Cadê a TV que estava aqui?

Cadê a TV que estava aqui?

Se você comprou pacote de uma das seis operadoras de TV por assinatura que controlam o mercado, prepare-se: a partir da meia noite desta quarta-feira, não vai mais encontrar o sinal das emissoras RecordTV, SBT e RedeTV.

Deixamos de ser analógicos e nos tornamos digitais, que maravilha!, mas o desrespeito aos direitos do consumidor continua o de sempre nesta terra do vale tudo em que a única lei feita para valer é a do mais forte, e danem-se os prejudicados.

Como não houve acordo comercial com as emissoras sobre o pagamento de direitos de transmissão, a exemplo do que já fazem com outros canais nacionais e estrangeiros, as operadoras NET, Claro, Embratel, Oi e Sky simplesmente vão cortar o sinal.

E o que nós já pagamos para receber o pacote completo, como fica?

É como você comprar um apartamento de três quartos e, na hora de entrar no imóvel, descobre que só tem dois porque houve um desacordo entre a incorporadora e a construtora, mas o valor da prestação continua do mesmo tamanho.

O prejuízo não será só dos assinantes lesados nos seus direitos. Mais grave, para o país, é a falta de regulação deste mercado, cada vez mais concentrado.

É uma terra de ninguém que facilita o controle do fluxo de informações e impõe cada vez mais o pensamento único.

Pois são, ironicamente, as empresas que mais pregam a liberdade de expressão e o livre mercado as maiores beneficiárias da eliminação pura e simples da concorrência das TVs abertas na TV paga.

Ficamos nas mãos de meia dúzia de operadoras que decidem o que podemos ou não ver no novo sistema digital.

Meu colega Heródoto Barbeiro, aqui mesmo no R7, chamou a atenção para a gravidade do que está em jogo neste momento:

“Além da questão comercial em pauta, há uma outra que envolve a cidadania. Ao invés de incentivar a multiplicidade jornalística, artística, estética, as operadoras optam por diminuir a oferta de canais para que o público, livremente, possa escolher o que quer e quando quer ver esta ou aquela programação”.

Os exemplos de retrocessos civilizatórios junto com a chegada de novas tecnologias vêm de cima todos os dias.

Do jeito que vai indo, de recuo em recuo, de abuso em abuso nos nossos direitos, sem ninguém fazer nada, vão acabar revogando até a Lei Áurea e a lei da oferta e da procura.

Vida que segue.

15 thoughts on “Cadê a TV que estava aqui?

  1. Assisto a seus comentários todas as terças e quintas, com pena de serem tão curtos. Gostaria de ouvir tudo o que o senhor escreve naqueles papéis. Mais uma cretinice das operadoras – o que se pode fazer? A gente nem consegue tirar o Temer!
    Sugiro o documentário de Chomsky: “Requiem for the American Dream”. Um grande abraço, da sua fã!

    1. Cara Eliane,
      se eu falasse tudo o que levo anotado naqueles papéis, o jornal inteiro não daria, não sobraria nada para os outros…
      Abraços,
      Ricardo Kotscho

  2. Realmente, no grande bordel chamado Brasil, vale tudo. No presente caso, uma meia dúzia de operadoras fazem o que bem entendem pois as “anatels” da vida, existem apenas para acomodar parentes e amigos do “rei” no poder e advogar pelos interesses dos grupos que deveriam fiscalizar. Sou assinante da sky por ser a menos pior no mercado. Evidentemente que reclamei, os grandes “técnicos” informam dentre outras coisas “ainda não temos autorização da Record, SBT e Rede TV, que apesar de serem canais gratuitos, querem que você assinante sky, pague para assisti-los em tecnologia digital. Em termos de conteúdo, nada muda. São so mesmos canais e a mesma progamação, ou seja, não há razão para uma cobrança”. A grande verdade, é que alguns canais como a rede “bobo” recebe me parece, desde 2014 uma importãncia elevada, para que a sky retrasmita a programação da “manipuladora”. As TVS abertas, não tem a mesma bagagem das TVs fechadas, mais reporteres do nível do Boechart não tem, consequentemente as TVs dos pobres fazem muita falta e agora? Manda quem pode e obedece quem precisa?

  3. Caro Kotscho o seguinte é esse: Vivemos um regime de pensamento único com perseguição e prisão de dissidentes e inimigos políticos. O que querem ??? Transformar isso aqui numa Cuba ou numa Venezuela ??? É por essas e outras que eu não fui pra rua no domingo “protestar a favor” do governo.

    1. Pois é, senhor Ênio, nem eu!
      Sabe né, defender político eleitos pelo PT não é tarefa fácil.
      Prefiro vê-lo a distância tentando remover escombros do presídio, cuja rebelião pelo grupo parceiro causou!

  4. Realmente um absurdo. Poderíamos ter seguido os modelos de Cuba, Venezuela, Coreia do Sul, mas infelizmente seguimos esse modelo ditatorial no Brasil. Vida que segue.

    1. Maurício,
      que modelos?
      O que uma coisa tem a ver com a outra?
      Por acaso você leu o que eu escrevi ou teus comentários já ficam prontos numa gaveta?
      Ricardo Kotscho

  5. Pois é, Mestre, na esbórnia em que tornaram o país, dissemina-se o que sabemos ser a mesma resposta a: Cadê o respeito democrático ao voto dado a Dilma por 54,5 milhões de, até então, cidadãos brasileiros? Cadê o respeito a Constituição e a Democracia? Cadê o respeito a Cidadania? Cadê a justiça não seletiva? Cadê a presunção da inocência? Cadê o STF como garantidor dos direitos individuais e da constituição? Cadê a imprensa livre do monopólio? Cadê a informação isenta? Cadê a CLT? Cadê o emprego? Cadê a aposentadoria real? Cadê o lucro da Petrobrás pré lava jato, “do tempo da corrupção maior do mundo”? Cadê o Pré Sal como reserva garantidora e indutora da educação no Brasil? Cadê a indústria naval? Cadê a Carne Forte? Cadê as multinacionais e as divisas da indústria da construção pesada? Cadê a economia estabilizada em crescimento? Cadê a PGR Jato investigando Chico, além de Francisco? Cadê a diplomacia? Cadê o respeito ao Brasil? Cadê a auto estima do povo brasileiro? Cadê a coragem e a vergonha na cara? Cadê a decência? Cadê a competência? Cadê os patriotas indignados? Cadê o Brasil que estava aqui? Cadê?

    1. Caro Dias, se tirares os óculos, que deliberadamente, se tornou peça não removível dos olhos dos petistas, e dos esquerdistas em geral, verás que tudo isso evaporou na corrupção do Petismo com que já havia de pior, na política, no empresariado corrupto, principalmente de construtoras e petroleiros, no marketing sacana, com doleiros espúrios, juntamente dos que se dispuseram a participar da suruba! A Marcelo Ordebrech é uma boa fonte para vossas indagações!

  6. Discordarei em partes de você nessa, Kotshcho. As críticas às operadores encaixam perfeitamente também aos canais SBT, RedeTV e Record. A mídia brasileira também sofre com concentração na mão de alguns grupos e com a falta de regulação, principalmente econômica. Se ficamos na dependência das operadoras, ficamos também na dependência dos canais da TV Aberta (concessões públicas em busca de mais lucro). Ninguém tá falando para ceder imagens de graça, mas sabemos que a questão principal não é cidadania, não é abuso, muito menos falta de liberdade. É dinheiro. Nessa briga não tem santo.

  7. ) Cadê a TV que estava aqui? A Operadora comeu!…. .Cadê a Operadora? Desrespeitando o consumidor!….. Cadê o consumidor? Pagando alto o pacote contratado!…..Cadê o pacote contratado? Na “mão boba” que surrupiou o sinal da Record TV, Rede TV e SBT!….. Cadê a Record TV, Rede TV e SBT? Criando empregos ao empreender o sinal analógico!….. Cadê o sinal analógico? Na casa do feliz telespectador!….. Cadê o telespectador? Desencantado com a conivência dos Três Poderes e… “Excelências Autoridades”!….. Cadê as “Excelências Otoridades”? Se omitindo ao sugerir a barra do Tribunais da JUS TI ÇA!….. Cadê a Justiça? Sem julgar por ausência de Lei!….. CADÊ A LEI? Não legislou, Sua Excelência, o “competente” Legislador!….. Cadê o Legislador? Escondendo propina e a serviço dos poderosos!….. Cadê os poderosos dominantes? Estuprando o livre mercado e prejudicando os assinantes!….. Cadê os dominados assinantes? Algemados no pelourinho da comunicação social e condenados à ideologia de pensamento único!….. Cadê a ideologia do pensamento único? No pacote ditatorial, concentrador e sem concorrência da Oi!….. Cadê a Oi? Oi, gente, estou aqui… em conluio com a NET, está claro?….. Cadê a ???? Não, não precisa desenhar… O “Legislador” sabe que EU SOU ASSINANTE ELEITOR……………………….. ( Plágio da Arte folclórica. Através do jornalista Ricardo Kotscho, dedico à Record TV, Rede TV e SBT)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *