Mudaram o Não vai ter Copa pelo Não vai ter Hexa

Mudaram o Não vai ter Copa pelo Não vai ter Hexa

Eles não esquecem, não perdoam e não aprendem. E não desistem. Para a nossa mídia familiar e os coxinhas tucanos da elite que vão aos estádios da Copa, como mostra a Folha deste domingo, o Brasil simplesmente não pode dar certo, nem dentro nem fora do campo.

Sem jogar nenhuma maravilha, a seleção brasileira vinha fazendo sua melhor partida até aqui, contra o Chile, neste sábado, no Mineirão, até marcar o primeiro gol. Parecia até que seria fácil a classificação para as quartas de final. De repente, numa bobeada grotesca de Hulk, que deu de presente o gol de empate para La Roja, até então assustada em campo, mudou tudo. A nossa torcida chique silenciou, a seleção de Felipão se perdeu, e os chilenos tomaram conta da festa.

Nas praias do Nordeste, os bugueiros (não confundir com blogueiros) costumam perguntar ao turista se prefere fazer os passeios pelas dunas com emoção ou sem emoção. Para nós, ninguém perguntou nada, mas a teimosia do nosso técnico em não mexer no time quando as coisas não estão dando certo, mantendo dois laterais que não marcam nem atacam, e deixam avenidas às suas costas, um meio de campo sem criatividade e o cone Fred estático no meio do ataque, fez do jogo um sofrimento sem fim até a cobrança do último pênalti.

Vejam como é a vida: pois foi esta mesma teimosia mostrada por Felipão ao manter Julio César no gol, contra a vontade de 10 entre 10 comentaristas e torcedores, porém, que acabou sendo o principal responsável pelo Brasil garantir a vaga para a próxima fase. Em lugar de Neymar, que joga numa solidão danada, o herói desta vez foi Julio César, o goleiro crucificado pela nossa eliminação no jogo contra a Holanda, na Copa de 2010.

Quem poderia imaginar uma reviravolta dessas? Só conheci uma pessoa, além de Felipão, que defendeu Julio César antes e durante o jogo, a minha amiga Ana Paula Padrão, com quem assisti ao jogo ao lado de outros amigos aqui no bar da esquina. Até o Sebastian, meu primo alemão que vive nos Estados Unidos e está adorando o Brasil, acabou sofrendo junto, cada vez que errávamos mais um passe e o time simplesmente não conseguia chegar ao gol do Chile. “Eu não disse?” comemorou a Ana Paula ao ver Julio César fazer uma defesa impossível e depois defender dois pênaltis.

Se já não era muito grande a confiança na conquista de mais um título porque esta Copa revelou ótimas seleções, como a da Colômbia, que estão jogando um futebol melhor do que o nosso no momento, agora a urubuzada da imprensa deitou e rolou diante das dificuldades que encontramos, depois de muita emoção, para seguir em frente na Copa. E tem graça futebol sem surpresas e emoções?

Após passar o ano inteiro jogando no “Não vai ter Copa” e batendo pesado no governo, que seria incapaz de organizar um evento como esse sem colocar em risco os torcedores nativos e as seleções visitantes, além dos cofres públicos, eles acabaram se rendendo à grande festa em que se transformou esta Copa no Brasil, e até já estão fazendo autocríticas envergonhadas sobre o erro das suas previsões apocalíticas. Agora, com a maior cara de pau, simplesmente colocam a culpa na “imprensa estrangeira”, como se não tivessem sido eles próprios que alimentaram o noticiário negativo desde que o Brasil foi escolhido, sete anos atrás, para sediar a Copa.

Como se dissessem, tudo bem, a Copa é um sucesso, mas vocês vão ver a ressaca que virá depois, agora jogam tudo nas fragilidades da nossa seleção, mudando o discurso para “Não vai ter hexa”. Felipão pode até ter um estalo e acertar o time para o próximo jogo que eles vão continuar torcendo contra e anunciando o fim do mundo. Se fora de campo tudo está funcionando muito bem, então dentro do campo tem que dar tudo errado.

Ganhar ou não o hexa pode depender de mil coisas, inclusive da sorte na cobrança de pênaltis e das virtudes de adversários cada vez mais fortes daqui para a frente. Como disse um amuado Felipão na véspera do jogo, se perdermos, não vai ser nenhuma tragédia, e a vida vai seguir em frente. Só uma certeza eu tenho: para quem jogou tudo no caos para desgastar o governo e ficou até com vergonha do Brasil, no entanto, esta Copa já foi perdida. Eles parecem ter nascido para perder.

Que venha a Colômbia!

44 thoughts on “Mudaram o Não vai ter Copa pelo Não vai ter Hexa

  1. Somente um aviso aos Urubus do PSDB e a mídia golpista. Gentinha preconceituosa que endeusam o Sr. Fernando Henrique e desprezam o Lula.

    O Brasil está muito próximo do Hexa no futebol e podem ter certeza que seremos tetra nas urnas. Lula 2002, Lula 2006, Dilma 2010 e Dilma 2014.

    Vai Brasil !!! O campeão voltou !!! O campeão voltou !!!

    1. Marcos, a verdade é que essa elite tucana tem muita força de mídia e muita capacidade de enganação. Infelizmente, nosso povo ainda acredita nas novelas da Globo e no Fantástico. Essa mesma elite insiste em negar avanços imensuráveis, dos quais eu cito apenas alguns na educação: nos últimos 10 anos foram criadas dezenas de universidades e institutos federais com milhares de vagas públicas, o PROUNI distribui milhares de vagas de ensino superior gratuito, o Ciências sem Fronteiras manda milhares de brasileiros para estudar com bolsa no exterior, dezenas de cursos de mestrado e doutorado foram abertos com bolsa e incentivo federal, o PRONATEC colocou milhares de jovens brasileiros estudando gratuitamente em cursos técnicos. Então Marcos, essa elite é forte e gananciosa para esconder tanto ganho de nosso país nos últimos anos.

  2. A sua teoria é totalmente comprovada pela falta de indignaçao da nossa midia e dos coxinhas de platao pelos clamorosos erros de arbitragem que por pouco nao enviou o Brasil mais cedo para casa!

  3. é isso aí esses tucanistas são os maiores cara de pau de todos os tempos é cláro que eles estão torcendo contra a nossa seleção por que eles como sempre so pensam neles e não na vontade do povo e pensam eles que se a seleção perder eles vão ganhar as eleições mais uma vez eles estão errados assim como eles disseram que não ia ter copa e se tivesse seria um fracasso ERRARAM FEIO e vão ter que ingolir mais uma vitoria da DILMA e todos BRASILEIROS porque como disse não é a vontade deles é a VONTADE DO POVO.vão ter que nos ENGOLIR

  4. Sensacional, falou tudo ! Tá difícil suportar esse time do “quanto pior melhor”. Vivem de torcer pela desgraça nacional para ver se conseguem abocanhar o doce pernil do poder. Porque não oferecem soluções, idéias, propostas para melhorar a nação ? Porque não as tem !!! Simples assim.

  5. Enquanto vaiam e falam mal e nos difamas, vamos com alegria vivendo a vida viajando por este Brasilzão formidável. Essa elitezinha ranzinza é hospedeira de ambição, avareza e sentimento de superioridade que acha conseguir tudo no conchavo, da truculência ética. Essa gente carece de alegria, de belezura (como dizia Paulo Freire), de solidariedade, de namorar… A imprensa não foge muito do que a classe média alta paulistana expressa. Em São Paulo há uma mania de se dizer “tinha que ser no Brasil”, “Só pode ser no Brasil”… reclamam de tudo e não se mudam e continuam votando no Alckmin… E não entendo menos ainda porque são formados pela USP, UNICAMP, PUCSP, UNESP… falam com desenvoltura acerca da teoria de Lévi-Strauss, da Relatividade, dos problemas ambientais, pra tudo tem teoria e explicações, mas vivem em uma cidade com iminência de falta de água, trânsito caótico, insegura quase absoluta, assembléia legistativa calada, etc…

    1. É, Sr. Dalvo, e essa elite tem a maior condescendência com os tucanos, que os roubam na cara dura há 20 anos nessa corrupção do trensalão/metrô-SP.E a nossa mídia atuando como verdadeira cúmplice acobertando esse verdadeiro assalto a mão armada. Mas quando aparece alguma irregularidade do governo petista viram verdadeiros animais ferozes exigindo cadeia aos envolvidos. Santa hipocrisia da nossa elite e mídia golpista!

  6. Não deixam de ter razão. O GLOBO,alguém duvida que não seja porta-voz de interesses externos e, não é de hoje que manifesta tal preferência e submissão.
    Tomando “distanciamento crítico”,ou ótico,melhor , as manifestações e vandalismo que brotaram por geração espontânea, sugerem ,que não foram tão espontâneas assim.
    Indaga-se porque depois de anos,aprovados e discutidos os indiscutíveis benefícios de sediar a Copa e Olimpíadas,desencadeia-se uma orquestrada operação de guerra psicológica só vista nos manuais e textos de ficção coincidindo com a antecipação da batalha sucessória deflagrada pela mídia. Tal sofisticação,lembra o aroma de perfumes adulterinos, exclusivos e usados “nessas”,ocasiões.

  7. É Kotscho, a nossa mídia familiar e os coxinhas tucanos realmente não desistem…Já que o caos fora do campo, não aconteceu, eles agora torcem para que aconteça dentro de campo. E que torcida essa que o Brasil foi arranjar, hein? Quem tem uma torcida dessas não precisa nem de adversários…também o que esperar dessa elite de nariz empinado??? Que diferença da torcida da Argentina, aquilo sim que é paixão pela seleção. Nos bons e nos maus momentos os argentinos estão lá apoiando, incentivando os jogadores. Acho que se o Brasil perder, é capaz dessa “torcida brasileira” mandar o nosso jogadores tomarem você sabe onde…
    E o que dizer de certos comentaristas esportivos? Parece que a cada vitória do Brasil eles ficam com mais raiva. Acho que eles não perceberam que hoje em dia o futebol está muito nivelado, não existe mais essa de equipe inocente.Todos que estão na competição tem chances reais de serem campeões e de perderem, também, por que não???
    Quem explica que seleções como Espanha, Inglaterra e Itália não tenham chegado nem nas oitavas?? O Brasil pode não está na sua melhor fase, mas segue no jogo. E é isso que importa. Eu quero que os pessimistas falem bastante, critiquem bastante a seleção, eles vão morrer pela boca, Quanto mais eles torcem para que tudo dê errado, aí é que tudo dá certo. Pra frente, Brasil!!!!!

  8. Pois é. É esta mesma elite que, com o acompanhamento do coro da classe média, ansiosa por ser elite, que vaiou a Dilma, vaiou o Hino Nacional do Chile, vai para os estádios de cadeira de rodas, sem ser cadeirante, e coisas que tais. É porque, existe mais negro nos campos que nas arquibancadas, não se vê nos estádios os que a elite e classe média chamam de brown, nem Sem-Terras, nem Sem-Tetos, nem os favelados que tem suas casa incendiadas pelos especuladores imobiliários, enfim não há povo brasileiro nos estádios, mas uma elite que apesar de lutar o tempo todo contra a Copa, são os únicos a se beneficiar realmente com ela por que são os detentores dos meios de produção, e consequentemente, os únicos a lucrarem com esta Copa, restando para o povo brasileiro, apenas o legado da Copa, como a possibilidade de melhorias em razão do crescimento dos negócios entre o Brasil e o Mundo.
    Por isto torceram contra a realização da Copa, incentivando e criando as manifestações e agora torcem contra o hexa com medo que sua conquista sirva de incentivo ao povo brasileiro a votar do time que está ganhando, o Brasil e o governo.

  9. Venha o que vier, com Hexa ou sem Hexa, o Brasil já ganhou essa Copa. Ganhou em termos de organização, de segurança, de mobilidades diversas, mas, e principalmente, em termos de receptividade, legado que pode durar anos, décadas e até séculos. Assim, a mudança do Não vai ter Copa, para o Não vai ter Hexa,não tem a menor importância. Agora, perguntinha que não quer calar, por que vocês colocam códigos tão ilegíveis para a gente digitar? Não seria para que desistíssemos?

  10. Pingback: SONETO...
  11. A copa já teve, se tiver o hexa…eles irão dizer que será preciso ganhar a luta contra a corrupção como se a emenda da reeleição, o mensalão mineiro, a MP 2136/2001, a venda da VALE, das TELES, quase da PETROBRAX, sem falar no Gilmar Dantas, etc… não fosse o mesmos beneficiados de todos esses inconformados e frustrados com o BRASIL que já não é mais deles…e que está sendo devolvido dia após dia aos verdadeiros donos…o POVO. Estaremos atentos para disputar a COPA de outubro, pra vencer, e no tempo normal, no PRIMEIRO TEMPO, ou quer dizer no PRIMEIRO TURNO.

  12. Vamos ganhar esta copa e se desejarmos muar este país, vamos fazer isso nas eleições. Muitos dos que estão ai gritando e se esbravejando e apontando os problemas, nem lembram em que votaram nas últimas eleições.

  13. Os mesmos que ofenderam a Dilma no Itaquerão, são exatamente os mesmos que apoiam os EUA e vivem em Miami apesar de serem brasileiros, como estão passando vergonha por terem desaconselhado milhares de estrangeiros a não virem na copa, agora torcem para o Brasil não ser Campeão com medo que isso possa influenciar na eleição presidencial e varrer novamente extremistas de direita do Brasil pró-EUA.
    É a covardia de uma elite descontente com a melhora significativa do Povo Brasileiro.

  14. Kotscho, dá azia debater com os pobres-diabos Phannelder, Eduardo Não Acerta Uma L.da Silva, etc. . . como desanima falar da incompetência desse néscio que a CBF escolheu para técnico da Seleção Brasileira. Então, vou apenas enviar um caloroso abraço aos meus queridos amigos de Balaio e desejar uma ótima semana a todos.

  15. A copa é alegria. O eco das vaias não passou. Quaqluer deslize de alguém que venha da grande imprensa logo é discutido. O autor gaúcho de livros de história, Luciano Huck, vaias, etc. Eventos que trazem à tona características de seus protagonistas para se entender as razões de suas manifetações. Dizem que as vaias foram de pessoas da elite… Essa elite formada pela USP que foi criada pela elite para a sua própria reprodução. Porém, mesmo com a ex-melhor universidade da amercia do sul, os paulistas conseguiram acabar com dois rios (Tiete e Pinheiros), tem indices altos de desqualidade de ensino escolar, a violência é altíssima, a democracia é baixa, serviços médicos de qualidade somente nos hospitais particulares e caríssimos,

  16. É o que tenho dito: depois de fracassar em todas as suas previsões e torcidas contra a copa, só resta à mídia velha torcer contra a seleção brasileira. É como se fosse uma espécie de prêmio de consolação.

  17. Essa torcida coxinha na Copa é bunda mole (não incentiva como as torcidas das outras seleções) e, pior, é mal-educada: vaiar os chilenos cantando o hino nacional a capella foi vergonhoso, um desrespeito absurdo. È coisa desses coxinhas que ficam repetindo esse discurso contra a corrupção e se fingem de morto com a roubalheira dos tucanos, como o coxinha Venal que empesteia o Balaio.

  18. Viva a seleção brasileira! Estamos vendo o Brasil clamar por mudanças de norte a sul. Igual a seleção brasileira, o povo brasileiro não entrega o jogo e parte pra cima. Não aceita ser submetido a essa estratégia da mentira e de enganação. Vamos vencer a copa em julho e também a ineficiência, a corrupção e a incompetência em outubro. Abaixo o futebol medíocre! Abaixo a inflação e o crescimento baixo! O povo não é bobo: aí está o Datafolha com a atual avaliação do prefeito mHalddad mostrando que a população acordou para a propaganda do faz de conta. Dilma cai pelas tabelas e Eduardo-Marina e Aécio se consolidam para irem juntos ao 2º turno.

  19. NÃO VÃO QUERER AGORA TAMBÉM JOGAR A CULPA NA DILMA, pela incompetência tática que O FELIPÃO E O PARREIRA, não conseguem impor na seleção brasileira, não é? Eu acho que o Brasil VAI PELO MENOS chegar na final, porque “”AQUELE VELHO DITADO que o meu vô diz e que o meu pai sempre repete, de que UM BOM TIME começa por um BOM GOLEIRO””, o Brasil têm. E isso o Felipão ACREDITA MUITO, porque “tudo que ele ganhou no futebol foi com DOIS GRANDES GOLEIROS”, o Danrley e o Marcos. Aliás uma curiosidade é que o Marcos ganhou o apelido de SÃO MARCOS e o Danrley, se chama “Danrley de Deus”. E’, é melhor contar com a ajuda dos Santos e de Deus do que com as superstições do Parreira e do Zagallo, quando não se entende de tática. Bem, mas voltando ao goleiro da Seleção, “NÃO É SÓ AGORA QUE O JULIO CESAR MERECE UMA VAGA NA SELEÇÃO”, pois a historia dele é de um GOLEIRO DE VERDADE. Quando ele começou no Flamengo, que estava muito mal na epoca, o Julio Cesar, JA ACUMULAVA titulos individuais, sendo escolhido o “GOLEIRO MENOS VAZADO EM VARIOS CAMPEONATOS”, e ainda muito novo “JA RECEBIA INUMERAS PROPOSTAS DE OUTROS TIMES EM CONTRATA-LO”. E foi numa dessas propostas que ele optou pela Inter de Milão, onde SE TORNOU UMA LENDA, ganhando varios titulos no coletivos e varios no individual; chegando a ser considerado até O MELHOR GOLEIRO DO MUNDO. A eliminação da copa de 2010, fez com que o rendimento do Julio Cesar caísse, e ele deixou a Inter de Milão. No entanto, o Julio Cesar, mesmo jogando em um time pequeno da Inglaterra, CONTINUOU SENDO CONSIDERADO UM OTIMO GOLEIRO, muito elogiado pela cronica esportiva da Europa, e só não voltou a um grande time por causa do seu salario muito alto; enquanto que a Inter de Milão, NUNCA MAIS VOLTOU a ser o grande time que era na epoca do Julio Cesar. Me alonguei um pouco sobre o Julio Cesar, porque a historia dele mostra que, GOLEIRO BOM: É AQUELE QUE É BOM COM AS MÃOS, porque existe 10 para jogar com os pé e apenas 1 para jogar com as mãos; JOGANDO EM TIMES BONS OU RUINS sempre é escolhido o melhor goleiro; e naturalmente desperta o interesse de outros clubes em contrata-lo (EXATAMENTE COMO TODOS OS GOLEIROS QUE ESTÃO JOGANDO A COPA). Definitivamente a palavra LENDA tem um significado muito diferente de MITO. O Julio Cesar foi o terceiro goleiro da seleção em 2006, foi o titular em 2010 e é o titular em 2014. Torço por uma final entre Brasil e Holanda, porque se o Brasil não ganhar, ganhará uma seleção que joga um futebol bonito ha muitos anos.

  20. Não vai ter hexa! Para mim esta frase significa “desespero”, ter certeza de que está ficando mais distantes as chances de derrotar o PT e a notável Presidenta Dilma. A apelação prá tudo que é possivel, já que todos os argumentos estão falhando e em alguns casos, tiros nos próprios pés. A Copa já é um fato consumado, não há como retroceder e o mundo inteiro elogia a organização, a hospitalidade, o transporte, seja aéreo, seja ferroviário, seja instalações hoteleiras e não tivemos nenhum “apagão” e a oposição não tem mote, não tem onde se agarrar para difamar a notável Dilma e os xingadores sentiram que o tiro saiu pela culatra. Se o Brasil seja campeão ou não, isto até certo ponto, nem interessa mais porque o objetivo de popularização do nome Brasil já foi divulgado mundo todo. Agora cá prá nós, o show dos estádios mostrou que vencemos o desafio, que podemos realizar um evento ao nível da Europa, dos EUA e podemos ter a presença em massa de grandes torcidas. Isto, nos enche de orgulho e não tem dinheiro que pague esta alegria do povo. Se formos hexa campeões é melhor porque reativará nossa auto estima e a Presidenta Dilma será sem dúvida lembrada como coadjuvante juntamente com o ex-presidente Lula. Agora, depois do final do certame só nos restará conferir o caixa, a contabilidade e mostrar prá oposição, uma “banana” bem dada. Agora, para nós será um motivo sem precedentes fazer calar os reacionários do PIG, os “marrecos” tipo Vannelder e adjacentes, os coxinhas, os não vai ter copa, o Milennium e esta porção de sabugadas do “quanto pior, melhor”. Em outubro é só correr pro abraço e tomem mais 4 anos de governo da notável Presidenta Dilma e Brasil terceira economia mundial. Viva o Presidente “ad-perpetum” Lula e nossa amada Presidenta Dilma, VIVA O BRASIL.

  21. A Ana Paula Padrão não está viajando? Li um artigo dela na revista Istoé, esculhambando a copa e o Brasil dizendo que ia viajar para não ver a lambança…

  22. Prezado Kotscho: Muito embora, como você bem frisa nesse seu artigo, que “Eles não esquecem, não perdoam e não aprendem. E não desistem. Para a nossa mídia familiar e os coxinhas tucanos da elite que vão aos estádios da Copa, como mostra a Folha deste domingo, o Brasil simplesmente não pode dar certo, nem dentro nem fora do campo.”, o time da seleção, como conjunto é fraco, sem esquema tático definido e com os 3 setores (defesa, meio campo e ataque) sem articulação alguma entre eles. Não adianta um técnico ultrapassado, que se for é somente um motivador de vestiário, dizer agora que vamos deixar de ser bonzinhos ou sei lá mais o quê. Será que a palavra de ordem agora no vestiário vai ser a de baixar o sarrafo pra ganhar o jogo no grito e empurrar esse time limitado mais adiante? Não tem nenhum salvador da pátria que arruma isso em campo.

  23. Kotcho, Veja, ao admitir que mente, jogou a toalha com uma singela exclamação do seu diretor ,”é da vida”, da Globo nem se fala, passou o maior vexame tentando jogar a culpa na imprensa estrangeira, o jornal Globo na ansia de desacreditar Lula, tomou o drible da vaca, e sem consultar antes a dupla Leitão/Sardemberg publicou os avanços ocorridos nos 12 anos de PT.
    Quem sera o proximo PiGuento a fazer o mea culpa.
    Como diria o Trajano….Que fase ta passando essa seita de fanaticos.

  24. Quem imaginaria na Copa, que até em seu cotovelo de Aquiles, o futebol, mestre kotscho retornaria com gás total, para alegria da torcida brasileira do Balaio, ao disparar, para estufar à rede onde a coruja faz o ninho, a frase campeã da Copa, “E o cone Fred estático no meio do ataque”. Porém para tristeza de nossa pátria, espoliada mãe gentil, no Mineirão, sem que a mídia familiar desse um por cento da atenção dada ao travessão inconveniente aos desejos inconfessos da torcida deles, dentro de campo, travestido Joaquim, sem capa mas com apito, tosquiava e churrasqueava a seleção brasileira, utilizando-se habilmente das filigranas capciosas que a injustiça da porfia bretã também permite, amarrando e desgastando o time brasileiro, ao mesmo tempo em que fora do campo, outro intolerante de sufixo “ão”, regia ditatorialmente a seleção geleia geral brasileira com escancarada incompetência, a ponto de dar nó no que já estava amarrado, enquanto no telão “eu me amo”, genérico Desavisannelder Coxinha da Costa, sem a “elegância sutil de Bobô”, berrava, “Eu sou brasileiro…., com o cone Fred estático no meio do ataque”, assistindo.

  25. É imprensionante a cara de pau dessa gente,ficaram 2 anos malhando a copa com seu pessimismo.Chingaram Dilma.Mas quem tem vergonha deles é o povo brasileiro dessa imprensa safada e dessa elite sem educação.Por mais que batam negativamente Dilma não cai e eles se desesperam,porque tá chegando cada dia mais perto das eleições e não conseguem dá um reviravolta no cenário politico.

  26. Infelizmente Kotscho, continuam a campanha permanentemente sórdida contra o Dilma… Se o Brasil vencer a Copa terá sido marmelada; se perder, vexame. O Nero da Barão de Limeira está ensandecido…

  27. Nenhuma seleção está jogando um grande futebol, basta ver os classificados das oitavas de final!
    Já deram com os burros n’agua, do não vai ter copa, agora é não vai ter hexa, amanhã caso Dilma ganhe a eleição, é não vai ter Olimpíada. É a turma dos babacas da Mídia/Elite dando mais uma bola fora.

  28. Agora, jornalista dizer o que todo mundo está vendo, que a seleção brasileira não joga bem, virou questão político-partidária. Kotscho, pelo visto, queria que a opinião das pessoas fosse sempre no sentido de desvirtuar os fatos e mentir para não prejudicar o candidato dele a presidente da república. Curioso que a crítica dele se volta contra ele mesmo: ele acusa os jornalísticas críticos da seleção de estarem sendo tendenciosos politicamente, mas o apoio dele é “isento”. Não seria mais fácil deixar a política eleitoral de fora do futebol? Seria, mas Kotscho está interessado em levantar teses conspiratórias, como aquela que dizia que a Copa estava comprada. Só que faz isso com o sinal contrário. Ninguém pode achar que a seleção está ruim e não vai ganhar o hexa. Se fizer isso, é tucano, contra o governo, vira-lata, coxinha etc. É uma forma de cercear a liberdade de expressão.

  29. Acompanho com prazer as suas cronicas. O senhor faz parte das pessoas que não perderam a esperança de que um dia a chamada grande mídia capitaneada pela rede globo sucumbirá. parabéns

  30. Aprecio o Vannelder…um “lutador solitário” no meio de “eleitores zumbis”…cuidado para nao ser mordido por estes zumbis (como no filme) e virar um deles..

  31. É importante deixar claro a verdade dos fatos. O movimento não vai ter Copa surgiu no seio de grupos radicais, defensores do anarquismo, da baderna e da violência (que inclusive matou um câmera da Band meses atrás). Estes movimentos contam com o apoio de partidos da extrema esquerda, saídos das entranhas do PT e PCdoB. Em nenhum momento Eduardo, Aécio e Pastor Everaldo empunharam essa bandeira. Ao contrário, a polícia de São Paulo (estado governado pelo PSDB), tem agido de forma exemplar com relação a esses grupos radicais esquerdistas. Agora em relação ao Não Vai Ter Hexa, fiz uma pesquisa e vi que além do seu blog, tem umas poucas páginas aí de uma rede social que abordam o assunto. Mas o comentário feito é pelo futebol sofrível que a seleção vem jogando e que até agora não deu confiança na torcida. Mas isso é futebol e não tem nada que ver com situação política. Eu sei que essa campanha eleitoral será a mais suja da história republicana brasileira. Mas ao menos, tenho a certeza de que a sociedade brasileira hoje não é tão boba para acreditar em qualquer picaretagem que se publique por aí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *