Marina não é “Lula de saias”, mas Jânio e Collor

Marina não é “Lula de saias”, mas Jânio e Collor

Advertência necessária: quero deixar bem claro, antes de começar a escrever este texto, no qual venho pensando desde que Marina Silva explodiu como candidata favorita a presidente da República, após a tragédia aérea que matou Eduardo Campos, para que ninguém entenda errado o título: não se trata de uma comparação entre pessoas e suas trajetórias de vida, mas entre fenômenos políticos.

Nos últimos dias, apareceram muitos comentários na mídia comparando Marina a Lula, ambos com origens bem humildes e histórias de vida comoventes, que acabaram construindo seus próprios caminhos, os dois fundadores do PT e vitoriosos em suas caminhadas. Por diferentes caminhos, eles agora se encontram frente a frente em mais uma disputa pela Presidência da República do Brasil, e há quem chame Marina de “Lula de saias”, a mulher que desafia Dilma Rousseff, candidata de Lula.

A única vantagem de ficar velho, trabalhando no mesmo ofício, é ser testemunha de tantas histórias acontecidas ao longo deste enredo político dos últimos 50 anos. Conheci e convivi com os quatro personagens citados no título deste artigo e tenho condições de escrever sobre as coincidências e as diferenças entre eles.

Chamar Marina de “Lula de saias” é um grande equívoco. O professor mato-grossense Jânio Quadros, o playboy alagoano Fernando Collor, o metalúrgico pernambucano Lula, criado no ABC paulista, e a ambientalista acreana Marina da Silva chegaram onde chegaram por caminhos muito diferentes.

Embora os quatro sejam um retrato da diversidade social brasileira, com algumas semelhanças no surgimento do fenômeno político, há enormes abismos entre as motivações e os apoiadores das suas candidaturas. Jânio, Collor e Marina têm um ponto em comum: lançaram-se candidatos com discursos contra a “velha política”, à margem dos grandes partidos, prometendo nas campanhas criar um “novo Brasil” e uma “nova política”, baseados unicamente em suas vontades e carismas, como se isso fosse possível. Pelos exemplos do passado, sabemos que isso não dá muito certo.

Os três lançaram candidaturas mais simbólicas do que reais: Jânio era o “homem da vassoura” e Collor o “caçador de marajás”, ambos tendo como bandeira o combate à corrupção, a bordo do velho mantra udenista, moralista e hipócrita.  Na mesma linha, Marina também aparece como a candidata “contra tudo isto que está aí”, a bordo das manifestações de protesto de junho de 2013, candidata provisoriamente abrigada no PSB, partido do falecido Eduardo Campos que, até meados do ano passado, estava na base aliada do governo petista.

Ao contrário destes três fenômenos eleitorais anteriores, bancados todos pela grana gorda do empresariado paulista, sempre  em busca de um candidato viável que atenda aos seus interesses,  Lula só foi eleito presidente da República em 2002, depois de três campanhas presidenciais fracassadas, e da longa construção de um amplo apoio na sociedade civil, que começou pelos sindicatos, passou pelos meios acadêmicos e culturais, e conquistou a juventude, combatendo justamente estes grandes barões paulistas aboletados na Fiesp e na Febraban, que financiaram Jânio, Collor e, agora, Marina, para evitar que seus inimigos de classe chegassem ao poder central.

Não tenhamos ilusões neste momento: é exatamente isto que está em jogo, não as personalidades de Marina e Dilma, os seus defeitos e virtudes pessoais, que são subjetivos. O mais importante é saber quem está de que lado, quais os interesses de classe que estão em disputa, quem apoia quem e por qual motivo.

Eu nunca escondi de que lado estou: diante deste quadro, apoio Dilma Rousseff, com certeza.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

59 thoughts on “Marina não é “Lula de saias”, mas Jânio e Collor

  1. Marina assusta pelo que trás consigo. Na sua esteira vem os deserdados dos últimos doze anos.
    Ávidos por abocanharem as saudosas tetas que os nutriram por tantas gerações….
    Esse entusiasmo turbinado pelo PIG negativo,recebido com indisfarçavel euforia pela mídia e seus correligionários,pode ter autonomia de voo de jatinho executivo. O discurso, tal qual certas melodias ,que encantam,carece de letra que materialize os sentimentos de quem ouve.
    Lembra também o priapismo matinal que disfarça a ansiedade hidráulica,como tal fugaz…
    Jânio,Collor,bem lembrados, pelo ciclo que se refaz periodicamente confirma que a tática não mudou,apesar das experiências passadas.Valem-se os propagadores dessa Joana Dar´c d Ácre,do messianismo ainda impregnado em boa parte do nosso povo,assim como o sebastianismo iludiu os lusitanos até algumas décadas.

  2. Sr. Kotscho, torça para a Marina ganhar a eleição, pois certamente o Sr. deverá ser escolhido como um dos ‘HOMENS BONS”, o Sr. dá a impressão daqueles cujo perfil é o de ressentido.

  3. O que pouca gente está se dando conta caro Kotscho, inclusive, ao que parece, a própria candidata, é que se eleita, Marina corre grande risco de não terminar seu mandato até pela grande semelhança das circunstância (e conteúdo) que elegeram Jânio e Collor. E é aí que a porca torce o rabo… Correríamos o risco de ver seu Vice assumindo o controle do nosso Governo. E como também sabemos, ele é uma pessoa que tem muito pouco apreço à bagres, lambaris, corvinas e Florestas. Portanto, Marina não embute apenas em si o risco que todos estaremos correndo caso seja eleita. Sua ausência poderá significar a derrocada final do que ainda se chama Brasil.

  4. Nunca foi novidade pra ninguém que o Aecio era o adversario dos sonhos do PT, porque o PT sempre acreditou que a historia do Aecio, sem a proteção da imprensa coagida mineira, não aguentaria 3 meses de exposição na midia nacional. E foi o que aconteceu. A campanha do Aecio “só não acabou antes porque o Eduardo Campos, dentro da sua incoerencia e sandice, preferiu atacar somente a Dilma do PT, um partido que faz CPIs e poupar o senador flu-mineiro Aecio do PSDB, um partido que não deixa fazer CPIs”. A Marina, “desde o começo de sua campanha se mostrou contraria a estes arroubos intempestivos do Eduardo Campos”, e agora como candidata vem se mantendo altamente contraria ao PSDB, tanto que já disse que não sobe em palanques com o Alckmin, o Serra e o Beto Richa” (acredito até que não aceitará em caso de segundo turno o apoio do Aecio Neves). O que vejo na Marina é que ela representa uma pessoa que quer manter as CPIs, um beneficio que a sociedade brasileira conquistou nos governos do PT da Dilma e do Lula; enquanto que o Aecio do PSDB representa, a volta ao Brasil da impunidade da epoca do FHC, visto que o Aecio “até agora não quis explicar por que pagou com o dinheiro do estado de Minas, 1.000.000 de reais pelas terras do proprio tio, quando as terras valeriam no maximo 250.000 reais. Uma “eventual” disputa de segundo turno entre a Dilma e Marina, é bem menos danosa ao Brasil que com as CPIs acabou deixando pra trás o rotulo de país da impunidade; do que um improvavel segundo turno entre a Dilma e o Aecio, que representa “literalmente” o PSDB, um partido conivente com a impunidade.

  5. Embora eu seja ateu, VIVA A PROVIDÊNCIA DÍVINA! Marina pretendia ser candidata por sua sigla, os petralhas fizeram de tudo para que ela não conseguisse, temendo exatamente o que está a acontecendo agora, já sabiam os malandros do seu potencial. Não agiram da mesma forma para atrapalhar a criação do partido do Kassab (Criado para a mesma utilidade do partido do homem do Aerotrem). Também não atrapalharam Paulinho Solidariedade, eles sabem que com esse tem conversa. Dois partidos criados com assinaturas de defuntos. Marina, tentou a criação da rede na luta, com gente de verdade pedindo assinaturas dos vivos, na internet e nos corredores dos Metrôs. Escrevendo em linhas tortas, como é de costume do poderoso, ele chamou pra si o Eduardo Campos, e colocou a Marina onde ela sempre quis estar. Uma pequena vingança divina. Vamos varrer essa corja do poder, e impedir a versão mineira do Collor. Conseguirei uns 20 votos pra Marina. Acho que já ajuda. rs

    1. Petralha é um termo que só os tiozinhos conhecem. É uma alusão ao tal dos irmão metralhas, uns personagens de 1900 e bolinha. Não é a toa que a velharia que lê a Veja adora. Precisa se atualizar, hein? #ficaadica

    2. Se liga, Zé Eduardo. Leia um pouco mais sobre a trajetória da sua candidata, ao menos que você tenha votado no Jânio Quadros, no Collor e outros do mesmo naipe.

  6. sempre leio vc nessa columa nunca vi um profissional taum senssato e sabio nos seus comentarios sobre o cotidiano da nossa pobre politika,desde meus 16 anos ki acompanho politika sempre votando no pt e nos partidos de esquerda,lhe confesso que apesar de meus 40 anos apena, axo ki nuca vi e nunca mais vou assistir tanto preconceito contra um partido politiko e seus lideres com tamos prezenciando nesses ultimos tempos,veja ate ex aliados do governo e x petistas como marina silva taum se dexando levar por essa onda de todos contra o pt,sim o pt errou mais pq so o pt paga ,,,,,,esse preço,,,,,,,,,,,,,vou de dilma vou de lula e vou de pt,E KI DEUS NOS SALVE DO ODIO REACIONARIO,,,,,,,,,,,,,,,,PT SAUDAÇOES.

  7. Quanto dizer por quem torce, nem precisava, qualquer criança com o mínimo de compreensão em leitura já saberia.
    Parece que todos os petistas sofrem momentaneamente de amnésia. Bom vamos às lembranças: Lembra-se do Lulinha paz e amor. Lembra que o Lulinha procurou dentro do quadro do PSDB o Comandante do Banco Central para continuar com o plano real e toda sua macroeconomia. Lembra que o PT utilizou o mesmo mensalão do PSDB. Indo buscar até mesmo o Marco Valério para gerenciá-lo. Estou sendo muito rápido nas lembranças???? Desqualificar Marina parece não ser o melhor caminho a seguir. Dizer que não compara Marina a Collor e Jânio em suas histórias de vida, mas sim no caminho político chega a ser triste. Vamos diga o que realmente pensa da Marina. Diga que esta morrendo de raiva dela por estar ameaçando tudo aquilo que vocês petistas dizem ser o melhor para o Brasil. Veja o que está acontecendo aos milhares de metalúrgicos das montadoras. O PT somente consegue aumentar o salário do trabalhador através de empréstimos. Os efeitos estão explodindo com o endividamento da população crescente a cada mês. Claro do ponto de vista dos petistas tudo isso é normal. Para acabar leia o que sua Candidata fala sobre o tombo do PIB hoje no jornal. Gritou por todos os cantos que a Copa do Mundo traria Bilhões para a economia. Hoje com a maior cara de pau diz que a queda do PIB foi culpa da Copa. Volto a dizer: antes de 2003 os petistas diziam aos outros partidos: vocês são ladrões. Depois de 2003 os petistas falam assim: vocês são mais ladrões e corruptos que nós. Tente responder cada ponto dizendo que é tudo mentira com talvez suas verdades.

    1. …Maurício, nossa defesa do PT não é por fanatismo, é que a nossa lucidez, a nossa despaixão, diante de nossa realidade, nos faz crer que: o ” populismo, a demagogia, a corrupção do PT ” tem sido muito mais produtivo à nossa gente, do que a “honestidade” de seus adversários. Pela maneira como você produziu o seu comentário, tenho certeza que, no fundo, você também pensa assim.O que esta acontecendo com você meu irmão, é um surto de imbecilidade provisória, isto passa. PIB é um índice criado pelos rentistas mafiosos, para o trabalhador o que importa é emprego e renda.

    2. Tô dizendo mestre, o balaio virou parque de diversão temático, onde o divertido nesse comentário, não é apreciar o esforço estoico do replicante, feito gralha amplificada, em replicar “verdades” que esfarelam-se no ar, muito mais divertido, Mestre balaieiro, e bota divertido nisso, é o replicante traduzi-lo à semelhança, “torcedor”.

  8. Marina na presidencia, será tão cobrada que se não fizer um governo no mínimo perfeito, vai ser escorraçada feito um judas. Se eleita ela sabe o tamanho da encrenca que vai enfrentar. Não é a toa que diz querer governar com o PSDB e com o PT, de boba ela não tem nada. Se o seu eventual governo for um fracasso, já tem com quem dividir a culpa… Marina é assim, não chama a responsabilidade só pra si. Os prognósticos para o Brasil em 2015, são os piores possíveis, não queria estar na pele de nenhum presidente.

  9. Se por ventura a desgraça acontecer ela deve ficar até o último minuto de seu mandato.
    Para quem votou nela que não perda nenhum dos frutos podres que o seu governo produzirá
    Aqui se faz e aqui se paga.
    Se tentarem o impeachment que nem o Collor irei para as ruas defende-la, para que seu veneno,
    jorre até o final de seu mandato. E para os que votarem nela vejam sua ignorância ao eleger esta Maria Antonieta.
    Isto se não renunciar que nem o homem da vassourinha.
    Se agora não está bom votem nella ou no Aécio.
    E ficarão sabendo que a política não pode dar tudo.
    Alguém sabe quem esta Senhora, o que ela pensa, se vai aplicar um fundamentalismo religioso.
    Ela é uma neoliberal financiada pela plutocracia paulista, pelo Itau e Natura, ambos multados
    pela receita federal e se somará a sua campanha a Rede Globo, tambem multada pela receita.
    Santa fica bem no altar, não na presidencia da república mormente se for do pau oco.

  10. Isso não passa de um factóide para os desavisados. Duvido que o sapo barbudo ou quem quer que seja do PT tenha feito essa comparação. No blog do Altamiro Borges consta que há um boato de que essa comparação tenha sido feita pelo Zé Dirceu. Dou o meu aos cachorros!
    Marina, na verdade, é outro “outsider”, salvador da pátria de saias.
    Há quem acredite nela.

  11. Eu também, Mestre Kotscho, eu também! Agora dá licença, que vou divertir-me com os comentários desses neo-marinequeiros que invadiram o Balaio, comemorando e bebendo na taça, antes mesmo de terminada a porfia. Os menos tolerantes devem andar com saudades do aecioportista Desavisannelder, eu já acho esse festival de virado paulista ostentação, mais divertido, bem mais flutuante no ar.

  12. Quando vejo um jornalista como você, que considero equilibrado, apelar dessa forma é porque o desespero já é total na campanha petista.
    Você tem toda razão quando diz que Marina não é igual ao Lula. Marina não recebe bolsa ditadura como o Lula, que recebe porque ficou 30 dias preso. Marina não se conformou e nunca se gabou em ser iletrada, foi à luta e se formou em duas faculdades.
    O discurso de Marina em fazer nova política pode ser irrealista, mas é o mesmo que o PT usava antes de chegar ao poder (lembra Ricardo?) e se esbaldar em cargos e verbas públicas.
    Marina não recebe financiamento da Friboi e das Oderbrechts e cia, agraciadas com grandes empréstimos a juros camaradas do bom e velho BNDES, inclusive para construir porto em Cuba.
    Marina pode ser eleita ou não, mas se for, será pelas próprias pernas e não pelo fato de ter um “padrinho” poderoso por trás, como ocorreu na última eleição.
    Por fim, vou seguir o seu conselho para não ter ilusões, pois a última que tive chamava-se PT, e você sabe muito bem no que deu.
    Abraço.

  13. SÉRGIO M PINTO, ELIZABETE GOMES, A Marina não é minha candidata, eu estou entre os que acham que são todos farinha do mesmo saco e desistiram de votar. Como a Marina tem chance de ganhar dessa cambada, dos homens do mensalão e do trensalão, vou com ela. Quero ver acabar a mamata dos Blogs patrocinados, dos robozinhos alienados como vocês. Quero ver os petralhas, como dizem os tiozinhos, perdendo a boquinha e tendo de voltar a vender camisetas e brochinhos da facção do PT tristinhos no vão do MASP. Quero ver o Collor das Alterosas, o homem do aeroporto de Cláudio, com o rabinho entre as pernas. Vocês já perceberam o desespero dos blogueiros oficiais, dos homens de tártaro nos dentes? Está indisfarçável. Que o governo Marina dure 90 dias, que ela esteja com quem estiver.

    1. Política não é jogo de futebol, em que um ou outro time ganha… Mas é o teu bem estar que está em jogo. Seria muita imaturidade ou ignorância votar sem consciência. Tomara q as pessoas responsáveis pela mudança não prejudiquem muitos ou o que é pior a si mesmos.
      Vamos estudar história em emoção.

  14. Marina Silva vai instituir a independência do banco central: mais do que já tem sido desde Henrique Meirelles? Priorizar o etanol com os usineiros dominando o preço do álcool? Vai fechar a Petrobras?, pois o petróleo é altamente poluente. O que será feito dos bancos oficias Caixa e BB? Serão privatizados? Ela vai peitar os grileiros e latifundiários na Amazônia? Peitou quando foi ministra do Meio Ambiente? Como vai lidar com os 70% dos parlamentares que têm cadeira cativa no congresso nacional exatamente por praticarem a VELHA política? Quando está em disputa o poder, irmão gêmeo do dinheiro, nem nas melhores famílias há conciliação. Estudos sérios sugerem a legalização do aborto por se tratar de saúde pública. Por princípios religiosos, ela vai vetar se houver aprovação no congresso nacional? E a laicidade do Estado brasileiro? E a discriminação da maconha? Há estudos que a canabys é eficiente em tratamentos de alguns tipos de cânceres. Silas Malafaia será ministro de seu governo? Quem há conhece diz que Marina só tem a aparência de fragilidade, mas que em temperamento é bem firme em suas posições. Espero, pois lidar com os pmdbistas e cia, com usineiros, com banqueiros, com grileiros e latifundiários; ela sabe que a pegada é duríssima. Nem o estilo Dilma de gerentona conseguiu grandes avanços com essa turma que de nova política não quer e não permite nada. Em tom de emoção é lagrimosa a trajetória de Marina, mas o que 202 milhões de pessoas precisam é de atitude e de mudar pra melhor pra ver se viramos a página do livrão de Gilberto Freire: Casa Grande & Senzala.

  15. O post mais lúcido, claro do Kotscho. O melhor retrato dos quatro,deixando claro quem é quem, o que representam (ou representou no caso do Jânio)
    josé maria

  16. Será que ainda não se tocaram que Marina está se vendendo para ser eleita presidente do Brasil..
    Está dizendo que se eleita não vai separar dos partidos oposto e vai governar com todos melhores políticos de qualquer legenda. A lógica e que os canalhas sabidos vão querer, também, governar este pais e deixar a Marina sentada no trono como uma rainha. Deus nos acuda…….

  17. Em 2010 Marina era contra o “casamento gay”, agora já se declara favorável. Nada contra os gays, faz parte das suas reivindicações. Marina diz fazer “nova política brasileira”. Sempre teve divergências políticas com o Agronegócio os mais retrógrado da sociedade civil brasileira. Orientado pelo comando da campanha, faz um aceno de boas vindas e recepções. ao AgroNegócio.Atrás de uma grande mulher tem sempre uma grande mulher, Neca Setíbal, herdeira do conglomerado Itaú, ou seja, banqueiros que vivem sugando o dineheiro de quem quer emprétimos a juros altissimos. Nova Política, mudando de opinião, traindo os princípios que sempre defendeu com veemência, tornando-se agora uma “conciliadora”. Uma “oportunista” assim como todos os políticos que almejam cargos. O Poder pelo Poder, é isso que Marina está demonstrando ser. Não vai conseguir governar o Brasil, Vai ser engolida pelos vários grupos políticos, tais como Walter Feldman, Gianetti (PSDB históricos), Neca Setúbal (banqueira), Beto Albuquerque (AgroNegócios) e outros. Perdeu a dignidade como mulher, ambientalsita, seringueira e a sua “ambição” engoliu a sua ética. Uma pena.

    1. Lula e o PT iam fazer auditoria na dívida externa, bancos eram o demônio, empresário eram exploradores. Nunca os bancos ganharam tanto quanto nos governos PT, e o ex sindicalista vivia pra cima e pra baixo no jatinho do Eike Batista, o Madof tupiniquim. Para não ser engolido pelos grupos políticos tradicionais, Lula e PT cooptaram todos eles rateando o poder e as verbas públicas. Quer mais?

  18. Kotscho

    Acho que esse seu post ajuda a explicar o anterior: o PT se perdeu. Não consegue aceitar a mera hipótese de alguém lhe tomar o poder e parte para desqualificar o seu opositor e os que os apoiam. Lendo um texto desses de alguém tão equilibrado e respeitável como você, só posso concluir que bateu o desespero pela derrota iminente.

  19. Concordo com você, caro Kotscho. Lula tinha base política e social. Como metalúrgico e estudando no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC quanto Lula era o presidente e, por isso, direito da escola (“Centro Educacional Tiradentes”), assisti de perto ao crescimento de nordestino arretado. Acho até que o ódio que certa classe desenvolveu contra Lula está relacionado muito mais aos seus méritos. Exemplos: Lula criou muito mais empregos que FHC, mais universidades, mais acesso dos pobres a bens e serviços. Nomeou sempre o PGR mais votado, ainda que para isso tenha amargado o ódio de alguns deles. (Sou Promotor de Justiça e, portanto, sei do que estou falando); não houve um “engavetador geral” em seus dois governos, mesmo depois do mensalão. Lula nomeou a maioria dos ministros, sem levar em conta afinidades partidárias, salvo Toffoli. Mas ele é um entre doze. FHC nomeou três ministros: Gilmar, Jobim e Ellen Gracie. Os dois primeiros, seus ministros; a última, ligada a um deles. FHC fez o diabo pelo 2º mandato, mudou as regras do jogo com a bola rolando. Lula resistiu à tentação do 3º mandato, embora saindo do 2º com a alarmante e inédita aprovação de 83% da população. É ou não é compreensível esse ódio que determinada classe sente por Lula, ainda mais sendo ele um retirante nordestino?

  20. kotscho você deve ser um fanfarrão em dizer que é Dilma com certeza, Deixar o PT no poder por mais um mandato é acabar de vez com o resto ou final de moral que sobra neste País, primeiro o SR EX presidente Lula e a agora nossa presidenta nunca se manifestaram claramente sobre as condenações dos membros do primeiro escalão do PT pelo supremo a mais alta cote de justiça do País.corrupção deslavada por toda parte.O que dá a entende o povo prefere erra tentando uma mudança no governo do que se lamentar em não ter feio nada.Ou seja melhor te ariscado algo,do que ter ficado estagnado.

  21. Ótimo, assim teremos 2 chances: Tirar a bandidagem do poder e depois tirarmos a “Collor de saias”, se assim o for. Aceitar esse governo e essa corja é que não dá mais para qualquer cidadão DO BEM. CHEGA DE PT!

  22. Lara Rezende , que elaborou o fatídico plano que confiscou a poupança do povo é da equipe da Marina . Ela elogia FHC que quebrou o Brasil por três vezes . Seu programa de governo é o mesmo dos tucanos. Tragédia aa vista .
    Mas Dilma vai vencer . Basta afinar o discurso e dar mais espaço para o Lula . A ecologista do Itau está entregando na bandeja seu projeto entreguista . Explique ao povo e aos petroleiros/industria naval (material específico ) o que ocorrerá com o pré sal na visão itaunista . Aos funcionários da Vale. Aos beneficiaods pelos projetos sociais, etc .

    Lembrar que liberdade e democracia é um conceito político social de classe .
    O país não pode ser entregue nas mãos dos lesa pátria . Informo que não sou, nunca fui e nunca serei petista . Defendo o bem estar da sociedade ( até dos caluniadores ) . Sou aposentado. Voto Dilma juntamente com minha esposa e três filhos .

    1. nilo walter – 30 de agosto de 2014 – 01:45-O aposentado mais feliz do Brasil está aqui no balaio,deve tá levando um vidão com R$720,00 por mês.

  23. Vai pro raio que os partam PeTistas nogentos. Apóie a Dilma colunista, porém seu apoio não é nada, comunista fascista é o que VC é fora Dilma, FORA PT!

  24. Bom, essa Marina também nao me parece uma solucao ideal….mas tudo…tudo mesmo, menos o PT. Portanto, em um segundo turno, entre Marina e Dilma, vou com certeza absoluta votar em Marina. PT nunca mais…décadas ou talvez centenas de anos serao necessários para minimizar os efeitos nefastos provocados pelo PT nestes anos de governo.

  25. Marina é um novo Collor? Hilário. O velho Collor está sendo apoiado por Dilma na campanha pra Senador em Alagoas. Como você explica isso? Ou o Collor foi vítima das elites paulistas? Você são muito incoerentes.

  26. Ricardo…kkkk…acabo de chegar ali da padaria do Tião, na fila do caixa, eu para politizar a espera falei:
    – Tião ?! Tú sabe da última ??? A Marina divulgou o programa de governo dela onde diz que é a favor do casamento gay, vai apoiar o casamento de homem com homem e mulher com mulher !!!
    Uma senhora com cara de fundamentalista pentecostal que também estava na fila, retrucou:
    – O que meu senhor ??? Ela disse isto ???
    – Disse minha senhora, esta no programa de governo dela.
    – Então esta mulher não é uma mulher de Deus, esta enganando todo mundo, a igreja precisa saber disto.
    – È minha senhora, a Bíblia não diz que tem lobos com peles de cordeiro ???
    A veinha pagou a conta e saiu desconcertada.
    . ..kkkk…doidura total, quem diria, os viados podem salvar o Brasil, de maiores transtornos??? .É bom a turma que já esta abrindo champanhes para comemorar, esperar a decisão daquela veinha, e tem quase sessenta pela frente.
    …kkkk…e o futuro ministro Malafaia o que vai dizer ???

    1. Ricardo…como é que se faz para se entrar em contato com o féla da mãe do João Santana ??? A veinha da fila na padaria deu a chave para estourar a bolha marineira !!! É só recrutar um grupo de viados petralhas, fazer-lhes organizar um congresso de bichas, e chamar a irmã Marina para ir neste congresso. Pronto, tá feito o estrago, no mínimo, metade dos irmãos em cristo, vão mudar os seus votos. Para se combater um factóide tem que ser com outro factóide, né não ??? Ontem a DILMA disse que a visão da Marina sobre o pré-sal é OBSCURANTISTA. RAPAIZ ?! QUEM É QUE SABE O QUE É P.RRA DE OBSCURANTISTA.???Nem eu sabia !!! Tive que consultar um dicionário !!! Alguém precisa falar para nossa candidata que ela é realmente a melhor, mas ela não precisa exagerar, tem que conversar uma lingua que “o povo das filas das padarias” entendam, não precisa ser um “marinês” mas pelo menos um”sabastiãonês”.Outra coisa, tem que ter muito cuidado na forma como vai combater a Marina, O POVO DESTESTA VER UMA COITADINHA APANHANDO, NÉ NÃO ???…vamú qui vamú…

  27. Marina é sim, para efeitos de emulação do clima de mudanças fundadas nas justificadas, ou não, insatisfações difusas, cujo epicentro foi a cidade de São Paulo, incendiado por um aumento de R$ 0,20 na tarifa do ônibus metropolitano, e que de espraiaram pelas maiores cidades brasileiras.
    Mutatis mutandis, o general De Gaulle, herói da libertação de Paris dos nazistas, viu a sua popularidade despencar em maio de 68, depois que os estudantes viraram a cidade luz de pernas para o ar.
    Guardadas as quilométricas proporções de distância entre um fato e outro, o resultado, do ponto de vista de baixa da popularidade, após as manifestações, restaram evidentes para Dilma e o comando de sua campanha. A análise de que Dilma recuperaria, paulatinamente, a credibilidade e popularidade perdidas, como se vê, encontrava-se completamente equivocada e ingênua.
    Se Marina é, sim, um Lula de saias, do ponto de vista das expectativas, falsas ou não, Dilma é, sim, do ponto de vista da rejeição no segundo turno, um “Serra de terninho”.
    Este é o confronto que se dará no segundo turno: a falsa ou não expectativa do novo Lula de saias, conducentes da esperança, perante um Serra de terninho lidando com os impactos de uma crise internacional que impôs uma taxa média de crescimento do PIB no quadriênio Dilma, de 1,35%, equivalente à metade da média da Era Maldita de FHC (2,7% do PIB).
    Jânio elegeu-se “contra tudo o que está aí”.
    Collor elegeu-se “contra tudo o que está aí”.
    FHC elegeu-se surfando na popularidade de um Plano Real contra o dragão da inflação.
    Lula elegeu-se “contra tudo que está aí”, sobretudo contra “a era maldita”.
    Marina adotou o discurso da “nova política”, que, o sabemos, é um discurso, nada mais.
    Aliás, todos as candidaturas adotam discursos.
    O “x” da questão é que o discurso de Marina encaixou e capturou o sentimento de insatisfação que se generalizou nas grandes cidades.
    Vale dizer, a questão agora, não é saber se Dilma venceria Marina e suas notórias e volumosas contradições, no segundo turno.
    A questão é saber se Dilma não será liquidada e levará o PT e Lula juntos para o corner da história.
    Isso sim, é o que está em jogo.
    Desse ponto de vista, a única maneira de virar a maré das tendências em curso, em favor do PT e a conservação do seu projeto de poder, é tirar Lula do banco, de trazê-lo para substituir Dilma.
    Bastaria a renúncia de Dilma e a entrada de Lula para o PT vencer a eleição em primeiro turno.
    Lula é o único remanescente da geração dos anos 70 com autoridade e legitimidade capazes de deter o atropelamento de Dilma por Marina.
    Quanto aos acordos com o setor financeiro, quem quiser saber um pouco mais sobre a gradual aproximação dos banqueiros com Lula basta ler “A história real – Trama de uma sucessão”, de Gilberto Dimenstein e Josias de Souza, para saber que as conversações que levaram à opção de Meireles no Banco Central vinham de muito longe.

  28. Não concordo. Marina e Lula tem sim muito em comum na trajetória de suas vidas. O post deixa de lado o principal, os eleitores de Marina (que não são os de Collor). Hipocrisia esse papo do apoio do capital. Na última eleição que disputaram o PV de Marina recebeu 1 milhão do Itau e o PT e o PSDB receberam 4 milhões. Como se o PT não atendesse e recebesse apoio do capital, de bancos, empreiteiras etc. A candidatura de Marina não tem nada de simbólica, tem propostas concretas para o Brasil, basta ler seu programa de governo. Os eleitores de Marina são tão legítimos e qualificados quanto os de Dilma. Marina e Dilma são escollhas diferentes para o Brasil, quem tiver mais eleitores governará, essa é a regra na democracia.

    1. Mestre Kotscho, quanto mais esperneiam contra o teu artigo, mais cristalino fica o quanto se assemelham em tudo ao movimento Collor de 89. Até o mesmo rancor e ódio ao PT eles ressuscitaram, a mesma turma, a mesma genética social, o mesmo atavismo mesquinho, trocando-se filhos, hoje pais, pelos seus filhos e os pais, agora avós, no lugar dos que já se foram. A única novidade é que já não conseguem vencer com representante da própria eugenia, dessa vez tiveram que desempinar o nariz e buscar guarida em ex-petista com cara de povo. Aguente firme, o rancor e o ódio distilado por dessa gente é hoje inofensivo, apenas revela o quanto sentem-se derrotados. Falta muito pouco para nosotros rirmos muito.

  29. Perfeito jornalista. Fala-se que Marina Silva propõe fazer um governo conservador, mas progressista nos costumes. Claro que não existe exemplo de tal proeza em lugar nenhum do mundo. Além do mais, o progressismo nos costumes nada acrescenta, porque já fazem parte da agenda da política nacional. O problema são as medidas econômicas. Na realidade, assume a barriga do PSB (sem pagar aluguel?) para dar uma volta na economia, um verdadeiro cavalo de pau conservador, de fato uma volta à lógica neoliberal do estado mínimo, de autonomia do Banco Central (nem FHC ousou), de direcionar prioritariamente as atividades econômicas ao mercado, voltando a ligar o Brasil estrategicamente (não tem como não ser de forma subalterna) aos EUA e Europa. A grande maioria anunciando simples objetivos, porque dependentes do Parlamento, onde não dá para perceber o apoio que terá, e muitos com uma adjetivação onde não deixa claro o que fará, alguns com o significado de crítica ao que está sendo conduzido. Na realidade propaganda para iludir trouxas. Não dá para admitir que retirar a prioridade do setor petróleo favoreça nossa economia e os interesses envolvidos. Por outro lado, deixar livre o câmbio dará como resultado o ainda mais pesadamente os juros tão desejado pelo setor bancário, que não induz ao aumento da produção, leva ao desemprego e menores salários. Fica difícil ver como será possível botar em prática tal programa, um verdadeiro casamento de jacaré com cobra d’água, onde estão aliadas linhas do Governo petista, volta em grande parte às do Governo FHC, tudo temperado com medidas da ótica dos verdes. Não tenham dúvidas, consolidando-se a tendência, apesar de serem essas pesquisas claramente manipuladas para fazer a opinião pública favorável à oposição, está em curso algo como acontecido na eleição de Collor. Pobres, trabalhadores e classe média que se cuidem. Governo melhor não será, não há base para tanto, interna e principalmente vindo da economia internacional. Nada de terceira via, promete-se, isso sim, apenas uma volta ao passado com uma estrutura partidária muito frágil. A visão socialista do PSB, diria de grande parte da esquerda, ficará com menos perspectiva ainda, vai para as cucuias.

  30. O caro jornalista, a despeito de sua longa trajetória jornalística, está equivocado.
    Marina nada tem de Collor, muito menos de Jânio. Tem personalidade própria. Não se trata de uma desconhecida dos brasileiros, neófita ou aventureiura. A própria carreira política de Marina já a torna digna de governar o Brasil. Também não se trata de um fenômeno, como muitos colocam. Marina foi Vereadora, em 1.988, em Rio Branco. Deputada Estadual em 1.990 e Senadora, em 1.994, aos 36 anos e reeleita em 2002. Foi Ministra do meio ambiente no governo Lula Marina é detentora de vários prêmios internacionais, dentre os quais o mais importante, concedido pela ONU, Champions of the Earth (Campeões da Terra). Obteve quase 20 milhões de votos nas eleições passadas. Portanto, vem trilhando uma sólida carreira política com ética e dignidade há mais de 25 anos, com um engajamento inegável na cara questão ambiental. Vem paulatinamente ascendendo na vida política até atingir o ápice, como Presidente que será.
    A sociedade brasileira está cansada das velhas raposas, dos conchavos e arranjos escusos na política. Está cansada dos Calheiros, Malufs, Sarneys e Barbalhos, da vida.
    A sociedade quer mudanças! O povo quer sair da prática sanguessuga do PMDB e da estreita opção PT x PSDB; do velho debate da herança maldita LULA x FHC, do repetido MENSALÃO DO PT x MENSALINHO MINEIRO, do batido ESCÂNDALO PETROBRÁS x ESCÂNDALO DOS METRÔS DE SP, etc.
    Marina personifica a mudança. Não se trata de mudança aventureira ou temerária, mas sim, consistente, que tanto o Brasil precisa.

  31. Kotscho, Boa Noite !!
    Seu SEMPRE leitor e seguidor ( e tricolino , companheiro de MUITO sofrimento)
    MAAAAS ….. falar que oLula “combate justamente estes grandes barões paulistas aboletados na Fiesp e na Febraban” aí é um pouco demais , é querer debochar de nosso entendimento
    Quer dizer que o Lula combateu a Fiesp e a Febraban ? Esses aí tiveram seus ganhos combatidos pelo Lula ? Tá Bom….
    Kotscho , a questão é a seguinte > em 2009 o Sarney falou que ” A verdadeira Oposição nasceria das entranhas do Governo ”
    Esse foi o que seu grande amigo Lula está deixando como legado para nós
    Espernear agora pega mal …..Desculpe-me o termo mas compostura e bom senso valem !

  32. Muito preocupado, com possibilidade real de derrota da sua candidata – Hein Kotscho!.VIVA O BRASIL!.SALVEM A DEMOCRACIA! e a possibilidade de mudança!.Embora a candidata Marina,na sua propaganda política fala em céu “ESTRELADO” iluminando o caminho!.O bom entendedor, compreende muito bem esta metáfora..

  33. everaldo – 29/08/14 – 20:16 – Realmente existem os idiotas de estimação que são domesticados a dar opiniões estridentes para fugirem da realidade. Agora o PIB é criação dos mafiosos. Então qual motivo do PT ficar alardeando quando aumenta. Parecem aqueles impotentes que se vangloriam quando sobe e dão cada desculpa estúpida quando caem. Usando a frase de seu grande mestre: nunca na história do Brasil os bancos ganharam tanto dinheiro. Única coisa que se pode aproveitar do seu comentário é a confissão que o PT é corrupto. Ratificando o final do meu comentário.

  34. everaldo – 29/08/14 – 20:16 – Realmente existem os idiotas de estimação que são domesticados a dar opiniões estridentes para fugirem da realidade. Agora o PIB é criação dos mafiosos. Então qual motivo do PT ficar alardeando quando aumenta. Parecem aqueles impotentes que se vangloriam quando sobe e dão cada desculpa estúpida quando caem. Usando a frase de seu grande mestre: nunca na história do Brasil os bancos ganharam tanto dinheiro. Única coisa que se pode aproveitar do seu comentário é a confissão que o PT é corrupto. Ratificando o final do meu comentário.

  35. A propósito do Lula de saias, uma imagem com a qual concordo, expressiva da empolgação que catapultou Lula em 2002, na esteira da esperança para vencer o medo de mudar para ser feliz, não posso deixar de somar outra, que me parece até melhor, no tocante a traduzir o espírito que aparenta haver tomado conta de Marina e estufado as velas de uma mudança.
    A meu ver, melhor do que um “Lula de saias”, Marina seria um “Obama de saias”!
    Obama, um afrodescendente. Marina, uma legítima mistura genealógica de cafuzos e mamelucos germinada na floresta amazônica.
    Marina, o sangue negro e índio misturado, o andar de baixo amazônico.
    Marina está levando de roldão a eleição na base da emoção e da comoção, do encantamento e da sedução, da utopia e do sonho, do idealismo e do pragmatismo, tudo junto e misturado.
    Um discurso irresistível e um enigma arrasador.
    Tudo o que se precisa para ganhar uma eleição, inclusive, sem nenhuma razão.
    Aos discursos da competência, gerência, experiência e realizações de Aécio e Dilma, a exótica candidata, sem perder de vista, nem por um minuto o pragmatismo, seja com o agronegócio, seja com a alta finança, também arrebanha artistas e intelectuais, ambientalistas e jovens, de todas as camadas sociais.
    Até o momento não se vê, sequer um único ataque de Lula a Marina.
    Isso deve dizer alguma coisa, claro.
    Marina parece ser feita de um tipo de massa que quanto mais apanha, mais cresce.

  36. Não há nada de novo de em Marina se iludirá que quiser, este texto é um alerta, esta tática já deu errado sua vezes, como bem alerta Ricardo Kotsho, errar é humano, persistir no erro…

  37. …grande esperança da classe dominante e dos conservadores em geral (incensados ferozmente pelo jornalista Carlos Lacerda*) no início da década de 60: o voluntarioso e supostamente reformador Jânio Quadros, sobre quem registra-se um perfil “desligado dos partidos e investido de um messianismo puritano e moralizador” que “obtinha cada vez mais espaços na imprensa” e “iniciando uma cruzada moralizadora, não tinha um programa definido. tentou maior centralização de poderes através da adoção de uma mecânica que diminuísse o peso do Congresso e ampliasse a esfera da Presidência. reafirmando seu compromisso com ‘ideais democráticos e cristãos’ e repudiando qualquer forma de ‘infiltração ideológica’, seis meses após ser empossado, renunciou ao mandato presidencial alegando sentir-se ‘esmagado pelo apetite e ambições de grupos ou indivíduos’ ”
    http://passalidadesatuais.blogspot.com.br/2014/08/a-mesma-de-sempre.html

  38. Como tenho 67anos, também me dou o direito de comentar o comportamento dos atuais candidatos. Comecemos por quem está querendo ficar mais quatro anos no poder. Não voto em Dilma por ela ter feito alianças com todos e com tudo que havia de péssimo na sociedade brasileira visando excluusivamente manter o PT na rédeas do poder. Nesta eleição, só não se aliou com os evangélicos porque eles tem candidatos próprios. Não voto no Aécio por ser ele o representante do PSDB que representa o liberalismo atual. Não voto nos outros candidatos por não terem representatividade necessária para exercer o poder. Voto em Marina por esta ser a única esperança de que algo pode ser mudado nesta velha política. E tenho dito!!!

  39. Eu vejo com muita desconfiança um possível governo com Marina.
    Se ela for eleita será que ela vai ter condições de governar o país?
    Vejo Marina muito fragilizada fisicamente e politicamente.
    Sem plataforma política, amparada apenas pelo sentimento de revolta do povo brasileiro, vejo com muita temeridade a possibilidade de Marina vir a assumir a Presidência da República.
    Que Deus nos proteja.

  40. Ela é muito pior do que Jânio, um político muito competente. Ela é a soma de Jânio com Jim Jones e Boris Yeltsin. Não poderia haver mistura pior para o Brasil!

  41. A mudança que parte da intelectualidade brasileira pede à Dilma será feita com gente do tipo Edison Lobão, referência do velho coronelismo brasileiro ainda vivo. É duro de aguentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *