O País e a imprensa na encruzilhada, 50 anos depois

O País e a imprensa na encruzilhada, 50 anos depois

Caros leitores,

estarei ausente do Balaio a partir desta terça-feira, dia 17, por um motivo justo: vou cuidar da saúde.

Volto em uma semana, dia 24, ou a qualquer momento, em edição extraordinária (espero que não seja necessário).

Deixo com vocês uma reflexão sobre o nosso país e a nossa imprensa, do ponto de vista de um repórter que acompanhou tudo de perto nos últimos 50 anos.

Até lá.

Ricardo Kotscho

***

A convite da Universidade Metodista, de São Bernardo do Campo, apresentei na manhã desta segunda-feira (16) uma aula magna para os cursos de Jornalismo, fazendo um balanço da minha carreira, da imprensa e da vida do País nestes últimos 50 anos.

Transcrevo abaixo o texto da palestra:

O PAÍS E A IMPRENSA NA ENCRUZILHADA

Ricardo Kotscho

Universidade Metodista/Aula Magna/16.3.2015

Bom dia,

Antes de mais nada, quero agradecer aos professores Eduardo Nunomura e Rodolfo Martino pelo honroso convite para estar com vocês aqui hoje.

Como não sou professor e não sei falar de improviso, vou ler este texto que preparei baseado num roteiro que eles me mandaram.

 1.   50 anos depois (1964-2014)

  Comecei minha carreira trabalhando em jornais de bairro de São Paulo no ano de 1964, logo após o golpe que jogou o país numa ditadura militar por longos 21 anos.

Já completei, portanto, 50 anos de profissão.

E sobrevivi, como vocês podem constatar…

Ponham-se agora no meu lugar e imaginem o que vocês poderiam dizer daqui a 50 anos, ao fazer um balanço do que se passou neste período, e ainda fazer uma projeção sobre o que pode acontecer nos próximos 50.

Pois foi mais ou menos o que me pediram. Não é fácil, mas vou tentar.

Para começo de conversa, vivemos hoje a mais grave crise enfrentada pelo nosso país e pelo jornalismo desde que me conheço por gente.

O País e a imprensa estão numa encruzilhada.

Das decisões que tomarmos agora vai depender o futuro da nossa profissão e do nosso país.

Para onde estamos indo? Aonde queremos chegar?

Estas são as perguntas que devemos nos fazer. Encontrar as respostas é uma tarefa de todos.

Não dá para separar o profissional do cidadão, assim como a história recente do país é umbilicalmente ligada ao papel exercido pela imprensa em cada momento.

Com raríssimas exceções, a chamada grande imprensa teve uma participação decisiva na armação do golpe cívico-militar de 1964, assim como, duas décadas depois, teria importante papel no processo de redemocratização do país.

Escrevo antes das marchas programadas para este domingo, com o apoio ostensivo da mesma imprensa, que continua nas mãos dos mesmos donos, cada vez mais determinados a derrubar o governo eleito, assim como já fizeram antes com Getúlio e Jango.

Só espero que a história não se repita, nem como farsa.

 2. Vida de repórter

Atravessei a maior parte destes 50 anos trabalhando como repórter _ a melhor profissão do mundo, segundo Gabriel Garcia Marquez.

Dos jornais de bairro de Santo Amaro passei direto para o Estadão, o principal jornal brasileiro da época, em 1967, quando eu tinha 18 anos.

Entrei como estagiário e só recebi meu primeiro salário seis meses depois.

Quer dizer, pagava para trabalhar, graças à ajuda da minha mãe, que, aliás, não queria que eu fosse jornalista, como o pai dela.

No Estadão, onde fiquei mais de 10 anos e que foi minha grande escola (eu não terminei nenhuma faculdade), passei pelas mais diferentes funções, chegando a editor, chefe de reportagem e repórter especial.

Dali saí para ser correspondente do Jornal do Brasil na Europa por dois anos, e depois trabalhei em praticamente todos os principais veículos impressos e televisivos do país, com exceção da revista Veja.

Esta história é muito longa, poderia passar dias aqui contando, mas vocês podem encontra-la no livro “Do Golpe ao Planalto _ Uma vida de repórter”, publicado pela Companhia das Letras, em 2006.

Neste resumo, prefiro falar da minha paixão pela reportagem, um amor à primeira vista e que nunca acaba.

Repórter será sempre o coração e a alma de qualquer redação, em qualquer plataforma. É a melhor maneira de você conhecer pessoas e lugares, descobrir novidades e ver a vida acontecendo para poder contar depois.

3.   Histórias humanas

 “Poesia é encontrar uma árvore esquecida à beira da estrada e glorifica-la.

O jornalista de raça é um mágico. Transfigura o anônimo em notável, celebra o desapercebido, enquadra o texto no contexto. Enquanto nós nos limitamos a olhar, ele vê as coisas, pessoas, a paisagem. Vê e conta”.

Esta é a melhor definição de repórter que já li na vida. Quem a escreveu a mão foi o velho amigo Ulysses Guimarães, no prefácio do meu livro “Explode um Novo Brasil _ Diário da Campanha das Diretas”, publicado pela Editora Brasiliense em 1984.

É chato falar da gente mesmo. Afinal, repórter é pago para escrever sobre a vida dos outros… Por isso, prefiro transcrever outro trecho do prefácio do doutor Ulysses em que ele fala do meu trabalho _ o maior prêmio que já recebi na vida.

“Andei com ele por praças e ruas deste infindável país. Entupidas de gente, de berros e de gestos de revolta e de esperança. Quando lia suas reportagens na Folha de S. Paulo ficava surpreendido e encantado.

“Como é que o Ricardo viu aquele jovem frenético, registrou a originalidade daquele dístico, enxergou aquela mulher chorando, ouviu daquele velho as histórias de outros comícios e outros personagens?

“Ele não se absorve nas estrelas do acontecimento. Sua pena é também alto-falante da multidão, assegura-lhe o papel de personagem no grande e terrível drama social brasileiro.

Brasília, 18 de abril de 1984

Deputado Ulisses Guimarães”.

Pois é, nada tenho a acrescentar: repórter é exatamente isso, não tem muito segredo.

Uma vez um jornalista acadêmico me criticou por só escrever “matérias humanas”. E eu lhe respondi, perguntando: e o que queria que eu fizesse, matérias animais, minerais, siderais, se nosso ofício é exatamente falar da aventura humana para humanos?

São cada vez mais raras estas matérias na nossa imprensa, e eu não sei dizer se isto se deve às empresas ou aos profissionais que não demonstram mais interesse e tesão em fazê-las.

Acho triste isso porque o Brasil é um país em que você tropeça em boas histórias, em qualquer lugar.

Estão só esperando alguém para conta-las. Pode ser você, que está aqui me ouvindo, por exemplo… Basta levantar a bunda da cadeira, largar o telefone e a internet, sair da redação e ir para a rua. Uma boa história sempre encontrará lugar para ser publicada, nem que seja só no teu Facebook.

4.   No lugar certo, na hora certa

Por insondáveis mistérios do destino, uma coisa que sempre me ajudou na carreira foi estar no lugar certo, na hora certa, tanto nos empregos como nas reportagens.

Isso não dependeu só de sorte, mas também da disposição de correr o risco de mudar quando não me sentia bem num lugar ou procurar um novo ângulo para uma velha história.

Até hoje, nunca fui demitido de um emprego. Nunca dei a nenhuma empresa o prazer de me mandar embora e me dei bem nas trocas que fiz, não tenho arrependimentos.

Assim, trabalhei nas principais redações do país nos melhores momentos das diferentes empresas e depois acabei voltando para algumas delas.

Certamente isso não aconteceu pelos meus belos olhos nem por ter bons amigos. Por mais que você já tenha feito, tem que estar sempre disposto a mostrar serviço, não recusar uma pauta, acreditar em todas.

Pautas raramente caem do céu. Quando comecei, nem pauteiro existia nas redações. É você que precisa correr atrás dos bons assuntos, ter iniciativa, ficar sempre antenado, cultivar fontes e chegar cedo para estar no lugar certo na hora certa.

Um bom caminho é não ser arrogante, não achar que você já sabe tudo e se preparar bem antes de sair a campo, descobrir bons personagens e traçar um roteiro para não perder tempo.

Hoje, com o santo doutor Google, isso ficou muito mais fácil, e não é vergonha consulta-lo para saber como se escreve determinada palavra. Feio é escrever errado e não admitir o erro.

Uma vez, no final dos anos 1970, quando era correspondente do Jornal do Brasil na Alemanha, me mandaram cobrir uma importante reunião de chefes de Estado europeus na Dinamarca.

A discussão era sobre bombas de nêutrons, e eu não tinha a menor ideia do que se tratava. A reunião já tinha começado, não deu tempo de fazer uma pesquisa. Era um sábado à tarde, fui correndo para o aeroporto.

A reunião corria a portas fechadas e eu nem sei falar inglês. Estava no mato sem cachorro. Por sorte, encontrei lá um jornalista alemão, da revista “Der Spiegel”, que era especialista no assunto e me explicou tudo o que estava acontecendo. Mandei matéria no mesmo dia. E, além de garantir meu emprego, fui muito elogiado, acharam que eu era um gênio… Se eles soubessem…

5.   Amigo e assessor de Lula

Quando voltei da Alemanha, no final de 1978, fui trabalhar na revista IstoÉ com o Mino Carta e logo ele me mandou a São Bernardo do Campo para entrevistar um tal de Lula, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, que eu não conhecia pessoalmente.

Para mim, Lula era só uma pauta, mas logo descobriria que São Bernardo, palco das grandes greves, tinha se transformado no principal centro de resistência à ditadura, atraindo todo tipo de gente em torno do sindicato.

Lula não foi muito com a minha cara. Como eu usava barba, e ele não, me chamou de “mais um intelectualzinho da USP que vem aqui pra me encher o saco”. Mas logo ficamos velhos amigos, graças ao Mino Carta e a um amigo comum, o Frei Betto.

Dez anos depois, fui visita-lo no hospital onde ele tinha feito uma cirurgia, pouco antes de começar a campanha presidencial de 1989, a primeira depois da volta das eleições diretas. Nossas famílias já eram muito próximas e acho que por isso ele me convidou para ser seu assessor de imprensa. Eu nem era filiado ao PT, como não sou até hoje.

Para encurtar a história, fui seu assessor em 1989, depois em 1994 e, finalmente, em 2002, quando Lula foi eleito e me chamou para ser seu secretário de Imprensa, cargo que ocupei por dois anos. Continuo seu amigo até hoje, mas temos nos falado pouco ultimamente.

Neste trabalho de assessor, conheci o outro lado do balcão e vi como é a conflituosa relação da imprensa com o poder.

Aprendi muito, tenho orgulho do trabalho que fiz no governo, mas não recomendo este serviço para ninguém. Não faz bem para a saúde nem para a alma. É melhor ser repórter.

6.   País melhor, imprensa pior

Olhando para trás, se for comparar o Brasil de quando comecei a trabalhar na profissão com o de hoje, só posso dizer que melhoramos muito nestes 50 anos, progredimos em todas as áreas da vida nacional, menos na imprensa.

Claro que os barões da imprensa e seus porta-vozes vão dizer exatamente o oposto. Para eles, o Brasil está se acabando, afundando na lama da corrupção, nunca esteve tão ruim. E a mídia brasileira, ao contrário, é a sétima maravilha do mundo _ moderna, independente, com profissionais da maior competência, o único orgulho nacional.

O fato é que, ao longo dos últimos anos, criou-se imenso abismo entre a imprensa e o país, um cada vez mais distante do outro, vivendo realidades completamente diferentes.

O Brasil real não está na mídia e a mídia fala outra língua, vive em outro país.

Encontram-se ambos agora numa encruzilhada. A partir do momento em que a grande imprensa assumiu oficialmente a liderança da oposição _ como anunciou a então presidente da Associação Nacional dos Jornais, Judith Brito _ tivemos um desequilíbrio na relação entre os poderes.

Chamada de quarto poder, a imprensa passou gradativamente a ocupar o papel dos outros três, querendo se tornar o primeiro e único. Passou a comandar a pauta política, a julgar o que é certo ou errado e a criar suas próprias leis, que podem ser resumidas numa só: a lei do mais forte.

Ao mesmo tempo, a informação se democratizou com o advento da internet e das novas mídias, a maior revolução nas comunicações humanas desde que o alemão Johannes Gutenberg inventou a imprensa, como a conhecemos hoje, cinco séculos atrás.

Podemos agora ser todos receptores e emissores de informações e opiniões, para o bem ou para o mal, dependendo do uso que fazemos deste instrumento. Isto não quer dizer que os jornalistas nos tornamos dispensáveis, muito ao contrário: na zona em que se transformou a blogosfera, nunca fomos tão necessários para apurar, selecionar e editar informações confiáveis.

Por isso, urge a criação de um marco regulatório das comunicações, para estabelecer regras do jogo claras e civilizadas. Mas este debate foi interditado pela velha mídia familiar, a mais retrógada do mundo, que ainda manda no Congresso Nacional e domina o Judiciário.

  1. O mercado e o futuro

Vamos agora apagar o cenário pouco animador descrito acima, mas que é a realidade destes dias difíceis que vivemos no momento, no país e na imprensa.

Não posso vender ilusões para vocês, nem brigar com os fatos.

O fato, porém, de ser assim hoje, não quer dizer que será assim amanhã e sempre.

Já foi muito pior, acreditem. Era muito mais difícil ser jornalista em 1964 _ quando o mercado era restrito a meia dúzia de redações em cada cidade e a liberdade foi-se tornando cada vez menor _, do que agora, que as novas mídias abriram infinitas possibilidades de trabalho.

Vamos fazer de conta que estamos em 2065.

Olhando para trás, o que veremos daqui a 50 anos?

É nisso que vocês precisam pensar e acreditar: não se contentem com o que existe, mas com o mundo que vocês poderão criar.

Na encruzilhada, estamos vivendo o final de uma, época em vários sentidos e latitudes _, da falência do velho sistema político à crise da velha imprensa.

Crise em grego quer dizer oportunidade. E é nos momentos de crise que surgem as oportunidades de mudança.

Eu mesmo, que já não sou tão jovem, mudei minha vida profissional faz dez anos, ao trocar a mídia impressa pela eletrônica.

Virei blogueiro e depois comentarista de televisão, coisas com que nunca tinha sonhado na vida.

E continuei fazendo reportagens para a revista  Brasileiros, que ajudei a criar, até onde a saúde permitiu.

Não senti nenhuma diferença ao trabalhar para diferentes meios. Para mim, tanto faz qual é a plataforma: eu tenho que ter uma boa história, uma novidade para contar.

Esta é a natureza da nossa profissão e isto nunca vai mudar: precisamos estar sempre de olhos e ouvidos bem abertos para ver e ouvir o que há de novo, algo capaz de surpreender nossos leitores, ouvintes, internautas ou telespectadores, tanto faz.

Se você não acha ou não gosta do emprego, inventa um, como costuma dizer o Mino Carta.

Hoje, com a internet, ficou muito mais fácil.

Deixem de lado os preconceitos e os medos, e fiquem bem atentos aos sinais do mercado, que mudam a toda hora.

Só para vocês terem uma ideia, a maioria dos empregos já não está nas redações dos grandes veículos, mas nas assessorias de imprensa, nas agências de comunicação, na imprensa comunitária e sindical _ ou mesmo em casa. Basta ter uma boa ideia e um computador razoável.

Sim, cada vez é maior o número de profissionais que criaram um nicho de mercado e ganham a vida sem precisar sair de casa.

É até engraçado eu dizer isso porque passei a vida toda dizendo que lugar de repórter é na rua.

Ainda acho, mas as coisas mudam e a gente tem que se adaptar à realidade.

Tem espaço para todo mundo em qualquer lugar. Só precisamos descobrir aonde, e ir atrás, definir o que a gente quer, estabelecer a nossa meta e a nossa ética.

O importante é fazer o que a gente gosta e ganhar um dinheiro para pagar as contas no fim do mês.

Não é a função, o cargo ou a empresa que vai fazer o bom profissional, é o contrário.

Nesta profissão, só não vale ser infeliz, ficar reclamando da vida.

Vocês escolheram a melhor profissão do mundo e vivem no melhor país do mundo.

Conheci, trabalhando, este país inteiro, de ponta a ponta, e boa parte do mundo. Sei do que estou falando.

Posso garantir a vocês que vale a pena ser jornalista e não é preciso sair do Brasil para ser feliz.

Espero que vocês possam dizer a mesma coisa daqui a 50 anos. Boa sorte!

Já falei demais.

Agora, vamos conversar.

Obrigado pelo convite.

Ricardo Kotscho

88 thoughts on “O País e a imprensa na encruzilhada, 50 anos depois

  1. Prezado Kotscho: Parabéns pela fala na aula magna que tivemos a oportunidade de ler aqui no Balaio. Seria o título do artigo de hoje, 16/03/2015, “O País e a imprensa na encruzilhada, 50 anos depois” o título também de um próximo livro?

  2. Os alunos receberam um aconselhamento generoso, experimentado, sábio; com um tom de otimismo que reservamos, sempre, aos mais jovens; eles com aqueles olhos expectantes, ansiosos, às vezes até aflitos, diante do amanhã.
    Para quem já caiu de vários caminhões de mudança, a atenção, certamente, voltou-se aos dois anos orgulhosos na secretaria de imprensa do governo que prometia mudar o Brasil. A recomendação de buscar outros ares, sem dores na carne e na alma, não deixam dúvidas do tamanho do custo incorrido daquele orgulho. Porisso mesmo, desde outras vezes, sempre repeti por aqui a necessária editoração de um seu próximo livro, que complementaria o clássico “Do golpe ao Planalto”. E poderia ser “No coração do Planalto”, ou coisa que o valha.
    Um bom repórter da velha guarda como Kotscho, sem dúvida anotou vários episódios e momentos; até já os teria disponíveis, bastando ser alinhavados. Churchill levou uma década para disponibilizar as suas memórias antológicas sobre a II Grande Guerra (diga-se de passagem, de leitura obrigatória para quem queira entender minimamente o século passado e boa parte dos problemas vivenciados hoje). Por que Kotscho demoraria mais do que o mais célebre primeiro-ministro da história, sem o qual o mundo que vivemos seria, não o moldado pelas imperfeitas e corruptas democracias representativas, mas ao feitio dos regimes totalitários, fascistas e nazistas, sob o tacão das tecnocracias infalíveis pseudocientíficas.
    Allez Kotscho! Aguardamos as suas memórias. Os jornalistas da direita, por aí, escrevem mentiras e abobrinhas todos os dias distorcendo a compreensão do país, quando não mentindo descaradamente. Cabe a você, um dos últimos da Távola, contar a história, de dentro do coração do Planalto.
    Quanto aos alunos, talvez lembrem-se, em 2065, de que este 16 de março de 2015 tenha sido a melhor segunda-feira de suas vidas.

  3. Mais um petista preso e com 20 milhões de euros bloqueados.
    Uau, petistas ficaram milionários no governo.

    Bem que neste comentário caberia a palavra PeTralha, né?
    Os petistas honestos deveriam se indignar mais com esse governo e cobrar também.

    Abs

  4. Pelo que li, sua aula deve ter colocado nas mentes férteis dos rapazes muitos projetos de futuro. O jornalismo sempre lidou com a parte emocional do povo e eles transformavam fatos corriqueiros numa autentica comoção. Os jornalistas do século passado, me parece, eram até certo ponto infantis se comparados com os de hoje, talvez mais romanticos, porem estes não são tão tecnicos como os do passado. Hoje o jornalista é apenas um transcritor das vontades do patrão e se fazem uma matéria para publicação é bem provável que dela sobre apenas algumas palavras após a severa censura. A imprensa sempre foi uma espécie de poder, dava palpites sempre em assuntos de dominio governamental e muitas vezes acertavam mais por sorte que por conhecimento. Uma comprovação deste poder foi esta manifestação de domingo, totalmente fabricada pela imprensa e o povo foi e esta sendo conduzido por ela. As razões este povo já sabe, talvez e é mais uma somatória de ódio pelo trabalhador e do seu partido que tem as letras PT, P de partido, gremio, organização e T de trabalho, singelamente. Juro, até hoje não consigo entender as razões de tão profundo ódio e acredito e comprovo que a imprensa está atraz disto, dioturnamente martelando nas pobres cabecinhas desta gente incauta que o governo do trabalho rouba da Petrobras. Li nas paginas de um blog sujo que o governo está processando atravez do Ministério Publico internautas que publicaram palavras ofensivas aos nossos irmãos do Norte/Nordeste que sem duvida foram o fiel da balança nas ultimas eleições. E eu não me canso de agradecer esta atitude de gente que ama o Brasil e o salvaram da desgraça. Ai de nós se não fosse eles,,,,nosso país na certa estaria à deriva. Eu li outro dia no blog do PHA, Conversa Afiada uma carta enviada por uma funcionária da Petrobrás de nome Michelle, se não me engano. Nesta carta ela diz que a jornalista de O Globo tentava traçar uma imaginada situação de perseguição sofrida de funcionários, por trabalhar lá. Esta moça explicou que nada disso acontecia e achava que na Globo sim, suspeitava haver este estado de constante sensação de ameaças de
    demissão. Todos os internautas foram unanimes em dar razões a esta moça funcionária da Petrobrás que frisava estar orgulhosa de ser funcionária da maior empresa do Brasil e tudo faria para soerguer a empresa combalida graças à maldade da imprensa. Kotscho, esta é a imprensa, e estes moços tambem estão numa encruzilhada na vida profissional e seu furturo é incerto, seja pela própria internet que transforma o leitor num participante ativo com poder de opinião, seja lá por motivos de praticidade, de acesso e facilidades, não precisa ir até uma banca para comprar jornais ou a tê-los como problemas posteriores de descarte após degustadas as “notícias”. Sinceramente não vejo horizontes na vida para estes profissionais.

  5. Muito obrigada por sua palestra e palavras sobre o jornalismo. Tenha certeza que o ótimismo sobre a profissão e o carinho que o senhor passou pelas palavras por essa profissão,só nos fez ter mais certeza que escolhemos o caminho certo a seguir,o de informar e contar histórias que mudem sempre mudem algo em nossa sociedade

  6. Eu estava lá. Que palestra fantástica. Só me restou admiração ao seu trabalho e sua história de vida. Que honra a minha ter participado no dia do seu aniversário. E espero que assim como você, eu tenha sucesso no mundo jornalistico.

  7. Kotscho, lendo um texto como esse, nota-se a distância para alguns de seus últimos posts. É desse Kotscho que me reporto e não daquele que faz coro com o discurso da falsa elite midiática do país. Em nome da sua história, não se deixe contaminar pelo mal que assola sua profissão. Continuo lendo suas publicações que, se a sua contaminação pelo vírus da inutilidade intelectual não se deu mostra agora, devem continuar primando pelo objetivo maior do jornalismo que é o de informar o publico sobre a realidade das coisas e não deformar essa mesma realidade em nome da alienação. Um abraço e parabéns pela aula!

  8. …( falando sòzinho ) …Este Véim é um féla da mãe, quando agente ensaia uma raiva dele, ele vem com esta bela aula magna, especialmente o Título 6, e nos coloca de joelhos…féla da mãe. Só tem um negócio, ele arrumou um problemão danado pra ele, pois toda vez que escrever um pôste na linha do PIG, qualquer um de nós, em cima do que ele diz no Título 6, podemos lhe chamar na regulagem e ele tem que ficar caladim-caladim…( falando alto ) né não Vítor Hugo ???

  9. O Kotscho, “velho de guerra”, não falta nos momentos em que a vida lhe solicita. Em tempo que o jornalismo “rolabosta” engomado (ou seria encomendado?) campeia replicado em jograis medonhos, inclusive no Balaio com efeito chickungunya, nada mais importante a essa meninada alguém que lhes mostre a importância de caminharem rumo ao apreender, com tolerância, percepção e respeito, à simplicidade inteligente do saber contar. Ia dizer da certeza da aula ter atingido mais profundamente alguns jovens corações e mentes, mas não é preciso, pois confirmam no Balaio, onde, por sinal, restam 1386 dias para anunciarem faltar sei lá quantos dias… sei lá quantos dias… para o que mesmo, Mestre balaieiro? Enquanto uns aprendem a contar boas histórias, outros contentam-se em contar o vazio que não enxergam. Um dia, ainda incorporo a tolerância do Mestre, mas enquanto isso, “ripa na chulipa”.

  10. Agora que a marcha do psdb passou, dá prá entender o quanto a oposição foi eficiente, pena que não tenha sido tão capaz durante a campanha eleitoral, ah sim, havia democriacia e diversidade nos meios de comunicação por causa da legisla~~ao eleitoral, agora é terceiro turno na veia, ou seja,, golpe brabo com direito a tudo,,,salve-se quem puder…
    http://www.vermelho.org.br/noticia/260343-367

  11. Gostei da participação do Ricardo Kotscho – No jornal da tv Record.Do seu comentário a respeito das manifestações do dia 15 deste.Quanto as respostas do governo as mesmas manifestações – Foi pífia!.A presidente Dilma,chega ao ponto de “justificar a existência própria” da CORRUPÇÃO BRASILEIRA!.Será que existe interesse do governo em cobatê-la efetivamente,ou não será um meio de promove-la-Tornando-a,uma especíe pronta para TOMBAMENTO CULTURAL().Gostaria de ver esta mensagem postada.

  12. Já dizia aquele véim cansado das labutas; nada como um dia após o outro meu fiii! Passadas as euforias dos dias 13 e 15 e eis que as coisas voltam a ser como dantes no quartel de abrantes. Amigos, a humanidade precisa aprender que tudo tem um limite e não há como ultrapassá-lo, a economia tem um limite, as falcatruas tem um limite e o golpe tambem tem um limite e tudo isto porque as coisas tem quer o caminhar conforme os limites do suportável. A Presidenta Dilma, agora passados os paroxismos tribal, terá um tempo para assimilar toda esta bagatela de manifestações e ir tomando as medidas, nada de ficar sentada sobre os louros das benesses da trégua, mão à obra que o tempo urge, passa e logo as manifestações coxosas voltarão. Só que depois do arquivo de futricagens, de denuncias falsas a c a b o u e agora é voltar ao trabalho. Vejam bem, pararam o país durante todo este começo de ano, destruiram os progressos obtidos pela Petrobras durante todos estes 12 anos de magistratura Lula mais a Dilma e agora levaremos mais outros anos para reconstruir tudo. A nossa galinha dos ovos de ouro está agora combalida, desmilinguida, fraca, raquitica porque os engraçadinhos que nós votamos para o Congresso nessas ultimas eleições, cismaram em dar o golpe paraguaio. Agora quer queiram, quer não, as regras da Democracia tem que prevalecer e não adianta espernear, é fato consumado, é olhar práfrente pois o andar é prá frente e não para tráz. A única coisa que nos resta é juntar os cacos desta funesta algazarra e ver os prejuizos e sobra a pergunta: quem vai pagar? Srs. Congressistas a quem mandar o saldo, a conta do prejuizo? Haaaa…eu sabiaaa…Pro povo não é? Só que o bolso do povo tem limites e vamos agora parar outra vez o país na briga do – quem vai pagar a conta? Bom, deixa prá lá, é assim mesmo que fazem todas as vezes e não será esta a única; é do couro que se faz a correia! Não adianta agora atribuir a outrem a roubalheira da Petrobras, cumpre agora trancar a porta com tramela, com cadeados com segrêdo porque a corrupção é endêmica mundial, não é fenômeno só do Brasil. O diabo é que estatal parece ser uma coisa sem dono e portanto passivel de que alguem venha a usar da oportunidade para usufruir das coisas postas à sua frente. Eeeepppaaa,, a Petrobrás tem dono, sim senhor, é do povo, é do país e a todos nós cumpre protegê-la mas “eles” estão pensando que ela lhes pertence. Dona Dilma, vamos rapidinho colocar as reformas na pauta do dia para esta turma do Congresso não ficar de braços cruzados, porque passadas as euforias do golpe irão perguntar; e agora, qual a próxima atração? Sabem,,, nós precisamos mostrar que trabalhamos! – mas será que o povo acredita? Deixa prá lá, sigamos em frente! Ao PIG e coxinhas, cabe tambem esta assertativa, a carapuça é “tresh” é adaptável a qualquer cabeça que não pára de funcionar.

  13. Cuidar da saúde é obrigação espiritual ou o que quer que seja. Importante é cuidar dela. E bem!. Seus descendentes te amam. Seus amigos te respeitam. Boa recuperação.

  14. Na ressaca das expressivas manifestações contra o governo Dilma e o PT, eis que o sempre “assanhado” e disposto PMDB arte pra cima. Isso significa mais cargos, poder, etc. Ontem percebemos já um resultado muito nítido. O governo acanhado, não teve coragem de reagir, e advinha quem? Mesmo muito suspeito, pois nunca se sabe de que lado está,o Eduardo “‘braseiro” Cunha, tomou conta da imprensa. Estava na GloboNews, no Roda Viva, e quem mais esticasse um microfone. Saiu batendo nos 03 lados, no governo, na oposição e principalmente no judiciário. e para festa dos coxinhas vermelhas, sobrou até para o FHC, quando disse que a aprovação de um sistema próprio de licitações na Petrobrás, abrira a porteira para as empresas fazer cartel. Bem, se isso contribuiu ou não, só a análise dos fatos é que dirão. Entretanto, apesar de acusar o Governo que a corrupção está no Palácio e não no Congresso,(um morde e assopra típico de quem quer vantagens) essa declaração terá preço muito alto a ser cobrado pelo PMDB…Numa boa, com aliados desse tipo, o governo não sabe a quem mais temer. A oposição sonolenta, os eleitores da oposição, o povo em geral, inclusive muitos petistas, que não querem pagar a conta pelos ajustes que o governo precisa fazer para caldo não azedar de vez, ou o PMDB, que apesar de ter o vice, e ter o presidente do Senado e da Câmara, só apóia o governo quando recebe mais e mais… Logo, logo, a Presidenta terá que reformar seu velho e sucateado ministério (empossado no longínquo inicio de 2015) para dá mais ministérios a quem? Ao PMDB!
    Se ceder o Eduardo Cunha dá uma aliviada, mas se não…?! Fogo amigo a vista!
    Enquanto isso, 17-03, em homenagem a digníssima Maria do Rosário, estamos apenas no terceiro dia de luta e esperança pela volta da Democracia perdida em 01-01-2003.

  15. Caro Kotscho, texto brilhante como sempre, parabéns! Realmente você tem muito o que ensinar. Bom agora que o calor das manifestações passou, podemos fazer uma análise dos acontecimentos. Uma pesquisa apontou que 82% dos manifestantes presentes na Paulista, votaram em Aécio Neves…A pesquisa também aponta que a maioria teria indo pra protestar contra a corrupção…A imensa maioria era de tucanos, por isso, apesar de aparentemente ser um ato contra a corrupção, não vimos nenhum cartaz pedindo punição para os corruptos do PSDB ou mesmo de outros partidos. Quando os tucanos se reúnem, eles só tem um alvo… Se era um ato contra a corrupção, por que os cartazes humilhavam e ofendiam a Dilma com palavrões do mais baixo calão? A família estava nas ruas, mas a baixaria, o ódio e o preconceito foram juntos com elas. Então não me venham com essa de que a maioria estava lá pra protestar contra a corrupção. Quem é contra a corrupção, não tolera a corrupção seja de qual partido ela vier .Pelo conteúdo dos cartazes onde se lia: Dilma va-ca, Dilma pu-ta, Dilma vai transar, percebe-se qual era a pauta desses protesto…. E depois, se essas pessoas que estavam lá, se diziam tão revoltadas e indignadas, se para elas o Brasil é péssimo por que sorriam tanto? Eu se enxergasse o país da forma que eles enxergam( um país miserável, sem futuro, lixo de país) viveria de cara amarrada.

  16. “Ontem no jornal Nacional da globo”, parecia até “horario politico do PT”, tamanho foi o tempo que o jornal global destinou ao pronunciamento da Dilma. – Ué, será que a globo resolveu dar espaço para o PT? Claro que não sou vidente, mas deu pra perceber que todo aquele espaço dado ao pronunciamento da presidente Dilma, “intercalado pelos ‘subtítulos’ do William Bonner, “um jornalista a serviço do Padrão globo de jornalismo”, tinha um objetivo claro de “provocar uma manifestação popular” dos que assistiam ao jornal nacional, um dia depois da “grande manifestação feita pelo povo” em todo o Brasil. Por isso “””não me surpreenderei, se hoje no jornal nacional, for mostrado que houve um novo panelaço durante as falas da presidente Dilma de ontem.””” Contudo, não creio que a presidente Dilma e o PT, ainda não tenham conhecimento de como age a grande midia brasileira. Desta forma o melhor que a presidente Dilma e o PT têm a fazer é arrumar outra forma de se explicarem, que não via grande midia, para “”não pagarem sozinhos pelo onus da corrupção no Brasil””. Hoje a folha fala da entrevista de ontem na TV cultura do deputado Eduardo Cunha do PMDB, que fez campanha para o Aecio do PSDB, onde o deputado diz que o FHC do PSDB, abriu as portas da corrupção na petrobras, citando a portaria assinada pelo ex presidente FHC (que nunca fez compra sequer para a dispensa de casa), onde dispensava o uso de licitação (comparativo de preços), entres as empresas que iriam prestar serviço a petrobras. Sim, este “depoimento” do Eduardo Cunha, mais parece “um ato de desespero”, do que algo “coerente” à nforma de falar da corrupção no Brasil. No entanto, a Dilma e o PT, pode seguir o mesmo caminho, ou seja, “aproveitar todos os espaços, por menores que sejam, que tiverem na midia, para explicarem ao povo que corrupção tem ser combatida por todas as esferas de governo: Municipal, estadual e Federal; como o governo federal está fazendo;” visto que a grande midia, não tem compromisso com a verdade e muito menos compromisso com o Brasil, pois se tivesse compromisso com o Brasil ou o povo brasileiro, já teria desmentido o que disse sobre a corrupção na petrobras que atingira o valor de 88 bilhões, quando o ministerio publico afirma que foi 2,7 Bilhões. Saldo final do prostesto: A Dilma precisou vir a publico mais uma vez se explicar, os militantes perceberam, que aquele proposito da revolução dos ignorantes em se unir ao PSDB e não aos anseios do povo, não leva a nada; e o PSDB continua “na mesma”: Um partido “covarde” que se esconde do povo e se furta a dar explicações sobre o que faz com o dinheiro publico.

  17. o cara ali em baixo tem razao…..os caras podem roubar todo o estoque de riquezas do país que o povo vai achar que está tudo bem….é inacreditável a falta de discernimento do povo brasileiro, pelo menos da grande massa…é um conflito de interesse terrível…tipo, “hey, minha vida melhorou, posso comprar mais comida, andar de aviao etc…..se estao roubando, nao é problema meu, afinal a minha vida melhorou.”ou seja, um pensamento egoísta, em que o sujeito apenas olha o próprio umbigo e até o próximo dia…tem feijao hoje??…entao tá bom….mas até quando cara-pálida????…a grana tem que sair de algum lugar….ou o povo pensa como a minha filha de 6 anos…”ué, nao tem dinheiro, pega lá naquela caixa one vc coloca um cartao!!!”

    aí o petista mais fanático diz…”ora, consegue dinehiro das taxas extra na heranca de mais de 4 milhoes…” OK, cara-pálida,…mas até quando??? aonde está o projecto de país?? atacar o PSDB? atacar os coxinhas?? colocar o Stédile pra resolver na rua??? humm. nao me parece um projeto muito sustentável….

    1. Também é total falta de discernimento pessoas protestarem contra a corrupção, enquanto elas sonegam seus impostos e escondem suas fortunas em bancos suíços…Depois vestem camisetinhas com frases de indignação sem o menor pudor….A hipocrisia é algo nojento, você não acha??

    2. Cara e querida colega Elizabete suas palavras são bem colocadas este dinheirão todo que estes oportunistas não declararam e depositaram no paraiso fiscal Suissa (HSBC) e outros já daria com o imposto de renda obtido, melhorar e muito a saúde e a educação, daria para pagar melhores salários aos professores, melhorar e equipar os hospitais e as escolas. É realmente uns hipócritas quem sonega e depois vai num domingo atrapalhar o passeio de quem trabalhou a semana inteira.

  18. Sr. Kotscho, fazer imprensa com conteúdo e comprometimento político já era. Veja o bombardeio da violenta cobertura da globo sobre as manifestações de domingo último, 15/03. conforme noticiado, essa empresa sonegou e age à revelia da lei e ninguém toma providência. Por quê? Porque há a hipocrisia de se mexer com a imprensa está infringindo na lei da liberdade de expressão. conversa fiada. O correspondente da veja em Brasília foi citado na CPI do cachoeira porque plantava informações. O que aconteceu com ele? Nada. Por quê? Falam de políticos ladrões, mas nos mais diferentes gêneros empresariais não há santo. Inclusive, por que a PF concluiu em prazo recorde o caso do helicóptero dos Parrella? Imprensa com política e com tribunais = tudo a ver.

  19. Tenho acompanhado as notícias pela tv e percebo que canais da grande imprensa, estão pinçando palavras nas declarações da presidenta, para então formar opiniões até distorcidas da situação que se encontra o país. Ví também, que no momento em que o ministro da justiça fazia um pronunciamento, foi programado um ”panelaço” para que a população não ouvisse o que era dito. Vi o interesse da grande imprensa na formação de opiniões, mostrando a Av Paulista com jamantas em seu leito carroçável, transgredindo a legislação de as leis de trânsito, pois não é permitido em nenhum dia da semana e durante a transmissão do jogo do São Paulo F.C. x A. A. ponte Preta, (com o jogo m andamento) dividido a tela ao meio, dando cobertura ao movimento, dando ênfase às faixas e tabuletas com os dizeres ”fora Dilma”, ”fora PT”, o que me fez mudar de canal, pois, eu queria ver o jogo. Em alguns flashes de outros locais, ví também algumas pessoas com cartazes dizendo: Militares, assumam este país! Realmente, mostra uma encruzilhada perigosa, induzindo o povo à uma revolta, cujos interessados diretos se mantém incógnitas. Uma pergunta que não foi feita a nenhum dos manifestantes: Dilma saindo, quem deve assumir? Agitar sem apresentar nenhuma solução é apenas uma maneira de confundir a opinião pública, a quem interessa isso? Se alguém tiver na manga uma solução, deveria ter a dignidade de apresentá-la. Querer barrar as investigações que estão sendo feitas com esses movimentos…é de se pensar…

  20. O que nós mineiros queremos é uma política séria, feita por gente honesta.
    Estamos cansados dos desvios de conduta de todos os políticos e seus partidos políticos.
    É notório que em todos os setores da atividade humana existem pessoas boas e más.
    Também é imperativo separar o joio do trigo, refutando toda essa bandidagem . Mas, a coisa está cada vez mais difícil.
    Do jeito que as coisas andam, daqui há pouco todo mundo já esqueceu de EDUARDO AZEREDO e o mensalão tucano em Minas Gerais, onde começou a prática de desvio de dinheiro público para financiar campanhas políticas.
    Também vão esquecer do desvio de R$ 4,3 bilhões da saúde pelo governo AÉCIO NEVES, que exagerou nos gastos com publicidade e amordaçou a imprensa mineira. Durante anos, com essa tática manteve o apoio corrupto da elite mineira e de setores conservadores tidos como guardiães da liberdade aqui em Minas.
    O resultado dessa fatídica administração (choque de gestão) foi falsamente propagada como a mais brilhante do PSDB no País e abriu espaço para sua candidatura à presidência.
    Por trás de uma mentira catastrófica, o neto de Tancredo deixou uma dívida pública três vezes maior do que a recebida de seu antecessor. Literalmente, quebrou o Estado de Minas e por isso, perdeu feio ainda no primeiro turno.
    Portanto, não podemos deixar essa gente impune, acusando aos outros e escondendo o rabo.
    Nós, mineiros que conhecemos AÉCIO NEVES, estamos muito preocupados. Ele continua com o mesmo semblante de deboche, circulando por São Paulo, Rio e Brasília como o salvador da pátria.
    Pedimos o apoio de todos para acompanhar os passos da justiça mineira quanto ao tratamento dado a EDUARDO AZEREDO. Já estamos sentindo no ar o cheiro de pizza.
    Nós, mineiros, sabemos que o slogan é pertinente: AÉCIO, QUEM CONHECE NÃO VOTA!
    Como temos compromisso com a democracia e a legalidade, afirmamos: “2019 – FORA DILMA”.

  21. “o cara ali em baixo tem razao…..os caras podem roubar todo o estoque de riquezas do país que o povo vai achar que está tudo bem….é inacreditável a falta de discernimento do povo brasileiro” Fernando Peres – 17 de março de 2015 – 13:36 ////// Pior é voce, estrupicio, que se julga diferente, mas não dá um pio sobre o Aeroporto de Claudio-MG, sobre o Trensalão e racionamento de água do Alckmin, sobre a compra de votos do FHC, sobre as privatarias tucanas ou sobre o livro de mesmo nome, sobre o mensalão tucano do Eduardo Azeredo, sobre a liberdade de Demostenes Torres, sobre ter sido o governo FHC que implantou o esquema de corrupção na Petrobrás, etc…. Voce, seu trouxa, só enxerga corrupção no PT. Enxerga até a que não existe e atribui ao Partido dos Trabalhadores a corrupção dos partidos aliados. Voce, coxinha imprestável, fica feliz em poder culpar o PT pelas estrepolias do Maluf e Collor, mas não dá um pio sobre o apoio do Maluf a Geraldo Alckmin em São Paulo. E não é só voce, não, infeliz, mas tambem Rodriguinho Popó, Gilvanildo Costa, Netho, etc…. Na verdade nem sei porque perco meu tempo com voces. ///// Kotscho, parabéns pela linda e promissora semente que plantaste no coração desses jovens. Mas abra teu olho, porque, se nunca foi demitido de emprego, podemos enxotá-lo do Balaio por justa causa, a qualquer momento, fundamentados no artigo VI de tua Aula Magna, como bem lembrou o Everaldo. Abração a todos.

    1. calma cumpanhero..nao vá ter um ataque cardíaco…rápido, corre e pega o seu remédio gardenal… quem fica brabinho assim é porque a carapuca vestiu muito bem, e vc sabe disso.

      Quanto ao seu post. Bem, no mínimo vc é uma pessoa sem educacao que faz ofensas pessoais a quem vc nao conhece. Nao vou baixar ao seu nível e nao vou ofendê-lo, pois esse comportamento vil nao faz parte da minha pessoa. Talvez vc tenha que “lamber as feridas”, bem machucadas pelo comportamento nefasto dos seus ídolos petistas e rever alguns conceitos sobre o que é uma verdadeira discussao entre pessoas civilizadas. Entretanto, nao me impressiono, pois essa forma de discussao gutural que vc pratica me parece quase um “modus operandis” da maioria petista. Um grande abraco e nao esqueca do seu gardenal…

      OBS: nao sou PSDB, PP, PV, CNBB…bom e eu acho que nao sou “coxinha”, pois estou acima do peso…talvez “coxao…”

    2. Caro Vitor Hugo. Confesso a você que entre os livros “Privataría Tucana” e “Assassinato de reputação” li os dois acredito mais no segundo.Tuma Jr fez acusações gravíssimas ao Lula e o Lula ficou caladinho. Como diz o ditado. Quem cala consente. Já José Serra processou o autor do livro Privataria Tucana e ganhou na justiça.

    3. …depois de reafirmar o meu pedido à Santa Clara que cuide bem do nosso blogueiro predileto, nosso querido Véim, aquele que disse em uma aula mágna: ” O Brasil real não está na mídia e a mídia fala outra língua, vive em outro país.”, digo que, nada mais real no momento que esta sua afirmação.No Brasil real, as instituições da república, cada uma com suas deficiências, estão todas funcionando, a população esta vivendo seu dia a dia sem nenhum trauma social, a frequência da Nova Edição, onde todo sábado danço meu forrozim, não diminuiu nem um pouco, e, para mim este parãmetro é o melhor balizador de crises , Que caos político é este??? Que crise é esta que vivemos ??? Porque uma minoria de coxas, resolve ir para as ruas manifestar as suas raivinhas imbecis, porque um bando de velhos classe média esclerosados, junto com os seus netinhos desocupados, passam o dia na internet propagando o caos, é que devemos aceitar que o caos existe ??? A paranóia é tanta, e é tão contagiosa ( cuidado meu irmão Vítor Hugo !!! ) que até um ministro de estado se estafa com ela, escreve um relatório em que afirma: “”A partir do final de janeiro, as páginas mais radicais contra o governo passaram a trabalhar com invejável profissionalismo, com uso de robôs e WhatsApp”. “Deu resultado”, diz o texto, “… e completa:”as mensagens contra o governo teriam atingido 80 milhões de pessoas em fevereiro, enquanto as páginas do PT e do Planalto chegaram a 22 milhões. “Se fosse uma partida de futebol estamos (sic) entrando em campo perdendo de 8 a 2.”. Sinceramente…só um ministro estafado, para não ver que, se atingiram 80 milhões e só levaram 500 mil para as ruas é porque foram derrotados. Temos sim que melhorar a comunicação do governo, mas sem entrar em paranóia. Estamos vivendo uma crise cíclica em nossa economia, mas daí a entrar em desespero , aí já é demais. Desesperada esta a oposição, vejam a fisionomia de seus membros, o Aécio esta passando do ponto de ser amarrado com uma camisa de força.

    4. Para mim, caros Vitor Hugo e Everaldo, esta turma que foi à avenida no domingo não passa de uns vadios, vagabundos porque quem explora o trabalho alheio, senta a bunda numa cadeira a semana toda, não produz nada e não enfrenta o sol, não pega prá capar, só pode ser vagabundo. Não interessa se eles tem dinheiro ou não, quem tem no domingo e usa-o para travar o transito de quem quer descansar podendo sair livremente na rua, ir a um restaurante almoçar com a familia, são vagabundos. Esta gente é improdutiva, tem dinheiro e investe na bolsa e ficam de braços cruzados, dias, meses e anos é o quê? São imprestáveis ou não? Os oportunistas do rádio e da tv, quando há alguma manifestação que dificulta aqueles que trabalharam o dia todo e estão de volta prá casa, dizem que os manifestantes estão tirando alguns minutos destes trabalhadores mas esta desculpa esfarrapada é uma forma oportunista de desmerecer muitas vezes uma manifestação justa de funcionários publicos, de professores que vão à luta por melhores salários e condições de trabalho. Vejam bem até onde vai a hipocrisia destes jornalistas que usam os microfones para abrir sua verborragia desconexa. Eles deviam sim dizer; olha aí sr. governador tucano, a sua insensibilidade em atender aos reclamos grevistas é que está provocando o caos no transito, nós acreditamos que se houvesse uma boa acolhida aos seus pleitos, jamais eles estariam nas ruas para manifestar. Portanto, a culpa do caos no transito é da vossa senhoria e não dos manifestantes. É esta fórmula de trato à noticia invertendo os valores que nós reclamamos e pedimos uma lei de medios para esta imprensa PIG e juntamente a ela estes coxinhas que não trabalham e querem mandar mais que aqueles que enfrentam um sol a sol.

    5. O comentário desequilibrado, desconexo e errático desse Victor Hugo demonstra o isolamento da realidade que vivem o que sobrou de petistas nesses dias finais. E ainda xinga o Kotscho.

    6. Mestre balaieiro, para variar, novamente, agora em fieira, escancaram a velha deficiência. Afinal, por que são assim lastimáveis em intelecção de texto? Tem um replicante ousado, sem medo de ser infeliz, que avança e inova com dificuldade inédita em intelecção de livros, pode isso, Mestre? Mas o pior para o Balaio, que, excluso O velho com maior capacidade no período anterior a ressuscitação, os demais coxinhas no camarote, não dão chance ao contraditório, pois conseguem apenas replicar, desinformar e esganiçar, não necessariamente nessa ordem. Em relação a Victor Hugo e Everaldo, com certeza estiveram abduzidos por instantes, pelo espirito Gilmar Dantas (by Noblat), pois o artigo 6 da Aula Magna não abrange o Papa balaieiro, que permanece indemissível ou segundo Magri, ininxotável, conforme reza o Sétimo Mandamento do Balaio, que a rege em última instância, segundo parecer do eminente jurisconsulto balaieiro Dias Granja Marins, em resposta a consulta desse xará.

  22. Uma imagem antiga que circula na internet (Lula vestido numa camisa estampada com os irmãos metralhas) e os dados de aprovação da Dilma (13%), falam mais que mil palavras.
    E meu pedido especial de desculpas a Sra Maria do Rosário, que não a mencionei, quando escrevi que estamos no quarto dia de luta pela volta da democracia perdida em 01/01/2003

  23. Duas considerações importantes:
    Uma sobre o muito bom artigo sobre a aula do Ricardo Kotscho, mesmo discordando de algumas coisas;
    E outra, mais importante, nossa total e irrestrita solidariedade ao jornalista, que vem sendo tratado como um traidor da pior espécie, quando escreve a verdade. Não liga para os que escrevem por desespero… nem preciso nominar as criaturas…
    Mas nomino a Sra Maria do Rosário, por me ajudar na contagem dos dias de luta pela volta da democracia perdida em 01/01/2003. Hoje é apenas o quarto dia…

  24. A demissão do Ministro Cid Gomes, a mando do PMDB mostrará uma presidenta que não tem mais autoridade!
    O PMDB foi claro, demite ou abandonamos o barco!
    Salvo se ela for “macha”, com se diz aqui Paraíba, e dizer, não demito… não demito… não demito, se forem macho suba aqui no Planalto! rs

    1. Amigão, que você queria? O ministro da educação foi taxado como sem-educação e querer dele que fique calado é demais. O importante que ele espinafrou o Congresso com argumento verdadeiro. O pessoal de lá não quer a reforma politica por que? E eles pensam que o povo não sabe do porque da Petrobras estar sendo considerada um antro de corruptos? O povo sabe que todas esta futricas sobre a Petrobras tem no financiamento de campanhas eleitorais a propina pros partidos ou caixa 2 e a maioria foi eleita graças a esta caixa 2. Os caras não querem que a mamata de financiamentos acabem. Só que esta grana toda saem dos bolsos do incauto povo nas concorrencias com preço de serviços triplificados. As empresas está tendo seus diretores sendo chamados a prestar declarações porque? A Lava Jato quer saber o quanto foi cobrado a mais nas concorrencias que participaram. E esta grana toda foi para financiar as capanhas da maioria de deputados federais, governadores etc. e tal.

  25. Kotscho, espero que minha pilhéria sobre sua demissão do Balaio não lhe tenha aborrecido. Mais uma vez, parabéns pela belissima Aula Magna aos alunos da “Metodista”. /// Sr Fernando Peres 14:52, sou radicalmente contra tomar remédios sem receita médica e meu coração está muito bem, obrigado. Meu fígado é que fica em frangalhos depois de ler as baboseiras que voce, Gilvanildo Costa, Rodriguinho Popó, J Leite, Netho, etc.. escrevem aqui no Balaio. Graças a voces, Kotscho será canonizado, em vida, pelo Papa Francisco, tornando-se sério candidato ao Premio Nobel da Paz(ciência) deste ano, pois suas sandices são dose pra leão !! Abração, gorducho.

  26. “Caro Vitor Hugo, confesso a você que entre os livros “Privataría Tucana” e “Assassinato de reputação” li os dois e acredito mais no segundo” (J. Leite – 18/03/15 – 15:15). //// J Leite, voce é livre pra acreditar no que quiser, assim como tambem sou pra acreditar que voce não leu livro nenhum. E não será a primeira nem a ultima vez que voce e o Luiz Carlos Velho são pegos “de calça curta” aqui no Balaio. Abração, J Leite.

    1. Endosso o comentário do Fernando Peres, visto que tudo na vida tem jeito, até para a estupidez, basta querer e seguir algumas recomendações. O uso do “gardenal” tem sido muito útil nesses últimos dias. A maracujina também tem sido indicada. Dizem que se o Cid Gomes tivesse tomado um copo antes de subir na Tribuna da Câmara ontem, hoje ele continuaria Ministro da Educação.
      PASSADOS 05 DIAS (estou contando certinho, Maria do Rosário?), do inicio da luta pela volta da Democracia perdida em 01/01/2003, já estamos sentindo falta de um novo artigo do Ricardo Kotscho.

  27. Kotscho, seu exercício de realismo e análise no post anterior cantou a pedra: o governo Dilma acabou. O Eduardo Cunha anunciar a demissão do Cid Gomes antes do Planalto mostra que o eixo do poder hoje é o PMDB. Se Lula ( o criador do problema) e Cunha tiverem uma conversa de 15 mins. (e essa conversa mais cedo ou mais tarde acontecerá), em um mês Dilma sofre impeachment ou renuncia antes.

  28. Caro colegas e democrata kotscho vejam os versos da musica que achei mais adequada aos coxinhas da manifestação de domingo passado.
    De frente pro crime – João Bosco
    Tá lá um corpo estendido no chão.
    Em vez de um rosto, uma foto de um gol.
    Em vez de reza uma praga de alguém.
    E um silencio servindo de amém.
    O bar mais perto depressa lotou.
    Malandro junto com trabalhador.
    Um homem subiu na mesa do bar.
    E fez discurso prá vereador.
    Veio camelô vender, anel, cordão, perfume barato
    E a baiana prá fazer pastel e um bom churrasco de gato
    Quatro horas da manhã, baixou o santo na porta bandeira
    E a moçada resolveu para, e então.
    Tá lá um corpo estendido no chão…..
    Esta musica espelha tudo que aconteceu no domingo na Paulista, foi como diz o titulo “De frente pro crime”? Kkkkkkkkkk……….prá dizer que nunca falo de flores.

  29. Olha só o que o dep.jorge pozzobom-PSDB-RS enfiou goela abaixo nos indignados coxinhas:
    “por não ser PTista, não corro o risco de ser preso” ….e a vida segue.

  30. Que ironia, não é mesmo coxinhas petistas da esquerda chula?
    Matéria do Uol: Petrobrás contrata os Bancos Citi, Bradesco e Santander para vender seu patrimônio! Porque não convidou Zé Dirceu, ou mesmo o Eiki Batista.. e quem sabe o Cerveró..afinal, foi baseado no relatório desse último que a Petrobrás pagou 1 Bilhão, numa sucataria que valia 42 milhões? Poderia até ter como orientadores a dupla Renato Duque e Barusco, com orientação financeira, é claro, do Albeto Yussef…
    Por isso que a Sra Maria do Rosário me alertou, que seria difícil a luta pela volta da democracia perdida em 01/01/2003. Segundo muitos, teremos que esperar ao menos até 2018. Estamos apenas no quinto dia de luta…

  31. Kotscho, aproveitando que estamos falando de politica gostaria que voce, recomenda-se aos nossos amigos e leitores a reportagem de hoje no R7, sobre o livro o Pais de excelencias e Mordomias, escrito pela jornalista Claudia Wallin, ela fala muito como vive os politico da Suecia e eu achei muito interessante, inclusive ja tinha assistido ela no programa do Jo Soares em 2014 antes das eleições, e eu fiquei muito interessada nas atitudes dos politico, e legal nos brasileiros sabermos que o nosso pais tem jeito, basta nos tentarmos as mudanças, os nossos politicos não querem mais depende de nos estas mudanças temos que exigir e cobrar, vamos aproveitar que estamos nas ruas pedindo mudanças, parabens ao R7 pela reportagem.

  32. Falando em encruzilhada…o pacote anticorrupção apresentado pela Presidenta, vai deixar muitos políticos numa encruzilhada daquelas…será que vão votar leis contra eles mesmos? Duvido…Vão inventar mil e uma ”desculpas”, dizendo que é um engodo, demagogia, etc. Quando, (seja por qualquer partido) se pretenda aprovar qualquer dispositivo legal que reprima a desonestidade, o desonesto jamais aprovará acabar som sua ”mordida” cujo prejuízo quem paga é o povo. Por isso que cresce cada vez mais os adeptos do ”deixa como está para ver como é que fica”, atirem pedras nas vidraças, desde que não seja na minha. A grande imprensa não é capaz de instruir a sociedade para um movimento exigindo a votação (honesta) desse pacote. Temos de nos organizar para exigir que se instale neste país, leis que condenem de verdade e exemplarmente os desonestos, confiscando seus bens produto de crime de lesa-pátria, expurgando da política e cargos de representação popular, os canalhas que surrupiam o suor do povo, engordando suas contas aqui dentro e no exterior, se orgulhando de suas descaradas falcatruas. Nós do povo temos o poder para isso. Onde já se viu um canalha que chega a usar o dinheiro surrupiado para pagar suas caríssimas defesas! Com a palvra o povo brasileiro.

    1. por isso Brasil, temos que começar a divulgar e dialogar em casa e com amigos que temos que limpar o congresso desse tipo de politico, e que so nos podemos fazer isso, leia a reportagem do R7 de hoje e muito legal, tem paises que ja passaram o que nos estamos passando.

    2. Parabens Ivone, temos que limpar as sujeiras dos coxinhas que elegeram os deputados desta ultima eleição. Eu vi o Dr. Sérgio Gabrielli dar uma aula sobre Petrobrás e os incompetente nem pergunta fizeram e sabe porque? Eles só sabem fazer futricas e conhecimento de tecnologia de ponta não sabem nada. Foi uma lavada nos deputados tiriricas do congresso, fiquei até com dó. Agora quero ver eles dizer não à reforma politica e o caixa 2 se depender deles vai continuar e a corrupção da Petrobras nunca vai acabar.

  33. …hoje aqui em Goiânia, a nosso linda presidentA, mostrou como se cala as bocas dos bate-panelas, liberou 380 milhões de reais para que se inicie a maior obra já feita em nossa capital, que estará pronta em 18 meses. Teremos duas cidades em 2018, uma antes e outra depois desta obra.Saiam da frente coxinhas, vai ser muito difícil tirarem o PT do poder, façam como seus cachorrinhos, recolham-se às suas cazinhas.

    1. Não se ganha respeito liberando verbas,e sim administrando sem corrupção e incompetência, dois defeitos do governo Dilma evidentes nas obras atrasadas e superfaturadas (apenas 30% do PAC foi concluído). O povo está atento, e liberação de verbas não é favor, é dinheiro público.

    2. Everaldo, ela não esta fazendo nenhum favor a voce ou a alguem da sua cidade, esse dinheiro e pelo impostos que voce e seu estado paga, exemplo se voce gasta r$ 50,81 o que voce paga de impostos e tributos embutidos e de r$15,98 e ai vai, imagine voce toda vez que vai ao mercado e gasta esse valor o quando não deixa para o governo o quanto ela não arrecada, são 27% de tudo que voce consome, então e obrigação dela devolver para o estado ou cidade aquilo que voces pagaram, outro exemplo conta luz, agua, telefone e ate no seu holerite que vem descontado, e tem gente que discute, debocha mais a coisa e mais seria do que se pensa, e por isso que tem muita gente revoltada com os problemas de corrupção na Petrobras e a famosa novela Mensalão, porque nos somos roubados na cara dura, e eles politico tira sarro da nossa cara, porque nos ganhamos salarios para nos sustentar e a nossa familia, e pagar os impostos que não perguntam se temos condições ou podemos pagar, somos obrigados, enquanto eles surrupiam o nosso dinheiro e vivem como marajas porque eles ganham para nos representar um salario de r$ 33.763,00 fora outras regalias que eles tem direito, … e eu pergunto, não precisa responder e voce quanto ganha… ai voce pode rir juntamente com eles e achar que a presidente esta lhe fazendo um favor, como e obrigação nossa pagar os impostos e obrigação dela nos devolver com melhorias para o nosso Brasil, e por essas e outras coisas nos que não concordamos com as atitudes do governo, estamos nas ruas exigindo os nossos direitos, porque existe muitas obras começadas e paradas porque segundo o governo não tem verba, agora eu pergunto novamente, se tem dinheiro para corrupção, como não tem para as benfeitorias para o pais, para pagar professores, investimento saude, educação, segurança e transporte para o brasileiro trabalhar e pagar mais impostos para o governo, voce acha que esta certo pagar propina para as empresas empregarem trabalhadores e fazer obras que vai ser bom para o nosso Brasil, eu acho que a nossa presidente acha, porque essa corrupção esta sendo cometida desde antes do mandato do Lula essa praga acontece a anos, mais todos os que estão no poder fazem vista grossa, fingem que não ve e não sabe, então e tão corrupto quanto, porque esconde, varre para debaixo do tapete, espera que a bomba exploda no colo de outro e não no seu, foi o que aconteceu no Mensalão, e mesmo assim ele continuaram a fazer coisas erradas, e isso que deixa o povo revoltado, por isso convocamos a todos tentar mudar a nossa politica, para o futuro dos nossos filhos e netos, porque vai ser dificil tirar esses vermes da nossa politica, vai ser um trabalho de formiguinha, mais temos que juntos tentar.

    3. Eu vi pela tv NBR a Presidenta Dilma falando sobre a liberação da verba para as obras. Eu conheço Goiânia, minha tia morava lá na zona norte e pelo que conheci de lá, vai ficar uma maravilha. Eu estive lá em Aparecida de Goiás na subestação elétrica de lá chefiando a instalação de sistema anti incendio nos transformadores de alta tensão. Depois de lá fui para a hidrelétrica da Serra da Mesa em Minaçú, quase divisa com Tocantins para fazer o mesmo serviço. Outra coisa, eu conheço tambem o Aeroporto Santa Genoveva e vi que ele é bem acanhado pela população de Goiânia e a Presidenta Dilma disse que vai fazer obras de ampliação dele. Isto é que é trabalhar, os governadores coxinhas não são disso. O Pirilo estava com uma cara de sem graça com um sorriso amarelo igual ao Alckmim quando é indagado sobre a falta d’água.

  34. Se a cinquenta anos atrás era muito mais difícil ser jornalista por conta do regime político da época. Hoje eu percebo que a maior dificuldade que o jornalista enfrenta é exatamente essa questão da falta de coerência dos veículos de comunicação, o que eu quero dizer é que todo Jornal tem uma posição política e quando um jornalista vai trabalhar em qualquer um deles, deve escrever conforme o padrão do Jornal, e na maioria das vezes há uma distorção dos fatos, porque cada um que dar enfoque a algo que lhe convém, e isso é ser imoral com os leitores, principalmente quando o jornal não assume sua posição política. Portanto, ao meu ver esse é um dos grandes problemas em conseguir ser jornalista atualmente. Você tem a liberdade de escrever, mas não tem o poder de publicar.

  35. O Gilvanildo Costa (19 de março de 2015 – 16:06) cismou que é abarrotando o Balaio com suas sandices e asneiras que ele vai ajudar a derrubar Dilma e devolver o poder aos demo-tucanos. Gilvanildo, se dependessemos de pessoas inteligentes como voce, seríamos nós que, a essa altura, estariamos pedindo o impeachment do presidente Demóstenes Torres. Se precisarmos de um coxinha burro, mas muito burro, o Gilvanildo não serve. Eu mereço !!!!

    1. Talvez o “bolivariano chulo” possa usar o que lhe resta de massa encefálica (do tipo 3, vide comentário na pagina 37, do artigo ” Fim do Ciclo Petista”) para perceber que até o governo já admite, que vossos discursos não convencem não mais que 13% dos brasileiros. Mas fica tranquilo, a luta pela volta da democracia, em nenhum lugar foi simples e rápida, sabemos disso.
      A nossa está apenas no sexto dia! (bom eu não errar, senão a Maria do Rosário fica brava)

    2. Ele ainda da viu o vídeo onde aparece o doleiro entregando o candidato honesto que ele votou. O Mal desse pais nunca foi a corrupção de alguns, mas a hipocrisia de muitos.

  36. Mestre balaieiro, de encontro a “país melhor, imprensa pior”, o SILÊNCIO DOS INDECENTES que até o momento impera no monopólio da mídia e na justiça amiga, sobre vídeo em que o doleiro Youssef carimba de forma incontornável o passaporte de Aécio, rumo a inquérito sobre Furnas, pela Bauruense, é de dar engulho em avestruz. Então resta-nos perguntar, como cidadãos: E agora, Janot, “pau que dá em Chico, dá em Francisco”, mesmo não sendo petista ou o MPF, de fato e sem direito, é tucano de carteirinha ou seja hipócrita e cínico?

  37. Kotcho, o humor dos cariocas é insuperavel veja a opinião da federação das favelas “reaças, venham morar na favela, aqui tem intervençao militar e estado minimo”. Com a palavra os coxinhas da av.paulista.

  38. Seu Gilvan dê uma chegadinha até o blog de Paulo Henrique Amorim (Conversa Afiada) e assista o vídeo no qual o bandido do doleiro menciona o seu ídolo Aecim na propina de Furnas.Continue contando direitinho tá bom ( 4 anos de Dilma + 8 de Lula), e amassando também as panelas ok?

  39. Olá.
    Caro Kotscho, o sr. acha que a família Gomes pode surfar nesta onde de protestos anti-corrupção e essa revolta contra os políticos?
    Porque o Ciro desde 2007 dizia que a base parlamentar só servia de anti-impeachment. sempre briguento e franco.
    E ao meu ver, muitíssimo bem preparado.
    Com o que fez seu irmão, foi lá e meteu o dedo na ferida, no congresso. O que muda?
    qual foi o jogo dos irmãos Gomes? porque o tal PROS perdeu um ministério gigante.
    enfim, alguém ganhou alguma coisa com tudo isso, né?

    abs

  40. Caro Kotscho, desejo rápido restabelecimento da sua saúde e eu, graças aos médicos do Hosp. São Paulo da Unifesp, pois meu convenio não foi competente para resolver, estou recuperado após tomar antibiótico e até meu joelho esquerdo já está voltando ao normal pois estava com os ligamentos todos inflamados, e eu não caí, não bati e era o melhor joelho que tinha, nunca foi traumatizado eu suponho ter sido virose da àgua torneiral que inadvertidamente tomei. Interessante dizer que na sala de espera conversei com uma moça que trabalha no Hosp. Santa Catarina e esta disse que o P.S. ( pronto socorro) de lá,estava lotado com reclamações identicas às minhas e o convenio estava segundo ela, uma benção de tranquilo se comparado ao Santa Catarina e havia lá no convenio acima de 30 doentes aguardando ser atendidos. Naquele dia tomei umas tres furadas na veia, uma para tirar sangue para exame, outra de tentativa frustrada da enfermeira e outra para tomar dipirona, (novalgina) com soro de 200 ml. Passei a semana passada tomando antibiótico mas já melhorei bastante. Espero que nosso democrata atinja a cura definitiva e continue a intermediar nossa batalha em favor do Brasil e do seu povo.

  41. “Mas fica tranquilo, a luta pela volta da democracia, em nenhum lugar foi simples e rápida. A nossa está apenas no sexto dia ! (Gilvanildo Costa – 20/03/15 – 10:02)” ///// Os coxinhas do Balaio e do Brasil estão divididos: uma parte pede a volta da Ditadura Militar e a outra metade empreende “uma luta pela volta da Democracia, que está apenas no sexto dia”. Enquanto os coxinhas batem cabeça, Dilma apresenta um plano para acabar com a corrupção que os ídolos do coxinhas mais ridículos do Balaio (Gilvanildo Costa, Fernando Peres, J Leite, Rodriguinho Popó, Velho, Vera, Daiane “Firmino” Cavalcanti, Nethu Cano, etc..) farão de tudo pra sabotar. E durma com um barulho desses !!!!!

    1. Caro “divergildo”, que bom que me colocara do lado dos querem a democracia de volta… Enquanto os “gatos pingados” que se aproveitam do momento para pedir intervenção militar sempre existiram, com seus discursos de “viúvas da ditadura”. Pode ter certeza que nem o PT nem os militares representam o desejo povo. Cada um no seu quadrado.. O povo quer democracia, o PT o marxismo bolivariano, e os militares nos quartéis.
      Interrompo a contagem de dias de luta pela volta da democracia, para anunciar que faltam 21 dias para um novo encontro nas ruas.. Dia 12/04… segunda manifestação contra a corrupção e o PT (perdoem-me pela redundância).

  42. Como prevíramos aqui, a pressão sobre Dilma 2.0. vai aumentar, ainda mais. Isto porque, o PT vê-se diante do imperativo de responder ao dia 15 com milhares nas ruas, pelo menos em igual proporção aos números – quaisquer que sejam – contabilizados pelos, diríamos, insatisfeitos com o estado da situação atual (mídia golpista, golpistas, classe média alta e muito alta, super-ricos, ricos, parte da classe média C, parte dos que possuem renda até 2 salários mínimos), se as pesquisas do DATA-Folha estratificadas por classes de renda merecerem alguma credibilidade.
    Se é uma boa estratégia cutucar a onça com a vara curta, só o tempo dirá. Porém, quem ouve os petistas com capacidade de decisão diz que o PT decidiu apostar nas ruas todas as fichas para se contrapor à maré montante do dia 15. O abril foi escolhido como o mês da Primeira Grande Batalha. Os tucanos esperam a definição do PT para marcarem a réplica na semana seguinte à mobilização do PT que pretende levar mais de 1 milhão de pessoas às ruas, segundo os otimistas que ainda são muitos dentro do PT. A avaliação é a de que Lula pode e deve surfar a onda da oposição, fazendo oposição sistemática aos tucanos, em franco e desenvolto preparo para 2018. Segundo muitos petistas, Lula e o PT não podem deixar as ruas amarelas. Ao contrário, a ordem de comando é por um “abril vermelho e estrelado”. Sem dúvida, uma tática arriscada, mas, talvez, não restasse alternativa ao PT e Lula. Acuados pela conjuntura econômica e política extremamente hostil, com Dima 2.0. desmoralizada e genuflexa diante da tríade Cunha, Renan e Temer, o PT e Lula acabam tendo de apostar no contra-ataque para sair das cordas. O boxe ensina, na célebre luta Ali/Foreman – a maior e melhor de todos os tempos – que se pode e até se deve ficar nas cordas durante algum tempo para deixar o adversário socar até cansar. Todavia, não há como vencer, sem voltar ao centro do ringue. A hora de sair das cordas para o PT chegou. Lula tem de voltar ao centro do ringue se quiser evitar o nocaute de Dilma 1.0 neste ano.

    1. Os coxinhas ficarão batendo panelas a partir de 2015 a 2018, haja panelas para amassar e segundo o PHA eles usam panelas de marca francesa que custa muito caro aqui no Brasil. Bem, eles podem pois exploram o povo incauto e daí arranjam muito dinheiro para gastarà toa. Já foi dito que terceiro turno não haverá e neste instante eles estão quase cortando os pulsos de desespero. O estoque de tranquilizantes vai acabar nas farmácias e os consultórios dos psiquiatras vão estar lotados de coxinhas para consultas. Nós os PTistas e populistas como eu, é bom irem se acostumando com os queixumes deles que não vão parar de tentar o golpe e, ao contrário do que imaginam, o exército não está nem aí pelo chôrôrô deles. Desde a ditadura que o exército lavou as mãos de politica, agora eles tem outras preocupações como reorganizar o exercito com armamentos modernos e adestramento das tropas, a marinha construindo submarinos convencionais e nucleares e a aeronáutica com os Gripens (caças de ultima geração suecos) para fabricar. Eles estão agora estritamente nas suas funções de proteger as fronteiras, os mares e o ar, o espaço e o Brasil tem dinheiro para investir porque agora temos o pré-sal, a amazônia com suas riquezas para proteger. Podem esquecer do exercito, a nossa obrigação de cidadãos agora é nas próximas eleições procurarmos escolher melhor nossos representantes principalmente no congresso, fazer as reformas politicas, da midia, cuidar da educação e a saúde como a Presidenta vem procurando fazer, apesar da quase nula colaboração da oposição que ao contrário querem dar é o golpe. Sobre o exercito é o que deduzo pelas noticias inclusive dos blogs sujos que normalmente nos informam sobre as atividades das forças armadas e a ultima me parece foi o lançamento do avião cargueiro C-390, que substituirão os já velhos americanos Hercules C-130, me parece. Portanto precisamos parar com este ódio sem fundamento, gratuíto dos irmãos do norte/nordeste, dos PTistas e daqueles que tem opiniões contrárias às de voces. O país precisa progredir bastante para podermos no futuro fazer uma paítria muito melhor para a nossa descendencia.

  43. Em breve teremos empreiteiras dando descontos nos contratos.
    Em breve teremos ladrões fora da nossa politica.
    Em breve teremos o Brasil no topo do mundo.
    Em breve teremos o PSDB pagando pelo mal que causou ao Brasil.

  44. “com Dima 2.0. desmoralizada e genuflexa diante da tríade Cunha, Renan e Temer” blá blá blá blá. . . .. . . O boxe ensina que se pode e até se deve ficar nas cordas durante algum tempo para deixar o adversário socar até cansar” ///// Quanta baboseira, Netho !!! Dilma genuflexa e desmoralizada perante imprestáveis ???!!! Logo Dilma, sobrevivente de torturas sob as quais voce borraria nos sapatos !!! Onde voce aprendeu essa tática estapafúrdia de ficar acuado nas cordas sob uma saraivada de golpes até cansar o adversário ???!!! Quantos segundos do primeiro assalto Mohemed Ali suportaria acuado nas cordas sob uma saraivada de golpes de Mike Tyson, bobalhão ??!!! Voce repete, feito papagaio, qualquer asneira PIGuenta que julga inteligente, só pra sacanear o PT e defender os demo-tucanos. Pergunte a qualquer praticante de box amador ou profissional sobre essa sua tática e vão rir na sua cara, tolo !!! Amigos do Balaio, é mais fácil comprar cabeça de bacalhau no Pão de Açucar dos Jardins que ver o Netho falar sobre corrupção e incompetência no governo Alckmin !!! A disciplina e fidelidade do Netho à seita de fanáticos do Insituto Millenuim é de causar inveja aos monges tibetanos !!! (Eu mereço !!!!)

  45. Kotscho e colegas, acabei de assistir agora o programa da Record “Reporter em Ação” o escopo foi o que diriamos “lei de Gerson”, levar vantagens em tudo, maravilha. No pano de fundo mostraram fotos das manifestações de domingo passado. Mas antes mostraram várias situações onde exploraram a falta de honestidade comuns em algumas pessoas. Compras em supermercados com devolução de troco a mais no momento de pagamento ao caixa, consertos de máquinas de lavar, automóveis, defeitos elétricos, enfins problemas que enfrentamos todos os dias, até enchentes com prejuizos a moradores pela invasão de água nas casas. Mas gostei do final onde o condutor do programa, após o show mostrando o jeitinho brasileiro citou as manifestações de domingo onde as pessoas cobraram comportamento honestos das pessoas mas estas não praticam estes procedimentos. Voces já perceberam que as classes mais favorecidas e as médias altas são as que costumeiramente gostam de curtir a lei de levar vantagens em tudo? O Lula dizia que emprestar a pobres é garantia de receber no final, mas existem alguns pobres que gostam da lei de levar vantagens em tudo. Isto tudo, é questão de educação do povo. Maravilha de programa, valeu a pena. Se algum coxinha assistiu ficou corado de vergonha, acredito.

  46. RETÓRICA PETISTA QUE ESTÁ REPUGNANDO OS BRASILEIROS !

    1 – Quem não é petista, é tucano..Não importa quem você é ou o que você defende: se você não é petista, você é tucano. 2 – Quem não é petista não gosta de pobre viajando de avião … Não há uma razão possível – quem ataca o PT é rico e não gosta de pobres. Simples assim. 3 – Você protesta contra o governo porque nunca leu um livro de história na vida !… “Não vou participar do movimento porque eu estudei história !” 4 – Quem não é petista, nem tucano, defende a Ditadura Militar… Dilma combateu os militares, se você não gosta dela, logo os defende. 5 – Você não pode reclamar dos bilhões desviados pela corrupção porque fura fila na padaria…. Enche a boca para falar de corrupção, mas fura filas e cola nas provas! 6 – O processo constitucional de impeachment é golpe…. É preciso que os setores mais progressistas se juntem em defesa da democracia, contra o golpismo. “Por direitos e contra a direita” 7 – Dilma não pode sair porque seu vice, eleito pelos petistas, não presta… Tem que ter consciência política – afinal, se sai a Dilma entra o Michel Temer no lugar, e quem em sã consciência gostaria disso? 8 – Quem vaia Dilma é machista… Faz parte da nossa cultura. Se você não gosta de uma presidente mulher é porque têm ódio de mulheres ! 9 – Todos os problemas do país serão resolvidos com uma reforma política… Como resolver o problema da corrupção no sistema capitalista? REFORMA POLÍTICA! 10 – 2 milhões de pessoas Tomaram as ruas no dia 15/03 porque a Globo ordenou !… Coleguinhas, liguem a TV e tenham uma aula de como um golpe é orquestrado com apoio midiático !

    Vamos virar o disco gente !

    1. Perfeito Eliseu…
      Em 12/04, daqui a 20 dias iremos pra ruas, perguntar ao PT.
      Cadê o nosso dinheiro que pagamos de impostos???
      VemPraRua.net

    2. Quanta asneira, Eliseu !!! Cite apenas um exemplo para cada uma de suas 10 afirmações estapafurdias e passe a pregar também o impeachment dos governadores tucanos Geraldo Alckmin e Beto Richa e a cassação dos mandatos de senador de Serra, Aécio, Anastasia, etc…, e de todos os demotucanos acusados de corrupção, seu anti-Petista ridículo !!! É muita estupidez e calhordice de sua parte tentar convencer-nos de que é natural e democrático que se casse o mandato de Dilma, mas porque não sai à rua pedindo cassação do mandato de vagabundos que constroem aeroportos nas terras da família, como dinheiro publico ??? Vá catar coquinho, bobalhão !!!

    3. Alguns coxinhas comparam o momento politico dificil da Presidenta a uma luta de box. Estão acostumados a ver aquelas lutas livres na Tv, a tal de UFC e sem criatividade e inteligencia fazem estas comparações ridículas. Me lembro quando rapazinho, as tardes de sábado toda a população ficavam vendo o Ted Boy Marino versus o Fantomas e outros lutadores. Depois descobriram que tudo aquilo era encenação já tratada antes de entrarem no ring e as lutas foram abandonadas e perderam os espectadores passando a ver programas mais culturais e o povo começou a evoluir. Hoje parece que estamos retornando àquele passado e a moçada que gosta de ver sangue, não vê a hora destas lutas começarem outra vez na tv, a mesma marmelada do meu tempo. Se o Nero, rei de Roma vivesse no nosso tempo certamente seria um assíduo assistente e alimentaria este tipo de barbárie, voces sabem almas sanguinária nunca está satisfeita se o sangue não rola. É,,,, me parece que apesar de tantas escolas onde se ensinam a cultura e amor ao próximo e a evolução espiritual, estamos retornando à barbárie dos tempos antigos, só faltam transformar os estádios de futebol em arenas, aliás já os chamam de arenas e poderemos ver o retorno dos gladiadores lutando contra feras famintas ou outro lutador, só falta isso.! Kotscho e colegas evoluidos, se não abrirmos os olhos, logo, logo os PT’istas e populistas como eu, seremos lançados às arenas para sermos devorados por leões tais os cristãos foram na época de Cristo, tudo leva a crer. Este povo está enlouquecendo, é facilmente perceptível. Vamos deixarbestes aloprados prá e mudando de assunto, eu j? fiz vários comentários àcerca da má qualidade da água e hoje mesmo vi confirmadas por técnico minhas premissas no Jornal Nacional da Globo artigo sobre o problema de contaminação da Cantareira. Esta bola eu já cantei aqui há mais de um mes, até falei da contaminação da represa e que estimava em 10 anos, se chovesse por longos dias recuperando os níveis normais da represa. Falei de modo até jocoso sobre quantos cemitérios há em São Paulo aventando que bactérias, fungos protozoários, virus são carreados pelas águas para os rios que desaguam no Tietê e estes micróbios chegam às torneiras das residencias. Hoje o pessoal da Globo mostraram além do que eu disse mostrando dejetos humanos a caminho da represa, nojento gente. Eu estive no Texas (Cibolo) no ano passado e lá a água é super tratada e fica até salobra ( excesso de produtos quimicos que combatem os micróbios, tornando seu sabor um pouquinho salgado). Eu já manifestei aqui a minha preocupação com possivel epidemia que pode ocorrer e até os médicos que me trataram do joelho com as ligações inflamadas suspeitaram um caso de virose. Prefiro pensar que tal fato não ocorra e o pessoal que faz o tratamento da água, fazem análises para certificar a menor presença possível de agentes patogênicos, mas me lembro que quando trabalhei como propagandista num laboratório lider na produção de agentes antiparasitológicos que há agentes que constroem uma superprotenção em volta à sua extrutura ou carapassa que suporta até altos graus de temperatura sobrevivendo a esta, como um casulo reforçado, como uma carapassa de tatu. Todos da minha familia tomam água mineral, mas há inclusive firmas não indôneas que vendem água de procedencia divudosa. Bem, turma, se correr o bicho pega e se ficar, ele come. Triste situação da nossa gente. Eu gostaria que os coxinhas levassem em consideração o que eu disse e penssassem bastante sobre manifestações e pautassem nela esta preocupação que todos deveriam ter. Afinal, água é saúde e esta rem que ser preservada.

  47. Outra pesquisa a caminho! Aquelas internas desde fevereiro, que antes do último Data Folha ou Data Falha, apontavam a popularidade de Dilma 2.0. no fundo do poço, também sinalizam o mesmo rumo. Dilma já atingiu o mesmo patamar de rejeição de Collor: 60%. Se consideradas as margens de erro, pode-se dizer que a popularidade e rejeição de ambos são equivalentes(62/68). CNT deve ultimar os dados amanhã e o resultado sai na quarta-feira ou quinta-feira, uma semana depois da Marcha (pela Família com Deus pela Liberdade) II, cujo desfecho foi o golpe de Estado de 64, ainda fresco na memória de alguns. Dilma pode vir a se tornar, caso os números piorem um pouco, a pior presidenta do Brasil segundo os estritos e restritos números dos institutos de pesquisa. À medida que sua popularidade desfalece, a dimensão da rejeição aumenta e impede que o estado de espírito de insatisfação popular restrinja-se à histórica intolerância ao PT, muito visível apenas nos jardins da elite paulistana. A classe média, a tal da “C”, que vinha sustentando bem alta a popularidade da presidenta, aparentemente mudou completamente de lado e juntou-se aos radicais da oposição. O descontentamento vai continuar esparramando-se ou teria atingido o pico e começará a cair, lentamente? O mal estar não chegará às periferias, vale dizer, aos que se equilibram na faixa de até dois salários mínimos? Os números da economia não sancionariam tal hipótese. A perspectiva é que o governo não consiga sair das cordas, com um cruzado direto, a exemplo do golpe de Ali em George Foreman, em 1974, na considerada luta do século. Diferentes segmentos sociais, inclusive aqueles que cravaram o 13 nas urnas, 5 meses atrás, dizem nas pesquisas internas de diferentes partidos, e do próprio PT, que esperam uma piora da sua situação pessoal. Um mar de gente foi às ruas no domingo passado, com e sem chuva. Não resta ao PT outra coisa, exceto levar às ruas número similar de pessoas, para conter a horda conservadora que se levanta disposta a fazer Dilma virar pó de traque. A situação tem de mostrar mais café no bule, do que o servido no último dia 13.Havia mencionado aqui, anteriormente, a importância de, na política, pelo menos quanto às aparências, dispor da “vantagem moral”. A mesma que Tancredo detinha diante de Maluf no Colégio Eleitoral. Dilma sempre dispôs dessa vantagem moral, mesmo quando no episódio Lina Vieira, em 2009, levantou-se a dúvida a respeito da queda da ex-secretária da Receita ter sido motivada pela “leoa” haver cruzado o caminho da ministra da Casa Civil, após farejar a Petrobrás, os bancos e os Sarney (ver a coluna de Leonardo Souza, dia 19/03/2015, na FOLHA). As pesquisas mostram que essa vantagem moral, a presidenta perdeu-a, porque mais de 80% atribuem a ela o conhecimento do que se passava com a “joia da coroa”. A moralidade sempre foi uma decisiva linha de defesa da presidenta, inclusive porque desempenhou muito bem no primeiro mandato o papel de “faxineira de Estado”, que os jornais da mídia nativa atribuíram a ela, e que lhe rendia altas doses de popularidade. A conta dos malfeitos seguia sendo transferida aos “mártires” Dirceu, Genoíno e Delúbio, que mataram as denúncias, sozinhos, no peito, sem descerem ao papel desprezível dos alcaguetes, sempre de bicos calados. Ninguém esperava por uma Lava Jato no meio do caminho. E com alcaguetes do teor destrutivo de um Youssef da vida, a depor a conexão financeira das empreiteiras com o Planalto. O grande alcaguete premiado confirmará a ciência de Dilma sobre os problemas da Petrobrás? O alcaguete letal premiado irá detalhar na CPI como o dinheiro ilícito chegou, supostamente, aos cofres da campanha do PT na reeleição de Dilma? Diante dessa encruzilhada, a do dinheiro malfeito com as versões malsinadas, porém premiadas, a presidenta ficaria com (ou sem) escapatória? A população vai sair às ruas, novamente, na casa do milhão, a exemplo do que aconteceu com Collor ? O PT vai botar um milhão de defensores de Dilma nas ruas, no próximo abril, tingindo de vermelho as capitais do país? A crise política foi para as ruas e tudo indica que das ruas não sairá tão cedo. Não adianta clamar contra a oposição. Collor clamava que as empreiteiras e o financiamento privado malfeito não eram obra dele, mas já vinham de longe, desde Borba Gato, o primeiro alcaguete premiado. Não adianta reclamar contra os tucanos, moicanos e troianos, porque estes sempre fizeram o diabo em época da vigência do arquivador geral da República, o senhor Brindeiro. Não adianta vituperar contra os governadores mequetrefes da vida, porque sempre foram os queridinhos da midia nativa. O fato é que o PT deu mole para os profissionais da malandragem. Dilma deu mole para os picaretas da Petrobrás. O fato é que está chegando a hora do acerto de contas final. Lula é a única bala disponível na agulha do PT. Certamente é e sempre foi o alvo principal da oposição e do conservadorismo, do reacionarismo e do golpismo. Lula sabe que o Brasil não é para principiantes, como disse o maestro Tom Jobim. Dilma não tem mais como governar, exceto submetida a um presidencialismo mitigado, como uma espécie de rainha da Inglaterra, à mercê do inesperado primeiro-ministro Cunha; o Achacador, segundo Cid Gomes (o mais novo candidato a presidente a entrar na raia de 2018). Lula sempre mostrou ter uma carta na manga na hora H. Vamos esperar para ver o jogo que o único político vivo imbatível em uma eleição direta, o invencível Lula, certamente irá fazer! O passado, o presente e o futuro do PT sempre foi, é e continua sendo Lula. Mais do que nunca, tudo depende dele.

  48. Não me conformo com o sangue de barata de Lula, Dilma e dirigentes do PT. Nesta noite(23/03/15), como vem sendo durante os ultimos anos, o Sr. Marco Antonio Villa, comentarista da TV Cultura, vem fazendo calunia e difamando, Lula, Dilma Ze Diceu, dirigentes e parlamentares do PT.
    Porque não levam este senhor aos tribunais. Estão com medo do PIG.
    Pergunto, não cabe mover ação tambem contra a TV Cultura uma Empresa de Comunicação de concessão publica?
    Direito de expressão tem limites, como falou o Papa Francisco.

    1. Caro Léo, apesar de concordar com o Vila, praticamente em tudo, concordo com você que ele passa do limite. Apesar de se apresentar como historiador, ele faz vez de jornalista, tanto na TV como no rádio. O que senão por responsabilidade, mas ao menos por ética, não se pode ficar 24 horas xingando um lado. Que eu faça isso, e você tenha o direito de não concordar tudo bem… Mas o Vila deveria ser mais contido!
      VemPraRua 12/04

  49. Nos idos de março, o clima na atmosfera da opinião pública pesquisada vai de mal a pior, com trovoadas e relâmpagos junto com trombas d’água. É o que diz o quadro analisado pela CNT/DMA, abaixo transcrito, entre aspas, da Folha:
    “A avaliação do governo da presidente Dilma Rousseff atingiu em março deste ano o segundo pior nível histórico, segundo pesquisa CNT/MDA divulgada nesta segunda-feira (23). No total, 64,8% dos entrevistados consideram o governo da petista ruim ou péssimo, contra 10,8% que o avaliam como ótimo ou bom.

    Outros 23,6% consideram que o governo Dilma Rousseff é regular e 0,8% não sabem ou não responderam. Em relação a um eventual pedido de impeachment de Dilma, 59,7% responderam ser favoráveis e 34,7%, contrários. Outros 5,6% não sabem ou não responderam.

    O pior índice registrado pela pesquisa foi em setembro de 1999, no segundo mandato do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Na época, o governo do tucano foi avaliado positivamente por apenas 8% dos entrevistados e 65% fizeram avaliação negativa de sua gestão.

    A pesquisa também mostra que a avaliação pessoal da presidente é a pior da série histórica da CNT/MDA. Entre os entrevistados, 77,7% desaprovam a presidente, contra 18,9% que a aprovam. Outros 3,4% não sabem ou não responderam. A pesquisa começou a ser realizada em julho de 1998.

    A última pesquisa CNT/MDA que fez a avaliação do governo Dilma Rousseff foi realizada em setembro de 2014, antes das eleições que reelegeram a petista. Na época, o governo Dilma foi avaliado de forma positiva por 41% dos entrevistados, contra 24% que fizeram avaliação negativa.

    A pesquisa realizou 2002 entrevistas entre os dias 16 e 19 de março, logo após os protestos contrários ao governo federal, em 137 municípios de 25 Estados. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais.

    SEGUNDO MANDATO

    O levantamento aponta que 75,4% dos entrevistados consideram o segundo mandato de Dilma pior que o primeiro, enquanto 2,8% o avaliam como melhor e 16,4% o consideram igual. Outros 4,4% acham não ser possível fazer essa avaliação e 1% não sabem ou não responderam.

    Segundo a pesquisa, 84% dos entrevistados consideram que Dilma não cumpre em seu segundo mandato o que prometeu durante a campanha eleitoral. Outros 4,7% consideram que ela cumpre suas promessas, 12,9% avaliam que as promessas são cumpridas parcialmente e 1,4% não sabem ou não responderam.

    O levantamento também questionou os eleitores sobre uma eventual disputa para a presidência da República neste momento entre Dilma e senador Aécio Neves (PSDB-MG). O tucano seria eleito com 55,7% dos votos contra 16,6% recebidos por Dilma. Os brancos e nulos somaram 22,3% e 5,4% não sabem ou não responderam.

    Entre os entrevistados, 41,6% declararam ter votado em Dilma nas eleições de outubro do ano passado contra 37,8% que votaram em Aécio. Outros 10,8% afirmaram ter votado em branco ou nulo, 8,7% não votaram e 1,1% não lembram ou não responderam.

    A pesquisa também perguntou aos eleitores se o governo Aécio Neves estaria melhor que o de Dilma Rousseff neste momento, caso o tucano tivesse sido eleito em outubro.

    No total, 38% dos entrevistados consideram que estaria melhor, contra 32,6% que consideram igual e 17,4% que acham que a gestão do tucano seria pior. Os que não responderam ou não sabem somam 1,2%.

    PETROBRAS

    Em relação às denúncias de corrupção da Petrobras, 68,9% dos entrevistados consideram que Dilma é culpada pelo esquema de desvio de recursos na estatal, contra 23,7% que não têm essa avaliação. Outros 7,4% não sabem ou não responderam. O ex-presidente Lula também é considerado culpado pelas irregularidades na estatal por 67,9% dos entrevistados, contra 23,7% que discordam.

    A pesquisa mostra que 75,7% dos entrevistados sabem da lista dos políticos que teriam envolvimento com o escândalo de corrupção na Petrobras. No total, 90,1% dos entrevistados consideram que os citados na lista estão envolvidos nas irregularidades, mas 65,7% acreditam que não serão punidos. Apenas 28,4% dos entrevistados acreditam em punições aos culpados.

    Segundo o levantamento, 83,2% dos entrevistados apoiam as manifestações contra o governo realizadas no dia 15 de março e 15,7% são contrários. Mas apenas 3,9% responderam ter participado dos protestos, contra 96,1% que não estiveram presentes.

    CRISE
    A pesquisa mostra que 53,9% dos entrevistados consideram que a reforma política vai ajudar, pelo menos em parte, para resolver a crise política do país. Outros 33,2% não acreditam na reforma como solução e 12,9% não sabem ou não responderam.

    Metade dos entrevistados apontaram a corrupção como maior desafio do governo federal, seguido por saúde (37,1%) e economia (29,3%).

    Em relação à crise econômica, 66,9% consideram que as medidas adotadas pelo governo federal não vão solucionar os problemas no campo econômico e 25,2% são otimistas em relação ao resultados das medidas. No total, 92,8% dos entrevistados responderam estar preocupados com a crise na economia do país. O tempo para resolver a crise será de longo prazo (3 a 4 anos) segundo 51% dos entrevistados, enquanto 10,7% acham que será solucionada em um ano.

    O levantamento aponta que 82,9% dos entrevistados consideram que Dilma não sabe lidar com a crise, contra 13,8% que pensam o contrário. Outros 3,3% não sabem ou não responderam”.

    São os idos de março, apenas; nada a ver com a profecia do velho ao cônsul romano Caius Julius Caesar…

  50. Querido Kotscho, muito obrigada por sua inspiradora presença na Universidade. Sou aluna da Metodista e fiquei muito feliz em assistir à sua palestra. Sua presença foi uma honra, e suas palavras certamente inspiraram e reforçaram o sonho de muitos presentes, como eu.
    É impossível não querer continuar lutando por nossa profissão e sonho após ouvir sua história.
    Feliz aniversário!

  51. A porta voz dos coxinhas (sua parcialidade beira ao ridiculo) com audiencia derretendo feito gelo no deserto, veja quebrada apelando a pai de santo pra aguentar até o final do ano, estadão nem de graça alguem quer, o Kotcho engolindo os 2 milhões de manifestantes que a PM do Alckmim calculou…… Dilma não deve se preocupar com essa turma, sempre serão contra, e sim com a maioria do POVO que a elegeu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *