O que podemos esperar de 2015 com Dilma 2?

O que podemos esperar de 2015 com Dilma 2?

 

“Pior do que acreditar em Papai Noel é não acreditar em nada”.

(Carlos Heitor Cony)

***

Para responder à pergunta que me faço no título deste texto de despedida de 2014, o ano que não começou e não tem prazo para acabar, minha primeira preocupação é não me deixar levar pelas previsões apocalípticas da maioria dos futurólogos nativos que anunciam um tempo tenebroso pela frente, sem chance de as coisas melhorarem em nosso país.

Claro que não devemos mais, na nossa idade, acreditar em Papai Noel, mas, se não acreditarmos em mais nada, como nos ensina o sábio Cony, como vamos fazer todos os dias de 2015 para encontrar motivos de levantar da cama e ir à luta, já que as nossas contas precisam ser pagas até o final de cada mês, com tempo bom ou ruim?

Em primeiro lugar, recomendo que a gente deixe de colocar todas as nossas expectativas e esperanças nas mãos do governo, de qualquer governo.

Acho que em nenhum outro lugar do mundo as pessoas e a imprensa vivam tanto em função do que os governantes e parlamentares fizeram ou deixaram de fazer como aqui no nosso Brasil. Para o bem ou para o mal, tudo depende de acertos ou erros de quem, afinal, foi eleito por nós.

E nós, qual a nossa responsabilidade?

Como explicar, por exemplo, qualquer que seja o nosso ramo de atividade, que muitos empregados e empregadores tenham prosperado neste conturbado ano de 2014, enquanto outros lamentem perdas?

Como explicar que, com um crescimento do PIB próximo de zero, contas externas no vermelho, inflação fora da meta, dólar disparado e a Petrobras derretendo na Operação Lava-Jato, tenham se mantido estáveis os índices de emprego e renda dos trabalhadores?

É muito difícil entender um país como o nosso, mais difícil ainda tentar explicar. Ilhada por más notícias na economia e encurralada pela velha mídia, com uma base aliada gelatinosa, a duras penas Dilma Rousseff conseguiu se reeleger para mais um mandato, mas a nove dias da cerimônia de posse o clima não é de festa nem de renovação de esperanças, como costuma acontecer nestas ocasiões.

Ao contrário, como já escrevi aqui outro dia, vivemos um tempo de incerteza e desesperança, sem saber o que e, pior, com medo do que pode acontecer.

Neste clima, é evidente que investidores relutam em investir e quem vive do trabalho assalariado sonha apenas em manter o seu emprego. Criam-se, desta forma, as condições para as profecias autorrealizáveis: se todo mundo acha que tudo vai dar errado, é possível que isso acabe mesmo acontecendo.

De nada adianta aqui ficar falando do que pode acontecer na política e na economia _ afinal, dentro da margem de erro das pesquisas e das previsões, pode acontecer de tudo ou pode não acontecer nada.

Mais importante é saber o que cada um de nós pode fazer para melhorar o astral e decidir o que quer fazer e esperar do próximo ano, independentemente de como será o novo/velho governo de Dilma 2, já que não resolve nada só ficar falando mal do governo. Aconteça o que acontecer, ninguém vai pagar minhas contas por mim.

“Como desejar um Feliz Ano-Novo?”, pergunta-me o leitor Brasil de Abreu, depois de desfiar um rosário de problemas, no final da sua mensagem, enviada às 18h58 de segunda-feira. Muita gente tem me feito a mesma pergunta. Respondo com outra pergunta: Vamos fazer o quê? Desejar a todos um Péssimo Ano-Novo?

Se cada um fizer a sua parte e não ficar só olhando para o rabo do outro, já teremos dado um grande passo para desmentir todas as projeções catastrofistas que estão fazendo para o próximo ano. Pode parecer pouco, mas é tudo que nos resta fazer para não entregar os pontos antes de o jogo começar.

Por isso, e apesar de tudo, desejo a todos os leitores do Balaio que me acompanharam ao longo de mais este ano que se vai, e não volta, um Feliz Natal e, se possível, boas notícias em 2015.

Volto no próximo dia 6 de janeiro.

E vida que segue.

 

 

 

 

 

 

35 thoughts on “O que podemos esperar de 2015 com Dilma 2?

  1. Vamos ter esperança não em governos de mãos humanas que nada podem fazer por si mesmos. Vamos ter esperança no amor e na misericórdia (bondade em excesso). Vamos sorrir, pois o céu é azul e a vida é linda. “Sim, eu também sou vítima de sonhos adiados, de esperanças dilaceradas, mas, apesar disso, eu ainda tenho um sonho, porque, como vocês sabem, a gente não pode desistir na vida. Quando se perde a esperança, perde-se também aquela vitalidade que faz com que a vida continue, aquela coragem de existir e de prosseguir, apesar de tudo. Por isso, hoje em dia eu ainda tenho um sonho.” Martin Luther King (1929-1968). Sejamos cativos da esperança, da espera paciente e da bondade que há em cada coração humano. “Construímos casas requintadas para nosso corpo, mas nossa alma é relegada a um casebre na encosta do morro, onde os ventos noturnos nos deixam gelados e a chuva nos encharca. Não é de admirar que haja tantos corações frios no mundo. Não deveria ser assim. Não precisamos viver ao relento.” (Max Lucado. Na Jornada com Cristo. Editora Mundo Cristão. 2011, p.130). Tenhamos bom ânimo, pois a alegria nos torna forte. Sejamos humanos, pois “Aqueles que jamais arriscam a vida pela liberdade, seguramente perderão a liberdade sem salvarem, certamente a vida; que se não prezarmos algo na vida que seja mais precioso do que a própria vida, renunciamos à condição humana”. (Sidney Hook. Os paradoxos da liberdade. Rio de Janeiro-RJ: Jorge Zahar Editor, 1964.).

  2. Caro Kotscho, recebi uma bela mensagem de fim de ano, que reproduzo aqui com o nome de autora entre parênteses, uma amiga muito querida. Em poucas palavras, ela disse tudo: “Para um ano novo merecer esse nome é preciso fazê-lo novo. 2015 promete ser uma prova e tanto, mas fazê-lo melhor para nós mesmos e para quem nos cerca pode ser uma experiência gratificante. Vamos tentar? Boas Festas” (Elianete)

  3. O princípio do mal no homem é o egoísmo, e quando este egoísmo leva uma pessoa a odiar aqueles que o contrariam, como vemos presentemente no Brasil com o ódio que alguns nutrem por nosso governo, se torna o caminho mais curto para o inferno. Uma das maiores contradições que vemos nos cristãos bíblicos, é que não vêm o simbolismo intrínsico na ato de Deus ao criar Eva. Ao criar Eva, com a sua natureza procriadora, Deus estabeleceu que, para Ele, o coletivo esta acima do individual, e reafirmou isto ao mandar o seu filho Jesus, espalhar o: ” amai o próximo como a si mesmo”. Diante desta verdade incontestável, pelo menos deveria ser para eles que têm a Bíblia como como seu código de conduta, todos que odeiam o governo de LULA/DILMA estão fadados a padecerem, per omnia saecula saeculorum, em algum departamento do inferno onde nem o mais bondoso dos capetas tem coragem de se aproximar.Mesmo assim eu, que não sou cristão, pelo menos um cristão no sentido que eles pregam, desejo a estes vagabundos um feliz natal. E que a partir do ano que vem, em vez de ficarem odiando o PT, cobrem de seus líderes lobãotizados, que aprendam a fazer oposição.

  4. Desejar “Feliz Ano Novo” é algo cultural. Poderia ser “Feliz, sempre”… que tal ? /// No panorama político, eu creio que o maior problema esteja na formação da legislatura que se inicia. No panorama institucional, a cidadania e o próprio senso de justiça continuarão tendo problemas com juízes e com procuradores./// A possibilidade de Eduardo Cunha ( PMDB RJ ) ser o presidente da Câmara é um fator de incerteza realmente forte. O que se pode esperar de bom de uma pessoa como o deputado Eduardo Cunha ? /// Eu me lembro, que, em 1980, John K. Galbraith lançou um livro denominado de “A Era da Incerteza”. O livro, entre outras coisas, fazia menção aos riscos advindos da então recente desregulamentação dos mercados financeiros. Nada mais atual e coligado com o que se vê na economia mundial das bolhas, dos famigerados derivativos, dos subprimes, das dívidas impagáveis, etc /// A matéria de hoje é um pouco disso: fala de uma certa era de incertezas. /// Mas, entre o copo meio cheio e o copo meio vazio, a própria matéria diz que desejar “Infeliz Ano Novo” ou, “Incerto Ano Novo” de nada contribuiria. Com isso, sem dúvida, eu concordo. /// Ontem ( acho que o meu comentário à matéria de ontem ficou meio confuso ), eu fiz menção a “algo”, atualmente muito legalista, muitíssimo poderoso e discreto, que está dando sustentação republicana à nossa querida Dilma. Pois, então, eu aposto nesse “algo” republicano, para ser otimista até 2018 ( e para além, se eu estiver vivo até lá ), mantida a exceção quanto às minhas justificadas preocupações em relação ao Congresso, a certos juízes e a certos procuradores. /// Torço para que Kassab consiga o amálgama que está faltando, para que a base seja, de fato, uma base minimamente confiável. //// A todos deste “Balaio”, eu desejo saúde e paz, porque com saúde, a gente consegue resolver o resto. Inclusive todas as incertezas. Desejo isso em especial ao nosso querido mestre e redator-chefe./// Dedico este comentário, em saudosa memória, a duas iniciais “MS” : Milton Santos, geógrafo e pensador brasileiro, falecido em 2001 e Moacir Santos, falecido em 2006, maestro, arranjador e compositor como poucos. /// É isso aí.

  5. …agora…para você, dona Mara, seus filhos, para os nossos irmãos petralhasbalaieiros: Ênio, Vítor Hugo, Dias, Pardalzim, Mr. Change, Helena/Santo André, Divaldo, enfim, todos, que mesmo não sendo cristãos, têm o que esta escrito em Coríntios 1º, capítulo 13, como uma das coisas mais belas e bem escritas, vai estes dois presentes, que na verdade são um, com embrulhos diferentes: https://www.youtube.com/watch?v=duXrCWewqCo, ..https://www.youtube.com/watch?v=XR7_laHduxU…Felzi Natal e…vamú qui vamú.

  6. Mestre, que horror! No Balaio até Papai-Noel é usado para propaganda subliminar do PT. Assim não dá! Assim não pode! Bradaria indignado o ora escafedido príncipe da Rio de Janeiro. Mas vamos que vamos, que 06 de janeiro está logo ali para prosseguirmos nessa vida balaieira que segue. Boas festas a todos os balaieiros e até o ano da Graça, da Dilma e de todos os demais brasileiros de boa vontade e muitas esperanças, 2015.

  7. Com Dilma 2 podemos esperar:Outra altas dos juros,novos escândalos de corrupção,inflação estourada,volta da CPMF e CIDE,fechamento de indústrias, e muitos mantras do PT como “não sabia”,”não sei de nada”,etc,então viva 2015 vai ser um 2014 um pouco pior!

  8. A todos aqueles que se preocupam com o nosso Brasil e sua gente, de verdade, independente de qual seja o governo, eu desejo Feliz Natal e prospero ano novo.
    Agora para aqueles que jogam contra o Pais, só porque não estão no governo, que não se importam em sabotar sua propria gente, apenas pra satisfazer suas sanhas de poder…, eu desejo que o todo poderoso tenha piedade de voces.

  9. “O primeiro grande socialista da história foi Jesus Cristo. Ele pregava igualdade, fraternidade, piedade, amor ao próximo, tudo que o capitalismo rejeita em nome de uma lógica, de uma “racionalidade” capaz de contemplar, impassível, a miséria e os demais sofrimentos sociais mais profundos.
    Claro que se formos tratar de ideologia, a de esquerda é muito mais compatível com a Daquele que aniversariará a partir da hora zero da próxima quinta-feira. Contudo, adeptos de uma ideologia nem sempre – para não dizer raramente – agem de acordo com as crenças alegadas.
    Mas devido a ilusões de superioridade moral de lado a lado, o Brasil vive um momento de profunda divisão político-ideológica. Mais do que isso: há ódio gerado pela política. Ódio profundo, visceral, acalentado por facções que chegam a extrair prazer desse ódio.
    O que é curioso é que, apesar de o cristianismo ser uma ideologia religiosa muito mais condizente com o socialismo, é mais abraçado pelos conservadores e, por isso, mais rejeitado pela média dos progressistas, geralmente reativos à fé religiosa por manter legiões conformadas com penúria social.
    Se Jesus estivesse entre nós, o mais provável é que fundasse um partido político e se candidatasse a presidente, ainda que para ser derrotado. Se a ideologia cristã virasse ideologia política, diriam que quebraria o Brasil ou que seria “demagógica”.
    Para este que escreve, portanto, o socialismo ainda é o caminho mais decente para o homem em um mundo em que as injustiças sociais se aprofundam, gerando guerras, crimes, ódios, rancores, invejas, cobiças… Porém, por não ter título de propriedade da “verdade”, posso estar errado. Desse modo, penso que o Natal pode ser útil a uma reflexão pacifista” (Eduardo Guimarães – Blog da Cidadania). //// Kotscho e amigos, como disse no post anterior, nada é mais repugnante que o ódio dos cristãos endinheirados aos pobres do mundo. Feliz Natal, Balaieiros !!!.

    1. Henrique Ramos, pena que teu ano será assim. Perdeu a eleição…está desempregado…talvez separado…bem diferente do meu ano que venci as eleições….estou aposentado…e muito bem casado. Veja se não escorrega na lama que prevê.

  10. O que podemos esperar de um governo corrupto!!!! ou seja mais corrupção e impunidade! é triste ver o Brasil nas mãos de governos como esse, que só pensam nos interesses próprios e partidarios sem se importar com o povo.

  11. Ah! Ricardo,eu quero tanto…não escrevo nem *eu gostaria*,que nós e os nossos semelhantes fossem pelo menos um tostãozinho menos:agressivos,cruéis,principalmente com as palavras,intolerantes,que respirassem mais,que olhassem com um pouco mais de piedade e que entendessem um pouco melhor as pessoas que *pensam e que agem de uma maneira diferente da nossa*.
    Olha Ricardo,já seria um excelente começo de 2015 não somente para a Senhora Dilma,mas para todos nós.
    “Mesmo que *eu* tentasse…não conseguiria fazer parte do *bloco quanto pior melhor*,pois volto a escrever *estaria dando um tiro no meu própio pé.”
    Aproveito para desejar que a *NOITE* de todos seja repleta de paz e saúde,um beijo carinhoso no coração de todos os meus *amigos virtuais*.
    “Que tu e a tua familia também Ricardo sejam felizes.”
    Porque *eu* Ricardo…estou sempre tentando ser feliz.rsrsrs….

  12. Para o gado que acredita na imprensa tudo irá mal. São pessoas de QI pequeno, que não possuem ideias proprias, que ao ler a imprensa escrita, a falada e televisada, em vez de tentar perceber os interesses contidos nas entrelinhas, aceita cegamente tudo o que le, ve e ouve.. 2015 será bom ano. Pelo que vejo nos sintomas, sera bem bom. Por mais que a imprensa tente esconder ou mistificar, nossa Presidente tem dados respostas fortes e incisivas para quem acredita e torce contra o Brasil por não ter o presidente que queria.Mas o pais é grande é enorme! 55 milhões ja acreditavam nela. Quem sabe os 49 milhões que não acreditam, sejam inteligentes a tal ponto de torcer pelo Brasil e não pelos seus proprios interesses pessoais.

  13. Concordo com o que o sr. Claudio das 19:24hs quando diz que quem acredita na grande mídia acha que estamos mal sob o governo Dilma. Mas é só ver as lojas repletas de gente comprando, supermercados cheios, shoppings lotados e aí nos perguntamos: Será que o país está mal assim como propaga a mídia? Claro que não, só acredita nisso os pessimistas de sempre. Outro dia li a entrevista do economista Carlos Lessa, ex-presidente do BNDES, onde ele diz que prefere Dilma, que fará o possível e o impossível para evitar o massacre do salário mínimo real, do que a política do desemprego cruel que Armínio Fraga iria fazer. Segundo Lessa, na cabeça de Dilma também é necessário reduzir os investimentos públicos, elevar as taxas de juros e fazer uma política muito ortodoxa. Então, vamos deixar o pessimismo de lado e dar um voto de confiança à Dilma pois, se fosse o Aécio o presidente eleito, aí sim é que iríamos sofrer com as medidas amargas que ele estava prometendo. É só lembrar da triste época que vivíamos nos tempos do governo FHC onde o desemprego chegou a bater a explosiva taxa de 15% da PEA. Desses tempos sombrios eu quero é distância. Bom, como estamos em época de festa, desejo a todos que frequentam o Balaio um Feliz Natal e um Ano Novo ma-ra-vi-lho-so! E todos que puderem, por favor, prestigiem a posse da nossa grande presidenta Dilma! E viva Dilma! Viva Lula! E xô pessimismo!

  14. O Povo brasileiro não aguenta mais tanta corrupção,não vejo melhoras para o brasil em 2015,teremos a investigação da petrobras que vai e arrastar por um tempo nosso pais era para um dos primeiros do mundo,com o tanto de imposto que se arrecada, pobre vai pra cadeia alto escalão não temos que quebrar este paradgma no brasil..

  15. Com Dilma 2, em 2015 o Brasil chega ao seu pré destinado futuro. Com Eliseu Padilha na aviação ele não superfaturará rodovias; com Cid Gomes, amigo do Paulinho da Petrobras na educação, chegaremos ao nível da educação do Ceará, com direito a show da Ivete Sangalo na formatura; com Aldo Rebelo na ciência e tecnologia enviaremos um foguete a Marte, movido a combustível de mandioca, e a palavra iPhone será proibida; Com Kátia Abreu na agricultura, a mais nova amiga da Madame Presidenta, depois só da Graça Foster, cada brasileiro terá direito a seu pedaço de terra, como bem disse o poeta João Cabral de Melo Neto, o que lhe cabe nesse latifúndio, abaixo de sete palmos. Com Gilberto Kassab, o criador de partidos com filiados defuntos, chegamos ao almejado nível político de Saramandaia. Helder Barbalho na pesca, multiplicará os peixes, graúdos e miúdos, mas só os miúdos cairão na rede. Armando Monteiro não apoiará a revisão da Lei da Anistia, pode pensar na revisão da Lei Áurea. Viva o Zé Simão!

    1. Larry, voce precisa escolher melhor seus candidatos. Collor, Maluf, Sarney, Kassab e Katia Abreu, por exemplo, passaram de ídolos a desafetos da noite pro dia. Assim não dá, Larry, assim não pode !!!!

    2. Veja que coisa Victor Hugo, eu jamais votei no Maluf, e se estivesse com sede não aceitaria um copo de água das mãos dele, vocês beberam café e aceitam afago do corrupto mais conhecido do país, com fotinha para registro exigida por ele. Collor, Sarney, Kassab são agora seus melhores amigos, não meu, não impute a mim a falta de caráter de vocês. Será que tem uma boquinha no gabinete da Kátia para você? Com certeza você consideraria missão de estado abrir porta e servir cafezinho para o maior símbolo do agronegócio atrasado do país.

    3. Depois de ver a lista dos “novos” ministros da Madame Presidenta, fiquei com pena da infeliz. Ela não passa de uma escrava das circunstâncias, herdadas do Lula, o maior mau caráter da história do Brasil. Faz as escolhas padrão Lula, busca entre os piores o pior, por ser mais fácil do que buscar gente que presta. Os piores estarão sempre nas prateleiras, com a etiqueta bem precificada.

  16. “O que podemos esperar de 2015 com Dilma 2…a missao?

    o plano COMEDIA será intensificado:

    CO: mais COrrupcao
    ME: mais MEdiocridade (se é que é possível)
    A: mais Alienacao (se é que é possível também…)

  17. Ótima pergunta. ” O que podemos esperar de 2015 com Dilma 2 ? ” Pelo andar da carruagem, por ora, só mais dos mesmos e nada mais do que isso, salvo alguma surpresa, tipo gol de ouro, no sentido das MMudanças de Verdade: sérias, estruturais e profundas, que ainda há tempo para ser anunciada. Na verdade, pelos cálculos da Mega-Solução (RPL-PNBC-ME), que propõe as MMudanças, palpáveis, concretamente, pelo menos 120 milhões de brasileiros estão sequiosos de MMudanças, ou seja, pelo menos 60% do povo brasileiro, que convertidos em eleitores equivale tb a 60% do eleitorado, mais ou menos, restando ao partidarismo-eleitoral (situação e oposição) apenas 20% para cada lado, quando muito, de eleitores que ainda acreditam nos mesmos, por motivos e interesses diferentes. Tanto é assim, que o mote do partidarismo-eleiotral (oposição e situação), velhaco, foi MMudanças, porque só prometendo MMudanças seriam capazes de levar à população às urnas, face ao descrédito dos mesmos e da dita cuja “Usina do Mal”. Passadas as eleições, a maioria do eleitorado, representada pelos votos válidos, escolheu Tia Dilma, como último fio de esperança às MMudanças, como a mais confiável nesse sentido. Agora vem Tia Dilma 2, não obstante eleita pela força do mote das MMudanças, anunciando ministros todos impostos pelo partidarismo-eleitoral velhaco, com prazo de validade vencido há muito tempo, ainda que a menos tempo do que a fétida ditadura militar corrupta, mãe da “Usina do Mal”, que terminou no colo de Maluf, então PDS, hoje PP, no comando da “petrorroubalheira”, dando a impressão que elegemos Ela mas o partidarismo-eleitoral velhaco nos impôs a oposição, Aécio e CIA, e que vai pegar para si, outra vez, todos os 39 ministérios disponíveis, e que não deixará nenhum, nadica de nada para as MMudanças, deixando assim 60% do eleitorado e da população, até mesmo sem Esperança (que é a última que morre), orfãos de pai e mãe, na rua da amargura, no ar, sem escada e com a broxa na mão. Assim não dá, assim não pode ser, assim não será possível convencer nem o mais alienado dos brasileiros em dias melhores. E assim, por via de lógica, não tem como não dar caca barra pesada, caso não tenham sequer um mínimo de inteligência de anunciarem pelo menos um nome confiável para as MMudanças, em condições de dialogar com pelos menos 60% da população que quer exatamente isso: MMUDANÇAS, porque está cansada de Mutretas partidária-eleitorias. Será preciso desenhar ? DDIRETA JÁ ! MMUDANÇAS , URGENTE ! CHEGA DOS MESMOS.

  18. Kostcho, tá o maior rebu nas redações tradicionais, pois o descontentamento com o prêmio dado ao Bonner não revoltou só da filha do Mário Lago, muitos outros famosos jornalistas se sentiram desprestigiados observem a lista dos indignados e seus comentários:

    Reinaldo Azevedo, Veja e rádio Jovem Pan:
    “Só porque o Bonner tentou morder a Dilma, a Globo dá o Priemio pra ele? e eu que que ataco o ano inteiro de pitbull, de rottweiler e de doberman com os Petralhas e com o governo, não ganho nada?”

    GERMANO OLIVEIRA de O Globo
    “Eu que mereceria o Prêmio, pois fui eu que descobri que Lula tem um Triplex no Guarujá.”

    Eliane Cantanhêde ainda na Folha
    “Isso é um absurdo eu descobri que o Brasil teria uma epidemia de Febre Amarela, Além de dá o furo do apagão e da Compra dos Caças, eu tinha que laureada”

    Policarpo Júnior, Carlinhos Cachoeira e Dadá Araponga Da revista Veja
    “Com o nosso jornalismo investigativo, derrubamos mais de três Ministros, fomos preteridos, mas vai ter troco, nos aguradem”

    Boris Casoy da Band TV
    “E eu que derrubei dois garis”?

    Mário Sérgio, Conti Globo News
    “Eu entrevistei o Felipão num avião em plena Copa”.
    Portanto eu deveria levar esse prêmio.

    Carlos Alberto Sardenberg “Eu já contava com esse prêmio, pois descobri que a Petrobras faliu”

    Danilo Gentili “Eu que deveria ganhar… Eu descobri que a Dilma estava desempregada e iria para Cuba”.

    Merval Pereira “Esse prêmio por justiça e gratidão deveria ser meu, pois quando anunciaram que o Aécio perdeu para Dilma eu chorei diante das câmeras”

    Rachel Sheherazade “Eu deveria ser premiada, uma vez que eu defendo os direitos dos meus patrões e Bolsanaro de estuprar”

    Leilane Neubarth “Estou superrrrr revoltada, pois quem descobriu que a Venina é uma heroína foi eu, logo eu que deveria ganhar”

    A coisa tá feia e o clima tá pesado, pois muitos dos jornalistas que se sentem injustiçados estão querendo recorrer a presidente do partido de oposição a ilustre Judith Brito que é também vice-presidente da ANJ e professora da ESPM.

  19. “”””6 de janeiro, é dia dos Reis ou seria dá volta do Rei? (rs)””””. “2014?” Em 2014 o salario minimo passou para 750 reiais (aproximadamente isso) e os salarios subiram mais de 7%. Já a ceia de natal e de ano novo teve os seguintes aumentos:
    * Peru – aumentou 3%.
    * Chester – aumentou 4%.
    * Tender – aumentou 4%.
    * Vinho chileno, Argentino, Italiano e Portugues – aumentou 4%; Brasileiro – aumentou 2%.
    * Espumante Francês – 3%; Brasileiro – aumentou 2%.
    * Panetone – aumentou 0%.
    * Cerveja – aumentou 6%.
    * Castanha Portuguesa – aumentou 0%.
    * Nozes – aumentou 0%.
    * Arroz – aumentou 2%.
    * Bacalhau – aumentou 3%.
    * Azeite – aumento 2%.
    * Batatinha – aumentou 6%.
    Então, Feliz Natal a todos que comentam aqui no Balaio e a você kotscho e toda a sua familia, pois a ceia de natal Está garantida! No entanto não podemos nos esquecer que o Natal, “não é só comilança e sim é a data que se comemora no mundo o nascimento de Jesus, que representa “o nascimento do amor maior”; e nós no Brasil nesse ano temos mais um motivo pra comemorar, porque com este combate a corrupção que os governos do PT da Dilma e do Lula, e porque não dizer também do Haddad que desmontou aquela quadrilha que agia na area da Habitação na prefeitura, o nosso País começa a “”””renascer”””, de maneira a formar uma nação de verdade, “”que pune a corrupção”” e “”presta conta ao povo””.
    “2015?” Uma pesquisa apresentada nessa semana no Jornal Nacional da globo, mesmo passando pelo crivo do “”Padrão globo de Jornalismo””; mostrou que a maioria dos Brasileiros acham que o ano de 2015 será melhor. Então, como diz aquela musica do petista Ivan Lins: “”No novo tempo apesar dos perigos estamos crescidos, estamos atentos, estamos mais vivos; pra nos socorrer…Pra que nossa esperança seja mais que vingança… De toda fadiga, de toda injustiça, estamos na briga pra sobreviver!”” – Portanto também: Feliz ano novo para todos que comentam aqui no Balaio e também pra você e toda a sua familia Kotscho. -Ah, o pequeno ditador, “não merece presente nesse natal”, porque não foi um bom menino durante o ano todo. Ele sequer “fez a lição de casa, pra prestar conta sobre as denuncias de corrupção”, como a menina de vestido vermelho, gorducha e dentuça; fez.” Diferente do mineiro Ziraldo, o pequeno ditador não foi um “menino maluquinho”, e sim foi um “menino doidão, bicho”. Não merece sequer uma caixinha de lenços de papel, para conter o choro; mesmo a caixinha de lenços de papel também não tendo sofrido aumento.

  20. De um país que tem Cid Gomes como ministro da Educação, não se deve esperar nada para 2015, nem para o futuro, na verdade, é a pá de cal no futuro.

  21. Nem precisamos esperar muito, mas uma coisa é, absolutamente, certa. O que podemos esperar de Dilma 2.0 é o ministério mais medíocre da história republicana recente.
    E não é preciso dizer muito sobre o que virá desse ministério de notáveis. Da Petrobras 2.0, então, nem se fale.

  22. A REFORMA CRUCIAL: Reforma Política. Como deve ser? A nosso ver, radical. Poucos partidos, financiamento público. Não ao voto distrital em qualquer de suas formas. Voto nos partidos, com as vagas no legislativo atreladas à eleição majoritária. Listas partidárias e fidelidade. Fim da reeleição ilimitada para o legislativo, etc… O texto do link abaixo reflete sobre o tema:

    http://reino-de-clio.com.br/Pensando%20BR8.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *