Doria acelera para 2018 e sai atropelando

Doria acelera para 2018 e sai atropelando

João Doria discursa durante evento da prefeitura de SP nesta quarta (29) (Foto: Futura Press/Folhapress)

Vitorioso no primeiro turno no ano passado em sua primeira disputa para cargo eletivo, montado no bordão “Acelera, São Paulo”, João Doria não desceu mais do palanque, pisou fundo e continua em campanha, atropelando sem dó quem encontra pela frente.

Às vésperas de completar os primeiros 100 dias como prefeito de São Paulo, o empresário de eventos e apresentador de TV é hoje o político mais badalado do país, enquanto os velhos caciques afundam na Lava Jato. Só dá ele.

“Vai procurar a sua turma lá em Curitiba”, reagiu Doria quando alguém o chamou de “golpista” durante a entrega de moradias populares do programa Minha Casa Minha Vida, nesta quarta-feira, na zona sul.

Sempre de dedo em riste, Doria retrucou que “golpista é quem rouba dinheiro público, golpista é quem rouba o povo” e, no final do discurso, pediu uma “salva de palmas para o Brasil”, como se já estivesse em campanha.

Diante de um impassível governador Geraldo Alckmin, com seu sorriso de Monalisa, o prefeito largou na frente dos outros tucanos para a corrida presidencial do ano que vem.

Até aliados do senador mineiro Aécio Neves já o procuraram para conversar. Como Aécio cai mais e Doria sobe a cada nova pesquisa, os conformados mineiros aceitariam uma chapa puro sangue com o senador Antonio Anastasia de vice.

Por mais que João Doria diga que seu candidato é Alckmin, está todo mundo de olho no prefeito paulistano como o nome com maior chance para enfrentar Lula.

O anti-petismo é a principal bandeira de Doria desde a campanha do ano passado e ele não perde uma chance de atacar o ex-presidente, como fez já na noite em que comemorou a vitória em outubro.

Apresentando-se como “gestor apolítico”, o prefeito é, acima de tudo, um grande marqueteiro dele mesmo _ e, até aqui, sua estratégia de acelerar sempre está dando certo.

Bateu de frente até com o grande cacique tucano FHC, que torceu o nariz para sua candidatura a prefeito e agora desdenhou da sua prematura decolagem presidencial, mas já admite pensar no assunto.

Outro presidenciável tucano, o senador José Serra, está achando até bom porque, com Doria alçando voos mais altos, a rota ficaria livre para o Palácio dos Bandeirantes, que é o que realmente está querendo, depois das delações da Odebrecht.

Tudo vai depender, é claro, do desempenho do prefeito no comando da maior cidade do país, e ainda é muito cedo para fazer qualquer avaliação.

Além de posar de gari, jardineiro e cadeirante, e apagar pichações com as próprias mãos, Doria acelerou a marcação de consultas e exames no serviço público em parceria com a rede privada.

Outra marca é o trabalho de “zeladoria urbana” do programa “Cidade Linda”, que apareceu até em placas de publicidade nos últimos jogos da seleção brasileira.

Pelo menos na área central da cidade, dá para notar os primeiros resultados desse trabalho: os espaços públicos estão mais limpos e bem cuidados.

Conta a favor de Doria também o ostensivo apoio da mídia e do empresariado paulista que há tempos vinha procurando um candidato de confiança capaz de enfrentar a hegemonia do PT nas últimas quatro eleições presidenciais.

Dinheiro, certamente, não vai faltar para uma possível campanha dele em 2018, embora tenha duas vezes jurado de pés juntos no Jornal da Record News que cumprirá até o fim seu mandato de quatro anos na Prefeitura.

Nem só de boas notícias, porém, vive o prefeito. Esta semana foi cobrada dele uma dívida de R$ 91 mil de IPTU, referente à sua mansão no Jardim Europa, que Doria questionava na Justiça desde 2002.

Rápido no gatilho, nem discutiu: pagou a dívida antes que virasse um escândalo.

Quem vai decidir seu destino, e ele sabe disso, são as próximas pesquisas.

Uma coisa é certa: se o seu nome continuar crescendo e ganhando apoio na opinião pública, num momento de profundo desencanto com a política e os políticos, circunstância que joga a favor dele, não haverá tucano capaz de impedir sua candidatura presidencial.

Voto e dinheiro, como sabemos, ninguém rasga.

32 thoughts on “Doria acelera para 2018 e sai atropelando

  1. Cadê o Governador presidenciável que estava aqui? O “moleque” Prefeito apolítico papou… já, no café da manhã. O sorriso de Monalisa de Alckmin não combina com fantasia de gari. Dória, manobra sua surpreendente motoniveladora para a rampa do Planalto, passando por dentro e por cima das montanhas das Gerais. FHC, o intelectual garçom, acusa o golpe e nas memórias, certamente, registrará: antes um moleque atrevido do que um operário que só pensa no povo! Rkotscho, já está na horinha no almoço?

  2. Se esse palhaço acha que vai se tornar presidente do Brasil ele pode tirar o cavalinho da chuva quem decide que vai pro palácio do planalto samos nos Brasileiros do norte e Nordeste e aqui nenhum candidato de são Paulo terá o nosso voto mos desprezamos são Paulo João Doria Geraldo Alckmin e José serra fica ai pra vocês mesmos to fora

    1. Joaquim e everaldo bem agressivos….um cliché dessa esquerda acéfala que tomou conta do país e o jogou na mais profunda latrina…radicais arrogantes, agressivos e com capacidade limitada de dialogar em alto nível. A democracia nao merece isso..

    2. Não gosto muito de responder a cabeças ignorantes e discriminatórias como a sua, mas não aguentei……se dividirmos o Brasil os de cima pelos debaixo, vocês vão morrer ainda mais de fome.

  3. Sem dúvida. O Doria é o politico que apresenta todas as qualidades que os eleitores brasileiro procuram. Não é mancomunado com a politica suja. É um bom administrador. Está fazendo até o momento uma ótima administração. Só não agrada os petistas radicais. Os petistas conscientes, que querem o melhor para a cidade e para o país votaram no João Doria e continuam apoiando. Da minha parte gostaria que o João Doria Terminasse o mandato e fosse reeleito para por São Paulo nos trilhos da modernidade novamente.

  4. …por enquanto o garoto é avaliado apenas como artista circense, como uma embalagem em uma peça de marketing, vamos ver quando se apresentar o produto, vamos ver quando começar a expor suas posições sobre, a terceirização do trabalho, sobre a aposentadoria, sobre as privatizações, sobre a saúde, educação, etc etc. Ter ganho a prefeitura de Sâo Paulo no primeiro turno não diz nada, pois o eleitor paulista é conhecido como o mais idiota do Brasil.

    1. Caro everalado, apesar da ofensa gratuita aos paulistanos, reconheço que até eles evoluíram desta vez, mas o histórico é mesmo desastroso. Afinal nos últimos 20 anos, derrotando os candidatos do PSDB (parecendo que era por birra), elegeram: Marta Suplicy, Gilberto Kassab (que derrotou o Alkimin) e Haddad…Todos, por ironia, ou do PT ou apoiado por ele! Ou seja, merecem um desconto agora, pois apanharam demais! Espero que a birra tenha passado!

  5. Ser prefeito tucano dentro do Tucanistão é uma tarefa fácil. Tem na mão tudo o que precisa. Por enquanto é só pedir para o padrinho. Fora do Tucanistão a coisa é bem diferente e será necessário muito mais do que se fantasiar. Para agradar vai ter que trilhar por um caminho; a política; que ele jura abominar. Torço muito para que nossa política mude radicalmente mas, acho que não será desta vez…

  6. Ele é um trator, inteligente, trabalhador, culto, sabe se expressar para todas classes………..que venha 2018 !!!………… Doria Presidente !!!…….Enquanto de um lado sobra candidatos do outro vive e sonha com um só.

  7. Calma seu Dória… Vá “prefeitar” rapaz!
    De fato, apesar da capital paulista ser maior em PIB e principalmente em visibilidade, que muitos Estados brasileiros, de fato, ela poderá se tornar pequena para o Dória. Contudo, o mais coerente seria no próximo ano, que o Dória trocasse o “prefeitar” para “governar São Paulo. Mas sabemos que o o tempo da política nunca é o mais coerente e sim o mais oportuno!
    Seria mesmo oportuno, uma grande frente do PSDB, inclusive em chapa pura, encabeçada por Alkimin, ou quem sabe mesmo pelo Dória, com o Marconi Perilo de Goiás, ou o Anastasia de Minas como vice. Talvez, assim como na Seleção, que deixou de ter a Neymar dependência, o País, em sua sua governança nacional, deixa a perversa dependência do PMDB!
    Inclusive deixando-o livre para sua reconciliação com o petismo, cujo casamento pode apenas ter entrado numa crise passageira, pois mesmo sabendo que como de costume, vive um atual caso do PSDB, mas todos que vêem os petistas traídos, dizem, “calma, ele vai voltar, vocês têm muito em comum, uma parceria que parecia um amor eterno, não acaba assim de repente, para sempre! Já que os de sempre estão, digamos, queimados, tipo: Renan, Sergio Cabral, Eduardo Cunha, Romero Jucá, Padilha, Waldir Raup, o jurássico Sarney, etc… nomes como o Renan Filho, o próprio Requião..enfim, sempre é possível um reconciliação…
    Como dizem, essa crise amorosa vai passar… nasceram um para ouro!

  8. Caro Kotscho teremos então o nosso Berlusconi ??? Creio que não pois ainda falta ver o resultado da guerra interna do PSDB que como se sabe costuma ser extremamente violenta. O Alckimin deve começar a atirar em 1,2,… 3 !!! Sem contar que o Luciano Huck também já se lançou candidato. Queria muito ver esse tal de Doria, com seu sotaque e empáfia tipicamentes de paulistanos dos Jardins pedindo voto no norte e nordeste, no Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e até mesmo em Minas. Como diz o Paulo Henrique Amorim, esse Doria não passa de Itaquaquecetuba ao leste, de Carapicuíba a oeste ou de Mairiporã, podendo chegar ao sul no Guarujá mas depois dali é só água. Que venha o Doria !!!

  9. A direitona coxinha paneleira pira, tem pra todos os gostos: Como Serra, Aecio, Alckmin viraram zumbis (ate o Huck negou ser tucano), eles continuam tentando com Bolsonaro, Dolar, Caiado, Moro,…… outros virao para tentar barrar a vitoria de quem representa a soma de todos os medos(deles), LULA.

  10. o destino deste cara tá traçado, por mais que não queiram os coxas enrustidos do Balaio, para o plano federal o Xuxú vai cuidar dele, para o plano estadual o Serrote vai o abater fácil, fácil, é só questão de tempo.Este cara é uma criação do baixo clero da imprestável elite paulista, falta muito para poder participar dos jantares da nata desta máfia.

  11. Da minha parte, com toda sinceridade, feito alguns anteparos contra a roubalheira , uma vez que, pelo que ficou esclarecido, os petistas entenderam que as urnas os tornariam IMUNES às leis e, dito isso, confesso; torço para que Lula se reeleja em 18. Sério mesmo!” Torço para que, desta vez ele faça um higienização completa no PT, assim como fez em 2003 ao expulsar, sem dó e sem crise de consciência as velhas e velhos aloprados que se opuseram , à época, à uma reforma previdenciária mais profunda e enxuta. Agora ele poderá fazer isso à vontade. Ocorre, contudo, que desta vez, sem dúvida, Lula enfrentará um parlamento visceralmente liberal e lhe fará uma oposição sem tréguas. Lula, diante dos fatos, poderá propor e promover uma privatização dos MAMUTES que ainda resistem na economia causando prejuízos estrondosos. Certamente o eterno candidato leu hoje o noticiário onde se vê com clareza o que é uma empresa estatizada. Em 2016 a Petrobras amargou um prejuízo de de14.5 bilhões de dólares e ainda tem em seu INCHADO quadro de funcionários 230 mil pessoas, onde um engenheiro pode ganhar até 60 mil reais por mês. Lula poderá ver que, as três maiores empresas do mundo, Shell, British, e Exxon, juntas, e com 253 mil funcionários faturaram 41.3 bilhões líquidos . É isso que interessa! Ganhe quem ganhe, esta é solução, e quem a tomar porá o país nos trilhos e na rota do crescimento. Eu, particularmente, acho que o Lula tem mais condições de fazer isso. Claro que,surgirão outros Psois Heloísas e Babás, , os quais Lula degolará um a um e, sem o palanque do PT fracassarão retumbantemente.

    1. Em tempo de pós-verdades, nada como informação de fonte idônea (Petrobras) para corrigir a desinformação voluntariosa e proporcionar aos que ainda exercitam pensar com o próprio cérebro, o que de fato está a ocorrer, desde que a Lava Jato foi lançada em 17/03/2014. O lucro líquido da Petrobras em 2006 foi de R$ 25,9 bilhões, 2007 R$ 20 bilhões, 2008 R$ 32,99 bilhões, 2009 R$ 28,98 bilhões, 2010 R$ 35,19 bilhões, 2011 R$ 33,31 bilhões, 2012 R$ 21,18 bilhões, 2013 R$ 23,57 bilhões, 2014 R$ 4,95 bilhões, 2015 prejuízo de R$ 34,8 bilhões e 2016 prejuízo de 14,8 bilhões de reais e não dólares como desinformado. Correspondentemente, temos na parte de contratados da Petrobras, em dezembro de 2013, 446.200 empregados (86.100 próprios, 175.800 prestadores/obras e montagem, 184.300 prestadores/administrativos, operações e paradas programadas), em dezembro de 2014, 372.000 empregados (80.900 / 100.800 / 190.300), em dezembro de 2015, 282.100 empregados (78.500 / 34.000 / 169.600) e em dezembro de 2016, 276.600 empregados (78.600 / 30.800 / 167.200). Resumindo: A partir da Lava Jato, a Petrobras derrubou seu lucro líquido no primeiro ano, deu prejuízo no seguinte e no terceiro e foram fechados 170 mil postos de trabalho. A ironia disso tudo, é que no tempo da “maior corrupção de todos os tempos”, dava lucro, cresciam os investimentos e o engenheiro de R$60 mil da Petrobras, sequer desconfiava que procuradores e juízes, que devassariam a empresa, ganhassem acima do teto, bem mais de R$60 mil por mês, sem produzir um mísero barril de petróleo ou tonel de pinga, que fosse à economia brasileira, muito pelo contrário, ajudariam a justiça americana a depenar a Petrobras. E o que isso tem a ver com Doria? É o mesmo conto, e dos mesmos vigaristas.

  12. Da minha parte, com toda sinceridade, feito alguns anteparos contra a roubalheira , uma vez que, pelo que ficou esclarecido, os petistas entenderam que as urnas os tornariam IMUNES às leis e, dito isso, confesso; torço para que Lula se reeleja em 18. Sério mesmo!” Torço para que, desta vez ele faça um higienização completa no PT, assim como fez em 2003 ao expulsar, sem dó e sem crise de consciência as velhas e velhos aloprados que se opuseram , à época, à uma reforma previdenciária mais profunda e enxuta. Agora ele poderá fazer isso à vontade. Ocorre, contudo, que desta vez, sem dúvida, Lula enfrentará um parlamento visceralmente liberal e lhe fará uma oposição sem tréguas. Lula, diante dos fatos, poderá propor e promover uma privatização dos MAMUTES que ainda resistem na economia causando prejuízos estrondosos. Certamente o eterno candidato leu hoje o noticiário onde se vê com clareza o que é uma empresa estatizada. Em 2016 a Petrobras amargou um prejuízo de de14.5 bilhões de dólares e ainda tem em seu INCHADO quadro de funcionários 230 mil pessoas, onde um engenheiro pode ganhar até 60 mil reais por mês. Lula poderá ver que, as três maiores empresas do mundo, Shell, British, e Exxon, juntas, e com 253 mil funcionários faturaram 41.3 bilhões líquidos . É isso que interessa! Ganhe quem ganhe, esta é solução, e quem a tomar porá o país nos trilhos e na rota do crescimento. Eu, particularmente, acho que o Lula tem mais condições de fazer isso. Claro que,surgirão outros Psois Heloísas e Babás, , os quais Lula degolará um a um e, sem o palanque do PT fracassarão retumbantemente.

  13. Mestre, lembrando do italiano e do americano recente, para que falar do nada brasileiro, se tudo que o nada faz para falar-se dele e faze-lo tudo, é sobre o nada? Nada nele é real além do marketing pessoal, até a aparência não é dele, forjada no rosto de 40 em corpo de 60. Seus grandes feitos em 40 anos de atividade nas áreas de publicidade, mídia, entretenimento e cargos públicos (atuou na política (sic) por longos anos em turismo), foram, eleger-se prefeito de São Paulo prometendo gerencia-la (sic), mas na prática, em três meses, apenas fazendo marketing e estabelecendo contatos e pontes, que é de fato o que conhece e seu trabalho produz de prático, e organizar em Comandatuba, através do fisgar de férias as mulheres dos ditos, o maior encontro de Ricos com Políticos, em lugar paradisíaco, para lazer das madames e costurar prazeroso de Políticos com Ricos e vice-versa. Para não encerrar com absolutamente nada, o nada que necessitam vender como tudo, não deve-se ignorar que o nada em questão, de fato suou e muito, à língua, para estar bem entre os ricos e, com certeza, desse tempo, guarda como troféu os duros momentos em que organizou por anos, os desfiles e concursos de lulus e bebês de madames, em Campos do Jordão, para conseguir indicações e pixulés, que levaram até o posto do Ipiranga da classe dominante, o Grande Maestro do Convescote de Comandatuba, o que não pagou por longos 15 anos, IPTU devido de sua mansão no Jardim América e agora, descoberto devedor, sai às pressas para saldar os R$90.000,00 devidos, para “não sujar” seu alvo marketing pessoal de enganar trouxas, coxinhas ou não. Triste Brasil!

  14. Na democracia brasileira, todos os presidentes que foram políticos, fizeram um péssimo governo, exceto o Lula. Porem, ele surpreendeu a todos. Vejam o maior escândalo de corrupção do mundo envolvendo o PT – PMDB e outros. Será que não precisamos de um presidente não político ? Vou comprar essa ideia.

  15. Pode ser um candidato midiático de sucesso -Bem como,se portar como o candidato Celso Russomano,bem nas pesquisas,liderando em todas.Entretanto,perdeu a eleição para prefeito da cidade de São Paulo!.Por outro lado,com todos candidatos costumeiros e vezeiros á presidência da República, em BAIXA – Se fizerem uma excelente campanha em torno do Doria – o mesmo ganhará a eleição para presidente do Brasil!.

  16. Você diz que não haverá Tucano capaz de impedir sua candidatura presidencial.
    Eu digo: NÃO FALTARÁ VOTOS PRA QUE SEJA ELEITO NO PRIMEIRO TURNO, PRESIDENTE DO BRASIL.

  17. Dória, esse homem propaganda engrossando sua popularidade a ponto de viabilizar sua candidatura ao planalto? Olha, depois de ver Temer assumindo a presidência e tudo que está acontecendo ao país, eu não duvido mais de nada.

  18. Mais uma vez, enquanto o FHC se enganou duas vezes com o Dória, segundo ele próprio, quando o assunto diz respeito ao atual prefeito de São Paulo, estou me tornando “especialista” em acertar prognósticos. Nas eleições municipais, enquanto se discutia se o Dória iria ou não para o segundo turno, cravei, que ele não só iria, como corria o risco de ganhar no primeiro turno. Logo ele disparou, e se tornou um campeão de votos. Neste contexto, do Dória ser um possível candidato do PSDB, escrevi aqui ontem, que ele e principalmente o Alkimin tem tudo para encabeçar uma chapa puro sangue do PSDB, e assim, deixar o PMDB solto, para que volte aos braços do PT, de onde se uniram para afundar o Brasil. (admito, que tinha até uma dose de provocação..rs). Eis que hoje,as chamadas “midias sujas”, dentre elas, a mais popular, o portal “brasil247” já retrata desenvergonhadamente, negociações avançadas entre Renan Calheiros e Lula!
    Ao menos uma boa notícia para o Eduardo Cunha e Sérgio Cabral… Eles estão voltando para os braços do PT…rs (falei que um casamento daqueles, não poderia terminar assim…rs)

  19. Perfeita análise. Em menos de 100 dias já deixou sua marca na prefeitura. Está atropelando mesmo, como fez na campanha para prefeito. Ainda é desconhecido fora da SP, mas até as eleições de 2018, caso não faça besteira ou a PF o pegue, será imbatível. O Brasil está carente de personalidades políticas. Gostando ou não, ele será nosso Trump. Muita água para rolar ainda…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *