Maior inimigo dos tucanos é um outro tucano

Maior inimigo dos tucanos é um outro tucano

 

 

Em tempo (atualizado às 13h30):

Aécio Neves confirmou, após reunião da Executiva Nacional do PSDB, em Brasília, o nome do senador Aloysio Nunes Ferreira como candidato a vice na sua chapa.

***

Parece sina. A cada eleição presidencial, a história se repete: os tucanos não conseguem se entender para escolher o nome do vice e ficam discutindo a relação até o último segundo. Depois de promover um grande suspense na semana passada, anunciando uma possível surpresa que poderia ser “até uma mulher”, Aécio Neves passou esta madrugada de domingo para segunda-feira acertando com o ex-presidente FHC e o governador Geraldo Alckmin quem deveria ser seu companheiro de chapa.

O nome ainda não havia sido anunciado até o meio-dia de hoje, quando comecei a escrever, mas tudo leva a crer que os três se fixaram mesmo numa chapa puro-sangue, com o senador paulista Aloysio Nunes Ferreira de vice, o primeiro nome que havia sido cogitado quando se consolidou a candidatura de Aécio e começou a disputa pela vaga.

Mais uma vez, como aconteceu em campanhas passadas, no epicentro do imbróglio apareceu o ex-governador paulista José Serra, duas vezes derrotado como candidato presidencial do PSDB, após superar Aécio Neves nas disputas internas. Bem que Serra gostaria de ser de novo o presidenciável tucano, mas logo desistiu, ainda no ano passado, ao se convencer de que ficou em franca minoria no partido.

A partir daí, recomeçou a ciranda de sempre, com as especulações em torno do nome do ex-governador, alimentadas por seus seguidores, até o último momento permitido pelos prazos da Justiça Eleitoral. FHC e Alckmin ainda tentaram fazer dele o vice de Aécio, mas o senador mineiro, seu maior inimigo cordial, não podia nem ouvir falar nesta possibilidade. Tudo menos isso.

Aécio queria que Serra fosse candidato ao Senado na chapa de Alckmin, e ele até topou, mas surgiram muitas pedras no caminho _ e o eterno candidato a tudo não queria correr o risco de perder mais uma disputa majoritária. Queria ser o candidato único na aliança do PSDB paulista.

O ex-prefeito Gilberto Kassab, que cobiçava ser vice na chapa de Alckmin para levar seu PSD a se unir aos tucanos, embora apoie Dilma na eleição presidencial, perdeu a boquinha quando o governador fechou acordo com o PSB do presidenciável Eduardo Campos, que indicou o deputado federal Márcio França para o lugar. Restava a Kassab a vaga de candidato ao Senado na chapa PSDB-PSD, mas aí quem rodou a baiana foi Serra por não aceitar esta infidelidade do afilhado político que deixou em seu lugar, quando largou a Prefeitura para disputar o governo do Estado. E foi lhe comunicar isso pessoalmente ao interpela-lo no apartamento do ex-prefeito.

Mágoas passadas são o pano de fundo desta confusão toda no arraial tucano. Na eleição municipal de 2008, Serra apoiou Kassab para prefeito, embora o candidato tucano fosse Alckmin, que ficou de fora do segundo turno. Serra, por sua vez, não se conforma até hoje por não ter recebido o esperado apoio de Aécio em Minas, onde perdeu feio nas duas disputas presidenciais contra Lula e Dilma.

Agora, chegou a hora de Serra se vingar de todos de uma vez, cuidando apenas da sua campanha a deputado federal, a única possibilidade que lhe restou para continuar na política. Resumo da ópera: Gilberto Kassab largou os tucanos e levou seu partido para Paulo Skaf, o principal adversário de Alckmin, e ainda não se sabe quem será o candidato do PSDB de São Paulo ao Senado.

O leitor está achando este todo enredo muito confuso? Pois eu também, mas o PSDB é assim mesmo: o maior inimigo dos tucanos é sempre um outro tucano. Nem precisam de adversários.

19 thoughts on “Maior inimigo dos tucanos é um outro tucano

  1. É o maior erro que o PSDB está fazendo. Negar a candidatura ao senado ao serra e como dar um tiro no pé. Na ultima pesquisa que saiu para o senado o Serra estava com 44% dos votos, bem a frente do Suplici em segundo lugar. O Serra como candidato ao senado vai puxar voto tanto para o candidato a presidente como ao candidato ao governo.

  2. Os tucanos deveriam disputar eleição fora do Brasil, pois eles não pensam o Brasil para os brasileiros. Contam com conchavos: procurador que arquiva pasta, procurador que engaveta denúncias e solicitações de investigações, perseguem jornalistas, tem a grande mídia a favor deles, mas só conseguem se dá bem em São Paulo. Por quê? SP tem a capital mais conturbada do país que é uma das metrópolis que menos investe em transporte público coletivo porque prima pelo individualismo que sustenta o mercado com veículos particulares, sucatearam a USP assim como sucatearam as universidades federais no governo de FHC (Lula criou duas dezenas de universidades federais FHC não criou NENHUMA). Depois de 12 anos, Lula diz que é necessário discutir a corrupção na campanha eleitoral, ora, a corrupção co-irmã da impunidade é o âmago dos problemas da sociedade brasileira e estas não são praticadas pelos trabalhadores que usam trem, metô, ônibus, dão aula, etc…

  3. Kotscho, o PSDB é um partido rachado. E vingativo: Serra dará o troco no Aécio. A ala serrista não vai mover uma palha em prol do mineiro, assim como o Alckmin. Ele conta com a reeleição e sua segunda candidatura presidencial, em 2018. Portanto, o melhor é ele se reeleger e o Aécio sofrer uma derrota fragorosa. O playboy das alterosas que bote suas barbas de molho porque a ala paulista dos tucanos já armou a arapuca contra Minas. Só mesmos os incautos como o coxinha Venal acreditam em unidade tucana. Sabe nada o inocente!

  4. A CANDIDATA A VICE SERIA A HELIANE CANTAGNEDE, porém a cheirosinha não aceitou porque lhe garantiram o Ministério Das Comunicações para salvar o PIG.
    Sobre o Cerra enquanto ele não destruir o Dociê que ele tem do Aécio e que está nas mãos do Itajiba, não terá mais vez no PSDB.

  5. Alguém se lembra da promessa do Alckmin na campanha passada de que reduziria o valor dos pedágios em SP? Pois é, o gajo deve estar sofrendo de amnésia pois já a partir de amanhã o pedágio para quem descer a serra rumo a baixada santista vai pagar mais caro. E justo agora que vamos ter férias escolares e temos uma CPI dos pedágios em andamento. Quem acredita em tucano só se estrepa mesmo.

    1. Eu penso que toda esta salada de partidos tem um objetivo; confundir a cabeça do pobre e incauto, descuidado eleitor. Se o TRE estiver aprovando este festival de inscrição de partidos em cima da hora, estão de certo modo favorecendo a oposição e confundindo os eleitores e na garoupa disto os tais de apoio irão incrementar o tal de “toma lá, dá cá”, razão pela qual precisamos de uma reforma politica urgente. Vocês podem ver que nesta hora os oportunistas aproveitam e põe em prática toda a picardia, toda experiência adquirida nos vários anos de cancha profissional para enganar os eleitores que tornam presas fáceis e são iludidos na tramóia armada nos arcabouços da esperteza, a já famosa trama tucana. Eu penso que seria muito interessante ter um prazo não menor de um ano antes das eleições para se propor a criação de um partido e consequente lista de assinaturas e um número limite nunca acima de cinco agremiações e reforçar a fidelidade partidária, além da ficha limpa. Há ex-politicos com passagem e histórias de prisão por corrupção que podem até se reeleger e isto é o maior acinte à inteligência do eleitor, caso de um ex-governador do Distrito Federal do partido nanico, felismente, Dem. e que foi o principal coadjuvante do famoso escândalo dos panetones. Eeeeee….Kotscho, como eu ficaria feliz se todos os brasileiros fossem bons de lembrança com respeito aos mal feitos dos politicos, principalmente daqueles ex UDENISTAS, ARENA, DEM., e atualmente tucanos!

  6. O PSDB deveria indicar o senhor Robson Marinho (Alstom) para compor a chapa com Aécio, assim estaria o time completo, o verdadeiro café com leite.

  7. O MAIOR INIMIGO DO PSDB É A VERDADE! Mas poderia ser a coragem, a transparencia e etc. Em todos os paises de primeiro mundo, O MINIMO que se exige de um governante é: PRESTAR CONTA DO QUE FAZ NA ADMINISTRAÇÃO PUBLICA. E isso o PSDB NÃO FAZ. Essa pratica do PSDB não é de agora. Na eleição a prefeitura de São Paulo de 1985, o FHC simplesmente virou-se para o Boris Casoy e disse: “ESTA PERGUNTA VOCÊ NÃO DISSE QUE IA FAZER”, e o Boris Casoy respondeu: “EU NÃO COMBINEI PERGUNTA NENHUMA COM O SENHOR”. Ou seja por aí ja dá pra ver como são feitas as ENTREVISTAS DA GRANDE MIDIA: Os seus candidatos ESCOLHEM AS PERGUNTAS QUE DEVEM SER FEITAS. Será então que os cidadãos que EXIGEM RESPOSTAS dos seus governantes, devem simplesmente serem TAXADOS de petistas e ignorados pelos altivos politicos do PSDB, como se houvesse mesmo duas Leis: uma para os outros partidos prestarem conta e outra para o PSDB fazer o que bem entender sem responder ao que faz na administração publica?

  8. “Agora, chegou a hora de Serra se vingar de todos de uma vez, cuidando apenas da sua campanha a deputado federal, a única possibilidade que lhe restou para continuar na política. Resumo da ópera: Gilberto Kassab largou os tucanos e levou seu partido para Paulo Skaf, o principal adversário de Alckmin, e ainda não se sabe quem será o candidato do PSDB de São Paulo ao Senado. O leitor está achando este todo enredo muito confuso? ” Olha, de início eu não achei muito confuso não, pois sabia que era fruto de sua imaginação fértil. Mas vendo que hoje, Serra é candidato a Senador, pude perceber que confusa está é a cabeça dos petistas com PSD e PP (depois de juras de amor ao PT) apoiando o Skaf e deixando o Padilha sozinho na porta da igreja. Isso sem falar no Aezão no Rio.

    1. Sr. Vannelder,
      não costumo discutir com leitores, mas se o sr. ler com atenção o que escrevi ontem sobre o candidato do PSDB ao Senado vai notar que não tem nada de imaginação fértil. São apenas fatos, que mudam de um dia para outro.
      A candidatura de Serra só foi anunciada na madrugada dehoje e já está comentada no novo post que publiquei agora há pouco.
      Atenciosamente,
      Ricardo Kotscho

  9. KKK… Que teoria heimm…e Serra é o candidato ao senado,…O Adversário é o PT que não tem proposta para melhorar o Brasil. Aceio no Brasil, Pimenta em MG, Anastasia no senado por MG, Alckmin em SP e Serra no senado por SP.

  10. Kotscho, o coxinha Vena, que tem sempre um discurso moralista a tiracolo e adora bancar o paladino da ética, recorre a aleivosias para sustenta seus posts ridículos. Teve a cara de pau de dizer que teve arena construída para a Copa do Mundo que custou cinco vezes mais e quando foi cobrado a dizer qual estádio teve esse superfaturamento se fingiu de morto. É a cara esculpida e escarrada da velha direita udenista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *