Governo Dilma vai agora mirar no “andar de cima”

Governo Dilma vai agora mirar no “andar de cima”

Por que pacote não tira de bancos e grandes fortunas?

Esta foi a questão levantada por este Balaio no título do post publicado na última terça-feira, dia 24. Demorou um pouco, mas a resposta do governo chegou.

“O pacote fiscal preparado pelo governo para tampar o rombo das contas públicas conterá medidas que atingirão os contribuintes mais ricos, provavelmente com aumento de impostos”, respondeu o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, aos senadores do PT, que lhe fizeram a mesma pergunta, em reunião com a bancada do partido, nesta quinta-feira, em Brasília.

O encontro de Barbosa com os senadores petistas foi marcado exatamente para pedir a eles apoio à aprovação do pacote fiscal do governo, que prevê o corte de R$ 18 bilhões em benefícios trabalhistas e sociais.

Segundo relato da senadora Gleisi Hoffmann à Folha, o ministro anunciou que a criação de tributos sobre grandes fortunas está em estudo:

“Nós colocamos que essas medidas eram importantes, que achávamos que deviam ser feitas algumas adequações nos ajustes já anunciados, mas que seria muito importante que tivéssemos também medidas que atingissem quem tem renda maior na sociedade, seja na área de impostos ou outras medidas. E ele nos disse o seguinte: estamos estudando e vai haver medidas que vão atingir o andar de cima”.

Abaixo, o vídeo do meu comentário sobre o assunto _ “andar de cima” é uma expressão criada pelo jornalista Elio Gaspari para se referir ao topo da pirâmide social _ no Jornal da Record News, apresentado por Heródoto Barbeiro, três dias atrás:

45 thoughts on “Governo Dilma vai agora mirar no “andar de cima”

  1. Meu Deus! De novo a mesma conversa.A tabela do imposto de renda é o exemplo completo que existe de topo da pirâmide.É defendido e praticado pelo mesmo governo que esse Nelson Barbosa representa,a partir de R$ 4.463,82 vc está no top de rendimento. Classe média – a única que não consegue se defender – prepare o bolso.

  2. Enquanto isso as verdades, mesmo que motivadas pelas circunstâncias vão aparecendo. O Lula assume de vez o “poder”, se reúne com o que há de pior do PMDB e declara… “Vocês tem o direito de ter mais poder de decisão no governo da presidenta Dilma”. Mais???
    O PMDB malandro quanto o Lula, sobe o tom das ameaças de pular fora do barco… Logo a “tia” Dilma os convidam para reunião…
    Vai ter que dá mais Dona Dilma! E sabe quem mandou você fazer isso?
    A oposição? Não!
    Os coxinhas? Não!
    O pessoal que perdeu o direito ao programa Minha Casa Melhor? Não!
    Ah, deve ser então, os que estão ameaçados de perder os empregos e não ter mais direito ao seguro desemprego? Que nada!
    Bem, essa devo acertar.. Os caminhoneiros? Não também? Poxa vida!…
    Ah, tá.. está na cara que essa ordem partiu do PIG em coluio com o FHC, certo? Errado!
    A ordem vem de quem realmente manda na Dilma… o amigo do “Paulinho da Costa”, o ex-presidente Lula…(Ufa!!)
    FALTAM 16 DIAS!

  3. Que ótimo nossa Presidente, eu não aguento mais ver empresário nas redes sociais te defamando, tem muito sonegadores no Brasil dando de patriota Parabéns.

  4. Isso me parece mais aquela coisa de fanaticos religiosos que se apegam naquela parte da biblia que fala “é mais facil um camelo passar pelo fundo de uma agulha do que um rico ser salvo” (ou fala mais ou menos isso), como se ser rico fosse sinomico de pecador e pobre fosse sinonimo de decencia; mesmo porque nessa frase Cristo dizia “é mais facil”, ou seja “não disse é impossivel um rico ser salvo”. Então na minha opinião o que “Tem que ser feito, não é taxar fortunas, e sim “”””punir sonegadores””””” e aí sim, “””””confiscar ‘toda a fortuna’ de quem sonegou e roubou o povo brasileiro e o Brasil””””. E’ preciso sim fazer “uma grande investigação em cima das grandes fortunas do Brasil, para saber de onde elas vieram”. Será que é justo que um jogador de futebol por exemplo, que saiu da favela, passando a vida inteira por dificuldades, sem receber dos governos a assistencia necessaria que os sacrificados impostos que seus país pagavam, deveriam garantir tais beneficios; sejam obrigados a pagarem mais impostos depois que subiram na vida? Por que não se procura investigar as grandes fortunas dos chamados “quatrocentões” ao invés de colocar todas as fortunas e todos os ricos no mesmo pacote?

  5. No andar de cima, Mestre balaieiro, além da cobertura jurídico-maçonica, fica também a turma da Casa Grande com o G.R.E.S.U.S, Grêmio Recreativo e Escola de Samba Unidos da Sonegação, que desfila ano após ano, o ano todo, e aí é que entram os mercavacilantes da vida, aconselhando, “não é bom cutucar a onça com vara curta, sabe como é, né?” Na verdade nada acontece no andar que o desfavoreça ou o enquadre na lei, desde o tempo em que O Malho substituiu a pedra litográfica pela placa de zinco e o Tico-Tico, não o popular papel, evidentemente, atingiu a marca de 100.000 exemplares semanais, sacudindo a infanto-juventude da época. A realidade é que, enquanto o governo contempla o andar de cima na base do bem-me-quer, mal-me-quer, nossa seletiva e criativa justiça, depois do Domínio do Fato, brinda-nos com nova técnica jurídica, o Vaza, que pode ser aplicado nas modalidades, “a jato” ou “a lenha”. Repetindo a aplicação do Domínio do Fato, quando trata-se do governo central e PT, o Vaza tramita na modalidade “a Jato”, como no caso, Petrobrás – fase empresas, e quando trata-se de políticos e partidos amigos, o Vaza tramita na modalidade “a lenha”, como nos casos, Petrobrás – fase políticos, mega sonegação internacional via HSBC ou Trensalão Tucano, só para ficarmos nos mais recentes. Mas como inveterado otimista, daqueles que acreditam que um dia Souza irá mostrar futebol no São Paulo e o prefeito “Picolé de Chuchu” irá mostrar-se governador, antes do sétimo mandato, quem sabe o governo Dilma, pelo menos para economizar, corte do andar de cima as polpudas e substanciais verbas destinadas aos órgãos de (des)informação dessa gente, que o tratam pior que o EI trata “inimigos”, da Líbia até o Iraque, passando pela Síria, sem contar os “frilas” pelas oropas. Bastam duas cadeias de rádio e televisão, de 15 minutos cada, por semana, para, além de matar a cobra e economizar, mostrar aos brasileiros os paus que fazem a canoa a prova de tubarões.

  6. Por “andar de cima” entenda-se qualquer um que ganhe mais de 4.000 reais… Ou vcs acham mesmo que o Levy ia ter coragem de penalizar o patrão dele que por coincidência é dono do Bradesco? Que foi também quem o colocou no cargo como alguém que troca de capacho!!

  7. O Brasil deve ser o único país no mundo que o imposto sobre herança é igual para quem deixa R$200.000,00 ou R$200.000.000,00, só pode ser brincadeira.

  8. Pagando pra ver!
    Barbosa já se manifestara sobre o IGF – Imposto sobre Grandes Fortunas -, em sessão pública no Congresso Nacional. Recorto e colo a frase de Barbosa, datada de 10 de maio de 2011: ““A capacidade de arrecadação desse imposto é pequena e levaria o dinheiro para fora do país, como vimos em lugares como a Europa””.
    À época, assim falava o secretário-executivo do ministério da Fazenda, Nelson Barbosa, em audiência pública, uma terça-feira (10/05/2011) na Câmara dos Deputados.
    Já mencionei em comentário anterior, que Levi não foi nomeado para incomodar o “Brasil de cima”. (Acredito que Gaspari deva ter se inspirado no poeta camponês Patativa do Assaré, ao criar a expressão “andar de cima”, porque a expressão “Brasil de cima” é muito anterior ao uso disseminado por Gaspari). Vamos medir quanto café amargo e frio há no bule da Fazenda do Levi para servir aos senhores da Casa Grande.
    Projetos de lei disponíveis no Senado e na Câmara não faltam para tributar as grandes fortunas. O referido tributo, conhecido como IGF, encontra-se previsto no inciso VII, do artigo 153 da Constituição de Ulysses; portanto, desde 5 de outubro de 1988, faz quase 30(trinta) anos.

  9. O que realmente o povo brasileiro quer e governo que trabalhe pelo povo.
    Dilma, Lula, PT e PMDB vivem para si mesmos!!!
    Onde está o exemplo: não cortaram gastos dos deputados.
    PT “”””””e depois vem massacrar o povo Brasileiro com ajuda do PMDB
    Fora Dilma!!!!
    Na próxima eleição vou trabalhar de graça para incentivar o povo das rua próximo a minha casa a não votar em ninguém do partido do PMDB que é a base aliada que faz tudo que o PT manda!!!

  10. Pois é Sr.Kotscho. Arrebentaram os cofres para se elegerewm e agora querem enfiar a mão no boldo dos ricos. Este é o sonho dourado das esquerdinhas Bolivarianas que ora atanazam o nosso sofrido Continente com leis e ajeitamentos cujos resultados se mostram ao contrário do que se propunha.
    Mas, é lei, com um detalhe.
    Vejam: C F de 88 Seção III. Art. 153
    Dos Impostos da União
    Art. 153. Compete à União instituir impostos sobre:
    I importação de produtos estrangeiros;
    II exportação, para o exterior, de produtos nacionais ou nacionalizados;
    III renda e proventos de qualquer natureza;
    IV produtos industrializados;
    V operações de crédito, câmbio e seguro, ou
    relativas a títulos ou valores mobiliários;
    VI propriedade territorial rural;
    E…
    VII grandes fortunas, nos termos de lei complementar.
    Viu Sr.Kotscho. Há um obstáculo quase intransponível no Inciso VII: ”Nos termos de lei complementar”. Ou seja, tem que passar pelo Congresso e pela Câmara do Cunha. Duvido de ó dó que isso passa.

  11. Andar de cima no Brasil é quem ganha mais de 4 mil e uns quebrados,meu pai é bombeiro e ganha 5 mil e alguma coisa,pro PT ele é elite,mas mal consegue sustentar uma familia de 7 pessoas com isso.Alguém tem que pagar a conta pelas bobagens da gerente,mãe do pac que torrou o que podia e não podia pra se reelegera qualquer custo,com métodos sórdidos e mentiras,os números das contas publicas estão aí,o da popularidade dela tb.Partido que se denomina dos “trabalhadores” é uma trupe de assaltantes que levaram a corrupção em um patamar jamais alcançado no Brasil.Algum deputado petista recusou a benesse do Eduardo Cunha?Só pra dar exemplo?Claro que não!O PSOL,PSDB,PPS recusaram.Nunca fui ligado em politica mais agora vou entrar de cabeça,nas proximas eleições com o andar da carruagem se Deus quiser esses bandidos sairão do poder,não há mal que dure para sempre.

  12. Pois é ,pelo que se vê ninguém acretida neste governo,até os comentários dos fanáticos daqui estão em tom de desconfiança,parece que chegou a hora de enfirem a violinha no saco e procurar outra freguesia.Falta de credibilidade política é coisa séria.

  13. Amado Kotscho, publique mais comentários do publico….tá pouco. Tomara que realmente funcione. è do “andar de cima” que se deve tirar…das grandes fortunas que sempre sonegam impostos. Porque também não tirar dos políticos que ganham salários enormes, mordomias sem fim, viagens de graça. Os juízes ( absurdamente) terão mais 4.,3 mil reais de ajuda de custo, ainda que possuam imóveis, As mordomias dos magistrados são infinitas e eles ainda criticam e não aceitam o “bolsa família”, só o “Bolsão” deles pode! Comecem a levantar a fortuna do Aécio, do Joaquim Barbosa, do Gilmar Mendes, do FHC….é pagar pra ver!!!

  14. Que coisa boa…tomara! o “andar de cima” precisa mesmo ser mirado, não só as grandes fortunas, mas, os políticos antigos e atuais, e os magistrados. Tem político que está há mais de 20 anos no poder, só enriquecendo (ex. Caiado, Aécio, Renan etc), possuem patrimônios incontáveis, até aeroportos particulares. E de onde vem o salário dos políticos e dos magistrados?! dos menos abonados que pagam impostos rigorosamente em dia e que suam a camisa para ter moradia e vida digna. Enquanto eles recebem ajuda de custo alta e imerecida, nós saudamos o “bolsa família” e “minha casa, minha vida”. Abraço grande Kotscho.

  15. Kotscho, se a solução for mirar no “andar de cima” e tiver que seguir ”Nos termos de lei complementar”, obviamente bateriam nas portas literalmente fechadas: Congresso e Cãmara. Dá pra acreditar que essa medida passaria?! imagine…nenhuma aprovação, nenhum seguimento, aliás, nenhum conhecimento…A elite, quer ser cada vez mais elite, que os problemas do Brasil e os menos favorecidos…que se danem! abração Kotscho!

  16. É bom, mesmo, que ela mire também o andar de cima. Porque o arrocho preparado para o andar de baixo está com cara de tempestade. A última notícia é de aumento médio de 23,4% na conta de luz. Isso sem contar que a gasolina já subiu e por tabela a cesta básica, a inflação idem, os juros idem (três vezes desde a reeleição de Dilma), alguns benefícios trabalhistas estão na mira do corte, o desemprego está em alta e por aí vai. Que os ajustes eram necessários já se sabia. Apenas a propaganda eleitoral escondia. O que não se sabia era a extensão do aperto.

  17. …se corrupção é crime por desvio de dinheiro público, então, na verdade, com raríssimas exceções, não temos empresários e sim corruptos disfarçados de empresários, com a prática da sonegação. Quando um cara monta uma empresa, a primeira coisa que faz em vez de contratar alguém que leve a sua empresa a conquistar clientes, contrata um advogado especialista em sonegação.Se a grita contra a sonegação fosse pelo menos a metade do que é contra a corrupção, poderíamos cortar nossa carga tributária ao meio. Aliás, uma boa bandeira para as nossas organizações que representam os empresários, seria pedirem duas leis: uma reduzindo os impostos pela metade, outra, uma lei que, se o cara for pego como sonegador, seria executado em praça pública.Para mim o sonegador é pior do que o corrupto, pois não paga impostos mas exige serviços públicos de qualidade. Alega que não vai recolher os tributos por que estes seriam desviados com a corrupção, tornando-se criminosos pela presunção de um crime.É muita vagabundagem.

    1. Ô Everaldo! Tá querendo o que com essa lei que, “se o cara for pego como sonegador, seria executado em praça pública”? Quer acabar com a G.R.E.S UNIDO$ DA $ONEGAÇÃO, com a quadra ocupando quase todo o andar de cima, é isso? Está certo que é muita bandeira, PSDB, PPS e PSB, elegerem o Cunha e plataforma e agora travestirem-se de “vestais” que não concordam com a farra do eleito em relação as passagens às esposas, enquanto fogem como o diabo da cruz do que realmente interessa, a CPI da Sonegação via HSBC na Suiça, para saber-se quais brasileiros são sonegadores, entre os mais de oito mil na lista, ao negarem assinaturas para instalação da mesma, sabe-se lá por que razão, tratando-se de impolutas vestais, não é mesmo? Será que “o velho” sabe a razão, incluída também a do sepulcral silêncio da Globo e demais associadas do Millenium, no tocante a tão incomodo escândalo de interesse e repercussão mundial?

  18. Vejam vocês como é um dia atrás do outro,com uma noite no meio.Alguns dias passados,aqui se instalou um verdadeiro quartel-general golpista.Era golpe para cá,impechemant para lá,derruba para acolá,fuzila para ali,esfola aqui.Uma verdadeira legião de foras da lei.O velho oeste americano,era café pequeno pelo que se passou por aqui.Alertei Ricardo,e considerei que impechement de um Presidente,não era,e não é,ir à esquina tomar uma cerveja e voltar para casa.Inclusive alertei para o fato,dos riscos que corre,para quem o propõe.Pois bem,os ventos começaram a mudar de direção.A sociedade começa a se dá conta de que,o pior que existe no Brasil,é esse conglomerado mafimidiatico.Literalmente,essa a é o pior midia do mundo,cevados no cocho da ilegalidade,acostumados que estão,com a quebra do Estado de Diteito,quando seus interesses inconfessáveis,estão em risco.Nao respeitam nada,nem a si próprio .Veja o caso do Frei Beto,irmão de Lula,com um repórter do detrito sólido,chamado Veja.Simplesmente estarrecedor.Como os ventos tomaram direção oposta,começando pelo episódio de Agripino Maia,o ZE do DETRAN,sumiram daqui como por encanto.O artigo de Ricardo,sobre a taxação das grandes fortunas,foi o nocaute.Encampado imediatamente pela Presidenta,deu-se o nocaute do nocaute.Foram as cordas,estão grogues no canto do ringue,esperando a contagem regressiva do Juiz,para sentir se podem levantar.

  19. Minha sugestão: 1- separa a economia em setores 2- de três em três meses faz-se um levantamento da variação dos preços dos serviços e produtos do setor.3- Se houver redução de preços, diminui-se os impostas, nos próximos três meses, para este setor, nos mesmos percentuais da redução dos preços. Feito isto poderemos reduzir a SELIC, os juros, sem causar inflação…né não ???

  20. Dessa vez o Governo da Nossa Presidenta e sua cúpula desceu até o fundo do posso. não bastasse que nos Brasileiros sustentarmos o governo e suas contas e todas as suas regalias por toda a sua vida, temos que arcar ainda com as consequências das fraudes , roubos ,rombos nos orçamentos, obras super faturadas, desvios de verbas entre outras tantas. Somos o Pais do mundo que mais paga impostos no planeta. Que vergonha sr. Dilma , aumentar desescaradamente a energia elétrica abusivamente , mexer nos direitos trabalhistas como o do seguro desemprego entre outros para simplesmente cobrir o rombo orçamentário da Petrobrás . Antes a Petrobras estivesse sido privatizada como muitos queriam a alguns anos atrás, talvez o rombo ou com certeza o rombo seria menor. Agora Povo do Bolsa Família do , Renda Minima , Vale Gás , Quite gestante que votaram no PT, em especial na Dilma, vocês juntos como todos nos brasileiros iremos pagar caro mais muito caro pela suas bolsas de benefícios que não passa de bolsas de ilusões. Que nojo desse Pais, que nojo dessa politicalha , que vergonha de ser Brasileiro, que vergonha sim,com muito orgulho e com muito horror…..

    1. Neide…se você sente nojo de nosso país por o governo estar realizando este imenso plano de inclusão social, imagina o que não sentem por você e daqueles que pensam como você, as pessoas conscientes do que estes benefícios representam para a nossa gente. Quando o governo aplica recursos nestes quites que você cita, estes recursos ficam dentro do nosso país gerando empregos e renda, ao contrário de não taxar os afortunados que gastam as suas fortunas em Miami e Nova York. Neide como você não sabe o que fala é melhor ficar calada.

  21. Acabei de assistir hoje às 20h uma reportagem no SBT em que a presidente Dilma inaugurava um parque eólico que responderá a quase 30% da energia. Vamos ver se na mídia PIG passará essa reportagem ou se será de modo desdenhosa. Acho que não passará o interesse deles é dar o golpe e ganhar na mão grande. As famílias abastardas e elitistas desse país já estão entrando em desespero.

  22. …e tu estás acreditando Ricardo????
    “Tu achas que *eles ou elas* vão dar um tiro no própio pé????
    “Nem vou muito longe:tu achas que o Senhor Sarney ou o Senhor Renan vai deixar o *leão* morder a *bufunfa deles?*
    É ruim hem!!!!!
    Sai dessa vida Ricardo,acorda….mas pra realidade.

  23. No andar de cima o governo não mirou; pelo menos se o atirador foi o ministro Levi.
    Ao contrário; o tiro anunciado na noite de hoje foi direto sobre o faturamento, que como se sabe significa um impacto direto nos preços, para cima, que implica aumento generalizado dos preços resultando em mais inflação, no caso, inflação de custos e não provocada pelo aumento da demanda que tende a cair pelo aumento do desemprego à vista e queda da confiança dos consumidores e empresariado, conforme aponta o boletim de conjuntura publicado ontem na página da Fundação Perseu Abramo, do PT.
    Ademais, Levi disparou na testa de Mantega a pecha da ineficiência das desonerações, inclusive desqualifcando Guido, com a expressão “brincadeira”.
    Vamos ver como fica a taxa de desemprego ao final do primeiro trimestre da gestão do Tucano Boy, discípulo de Armínio Fraga e homem de confiança do setor financeiro: o típico Bradesco Boy.
    Dilma prometeu uma coisa na campanha e foi leviana ao entregar outra em menos de dois meses de governo. Barbosa está seguindo na contramão de Levi, para não dizer que também está sendo leviano.
    Quem comanda o Executivo é Levi. A credibilidade do governo (onde chegamos!), depende de um tucano boy. Quem pauta o Legislativo é Cunha, que depende de si mesmo e dos seus 300 picaretas de carteirinha.
    Levi deu solenes cusparadas econômicas na política anticíclica de Guido Mantega.
    Não se houve um pio da presidenta, que inspirou e insistiu na política anticíclica manejada por Guido Mantega.
    Não há dúvida de que Dilma recolheu-se aos seus aposentos de rainha da Brasilândia.
    Dilma está para a cadeira presidencial, como o vaqueiro que monta o cavalo mas não segura mais as rédeas.
    Triste fim.

  24. Dilma está certa. Taxação das grandes fortunas sim, pra fechar o cerco nos tais Suiçalão. Aproveitando, li ontem no site http://www.osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br que nenhum senador do PSDB assinou o requerimento para instalação da CPI do HSBC no Senado. Por que será? Do que eles tem medo? Isso só reforça a desconfiança de muitos de que tem tucano gordo na tal lista. Mas independente da negativa dos senadores tucanos de assinarem o requerimento, o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-PA) já conseguiu mais assinaturas do que o necessário e Renan Calheiros decidiu pela instalação da CPI. De uma coisa eu tenho a absoluta certeza: não há nenhum petista nessa lista, porque se tivesse, a mídia brasileira estaria dando manchete todo dia para o fato, mas como não tem, o jornalista Fernando Rodrigues continua “sentado” em cima da tal lista e liberando em doses homeopáticas alguns nomes devidamente selecionados.

  25. O documentário Inside Jub (Trabalho interno) é um documentário de 2010 acerca da crise financeira global de 2007-2012 dirigida por Charles H. Ferguson. O filme é descrito por Ferguson como sendo sobre “a corrupção sistêmica dos Estados Unidos pela indústria de serviços financeiros e as consequências da corrupção sistêmica.”

    Em cinco partes, o o excelente documentário explora como as mudanças no ambiente político e as práticas bancárias ajudaram a criar a crise financeira. Trabalho Interno foi então bem recebido pela crítica que louvou seu ritmo, pesquisa e exposição de material complexo. Este andar de cima, a cobertura, e que é uma medusa monstra de olhar hipnotizante (nos EUA, existem três pilares modernos desse setor: os bancos de tirar o dinheiro das camadas mais baixas da população, e manda-lo pra elite – está escondido numa palavra aparentemente inocente: desregulamentação. E tudo isso por motivos espúrios, somente a gana por lucros cada vez mais espúrios!!

  26. Que mira ruim essa da Dilma hein!
    Mirou com um estilingue para os afortunados e disparou um canhão em cima do emprego!
    Isso que é jogar (enganar) para platéia! (como se não bastasse o aumento do diesel, da gasolina, da energia..dos juros, aumento no IR, corte no seguro desemprego, corte nas pensões, e agora aumento na carga tributária para quem emprega… Deve ser por excesso de vagas de emprego disponível, realmente está brincando com fogo). E ainda tem apoiadores. Que peste esta senhora tem que fazer para que esses súditos acordem?
    QUE FASE!! Como diria o nobre Milton Leite…
    Faltam 15 dias e alguns minutos!

  27. porque Dilma não dar aumento real para os aposentado , ma aposentei com 3 salários minimo hoje ganho r$880,00, pago de luz r$320,00 sem ter ar condicionada , r$50,00 gaz r$120 água total r$490,00 me sobra r$ 390,00 para alimentação e remedios , dar pra viver assim depois de contribuir 35 anos com a previdencia

  28. Ricardo…o tabuleiro esta na mesa, dentro dele só se encontram o rei e a rainha, faltam o bispo, a torre, o cavalo e os peões. Antes da renúncia da DILMA, se chegarmos a tal ponto, todos estarão no jogo, e isto, a renúncia, não ocorrerá sem um grande trauma político, econômico e social. O Temer assumirá. Acredito que um grave equívoco das forças golpista, é o de acreditarem que as nossas forças armadas seguirão os seus comandos. Em 1964 elas fizeram aquele papel, porque havia uma luta ideológica em jogo, impedir a ascenção do comunismo, hoje o que temos é um conflito de interesses. De um lado os que defendem o Brasil, do outro os que querem o entregar á máfia estorquidoras de nações. Com a tradição nacionalista de nossas forças, de que lado ficarão ??? Do lado dos bandidos ???

  29. Ladrões existem por toda parte em em todos os lugares. Isso é da natureza humana. Verifique ,porém, cidadão de bem, qual o partido que protege seus ladrões.

  30. Caro Ricardo, não entendo tanto de economia para opinar de forma contundente sobre os tais AJUSTES FISCAIS tão falados. Mas consigo enxergar que nenhuma mudança econômica poderá ser devidamente ‘im-plantada’ nem produzir os frutos almejados no atual terreno de intolerância política e golpe à democracia, que as forças reacionárias tentam instalar na sociedade. Por isso, o que me preocupa mesmo é a POLÍTICA, ou melhor, a falta da ação política (estratégica, comunicativa e sistemática) do governo e das forças democráticas. Meu caro Ricardo, p favor, vc q tem acesso ao LULA, diga a ele q tá na hora dele, q tá n hora de voltar com as Caravanas pelo Brasil, q agora elas deveriam se chamar CARAVANAS PELA DEMOCRACIA E A TOLERÂNCIA, q deveriam começar aqui pelo Nordeste, onde o povão, calejado e outrora sedento, começa a experimentar na carne, há 13 anos, a diferença entre a MORTE e a VIDA resultante do “simples” fato de poder escolher livremente quem lhe representa, quem deve lhe governar. Aí poderemos voltar a sonhar com uma constituinte e uma reforma política que nos livre da Ditadura do Dinheiro e das Empreiteiras, e dos “Eduardos”… Oxalá ele nos ouça!!!!

  31. “Quem comanda o Executivo é Levi ( Netho – 27 de fevereiro de 2015 – 22:22)” /// Amigos do Balaio, o que podemos fazer pra impedirmos o Netho de brindar-nos com asneiras desse quilate, de usar de forma calhorda o espaço cedido pelo Kotscho apenas pra denegrir governos e politicos do Partido dos Trabalhadores, calando-se sobre denuncias de corrupção nos governos FHC, Geraldo Alckmin e Aécio Neves ? O “ingênuo espertalhão” usa o Balaio de forma abjeta e dissimulada, fingindo isenção e superioridade pra iludir incautos, seguindo a risca os ***12 mandamentos da seita de imprestáveis anti-Trabalhadores, da qual deve ser grão-mestre ou fundador. Netho, pela milésima vez, desafio voce a debater comigo. Prometo usar vocabulário cavalheiresco, sinceramene esperando que, ao final do primeiro “round”, voce não fuja do Balaio ganindo feito uma cadelinha chihuahua. Aceite o desafio e honrarei o compromisso. Triturarei seu discurso insosso e enfadonho com a fleuma de um lorde inglês. Netho, está feito o desafio e você não tem desculpas pra fugir feito galinha d’angola, como das outras vezes. Pode convocar o Rodrigo Espósito, Gilvanildo Costa, J Leite, Thereza Martins, Velho, etc.. como escudeiros. Pretendo enfrentá-los sozinho, mas não posso impedir que o Everaldo, Dermeval, Dias, Divaldo, Helena Sto André, Elizabeth Gomes, etc… participem do massacre. ///// Amigos do Balaio, pra quem não leu, listarei abaixo os 12 mandamentos citados acima. Peço que leiam os comentários do Netho sempre à luz desses mandamentos e vejam se não os segue a risca. ///// Os 12 mandamentos do Netho: “1 – Ainda que sequem as torneiras, sob nenhuma hipótese criticarás Geraldo Alckmin e não dirás uma palavra sobre o Trensalão. 2 – Abster-se-ás de postar no Balaio sobre temas espinhosos para os tucanos. 3 – Idolatrarás de forma velada e dissimulada o farol FHC, mas fingirás não conhecê-lo nos dias que antecederem eleições majoritárias. 4 – Elogiarás, quando possivel, ou silenciarás, sobre as privatarias tucanas e não citarás o Livro Proibido do premiado jornalista Amauri Ribeiro Jr, Privataria Tucana. 6 – Baterás cartão no Balaio sempre que surgir oportunidade de difamar o Partido dos Trabalhadores, de forma sutil, sem deixar que desconfiem que és tucano doente. 7 – Fingir-te-ás de morto sempre que te cobrarem posicionamento. 8 – Não difamarás empresários corruptores e não darás testemunho sobre maracutaias neoliberais. 9 – Endossarás, com sutileza, as sandices e cascatas do Rodrigo Espósito, Gilvanildo Costa, J Leite, Thereza Martins e Luiz Carlos Velho e não cobiçarás o título de “Idolo dos Coxinhas” deste último. 11 – Não te apartarás da bíblia Veja de teu deus Mercado e seguirás, à risca, os ensinamentos de seus profetas W Bonner, B Casoy, W Waack, A Jabour, E Catanhede, M Leitão, J Sardenberg. etc… 12 – Ajudarás teus irmão de fé a fazer com que esqueçam a compra de votos de FHC, o mensalão de Eduardo Azeredo, as maracutaias de Demóstenes Torres, os panetones do Arruda, o Aeroporto de Claudio e pricipalmente o Helicoptero dos Perrelas”. //// Bom fim de semana a todos.

  32. Ladrões existem por toda parte em em todos os lugares. Isso é da natureza humana. Verifique, porém, cidadão de bem, qual o partido que protege seus ladrões (Luiz Carlos , o velho – 28 de fevereiro de 2015 – 08:34). //// Luiz Carlos, NENHUM senador do PSDB assinou pedido pra instalação da “CPI do HSBC” no Senado. Respondi sua pergunta ? Velho, voce é, de longe, o maior defensor de corrupção no Balaio de todos os tempos. Claro que voce não o faz por desonestidade, mas por imbecilidade progressiva degenerativa. Como lamento, meu bom Velhinho !!!! Abração e que Deus te abençoe.

  33. Como disséramos ante, não há café no bule do governo Dilma, exceto para as MPs levíticas ou levianas, na expressão de Mino Carta. Servidas ao Brasil de Baixo, mediante arrocho tipicamente tucano. Nem poderia deixar de sê-lo, com o Tucano Boy no comando da agenda macroeconômica.
    “Taxar grandes fortunas não traz muita vantagem, diz Levy. O ministro lembrou que os Estados tributam a herança; e os municípios, a transmissão de bens entre pessoas vivas. A informação atrás mencionada está no portal Terra”, do dia 27 Fev 2015, às 18:32h.
    Nelson Barbosa falou à bancada do PT, o que até o último protozoário sabia que se tratava de lenga-lenga para a boiada toda dormir.
    Infelizmente, não há a mínima resposta audível às critícas levianas que o ministro da Fazenda pespegou na política anticíclica do Ministro Guido Mantega. Uma política que Levi desqualifica como sendo “brincadeira” e “grosseira”. Sabido e consabido que Guido Mantega adotou a política anticíclica para conter os níveis de desemprego em torno de taxas civilizadas, contando com o total e irrestrito apoio presidencial. Há quem diga que Guido era o secretário-executivo do MF, porque a presidenta, sim, comandava a Economia.
    Tudo indica que teremos 2015 com PIB negativo. O IBGE deve publicar os dados do PIB de 2014, atualizados e corrigidos, em março: negativo, provavelmente; no máximo em torno de zero e alguma coisa.
    O blogue do ex-ministro José Dirceu diz, com todas as letras, que Cunha comanda a agenda do Legislativo e dá curso e movimento à uma agenda conservadora, diante da qual as forças populares e do “andar de baixo” deveriam opor-se.
    O mais, somente são sonhos de verão, que acabam nas águas de março.
    2018 é o norte, porque 2015 implica o comprometimento da economia por um tempo médio de pelo menos dois anos. Dilma tende a chegar ao final do mandato, se tudo correr muito bem, nas mesmas condições em que FHC concluiu 2002; com baixíssima popularidade.
    Lula tem pela frente uma tarefa digna de Hércules; sustentar a criatura e não perder toda a gordura que acumulou nos seus oito anos benditos, para buscar a salvação da lavoura no mais duro confronto com as forças conservadoras desde 1989.
    Nem se fale da Operação Lava Jato, que deve envolver todos os partidos e estimular conversas sobre o assunto na pizzaria mais próxima do setor hoteleiro norte.
    A conferir as taxas de desemprego durante o primeiro trimestre de 2015 da Era Levítica ou Leviana.

    120

  34. LEPO LEPO ou TECO TELECO TECO.
    Independente do tom da postagem os preconceituosos botam a boca no trombone não admitem que um simples operario mudou a situação dos mais pobres neste país, desvirtuam notícias sempre a favor dos pseudos intelectuais. Não admitem os tais intelectuais, sociólogos e os seus que fizeram muitos menos que hoje é pregado. A midia segue a nota que é dada pelos tais genios, e o foco é Lula é, Dilma.
    Lepo Lepo é cantada por um tal de Pissirico, caiu na graça das crianças, jovens e até adultos, porém se não caiu na graça dos intelectuais não presta. A “genial” Teco Teleco Teco é cantada por Miucha, as duas musicas o sentido insinuosos são iguais, mas a do tal do Pissirico não presta porque não foi aprovado pelos senhores gênios. Para os recalcados bom é o que dizem, nao que o povao sente. Isso chama-se preconceito.

  35. Tava passando da hora,temos que aumentar impostos sobre grandes fortunas, tem bilionários que herdaram fortuna sem nunca terem trabalhado, e os banqueiros temos taxar os lucros dessas instituições .

  36. Grandes riquezas, bancos e empresas repassam todos os impostos ao consumidor final. Quem leva o tiro sempre é o povão. O governo tem que mirar nos próprios gastos, mordomias, ineficiência, super faturamento e corrupção.

  37. Wishful thinking – ou mera descoordenação mesmo entre um ministro e outro. O fato é que Joaquim Levy deixou claro, logo após essa fala do ministro do planejamento, que acredita ser a tributação sobre grandes fortunas pouco eficiente. Ele acredita mesmo é no “bom” e velho imposto de renda. Esteja ele correto ou não, o que não tenho os mais adequados elementos para aferir, por me falecerem os conhecimentos necessários, de uma coisa tenho certeza: a fala do ministro da fazenda indica que o governo Dilma irá mesmo é mirar no andar do meio, o da classe média!

  38. Muito boa a entrevista de Amir Khair para a Carta Capítal, da qual transcrevemos, abaixo, uma das indagações da revista e a resposta correspondente:
    CC: Quais as consequências e como o senhor avalia a postura do governo de fazer corte nesses benefícios trabalhistas?
    AK: É uma atitude um pouco simplista, uma atitude que não resolve. Como eu falei, quando você corta na base da pirâmide social você diminui consumo e, portanto, diminui a própria arrecadação pública. Então uma coisa anula a outra, ou até pior do que anula. Pode acontecer como aconteceu no passado. Você tem um déficit muito maior das contas públicas e não resolve. O governo teria uma alternativa muito mais eficaz, muito mais forte, muito mais rápida, muito mais factível, caso reduzisse as despesas com juros. Os juros no ano passado corresponderam a 6% do PIB [Produto Interno Bruto] e isso gerou um rombo nas contas públicas. Quer dizer, o que deu um rombo nas contas públicas foram os juros. E o Brasil é um dos campeões mundiais de juros. O Brasil tem sempre sobre a questão fiscal um ônus de 6% do PIB, quando no mundo todo gira em torno de 1%. Então quando você tem uma conta anormal por consequência dos juros, a providência mais normal, óbvia, é você atacar essa questão. Essa é a questão central e é fácil de atacar. Como você ataca? Reduzindo a Selic [taxa básica de juros]. A Selic está muito acima do padrão internacional, o padrão internacional das taxas básicas de juros é a inflação do País. Nós estamos com seis pontos acima da inflação na Selic. Quando você reduzir isso para a inflação do País, essa conta de juros cai rapidamente e, ao cair rapidamente, você faz um ajuste fiscal sério, para valer. Muito diferente do que o governo está propondo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *