Notícias do dia: não dá para ver fundo do poço

Notícias do dia: não dá para ver fundo do poço

Sexta-feira, 31 de março de 2017.

Falaram tanto que tínhamos chegado ao fundo do poço e as coisas estavam começando a melhorar, mas os fatos, infelizmente, provam exatamente o contrário.

Basta dar uma olhada no noticiário deste dia de trágicas lembranças de 53 anos atrás, quando comecei na profissão, e até hoje não conseguimos apagar, como um fantasma sempre voltando a rondar nosso futuro.

Antes do meio dia, o panorama era o seguinte:

* Desemprego volta a crescer, já atinge 13,5 milhões de brasileiros e bate recorde histórico.

* PIB cai 0,26% em janeiro e acumula queda de 3,99% em um ano.

* Rejeição ao governo de Michel Temer sobe para 55%, segundo o Ibope, a mais alta desde a sua posse. Não confiam em Temer 79% dos entrevistados. Para 41%, o governo dele é pior do que o de Dilma; só 18% o acham melhor.

* Ministro do Planejamento não descarta aumento de impostos este ano.

* Preços dos remédios sobem até 4,67% a partir de hoje.

* Protestos contra a reforma da Previdência acontecem em seis Estados no Dia Nacional de Mobilização e Greve organizado pelas centrais sindicais.

* Condenado a 15 anos de prisão, Eduardo Cunha ameaça detonar a caixa preta do PMDB.

* Está para ser divulgada a qualquer momento pelo ministro Edson Fachin a nova Lista do Janot com a quebra do sigilo da “delação do fim do mundo” dos executivos da Odebrecht.

* Renan Calheiros recusa agrados do governo e vira o novo líder da oposição.

* Sergio Cabral negocia delação premiada.

Ao se ligar os fatos, num rápido balanço das notícias do dia que encontrei ao voltar do dentista, o conjunto da obra é assustador. Não há tanques à vista neste 31 de março, mas nuvens negras se acumulam no horizonte, apesar de todas as previsões e propagandas em contrário.

Para quem gosta, como é o meu caso, a única boa notícia é que o Roberto Carlos vai lançar novo disco na semana que vem.

E por mais que a gente procure, lamento dizer, ainda não dá para ver o fundo do poço

Vida que segue.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

16 thoughts on “Notícias do dia: não dá para ver fundo do poço

  1. Caro Kotscho, também gosto muito do Roberto Carlos (minha esposa muito mais ainda) e fiquei sabendo desta boa notícia através de você.
    Considero também fato relevante, as notícias (inclusive em sites alinhados com a esquerda), que Renan Calheiros estaria em avançadas tratativas de junção com Lula.
    Que acha da ideia da reconciliação, entre traídos e traidores? Golpistas e golpeados?
    Só uma dúvida, os petistas retirarão todas queixas que tem contra o partido traidor?

  2. Rkotscho é um otimista, sabe por quê? O jornalista quer ver logo o fundo do poço. Leitor amigo, quando se está no fundo do poço, basta um pequeno passo em qualquer direção… e estarás SUBINDO. Mas, com Temer e esse Congresso, o fundo do poço parece longe. O otimista Diretor do Blog quer ver esses quase 14 milhões de desempregados chegando em casa com carteira assinada. Outro dia, ele escreveu que “Há males que vem pra pior””. Eu cheguei a duvidar, pensando que ele estava exagerando. Não queimei a língua, mas o pensamento ardeu em chamas, depois de ler estes dez contadinhos fatos aí do Post de hoje. Infelizmente, não dá mesmo par ver o fundo do poço e o traidor Temer ainda tem 21 meses de governo. E não há esperança? O Kotscho é um otimista, mas governar direto do fundo do poço, onde a lama cresce e fede a cada segundo… só mesmo sendo otimista. Quem sabe daqui a um ano, o povão começa a enxergar a cadeira presidencial lá no fundinho e nascem novas esperanças.

    1. Prof. Wagner,
      sempre acho que há esperança, ou pararia de escrever. Basta confiar mais em nós mesmos, sem esperar nada dos governos.
      Abraços,
      Ricardo Kotscho

  3. Não dá para ver o fundo, Mestre, porque com esse bando da incompetência e do patrimonialismo de estado no poder, até fundo de poço não resiste. Deixaram-no para trás e seguem na marcha dos insensatos, céleres pelo pós-poço, rumo ao caos social onde não restará pedra sobre pedra, quanto mais fundo de poço. Para que isso não aconteça é necessário o que restou de cidadãos conscientes no país, irem democraticamente às ruas para restaurar a democracia, acabando com essa suruba midiática, judiciária e política, que a golpeou e atropela a constituição e a cidadania, dia sim, o outro também, desde outubro de 2014, o quanto antes. Por isso, hoje, ao final da tarde, é dia de todo cidadão paulistano consciente ir a Paulista e começar a dar o seu recado.

  4. O problema é que está faltando dinheiro no bolso do trabalhador. O consumo reduziu ainda mais. Se os trabalhadores não compram os empresários demitem seus funcionários e com isso o desemprego aumenta ainda mais. As medidas que o governo toma é só para sacrificar ainda mais os trabalhadores. Tem que cortar despesas onde tem gordura sobrando. Tem que cortar despesas no executivo, judiciário e legislativo. Lá tem muita gordura para cortar sem prejudicar o andamento da economia. Cortar os gastos que não produz. 30% dos trabalhadores recebem menos de um salario mínimo real, o salario mínimo da constituição e ainda pagamos uma carga de impostos muito alto, não sobra dinheiro para consumir nada além do estritamente necessário. O governo quer mudar tantas leis para prejudicar o trabalhador mas em nenhum momento se cogita em regulamentar a lei constitucional que regulamenta o salario mínimo. Também ninguém reclama. O povo gosta de viver debaixo do sapato dos poderosos.

    1. Amigo J. Leite, os Bancos precisam pagar mais impostos de renda. Só um deles lucrou em 2016 a monstruosa importancia de 22 bilhão. Não paga nenhum bi de imposto. o Banco tem de pagar 11bi, a metade disso de imposto de renda. Todos deviam pagar. Tem de tirar do pobre ne. Um so Banco lucra 22 bi e outros?

  5. Importantíssimos fatos elencados acima. Fotografia de momento. Opinando e escrevendo sobre a História brasileira, este Blog faz educação. Fosse eu professora de Jornalismo, motivaria universitários, pautando pesquisas, entrevistas, trabalhos outros, inclusive Tese de Conclusão de Curso sobre os temas aqui postados. Mais: chamamento interativo e reação dos seguidores, campo fértil de divulgação dos avanços democráticos e conquistas sociais.O fazer pedagógico da aprendizagem jornalística. A dinâmica do cotidiano surpreendente de matéria prima apaixonante: a política nacional. Parabéns ao jornalista, por tão concorrida tribuna livre, Escola de aprendizagem jornalística, educando sempre. Estou aprendendo cada vez mais.

    1. Cara Prof. Nilza Cristiano,
      muito grato por tuas generosas palavras sobre o meu trabalho.
      A tribuna é livre, mas meu objetivo não é fazer escola, é despertar consciências.
      Comentários como o teu me animam a prosseguir nesta estrada.
      Abraços,
      Ricardo Kotscho

  6. Caro Ricardo, na minha opinião, Eduardo Cunha detonar a caixa preta do PMDB e a divulgação da lista de Janot são boas e não más notícias. E Renan Calheiros, que sempre esteve pendurado no governo, se tornar líder da oposição é um sinal dos tempos e uma péssima notícia para a oposição.

  7. Gilvan Costa,desculpe-me intrometer – Mas,se existe e existe – este é o povo brasileiro!.Se um dos “HERÓIS destes tempos confusos e nebulosos,o senador Renan é sem dúvida um destes.Depois de ver e ouvir tantos escândalos absurdos,não duvido da possibilidade do Lula aliar-se a qualquer um para fazer “oposição ao presidente Temer e aliados.LEMBRA DA ALIANÇA DO LULA AO GRANDE “HERÓI MALUF NO APOIO Á CANDIDATURA DO F.HADDAD().Mas, o povo esquece rápido,infelizmente.

  8. O mais interessante é notar que é o poço deles, que cometem os malfeitos, que tende a nos deixar sem rumo, aguardando uma boa nova do futuro… será que não conseguimos ser donos da nossa própria felicidade?

  9. E pra aumentar a profundidade do poço, a aberração travestida de presidente acabou do sancionar a lei da terceirização.
    Tomara que o novo álbum do RC não se transforme na nossa dose diária de soma.
    Veja que admirável mundo novo.

  10. …resumo: voltamos ao secular brasil dos coxinhas, em que temos um governo terceirizado a serviço da escravocracia rentista dos senhores da casa grande.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *