Dilma volta a ser favorita em nova virada

Dilma volta a ser favorita em nova virada

A apenas cinco dias das eleições, mudou tudo de novo: nas pesquisas Datafolha e Vox Populi divulgadas na noite desta segunda-feira, a presidente Dilma Rousseff bate Aécio Neves por 52% a 48% dos votos válidos, um empate técnico no limite da margem de erro, invertendo as curvas da semana passada. E a presidente volta a ser favorita para conquistar a reeleição no próximo domingo.

Minha análise sobre as novas pesquisas está neste link do Jornal da Record News, em conversa com Heródoto Barbeiro, logo após a sua divulgação:

Volto ao assunto no final deste texto. Antes, gostaria de me dirigir diretamente aos leitores do Balaio para comentar o que aconteceu aqui no nosso blog nestes últimos belicosos dias da mais beligerante campanha eleitoral que já acompanhei.

Advertência necessária

Cuidado, você pode não gostar do que vai ler.

Aos que me acusam de a cada dia mudar de posição e escrever uma coisa diferente, conforme meu humor, depois de já ter previsto o favoritismo de Dilma Rousseff, Marina Silva e Aécio Neves em diferentes momentos, conforme as pesquisas, esclareço que estranho seria se fosse o contrário.

Se nada mudasse no cenário eleitoral, não precisaria atualizar este blog todos os dias, de domingo a domingo, o que me dá um trabalho danado. Poderia, simplesmente, deixar no ar o primeiro texto que escrevi sobre a campanha eleitoral, ainda no ano passado, e ir para a praia.

No final de tudo, apenas publicaria o resultado apurado nas urnas, sem medo de errar. Eu nunca mudei de posição nem de lado, desde que voltamos a ter eleições diretas para presidência da República, há exatos 25 anos. Sempre votei no mesmo partido, como sabem os leitores e o distinto público. Quem muda são as pesquisas, os fatos, é a realidade da campanha, do quadro eleitoral. Se alguém ainda tiver alguma dúvida, pode procurar nos arquivos deste blog ou no Google.

Um antigo repórter esportivo, nos anos 60 do século passado, ao comentar um jogo em que o São Paulo perdeu da Portuguesa, só escreveu sobre o time derrotado, e quase nada sobre o vencedor.

Este repórter fui eu.

De lá para cá, procurei separar o jornalista do torcedor, não só no futebol como em tudo na vida, incluindo aí a política. Às vezes, consigo; noutras, não. Coisas da vida, já que, apesar de todos os avanços da eletrônica neste período, ainda não consegui comprar um robô para escrever por mim.

Leitores/eleitores mais engajados e radicalizados, de um lado e de outro, estão confundindo cobertura jornalística de campanha eleitoral com propaganda eleitoral gratuita, tratando este espaço democrático oferecido pela internet como se fosse porta de banheiro de boteco.

Por mais que defenda a liberdade de expressão de todos, aqui ninguém vai me chamar de moleque nem me acusar de fazer propaganda enganosa. Não faço propaganda, nem enganosa, nem virtuosa. Faço jornalismo. Tudo tem que ter um limite. É uma questão de respeito, que exijo para mim e para os demais leitores do Balaio.

Ninguém é obrigado a ler, muito menos a concordar com o que escrevo. Estão, portanto, desde já dispensados os que esperam que eu escreva o que eles querem ler aqui, de acordo com suas preferências partidárias.

Em mais de 50 anos de carreira, ninguém nunca me disse o que devo ou não escrever, como devo ou não pensar, o que devo ou não defender _ nem meus editores e chefes nos principais veículos da imprensa brasileira por onde já passei, nem minha mãe. Ou melhor: tentar, até já tentaram, mas nunca conseguiram.

E não seria aqui, neste espaço pessoal que divido com os leitores, onde sou o único responsável pelo que é ou deixa de ser publicado, que eu daria este direito a terceiros. Sem chance. Prefiro errar ou acertar sozinho.

***

Voltando aos fatos e aos números. De uma semana para outra, houve uma forte guinada nos índices de Dilma e Aécio, mas só no Datafolha, já que o Vox Populi, em seu levantamento anterior, já apontava dois pontos de vantagem para a presidente (51 a 49).

Em suas duas pesquisas sobre o segundo turno divulgadas na semana passada, tanto o Datafolha como o Ibope mostravam Aécio à frente de Dilma, exatamente com os mesmos números: também cravaram 51 a 49, só que no sentido inverso ao do Vox Populi, que foi o primeiro a apontar a vantagem da presidente. Nas várias outras pesquisas, a vitória de Aécio já era dada como certa, em levantamentos que eram reproduzidos na propaganda eleitoral do candidato.

Parece que o próprio tucano acreditou nisso, tanto que passou a se comportar nos debates com a soberba de presidente eleito, o que pode ter sido uma das razões de sua queda, não observada pelos analistas políticos que abundam na nossa imprensa.

Diante de tantas viradas nesta campanha, não vou me arriscar a analisar nem prever mais nada. Nem tenho a pretensão de achar, ao contrário de alguns leitores e muitos coleguinhas, que o que eu escrever vai dar ou tirar votos de algum dos candidatos. Aqui das arquibancadas, que é onde o repórter deve ficar, limito-me a ver o jogo e contar o que vi, sem influir no resultado.

Recomenda-se muita humildade e cabeça fria nesta hora porque o clima já está quente demais para o meu gosto. Eleição, por mais importante que seja, é apenas uma eleição. Como já dizia o grande Oscar Niemeyer, que também nunca mudou de lado, importante é a vida.

Vida que segue.

99 thoughts on “Dilma volta a ser favorita em nova virada

  1. Amigo Ricardo, acompanho há muito tempo o balaio, e sempre vi imparcialidade no amigo. Gosto muito de lê o que o amigo escreve. Vejo muita coerência, e sabedoria apesar de saber qual é o lado do amigo, pois o lado do amigo é o lado do povo pobre desse país. Estou com você, independente de partido. Agora… que a Dilma será reeleita não tem como esconder. As denuncia contra o Aecio sendo mostrada cada vez mais nas redes sociais, o estão deixando em desvantagem.Tenho fé em Deus que o meu país será melhorado com a Dilma ainda mais.

  2. Kotscho, vc é ainda um jornalista que honra a profissão, acredito em sua honestidade e seriedade, entendo sua última publicação como um alerta, mas os nervos estão bem a flor da pele, que quando, alguém que sempre comedido nos tráz à realidade, e este é uma pessoa a quem respeitamos e acreditamos, a adrenalina sobe, muitos se exaltam, mas saíba que se ainda acredito no jornalismo porque, leio e ouço, vc, o Heródoto, Janio, Nassif, Amorim, Emir, Mino. e outros desta mesma linha, pois infelizmente a outra vertente é só desinformação, perdoe os mais exaltados, e a luta continua sempre, abraços.

  3. o DataBolsa não mente a Bolsa caiu a Dilma subiu rsrs agora é abrir a boca do jacaré e cobrar um Governo melhor da Presidenta Dilma, Reforma tributaria e politica urgente regulamentação da mídia lutar contra tudo e contra todos é difícil Sorte que o povo de bem esta do nosso lado.

  4. É isso aí Kotsho,jornalista não tem que agradar ninguém ter que se ater aos fatos,parabéns pelo recado a esse pessoal que fica querendo que vc faça campanha pró-candidato.Quanto as pesquisas Kotsho nenhum dos candidatos pode descansar nem cantar vitória até domingo,o negocio tá apertado pros 2 lados,por essas mesmas pesquisas no 1ºturno Dilma tinha 48% e Aécio 30% dos votos válidos,após a abertura das urnas Dilma ficou com quase 42% e Aécio com quase 34%,ou seja dos números dados Dilma caiu 6 e Aécio subiu 4.Até na minha familia teve gente que mudou de voto na marca do pênalti.Mas eu sei quem vai ganhar,pode me ligar na próxima segunda feira que eu te conto hehehe,abraço.

  5. Olá, não estou entre os que te criticaram, mas….tudo tem um mas.
    De qualquer maneira, se é como você escreveu acima (como acredito), para que tanta explicação?
    Com certeza, do altos dos propalados 50 anos de carreira, você com certeza sabe que os comentários podem ser críticas ou elogios…se forem elogios, beleza, o rumo está certo.
    Se forem críticas (feed-back), explicações são desnecessárias – o essencial é uma autocrítica honesta, e eventual correção de rumo, se isto for apontado.
    Justificativa, melhor só quando a gente se convencer que errou….
    Abraço.

  6. Kotscho, prepare-se para comemorar mais uma vitória.Fui dormir leve,vamos q vamos !DIIIIIIIIILLLLLLLLLLLLLLMMMMMMMMMMMMMMAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!

  7. Entendo seu desabafo, RK mas não dê tanta importância as críticas dessa forma. Infelizmente todos nós somos passíveis às críticas. O importante é não se deixar abater por elas. Veja a Dilma, que está sofrendo uma saraivada diária de ataques da oposição, da mídia, de banqueiros, de empresários gananciosos, e no entanto esta ai, firmona, de pé e de cabeça erguida pronta para protagonizar uma impressionante virada que pode lhe garantir a reeleição. Não podemos cantar vitória ainda pois faltam 5 dias ainda para que o resultado das urnas seja conhecido. Mas, independente do resultado já a considero vitoriosa por tudo que ela já fez por esse nosso Brasilzão e por ter enfrentado até vaias e um VTNC em um jogo inaugural de uma
    Copa do Mundo televisionado para o mundo todo. E assisti ontem a noite o debate completo da Record no site http://www.ocafezinho.com e me deu orgulho a forma apaixonada como ela defende a Petrobrás, ao profetizar que ela será a maior empresa do Brasil e do mundo e foi, merecidamente, aplaudida por isso. Enquanto que Aécio e a oposição só sabem desqualificar a Petrobrás e a intenção todos sabemos qual é: privatizá-la. Valeu Dilma e muito obrigado por seu excelente governo em prol dos que mais necessitam do Estado. PS: não posso deixar de chamar a atenção para a última derrocada do sr. Alckmin. Ele mandou uma carta para a ONU exigindo retratação desta em sua “ousadia” de falar que o governador tem culpa sim nessa crise da água que se abate em SP. Quanta prepotência hem, sr Alckmin!

  8. Fico feliz com a virada, pois não podemos retroceder a todas a essas conquistas pois o brasil é de todos os brasileiros e voce olhando com um todo melhoramos muito nesses 12 anos.

  9. Prezado Kotscho: Parabéns por mais esse simples, claro e realista artigo. E sobre a sua recomendação para se ter “muita humildade e cabeça fria nesta hora” estou de pleno acordo. É como também diz o grande Jorge Ben “prudência, dinheiro no bolso e canja de galinha não fazem mal a ninguém”.

  10. Para mim este resultado não serve para nada entrevista uma meia duzia de pessoa e fala que as dilma esta na frente, as pesquisa eleitorais nas esquetes pela net, mostra o aecio muito superior a dilma, não é 2 e nem 4 por cento é muita coisa…vamos ver quem vai ganhar então…..

    1. Gosto e leio sempre sobre o que escreve, acho você competente e coerente sobre seus relatos, nem Jesus agradou a todos . Continuar é preciso, agradar nem sempre.

    2. Eu se fosse jornalista estaria em depressão, pois quanta asneira falam nos comentários, não só aqui, mas em todo lugar, a pérola do dia “todas as enquetes da net dizem que aécio esta na frente”, pelo amor de deus, 98% da população não tem acesso a internet regularmente, quanto mais para participar de enquete…

  11. …parabéns…perfeito o pôste, tú não tem que dar explicação a ninguém, se dá é porque considera os seus leitores, pois como não há poetas sem os amantes da poesia, maestros sem os amantes da música, não há jornalista sem leitores.O Balaio, é o único Blogue que tem alma, e agora o único que tem Musa. Sabia não ??? Pois é, em uma reunião extraordinário de teus seguidores, por aclamação, a Marita Cavalcante, a popular beijoca, foi aclamada a Musa do Balaio. Chique heim meu fi ??? Neguim aí com muito mais tempo na estrada num tem nem Muso, um mascote sequer, e tú já tem Musa !? Marita Cavalcante a Musa do Balaio. O prêmio será entregue no próximo encontro dos balaieiros, assim que agente despachar o Aecim, pra ir plantar capim, lá na serra da Canastra, bem longe de Inhotim…vai pra lá trem ruim.

    1. Bela notícia, caro Everaldo, literalmente…
      Como disse no post, a vida não é só eleição. Precisa de beleza também.
      Vamos marcar logo a coroação da Marita!
      Abração,
      Ricardo Kotscho

  12. O que texto interessantíssimo, assim que se escreve, com impessoalidade, continuarei lendo, seus artigos. Mas com relação as perspectivas eleitorais, confio muito a vitória de Dilma, pois, ela continuou um projeto ganancioso do nosso querido ex – presidente da Republica Luís Inácio Lula da Silva. Vamos que vamos Dilma na cabeça em todo território Brasileiro.

  13. Ricardo,é um prazer.Gosto dos seus comentários,sensatos,abalizados,coerentes,etc.Só não concordo com frouxidão.Seus comentários Ricardo,exalavam medo.Transpirava desanimo.Tenho mais absoluta certeza,que você já tinha entregado os pontos.Nem parece que trabalhou e acompanhou Lula por tanto tempo.Taí um cabra da peste,Luis Inácio Lula da Silva.O Brasil vai demorar anos, para parir um sujeito como Lula.

  14. Ricardo Kotscho, gosto muito de seus textos. Você consegue transmitir suas preferências políticas sem ser um torcedor fanático. Mesmo eu sendo uma opositora ferrenha do PT não faço oposição às pessoas, me oponho ao modo do PT de conduzir uma eleição. Eu o admiro muito. Parabéns.

  15. Não me interessa mais saber quem vai ganhar essa eleição. Interessa-me é a condução que o juiz federal do Paraná -que é um exímio cumpridor das leis ao seu alcance e inseridas nos códigos penais- levará às barras da Justiça, esses ladrões do erário. Só isso me interessa agora saber. E tudo isso, virá ao conhecimento do povo brasileiro, nos meados de 2015. Emoções não faltarão àqueles que estarão reeleitos e sob suspeição, porém jurando inocência. Vai ser divertido e ridículo ao mesmo tempo. Prezado Kotscho. Parabéns pela sua régua. Reta e inflexível. Doa a quem doer!

  16. Prezados kotscho e Heródoto, infelizmente os debate da televisão, cheio de regras e limitações de tempo, impedem o confronto real de idéias. Por exemplo, sobre o tema reforma política, Dilma é clara quando fala em financiamento público exclusivo de campanhas ou ainda aceitando contribuições pessoais declaradas e com teto aos partidos. Dilma também é clara com relação a independência do BC e o uso dos Bancos públicos no período de depressão econômica. Já o Aécio é escorregadio, pois representa interesses oligárquicos da elite conservadora, o neoliberalismo e elitismo social.

  17. Não da pra ler os comentários, são aparecem dois por página, está horrível a visualização dos blogs do R7, favor pedir pra melhorar.. Não é possível que alguém comemora a permanecia do PT no governo, que país é esse minha gente….

  18. Ricardo,
    concordo com muita coisa q vc escreveu, mas discordo quando assinala que essa é uma campanha sem graça e chata. Observando as audiências dos debates, percebemos o grande interesse das pessoas pela disputa presidencial.
    Além do mais, no 2º turno temos visto uma mobilização de rua espontânea e que reúne grandes platéias não-pagas (fato raro desde 2002).
    Também discordo quando aponta a falta de qualidade dos candidatos Dilma e Aécio. Vejo dois quadros capacitados e com biografia, apesar de terem problemas nítidos.
    O blog está muito bom. Abraços.

  19. Caro colega. Não era possível que o povo não acordasse. Temos dois programas: um que representa a elite e o outro que governa para os mais pobres, os mais necessitados. Temos que apoiar quem nos apoia. SIMPLES ASSIM

    1. no momento que o preco para o “governo para os mais pobres” envolve sólidos conceitos morais e éticos, o país está condenado…marque minhas palavras: caso o PT se perpetue no poder, o país estará perdido, pois qualquer resquício de valores morais sumira e o caos se instalará. Vocês nao conseguem entender que os valores morais sao o alicerce de qualquer sociedade civilizada..O PT está destruindo esses valores de forma sistemática…até nao restar mais referência moral alguma.

  20. O PT usa toda a máquina estatal para fazer uma propaganda baixa que realmente é eficaz com a camada menos esclarecida da populacao. Uma estratégia de provocar inveja em Goebbels. Também acho que a Dilma ganhará. Nao por mérito, mas por métodos excusos praticados por um partido que está pouco se importando com os mesmos eleitores que o elegerao. É triste ver o país desabar e nao poder fazer nada. E eu realmente amo o meu país. Mas como vc diz, vida que segue…

  21. Caro Ricardo.
    Sempre admirei sua isenção, pois leio sempre seus comentários aqui.
    Como mineiro,e, esclarecido, fico envergonhado por saber que esse lixo (aécio neves), nasceu no Estado que tanto amo.
    Nem sou eu quem afirma, mas o deputado Rogério Correa. Que,se, esse cafajeste fosse investigado pela roubalheira que fez do DINHEIRO PÚBLICO, nas duas gestões como governador, estaria preso (mais de 30 milhões).
    Torço e muitooo que a Presidenta DILMA seja reeleita. Para exterminar,e, espero para sempre, essa corja do psdb.

    1. Pois é minerin, tu não imagina a vergonha que a gauchada ta passando depois das declarações do candidato ao governo do estado José Ivo Sartori-PMDB que é apoiado pelos senadores, Pedro Simon, Ana Amalia Lemos, grupo RBS, PSDB, e assemelhados sobre as propostas de governo e piso salarial dos professores.

  22. Depois das lambanças numéricas cometidas pelos institutos de pesquisa no primeiro turno, alguém consegue levar realmente a sério os números que vêm sendo apresentados neste segundo turno?
    Discordo que o Aécio tenha se comportado nos debates com a soberba de candidato eleito por conta das pesquisas anteriores que o mostravam à frente de Dilma. Seria ingênuo demais imaginar que um político com a experiência dele se deixaria levar ou mudaria sua postura de campanha baseado nos números dos institutos de pesquisa, sobretudo, como foi dito, depois das lambanças cometidas pelos mesmos no primeiro turno.
    A única “pesquisa” em que qualquer pessoa em seu juizo normal deve acreditar de agora em diante é aquela que sairá das urnas no próximo domingo. Todas as outras devem ser tratadas com o descrédito que elas fizeram por merecer após o primeiro turno.

  23. Quanto ao seu papel de repórter, parece-me bastante razoável entender que haja divisores de águas entre quem escreve e quem opina. Há outros jornalistas mais assumidos e mais opinativos a favor deste ou daquele candidato. No entanto eu gostaria de te ver mais virulento do lado de quem mais pesa nesta luta de classes declarada neste país: o lado do povo. Mesmo que seja este povo aquele que não consegue ainda ter acesso aos meios de comunicação dos quais dispomos. A balança está pesando contra nós. Não adianta muito dizer que do lado deles existe uma mídia associada, organizada e que bate todos os dias apesar de sermos um evidente país que melhorou demais . Isto é mais que notório e deveríamos denunciar com mais veemência, até porque eles se vangloriam da nossa incapacidade de atingi-los. Enquanto você se contem, outros do lado de lá fazem exatamente o contrário, e de livre e espontânea vontade, emitindo opiniões aos quatro cantos, ocupando os canais mais populares como o rádio e tentando vender uma realidade que só existe para dentro de suas próprias casas e condomínios. Sempre gostei de suas reportagens e comentários mas desesperança não cola na tua história. Se o processo te atinge no fígado, eu gostaria de saber se ficar apenas olhando para o que acontece vai resolver alguma coisa.

  24. Kotscho, a falta d’água na capital São Paulo, é assunto que deve ser debatido sem exaustão.
    Não é possível que a capital sofra com a falta de água, se os reservatórios bem que poderiam contar com bombeamento de reforço com água do imenso Aquífero Guarani.
    Existem mais de mil poços perfurados no Estado abastecendo diversas cidades, e bem que poderia existir reposição de água já há muito anos, uma vez que Cantareira também faz anos que está diminuindo seus volumes.
    É só pesquisar sobre o enorme Aquífero Guarani e São Paulo bem que poderia estar usufruindo desse valioso potencial natural, a não ser, que esteja existindo politização do aquífero e pavimentação sendo preparada ao futuro de grandes investidores.

    1. Li na internet há pouco tempo sobre o Aquífero Guarani, que abastece várias cidades do interior de SP, principalmente a cidade de Ribeirão Preto. Pelo que diz a reportagem, até esse Aquífero está secando ou suas águas já estão sendo “privatizadas” pelo governo Alckmin. Afinal, os tucanos são loucos pra privatizar tudo, não é?

  25. Estou furioso, não pela DR ligeira do balaieiro-em-chefe, chamando às falas, gilmardantasmente, os mais exaltados, mas cá entre nosotros, balaieiros de 13 costados, o do exaltado que ilustra-o ao final sentado na mochila, de tão fulo, torna-se engraçado, porém certíssimo o condutor do “nosso” Balaio: “Hay que endurecer, pero sin perder la ternura jamás”. Mas furioso mesmo fiquei eu com o PT de A a Z, sem chance de perdão, tanto que agora sou Aécio desde criancinha, mesmo sem água e até sem pão de queijo, pois não é que ontem a noite, a não mais de trezentos metros de minha casa, realizou-se um dos mais emocionantes atos da campanha petista, com a presença da presidenta, Lula, intelectuais, etc., e o desavisado aqui, sequer desconfiado ou sabendo, assistindo tv. Agora, além de faltar água pela incúria do Govereador Chuchu, falta informação por incúria dos responsáveis no PT pela ampla e eficiente divulgação da campanha de Dilma. Pode isso Everaldo? Já imaginou seu bairro tucano “invadido” pela militância petista para saudar a presidenta, ai em Goiânia, e você a menos de trezentos metros sem saber?

    1. Dias, meu eminente cardeal, eu também me emputeceria( que palavrinha mais tucana! ), e, por alguns instantes me tornaria ” Aécio desde criancinha “, felizmente minhas crises de raiva não duram 10 minutos.

  26. Essas pesquisas só tem 2 propósitos:dar uma arrefecida essa semana no Goesbell da Dilma,perdão,João Santana,acalmando os ataques desesperados do PT,cantando vitória antes do tempo e a turma comprar bastaste ações na bolsa até sexta bem baratinho,pq na segunda com o Aécio eleito elas disparam,comprei BB e Petrobras hoje,essas pesquisas são uma benção pra mim que conheço um pouquinho dessa historia de eleição/pesquisa/mercado financeiro/especulação e não deixo meus “merréis” desvalorizando na poupança,o meu bolsa-familia é a bovespa e já ganhei uma bela nota no 1 º turno,até troquei meu carango,viva as pesquisas!!!!!!!!

  27. Uai?Cadê os petistas contestadores de pesquisas que sempre estão aqui no balaio?Sumiram todos?Ninguém vai xingar o Datafolha dessa vez?everaldo,victor hugo,dalvo,helena/santo andré,os fanáticos em geral.

    1. Júlio, tanto não acredito que estou nas ruas conquistando votos, acabei de chegar e posso te dizer meu fi, que pelo o que estou vendo é bom irem se acostumando com mais quatro anos da DILMA. E tem mais, aquela estória do cavalo só agora esta repercutindo nas periferias.Uma veinha me disse:- Meu sinhô!!! este Aéci num é o homi qui dixe qui gosta mais de cavalo do que pobre??? É??? Adivinha o que eu repspondi Julio???

    2. Vixi, me chamaram pra briga? Por que vou contestar a pesquisa se está dando Dilma na frente? E olha, vi o vídeo no blog do Rodrigo Vianna sobre a verdadeira manifestação de apoio dado a Dilma no Tuca ontem em SP e foi de arrepiar. Emocionante mesmo. Estava lá gente do PT, PSOL, PCdoB, PSB e uma multidão de gente gritando: “É 1, é 3, é Dilma outra vez”. Assistam gente, foi uma manifestação de jovens que fizeram uma manifestação de apoio a Dilma e contra o ódio que estava dominando SP. Valeu a pena.

    3. Everaldo,só uma criança pra acreditar nas suas estórias,kkk,me divirto muito com vc aqui no balaio,vc é hilário,aliás cadê o Padilha com seu estetoscópio no pescoço?kkkk…..

  28. Sou mineiro, tenho 57 anos e trabalhei na CAIXA por mais de 32 anos anos, lá chegando em 1981, ainda no governo militar de João Batista Figueiredo. Portanto, já vi 07 presidentes passarem pelo Palácio do Planalto . Sempre procurei dar meu voto àqueles que, eu imaginava e nem todos foram, protetores das camadas mais fragilizadas de nossa injusta e elitista sociedade.
    Todos, sem exceção, abrigaram corruptos e corruptores, governantes, banqueiros e construtoras. Por isso e com a certeza de que a farra com o dinheiro público é endêmica no Brasil, declaro meu voto à Presidenta Dilma.
    Quanto ao Aécio, sei que foi nomeado aos 24 anos diretor da Caixa por Sarney, como prêmio de consolação pelo avô falecido. Portanto, sua precocidade no trato da coisa pública vem de família. O slogan “Aécio, quem conhece não vota” define bem o que a maioria dos mineiros acha sobre ele, que por sua vez, afirma ter saído do governo com 92% de aprovação. Portanto, fica a pergunta para que ele responda: como alguém com tamanha aprovação consegue perder para a Dilma em seu estado? Parece que as pesquisas nunca são confiáveis, prova disso é esse índice absurdo que ele relata (92%?).

    1. Sebastião, sinceramente, sou baiana com muito orgulho. responda-me por favor que índice de aprovação é esse, de 92%. Isso é uma vergonha. Foi com essa mentira que Aécio caiu nas pesquisas. Concorda comigo?

  29. Depois de tantas indas e vindas e diversas passeatas pedindo mudanças na política que mais depende do congresso do que do executivo, a Dilma pode ser reeleita assim como o Alckmim foi. Então onde está a imensa maioria que pedia por mudanças? Então só posso entender que a “imensa maioria” na verdade era um grupo apoiado pela imprensa que dava uma repercussão imensa para tentar derrubar a situação.

  30. Eu votei na Marina no 1º turno e agora estava pensando em votar no Aécio, mas depois de saber as irregularidades que ele cometeu sem conseguir se explicar a não ser tentar ser irônico, vou votar na Dilma. Não morro de amores por ela, mas ao menos sabemos quem ela realmente é, e o que pretende fazer.

  31. È um prazewr ler o Balaio , vc consegue mesclar humor com seriedade , política e paixão e o mais importante , sem esconder seus ideais polkiticos , consegue se impacial ,,,,.. parabéns , vc sim mericia ser imortal .

  32. Apesar dos grandes problemas que o Aécio tem, eu se fosse a Dilma não cantava vitória antes do tempo. Porque mesmo sabendo que ele tinha muitas falhas e que não conseguia se explicar, a grande mídia quase nos convenceu a votar nele, como se ele fosse uma pessoa excepcional.

  33. Datafolha na última pesquisa do 1º turno errou em 5% a mais para DILMA e 29% a menos para AÉCIO. IBOPE errou em 10% a mais para DILMA e 24% a menos para AÉCIO. Coincidência? Mantendo essa margem de erro, nessa última pesquisa Datafolha, AÉCIO pode se considerar eleito.

  34. As urnas estão chegando, e as pesquisas “já estão se adequando”! E a margem de erro hein? Ah, essa “já subiu de 2% para 3% e agora está em 4%”. Mas vamos falar de coisa seria, os debates, que apesar de baixarias e titubiadas, “são engraçados”, e se espremidos um pouquinho, não saem sangue como o antigo Noticias Populares, mas sai algo de proveitoso. Os debates são como cálculo de inflação: “pega-se tudo e faz-se a media”. E é pegando a media de tudo que foi dito nos debates, onde os mais fanáticos apontavam seus vencedores, e os analistas preferiam a extrema cautela do empate, é que pode se ver que a Dilma, ganhou todos. -E’ estranho dizer isso, mas “quando os partidos: PT e o PSDB”, pegaram trechos para colocarem nos seus horários politicos, “notou-se que o PT conseguiu extrair do que disse a Dilma, mais lances capitais do que o PSDB conseguiu captar do Aécio”; e embora, ambos os lados, se dissessem vencedores ao final de cada debate, os analistas políticos não terem capacidade de avaliarem os debates, apontando sempre para um empate; foi no horário eleitoral, que “ficou sempre bem claro que a Dilma havia sido melhor”. A Dilma, gaguejou muito é verdade, mas o Aécio não deu “respostas”. Não sei se a mídia e o Aécio, vão conseguir reverter essa vantagem mostrada pelas suas próprias pesquisa; mas a Dilma, “tem uma vantagem grande”, de poder mostrar “”””durante a semana inteira”””, “trechos do debate da record”, onde “nesses trechos se vê muito mais qualidade que nos trechos apresentados pelo Aécio no seu horario”, e ela ainda “pode fazer o que o Aécio fez o segundo turno inteiro”: “””””exibir as pesquisas, que mostram uma vantagem de 4 pontos pra ela””””””.

  35. Grande Ricardo, é com muito emoção que você se move nesta campanha. Logo que começo o segundo turno. As pesquisa mostravam o que o PSDB queria, pois precisavam atrair apoios. Marina até demorou mais um pouco do que se esperava. Mais os institutos de pesquisa tem que voltar a realidade, porque senão vão acabar saindo mal na foto. A avaliação do governo Dilma sobe sempre a cada pesquisa. A população está a cada dia acordando para o desespero de alguns pessimistas.

  36. Não consigo entender sequer como um cara como esse aecio tem essa quantidade de eleitores… ele não merece! Sou mineira, sei o que estou dizendo. Já a Presidenta Dilma Roussef, íntegra, coerente, etc etc precisa ganhar para o nosso bem e do país. Não é a Presidenta que de nós precisa e sim, nós precisamos de DILMA como presidenta.

  37. Com sua licensa, Kotsho:

    A emoção de Rodrigo Vianna
    no Tuca: a Dilma é brizolista!? ////
    Foram dez minutos, sem microfone, sem marqueteiro. O povo cantava, e Dilma respondia – sem palavras.

    Do blogueiro Rodrigo Vianna: ////

    Caros,
    Segue meu relato sobre o que vi ontem no TUCA em São Paulo.
    Foi impressionante. ////

    A FORÇA SIMBÓLICA NO ATO COM DILMA E LULA NA PUC DE SÃO PAULO.

    Desde a campanha de 89 que não se via um ato político com tamanha carga de emoção em São Paulo. Os paulistas que votam no PT (e também aqueles que, apesar de não gostarem tanto do PT, resolveram reagir à onda de ódio e conservadorismo que tomou conta das ruas) foram nesta segunda-feira/20 de outubro para o TUCA – histórico teatro da PUC-SP, no bairro de Perdizes.

    O TUCA tem um caráter simbólico. E o PT, há tempos, se descuidara das batalhas simbólicas. O TUCA foi palco de manifestações contra a ditadura, foi palco de atos em defesa dos Direitos Humanos. Portanto, se há um lugar onde os paulistas podem se reunir pra dizer “Basta” à onda conservadora, este lugar é o teatro da PUC.

    O PT previa um ato pra 500 ou 800 pessoas, em que Dilma receberia apoio de intelectuais e artistas. Aconteceu algo incrível: apareceu tanta gente, que o auditório ficou lotado e se improvisou um comício do lado de fora – que fechou a rua Monte Alegre.

    Em frente ao belo prédio, com suas arcadas históricas, misturavam-se duas ou três gerações: antigos militantes com bandeiras vermelhas, jovens indignados com o tom autoritário e cheio de ódio da campanha tucana, e também o pessoal de 40 ou 50 anos – que lembra bem o que foi a campanha de 89.

    No telão, a turma que estava do lado de fora conseguiu acompanhar o ato que rolava lá dentro. Um ato amplo, com gente do PT, do PSOL, PCdoB, PSB, além de intelectuais e artistas que estão acima de filiações partidárias (como o escritor Raduan Nassar), e até ex-tucanos (Bresser Pereira).

    Bresser, aliás, fez um discurso firme, deixando claro que o centro da disputa não é (nunca foi!) corrupção, mas o embate entre ricos e pobres. “Precisou do Bresser, um ex-tucano, pra trazer a luta de classes de volta à campanha petista” – brincou um amigo jornalista.

    Gilberto Maringoni, que foi candidato a governador pelo PSOL em São Paulo, mostrou que o partido amadurece e tende a ganhar cada vez mais espaço com uma postura crítica – mas não suicida. Maringoni ironizou o discurso da “alternância de poder” feito pelo PSDB e pela elite conservadora: “Somos favoráveis à alternância de poder. Eles governaram quinhentos anos. Nos próximos quinhentos, portanto, governaremos nós”.

    O “nós” a que se refere Maringoni não é o PSOL, nem o PT. Mas o povo – organizado em partidos de esquerda, em sindicatos, e também em novos coletivos que trazem a juventude da periferia para a disputa.

    Logo, chegaram Dilma e Lula (que vinham de outro ato emocionante e carregado de apelo simbólico – na periferia da zona leste paulistana). Brinquei com um amigo: “bem que a Dilma agora podia aparecer nesse balcão do TUCA, virado pro lado de fora onde está o povo…”. O amigo respondeu: “seria bonito, ia parecer Dom Pedro no dia do Fico”. Muita gente pensou a mesma coisa, e começaram os gritos: “Dilma na janela!”

    Mas a essa altura, 10 horas da noite, só havia o telão. As falas lá dentro, no palco do Teatro, foram incendiando a militância que seguia firme do lado de fora – apesar da chuva fina que (finalmente!) caía sobre São Paulo. Vieram os discursos do prefeito Fernando Haddad, de Roberto Amaral (o presidente do PSB que foi alijado da direção partidária porque se negou a alugar, para o tucanato, a histórica legenda socialista), e Marta Suplicy…

    Vieram os manifestos de artistas e professores – lidos por Sergio Mamberti. E surgiram também depoimentos gravados em vídeo: Dalmo Dallari (o antigo jurista que defende os Direitos Humanos) e Chico Buarque.

    Quando este último falou, a multidão veio abaixo. A entrada de Chico na campanha teve um papel que talvez nem ele compreenda. Uma sensação de que – apesar dos erros e concessões em 12 anos de poder – algo se mantem vivo no fio da história que liga esse PT da Dilma às velhas lutas em defesa da Democracia nos anos 60 e 70.

    Nesse sentido, Chico Buarque é um símbolo só comparável a Lula na esquerda brasileira.

    Aí chegou a hora das últimas falas. Lula pediu que se enfrente o preconceito. Incendiou a militância. E Dilma fez um de seus melhores discursos nessa campanha. Firme, feliz.

    O interessante é que os dois parecem se completar. Se Lula simboliza que os pobres e deserdados podem governar (e que o Estado brasileiro não deve ser um clube de defesa dos interesses da velha elite), Dilma coloca em pauta um tema que o PT jamais tratou com a devida importância: a defesa do interesse nacional.

    Dilma mostrou – de forma tranquila, sem ódio – que o PSDB tem um projeto de apequenar o Brasil. Lembrou os ataques ao Brasil nas manifestações contra a Copa (sim, ali o que se pretendia era rebaixar a auto-estima do povo brasileiro, procurando convencê-lo de que seríamos um povo incapaz de receber evento tão grandioso), lembrou a incapacidade dos adversários de pensarem no Brasil como uma potência autônoma.

    Dilma mostrou clareza, grandeza e calma. Muita calma.

    Quando o ato terminou, já passava de 11 da noite. E aí veio a surpresa: Dilma foi – sim – pra janela, para o balcão do Teatro voltado pra rua.

    dilma-no-tucaNo improviso, sem microfone, travou um diálogo com a multidão, usando gestos e sorrisos. Parecia sentir a energia que vinha da rua. Dilma, uma senhora já perto dos 70 anos (xingada na abertura da Copa, atacada de forma arrogante nos debates e na imprensa), exibiu alegria e altivez.

    Foram dez minutos, sem microfone, sem marqueteiro. O povo cantava, e Dilma respondia – sem palavras. Agarrada às grades do pequeno balcão, pulava e erguia o punho cerrado para o alto. Não era o punho do ódio. Mas o punho de quem sabe bem o lado que representa.

    Dilma não é uma oradora nata, não tem o apelo popular de um Lula. Mas nessa campanha ela virou líder. O ato no TUCA pode ter sido o momento a marcar essa passagem. Dilma passa a ser menos a “gerente” e muito mais a “liderança política” que comanda um projeto de mudança iniciado há 12 anos.

    Dilma traz ao PT uma pitada de Vargas e Brizola, de trabalhismo e de defesa do interesse nacional. E o PT (com apoio da militância popular, não necessariamente petista) finalmente parece ter incorporado Dilma não como a “continuadora da obra de Lula”, mas como uma liderança que se afirma por si. Na luta concreta.

    Uma liderança que – na reta final, nessa segunda-feira de garoa fina em São Paulo – pulava feito menina no ritmo da rua, pendurada no histórico balcão da PUC de São Paulo. Dilma ficou maior. /////

    Não há noticia de que Caetano Velloso estivesse na multidão. Ou não ?

    (Paulo Henrique Amorim)

    1. Lula mais uma vez acertou em cheio!
      Eu estava lá no TUCA ontem a noite quando a multidão chamava por Dilma.
      Lula poderia ter ido junto com a Dilma para a janela, mas não foi. Neste instante Lula percebeu que nasceu uma nova líder.
      A liderança não se impõe, nasce. E ontem foi a noite em que vimos Dilma nascer como líder desta nação.
      Foi emocionante! (Tiago Lula da Silva no Conversaafiada do Paulo Henrique Amorim)

  38. Eu estou certo de que a Dilma vai ser reeleita, o Aécio não tem planos concretos não tem realizações para mostrar é um fracasso completo, é pura enganação. Estas ultimas pesquisas pelo que entendo de estatística tem algum desvio nos dados, talvez por metodologia e pela amostragem. Este negocio de margem colocando os candidatos em empate teórico, nem por troria pode existir e se existir é porque há manipulação dos dados. Quando a bolsa cai, dizem que é por causa do aumento das possibilidades da Dilma já ter disparado e verdadeiramente ela já vai na frente. Eu não levo muito a sério estas pesquisas mas bem ou mal indica que ela sobe na preferencia dos votos dos eleitores. Felismente isto acontece porque estamos correndo sérios risco, ameaça a nossa democracia exatamente porque vejo um retrocesso muito grande nesta politica profissional deste partido PSDB que cinicamente promove um engodo aplicado no eleitor descuidado, imprevidente, desatencioso. Não podemos sob forma nenhuma classificar uma eleição como uma simples eleição qualquer porque ela coloca em jogo a estabilidade de um povo e a escolha do candidato, um perigo gravíssimo para a estabilidade social. Não podemos nos esquecer nunca que há um jogo de interesses sobre aquilo que mais dói no cidadão, o seu bolso e daí é que sai o sustento da sua familia que é o seu salário as oportunidades de emprego, a segurança do futuro melhor para seus filhos. Vemos sempre, cidadãos trabalhando duramente para estabelecer uma tranquilidade para seus filhos e poder um dia morrer tranquilo sabendo que eles não passarão fome nem serão arrimo de pessoas oportunistas. Quem é abgarantia destas conquistas para as classes menos favorecidas? Sem dúvida quem lhes acena com estas possibilidades e deu provas disto, não é uma enganação, um candidato de papo furado, embromador? Comparem as realizações ebterão a resposta. Viva a Presidenta Dilma, viva o povoeleitor previdente, atencioso que crê no futuro com as realizações da Presidenta Dilma.

    1. …Denis, o jacaré não só esta abrindo a boca, como já esta preocupado com a indigestão que deverá ter devido o estado de deteriorização do alimento que esta engolindo. Tú conhece algum digestivo pra indicar pra este pobre jacaré ???

  39. Agradeço a você Ricardo,pela acolhida do meu comentário.Você é mesmo um tremendo boa praça,como dizia seu saudoso e querido amigo Josè Vamos Tomar Um Gol de Alencar.Faltou responder,aqui entre nós e os amigos do balaio,deste uma Xuxada,isto é,viu a coisa preta,e deu uma amofinada.A coisa teve mesmo preta,mas,apesar de não ter nada ganho,tenho um leve presentimento que ganharemos com 10 pontos de vantagem.Porque digo isto?Lula,Ricardo,Lula.Volto a seu amigo Zé de Alencar,que não cansava de repetir,e você sabe disto,Lula é um ser humano extraordinário.Ontem,hoje,sempre,eternamente.Um forte abraço.

  40. Acabei de ler o seu texto. Da mesma forma que não vai mudar, tem todo o direito, também não vou mudar, tenho esse direito. Falo por mim, não sou mandado nem mando. No meu caso, eu disse que o Senhor “não viu o trem passar, ficou sentado na mochila”. Por quê? Por que o seu texto está impregnado de preconceito tal como o FHC. Qual a diferença em dizer “você faltou com a verdade” e “mentiroso”? Nenhuma, o significado é o mesmo. Apenas o primeiro é usado pelas elites e o outro pelo pobre. O povo brasileiro é rico ou pobre? Pobre! Na maioria. Ainda! Pobre quer dizer caipira, tá! Por que caipira tem que ser falso? Sabe por que caipira é autêntico, porque ele é franco. Ele fala com o coração. Ele não é egoísta, não tem vergonha de ser debochado pela “simplesa”. O aluno na sala de aula diz, tu roubou minha caneta. Ele não pergunta se o colega pegou a caneta. Coisa de pobre, entende? Caipira. A Dilma é assim, uma pessoa que tenta imitar a elite mas pensa e raciocina como um caipira. Uma lógica confusa, mas que todos entendem.
    Onde está o preconceito, está justamente em querer que a futura presidenta seja uma grande oradora, uma simpatia em pessoa, seja afável com os contrários que desenvolva grandes raciocínios lógicos, comuns aos grandes políticos elitistas. Ela não precisa ser falsa, ela tem que ser inteligente e honesta. Só. A baixeza dos debates, aquelas coisas de pobre, são exatamente aquilo que o povo é e que o FHC acha que só existe nos grotões. Não somos feitos da elite somos feitos de pobres caipiras. O mais caipira de todos é o Lula. A diferença é que Lula é empático. Quem é mais honesto, Lula ou Dilma?
    Vou continuar lendo seus textos embora não concorde com certas ideias suas, mas acho que o Senhor é uma pessoa honesta. Tem uma aparência de Chico Bento. Desculpa, já achei o senhor parecido com caipira. Não é uma critica.

    1. Verdade Aline. Estou em Londres e assistindo tudo daqui….desolada com a possibilidade da Dilma perder. Muito feliz e aliviada agora que ela tomou a frente. Finalmente. Nao sei o que aconteceu com quase metade da populacao brasileira acreditar que Aecio salva os brasileiros e o Brasil da corrupcao… Meu Deus o povo nao le e nao se informa mesmo antes de votar. Um horror. Quase vimos o Collor de Melo II no poder. Nossa senhora!!!!

  41. ” Amigo, como você trabalho em uma área relacionada com a construção civil, sou corretor. Estou vendo vários construtores dizendo que vão parar as obras que estão iniciando ou em andamento, com receio de uma eleição do Aécio, pois seu provável ministro já falou em diminuir a ação da Caixa no financiamento habitacional. Pelo menos para nós é melhor ficarmos com a Dilma. Não é minha intenção influenciar no seu voto, seria muita pretenção minha, mas eu não poderia me omitir numa situação tão séria para todos nós “. Riicardo…esta é a diferença entre nós e eles. Agora é 1:00 da madrugada e eu estou aqui, desde as 21:00 de ontem enviando esta mensagem para telefones que retiro dos classificados dos jornais locais onde se encontram centenas de telefones de corretores, pintores, pedreiros, etc e o escambau. Durante o dia na rua, a noite no ZapZap. Vamú qui vamú.

  42. Pode até não vencer (ESPERO QUE VENÇA; COM MEU VOTO), mas na reta final a militância arregaçou as mangas e Dilma se envolveu: até pulou na sacada do TUCA. Há pouco em Pernambuco foi de acelerar os corações. Lula, 68, incansável. Pessoas presentes disseram que pareceu a multidão do Galo da madrugada no sábado de carnaval. Lamentável a postura de Geraldo Alckmin se esquivando da responsabilidade do problema da água no Estado governado por ele e seus correligionários há 25 anos. Tenho 51 anos de idade, espero ainda ver essa tática tucana desbaratada. P.S. O que aconteceu com o procurador federal que engavetou por “ENGANO” o pedido de investigação da justiça suiça? Impunidade… o outro candidato está sendo desnudado por conta de incentivos da impunidade às suas traquinagens. Cadê que ele processou o Juca Kfouri?

  43. …Vítor Hugo meu nêgo…a internet abriu as portas dos porões da Casa Grande: …………..https://www.youtube.com/watch?v=3ySQ_v8DM9A
    …………..https://www.youtube.com/watch?v=PhhQ3kEnp2I…………e eles emergem mais poluidos do que a lama do Cantareira. Fico imaginando as cabeças destes honrados eleitores antipetistas que buscam um puro e imaculado para lhes governar. Tá explicado o alto número de abstenções do primeiro turno.

  44. Parabéns Ricardo,

    Nessa clima de guerra até os jornalistas recebem bala. Você, como qualquer ser humano, pode fazer uma leitura errada, o que não significa que este erro seja uma “tendência político partidária”. É um prazer ler este blog. Espero que você não se impaciente de vez e vá pra praia como creio que as vezes passa por sua cabeça, e deixe de nos premiar com belos artigos aqui postados.

    Grande Abraço

  45. Cravei aqui há alguma semanas atrás Dilma 54 x 46… Tracking de hoje do PT de acordo com Nassif: Luis Nassif – No tracking do PT de hoje, que acabou de ser fechado, Dilma Rousseff teve 48% dos votos totais contra 41% de Aécio. Computando apenas os votos válidos, Dilma está com 54% contra 46% de Aécio.

    1. Mr Chance,acho ótima suas “cravadas”,se depender delas Aécio tá eleito,vc se lembra o que cravou pras eleições de SP?Eu lembro vc pôs Padilha e Alckimin no 2 º turno,viu o que deu?kkk….

    2. Mr. Change, meu-meu ( sinceramente, eu não me conformo com o nick que este cara escolheu, Mr. Change, mas, como o cara é dos nossos…), eu também, lá atrás reproduzi uma Centúria de Nostradamus, só agora decifrada, que dizia, mais ou menos o seguinte: Num reino do Ocidente, onde uma nova era nascerá, quando todas as forças do mal se reunirem em uma só barca, haverá ( haverá ou haverão ? ) tres dias de silêncio, após isto, uma grande onde varrerá esta barca e todos que nela estão para as profundezas do oceano, de onde nunca mais emergirão. Este Nostradamus rera f..a, né não ???

  46. Visto a carapuça!!! Gosto do Kotscho. Gosto do Balaio. Gosto da Brasileiros. E, apesar de não conhecer pessoalmente, gosto de muita gente que aqui faz seus comentários. Kotscho só acho ruim dizer que a Dilma não é republicana. Que fala a mesma coisa. Que é chata. Não é. É uma baita técnica que deve ser uma delicia entrevistar, dialogar e debater. Quandos dois lados querem, é claro! Quem não quer o debate é o Aécio e o PSDB. E entendo 100% pq eles não querem e levam para o nhen nhen nhem: pq hoje os tucanos não têm do que falar. Aí fica o nhen nhen nhen da Petrobras. Aí, o Aécio vai para o debate para falar do que? Kotscho, a pergunta: o que a Dilma poderia fazer diante de uma matraca que fala que o governo não fez nada. Que a educação está uma merda. Que a inflação está comendo o dinheiro do povo? E fala que o PT fez um desmonte da petrobras e que ela não vale mais nada. E que todo mundo do PT roubou, mamou na Petrobras. Claro, sem levantar uma única prova. Só confiando na lábia do Youssef e do Costa. Mas, devo minhas desculpas a vc Kotscho, afinal esse é um espaço democrático e onde nos encontramos. Se vc permitir, continuarei por aqui. abs a vc e a todos.

    1. concordo quase que integralmente com o Alex (22.out 18h32 !!)
      apenas um senão: (inconscientemente, é claro) como a maioria dos petistas, parece-nos que o
      articulista nutre certa antipatia pela nossa querida Dilma, diferentemente do apreço que tem pelo
      nosso grande guru, “pai” das reformas sociais que tanto redimiram nosso povo sofrido;
      não queremos partiradismo e sim isenção da opinião, mas, porém, contudo, todavia, tenho notado um certo amargor do blogueiro com nossa candidata; como não concordo, farei aquilo que
      ele nos aconselha: deixarei de lê-lo
      abcs fraternos e rumo à vitoria no domingo.

  47. Ao sul de BH, ou seja, metade da população do Brasil, já excretaram o PT. Nenhum governador e senador eleitos e perda de cadeiras no Congresso. Aécio 56% X 44% dos votos válidos no domingo.

  48. …Júlio !!! ÔH Júlio !!! Cadê voce rapaiz ? Como voce diz que gosta de dar risadas, vou te passar uma boa, boa não, ótima.Os arautos da moral e dos bons costumes, kkkk, os guardiões da ética e da honestidade, escolheram como candidato um sujeitim que nomeou sua irmã para distribuir verbas de publicidade do governo de Minas para suas rádios, kkkk, o melhor é que, kkkk, o cara se vangloria dizendo que ela trabalhava como voluntária, kkkkkkkkkk, é boa ou num é ??? Se tu disser que esta num é boa, vou dizer que tú é um mentiroso, e não te passo uma outra, melhor ainda. Um abraço meu irmão, se precisar de um ombro pra chorar tuas máguas pós derrota conta com os meus. Agente senta num no meio fio compra, dois picolés de cocô, e tú pode chorar a vontade.Quem chora seus males espanta, assim falou Necabeu irmão de Necabéia.

  49. Boa noite, meu amigo RK e a todos os comentaristas.
    O adversário da Dilma e muito fraco…tem um sorriso sarcástico e produzido, não tem história para contar e diz tantas mentiras que chega a ofender até seus colegas de partido, dizendo que MG tem o maior e melhor serviço de saúde pública do Brasil…mostra que não conhece o estado de São Paulo, aliás, não conhece nada, nem o Hospital de Clínicas paulista. Vou parar por aqui com esta opinião expressa, para não avacalhar esse candidato. Boa noite à todos e apenas acho que Aécio não terá chances, o povo brasileiro sabe disso.

    1. O adversário da Dilma, é cinico, dissimulado e playboy mimado, todos sabemos disso. Porem até agora é o unico tucando que realmente está dando trabalho para o PT. Talvez ele vença esta eleição, talvez não, o resultado só a providencia sabe. Porem, Aécio superou Serra e Alkimin, mesmo que ele não vencça as eleições, ele já se saiu melhor que eles, pena que caso seja derrotado, os grupos de Serra e Alkimin tramem para derrubá-lo. Mas se os caciques do PSDB forem um menos viadosos, deverão perceber que Aécio é o melhor quadro do partido. Mas eu pessoalmente, não voto nele.

  50. Perdoe-me jornalista, mas sua postura, quando jovem, realmente não pode ser comparada com o que, julgo, por quem fica incomodado com as variações de suas análises sobre as pesquisas eleitorais. No acontecimento pretérito tudo já era fato consumado. Só sua condição de ser são-paulino, e doente, justificava o relatado. Agora, não é a mesma coisa. O jogo ainda não findou, embora esteja muito próximo este momento. Um jornalista experiente como o senhor, por ser petista e como diz que continua do mesmo lado, não tem por que tentar justificar resultados de pesquisas, quando sabe muito bem que todas são manipuladas no interesse de quem as contrata, quase sempre os grandes órgãos da mídia, sabidamente oposicionistas e interessados no afastamento do PT do Governo. É disto que seus leitores reclamam, não aceitam. Não se deve mentir ou tentar distorcer, mas não dá para ser isento a ponto de sublimar as convicções, posturas ideológicas, que seria algo parecido ao atendimento dos interesses do patrão, no caso atendendo o adversário. Há uma sujeição subjacente, que não leva ao enfrentamento do que na realidade está acontecendo, denunciando e alertando os leitores. É só isso. No mais diria que, claro, são mais o embate das ideias entre os oponentes, do que quaisquer pesquisas que se façam, que leva ao convencimento do eleitorado. Por isso, tentar mostrar tudo que na realidade está acontecendo, suas implicações é que nos leva a tomar uma posição. Ficar a mercê do vai e vêm das pesquisas, procurar entender e justificar seus resultados, que dependem do martelamento que faz a mídia em torno de fatos acontecidos ou factoides plantados no interesse de políticos, no geral no interesse da oposição, nada esclarece ou ajuda no entendimento de quem discorda e percebe o está acontecendo. É só esse viés titubiante, às vezes não nos deixa inteiramente envolvido no que diz o jornalista, sempre com elegância e evidente honestidade de propósito.

  51. Parece que Lula percebeu a iminência da derrota, não só de Dilma, mas do seu próprio futuro e de seu partido a caminho do esfarelamento.
    Há sinais oriundos de Dona Marisa de que Lula não vinha sendo tão bem recepcionado pelo entorno de Dilma, extremamente animado em um “New PT”: o “PT da Dilma”.
    E parece que Dona Marisa não tem poupado interlocutores de suas papas na língua.
    O fato é que a tal da suposta “virada petista” por cima da “virada tucana” não se deveu a outra coisa, senão à entrada de Lula de na reta final a pontapés e cotoveladas no rosto e estômago dos adversários, sem a menor consideração por Aécio tê-lo poupado do elevado risco de um impeachment em 2005, quando o mineiro negou seguimento ao movimento de emparedamento de Lula por conta do escândalo dos Correios, que culminou no afastamento do ex-ministro José Dirceu.
    Se Dilma vencer, não será por méritos próprios, mas pelo arrastão promovido por Lula junto à plebe rude e à saraivada de disparos mirando a biografia pessoal e política de Aécio.
    O PT, para o bem ou para o mal, tornou-se refém de Lula; da mesma forma que o PDT de Leonel de Moura Brizola.
    Lula sabe mais do que ninguém que uma derrota de Dilma seria a sua maior derrota, porque a sua história e a do seu partido seriam levadas de roldão, logo pelos seus adversários figadais, os tucanos emplumados.
    O fel amargo da derrota deve ter despertado o mais profundo dos instintos, o da sobrevivência.
    E Lula tem demonstrado uma espécie de fúria indomável ao sistematizar seus intensos ataques ao mineiro, sem medir os limites morais.
    Lula dá todos os sinais de que o que está em jogo nesta eleição é a sua própria sobrevivência política.
    A suposta virada de Dilma é só um detalhe nesse contexto e mais nada.

    1. Netho, não acho, tenho certeza que, percebendo comprovar-se a derrota anunciada de sua teimosa, inconveniente e desagregadora tese, “Volta Lula”, levada ao extremo, quando da impossibilidade de ser realizada, ao vaticinar que Dilma já era perdedora, tenta agora sair pela tangente através do velho conhecido, “nó em pingo d’água”, depois de tanto aporrinhar que Dilma estava derrotada, após aporrinhar antes, tanto quanto, até a data limite legal, que Lula deveria substitui-la. E vocês, demais balaieiros de 13 costados, o que acham?

  52. “LOUCURA, LOUCURA, LOUCURA…” Reconheço que estou saindo deste quadriênio mais doidinho do que entrei, todavia, fiel e coerente para com às minhas duas opções Políticas feitas há mais de 20 anos, a saber: RPL-PNBC-ME, o nosso borogodó, ou seja, o Projeto Novo e Alternativo de Politica e de Nação, o novo caminho para o novo Brasil verdade, porque evoluir é preciso; e, simultaneamente, não deixar perecer e nem deixar ficar para trás, na estrada, sozinha e à mercê dos inimigos, a nossa irmandade socialista. Eis a minha LUTA ( Legião Unida de Trabalhadores Amigos). Neste contexto, a reeleição de Dilma tornou-se uma prioridade, em que pese ser radicalmente contra reeleições. DILMA, face ao seu visível bom e rico espírito, que nos transmite bons fluídos, via partido, é a nossa última esperança de mudarmos de verdade, para melhor, não só o nosso Brasilzão mas tb e principalmente a nossa política-partidária-eleitoral que, infelizmente, ainda continua mais suja do que pau de galinheiro. Pelo fato de ser Mulher, desapegada de bens materiais terrenos, ter pela frente apenas mais um mandato, e não ser mais um carreirista do partidarismo-eleitoral velhaco, viciado em eleições e mais eleições desde criancinha, como é o caso do seu oponente que faz disso meio de vida e enriquecimento pessoal e familiar que já chegou ao cúmulo do absurdo de construir com dinheiro público aeroporto dentro de fazenda de sua própria família, na cara dura, para uso pessoal, ao contrário deste, Dilma, via Constituinte, terá todas as condições necessárias para chamar no tento e enquadrar a classe política como um todo, que é o carro-chefe da sociedade, a locomotiva que movimenta e faz acontecer todo o conjunto da sociedade, de modo a torná-la melhor através de um possível novo sistema, que nivele por cima todos os escolhidos, sem que o dinheiro seja o senhor das eleições e o patrão dos eleitos, melhorando assim a qualidade dos nossos políticos, para que tenhamos orgulho e não raiva dos mesmos, para que todo o resto possa melhorar também.

    QUANTO AO “VOLUME MORTO” E OS “VELHOS DO RESTELO”, jà vi tudo, se dependermos do ” VOLUME MORTO”, para fazermos o Brasil avançar mais e melhor, caminhar para frente, evoluir, estaremos todos desgraçados, até porque, há 32 anos, o ‘VOLUME MORTO” não quer saber de fazer outra coisa senão continuar parado, igual burro empacado no velho lugar comum, e pior ainda, agora deu de querer caminhar para trás igual caranguejo. Pelas barbas do profeta, o “Volume Morto” está parecendo até os “Velhos do Restelo”.

    FINALMENTE, entre “Tucanalhas” e “Petralhas”, como os próprios se tratam na rede, ou “sujos” e “mal lavados”, e mais recentemente “Sem Àgua, Sem Vida” e “Minha Casa, Minha Vida”, prefiro fazer uma aposta pessoal em Dilma, dando mais um voto de confiança para a Mulher Brasileira, que faz jus a uma segunda chance, com certeza, muito mais do que os barbados que nos governaram por 510 anos, não obstante o já insuportável mal cheiro do partidarismo-eleitoral velhaco, e vencido, que, caso não seja aposentado no próximo quadriênio, cairá de podre. Até mais, porque sigo à frente.

  53. Quando os petistas dizem que não provas no caso Petrobrás estão demonstrando uma profunda ignorância do que seja delação premiada. Não sabe que o cara que delata não pode mentir pois do contrário deixaria de obter os benefícios inerentes a sua delação. Cabeça de petista só sabe repetir lula e dilma, nada mais.

  54. Ricardo, bom dia. Antes de sair pras ruas, vou ali dar um “choque de gestão” num amalucado que segundo meu compadre Sampa, esta muito resistente em votar na DILMA, estou passando só pra dizer que: ainda não é hora de cantar vitória, mas, quando se vê o Aécio naquela de: ” geeente, pelamordedeeeeus não me deixem só” é muito animador, é o primeiro sinal que um pé já esta na cova. Acho que não vai ser difícil ganhar o voto do abestalhado que falei aí em cima.

  55. Sr.RK( se o Sr. permitir é claro ) para animar um pouquinho mais esse Balaio de Gato , sugiro que façamos um bolão para que cada um balaeiro dê o seu placar para domingo. O meu seria Dilma 56 X Aecim 44 , vamos ver quem acerta. No mais quero agradecer a todos pela acolhida , um abraço para Helena de Santo André pela força. Se Dilma ganhar domingo estarei lá na Esplanada para comemorar . Bom dia a todos.

  56. Quando o homem vai para a TV desesperado já da para entender que a vaquinha dele já foi para o brejo.O motivo tem vários mas eu aponto um só:arrogância e sorrisinho cínico.

  57. voto na Dilma,porque confio em suas propostas,quanto ao candidato Aécio observem nos debates como aquele sorriso de canto dos lábios,demonstrando soberba ,parece que está se divertindo com nos brasileiros não demonstra confiança. observem amanhã tem debate na Globo,depois decidam seu voto!

  58. Kotscho, parabéns, seu texto lava a alma ! Não por prever uma vitória de Dilma, que ainda resta improvável por um simples motivo, eleição se ganha na urna, mas por dar um tapa mesmo com punhos de renda na face daqueles que proferem apenas o discurso do ódio, da cesseção, da mentira.
    Um belo exemplo de jornalismo que as grandes redações de nossos jornalões já assassinaram, pois clamam pela democracia que se empenham sofregamente em destruir.
    Muito obrigado pelo que escreveu em favor da liberdade e da verdade !

  59. Não precisa agradecer não, Maria do Rosário. Estamos aqui, juntos, pra responder às ofensas que por ventura nos atingem e não podem ficar sem resposta. Infelizmente, tem coxinhas que não se contentam só em postar seus comentários contrários mas ultrapassam os limites da boa vizinhança. Para esses vamos responder sempre, mas sempre com boa educação. E se Dilma ganhar, comemore por mim na Esplanada porque eu aqui de S.André vou comemorar assistindo a festa de vocês aí de Brasília. E espero que Brasília em peso vote em Dilma.

  60. Só peço que nossa presidente Dilma, quando estiver amanhã no debate, olhe para os telespectadores e ignore as ofenças. Apenas fale do que tem feito. Só isso já é o suficiente.

  61. Gostei muito das suas colocações. Que bom seria para a democracia do nosso pais, se os demais profissionais dos diversos veículos de comunicação adotassem a sua conduta. Parabéns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *