Defesa de Dilma: 14 horas de embate civilizado

Defesa de Dilma: 14 horas de embate civilizado

 

Das dez da manhã à meia noite, com breves intervalos, Dilma Rousseff permaneceu firme na disposição de se defender até o fim das acusações que a levaram ao processo de impeachment. A votação final está prevista para a madrugada desta terça para quarta-feira.

Foram 14 horas de um embate civilizado entre acusação e defesa, ao contrário das baixarias da semana passada, que levaram Renan Calheiros a comparar o Senado a um hospício.

Uma sensação de alívio, tristeza e de dever cumprido tomou conta de Dilma e do plenário quando o presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, deu a histórica sessão por encerrada.

Depois de fazer um discurso firme e ao mesmo tempo emotivo de quase 50 minutos, e ser ovacionada ao final por parte da platéia, a presidente afastada enfrentou com altivez seus interrogadores, sem alterar o tom de voz, repetindo sempre os mesmos argumentos técnicos e jurídicos para provar sua inocência e dizer que está sendo vítima de um golpe parlamentar.

De outro lado, os defensores do impeachment repetiram à exaustão as acusações contra Dilma por crimes crimes de responsabilidade fiscal e negaram o golpe.

No final, o esperado confronto de segunda-feira terminou em 0 a 0, sem vencidos nem vencedores, mas o destino de Dilma já estava traçado antes deste jogo começar. Deve ter sido seu último ato público antes do afastamento definitivo, que é dado como certo no Senado.

Por isso, a presidente afastada fez um discurso mais voltado para ficar na História do que para virar votos dos senadores, como previ aqui na véspera.

Respeitoso também foi o tom do debate de que participei ao lado dos professores Sergio Praça e Claudio Penteado, de posições políticas antagônicas, no Jornal da Record News, com o Heródoto Barbeiro, em que discutimos os acontecimentos do dia e fizemos uma análise do que pode acontecer daqui para a frente. Assista:

22 thoughts on “Defesa de Dilma: 14 horas de embate civilizado

  1. Olha Kotscho, achei a sessão ontem muito legal, simpática. E o povo brasileiro já se deu conta que esse final era merecido pra Dillma e pro Lulla. Agora vamos virar a página, que tem um país todo pra ser reconstruído depois de 13 anos de terra arrasada do PT. Com muito esforço em 3 anos a gente consegue voltar a normalidade, uma vez que o estrago foi o pior que o Brasil já teve em toda a sua história.

    1. Terra arrasada: Recuperação, reconstrução e duplicação das estradas federais esburacadas que o tucano fgagac deixou de herança. No acesso às cidades por onde passam, inúmeros e moderníssimos trevos. Tudo isso bem sinalizados horizontalmente e verticalmente.
      Terra arrasada: Recuperação da Indústria Naval que o tucano fgagac havia sucateado, gerando milhares de empregos. Hoje o Brasil constroi até navios de grande porte.
      Terra arrasada. Descoberta do Pré Sal que atualmente bate recorde atrás de recorde na produção de petróleo.
      Terra arrasada: Construção de quase da totalidade da Ferrovia Norte Sul que estava abandonada desde o Governo Sarney,ha mais de 25 anos, e da Transnordestina.
      Terra arrasada: Construção dos canais desviando as águas do São Francisco para as regiões áridas nordestinas. Quase pronto.
      Terra arrasada: Recuperação, ampliação e construção dos portos e aeroportos das principais cidades brasileiras. A minha cidade é uma das beneficiadas.
      Terra arrasada: Construção das Termo Elétricas e de TRÊS linhas de transmissão de alta tensão interligando todas as regiões do Brasil, o que evitou o APAGÃO, comum na época do tucano fgagac.
      Terra arrasada: Programas como Minha Casa Minha Vida e Luz para todos que levou energia elétrica até para os confins do Amazonas, beneficiando milhões de brasileiros.
      Terra arrasada: Construção de 14 Universidades Federais e mais de SESSENTA extensões beneficiando regiões carentes como o Vale do Jequitinhonha, além de mais de DUAS centenas de escolas técnicas e cursos gratuitos de qualificação profissional. Minha cidade tem mais de duas dezenas deles.
      Terra arrasada: Os pagamentos dos aposentados que eram feitos em até QUINZE DIAS, passaram a ser feitos até o QUINTO dia útil do mês e com uma parcela do 13º sendo pago no meio do ano.
      Terra arrasada: Isenção TOTAL de impostos para os produtos essenciais da cesta básica, e parciais para materiais da construção civil, incluso metais, além do crédito facilitado para reformas civis.
      Terra arrasada: Aumento real do salário mínimo que era UMA MERRECA na era tucana.
      Tem mais, muito mais. Vcnão sabe porque com certeza vc é uma dessas pessoas BEM INFORMADAS, pelo PIG, é claro.
      Terra arrasada foi na era tucana onde até as estatais que custaram o suor de muitos brasileiros, foram entregues a preço de banana podre a alguns apadrinhados.
      Terra arrasada começou novamente com o traíra golpista.

  2. Depois do fim do PT, não se fala mais em regulação da mídia ,e isso, por si só já me bastaria .Deus nos livre e guarde de uma imprensa controlada pelos comunas do PT, PSOL e assemelhados, que eles chamam de controle social.
    Do mais, Sr.Kotscho, tudo o que previmos, com raras exceções, infelizmente se confirmou; O PT quebrou o Brasil e , mais que isso, quebrou uma das maiores empresas do mundo, a Petrobras, transformando-a num covil de meliantes.
    Fora Dilma, fora PT e fora o estatismo fascista.

  3. O discurso de Dilma foi para a história. Porém o papel de setores da imprensa que daqui a alguns anos iram dizer, o que fizemos em 2016 foi um equivoco, é deprimente.

  4. A LIBERDADE que a imprensa INFLUENTE NOS ESTADOS UNIDOS, NA FRANÇA, NA INGLATERRA e em outros paises de primeiro mundo está tendo aqui no Brasil para cobrir este processo de impeachment, que essa mesma imprensa considera como golpe; é a mesma liberdade que ela e as mididas daqui do Brasil também têm, na Venezuela, na Bolivia, em Cuba, na Russia e na China; para filmar e publicar em seus paises de origem o que viram. E pelo que se viu no depoimento da Dilma, “fica dificil não acreditar que essa grande midia mundial, tão influente em seus paises quanto a Globo é aqui no Brasil, vai mudar de opinião em relação ao que acha sobre esse processo de impeachment, ao qual considera como Golpe; e sobre o interino Temer, ao qual considera como ilegitimo”; pois a presidente Dilma, que realmente não é muito boa de português, partiu para o lado tecnico, e fez uma verdadeira monografia de: Economia, direito e administração; que deixou todos os senadores e os acusadores sem reação. E essa afirmação de golpe, ficou mais reforçada ainda quando aconteceram depoimentos como o do senador Acir Gurgacz, que até então se mostrou sempre A FAVOR DO IMPEACHMENT, e ontem disse QUE FEZ PARTE da comissão do senado que APROVOU e AUTORIZOU os decretos que a Dilma está sendo acusada de crime, e em seguida perguntou “o que a Dilma faria para reconstruir a governabilidade caso voltasse à presidencia?” -E isso PROVA que a Dilma não cometeu crime e está sendo julgada por razões POLITICAS e não por crime de responsabilidade; o que TORNA O PEDIDO IMPEACHMENT NULO. Não custa lembrar que “NO CODIGO PENAL também está previsto punições para: Homicidio e roubo; assim como na constituição está previsto o impeachment. No entanto para que se puna alguém usando os argumentos previstos na constituição e no codigo penal, é preciso que se tenha A MESMA coisa: PROVAS”, pois “é principio do direito o IN DUBIO PRO REO.” -A Dilma se defendeu e a acusação, agiu como peessedebista ARROGANTE, diante da midia internacional como se o mundo, fosse São Paulo, que aceita tudo do PSDB. -Contudo, não acho que ficou zero a zero, pois assim como o senador Gurgacz de Rondonia, outros que sempre votaram a favor do impeachment, demonstraram apoio a Dilma contra o impeachment, como foi o caso do senador Helio jose do PMDB de Brasilia. Ser taxado como golpista é um fardo muito grande para se carregar porque é um legado que atinge também familiares: Pais, filhos, netos, Bisnetos e etc; porque fica cravado na historia.

    1. A opinião de qualquer órgão estrangeiro de imprensa sobre nossos assuntos políticos tem peso nulo,aliás tem sua serventia somente para avaliarmos nossa importância no cenário internacional e após a turbulência podermos constatar que ainda somos soberanos.A opinião particular tem o peso de um voto,que na atual circunstância só poderá ser apreciado em 2018 ou mesmo antes em caso de novas eleições.Já a justiça como instituição é quem realmente importa na caracterização ou não de crime, de improbidade ou inocência e ela já se pronunciou,logicamente ampara da nos livros da lei. A teoria de tornar nulo o julgamento é o próximo e último passo ,quem acompanha o professor Afrânio Silva Jardim já sabe disso há tempo, preocupante são as ações que se pretende desencadear após mais essa próxima derrota,que alguém nos livre de mais uma vez termos que conviver com o sangramento inútil dos inocentes úteis.

    2. Liberdade de imprensa em Cuba??? Será que não leu que o seu ídolo Fidel pensa da imprensa internacional: “….Tudo muito bom, muito bonito, mas ninguém se arriscava a fazer a pergunta combinada: e o que ele achava da ideia do plebiscito? ….Fidel levantou-se da cadeira de balanço e pareceu ficar ainda maior do que é. De dedo em riste, veio para cima de mim e, em vez de responder à minha pergunta, metralhou-me com várias outras: “Que plebiscito? Que intelectuais? Aqui em Cuba todos têm armas, não precisamos fazer plebiscito. Se quiserem mudar o governo, é muito fácil, é só pegar em armas. E que intelectuais são esses? Um bando de pederastas que não têm o que fazer!….”. Ainda demonstrando seu lado homofóbico tão combatido pela dita esquerda brasileira. Então falar em democracia nesses países nem pensar. Aqui vivemos uma democracia plena. Nesses países a imprensa livre é pura ficção de uma esquerda barata que a muito acabou e apenas sobrevive na mente dos saudosos.

  5. Felizmente falta menos de 24 horas para que o Brasil volte a andar. A única frase que irei repetir quantas vezes forem necessárias quando o assunto for a afastada: “…..Dilma caiu porque estourou o cheque especial no primeiro mandato, quebrou o País, mentiu na campanha da reeleição em 2014, ficou sem maioria no Congresso e perdeu o apoio da maioria da população…..” O resto é apenas bravata e fanatismo ideológico e partidário.

  6. A parte do PMDB do bem e PMDB do mal foi de uma hipocrisia que faria até mesmo Lula corar.
    Por falar nele, ontem estava abatido, né não!? Deve ser paúra de ser preso a qualquer momento.

  7. Mestre, não são bem as acusações que a levaram ao processo de impeachment, pois cidadãos informados como nós e parte das torcidas do Balaio e do Brasil, sabemos todos, cristalinamente, que no golpe paraguaio o instrumento não é o clássico tanque de guerra, mas a senda jurídica que permite sem votos tomar o poder, com apoio da mídia e adereços de legalidade forjada na cumplicidade da justiça sócia, conforme pela terceira vez fazem ocorrer na América Latina. Isso posto, a defesa de Dilma não foi, nem poderia ter sido embate civilizado, pois antidemocrático em sua raiz e objetivos, impossibilita ir se além de encenação barata para desavisados e álibi aos temerosos e assustados da hora. Omissão é o combustível para o caos, embora professantes pensem em segurança e conforto avestruz, sem aterem-se que a partir de agora o Brasil mergulha no imponderável, com tudo que isso significa em termos de ruptura e insegurança democrática, com as feridas abertas e a abrirem-se, no estabelecido ora desestabilizado: “É muito grave afastar uma presidente da República sem crime de responsabilidade, mesmo que o impeachment esteja previsto na nossa Constituição”, profetizou a presidente Dilma Rousseff ao final do descarrego cívico, deixando semblantes aparvalhados e murchos, mais que reveladores, de petecões, agripinos, reales, janaínas, perrellas, ataídes-cachoeira, aécios, aloysios, cristovans, caiados, lasiers, cassios, flexas, amélias, maltas, wilderes, mokas, bezerras, jucás e outros, a compor o lúgubre painel da coadjuvância golpista no ato final do impeachment paraguaio. Triste Brasil da desinformação, da submissão e da covardia cidadã, a empurrar o carro alegórico, encalhado, da hereditária elite do atraso no destaque, de volta à concentração e ao passado.

  8. A Human Rights, uma das mais importantes entidades de direitos humanos do mundo acabe de declarar que o processo de impeachmant do Brasil é um exemplo para a América Latina. ” O Brasil está dando lições valiosíssimas” disse um dos diretores, José Miguel Vivanco. E vida que segue.

  9. O Altíssimo Grau de cinismo dos terroristas políticos Cunha, Cerra, Aécio, Aloisio, Caiado, Dias, Jucá, é algo impressionante e nefasto Cabe alguém estudá-los e tentar dar um parecer em Tese de doutorado sobre suas mentes doentias, facistas e antí-democráticas, e falam no microfone como se fossem isentos de qualquer falcatrua cometida por eles nos últimos 20 anos, é tamanha Cara-De-Pau que algum ingênuo poderá pensar que eles são sim honestos.

  10. Estamos chegando ao fim desse governo GOLPISTA, que “trabalhou” incansavelmente nos seus delírio para se perpetuar no poder.
    Um partido que outrora e presente, se caracterizou por bravatas, uma farsa em honestidade, ética e moral.
    Desde o primeiro governo petista, surrupiaram os “cofres” da nação, foram LADRÕES do erário travestidos de Robin Hood.
    Golpe foi o que esses canalhas fizeram com o Brasil, levaram nosso país a maior recessão e desemprego dos últimos anos, quase quebraram a Petrobras, tudo em nome de uma causa justa….”se perpetuarem no poder”.
    Como todo filme de bandido e mocinho, chegaremos amanhã ao FINAL FELIZ, onde os mocinhos vencerão os bandidos.
    VIVA a VERDADEIRA DEMOCRACIA, não aquela que esses apedeutas quiseram para o Brasil.

  11. Dizem que a lei é igual para todos. Ledo engano. Quando se trata de politicos e governos é bem diferente. Quando um diretor, ou até mesmo o presidente de uma empresa comete uma infração grave ele e demitido por um telegrama ou telefonema. Os governos petistas estão a 13 anos saqueando o país e a nossa justiça não acha jeito de demitir os politicos corruptos e o governo esta a 100 dias em julgamento. Deixam quebrar a economia do país e o governo sai falando grosso. Tem que mudar essas leis. Tem que cassar o governo incompetente antes que o estrago causado afete a economia do país.

  12. O,que eles querem é o Lula para não se candidatar na próxima eleição. Impeachiment de Dilma é só fantasia. Querem o poder a todo custo.,Cassando a Dilma teremos que amargar 7 anos de atrasos..

  13. Enfim, o Brasil, depois da conta salgada chegar ao bolso de todos brasileiros (inclusive de empreiteiros milionários e até banqueiros), que acreditaram nas promessas populistas do PT, começa o 31 de agosto de 2016, com uma expectativa de ansiedade mas também de muita angústia. Todos sabemos, que para ajustar contas estouradas é um sacrifício, que inclui principalmente perdas. Por outro lado, os que merecidamente estão sendo responsabilizados por esse descontrole, passarão para o lado do mau agouro. Ficarão ainda com as bravatas, do “conosco vocês poderiam continuar consumindo e gastando”.
    Eis que a hora de ajustar as contas e principalmente nunca se esquecer, que assim como orçamento caseiro, gastar mais do que se ganha, a derrocada é certa. Assim como numa família, esbanjar riquezas usando dinheiro de empréstimos, cartão de crédito e cheque especial é caminho para grandes apertos e humilhações breves, também acontece com o País, que passou mais de uma década gastando infinitamente mais do que poderia. Sim, a Dilma vai tarde, e leva de companhia o PT. Mas não o partido em si, mas suas maneiras de administrar a coisa pública, que pode perfeitamente ser traduzido na alusão do “pão e circo”.
    Para se manterem no poder, fatiou o Estado e as empresas estatais entre os partidos que topavam entrar no esquema, em troca das mais diversas negociatas, e para disfarçar, distribuía benesses aos menos esclarecidos e mais necessitados. Ontem, o falastrão Senador Magno Malta, em mais de seus discursos exagerados, disse algo interessante: “O petismo se comporta como bandidos que assaltam bancos, que se passam por bonzinhos entre os vizinhos e amigos, mas em suas ações fazem o diabo para levar a grana. e quando são interceptados pela polícia, usam os inocentes como escudo”.
    Que os petistas possam usar esse momento para redefinirem seus métodos e práticas.
    Seja bem vindo, o Brasil sem PT no comando!

  14. Uma das tese da TURMA DO AECIO NEVES, TEMER E DO EDUARDO CUNHA; é a de que esse impeachment é um julgamento legitimo porque segue OS RITOS NORMAIS de todos os julgamentos. -Não é verdade, mas vamos supor que fosse realmente um julgamento que segue os ritos normais: O QUE SERIA A FIGURA DOS SENADORES nesse julgamento? – Seriam OS JURADOS! Por isso, se for seguir assim, “é de direito PEDIR A ANULIDADE do voto dos senadores que NÃO ACOMPANHARAM TODOS OS DEPOIMENTOS da defesa e de acusação; ou deste ja pedir a nulidade do voto desses senadores; afinal não se pode acreditar que um jurado, esteja apto a emitir valor sem estar perfeitamente ciente do que ouviu da defesa e da acusação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *