Mídia vai ao fundo do poço e sofre a 4ª derrota

Mídia vai ao fundo do poço e sofre a 4ª derrota

2002, 2006, 2010, 2014.

Nas últimas quatro eleições presidenciais, a velha mídia familiar brasileira fez o diabo, vendeu a alma e foi ao fundo do poço para derrotar o PT de Lula e Dilma.

Perdeu todas.

Desta vez, perdeu também a compostura, a vergonha na cara e até o senso do ridículo.

Teve até herdeiro de jornalão paulista que deu uma de black bloc e foi sem máscara à passeata pró-Aécio em São Paulo, chamada de “Revolução da Cashmere” pela revista britânica “The Economist”, carregando um cartaz com ofensas à Venezuela.

Antigamente, eles eram mais discretos, mas agora perderam a modéstia, assumiram o protagonismo.

Agora, não adianta rasgar as pregas das calças nem sapatear na avenida Faria Lima. “The game is over”, como eles gostam de dizer em bom inglês.

Se bem que alguns já pregam o terceiro turno e pedem abertamente o impeachment da presidente reeleita Dilma Rousseff, que derrotou o candidato deles, o tucano Aécio Neves, por 51,6% a 48,4%. Endoidaram de vez. E não é para menos: ao final do segundo mandato de Dilma, o PT terá completado 16 anos no poder central, um recorde na nossa história republicana.

Só teremos nova eleição presidencial daqui a quatro anos. Até lá, terão que esperar no banco de reservas do poder os herdeiros dos barões de imprensa e seus sabujos amestrados, inconformados com o resultado das urnas, se é que vão sobreviver aos novos tempos da mídia democratizada. Cegados pela intolerância, ainda não se deram conta de que já nem elegem nem derrubam mais presidentes. Alguns ficaram parados em 1932 ou 1964, por aí. Vivem ainda em tempos passados, dos quais o Brasil contemporâneo não tem saudades. Devo-lhes informar que o país mudou, e não é mais o mesmo dos currais midiáticos de meia dúzia de famílias, hoje abrigadas no Instituto Millenium.

Diante da gravidade dos acontecimentos nas últimas 48 horas que antecederam a votação, a partir da publicação da capa-panfleto da revista “Veja”, a última “bala de prata” do arsenal de infâmias midiáticas para mudar o rumo das eleições, não dá agora para simplesmente fingir que nada houve, virar a página e tocar a bola pra frente, como se isso fosse algo natural na disputa política. Não é.

Caso convoque uma rede nacional de rádio e televisão para anunciar os rumos, as mudanças e as primeiras medidas do seu novo governo _ o que se tornou um imperativo, e deve ocorrer o mais rápido possível, para restaurar a normalidade democrática no país ameaçada pelos pittbulls da imprensa _ a presidente Dilma terá que tocar neste assunto, que ficou de fora do seu pronunciamento após a vitória de domingo: a criação de um marco regulatório das comunicações.

No seu brilhante artigo “Dilma 7 X 1 Mentira”, publicado pela Folha nesta segunda-feira, o xará Ricardo Melo foi ao ponto:

“Além do combate implacável à corrupção e de uma reforma política, a tarefa de democratizar os meios de informação, sem dúvida, está na ordem do dia. Sem intenção de censurar ou calar a liberdade de opinião de quem quer que seja. Mas para dar a todos oportunidades iguais de falar o que se pensa. Resta saber qual caminho Dilma Rousseff vai trilhar”.

A presidente reeleita, com a força do voto, não precisa esperar a nova posse no dia 1º de janeiro de 2015. Pode, desde já, demitir e nomear quem ela quiser, propor as reformas que o país reclama, desarmando os profetas do caos e acabando com este clima pesado que se abateu sobre o país nas últimas semanas de campanha.

Pode também, por exemplo, anunciar logo quem será seu novo ministro da Fazenda e, imediatamente, reabrir o diálogo com os empresários e investidores nacionais e estrangeiros, que jogaram tudo na vitória do candidato de oposição, especulando na Bolsa e no dólar, e precisam agora voltar à vida real, já que eles não têm o hábito de rasgar dinheiro. Queiram ou não, o Brasil continua sendo um imenso mercado potencial para quem bota fé no seu taco e acredita na vitória do trabalho contra a usura.

O povo, mais uma vez, provou que não é bobo.

Valeu a luta, Dilma. Valeu a força, Lula.

Vida que segue.

75 thoughts on “Mídia vai ao fundo do poço e sofre a 4ª derrota

  1. Kotscho, sei que não é legal chutar cachorro morto, mas você bem que poderia nos dar o prazer e falar como foi o clima de velório nos bastidores da inVEJA… eles estão loucos, cara!
    Ainda bem que hoje em dia temos a mídia alternativa, não é? você aqui no Balaio, o pessoal da Carta Capital, o blog Viomundo e tantos outros que não nos deixam cegos.
    Abraço e vamos continuar na luta, e fiscalizando também tudo que “eles” fazem para derrubar a democracia.

  2. Prezado Kotscho: Além de que “alguns já pregam o terceiro turno e pedem abertamente o impeachment da presidente reeleita Dilma Rousseff”, ao que tudo indica, a onda de ódio parece continuar mesmo após o recente fechamento das urnas desse segundo turno das eleições presidenciais. “Após reeleição de Dilma, mais de 300 páginas que promovem o ódio foram criadas nas redes sociais” é o título da matéria de hoje, 27/10/2014, no portal R7, que mostra o “balanço das denúncias de crimes de ódio nas redes sociais levadas à SaferNet Brasil, entidade que atua no combate a violações contra os direitos humanos na web e tem acordos de cooperação com a Polícia Federal e o Ministério Público Federal.” É de arrepiar os fios de cabelo, onde se destaca entre outras manifestações de preconceito, o preconceito contra nordestinos.
    http://noticias.r7.com/cidades/apos-reeleicao-de-dilma-mais-de-300-paginas-que-promovem-o-odio-foram-criadas-nas-redes-sociais-27102014

  3. Antes de qualquer coisa, Mestre Kotscho… Parabéns pela magnífica participação na cobertura das eleições de ontem na Record News. Assisti do início ao fim e só fui dormir quando você, por razões mais do que justa, pediu pra sair. Sem deixar de falar nada do que pensa, equilibrou com maestria e muita paciência os convidados. Um verdadeiro show de bola! Achei que seria impossível… mas ontem você cresceu ainda mais no meu conceito. Vida longa ao nosso querido Gurú. E vida que segue…

  4. Quando vi a capa da veja, me deu a sensação de algo decadente e mal produzido.
    As fotos estampadas dão a impressão de que a publicação não tendo material melhor, teve que se valer de algo à disposição bem barato e produzido pelo pior dos fotógrafos.
    Mas o que interessa hoje – para não perder tempo com o que não compartilha com os nossos avanços como sociedade evoluída – é festejar a democracia brasileira.

  5. Caro RK, prometi noutro dia que desistiria de vc até hj (27/10), dia de ressaca e de festa dupla (de vitória e de aniversário do seu amigo companheiro). Tô aqui de volta pra lhe desejar Bom Dilma!

  6. Ricardo,
    GANHAMOS!!!!
    E tem gente falando do nordeste, só não estão vendo que o Psdb, vai deixar além de todos os problemas, agora são Paulo sem água.
    Abs.

  7. Brasil é uma sociedade dividida. Eleição é o momento dessa diferença vir à tona com mais ênfase. Há os que se acham no direito de usufruir de privilégios como auxílio moradia indiferentes à situação brasileira. Será que o salário de 26 mil reais não dar para pagar as próprias moradias? A impunidade e privilégio às custas do contribuinte: esse é um buraco do espraiamento da diferença social. Em todos os setores, categorias, segmentos, estratos sociais, etc. Mudanças no judiciário (acho um absurdo nós contribuintes pagarmos passagem em primeira classe para esposa de ministro do STF, aposentadoria para juiz desonesto, etc). Verbas de gabinete, suplência de senadores, direito de resposta imediata nos meios de informação, reforma tributária… Será que a votação tucana em São Paulo é causada somente pelo sentimento antiPT? Há dois anos elegerem Haddad. A pessoa não tem água na torneira de sua casa e ainda vota em alguém responsável pela estrutura do fornecimento de água? São Paulo é o Estado mais beneficiado pelo programa Mais Médicos do governo federal. Em toda sociedade e cidade há uma minoria elitista que se dá o direito de impor mentalidade e sentimento higienizador rejeitando os mais pobres, etc. Imposição que não se propaga, não sai dos limites da elite. Mas São Paulo não é uma sociedade homogênea imune à pobreza, à violência urbana, à educação escolar deficiente, portanto, não é um paraíso. Posso estar enganado, mas dizer que a votação tucana em São Paulo seja por razão do sentimento antiPT é pouco, não satisfaz. O paulista não tem vida maravilhosa.

  8. Primoroso, Mestre. Mais um da lavra “velho de guerra”, mas permita discordar quanto a 2002, que entendo não ter havido esforço a ponto de irem ao fundo do poço, ao subestimarem o inimigo e considerarem que não duraria muito no poder, e caso conseguisse chegar ao fim do mandato, o desastre seria tamanho que demorariam outros cinco séculos para retornarem ao poder. No resto um primor, quer na precisão quanto ao inimigo derrotado, a mídia familiar, e como evitar que volte a atentar contra a democracia, com a “criação de um marco regulatório das comunicações”, quer no anseio quanto ao combate a corrupção, com a prioritária reforma política, não esquecendo, de forma alguma, o que andaram fazendo, veja e a “turma de Curitiba”, na eleição passada, e para encerrar, na propriedade da proposição de começar-se o novo governo imediatamente com pronunciamento à nação sobre mudanças e escalação de parte do time para atuar de pronto, isolando assim os golpistas de sempre e criando as condições para o Brasil avançar, pois o povo brasileiro tem pressa e ódio não enche barrigas, bolsos e menos ainda o Cantareira.

  9. Foi uma verdadeira apelação dessa Revista que nem quero citar o nome e também tratando o povo como idiota ,E o partido aceita essa forma de conquistar votos . Tudo isso e as atitudes agressivas com adjetivos inadequados , foi o ponto principal para a queda ..Outro fato que causou espécie foi o derrotado de mãos dadas com a Marina. Dilma com certeza ….

  10. Olá Ricardo,boa tarde.Sempre achei,e continuarei achando que o fator preponderante,para ganhar ou perder eleições chama-se “economia”. É do conhecimento do mundo mineral,que os indicadores do governo Dilma são ruins,talvez péssimos.Com uma ou outra exceção,mas no conjunto, extremamente ruins.Aécio como candidato Ricardo,como bem disse o Governador Wagner,é um pastel de vento.Mediocre,um idiota.Talvez o mais fraco candidato lançado pelo PSDB.Perde até para Alckimin.Sujo igual a pau de galinheiro.Alckimin,nem tanto.Recomendo ler o artigo de Fernando Brito no Tijolaço,para ver o que enfrentamos nessa eleição.Aliás,quiçá nem seja preciso,você sabe.Fernando Brito,quando elenca as pedreiras que enfrentamos,esqueceu-se do PMDB.Metade do partido,o que não é pouca coisa,nos sabotava.Não agegamos um só apoio no segundo turno.Algumas boas figuras do PSOL,nos apoiaram,o Partido não.Não tenho alternativa,a não ser lhe pedir desculpas.Medroso uma ova,você sabia o terreno pantanoso que armaram para gente.Aquela capinha da Veja,embrulha estomago de avestruz.Importante que no fim prevalecemos.Agora Ricardo,ou Governo encara a Lei de Médios, como uma questão de honra,ou meu voto não será contabilizado na próxima eleição.No mais Ricardo,”Alvíssaras,meu Capitão.Terra à vista.Sem sombra,medo e pesadelo,à vista a terra limpa e abençoada da liberdade”.Um forte abraço em você e Mariana.

  11. caro Ricardo
    que bom ver um pouco de bom sensor nesse pós eleição, para mim é revoltante ver as o comportamento de setores da mídia que sob a alegação de exercer o direito de liberdade de expressão, violentam outros direito tão vitais para a democracia como a liberdade de imprensa, imprensa essa, que também tem seus interesses que nem sempre converge com que é o melhor para o Brasil e de forma descarada desqualifica por completo a candidata adversária só para favorecer o seu candidato, quero deixar aqui o meu repúdio a Rede Globo, Veja e a Isto É, pela violência que cometeram ao povo brasileiro, sempre serei a favor da imprensa livre, mais não abro mão de meus direitos constitucionais, respeitem o meu voto, assim como respeito o voto de cada cidadão.

  12. Imaginem, Balaieiros, que coisa mais patética !!! Dão um golpe, destituem Dilma e empossam o legítimo perdedor, Aécio Neves, pra delírio do FHC, Lobão, Marcio da Costa, José Eduardo, Lucas Freire, Netho, J Leite, o tal de Luiz, etc….. Ora, vão ver se estou na esquina !!!!!

  13. Nestes ultimos tempos tem-se ouvido falar sobre o problema do preconceito, do ódio de raças e cor da pele. Todo o falatório sobre este tema é com a finalidade de fazer com que as pessoas se desvencilie desta chaga humana que se arrasta desde o tempo da escravatura. O afrodescendente, embora tenha as mesmas caracteristica da raça branca, não era tido como ser humano e comparado a animal, razão pela qual eles carregavam a liteira com a sinhazinha e inclusive se trocava por vacas, cavalos, etc. O tempo passou e as praticas continuam como dantes e só falta os pobres, agora juntados aos afrodescendentes carregarem a liteira. O tratamento, em nada mudou, é só estar dentro de um ambiente onde há trabalhadores sob a batuta de um chefe exigente, já viram? Hoje na era moderna, com tanta informação não se justifica tal prática porque o homem é considerado civilizado, é educado, tem fidalguia no trato e nem poderia por isto ver no semelhante, um inimigo, um oponente odiado. Mas a competição palo acesso aos bens da vida que recrudesce o odio pelo contedor, é a razão deste pandemonio. As classes sociais que foram definidas e estratificadas em poder e posse desde a burguesia, quer voltar ao que foi, quer esquecer as modernas normas da educação da finesse e pensam que ainda domina os da base desta escala social. Talvez sintam saudades da época em que ordenavam que seus semelhantes se lhes estendensem tapetes vermelhos e se ajoelhassem beijando lhes as mãos. Gente, o tempo da servidão já passou e passa da hora de começarem a praticar os bons ensinamentos que os mestres nos ensinaram desde a infancia. A competição acabou, vamos agora dar as mãos e festejar porque na politica não tem vencedores nem perdedores mas preferidos e preteridos, não se trata de vida ou morte.

  14. demonizaram a marina até as profundezas do inferno por causa de um apoio vindo de uma pessoa ligada ao itaú, e o presidente do bradesco é cotado pra fazenda? contradição a gente vê por aqui.

    1. Mas não é só o Itaú não, meu caro, que estava por trás de Marina. Há uma legião de ONGs internacionais que iriam sorrir de orelha a orelha, caso ela se elegesse. Procure saber mais sobre as relações de Marina da Silva com a Fundação Avina e o poderoso Instituto Open Society.

  15. Obrigada pelo seu Blog. Com certeza ele ajudou nessa batalha de Davi contra o Golias!
    Agora é a vida que segue, como vc costuma dizer, e a luta por um Brasil mais igual que continua.

  16. Prezado,
    A magia não tinha morrido. Estava escondida no ambiente nervoso, estava na militância de uma multidão de anônimos, não necessariamente do PT, pois o partido gostou do poder e abandonou os movimentos populares. Estou com 40 anos, e desde os 30 nunca mais fiz campanha, nunca mais tinha defendido abertamente as ideias que assumo como centrais na luta política. Nesta campanha voltei à batalha sem ser convidado, como um dever. Tenho muitos amigos e amigas que também fizeram campanha, defenderam a política social do governo, demos a cara a tapa, queimando o filme no ambiente de trabalho, nos círculos de amigos. Derrotamos Aécio em seu próprio curral eleitoral. Dilma reeleita, saberá o PT aproveitar o entusiasmo da militância? Vai propor o marco regulatório da mídia? Já ouço falar das dificuldades do congresso…

    1. Parabéns Valdecir!! Pelo comentário, pela ‘re-esperança’, pela ‘re-militância, pelas ‘origens’ mantidas e renovadas… É esse espírito, espero, que não vai deixar nosso governo e nosso partido se acomodarem ante o desafio de fazer avançar a democracia participativa e a justiça social.

    2. Exatamente, Valdecir, é chegada a hora de não mais assistirmos, Lula, Dilma, Mercadante, Zé Eduardo, Falcão, Bernardo, ministros, parlamentares e dirigentes em geral, assistirem o espetáculo de destruição do PT, construído com muito esforço e propriedade legítima dessa militância abnegada e corajosa, sem reagirem, sem defende-lo e por consequência, colocando em risco a continuidade desse projeto, que está além do PT, pois soma outras forças interessadas, aliadas formais ou não, que juntos fizeram a diferença na vitória que garantiu a continuidade do governo Dilma, para que não houvesse retrocesso. Portanto, devemos muito a essa também anônima gente, que somou-se a nós na boa luta, de forma espontânea, sem cobranças, sem exigências, sem estabelecer condições, a não ser a derrota das forças do atraso e assim garantir a continuidade da redução da desigualdade e a possibilidade real do Brasil continuar avançando. A eles devemos muito, como à militância petista os orgânicos devem há muito, portanto é hora de cobrar-se dessa gente boa a responsabilidade pelo bom rumo, com muito trabalho e não bunda na cadeira, grande dose de coragem e não silêncio obsequioso e luta, muita luta, sem tréguas, para de fato fazermos avançar o Brasil de todos e para tanto comecemos a pressionar para que aconteçam, a Lavagem a Jato das circunstâncias e ações da veja e da “turma do Paraná”, visando intervir na decisão do eleitor, a “Regulação dos meios de informação” e a “Reforma Política”, com participação popular.

  17. Com sua licença, escriba Ricardo, e de tod@s seus leitores, me permitam falar “a partir do meu quintal”…
    “Um dia feliz às vezes é muito raro…” (Jota Quest).
    Segunda-feira de sol e muita luz em Gostoso. Que dia FELIZ!!!!! Que maravilha!!!!
    Ontem o povo derrotou o poder do dinheiro e reafirmou a esperança nos valores do trabalho, da liberdade e da justiça. Hoje o Brasil acordou com a certeza de que VAI CONTINUAR MUDANDO A FAVOR DE TOD@S!!!!
    O povo provou mais uma vez que não é bobo, ou ignorante, ou “menos informado” (como acha o ‘falecido’ FHC). Que não vai só pela rede globo, e sabe quem é melhor para defender os interesses da grande maioria desfavorecida.
    GANHAMOS DE NOVO!!! NÓS GANHAMOS!!!! O TRABALHO GANHOU PRO CAPITAL!!!! As forças progressistas/libertárias ganharam dos reacionários e preconceituosos que há séculos tomaram o Estado brasileiro para benefício próprio de uns poucos.
    Ganhamos com Dilma. Ganhamos com Fátima (senadora). Ganhamos com Robinson (governador). E o melhor: o povo Gostosense soube dar sua contribuição nessa grande e completa VITÓRIA.
    Gostoso deu 53% de seus votos para Fátima. Deu 62% para Robinson, numa maioria de 1.255 votos. E 74% para Dilma, maioria de 2.575 votos. Ajudamos a começar o “desempoderamento” das oligarquias políticas locais!!!!!
    As mudanças, que vêm melhorando tanto a vida do povo brasileiro e transformando este país numa nação mais justa e solidária, vão continuar… no Brasil e, agora, no RN e em São Miguel do Gostoso. É trabalhar e construir a MUDANÇA…!!!
    Viva o povo brasileiro! Viva o povo nordestino! Viva o povo potiguar! Viva o povo gostosense!
    Hildemar Peixoto – Pte. PT de São Miguel do Gostoso/RN

  18. Tucanada esperta e bem informada da nisso, sabia que o Itau deve 18 bi em impostos pela fusão com o Unibanco, e NÃO QUER PAGAR. Imagina um Setubal na presidencia do banco central.

  19. Não pode esquecer a regulação da mídia, urgente. Interpelar judicialmente não é suficiente (O PT ganhou por 7 a zero direito de resposta contra a veja no STF, mas somente um ministro do STF a barrou). Tem que mudar as regras da mídia democratizando-a. A grande mídia faz o que faz porque monopoliza a informação. Ou falta dela. O que acontece no período de eleição não é anormalidade social, pelo contrário, é a realidade trivial que vem à tona de forma acirrada, portanto, o ódio, a divisão, preconceito, racismo, etc. existem a toda hora, mas são abafados e vêm em épocas de mobilizações sociais. Tem que observar a falta de qualidade dos livros didáticos. E depois criticam a falta de qualidade no sistema educacional escolar. Os próprios empresários fomentam e causam a desqualidade escolar e, depois em outros veículo de comunicação, criticam e põe a culpa no governo.

  20. Texto perfeito.
    E quero dar parabéns pela sua coragem no fechamento do Record News de domingo ao denunciar, claro e bom som, o comportamento criminoso das famiglias da imprensa podre que assola o Brasil. É, sim, urgente a instituição de uma lei de meios que nos proteja de assaltos mediáticos como o que acabamos de sofrer.
    Aliás, que figura ridícula a do deputado federal Pessaro do PSDB, ao ser confrontado pelo deputado Paulo Teixeira do PT.
    josé maria

    (desculpe-me se houve repetição do meu comentário)

  21. Quiseram dar um apto amigo para o Aecio aos 45 minutos do segundo tempo, mas não teve jeito. E’ TÉTRA, é tetra…. Haja coração amigo! Publicar uma “edição extra” no meio da semana, de uma revista semanal e dominical, fazendo uma denuncia que poderia mudar o rumo de uma eleição e o rumo de um país, “sem apresentar provas” da veracidade da denuncia: “isso pode Arnaldo?” – Não sei a opinião do Arnaldo, mas claro que não pode, e o povo entendeu assim. Nessa eleição, com tantas agressões e poucas propostas dos candidatos, a Globo e a Veja, se encarregaram de escrever “um dos piores capitulos da democracia do Brasil”, pois a globo “preparou o circo durante toda a semana, chamando a atenção para a “ultima pesquisa no sabado”, no dia seguinte ao debate da emissora; e quando todo mundo pensava que era apenas uma jogada da globo, esperando que um possivel bom desempenho do Aecio no debate, poderia “mudar as pesquisas”; o Brasil foi “surpreendido”, por um golpe da revista Veja, que tanto tentou nessa eleição interferir em prol do Aecio; ao publicar uma denuncia totalmente infundada, sem apresentar qualquer prova, como por exemplo “o audio do dito depoimento do Alberto Youssef”. – A grande midia, quis ganhar essa eleição “na mão grande”, mas o povo não deixou.” E’ repugnante, alguns artistas que apoiaram o Aecio, ficarem “ofendendo o povo”, por ter votado na Dilma; pois “que moral tem eles?” Onde estavam: o Zico, o Lima Duarte, a Rosamaria Murtinho e o Zezé Di Camargo, quando nos anos de 1980: o Socrátes, o Paulo Autran, o Sergio Mamberti e o Chico Buarque; foram pras ruas junto com o povo pedindo: “Diretas já!?” Onde estava o Luciano Huck, quando nos anos de 1990 o povo saiu às ruas pedindo o impeachment do Collor? -Ignorantes são vocês artistas, que “cairam de paraquedas nesse apoio ao Aecio, sem procurar saber sobre a historia dele”, porque o povo brasileiro: Derrubou a Dilma nas pesquisas, quando surgiu as denuncias da Petrobras, subiu o Eduardo Campos quando a Marina virou vice, derrubou o Aecio quando surgiram as denuncias contra ele e contra o presidente do partido dele, e subiram a Dilma quando viram que ela não tinha nada a ver com a corrupção na petrobras; e, com isso o povo “mostrou que se informa sim, antes de votar”. O povo votou consciente, ao contrario desses artistas aloprados, que confundiram a eleição com festa de reveillon com cobertura da midia.

  22. Interessante ler no site http://www.tijolaco.com.br o post escrito por Miguel do Rosário intitulado “A história do doleiro que a mídia não contou”. Neste post ficamos sabendo das ligações de Youssef com os escândalos tucanos como Banestado, Caixa 2 na campanha do ex-governador do PR, sr. Jaime Lerner (esse eu tinha na mais alta conta até uma certa época) e de outras campanhas na década de 90, desvios em Maringá, trensalão. Alberto Youssef operou a vida inteira com o PSDB e DEM e agora a mídia vem tentar convencer-nos de que ele tem ligações com o PT. Isso não cola, ainda mais após o depoimento do sr. Leonardo Meirelles, que confirmou as ligações de Youssef com o PSDB. Além disso esse juiz Sérgio Moro sempre faz umas jogadas manjadas de delação premiada com esse Youssef, pelo que se nota no post. E concordo com o que disse um comentarista do site, Pedro Barbosa, precisamos acabar com essa ditadura da desinformação implantada pela mídia que visa, única e exclusivamente, prejudicar o PT. E, pra isso, é mais do que necessário fazer logo uma regulamentação da mídia.

  23. Um detalhe que esqueci de citar no meu comentário anterior. Li no jornal regional aqui do ABC paulista, o ABCDMaior, que após o discurso de Aécio ontem o senador eleito pelo PSDB, José Serra, tentou cumprimentar Aécio mas este preferiu manter distância. Aí tem… Desarmonia no ninho tucano à vista….

  24. Parabens pelo trabalho ontem na Record News, assisti desde as 5 da tarde ate voce declarar seu cansaço de 5 horas ali sentado.Parabens pelos seus comentarios.Abraços.

  25. ate quando teremos que aguentar essa balela de que a imprensa e livre , todos sabemos que lacaios da globo ,da revista fascista veja pseudo jornalistas so´ falam o publicam o que os chefinhos querem deveriam se envergonhar de dizer que sao jornalistas ,eles publicam mentiras de maneira irresponsaveis depois vem os repudios dos orgaos de imprensa , tem de haver total liberdade mais com responsabilidade aos verdadeiros jornalistas vai aqui os meus comprimentos , aos lacaios da globo meus pesames .

  26. Se um marciano descer agora na terra e ler QUALQUER um dos inúmeros artigos e comentários escritos por petistas, ficará com a impressão que a Dilma venceu a eleição com 99,9% dos votos.

    Quem perdeu as eleições não foi a mídia mas sim o povo brasileiro que trabalha e não é assistido em nada por um governo que pouco faz além de roubar e deixar roubar. Para colocar o que comer na mesa para os meus filhos e esposa dou um duro danado por mais de dez horas por dia e não recebo nenhum tipo de bolsa.

    Me revolta trabalhar tanto para sustentar uma corja de vagabundos que ficam grudados nas tetas governamentais.

    Sei que você vai me censurar mas essa é grande verdade.

    1. Caro, se você frequentasse este balaio, iria perceber que o Kotscho, permite que todos se manifestem democraticamente, desde que, mantenha a decência em seus comentários. É bem diferente do pessoal da Veja, que além de permitir que os leitores publiquem comentários ofensivos, preconceituosos, utilizando, muitas vezes, palavras de baixo calão. ainda proíbe qualquer comentário a favor do PT; eles sim são exemplo de censura…

    2. E se um venusiano por aqui chegar há de concluir, em face de seus comentários, que a corrupção é invenção do PT. Os antecessores são todos castos, a imprensa é imparcial e não houve melhora na vida dos mais desfavorecidos.

      Convido o senhor a alargar um pouco essa sua estreiteza política. Eu sou petista e moro nos Jardins. Também jamais desfrutei de qualquer benesse pública. Nem por isso deixo de apoiar práticas e políticas que objetivam diminuir o imenso fosso que há entre brasileiros.

      Seja um pouco menos egoísta .

  27. Parabéns pelo comentário. Foi um dos únicos sensatos que li durante todo dia. Parabéns também ao povo brasileiro que escolheu seu representante pelo voto. Parabéns Dilma!!!

  28. Caro Kotscho , não bastasse a baixaria da revista Veja temos que aguentar também, os comentários dos famosos. Eles tem todo o direito de expressar suas opiniões, assim como todos nó temos, inclusive de se posicionar politicamente, mas eles não podem se esquecer que são pessoas públicas e devem ser comedidos em seus comentários. Nem todos os brasileiros compartilham da mesma preferencia politica deles. Chamam os eleitores do PT de povo burro, pobre de informação, sem ética. Opa! Perai! Eles, por acaso, são seres superiores porque apoiam Aécio? Se esqueceram que esse povo burro, sem ética é o mesmo povo que os admira como artistas? O povo ignorante, só serve enquanto dá audiência, compram seus cds, assistem suas novelas, seus jogos? Que decepção!! O pior é que muitos “artistas” sequer tem moral para criticar, olha o Dado Dolabella por exemplo. Fala mal do PT como se ele fosse um exemplo de ética…
    Nesse momento em que uma onda de ódio explode nas redes sociais essas pessoas públicas, ao invés de usarem a sua influencia para pedir paz, união , jogam mais lenha na fogueira.
    Aécio Neves é outro que em nenhum momento se posicionou em relação a esse ódio de seus eleitores pelos nordestinos. Eles ofendem, humilham o povo do nordeste, e o candidato ignora. Talvez isso explique o seu fracasso em terras nordestinas…Peço desculpas ao povo nordestino, sei o quanto esse povo já sofreu e sei o quanto eles são trabalhadores. Quanto a esses preconceituosos que destilam seu ódio nas redes sociais, só lamento…

    1. Parabéns pelo comentário oportuno pois sou paulistano e admiro o povo nordestino e respeito tanto os que votaram e nossa querida presidenta Dilma como os eleitores de Aécio afinal estamos em uma democracia que foi conseguida com a luta e desaparecimento de muitos colegas da época de faculdade. Hoje respiramos um pouco de democracia, mas estamos a caminho de respirar livremente.

  29. Prezado Ricardo Kotscho, quando comecei ler a frase “Agora, não adianta rasgar as pregas das calças” rapaz, confesso que antes de ler, das calcas eu gelei e pensei comigo: O Kotscho desabafou. rsrs. Que nada, Kotscho manteve a postura de sempre.

    Mas escreveu tudo que eu gostaria de ler e é por isso que sempre venho aqui.
    Parabéns pelo jeito simples e objetivo de dizer as coisas!

  30. Caros amigos, a candidata reeleita Dilma, não tem a culpabilidade sobre sua vitória sobre o Tucano bicudo, pois como a nossa Constituição Federal apresenta: TODO PODER EMANA DO POVO. Então, quem escolheu a candidata reeleita fomos nós,o POVO. Então tucanada, choram na cantareira, pois estamos nos afundando na lama, com a grave falta de água. KOTSCHO TE AMO

  31. Impagável a cena (ou melhor o áudio) da militância petista gritando no discurso de vitória da Dilma no auditório de um hotel em Brasília “o povo não é bobo,abaixo a rede globo….o povo não é bobo abaixo a rede globo”e tudo sendo transmitido ao vivo pela emissora que não podia cortar o sinal.
    Outra cena hilária foi ver a cara do William Bonner dando o resultado da apuração quando a Dilma apareceu com 51 x 49 Aécio já com mais de 90% das urnas contabilizadas,estava visivelmente constrangido.
    De resto parabenizar o Kotscho pela condução do BALAIO nessas eleições sempre escrevendo com muita serenidade e bom senso mesmo nos momentos mais acirrados da campanha.Abraços a todos e VIVA A DEMOCRACIA.

  32. Caro Sr. Kotscho,

    Como cidadao brasileiro penso que tenha direito a 2 coisas:

    1) Recontagem de votos para confirmar a vitória da candidata do governo, pois a vitória foi bem apertada.

    2) Análise minuciosa de potenciais fraudes que tenham ocorrido no processo de votacao. Podemos ver inúmeros casos sendo expostos nas redes sociais sugerindo possíveis fraudes.

    Tendo analisado o nível moral e ético que assolou este processo eleitoral, penso que os meus pedidos sao bem plausíveis. Minha questao é: como cidadao brasileiro, a quem devo me reportar para que o processo de auditoria seja realizado?

    Grato pela atencao,

    Pedro Fontes

  33. Bom dia,Ricardo.Passei os olhos pelos jornais,vi e ouvi entrevistas da Presidenta,etc.Muda daqui,mexe dali,remaneja acolá.Segundo um blog,regulação da máfia midiatica,fica em segundo plano.Nada,nadica de nada.Sequer uma palavra.Voce já deve ter percebido,pelos meus comentarios,que de radical não tenho nada.Zero.Tambem,Ricardo nao tenho sangue de barata.Endosso seu comentário integralmente,não tiro uma vírgula.Se o governo não colocar em pauta o que diabo for,sobre uma Lei de Médios,sera a primeira vez em mais de 30 anos,que anularei meu voto.Ate nosso Lula,a quem venero,pela primeira vez nao terá meu voto.Chega,Ricardo,simplesmente chega.Um cidadão de bem que sou,não pode olhar indiferente o que acontece,com o comportamento da máfia mídiatica,que se transformou em um partido político de extrema direita,venal e golpista.Se continuar assim,va procurar voto no raio que os parta,meu nao.Conto com você nessa cruzada.Forte abraço em você e Mariana.

    1. Demerval, penso exatamente como voce, e adiciono o problema currupção que ela vai combater. Espero que este doa a quem doer, não fique apenas no ambito fedral, mas que seja estendido aos estados, municipios. Estou cansado de ver tanta Privataria tucana!

  34. Kotcho, vou para Belágua-MA dar um abraço fraterno a todos os cidadão que proporcionalmente deram a Dilma a maior votação no Brasil, 95% dos votos validos.

  35. Para quem ainda acha que a vitória foi apertada, é bom levar em conta que Dilma não derrotou apenas seu adversário político. Derrotou a grande Imprensa familiar brasileira que ignorou, durante 4 anos, tudo que ela fez de bom e repercutiu não apenas o que ela possa ter feito de errado, mas criou um sem número de factoides para embaraça-la junto à Opinião Pública. Tentaram sabotar a Copa de Mundo de todas as formas, com uma cobertura anti-Brasil como nunca se viu na história do Esporte. Derrotou também o ódio; sempre estimulado pela mesma grande Imprensa familiar. E, finalmente, derrotou parte do Judiciário, na pessoa do tal do Juiz Moro, do Paraná, que de forma criminosa, vazou seletivamente frases soltas ditas por um criminoso (que fez fama no caso Banestado, recheado de Tucanos…) que possivelmente contando com a eleição de Aécio, deve ter sido convencido por “alguém” a ser generoso nas acusações. E finalmente, o “timing” das chamadas delações premidas sugerem um complô típico das novelas da Globo (Há quem afirme que tenha sido escrito no PROJAC), começando com o bandido ex-Petrobrás e tendo na “internação” do Doleiro no dia da eleição, gerando boatos de seu assassinato, a cereja do bolo. Enfim, gente… Foi uma vitória épica, não apenas contra seu oponente, mas contra toda uma associação de marginais de calibres e forças de alto poder de destruição, onde os responsáveis pela Campanha do PSDB e a grande Imprensa, juntos, venderam a alma ao Diabo. E que fique claro, não desistirão; pois não apenas odeiam o Brasil como abusam da mais elementar das inteligências ao arquitetarem suas já manjadas patifarias. Venceu o Brasil!

    1. H Menon, voce simplesmente “deixou cair…” bem no estilo por a crapuça nos jornalistas “economistas” do PIG. Sabe, eles se fingem de desentendidos, de zumbies e tudo isto por interesses economicos.

  36. Tive o privilégio de estar presente no discurso da vitória, foi emocionante ver todo aquele pessoal (muitos chorando) banhado de chuva comemorando a vitória de Dilma.Parabéns a todos os Balaeiros e principalmente ao Sr. Kotscho por nos oferecer este espaço tão democrático.Um abraço a todos.Bom Dilma.

  37. Kotscho, do teu post e que já li mais de uma vez, passei a imaginar o seguinte:
    Essa última eleição abriu o caminho para a 5ª derrota, senão, vejamos:
    I – A oposição dificilmente manterá a diferença de agora na Região Sul;
    II – Na região Sudeste, haverá equilíbrio, pelo governo do PT em Minas e Rio com governo do PMDB, considerando por último que a vantagem em São Paulo certamente não se repetirá.
    III – No Nordeste a vantagem de hoje poderá até ser reduzida, mas não muito; isso porque, o povo nordestino anda bem injuriado e não irá esquecer o que aconteceu na última eleição.
    IV – Existem inúmeras obras do Governo Federal a concluir no próximo mandato e o povão gosta mesmo é de obra inaugurada.

    1. Eu sou “doidim” por obras construidas e inauguradas mas não obras do tipo aeroporto no sitio do titio. Parabens voce está dando a dica que é a melhoria na infraestrutura, e olhe que não sou nem conheço nenhum produtor de soja ou outra commodity. O importador quer que o produto “made in Brazil” seja embarcado no menor tempo possivel e intacto, em perfeitas condições, senão não haverá PEDIDOS substanciais na próxima rodada. Sabe o que isto significa? FATURAMENTO e um pais que não fatura não tem grana, money e os projetos de evolução do progresso ficará pífio. Um país é como uma empresa, se não FATURA, vai à falência. O Brasil foi por três vezes sob a batuta tucana preguiçosa do FHC.

  38. As derrotas continuadas da imprensa brasileira nas eleições presidenciais sugerem uma pergunta inquietante: O que caracteriza uma elite? O poder econômico para produzir e distribuir uma versão da realidade segundo seus interesses ou representar a versão da realidade que domina os corações e mentes da nação num determinado momento histórico?
    A imprensa ainda tem poder econômico para criar uma certa realidade, aquela que ela pretende fazer o povo consumir. Há, todavia, um abismo entre a realidade mesma e sua representação. O povo vota como quer, não como é aconselhado a votar pelos jornalistas. O aprofundamento desta distância na última década é evidente.
    A antiga elite foi destronada. Uma nova ainda está nascendo? Isto é o que veremos nos próximos anos.

  39. Em breve vamos ver a mídia brasileira apontando seu dedo sujo na cara do governo culpando-o por uma provável recessão que explodirá no centro do capitalismo e cujos estilhaços respingarão aqui e no resto do mundo. Bem à moda americana nossa mídia se levantará contra nós e mentirá contra nós perante o resto do mundo com o apoio dos EUA. Não nos iludamos o jogo político é ludismo de pré-escola frente ao jogo econômico. Não e a politica que controla o dinheiro, é o contrário, e por isso o povo estará sempre um passo atras da verdade, no fio da navalha.

  40. O melhor e mais corajoso texto que eu li depois das eleições.A mídia sofre a quarta derrota,mas se não houver uma atitude corajosa da presidente não haverá quinta derrota.Esse ódio que a mídia injeta no povão a longo prazo está dando certo.Eu moro em uma cidadezinha de Minas,segunda, dia 27 em todas as rodinhas o povo descendo a lenha em quem votou na Dilma.”Quem votou são burros”,”vagabundos que não querem trabalhar”.Eu disse apenas o seguinte:se ele perdeu aqui na terra dele,ou ele é mentiroso ou nós somos ingratos.Agora como não tem reeleição pela frente,urge que a Dilma seja corajosa para por um basta nessa covardia de uma vez por todas.Ou não haverá uma quinta vitória.Eu espero uma atitude valente da nossa presidente.

    1. Antonio, não esqueças de que a notabilissima Presidenta Dilma é MINEIRA de Belzonte. Nossa gente mineira, eu sou do Triangulo Mineiro, fizeram muito bem, deixou o leite talhar e o café, ficou sozinho na xícara. Kkkkkkkkkkkkk…………….t

  41. Nada postei em seu blog, até hoje. Acompanho-o com vivo interesse. Acredito que o seu blog e outros deveriam criar um portal. Portal Independência, Palavra Franca, Mídia Plural Independente. Não tenho formação para sugerir. Creio que se não tivesse havido a internet, as forças mais obscurantistas deste país o teriam retomado, com consequências funestas para A América Latina como um todo. Não desistiram. Vão tentar transformar o próximo período de Dilma um inferno quotidiano. Agências esgotos de classificação de créditos, Financial Times da vida e o esgoto jornalístico nativo vão se fazer mais ativos do que nunca. Creio que é hora de uma mobilização permanente da mídia progressista e independente. A melhor defesa é partir para
    a ação.

    1. Comungo a ideia, apenas a sugestão para o nome seria outra, PIOS (Portal Informação, Opinião & Salgadinhos), e para participarem: André Singer, Antonio Prata, Arnaldo Jabor, Azenha, Bob Fernandes, Claudio Lembo, Clóvis Rossi, Conceição Lemes, Delfim Netto, Dilma Bolada, Eduardo Guimarães, Elio Gaspari, Fernando “Tijolaço” Brito, Fernando Moraes, Gregorio Duvivier, Jânio de Freitas, Jean Wyllys, Jorge Furtado, José Dirceu, Juca Kfouri, Kennedy Alencar, Luis Nassif, Miguel do “Cafézinho” Rosário, Marilene Felinto, Mino Carta, PHA, PML, Professor Hariovaldo, Ricardo Kotscho, Ricardo Melo, Rodrigo Vianna, Xico Sá, etc.

  42. Dilma, depois do ataque Kamicase de Veja, acredito eu, deve rever sua posição sobre um Marco Regulatório de Mídia. O problema é que se a coisa for feita de cima pra baixo, através de uma MP ela corre o risco de ter a medida derrubada pelo Congresso que tem medo até da sombra e poderia sucumbir ao poder ‘investigativo’ desta mesma mídia de oposição. A Globo, nos seus telejornais em Tv aberta e principalmente na fechada já mudou o tom. Está mais mansa, mais tranquila e prega inclusive a mesma fala da Presidenta dizendo sobra a união do país após as eleições. Tudo fachada. Estão esperando baixar a poeira para em seguida começarem tudo de novo.
    É preciso ter pulso. Ter coragem e demonstrar força. A presidenta não pode aguardar 1º de Janeiro para começar as reformas das quais nosso país precisa e almeja. Tem que utilizar a voz rouca das ruas e das urnas para começar desde já as mudanças que almejamos. A política seria a primeira e a mais custosa visto que este congresso que foi eleito é o mais conservador dos últimos tempos. Acho que deveria ser proposto um plebiscito para que o povo escolhesse a forma de condução desta reforma política. Seria uma Constituinte exclusiva com notáveis de todas as matizes e órgãos atuantes na sociedade ou apenas com estes representantes recém eleitos? Ou um misto entre os dois? Ficar parado esperando a Banda passar é que não dá!

  43. Como cidadão, o que me revolta neste País é a corrupção, falta de ética e moral, independente da bandeira partidária, o meu desencanto com a Nação se passa por um fisiologismo exacerbado, e por ver a ideologia morta aos pés da ganância seja ela pelo poder ou dinheiro.

  44. Há muito tempo desgostei-me de VEJA. Deixei de ser um idiota assinante há mais de 10 anos, ao perceber que o conteúdo editorial em nada refletia os acontecimentos e anseios de um Brasil que não é de poucos, mas sim, de todos os brasileiros.
    A Veja que conheço chama-se “EsbraVEJA”, bem representada por alguém que se diz jornalista Diogo Mainardi. Seu narcisismo revela-se em seus textos. Demonstra ser alguém com ódio de sua herança humana (Freud explica esse tipo de comportamento).
    Concluo, afirmando que uma imprensa que recebe dinheiro para falar mal de opositores não é uma imprensa que merece respeito, decididamente.

  45. Muito se fala que a veja, istoé, e outras da imprensa publicada e falada elaboram reportagens tendenciosas. Cabe a quem lê, ter senso crítico e julgar a informação que recebe. Infelizmente, em nosso país, não há interesse político, há muito tempo, que a sociedade tenha senso crítico o que permite manifestações extremistas muitas vezes sem fundamento. Mas, e se a justiça, pois será acionada pela presidente contra veja, comprovar o que revista explanou, qual será a atitude de quem votou na presidente e da imprensa? Pois se não comprovar, certamente a revista será punida. Será que a presidente terá humildade para pedir a renuncia e enterrar de vez o PT e toda a sua falácia socialista ou será que a sociedade brasileira terá atitude, coisa que desde 1989 não tem, para revindicar o respeito aos cidadãos e a moralidade política.

  46. E porque a Presidente Dilma em nenhum momento, veio a público, explicar ou responder à sociedade brasileira sobre o caso da Petrobrás. Ou ainda, tomou atitudes como afastar os responsáveis de seus cargos até que se comprove sua inocência. Atitudes, aliás, que qualquer gestor da iniciativa privada teria em respeito a quem interessasse.

    1. Chega de choro de perdedor!! Voces foram DERROTADOS pela quarta vez CONSECUTIVA e não há mentira deslavada da parte de voces que farão o povo mudar de idéia!! Cresçam e madureçam…

  47. Nunca havia lhe escrito, mas leio sempre vossos comentários. Gostaria que o amigo escrevesse algo sobre os nossos (RETROATIV0S), Ações impetradas contra o INSS e que estão dando carunchos no trf1. Tem processo que está ganho (Transitado e Julgado) mas o dinheiro não sai. O INSS recorre até das mais comezinhas ações,enquanto isto tem processo no trf1 saindo pelo ladrão., Parece que há uma picuinha entre a Justiça Federal que tenta desgastar o Governo por não lhes dar o aumento pretendido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *