime Cubano e o Bolivarianismo que tem destruído a Venezuela? Esses aí são o quê? Guerreiros do Povo Brasileiro???

  2. Não há luz no fim do Túnel e quando pensamos que chegamos ao fundo do poço, o poço não tem fundo. Lima Barreto, grande escritor.

  3. Lima Barreto, na sua visão crítica da velha república, tinha lembranças saudosistas da monarquia, e da abolição da escravatura; apesar de ter morrido muito novo, 41 anos, desgastado pelo vício do alcoolismo-, é um sustentáculo da literatura brasileira; pois, talvez usasse da literatura como meios de uma possível intervenção na sociedade. Em tempos atuais, caso venha assumir a presidência da república, Jair Bolsonaro, visto com maus olhos pelos petistas – será acima de tudo um democrata – mesmo porque a maioria da juventude o apoia. O brasileiro precisa aprender, meu caro, é somente trabalhar em equipe. Como exemplo: nas cidades do interior verifica-se a dificuldade que se tem de formar até uma simples cooperativa. O povo, em qualquer área, não sabe trabalhar em Equipe. Qualquer passo que for dado de mudança necessária neste país, tem que passar primeiro pela reforma política. Mudança não do Código Penal, como dito pelo Blogueiro, mas do CPP, em discussão no Congresso que têm como único objetivo travar as investigações da Lavajato. Na velha república, realmente, não se discutia questões políticas ou econômicas. Faltava mais Lima Barreto no país; e aqui, hoje, é o que falta no espaço do Kotscho. Vida que segue.

  4. Sortudo esse Lima Barreto, não teve de conviver com um criminoso no “pudê”. O que versaria ele sobre um traidor na República e seu desgoverno de menos de 5% de aprovação popular, conforme pesquisas hoje divulgadas? Lima Barreto só conheceu a panela de barro e de ferro. Hoje, temos um impichado governo de barro com medo das grades de ferro de nossas prisões. Para o povo, restou a esperança de papel. Esse Meireles está fazendo o quer, precisa cair, mas economia está tão fraca, que ninguém tem dinheiro pra comprar panela e criar patos. Socorro, Rkotscho!

  5. Nao passam de 5% que atualmente apoiam o golpista. Nenhuma legenda quer bolsonaro, esse sujeito exotico lembra Eneas, que capitalizou o voto dos descontentes “com tudo o que esta ai”, ja os coxinhas preferem o joao trabalhador.

  6. Amigo kotcho,nós já conhecemos o final desta irresponsabilidade republicana,triste fim desta hipocresia,daqueles que assolaparam os cofres públicos e não honraram os votos à eles depositados,assim é vida que não seque,estão brincando com a Democracia,não sabem nada de Democracia,só pensam em si,se a justiça lá no Brasil fosse de verdade e séria,”a compre de votos dos deputados e demais,feita com o dinheiro público para não impedir o denunciado,por si só já caracteriza obstrução à lei” vida que não seque meu caro Kotcho, a crise pior de um governo, de um povo que joga lixo nas urnas, é a crise moral, não temos mais ninguém que nos represente politicamente, estão todos dentro do mesmo balaio, infelizmente.
    Forte Abraço, que a luz clarei a sua mente, sempre!

  7. …e o que diria hoje o Lima Barreto, ao ler a página de comentários do seu Balaio, onde pessoas com nível de escolaridade acima da média, acreditam que um reles Bolsonaro, possa trazer tranquilidade ao nosso país….afinal, que algum responda, como o Bolsonaro enfrentaria esta nossa crise política e econômica ???Na Bala ???

  8. Ricardo, esta é boa: Corre nas redes sociais a seguinte mensagem: ” Atenção senhores e senhoras funcionários federais defensores do neoliberalismo tucano, não sejam hipocritas, foi aprovado o plano de demissão voluntária, aproveitem esta oportunidade e venham empreender no mercado salvador. Os espíritos da meritocracia, estarão com voces.Coragem senhoras e senhores defensores do neoliberalismo, não sejam tímidos !!!”. Eu acrescentaria: não façam como o Meirelles, que quer que todos acreditem no Brasil, mas ele mesmo não trás para cá o seu dinheiro, que, por sinal ganhou aqui.

    1. Em 1990, depois de 15 anos de serviço em um banco oficial, com garantia de aposentadoria integral e tudo mais, pedi demissão (sem direito a sacar fundo de garantia e seguro desemprego ) e parti para o empreendedorismo. Sou muito grato ao emprego que tive, mas não me arrependo jamais da decisão que tive. Continuo, ainda hoje, depois de 47 anos de trabalho tocando meus negocios e administrando minha vida, sem o escudo de um emprego estável. Coragem senhores.

  9. Na esteira do comentário e citação de Kotscho, não poderia deixar de registrar a passagem do capítulo V, intitulado ‘O trovador’, no clássico de Lima Barreto, do livro ‘O triste fim de Policarpo Quaresma’, que até já foi levado às telas do cinema nacional. Segue o trecho, entre aspas: “Os militares estavam contentes, especialmente os pequenos, os alferes, os tenentes e os capitães. Para a maioria a satisfação vinha da convicção de que iam estender a sua autoridade sobre o pelotão e a companhia, a todo esse rebanho de civis; mas, em outros muitos havia sentimento mais puro, desinteresse e sinceridade. Eram os adeptos desse nefasto e hipócrita positivismo, um pedantismo tirânico, limitado e estreito, que justificava todas as violências, todos os assassínios, todas as ferocidades em nome da manutenção da ordem, condição necessária, lá diz ele, ao progresso..”. Vida que se repete!

  10. Palavras felizes de RKotscho: “Visionário e premonitório sobre os destinos da República, Lima Barreto só não poderia imaginar que, quase um século depois, o Brasil corresse o risco de cair nas mãos de um Bolsonaro……. Só o fato de que hoje alguém com esse perfil possa ser um candidato competitivo é assustador…….. Falta um Lima Barreto para contar o que está acontecendo no Brasil de 2017″………….. SE me permite, acrescento: enfrentou todo tipo de preconceito. Aleluia, o escritor conheceu e usufruiu de uma felicidade invejável: NÃO TEVE DE RESPIRAR O MESMO AR DE BOLSONARO.

  11. Lima Barreto não viu o impichado Temer negociar bilhões em duas semanas para comprar votos. Mesmo assim, no século passado o grande escritor denunciou: “O Brasil não tem povo, tem público”. O que será que ele quis dizer com isso? Calma, calma, a pergunta é dos desencantados paneleiros e patos facilmente infláveis pelos poderosos dominantes.

  12. Caro Kotscho, lendo alguns comentários. Vejo que o mandatário acertou na mosca! Muitos dos que pedirão demissão voluntária tem muito dinheiro guardado lá fora; e nem precisam, viver num país comandado muitas das vezes por larápios – vagabundos – cf apuração da Lavajato; pois quando estiveram no poder, se enriqueceram às custas dos cofres públicos, não poupando aos escândalos nem suas famílias, políticos e empresários deixaram a maioria dos brasileiros só a ver navios. Muitos funcionários do serviço público, repito, que podem pedir a demissão voluntária, recebem altos salários sem fazer nada; já acumularam muito dinheiro lá fora. Estão com a vida feita. Certamente, estão pensando num futuro mais promissor pros seus filhos – vivendo num país sem corrupção. Países que tiveram como base a Educação, são ambientes de Paz. Se tem algum comentarista invejoso, aqui, que só sabe escrever besteiras se preocupando demasiadamente com a vida alheia, deveria cuidar melhor de sua vida. Porque da nossa voda – já tem Deus pra cuidar. E se tá atormentado com as derrotas do passado, deveria levantar a cabeça e reconhecer onde foi o(s) erro(s). Seguir em frente. Fazer as pazes com os seus adversários, enviar aos mesmos somente pensamentos de simpatia e amor; pois, somente assim, viverá feliz e sorridente. Como eu vivo!

  13. Lima Barreto sobre o céu: ” Como é belo o céu! Lá não haverá por certo, ministros, nem congresso, nem presidente. Que bom será! Hmm… Caro jornalista Ricardo Kotscho, se LIma Barreto conhecesse Temer, Aécio, Meireles, PSDB, PMDB e DEM, certamente escreveria hoje, que o céu é infinitamente melhor do que pensara no século passado. Que pena que a população precisa de uma louvável FLIP para conhecer Lima Barreto. Nossas escolas esqueceram que a leitura é a alma do ensino. Os professores de hoje “sabem” ler? Por isso Ziraldo espetou a educação formal: “Quem lê não precisa de escola”. Felicíssimo este Post. Em tudo, educativo, oportuno e contextual.

  14. Caro Kotscho, diáriamente me deleito com seus brilhantes textos e também aguardo com ansiedade os comentários dos que o leem. Vejo brilhantes comentários de ambas as tendências que infelizmente foram implantadas no Brasil: as que pensam e acreditam em políticos sérios e confiáveis e as que vivem em sonhos, devaneios e ódio injustificado contra tudo que vai contra seus vagos conhecimentos. É absurdo ler que vários comentários são críticas desesperadas e gratuitas contra o PT e Lula. Temer destroçando o pais e imbecis defendendo-o. Impostos aumentados para comprar votos em sua defesa. Isso pode! É visível e claro que o sujeito que se manifestou nem leu e muito menos compreendeu o texto, mas tem que criticar. Basta ler o que escreveu Rodrigo Espósito, André Garcia e outros que com certeza não tem o mais vago conhecimento do que acontece no Brasil. Triste fim para quem pensa e sonha com um Brasil melhor. Vida que segue cada dia pior.

  15. A subida do Bolsonaro nas pesquisas é sintomática. Hoje existe um sentimento de decepção muito grande com a chamada “esquerda” brasileira que se revelou exatamente igual aos representantes da “velha política”. Usaram os mesmos expedientes dos velhos caciques e coronéis que infestam o Brasil desde o descobrimento. Nada mudou. A chamada “esquerda” (????) esteve no poder por mais de 13 anos e o seu legado é um país “quebrado”, 13,5 milhões de desempregados, instituições totalmente contaminadas pela corrupção. Num quadro como esse é natural que um candidato de “direita” que até então não teve seu nome envolvido em qualquer falcatrua, suba nas pesquisas. Muito mais preocupante do que a subida do Bolsonaro é o Lula, envolvido num mar de corrupção, liderar tais pesquisas. Ou seja, o povo brasileiro está tendo e vai ter exatamente o que merece pelo seu voto.

  16. O chamamento do Post alude a “LIMA BARRETO NUNCA FOI TÃO FALADO E TÃO ATUAL”. Também pudera, há 100 anos o escritor, previu a farra de dólares, a compra de políticos, a traição e muito mais. Existe prova para o que estou “falando”? Existe, leia a seguinte frase de sua lavra: “A BRUTALIDADE DO DINHEIRO ASFIXIA E EMBRUTECE AS INSTELIGÊNCIAS”. Morreu aos 41 anos e, felizmente, não viveu para conviver com um político criminoso na Presidência da República. Essa sina é da republiqueta desfederativa e antidemocrática, apoiada pelo PSDB e PMDB. Se FHC fosse da estirpe de Lima Barreto, não estaria de olhos vendados e caladinho. Quem diria, hein Alckmin? Sabe o que eu penso? O PSDB e asseclas vão ressuscitar para Temer, após 2018, aquela aposentadoria de 500 mil mensais e durante 20 anos. Eu disse após 2018. Primeiro, Temer terá de cumprir o acordado com o Golpe. Alckmin quebrou São Paulo, mas não quebrará o Brasil. A Pátria sem povo já está quebrada. O “presidente” Meireles vetou reajuste até para os velhinhos aposentados. Avise aí seu parente aposentado, que em janeiro de 2018, nenhum centavo de reajuste do INSS.. Vai aumentar o lucro das funerárias. Viva Lima Barreto!

  17. Ricardo…tô com um treco grudado na cabeça que não sai nem com reza. É o seguinte: o Meireles diz que o crescimento virá com os investimentos, agora, quem vai acreditar nele se nem mesmo ele investe na economia que comanda ??? Algum direitoso poderia me esclarecer esta parada ???

    1. Investir não é um ato voluntarioso. É ,antes de tudo, a possibilidade circunstancial de assegurar o patrimônio e, se possível, sobre ele auferir algum lucro, ou remuneração, como se diz em economia. Há um termômetro fiel, que é a queda do dólar e a subida da bolsa de valores, que são indicadores que os investidores estão apostando em lucros. Em julho de 2002 o dólar batia em 4 reais com a possibilidade da vitória de Lula. Bastou, no entanto, aquela carta compromisso assinada por Lula para que a moeda americana recuasse, em uma semana, mais de 15%. Mas os petistas radicais insistiam que aquela promessa era ”apenas” uma farsa para atrair os ”direitosos”. Não era. Eleito, a primeira visita internacional de Lula foi ao EUA e ao ex-presidente Busch ,de onde, de lá ele saiu com o nome do Meierelles para o BC e um ex-trotiksta convertido para a Fazenda, o PALOCCI, ambos por sugestão da então Secretária de Estado, Condoleza Ricce. Condolezza provou que Lula, podia ser o que fosse, mas não tinha tomado sangue de cachorro doido ainda. Os investimentos e a estabilidade da economia a partir do 2º semestre de 2003 é a prova viva do que escrevi aqui.
      A revista VEJA no final de 2003 dá uma capa da visita de Lula ao ex-presidente Busch, onde este aparece como o Imperador Romano Julio Cesar ,tal o seu poder de influir no governo Lula.

    2. Até a definição do que acontecerá em 2018 ninguém vai colocar seu patrimônio em risco. Vai que o Lula seja eleito. Prefiro deixar meu $$$ aplicado.

    3. …a direitalha não vale nada mesmo, kkk, se era por medo do LULA então já deveriam ter voltado, eu acho que não voltam por medo que esta “coisa” que esta aí permaneça mais tempo.Acordem coxinhas, acordem, para o estabelecimento financeiro internacional, a nossa elite se contenta em ser capachos deles, e, para eles, o Brasil deve ser apenas fornecedor de produtos inacabados, matéria prima, para que eles os processem industrialmente, e vendam para o resto do mundo inclusive para nós, e por isto investem em suas matrizes e não aqui …é isto seus bestas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *