2014: o ano que não começou. E já está acabando

2014: o ano que não começou. E já está acabando

Vamos deixar para resolver tudo depois do Carnaval.

Só dá pra gente tratar desse assunto quando acabar a Copa do Mundo, se é que vai ter… Antes disso, é impossível decidir qualquer coisa.

Tem que esperar passar as eleições. Sei lá como as coisas vão ficar…

Só vou decidir o que fazer depois que a Dilma anunciar a nova equipe econômica.

Quem e quantas vezes não ouviu frases assim durante este 2014, o ano que está acabando antes mesmo de ter começado, ao tentar acertar um emprego, fechar um negócio, fazer uma viagem, terminar ou começar um namoro? Carnaval, Copa, Eleições, de evento em evento, o tempo foi passando, e nada acontecendo, o país parando, tudo sendo adiado (ver meu comentário no Jornal da Record News desta quarta-feira).

Resultado: chegamos ao final do ano com um crescimento próximo de 0% no PIB. Ou seja, é como se 2014, de tantas e tão fortes emoções, tivesse passado em branco, simplesmente não houvesse existido. Passaremos direto de 2013 para 2015, pulando um ano nas nossas vidas, que certamente não ficará nas nossas melhores lembranças.

O agora imortal Zuenir Ventura, meu bom e velho amigo de muitas jornadas, escreveu o já clássico 1968: o ano que não terminou. Poderia muito bem agora retomar o tema e escrever o contrário sobre “2014, o ano que não começou”. Se ele não se interessar, podem ser também o Heródoto Barbeiro, o Lira Neto, o Laurentino Gomes ou qualquer outro destes jornalistas-escritores que se tornaram historiadores de sucesso. Fica a sugestão.

Falam muito da inanição do Congresso Nacional, mas na verdade o país inteiro, com exceção dos juízes, delegados e mídia aliada da Operação Lava Jato, está num recesso obsequioso desde agosto, quando foi dada a largada da campanha eleitoral.

Anunciado o resultado das eleições, esperava-se que a reeleita presidente Dilma Rousseff anunciasse logo, diante da delicada situação política e econômica vivida pelo país, as linhas centrais e os primeiros nomes do seu “novo governo, novas ideias” prometido durante toda a campanha. Afinal, ela sabia ao longo de todo este tempo que corria o risco de sair vencedora na disputa, apesar de todas as dificuldades enfrentadas.

As novidades e as definições que o país tanto esperava, no entanto, foram sendo adiadas. Primeiro, para após a folga presidencial pós-eleitoral, o que é muito justo, já que a presidente não é de ferro (até eu fiquei uns dias sem trabalhar…). Nada. Ficou para logo depois da viagem à Austrália em que a presidente participaria de importante reunião do G20. Até agora, nada.

Hoje, quarta-feira, 26 de novembro, completamos exatamente um mês do segundo turno da eleição que deu a vitória a Dilma, deixando um país dividido, em que só se fala em terceiro turno e juízo final, e alguns celerados já começaram a pregar o impeachment da presidente e um novo golpe militar. E o país continua parado, e Dilma em silêncio.

O novo prazo anunciado pelos jornais para acabar o mistério é amanhã ou, quem sabe, sexta-feira, ou sabe lá Deus quando. O fato é que nem o país nem a presidente podem esperar pela nova posse no dia 1º de janeiro. Dilma sabe disso, mas deve estar numa encruzilhada danada tentando conciliar no seu novo ministério a direita e a esquerda, os interesses do PT e os da base aliada, e ainda por cima acalmar o mercado e os movimentos sociais, cada vez mais indóceis, enquanto tenta fechar as contas da economia, que insistem em lhe trazer más notícias.

Não gostaria de estar na pele dela. Sei de todas as dificuldades enfrentadas pela presidente, mas o país tem pressa em encontrar um novo rumo, e ela sabia de todos estes desafios quando resolveu se candidatar à reeleição.

Agora, minha cara Dilma, não tem outro jeito: é pau na máquina e bola pra frente que atrás vem gente. E seja o que Deus quiser.

Vamos que vamos.

 

19 comentários em “2014: o ano que não começou. E já está acabando

  1. É um silêncio enervante. Uma inação sufocante. O PT escolheu sofrer calado e o Governo, recém reeleito, abdicou de defender a própria honra. O governo precisa mostrar ação, enfrentamento político, enfim, governar. Estudar e apresentar um pacote de ações para garantir e ampliar as conquistas da Classe C. Reconquistando a Classe C, especialmente a do Centro-Sul, o apoio popular será tão forte que acaba esse golpismo que está no ar e a base política reduz as cobranças estridentes. Na série de textos abaixo há uma reflexão neste sentido. O que a Classe C precisa? Recomendo a leitura.

    http://reino-de-clio.com.br/Pensando%20BR3.html

    http://reino-de-clio.com.br/Pensando%20BR2.html

    http://reino-de-clio.com.br/Pensando%20BR.html

  2. tomas antonio gonzaga determinou a joaquim silvério dos reis ir conversar com o representante da Coroa portuguesa sobre a nova e iminente derrama nas Gerais. Isto é, DIlma roussef mandou Moreirafranco conversar com fernandohenricardoso sobre o iminente terceiro turno no Brasil.
    Mais ou menos.

  3. Ricardo, parabéns pela sua coerência, lucidez e coragem diante da Realidade como Ela é. Tia Dilma, sabe, sobejamente, qual é o Novo Rumo de Veradade para este país-continente, que clama pela Nova Formulação, ou seja, pelo Projeto Novo e Alternativo de Política e de Nação, ou seja, A Revolução Pacifica do Leão ( RPL-PNBC-ME), grande o suficiente para abarcar e resolver todos os interesses em conflito, o Novo Caminho para o Novo Brasil de Verdade, porque não se faz omelete sem quebrar os ovos, e, sobretudo, porque evoluir é preciso. Dilma, acredite, o HoMeM está ungido e habilitado para transitar livremente entre todos os segmentos sociais, e toda a sua fiação de alta tensão, em provar curto e sem morrer eletrocutado, e pronto para entrar em ação, ao qual todos os idealistas se unirão e diante do qual todos os ímpios se renderão, porque nada convence mais do que a Verdade como Ela realmente é, e nada resiste a uma grande e boa ideia cujo tempo chegou. Dilma, seja a “Rainha”, confie a Adminstração do atacado a um 1º Ministro de sua total confiança, a Economia ao que tivermos de melhor no país, as Comunicações ao Requião, a Integração ao Ciro Gomes, e entregue o Comando das Reformas Política e de Estado ao HoMeM, que propõe ao Brasil e, sobretudo, ao povo brasileiro, pelos menos 100 anos de establidade, progresso, paz, amor, perdão, conciliação, união e mobilização permanente pela Mega-Solução, porque jamais resolveremos o Brasil no verejo (nos municípios) sem resolvê-lo antes no atacado (em Brasília). RPL-PNBC-ME, Saudação.

  4. Ninguém merece!
    O mandato de Dilma ficou à mercê dos bons humores e eflúvios irradiados por aquele tipo de neo burocrata, a quem Ramió denomina como sendo “servidor de mercado”, o qual, no caso, Lula chamaria, no seu conhecido vernáculo popular, de “o sub, do sub”.
    É o caso do Levy: o sub do Trabuco, que é o sub do Brandão, a quem faz o beija-mão.
    Nada mal para o Bradesco, que doou R$ 7.000.000,00 e pico à campanha de R$ 350 milhões da presidenta. Levou o principal ministério que outrora esteve sob a égide do PT.
    Saudades de Guido, mesmo antes de ter dado o seu adeus, após a deselegante exoneração pelos jornais com a qual Dilma brindou o ministro que lidou, diga-se muito bem, com a monumental crise iniciada no 15 de setembro de 2008.
    Quem acredita em Papai Noel, também deve acreditar que o “sub do sub” do Bradesco, e, ex-aluno de Armínio Fraga, membro colaborador do Instituto Milênio, está preparando um belíssimo presente a ser anunciado para o Natal e um ótimo ano de 2015 para todos os brasileiros e brasileiras.

  5. Agora a prioridade e votar a manobra do superavit para livrar a Dilma do crime de responsabilidade fiscal,governo incompetente é isso aí,pressa só quando é pra safar o próprio rabo, e nós pagamos a conta,bem feito pros brasileiros,principalmente os mais pobres que vão penar,quem achou ruim 2014,espere os próximos 4 anos de inércia e retrocesso,a gasolina,óleo diesel,taxa basica de juros e energia eletrica já subiram,apenas 11 dias depois da reeleição da Dilma,batam palmas para os aumentos petistas,eu tô achando pouco……

  6. Acho que a presidente está aguardando a decisão da copa do Brasil hoje à noite no mineirão. Depois ela vai aguardar a decisão da apuração das campeãs do carnaval. Tem que compor a equipe ministerial com calma? Então, os 200 milhões de brasileiros podem aguardar? E quem paga a conta no final do mês? Dilma age como fosse assumir o governo em 1 de janeiro/2015 pela primeira vez. Ela está no Poder há 11 anos e 11 meses. Não tem a menor desculpa para tanta embromação. Ou ela é indiferente à situação do país ou não sabe o que fazer, porém, na campanha ela pedia voto e se dizia experiente e conhecedora dos problemas do país. Chama atenção o tom de deboche com silêncio desmesurado. Dilma e todo servidor público deve satisfações ao contribuinte. Kotscho, você que foi secretário de comunicação do governo Lula, poderia dizer porque é tão difícil um presidente da república dá entrevista coletiva. Agenda apertada, lotada? Ora, é só incluir o expediente básico e elementar de informar a quem paga a conta e a quem a colocou lá por meio de votos. Eu não votei em Dilma Rousseff para que ela proponha diálogo com FHC porque ele não foi candidato e não tem voto, pelo menos o meu ele não tem e nunca teve. Se tem falcatruas nas contas de condomínios não é da conta do ministro da justiça. Ele deve dar conta de expedientes que lhes são legalmente dever e, até agora, não deu o ar da graça. Dilma Rousseff é uma decepção. Fere os movimentos sociais e, depois, vai querer apoio deles. Olha que Stédile voltou abençoado pelo Papa.

  7. kotscho, como é bom ler suas matérias, dá inspiração para escrever, responder, participar. Amanhã a Dilma anunciará mais dois Ministros, todos estão impacientes, reclamando da demora, do “suspense”, da má escolha….oras bolas! a Presidente não decide sozinha, tem toda uma equipe para reunir e decidir. O Brasil espera que a Dilma faça um governo diferente, que enfrenta, luta, muda, traga mais propostas e realize-as; um governo forte, que mostrará ao adversário (aquele que torce contra), que é possível investigar, punir, prender. Continuar melhorando o que já fez e fazendo o que precisa (ainda) ser feito. Em especial achar um jeito de mostrar para o Brasil que adversários dentro dos Tribunais, travam e engavetam processos para não haver justiça igual neste País. O PSDB vem arrastando as corrupções dentro da Petrobrás desde FHC, o PT tem que botar a boca no trombone até SOAR para toda a humanidade que os Tucanos erraram, erram e,,,,sempre voam! abraço
    dentro

  8. PT: barriga de aluguel de Dilma. A jornalista Teresa Cruvinel diz que Dilma irá ouvir o PT somente depois de conversar com o PMDB. Eu não votei no PMDB. Dilma vai estragar mais o PT e os petistas deveriam expulsá-la antes que seja tarde. Katia Abreu e cia na economia será pior do que DEM/PSDB. Os petistas devem expulsá-la já. Ela está se achando mais do que ela é. Lula está pra Dilma como Alckmin está pra Aécio em São Paulo, ou seja, sem Lula Dilma não tem voto e sem Alckmin Aécio não teria votos em SP.

    1. Dalva, o PT não tem como decidir sozinho, tem que costurar alianças, tem que ter base aliada. Ninguém governa sozinho. nem a Dilma e nem o PT. O mandato da Presidenta AINDA não acabou, além de problemas atuais, existem problemas futuros. Somente (e tão somente) a reforma de uma casa traz problemas demais, gastos, desgastes, reajustes, reconcertos..e por aí vai. Imagine um Brasil de milhões e milhões de habitantes, e milhões de diferentes necessidades…é um DEUS nos acuda. A Dilma é guerreira, forte, persistente, ela foi totalmente perseguida, avacalhada, pisoteada pela mídia, pelo PSDB e venceu!. Se tudo fosse fácil, a Dilma exoneraria o Ministro Gilmar Mendes do STF e desengavetaria processos que favorecem os contínuos e corruptos Tucanos. Abraço

  9. Koscho, acredito que o maior erro do PT é ficar tentando conciliar interesses. Existe um limite para isso, ela tem que escolher um lado. Se não vai acabar sendo atropelada por todos.

    Grande abraço.

  10. …acalmai irmão, na glória tudo cessará, aleluuuia ! Depois de passar 13 dias dando um rolezinho pelo Mato Grosso, o celeiro do mundo, andando quilômetros por estradas margeadas por plantações de soja e milho, a se perderem de vista, carretas carregadas de vacas, bois, porcos , gansos, galinhas…os krai, a ferrovia norte-sul pronta pra escoar esta riqueza, estradas em boas condições de uso, não entro nesta de achar que o Brasil está parado.Andei mais de 3 000 km e não gastei um centavo com pedágios, como fazem os bestas aí de São Paulo que adoram encher os bolsos e manter a boa vida dos podres filhinhos de sua elite com os pedágios altos que pagam.O Brasil nunca esteve tão preparado para dar o seu grande salto.2014 foi o ano Felipão, de 2015 pra frente teremos os anos Dunga e Marcelo Oliveira.Não sei qual é a da nossa presidenta, torço para que ela esteja, nesta cautela, acertando os ponteiros com estes ministros da área econômica que , por razões puramente política, vai ter que nomear.Se tivéssemos uma oposição comandada por um Ricardo Semler, estaríamos em outro patamar.Aliás, a oposição deixou passar uma bela oportunidade de retornar ao poder, não dando maior repercussão ao que disse este senhor…vamú qui vamú…saiam da frente tucanalhas, bando de vagabundos.

  11. Ricardo… que tal um pôstezinho, chamando os defensores da moral e dos bons costumes, que se acham os mais puros ao aqui comentarem, exigirem a renúncia de seus candidatos que foram eleitos com dinheiro desviados da Petrobrás ???Afinal, dentro de um paradigma de honestidade, depois de saberem que as empreiteiras que abasteceram seus cofres para suas eleições, desviaram dinheiro público, não há outra coisa a fazerem a não ser renunciarem, só depois disto poderão falar sobre este escâncalo.. Né não Vítor Hugo ???

  12. Se o um paulista olhar para o cantareira, vai dizer que está “vazio”, mas se um nordestino, não os daqui, mas os que estão lá, olhar para o cantareira, talvez dirá que está cheio. Mas o mais triste, é que se o Alckmin, disser que o cantareira está cheio, não por Alquimia, mas por odio ao PT e ignorancia, pelo menos 56% da população paulista se convencerá, de que o sistema cantareira está cheio mesmo. O Aecio, mesmo perdendo a eleição, e tendo muita coisa exposta sobre a sua vida, “tenta transparecer otimismo”. Mas será mesmo que o PT e a Dilma, não teriam mais motivo pra serem muito mais otimistas do que o PSDB? O PT, reelegeu a presidente e manteve seu numero de governadores, e com um detalhe, entrou no sudeste, com a Dilma e o Pimentel ganhando em Minas, terra do Aecio, e ainda teve com a Dilma um subida de 30% para 35% dos votos em São Paulo. Já o PSDB, caiu de 8 governadores para 5; continua como minoria no congresso e terá que enfrentar o Lula em 2018; sem contar que a grande midia, sua velada aliada, perdeu mais um pouco de credibilidade. E o país? Bem, a hiperinflação não veio e a copa aconteceu e funcionou fora de campo. Não sei se sou otimista demais, mas “é melhor ser alegre do que triste, alegria é a melhor coisa que existe”, como dizia aquela musica do Vinicius de Morais. Alguma coisa boa deve ter nesse ano de 2014, afinal o ano ainda não acabou. -Quem sabe o São Paulo F.C., não consegue finalmente se livrar daquela mala? – Quem sabe a Skol não faz uma promoção de fim de ano, mas promoção de verdade, não como as da coca-cola, que a gente tem que juntar tampinhas e ainda tem que por uns trocos, pra “ganhar o brinde”? Quem sabe esses caras do funk e do sertanejo universitario, não descubram Tonico e Tinoco; e Adoniran Barbosa? E quem sabe a Carolina Dieckmann não seja a capa da playboy em dezembro? Meu, alguém tem que avisar para os membros da “revolução dos ignorantes”, que se por acaso encontrarem um: velhinho barrigudo, barbudo e vestindo um pijama e gorro vermelhos; não baterem nele não, porque não é o Lula.

  13. Ora, deixem Dilma trabalhar !!!! Vejam o caso do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad: foi feroz, injusta e covardemente bombardeado, mas está revolucionando a administração da cidade com trabalho e competência e já recuperou sua popularidade. Deixe Dilma trabalhar, bando de desocupados !!!! Né, não, Everaldo ???!!!

  14. Desculpe Kotscho, mas da minha parte, o ano foi de muito trabalho e realizações. Talvez vc esteja falando do país que passa na TV ou do que depende de Brasília. Mas ao meu redor, as pessoas estão fazendo muita coisa. Não tem ninguém esperando nada, pois temos que garantir o ganha pão. Quem é que pode se dar o luxo de esperar tanto para fazer as coisas? Será mesmo que o PIB mede o tanto de coisas que acontece num país? Tenho minhas mais sinceras dúvidas.

  15. Kotscho,.pelamordedeus, o ano foi agitado. E estou começando a achar que meu voto valeu a pena. Não teremos sustos na economia e lentamente vamos ajeitar a casa, sem desemprego, sem arrocho. Tudo que teríamos com a tucanada-direitalha voltando…Aliás, descobri ainda mais, nos últimos meses, que tucano é uma ave de “alta plumagem”, predadora, com muita imunidade à privataria, lista de Furnas, trensalão, volume morto, PIG…

  16. Bom dia aos comentaristas e ao Kotscho. É impressionante, aqui no Sul do país, como as pessoas se sentem mais sábias, mais politizadas, repetindo, como um papagaio de pirata, as notícias dos telejornais de todos os canais da TV aberta… Eu torço pelo sucesso do Brasil, não interessa o partido que está no poder.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *