Aécio baixa a bola e volta a ser mais Tancredo

Aécio baixa a bola e volta a ser mais Tancredo

Na reta final do segundo turno e após as eleições, o tucano Aécio Neves foi ficando cada vez mais radical, em nada lembrando o político cordato de outros carnavais. Partiu para o tudo ou nada contra Dilma _ e perdeu, mas não se conformou.

Aécio tinha um bom exemplo na família de político ponderado, que sabia ganhar ou perder. “Governo e oposição, acima dos seus objetivos políticos, têm deveres inalienáveis com nosso povo”, ensinava Tancredo Neves, o ex-governador mineiro que foi presidente da República, sem nunca ter sido.

Em lugar de Tancredo, porém, Aécio preferiu adotar o modelito Carlos Lacerda dos anos 50 do século passado, adversário histórico do seu avô, um homem que lutou até o último dia ao lado de Getúlio Vargas contra os golpistas da UDN, os mesmos que chegariam com os militares ao poder em 1964. Estimulado pelo guru FHC e por blogueiros furiosos da velha mídia, o senador mineiro vestiu um figurino que não combinava com ele, e se deu mal.

Dois meses após a derrota, agora Aécio deu uma nova guinada nesta segunda-feira, em entrevista a Valdo Cruz e Daniela Lima, publicada na Folha. Deve ter pensado melhor sobre o que anda fazendo e falando. Sem deixar de desferir duras críticas à presidente reeleita Dilma Rousseff e ao seu governo, o candidato derrotado procurou se afastar do que chamou de “nossos black blocs”, alguns companheiros de partido e de campanha que, em várias manifestações nas ruas e no Congresso, defenderam o impeachment e até a volta dos militares ao poder . “Fora da democracia, nada nos interessa”, resumiu Aécio.

Melhor assim. Melhor para Aécio, para o seu partido e para o país. Na entrevista, o ex-governador mineiro se permitiu discordar até de FHC, que outro dia qualificou Dilma como uma presidente ilegítima.

“Não chego neste termo. Acho que é uma presidente apequenada pela forma como venceu as eleições e pela _ usando um termo adequado _ dependência da sua base. No momento em que era necessário um presidente que conduzisse o país, nós temos uma presidente conduzida. Ela começará o segundo mandato de uma forma pior do que termina o primeiro”.

Em outro trecho, afirmou que “o governo vai provar do seu próprio veneno”, ao falar da nova equipe econômica, que já anunciou a necessidade de aumentar impostos e cortar despesas. “Vamos conhecer o neoliberalismo petista…”

Quando os repórteres lhe perguntaram se existem elementos para o PSDB pedir o impeachment, discordou frontalmente de líderes do seu partido, como Carlos Sampaio, deputado federal paulista e uma espécie de advogado-geral dos inconformados, ao assumir o posto do impetuoso senador Álvaro Dias, do Paraná, que misteriosamente sumiu de cena.

No dia da diplomação da presidente reeleita, na sexta-feira, Sampaio chegou a apresentar um novo recurso ao TSE pedindo a cassação de Dilma e a entrega da faixa para Aécio. “Não, não trabalho com esta hipótese. Estamos fazendo aquilo que na democracia é permitido: acionar a Justiça pedindo investigação”.

Aécio só não explicou o que exatamente deveria ser investigado, mas deixou claro que não pretende ir aos atos anti-Dilma que estão sendo programados até para a cerimônia da nova posse, dia 1º de janeiro, em Brasília.

Se Aécio prefere manter distância dos seus aliados sinceros mas radicais, resta saber o que dirão agora os líderes da tropa de choque oposicionista, comandada por figuras como o democrata Ronaldo Caiado, o ex-candidato a vice Aloysio Nunes, o ex-coordenador-geral da campanha presidencial José Agripino Maia, outro bravo democrata, o ensandecido capitão Jair Bolsonaro e o cantante Lobão, novo porta-voz do udenismo redivivo.

Esta turma e a banda de música da mídia panfletária vão ter que procurar outro líder. Que, certamente, não será Geraldo Alckmin, que até já confirmou presença na festa da posse de Dilma. Cada vez mais mineiro do que o próprio Aécio e mais moderado do que Tancredo Neves, o governador paulista, reeleito com expressiva votação no primeiro turno, já está perfilado para a corrida de 2018.

Para quem imaginava uma renhida disputa com Aécio para ver quem será o candidato tucano na sucessão de Dilma, a entrevista pode ter servido também de estímulo aos aliados de Alckmin. Perguntado se será candidato novamente em 2018, Aécio foi taxativo ao negar esta possibilidade:

“Não mesmo. Talvez já tenha cumprido o meu papel. O candidato vai ser aquele que tiver as melhores condições de enfrentar o governo. Meu papel é manter a oposição forte. O governador de São Paulo Geraldo Alckmin é um nome colocado e tem todas as condições”.

47 thoughts on “Aécio baixa a bola e volta a ser mais Tancredo

  1. Caro Kotscho, apenas uma observação ao seu post de hoje: houve vários precedentes para Aécio “ir ficando cada vez mais radical, em nada lembrando o político cordato de outros carnavais”. Para citar um deles, Aécio não estava lidando com concorrentes cordatos. A campanha do PT, orquestrada por um João Santana ensandecido e sem escrúpulos, foi, desde o início, violenta, radical e antiética. Suponho que não houvesse espaço para a cordialidade, já que os carnavais não eram os mesmos.

    1. “Senhora Thereza Martins,concordo em grau,gênero e número,*essa eleição* foi uma briga de foice no escuro(como costumava falar a minha falecida mãe).”
      Agora será…será que se o Senhor Aécio *também* se tivesse um marqueteiro doido de pedra,como a Senhora Dilma,teve ele também não sairia matando igualzinho a Senhora Dilma fez na campanha dela?
      “A sorte da Senhora Dilma foi ter *um doido de pedra* na sua campanha:sorte é pra quem tem,não pra quem quer.”
      Mas que realmente essa eleição foi uma carnificina…ah!isso foi.
      A coitadinha da lunática foi esmagada de uma maneira miserável pelo tanque de guerra chamado Dilma,não foi a toa que a Senhora Dilma foi ou ainda é *guerrilheira*:cruz credo!!!!
      “Colocaram o Senhor Collor de Mello,no chinelo e olha que *ELLE* botou pra quebrar em cima do Senhor Lula,aliás *ELLE* ainda continua no chinelo do PT:faz parte da bancadada de apoio ao PT,diga – se Senhor Lula.

  2. Olá Kotscho;
    Não foi só ele que ficou inconformado. Tem mais ou menos uns 50 milhões de brasileiros que também não se conformam. Afinal, nosso país perdeu uma grande oportunidade de se livrar do governo Dilma. Agora vamos ter que aguentar mais 04 anos. A ex-diretora da Petrobras, disse ontem que todos sabiam de tudo. Mas como sempre a sua Presidente ou Presidenta, declarou no Chile que não é bem assim. Na verdade segunda ela, não existe escândalo de corrupção no Brasil.
    O Aécio, é um político experiente, sabe a hora de confrontar e hora de esperar. No momento certo vai fazer o necessário para fortalecer a oposição, até porque com esse governo não faltará oportunidade.
    Aliás, Kotscho o que você achou da lista de políticos citados na esquema da Petrobrás? Achei que você escreveria sobre isso. Não teve nem uma linha sequer. Queria ver a opinião de um petista sobre isso.

    1. Bruno gostei da pergunta….escreva Sr.Kotcho alguma coisa sobre a roubalheira da Petrobrás , mas escreva com imparcialidade …e sobre a roubalheira que assola o nosso país….pois só vejo você mal da aposição como se ela não fosse legitima….só o PT pode fazer aposição.os …outros são sempre golpistas;.

  3. Quem verificar a historia do Tancredo Neves, verá que a historia dele “”nada tem a ver com a historia do Aecio Neves””; como também se verificar a historia do Miguel Arraes, verá que também nada tem a ver com a historia do seu neto Eduardo Campos, que o Estadão mostrou em materia da semana passada da operação lava-jato, que ele Eduardo, teria recebido 20 milhões em propina. O Aecio é sim neto do Tancredo Neves, mas também é neto de outro politico menos conhecido nacionalmente. Pra quem ele puxou não dá pra afirmar, mas pro Tancredo é que parece que não foi. A cantora Vanusa esqueceu a letra do Hino Nacional e a Fafá de Belém e o Lobão esqueceram a ideologia do Tancredo Neves. Tancredo Neves lutava entre outras coisas pela distribuição de renda e por liberdade de expressão. Quem lutou contra a ditadura, certamente não fabricou “”o pequeno ditador””.

  4. Me engana que eu gosto. Garanto que o inconformado estava pronto pra aparecer na posse vestindo a faixa presidencial e gritando: ” eu que ganhei! Podem tirar o meu retrato”!
    Acontece que a marola golpista não virou onda, e então teve guardar a prancha de “surf no planalto” pra outra oportunidade.

  5. É um dever de todo brasileiro patriota se insurgir contra o comunismo-socialismo que se implantou em nosso país. Karl Marx propagou ideias políticas macabras que reduzem o valor humano e tornam os seres humanos cativos do seu próprio egoísmo, e, infelizmente, isto se implantou na América Latina. Quem ama esta Pátria não aguenta mais o discursinho comunista e ilusório de que tudo está bem e que houve a maior inclusão social da história. Inclusão social em que os beneficiários de programas sociais continuam vivendo em lugares sem rede de esgoto e água tratada, e muitos, infelizmente se alimentando de restos do lixo, dividindo o seu pão com os ratos, e, outros, tão analfabetos que nem podem ler a data de validade de um produto no supermercado. Manuel Bandeira (1886-1968), sob o impacto de uma visão estarrecedora escreveu: “Vi ontem um bicho, Na imundície do pátio Catando comida entre os detritos. Quando achava alguma coisa, Não examinava nem cheirava: Engolia com voracidade. O bicho não era um cão, Não era um gato, Não era um rato. O bicho, meu Deus, era um homem.” Será que aqueles que amam este País terão um Triste fim de Policarpo Quaresma, ou este País não merece ser amado? Enquanto há liberdade de pensamento neste País, nos atenhamos ao dever de consciência, demonstrando o nosso inconformismo com as mazelas políticas, sociais e econômicas do País das Maravilhas chamado Brasil. E para refletir: SOCIALISMO PRÁTICO. – Dois compadres, ambos irlandeses, viviam em íntima amizade. Certo dia, um deles tornou-se socialista, pelo que, a antiga amizade abalou-se. Certa ocasião encontraram-se e o irlandês, fiel aos antigos princípios, resolveu interpelar o socialista. – Compadre, conte-me lá o que é socialismo. – O socialismo é a forma ideal do governo, consiste principalmente na igualdade dos bens. – Sim, compadre, compreendo; deve haver assim a divisão de bens para esse fim; não é isso? – Justamente.
    – Então quem tiver duas fazendas deve dar uma a quem não tiver nenhuma, não é assim?
    – Isso mesmo. – E quem tiver cem libras? – Deve dar metade a quem nada tiver. – E quem tiver dois bois, deve dar um a quem não tiver nenhum? – Certamente. – Meu compadre, estou aqui quase resolvido a tornar-me também socialista. A tua doutrina agrada-me, quero fazer-te somente mais uma pergunta: Quem tiver dois porquinhos, deverá dar um a quem não tem nenhum? O socialista franziu o sobrolho. O seu compadre não tinha nada e ele tinha dois porquinhos. Afinal, resolveu-se: – Ora, sai daí, compadre! Você sabe que eu tenho dois porquinhos e quer levar um!… O compadre havia lhe tocado na pele e agora as suas ideias socialistas mudaram-se. Isto é o que se dá com quase todos os socialistas: prega a divisão dos bens para os que possuem mais, porém, quando a doutrina chega em casa, falha. A anarquia como o socialismo, são sistemas utópicos; irrealizáveis. Assim como não há dois indivíduos perfeitamente semelhantes, não pode haver igualdade de fortuna. Se em certo tempo conseguíssemos a equiparação dos bens, não se passariam muitos anos sem que a desigualdade logo se mostrasse, mesmo porque na sociedade sempre haverá pródigos, econômicos e avarentos. O PURITANO. 27 DE AGOSTO DE 1908. ANO X, Nº 457, p. 3.

    1. Diane, vc precisa visitar o Brasil para ver o que o socialismo que vc denigre está fazendo, Porttanto, se não fizer isso, a unica coisa que vale da tua peroração é a piadinha, alias bem velhinha.

    2. Implantaram o comunismo no Brasil, e nem ao menos teve a cerimônia de fuzilamento das oligarquias. Sei que é uma coisa simbolica, mas importante e faz parte da história do comunismo. Fica aqui registrado o meu protesto junto ao cerimonial do Palacio do Planalto.

  6. Prezado redator-chefe, prezados “balaieiros”; /// Como não poderia deixar de ser, inicio este comentário referindo-me à palavras do nosso querido redator-chefe a mim dirigidas, em resposta ao comentário anterior. /// A primeira consequência foi a forte emoção (incontida) e a segunda foi procurar pela minha filha, para dizer-lhe que eu havia sido mencionado por uma pessoa de enorme envergadura jornalística. /// Quero aqui registrar a minha enorme felicidade e acrescentar que quem o agradece sou eu; pela acolhida aqui neste espaço magnífico, dentro dessa maravilha que é a internet. /// Muito obrigado, Sr. Ricardo Kotscho. O Sr. é o nosso querido mestre e honrado redator-chefe./// A matéria de hoje mostra aquilo que Ronaldo Costa Couto dizia sempre com relação a Tancredo: ” a política acontece mesmo é nos bastidores “. //// A postura de Aécio denota que algo aconteceu nos bastidores. /// Creio eu que não nos bastidores do partido ( PSDB ) , mas nos bastidores do poder. /// Percebe-se que, de uns tempos para cá, existe algo na República que vem agindo de forma tão sutil quanto poderosa. Pode ser uma impressão minha, mas não se podem segregar os fatos. Fatos são entidades incontestes. /// Num país que remunera o serviço de uma dívida até aqui “inauditável” com a cifra astronômica de três bilhões de reais a cada dia ( é por dia ! ), já opera , há muito tempo, um “Estado paralelo” , cujo poder de fato ( dinheiro ) subjuga o poder de direito, através do mais eficaz convencimento capitalista : a corrupção de elementos-chaves da máquina estatal. /// Esse Estado paralelo mostra-se extremamente alarmado com “algo”. A imprensa não consegue dissimular que precisa, desesperadamente, remover a “causa” desse “algo”, ou seja, o PT. /// Cabe aqui essa minha reflexão ingênua e, ao mesmo tempo, pautada na análise cotidiana dos fatos. /// Tancredo viveu num mundo diferente do mundo de Aécio. Tancredo foi um homem ligado ao capital, mas ainda numa época em que o dólar estava atrelado ao ouro e que as avenças de Bretton Woods impunham freio de bridão ao monstro financista internacional. Era uma época em que o PSD pugnava por um capitalismo com responsabilidade social. Tancredo não era apenas mais um getulhista, Tancredo era também um legalista ( Refira-se à obra de Antônio Britto) . Provavelmente, Aécio ainda jovem , via o seu avô simplesmente como um “quadrado” , ou um romântico de uma época que se foi. /// Para finalizar, eu diria que a “operação lava jato” não está isenta de também ter que “bater um papo nos bastidores” , se isso necessário for. /// Dedico este comentário ao nosso querido Celso Amorim. /// É isso aí.

    1. Ola Sergio Govea. Prazer em revê-lo.
      Como sempre com sua preciosa colaboração, que ja conheço e admiro de outros blogs. Cidadania certamente é uma missão pra você. É de gente assim que o Brasil precisa.
      Saude e vida longa.

  7. Não dá pra saber ao certo, “”quantos brasileiros ainda estão inconformados com a vitoria da Dilma, como está o Aecio do PSDB e sua trupe”””, porque, simplesmente o IBOPE e o DATAFOLHA, “””não têm coragem de fazer uma pesquisa perguntando isso”””. Mas a se basear, no que vimos pelo Brasil onde apenas uma meia duzia de anti-pestistas, que ainda acreditam que são cultos apenas por não votarem no PT, sem saberem que cultos são quem cobra explicações e prestação de conta de todos os governantes, independente de que partido sejam; e por isso tentam manter viva a “”revolução dos ignorantes””, pedindo coisas sem fundamentos, como: o impeachment da presidente Dilma, a volta da ditadura e a não punição de corruptos do governo Alckmin; bem como, a propria pesquisa do IBOPE que mostrou crescimento da aprovação do governo Dilma do PT no pos eleição; podemos concluir que “o Aecio do PSDB vem perdendo ‘no minimo’, alguns poucos simpatizantes e inconformados.”

  8. “Ricardo,*ele* e os demais perdedores do Brasil inteiro,vão ter que se conformar,acabou bola pra frente,*feliz ou infelizmente outros(as) candidatos(as) ganharam e ponto final.”
    Agora no caso da Senhora Dilma,ela ganhou legitimamente,mas…não foi nenhuma brastemp a vitória dela.
    “Mas concordo contigo a vencedora foi a Senhora Dilma e volto a escrever *ponto final*,não adianta *os perdedores ficarem de lero lero ou coisa que o valha*.
    “Que tentem a próxima eleição…não com o meu voto,*até o presente momento não me vejo votando em nenhum político.”

    1. D. Edna, a vitória de Dilma embora não tenha sido acachapante foi espeetacurar! Ela não só venceu o PSDB como o DEM, o PPS, o PSB, a D. Marina, a Globo,Bandeirantes, Veja; Isto é, .Època, toda a classe médica brasileira, a Força Sindical e outros que não me lembro agora. Portanto mais de 3 milhões de votos contra esse grupo todo contrario, realmente é uma vitória espetacular mesmo não sendo acacahapante como ja disse antes.

    2. É questão de ponto de vista, João Clécio. A reeleição de Dilma, para mim, foi a derrota da ignorância, dos papagaios de telejornais, da mediocridade politica, do conservadorismo….graças a Deus.

  9. LEI DE IMPRENSA JÁ!

    A reforma mais urgente para o Brasil é a reforma dos meios de comunicação. A versão tupiniquim da Ley de Medios dos hermanos argentinos. Como deve ser essa reforma? Em nossa opinião, deve ser radical. Desconcentrar a posse da mídia, realizar concorrências públicas para concessão, exigir conteúdo local ou regional em 60% da grade, garantir o imediato direito de resposta, punir rigorosamente as falsas reportagens e acusações, etc. E você? O que acha? Nossa reflexão sobre o tema está no texto do link abaixo:

    http://reino-de-clio.com.br/Pensando%20BR7.html

    1. Não conheço ainda o projeto de regulamentação da mídia que será enviado ao Congresso, por isso não posso opinar a respeito. Mas se for na linha da conhecidíssima Ley de Medios argentina, a liberdade de imprensa corre sérios riscos no Brasil, porque o que Cristina Kirchner fez está muito perto de uma censura institucionalizada.

  10. Dois fatos obrigaram, repito, obrigaram Aécio abandonar o discurso golpista: o recado de Dias Toffolli: “não haverá terceiro turno no STE”, e a subida vertiginosa da aprovação de Dilma. Não fosse isso, Aécio ainda estaria insuflando o golpe, pois como politico, não vale o que o gato enterra. Termino parabenizando o Gesiel pelo brilhante comentário no post anterior . Abração, Gesiel ! Boa semana, Balaieiros !

  11. Thereza Martins….não será tipo hermanos. Será baseada no exemplo do Reino Unido, Alemanha. Basicamente é o seguinte. A imprensa tem que provar o que diz, Não pode simplesmente jogar na cara de seus leitores “suposições” interesseiras sobre fatos e pessoas sem as devidas provas.Utilizar fontes inexistentes tipo “de acordo com fontes chegadas a Presidente Dilma” e lascar uma opinião própria do colunista. Terá que ter provas do que escreve ou fala. Só isso. As criticas continuarão existindo sem censura alguma bem como os elogios.

    1. Cláudio, obrigada por esclarecer sua posição. Com essas premissas eu concordo. Não há como discordar. Acrescento uma observação: lá no passado, anos 1970, foi com base em fonte não revelada à época que dois jornalistas do Washington Post levaram, com suas denúncias, às investigações que culminaram com a renúncia de Richard Nixon. Isso só foi possível porque nos EUA havia – e há – liberdade de imprensa.

    1. Victor Hugo.
      Se não há diferença, então seu colega Cláudio das 15:39h está mal informado ou mentindo.
      Não é melhor combinar com o pessoal do Diretório sobre o que escrever nos blogs para não acontecer esse tipo de coisa???
      #ficaadica

  12. Ô Ricardo agradeço imensamente, mesmo que tardia, a descoberta do seu Blog, pois, através de
    seus leitores, finalmente, descobri o que é socialismo, comunismo, democracia, bolivarismo, chavismo e mais uma cacetada de ismo e ias. Caramba quanta inteligência, quanta sabedoria,
    quanta erudição. Afirmo a você que lendo essa rapaziada minha vida mudou completamente.
    Afinal estou aprendendo bastante com esse pessoal. O Pai sempre falou que o Brasil não ia
    dar certo nunca, pois tem mais intelectual e filósofo do que vagabundo. Acho que o Pai tinha
    razão. Ô País pra ter filósofo, só falta mesmo trabalhador.

  13. Acho que a verdade virá em breve e vai desmascará muitos paletós políticos no que se aproxima e que sentirão vergonha de representar o povo. Aqueles políticos que virem pessoas morrendo nos hospitais, falta de segurança, escolas sem mínimas condições e professores ganhando muito pouco e uma lei brasileira fraca. Eles serão seriamente investigados por corrupção na Petrobrás, pois o povo está de olho e não aguenta mais isso. Além da Petrobrás, outras empresas do governo precisam ser investigadas seriamente. Entristece-me muito como brasileiro ao ver a própria presidente Dilma defendendo a presidente da Petrobrás Graça Foster e dizer também que não existe corrupção durante o seu governo e governo passado. Mais a verdade irá comprovar que sim, pois os rombos na Estatal foram de uma grandeza incalculável. Muitos pularão do barco antes do tempo!! impressionante a cifra!! quem sabe um dia voltarei a dizer com orgulho de que verdadeiramente “esse petróleo é nosso”.

  14. Se a memoria não me falha,a ultima vez que postei aqui,afirmei,que há dez anos não assisto a TV Globo. .Evidente que as entrevistas e reportagens,etc desse câncer nacional, repercute nas redes sociais. É o que vejo hoje nas redes uma entrevista de uma tal Venina Velosa.Pelo nome já se viu qual é o roteiro. É simplesmente,inacreditável o nível de degradação,que chegou a mídia ou talibã brasileiro,salvo raríssimas exeções.Não assisto mais nada nessa televisão brasileira,exceto o Jornal da Record.Por curiosidade,olhei a cara dessa tal Venina.Pela santa mãe do guarda.A Globo,sempre ela,a soldo,quer detonar Graça Foster.Ainda bem que não se faz mais Globos,Vejas,Folhas,etc como antigamente.Minhã irmã,lulista empedernida,me contou ter assistido a entrevista da sujeita.Quando a tal Venina começou a chorar,ela começou a rir.Comico e trágico,tragico e comico.Tornaram-se motivos de chacota.Ridiculo.Quanto a Aécio,não se preocupe,janeiro é logo ali.Para você Ricardo,toda sua família,meus mais sinceros votos de um Feliz Natal,e um Ano Novo com saúde e paz.Forte abraço,e se estiver com o nosso eterno Presidente Lula,abrace ele por mim.

    acompanho

  15. Há pouco tempo, num dos seus textos em que a demonstração de um baixo astral era patente, perguntei-lhe: ” e se der certo? “. Seu texto de hoje -22/12- é o olhar da realidade e o retrato do agora. Aécio rendeu-se aos exemplos do avô. E, essa atitude vem de encontro àqueles brasileiros de bom senso, sem dúvida alguma. Tirante o escândalo Petrobras, o resto segue em frente, mesmo que muito mal acompanhado do tumor ainda não maligno que se chama PMDB. Outros Ulysses, outros “Simons”, outros “Barbosas”, outros “Moros” estão ou já foram gerados nessa geração “Y”. Certamente não veremos esse sonho, que nada tem de utópico. Sugiro ao prezado Ricardo e leitura do depoimento do legalista general Pery Constant Bevilacqua recentemente publicado na Folha de autoria do jornalista/ escritor Inimá Simões e da psicanalista/escritora Maria Rita Kehl, ambos da nossa geração meu caro Ricardo.

  16. Aleluia um politico serio e coerente, nao fica se lamentando e sim faz algo diferente, apresenta outras opcões e as coloca em pratica .Parabéns para o Aecio das perdas e que colhemos aprendizado e conhecimento pra la na frente, fazermos algo melhor e principalmente pelos outros.

    1. Aécio não me convenceu com esse papinho de que não quer mais ser presidente. Ele quer na verdade é criar um movimento em favor da sua candidatura… E qual a melhor forma de se fazer isso? Dizendo que vai desistir da presidencia. Que apostar que em breve vai pipocar um monte de campanha do tipo ” não desista Aécio”. Aécio desistindo de ser presidente??? Sabe de nada, inocente!!!

    2. Caro Victor Hugo, a força que alguns energúmenos vem fazendo para postar o comentário mais ridículo do ano, alcança níveis surreais… Este do joselio é páreo duro.

  17. Acho que todos os políticos deveriam ”baixar a bola” e pensar mais em nosso país. Aliás, tirar as camisas das agremiações políticas a que pertencem e parar de agir como se fossem parte de torcidas organizadas de clubes que brigam após uma partida, entre vencedores e derrotados. O País é muito mais importante que qualquer partido. Muitos projetos de real importância estão por ser analisados e votados há muito tempo e vocês não podem se dar ao luxo (principalmente após a votação do reajuste dos próprios vencimentos) de perderem tanto tempo, deixando as urgências para depois das festas de fim de ano, que será seguida pelos festejos de carnaval, uma demonstração de total falta de compromisso, com aqueles que os elegeram. Já tivemos uma ”Copa do Mundo” e Eleições que reduziu o ano de 2014 à menos da metade, agora encerra com o amargor de nenhum progresso. E aí? acham que 2015 será a solução? Como desejar um Feliz Ano Novo?

  18. É parece que ele escutou a voz do povo “AÉCIO JÁ TERMINOU AS ELEIÇÕES!”, tanto nas ruas como nas pesquisas o povo ainda tem confiado num bom governo da presidente Dilma.

  19. “…escreva Sr.Kotcho alguma coisa sobre a roubalheira da Petrobrás , mas escreva com imparcialidade …e sobre a roubalheira que assola o nosso país….pois só vejo você mal da aposição como se ela não fosse legitima….só o PT pode fazer aposição.os …outros são sempre golpistas. (gertrudes salete cembranel – 22/12/14 – 17:01)” // Gertrudes, se não gosta da forma como o Kotscho escreve, alegre-se com a liberdade de poder postar aqui suas baboseiras, pois nos blogs mais a seu gosto, como do Merval ou R Azevedo, nossos comentários não são publicados. Entendeu, Gertrudes, ou precisa que desenhemos pra voce ?

  20. Aécio baixou a bola. Só dando um tempo.
    Se bem que caiu na real se distanciando dos malucos.
    Dando um tempo; o rolo da Petrobrás é que interessa.
    Inda mais se sabido e ressabido por todos os políticos, todos sim, o que estava ocorrendo de irregular com a instalação da refinaria de Pernambuco.
    E Kotscho, a Graça não me engana. Sabe e sabia muito.
    Bom nossa Presidenta tomar cuidado.

  21. Nobre jornalista, e a o posição que o PT fazia? Contra tudo, do Plano Real a constituição de 88, ao “Fora FHC”, essa campanha do partido não era golpe? A oposição que o PT fazia está mais para Carlos Lacerda ou mais para Tancredo Neves? O que o governo quer é a oposição ou, a não oposição que o BSDB fez até agora. O Aécio deve ficar esperto, está começando a ser elogiado pelo governo.

  22. “Senhor Celso,* 22 / 12 / 2014 – 15h:48* ,o Senhor chegou a ouvir e ler o vídeo que o Senhor Lula fez no dia 21 de dezembro,para a internet?
    “O Senhor Aécio,chegou a ficar na frente da Senhora Dilma,em matéria de votos.”
    Confesso que nas eleições eu não estava no Brasil,mas mesmo assim eu *tentei* acompanhar o andamento das eleições,e a coisa não foi tão espetacular conforme o Senhor *escreveu*,mas mesmo assim eu respeito o seu ponto de vista,a sua maneira de enxergar *as coisas*.
    Afinal nos seres humanos discordamos,temos opiniões diferentes o que por sinal é bastante saudável.
    “Um forte abraço.”

  23. Senador Aécio Neves, o seu comportamento neste cenário politico é de uma profunda insanidade, ao invés de manter uma ética politica, combativa, comporta-se como um derrotado desmedido, hoje Minas Gerais foi o seu maior adversário, o amanhã pode-se ser diferente, ninguém aceita ser chicoteado e submisso, o tempo é outro, os mineiros deu-lhe a resposta correta nas urnas, o seu governo foi marcado o peso de ferro e fogo, desrespeitou os servidores públicos, principalmente OS PROFESSORES, Aja com sabedoria como o seu avô Tancredo , lembre-se que o ex-presidente SARNEY, o atacou, mas depois foi o seu vice de chapa. Politica se faz com sabedoria e humildade.

  24. Caro Kotscho, o Aécio é um político fraco,ruim de voto, que só conseguiu ameaçar a reeleição da presidenta Dilma porque contou com TODO o apoio da “grande mídia”e dos eleitores contrários ao PT que votariam até no Lobão se preciso fosse.
    Acredito que o candidato da oposição em 2018 será mesmo o governador Alckmin,pelo menos mais equilíbrio e mais preparo ele tem.

  25. Oi, gertrudes salete cembranel – 22/12/14 – 17:01

    Sobre o que escrevi ontem, respondido por você ,quando o chamo de Kotscho e não de Sr.Kotscho, não quer dizer que não tenha respeito por ele, ao contrário, discordo de algumas coisas que ele escreve ou comenta no JR News, mais sem dúvida o respeito. Outra coisa, quando o questionei sobre da lista de políticos citados na esquema da Petrobrás, queria saber a opinião dele sobre o assunto pois sei que ele é eleitor do PT, e o escândalo se passa no governo do PT.
    Finalizando, esse comentário seu foi meio sem nexo. Você escreveu “pois só vejo você mal da aposição como se ela não fosse legitima”. Acho que você queria dizer oposição e escreveu “aposição”. Não entendi muito bem, mas acredito que esteja questionando o meu comentário anterior.
    Dá próxima vez, reserve uns 10% de alguma bolsa que você recebe e compre um livro. No supermercado é possível encontrar bons livros até por R$ 9,90.
    Literatura é sempre algo positivo.

  26. Aécio baixou a bola por uma razão muito simples… Quem manda no PSDB é a sua ala paulista e ela já escolheu seu candidato para 2018; Alckmim. E nem poderia ser de outra forma… Aécio foi derrotado vergonhosamente onde nasceu (Minas) e onde reside (Rio). Já Alckmim foi eleito no 1o Turno em SP e proporcionou ao PSDB sua maior vitória contra o PT, ou seja, em São Paulo. O que Aécio estava tentando fazer era, via ração para os cães raivosos da direita, tentar alimentar a ilusão de que ele representava a melhor face anti-PT dentro do PSDB. Mas por essa guinada, e pela confirmação da presença de Alckmim na posse de Dilma, entende-se que a cavalgada insensata por ele promovida, chegou ao fim. Isso não significa que Dilma terá tranquilidade em seu mandato, pelo contrário. A carga virá de onde sempre veio, da Imprensa Golpista e sua obsessão em acabar com Lula e o PT. Mas essa é uma outra história… Um Bom Natal a todos os amigos do Balaio e um abraço especial ao grande Ricardo Kotscho.

  27. Os NEVES não nasceram para ser PRESIDENTE, nem ELEIÇÕES INDIRETAS (antidemocrática) deu JEITO, os seus LIMITES de COMPETÊNCIA termina no ESTADO, fazer o que? Deus quis assim. Ele ama o BRASIL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *