Brasil pulando à espera da Lista do Janot-2

Brasil pulando à espera da Lista do Janot-2

Os políticos viajaram na quarta-feira passada para curtir o Carnaval em suas bases eleitorais e só devem voltar na próxima terça-feira, dia 7, que ninguém é de ferro, mas podem ter sido suas últimas duas semanas de folga.

Em Brasília, os procuradores da República continuaram trabalhando normalmente para finalizar os inquéritos com as delações dos 77 executivos da Odebrecht, que poderão ter seu sigilo quebrado a qualquer momento já esta semana.

A divulgação da Lista do Janot-2, ao contrário do que aconteceu com a primeira, em 2015, deverá ser feita em blocos e, como as investigações estão bem avançados, já poderá oferecer as primeiras denúncias contra os políticos envolvidos.

Enquanto multidões ainda pulam atrás dos trios elétricos nos blocos de rua que tomaram conta do país, a Quarta-Feira de Cinzas está chegando com nuvens negras para a nossa elite política e poderá durar o resto do ano.

Pelo que se sabe até agora, a nova lista do procurador-geral Rodrigo Janot deverá contemplar políticos de todos os principais partidos, com cerca de duas centenas de nomes de excelências, boa parte com direito a foro privilegiado, o que deverá congestionar o STF.

É bom lembrar que da lista de 2015 nenhum político até hoje foi levado a julgamento na última instância. Quanto tempo vai levar agora?

Costumam dizer que no Brasil o ano só começa depois do Carnaval, mas desta vez há controvérsias.

Com o país em recessão há mais de dois anos, os investimentos em queda e, em consequência, os empregos, 2017 só começará para valer depois que a PGR e o STF finalmente abrirem a caixa preta das delações.

Não há mais tempo a perder. Ao que tudo indica, quando o Carnaval passar, a hora da verdade estará chegando.

E vamos que vamos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

11 thoughts on “Brasil pulando à espera da Lista do Janot-2

  1. Que venha as denúncias à tona, e que cada um se defenda como e se puder!
    Só é contra as investigações da Lava Jato quem é a favor da corrupção!
    Pra cima deles, Lava Jato!

  2. Uma “tempestade perfeita” catapultou Dilma do Alvorada, além de varrer o PT do mapa dos municípios. As pesquisas mostram, entretanto, que Lula ressurge das cinzas, embora sua taxa de rejeição alcance o maior patamar já logrado pelo ‘sapo barbudo’: 47%. A maior rejeição entre todos os candidatos. Ao mesmo tempo, outra ‘tempestade perfeita’ está em pleno curso e em formação sobre o PMDB. Quando o MP recebeu a visita ‘voluntária’ de Yunes na véspera do Carnaval, o amigo número 1 do ‘MT’ – para evitar o rescaldo de uma ordem judicial de prisão ou condução coercitiva na quarta de cinzas -, desdobraram-se duas situações: uma, a de afastar o ‘envelope tóxico’ do ‘MT’; outra, deslocar o ‘lixo tóxico’ para o ministro-licenciado-chefe da Casa Civil. As duas situações, contudo, engancham em uma outra, de muito maior teor de toxicidade: o operador de Eduardo Cunha, o doleiro Funaro, havido como criatura insondável e de pavio-curto, ora detido e sob pressão. Não por acaso, já se cogita de acareações entre Funaro, Yunes e Padilha. Cunha não parece ter o mesmo espírito de corpo de Dirceu, que não abre o bico sob hipótese alguma. Cunha não quer apodrecer na cadeia, em silêncio, para proteger o baú de segredos do PMDB. A alcaguetagem tem boa chance de não deixá-lo ver o sol nascer engradado. A tempestade escurece mais ainda, com a entrada do ‘decano dos lobistas’, Jorge Luz, no bloco dos sujos da Lava Jato. Sabe-se que o ‘decano’ é amigo de longa data de Cunha. Quanto mais emparedados ficam os principais ‘operadores do PMDB’ – que o ‘MT’ presidiu ao longo dos últimos 15(quinze!) anos, mais aumenta a probabilidade de decapitação das figuras coroadas do ‘governo MT’ e de sua ‘base aliciada’. Pode-se dizer que a revelação das listas é apenas mais um ingrediente na formação da ‘tempestade perfeita’, porém nem de longe é o principal.

  3. Janot foi e é parte integrante do golpe.
    Nao só parte integrante, como funcionalmente estratégica. É só recapitular as datas e o timing do que aconteceu desde julho 2015.
    Se agora o janeco baixar uma ‘LISTA’ enumerando golpistas passiveis de castigo…, pode apostar a honestidade da sra sua mae que ele terá para isso notáveis e seletivos critérios.

  4. O Carnaval passa,e o “carnaval” polítiqueiro e suas consequências avançam por tempo indeterminado!.O Brasil precisa com urgência de vencer esta terrível e temerosa etapa de sua história.

  5. Vamos conferir na quarta-feira de cinzas se a ‘mídia grande’ vai fazer com o bloco dos tucanos sujos, o mesmo que fez no caso do ‘post’ registrado por Kotscho, em 19/12/2011 às 11h35, intitulado:
    “O ano em que um livro desmascarou a imprensa”. Diga-se que a avalanche da dinheirama que despencou para fora do país, originária da liquidação do patrimônio nacional a preço de vento, solenemente retornou, e ainda agora continua a retornar, sob a cínica denominação de ‘repatriação de capitais’, mediante um processo monumental de lavagem de dinheiro intermediado por uma mal disfarçada ‘anistia patrimonial’. Basta pesquisar na Internet recentemente, os malabarismos operados pelos escritórios de advocacia tributária e penal, para encontrar a fórmula jurídica que garantisse a blindagem dos ‘repatriadores’, porque não há um centavo de dinheiro e patrimônio lícito existente fora do país e repatriado, que possa comprovar efetivamente sua licitude. Se farras patrimonial e fiscal houve com a ‘privataria’, a ‘repatriação’ atual explicitou-as. Um entrevista do ex-ministro Jobim, servidor dos governos Lula e FHC, a um dos jornalões, dá pista que as denúncias podem até fazerem muita espuma, mas as águas da Lava Jato já estariam represadas. O fato de entrarem na dança alguns dos tucanos mais emplumados e vistosos, além de membros do Judiciário, não deixará de sobrestar os desdobramentos mais efetivos da Lava Jato, como um todo. A República, nas entrelinhas de Jobim, daria sinais de que não resistiria, mesmo. à luz do sol mais intenso. A conferir as cinzas da quarta-feira.

  6. Prezado Jornalista. Esse comunicado sobre o trabalho da excelente equipe desses brilhantes DEFENSORES de Nossa PÁTRIA, tendo à frente o Excelentíssimo Juiz Dr. Janot , capitaneado por esse Paladino da Esperança que reacendeu em minha consciência e alimenta as minhas esperanças no futuro de ver um BRASIL que seguirá o lema de Nossa Bandeira: ORDEM E PROGRESSO. Me refiro a esse integrante fiel da nossa constituição o Ilustríssimo Juiz do tribunal do Paraná, o ual preside a maior obra judicial dentro dos meus conhecimentos; A lava Jato. Peço AO NOSSO CRIADOR O PAI DEUS, E A JESUS, QUE DISSE; EU SOU O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA; a FORÇA E A CORAGEM NECESSÁRIAS para inundar as convicções de todos os integrantes dessa grande força catalizadora de Nobres Ideais. Meus sinceros Parabéns.

  7. Mestre, bom retorno, com o “baticumbum” ainda correndo solto e duvidando-se que Salvador irá render-se aos engravatados, que sitiam-na essa manhã, antes da próxima segunda-feira. Quero ressaltar o fato inédito ocorrido nesse carnaval, o “Bloco FORA TEMER” sagrando-se campeão em todo o Brasil, com a mídia só descobrindo-o horas antes da quarta-feira de cinzas. Só rindo! Quanto “a hora da verdade chegando” com o fim da “espera da lista do Janot-2”, tal como Godot (rima, não solução), o provável é esperar-se em vão. Está explícito nos vazamentos, “Coach para filho de Lula”, “Caixa 2 para o Andres” e por ai vai, que agora o delatado que restou é o outro, que nunca vem ao caso, tanto que anteciparam a esses, na semana passada, o conteúdo das delações, para que pudessem, a tempo, elaborar álibis, justificativas, estórias dispersivas, enfim explicações que, amparadas e protegidas pela justiça e mídia, enfiarão goela abaixo do desavisado pato amarelo brasileiro, para que não perceba serem esses os reais profissionais da corrupção. Não a toa houve a debandada de ocupantes de cargos de exposição, no governo, informados pelo antecipado, alguns alegando doenças, outros sequer tomando posse, enquanto outros, às pressas, produziam vacinas e dispersões, como o tal “Mula Sem Cabeça”, cria do primeiro amigo, tentando proteger o temeroso primeiro mandatário. A mídia então, no modo “barata voa”, desesperada (não há material contra o PT em estoque), ontem, insana, atacou de, “Lula vai ser condenado”, tornando mais catastrófica a posição do judiciário e do Brasil perante a ONU. Um espanto tamanho que já estão a ressuscitar a eleição indireta, agora com gilmar, sem darem-se conta que seguirá-se no Brasil o pós-carnaval com os blocos, Fora Temer, Fora Marinhos da Globo e por aí vai. PS: Para não dizer que não falou-se da “recuperação econômica” midiática, “subindo” a ladeira” e “dando a volta por cima”, agora é a FNAC quem dá adeus ao Brasil.

  8. É; parece que sim: a vez do ‘Mineirinho’ chegou, mesmo. Agora é conferir como se comportariam as forças-tarefa de Curitiba, nas primeira e segunda instâncias, no quesito celeridade e efetividade.
    Já quanto ao ‘Primo’, não resta dúvida de que a confirmação das alcaguetagens complicou ainda mais a continuidade do ‘MT’.

  9. Serra e o ‘Mineirinho’ estarão na lista; finalmente. Os do PMDB, sem dúvida alguma. O partido da estrela também deverá reaparecer, com o seu primeiro escalão em destaque.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *