Quando é que vão tirar estes vândalos de circulação?

Quando é que vão tirar estes vândalos de circulação?


Em tempo (atualizado às 11h54): vi agora que dos oito vândalos detidos pela notícia na noite de sexta-feira, apenas dois continuam presos. Se é para prender e soltar em seguida, como sempre acontece, o que adianta? 

*

Leio na manchete do R7 na manhã deste sábado, em matéria de Fernando Mellis, que finalmente a Polícia Militar de São Paulo descobriu a pólvora. Segundo o arguto coronel Reynaldo Simões Rossi, comandante do policiamento militar da região central da cidade, um grupo de vândalos celerados, mascarados e uniformizados de preto,  estava infiltrado no protesto que fechou as avenidas Paulista e 23 de Maio na noite desta sexta-feira, provocando um quebra-quebra que destruiu uma estação do Metrô, 13 agências bancárias, uma loja de carros e um veículo da TV Record, além de uma cabine da própria polícia.

Os homens de Rossi só entraram em ação uma hora após o inicio dos atos de vandalismo. Meu colega Mellis ouviu de um soldado que “a orientação é não causar confronto”. Como assim? Os caras de um “grupo anticapitalista” conhecido por “Black Bloc” saem quebrando tudo que encontram pela frente e a polícia, em vez de prendê-los, dá um tempo para evitar confrontos? Até quando?

Em todas as reportagens que vi na televisão e li na internet entre ontem e hoje não encontrei o nome de nenhum desses bandidos que tenha sido preso pela PM. Se não são presos, como puni-los e evitar que continuem destruindo a cidade por qualquer motivo? Desta vez, acreditem, foi para “prestar solidariedade” ao movimento carioca “Vaza Cabral”.

O caos provocado pelo banditismo virou rotina na maior cidade do País. Na noite de mais esta “manifestação”, São Paulo registrou o maior congestionamento de sua história, com 300 quilômetros de filas de carros parados em 35% das vias monitoradas pela Companhia de Engenharia de Tráfego.

Quando é que o governador Geraldo Alckmin vai finalmente dar uma ordem à sua polícia parar tirar de circulação estes “grupos radicais” que cabem numa Kombi e se infiltram em “protestos pacíficos”, sem sair atirando a esmo bombas de gás e balas de borracha em todo mundo, como aconteceu no início das manifestações do Movimento Passe Livre em junho, uma ação desastrada que acabou provocando a multiplicação dos protestos por todo o País?


Reconheço que acordei muito cheio de perguntas neste dia bom para feijoada. Se alguém as tiver, favor enviar as respostas para este blog.

40 thoughts on “Quando é que vão tirar estes vândalos de circulação?

  1. Fácil responder, Kotscho… As PMs todas parecem estar pouco interessadas em que esses protestos terminem ou sejam feitos de maneira ordenada. Na verdade é bem capaz dos vândalos, do Rio ou de SP, serem da própria PM. E o Governador Alckmin, parece entender-se muito bem com o comando da PM paulista. Para o bom entendor, 1/2 palavra basta.

  2. Kostcho, “mas dá pra acreditar nessas manifestações na Paulista?” Primeiro, foi aquele negocio de “só protestarem contra os problemas referente ao governo federal”. Depois foi aquela passeata que saiu para “protestar contra o aumento de onibus do Haddad, e a posterior confusão, provacada pela indignação de seus lideres, quando alguns membros resolveram protestar também contra os aumentos do metrô autorizado pelo governador Alckimin; como se o preço das tarifas do metrô não fossem tão nocivos ao bolso dos passageiros, quanto são as passagens dos onibus metropolitanos.” E agora, os manifestantes da Paulista, “se superaram”,pois, meu, os caras fizeram passeata na Paulista, “pedindo o impeachment do governador do Rio?” Será que eles querem a saida do “governador do Rio”, porque o pedagio de lá é 10 vezes menor que o daqui em São Paulo? Porque a passagem de onibus e do metrô do Rio, são 30% menores que em São Paulo? Ou porque o governador do Rio teve a coragem de mandar os bandidos para os presidios federais, e esses não comandam mais o crime de dentro dos presidios estaduais, como acontece aqui? Será que estes mesmos que vão à Paulista “pedir a saida do governador do Rio de Janeiro”, são os mesmos que vão ao Morumbi para dizer que o Rogerio ceni é o maior goleiro do Brasil, sem se atentarem que o Rogerio nunca recebeu proposta de nenhum outro clube interessado no seu futebol, nunca disputou um torneio pela seleção como titular, nunca foi o goleiro menos vazado em campeonato nenhum quanto mais foi o artilheiro; que o Luis Fabiano tem mais titulos individuais que o Rogerio, que o São Paulo ja trocou mais de 100 jogadores, medicos, fisioterapeutas, tecnicos e etc; mas manteve o Rogerio e o time continua perdendo?

  3. ”Quando é que o governador Geraldo Alckmin vai finalmente dar uma ordem à sua polícia parar tirar de circulação estes “grupos radicais”…”
    Que isso Kotsho? O governador, Nunca!
    Quem poderia tirá-los das ruas por ordem do governador, já o fizeram por diversas vezes, É a PM . Mas quem pode mantê-los fora das ruas é a justiça que entende que, lançar bombas incendiárias contra a PM e alvos civis indistintamente não é crime.
    Se o governador manter um guerrilheiro desses por alguns minutos além do que a justiça determinou, pobre governador, sem dúvida, será impinchado e condenado por organismos internacionais de direitos humanos; anistia Internacional, direitos humanos internacional, ONU, OEA e outras mais. E pelos novos critérios ”democráticos” um coquetel Molotov num policial não é o mesmo que um coquetel num vândalo mascarado.
    Então Kotsho, o problema não é tirá-los das ruas. Isso é fácil. A questão é não permitir que voltem.
    Atenção; um coquetel molotov é uma bomba incendiária e, lançá-la sobre pessoas e patrimônio público é, a rigor, um crime grave e um flagrante de reincidência o torna inafiançável.
    Quem poderia tirá-los das ruas legalmente, é o governo federal que, pode, se assim entender ,decretar estado de emergência e prender em flagrante delito, sem ordem judicial os vândalos e mantê-lo preso até que cesse o movimento.
    VEJA:
    CF de 88
    Subseção II
    Do Conselho de Defesa Nacional
    Art. 91. O Conselho de Defesa Nacional é órgão de consulta do Presidente da República nos assuntos relacionados com a soberania nacional e a defesa do Estado democrático, …
    (O estado democrático de direito está sendo ultrajado)
    § 1º – Compete ao Conselho de Defesa Nacional:
    – opinar sobre a decretação do estado de defesa, do estado de sítio e da intervenção federal;
    A intervenção poderá ser ”pró forma”, uma vez que a polícia local é que agiria de fato.
    Não sendo assim, resta-nos tão somente, aguardar que os rapazes se deem por satisfeitos e ,por conta própria resolvam que é hora de parar. Ou rezar!
    Oremos, pois.

  4. Olha só o que o governador pode fazer, fez e veja no que deu. O governo federal está extremamente preocupado com o processo de concessões de rodovias. A avaliação no Planalto é que os empresários do setor estão desinteressados e não se apresentam mais nas licitações. Ocorre que o retorno financeiro das concessões se dará pela cobrança de pedágio e os protestos de junho deram sinal contrário. Há um agravante, o governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) acabou revogando um reajuste de pedágio após rodovias terem sido trancadas por manifestantes.
    Ou seja, o governo paulista, privatista assumido, pressionado pelos manifestantes revoga o reajuste contratual (quebrou o contrato) e o tiro foi no pé, mas nos pés do governo federal.
    Já imaginou Kotscho, o governo ter que assumir milhares de quilômetros de rodovias através do DNIT…Do DENIT Kotscho???

  5. As polícias foram desautorizadas desde o início dessas manifestações por todas as autoridades competentes, a começar pelo Ministro da Justiça; bem como foram execradas por sua atuação pela imprensa em geral. Polícia é detestada em qualquer lugar do mundo, mas é o exemplo clássico do denominado mal necessário. Esta lá para garantir a lei e a ordem, em favor de todos os cidadãos; não estou falando do policial indivíduo, estou falando da instituição Polícia e o policial fardado, no desempenho de suas funções, é a instituição. Como se falar em manifestação “pacífica” quando se obstrui o acesso ao aeroporo de Cumbica e a hospitais? Essa manifestação é uma violência mesmo que todos os seus participantes estejam com um terço na mão. No Rio chegou-se a criar-se um regimento para a atuação da polícia nos tumultos, quando isso é matéria de diversos manuais, inclusve internacionais. Se a lei e a ordem foram violadas a polícia tem que agir confome os seus procedimentos intitucionais. A polícia deve ser controlada, devem ser punidos seus excessos, mas a instituição jamais deve ser desautorizada. O resultado é que hoje os policiais se defendem e defendem as autoridades, assistindo prosaicamente a destruição de bens públicos e privados. É um equívoco dissociar os vândalos das manifestações ditas pacíficas; independentemente de a maioria dos participantes serem pacíficos, estão participado de um ato que resultou em violência, em quebra da lei e da ordem; e cabe à polícia adotar todos os procedimentos que dispõe para restaurar essa lei e essa ordem. Por vários interesses as autoridades estão se omitindo, buscando culpados a quem atribuir as culpas (os soldados, na maioria dos casos) e o restante a população fica totalmente sem proteção; vendo o patrimônio público (custeado com o seu dinheiro) e suas propriedades depredadas impunemente. Para poupar tempo daqueles que me execrarão por essa manifestação, não sou militar, não sou policial, não sou vinculado a qualquer agremiação política ou sindical, tomei borrachadas da polícia no final dos anos sessenta, participei das recentes (2012, 2011) passeatas contra a corrupção. Sou apenas um cidadão, trabalhador, que paga seus impostos, preocupado com o rumo que as coisas estão tomando.

  6. A PM, com a leniência das autoridades, foi omissa desde o início das passeatas. E tornou-se mais ainda, depois que boa parte da mídia caiu de pau na instituição por causa do incidente na esquina da rua Maria Antônia e Consolação. Desde aquela ocasião, muitas vozes (e ainda hoje num artigo assinado na Folha) condenam as prisões do que protestam. Não abrem exceção para os que destroem. Desde o início dessas estranhas passeatas, protestei por permitirem que, mesmo protestos pequenos como os de ontem, fechem todas as pistas da avenida Paulista num só sentido. Ontem, com o frio que estavam, a passeata devia ter umas 300 pessoas. Teoricamente, fácil de ser policiada. Não foi. A situação vai piorar porque muitos , por motivos eleitoreiros, assim querem. E a PM , mal paga, mal valorizada e mal preparada, também vai protestar.

  7. Luiz Carlos, o velho e Murilo. Parabéns. Vocês falaram coisas com fundamento. Se essas manifestações continuarem com destruição de patrimônios, vai chegar um ponto em que as autoridades vão ter que agir. E aí pode ser tarde demais. Esses manifestantes estão extrapolando a logica. Está pior do que em 1964. Em 64 os manifestantes saiam as ruas mas não destruíam nada. eram ordeiros. Agora o que se vê é verdadeiro atos de terrorismo. As autoridades está demorando demais para agir com rigor.

  8. Caro Kotscho, considero vc como um dos jornalistas mais inteligentes do país, um dos pioneiros do jornalismo investigativo… bem, a sua análise é insuficiente, nem todos são vândalos, já ouviu falar do movimento black block,,, seattle, gênova, omc, fmi, bid,,, etc,,, são de uma corrente anarquista e defendem a ideia de que o capital privado deve ser atingido fisicamente,,, principalmente bancos, porque são o símbolo da roubalheira,,, não é apenas vandalismo, é uma concepção política,,, não é correto misturar tudo num mesmo saco,,, é preciso matizar,,,
    abraços

  9. Será que ainda não perceberam que os vândalos estão só se divertindo as custas das passeatas. E os cumplices,que se dizem pacificos, não são os banqueiros nem os bancários, nem donos de lojas, muito menos donos de concessionárias automobilísticas ou de uma banca de jornáis e de tvs até mesmo de carros ou ônibus. Enfim, quem são os que fazem passeatas ? Está na hora de ………

  10. Essa galera é a alma e o corpo dos tais “apartidários”” e classe média. No meu Estado após o vandalismo contra o Palácio Anchieta, atual museu , prenderam alguns deles que confessaram que foram pagos para participarem dos eventos . A PM só não informou quem pagou .

  11. “Está pior do que em 1964”

    Ou seja, na opinião do J. Leite das 18:12, extensiva ao Velho e a Murilo, já passou da hora dos MIlitares assumirem novamente as rédeas do País. Salute!

  12. Só no Brasil marginais podem sair quebrando tudo e ainda ser tratado como exemplo. Grande parte da culpa desse vandalismo, é da mídia, que a toda hora faz questão de frisar que é uma minoria e que as manifestações são pacíficas. Então por que a maioria não expulsa essa corja dos protestos? Tá na hora dos governantes darem um basta. Só não deram até agora porque se tomam uma medida mais enérgica a mídia cai matando. Esses vândalos não podem impor suas vontade a ferro e fogo, o Brasil não pertence a eles Somos milhões e tenho certeza que a maioria, essa sim, a imensa maioria de brasileiros, não apoia essa atitude. Tá na hora dos governantes tomarem as rédias e da imprensa dar nome aos bois. Abaixo as máscaras, temos o direito de saber quem é que está por trás dessa patifaria. Essas manifestações ao invés de melhorar a imagem do país só está piorando, já viramos até chacota internacional. Lugar de se manifestar é nas urnas, e não nas ruas destruindo o Patrimônio Público e ntirando o direito de ir e vir das pessoas. FORA VÂNDALOS!!!!!!!!!!!

  13. Realmente o problema não é só tirá-los de circulação mas após prendê-los fazer uma interrogação e levantar quem os mandou e se não houver alguém atráz trancafiá-los como foras da lei. O que me traz duvidas é que após o interrogatório se constatar que são elementos filhos de gente da elite e deixá-los fóra das grades, uma vez que leis são feitas somente para P, P, e pobres cumprirem reclusos. O que se fez nestas manifestações atingiu as estribeiras da legalidade e por muito menos que isso, tivemos implantada no país uma ditadura que nos causou 50 anos dd atrazo no nosso desenvolvimento geral. Aliás este risco pode-se repetir novamente caso continuem nesse estado de beligerancia e desrrespeito às leis sérias e a Constituição que regem o país, coisa que seria de lastimar profundamente porque teríamos por baixo mais uns 50 anos de retrocesso na nossa democracia vivendo sob outra ditadura, talvez mais feroz á que tivemos.

  14. Jä vem sendo dito aqui e em outros blogs que este governo tucano de São Paulo é um fracasso no quesito segurança, aliäs, esta sagurança só é efetiva quando se trata de seus pares, gente tambem tucana, como exemplo citamos o famoso e inesquecivel caso Pinheirinho em São José dos Campos onde até um representante do governo Dilma foi ameaçado pela truculencia policial. Eu quero justificar com este caso o porque não se usou a mesma forma truculenta contra os protestadores que ocasionaram mais baderna que os sem teto de Pinheirinho e tambem prejuizos a todos os cidadãos e empresas que tiveram seus estabelecimentos depredados e roubados por esses baderneiros e isto sem contar com os direitos cnstitucionais dos cidadãos, de Ir e Vir como ocorreu na Av. Paulista com o transito totalmente parado dificultando os trabalhadores chegar em casa após um árduo dia de trabalho. Atualmente qualquer cidadão que almeja fazer uma visita a um parente necessita ter muita valentia para se aventurar sair de casa porque pode infelismente ficar num lugar num momento impróprio e numabhora imprópria e sfrer algum tipo de agressão que pode nas mais das vezes custar a sua vida. E tudo isto, se precisar viajar, ter que arcar com um pedágio inconstitucinal que de modo economico o impossibilita Ir e Vir porque a gasolina que gastaria na viagem ficaria muito mais barata que os pedágios. O cidadão já congribue muito e de muitas formas pagando impostos até no momento da sua morte. Quando será que este governo se sensibilizará com o sofrimento dos cidadãos? E pensar que somos nós é que o colocamos lá se torna até fatidico!

  15. Os unicos culpados,são a imprensa,e os direitos humanos,que dizem que a policia é truculenta quando ela bate em bandido,sabendo disso os baderneiros aproveitam.Talvez se direitos humanos e imprensa mudarem de atitude,a policia volte a ser policia.

  16. Caro Ricardo, filhos de Goebels e órfãos de Hitler e Mussolini estão nas ruas. Acorda, Dilma! Baderneiros precisam ser contidos, manifestantes pacíficos, protegidos. Não se respeita mais nada, nem a figura de Jesus Cristo. No Rio, uns energúmenos destruíram dezenas de crucifixos. Imagens de Nossa Senhora de Fátima também foram destruídas. O que que há? Aonde querem chegar esses hidrófobos? Ou, parafraseando o saudoso jornalista Eduardo Martins, aonde essa insanidade nos levará? Lei neles!Se não respeitam nem Jesus e Nossa Senhora, então virou uma bagunça total. Parece que o Apocalipse já começou e poucos perceberam. Estamos indo rumo ao desconhecido? Valha-nos Deus, Nossa Senhora!

  17. “O que me traz duvidas é que após o interrogatório se constatar que são elementos filhos de gente da elite e deixá-los fóra das grades, uma vez que leis são feitas somente para P, P, e pobres cumprirem reclusos”
    Alguma dúvida, caro Divaldo que trata-se do mesmo movimento que já teve esse mesmo tipo de ativismo na Ditadura MIlitar e atendia pelo nome de CCC? Todos oriundos do Mackenzie, essa fábrica de fascistas, e entre eles esse que trasnformou-se numa autêntica caricatura de jornalista, Bóris Casoy? São todos motivados pelas mesmas cartilhas…

  18. …tá na cara que: se não conseguem conter estes baderneiros, é por que os mesmos, com seus atos, eestão atendendo aos seus interesses, ou não ?

  19. Da coluna Felipe Patury. Revista ÉPOCA:
    Matou a cobra e mostrou o pau. Os vândalos são; a ONG Defensoria Social que espalhou voluntários pelo país para defender manifestantes presos por vandalismo e agora, os anarquistas também recebem treinamento de instrutores experientes. Nos fins de semana, os jovens se reúnem em cidades de Mato Grosso para fazer coquetel molotov e escudo de madeirite e produzir líquidos que anulam o efeito do gás lacrimogêneo. Nesses encontros, eles escolhem bancos e empresas multinacionais como alvos de depredação. Participam dessas reuniões os anarquistas Anonymous, Anarcopunk e Acción Directa, ex-militantes do MST, alguns dissidentes das Farc e remanescentes da guerrilha uruguaia Tupamaros e da Central Operária Boliviana. Os próximos atos de vandalismo como ação política estão previstos para o desfile de 7 de setembro e o Rock in Rio. Preparem-se, pois para eles, passeata pacífica é procissão. Sem quebra quebra não tem a menor garça e nem sentido. A organização, o método e a estratégia de confronto estão elencados em qualquer compêndio de guerrilheiro urbano. Mas, como reivindicam uma melhor saúde pública ,da minha parte, francamente, não consigo vê-los com ódio e antipatia.

  20. “Baderneiros precisam ser contidos, manifestantes pacíficos, protegidos.” Sandro Villar, manifestantes pacíficos precisam é ser informados de que estão sendo usados como massa de manobra e de que serão os alvos preferenciais das ações policiais, pois os vândalos e baderneiros são intocáveis, como fica claro nos estupendos comentários do Divaldo 01h01 e Mr Chance 14h12. Todos sabemos quem está por trás do vandalismo e da baderna, quem os financia, o que pretendem e quem os apoia, inclusive aqui no Balaio. Abração, Sandro.

  21. Ao revelar que a avalanche de asneiras de seu comentário de 16h51 é matéria copiada e colada da “Época”, o Velho nos livrou do risco de levá-la a sério.

  22. Vandalismo, na ampla em sua ampla concepção é a destruição cruel ou deterioração de qualquer coisa bela ou venerável. A estabilidade econômica, conseguida a duras penas no Brasil, permitindo que a sociedade brasileira se livrasse do pior flagelo que é a INFLAÇÃO, foi de forma graciosa desprezada pelo atual governo federal. A inflação elevada tem afetado a demanda dos consumidores, uma vez que afeta o poder de compra da população. E a perspectiva para a inflação piorou na visão do BC. Segundo o relatório, o IPCA ficará em 6,0 por cento neste ano. O indicador voltará a estourar o teto da meta do governo no segundo trimestre deste ano no acumulado em 12 meses, chegando a 6,8 por cento. Ou seja, ressuscitar a INFLAÇÃO é VANDALISMO! Que na eleição do ano que vem esses irresponsáveis sejam tirados de circulação para nunca mais voltarem!

  23. Caro Kotsho.
    O que o Papa não viu e muitos brasileiros também não.
    Aqui ,talvez, uma explicação porque os jovens são tão ”sensíveis” ao chamamento dos baderneiros e vândalos. A taxa de desemprego entre jovens de 16 a 21 anos no ABC, segundo o SEAD, PED E DIEESE divulgada dia 17 de julho de 2013 pela Seade e pelo Dieese Intitulado os jovens e o mercado de trabalho no ABC, com base nos dados PED referentes ao biênio 2011-2012 é de 31,8%. Mais de três vezes superior à do total de desempregados (10,1%). De cada 100 jovens posicionados nessa faixa etária, 37 estão ocupados, 17 estão desempregados (à procura de ocupação) e 46 são inativos (não dispostos ao trabalho). Se somássemos os 17% que estão procurando emprego e os 46 que ”não estão dispostos ao trabalho” chegaríamos a, nada mais, nada menos do que 63% de jovens desempregados em pleno ABC Paulista. Observem o que estatística esconde; 46% inativos e, como tal, não desempregados estatisticamente.
    SEAD- Sistema Estadual de Análises de Dados.
    DIEESE- Departamento intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos.
    PED- Pesquisa de Emprego e Desemprego.
    Ou seja Kotscho. Com base e créditos à estatísticas sérias (não embonecadas por métodos oficiais), o Brasil tem tanto, ou mais desempregados jovens do que Portugal ,Espanha e a Grécia. Observe ainda que os números se referem ao ABC Paulista, o que nos permite projetarmos para todo o país e em escala muito mais devastadora ainda.

  24. Caro Ricardo, dirijo-me (dirijo-me é bonito)ao caro e prezado Victor Hugo para, com toda a humildade possível, agradecê-lo pela observação de que os manifestantes pacíficos precisam ser informados. Talvez na pressa me esqueci de citar que eles podem ser manipulados, sendo massa de manobra dos reacionários de plantão.
    A alienação política ainda é muito grande. Tem gente que vai pra rua sem um mínimo de informação sobre, digamos, os indicadores econômicos favoráveis aos governos de Lula e Dilma. Por falar em massa de manobra, bem que isso deveria ser apenas um tipo de macarrão produzido pelos pastifícios (essa é outra palavrinha que vou te contar). O freguês pede na cantina: “Garçom, quero uma massa de manobra no capricho”. Aí vem aquele macarrão todo “manobrado”. Nossa, falei besteira demais. No mais, caro e prezado Victor Hugo, um abração do Sandro Villar, um cronista/repórter que mostra a verdade nua e crua, sem mentira vestida e cozida.

  25. …como fala o Vítor Hugo, o Velho esta cada vez mais aloprado. Isto fica claro em seus comentários das 16:51 e das 10:50.
    Das 10:50: taxa de desemprego entre jovens de 16 a 21 anos de idade, pode ???Nesta idade jóvens teem qualificação para o trabalho ???
    Das 16:51: suponhamos que os grupos que ele nomina, sejam mesmo os responsáveis pelas badernas, que proveito quaisquer deles tirariam em definitivo com isto ??? Algum Stalin sairia do meio deles e implantaria o neocomunismo no Brasil ??? Ou, a direitona os utilizariam, o que demonstra ser a intenção, como inocentes úteis, no caso inúteis, para impor uma nova “redentora” ???
    O Velho tá realmente mal…estes 10 anos de PT, as melhorias de vida dadas pelos “barbuinhos” ao nosso povo, teem-lhe deixado pra lá da “tarja preta”.
    Parabéns ao Sandro por seus comentários espirituosos bem ao espírito que deveria continuar tendo o Balaio. Afinal:
    Balaio meu bom Balaio
    Balaio carrega o que
    Uns malas reacionários
    E a turma quente do PTêêêêêê !!!

  26. everaldo – 29/07/2013 – 12h57
    ”…como fala o Vítor Hugo, o Velho esta cada vez mais aloprado. Isto fica claro em seus comentários das 16:51 e das 10:50.
    Das 10:50: taxa de desemprego entre jovens de 16 a 21 anos de idade, pode ???Nesta idade jóvens teem qualificação para o trabalho ???”
    A formação técnica se dá aos 18 anos e é aos 18 que se ingressa no mercado de trabalho ,mesmo os jovens que estão no curso superior, muitos, inclusive ,pagam faculdades com recursos do seu trabalho. É nesta faixa etária (18 anos) que o INSS inicia a contagem de tempo mínimo para aposentadoria 18+35=53, isso aí 53 anos! E o DIEESE estende os valores para faixas superiores, 29 anos, e aí encontra números iguais.
    O IBGE só pesquisa em 6 capitais e em três áreas metropolitanas, daí que o sertanejo sem nenhuma ocupação lá no tórrido Nordeste não aparece como desempregado.
    Qto aos treinos de terrorismo, dirija-se ao autor e à revista a quem citei e, desminta-os.
    Vc sabe o que é um coquetel Molotov? Quem teria ensinado aos ”jovens” a técnica de dispersão de guerra urbana e os antídotos contra o gás mostarda? Técnicas utilizadas com perfeição no Rio.

  27. É patético como aqui neste blog tem umas figurinhas repetidas, que em vez de debater os temas, apenas ficam tentando desqualificar a opinião dos outros. Usam até da arte do vaticínio, tentando advinhar qual a profissão dos outros. É vexatório. Usam de diversas identificações, achando que ninguém percebe, pelas mesmas expressões que se trata de uma única pessoa. Promovem links abertamente partidários, até mesmo de jornalista que está sendo processado por racismo. Além de ficarem presos a ilusões, promovem ideias ultrapassadas, achando que o que ocorre no Brasil hoje faz parte de uma grande conspiração conservadora de direita, com um tal “golpe” no ar desde junho, chegaram a afirmar que “algo” de muito sinistro iria acontecer com o Papa Francisco, que já veio, foi embora tranquilamente…enfim. É tanta sandice, digna de pena. Eles acham que vão coagir os que enxergam de maneira clara a dura realidade dos nossos dias. Eles acham, coitados, mas não vão conseguir.

  28. “O que é isso, companheiro?”
    Já imaginou se resolvem tirar os vândalos de circulação à “moda da casa” e ainda justificar, quando for necessário, ter sido a pedidos de muita gente boa, inclusive um famoso jornalista amigo do Lula?
    Sem contar que está mais que na cara, está escancarado nos fatos, que só irão tira-los de circulação quando o objetivo estiver cumprido e a Casa Grande satisfeita, e sabendo-se ainda que, até hoje, ninguém explicou aquele inédito e estranho interesse da Globo em mostrar ao vivo no JN, estendendo também ao vivo nos intervalos da novela, aquela primeira manifestação do MPL em junho. Sabe-se lá para que, não é mesmo companheiro?

  29. Essa notícia vai para o Vannelder e para o Luiz Carlos, o velho: o site terra.com.br e brasil247.com deram a seguinte notícia: “ONU vê progresso impressionante no Brasil”.

  30. Quem são os que fazem passeatas ? Não são os banqueiros e nem os bancários que vê seus estabelicimentos danificados. Não são os lojistas e nem as concecionárias de automóveis que vê tudo quebrado. Não são familiares de policiais que levam fogo e fogos em seus corpos. Não são jornaleiros que tem barracas de jornais quebradas. Não são os que tem carros ou que usam ônibus e ficam engarrafados no trânsito. E muitos outros casos. Então quem são esses que fazem passeatas e aceitam as bandalheiras.
    Temos que acabar com esses políticos que nunca terminam com que prometem fazer, principalmente nas Cpis.

  31. Helena/S.André (SP) – 29/07/2013 – 20h17
    ”Essa notícia vai para o Vannelder e para o Luiz Carlos, o velho: “ONU vê progresso impressionante no Brasil”.”
    Leia o que sempre escrevo aqui Helena. Aliás, posso lhe afirmar com segurança, esta notícia é velha, pois nós cansamos de comentá-la aqui no Blog. Mas, só para refrescar; o fim da inflação galopante nos anos 80 e a moralização nos gastos públicos na década de 90 e , por fim, a radical mudança ideológica do PT no governo, aderindo os preceitos, às regras e a disciplina do liberalismo (O PT cumpriu todos os contratos, fez superavit de 8% e cumpriu todos os compromissos com o FMI) isso, Helena, permitiu um crescimento que nós aqui ,antes da ONU, chamamos de extraordinário e sustentável. Nós apontamos para os efeitos colaterais que isso trouxe; só no bolsa família, Helena, estão pendurados 40 milhões de brasileiros e o desemprego ”escondido” nas estatísticas é muito alto ,inclusive entre os jovens, como mostra todas as pesquisas. E ,claro, o desmantelamento da saúde pública. O Brasil é um caso raro no mundo em que setor público investe menos na saúde do que o privado.
    Entendeu Helena?

  32. “É patético como aqui neste blog . . . .” Vannelder, patético é seu sumiço, quando debatemos denúncias de corrupção no governo Alckmin aqui no Balaio.

  33. Alô Helena. É verdade. Lá diz: “Nas últimas DUAS DÉCADAS, o Brasil quase dobrou seu Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM), passando de 0,493, em 1991, para 0,727, em 2010, um número que representa alto desenvolvimento humano…” Mas, o Brasil não foi descoberto pelo Lulla em 2003? Quer dizer que Collor, Itamar e FHC também colaboraram para este excelente índice? Não, não pode ser. Essa pesquisa está errada. O responsável por tudo de bom que aconteceu no Brasil foi o Lulla e a agora tem sido a Dilma, nunca o Collor, Itamar e o FHC. Conclusão: esse brasil247.com, apesar de ser patrocinado pelo governo, se bandeou para a PIG!!!!!!

  34. everaldo – 30/07/2013 – 09h48
    …para o velho começar um bom dia…ou não?
    O everaldo cita e linka coisas velhas. É verdade sim, o Brasil ,depois que deixou de lado as ideias morfológicas do PT oposição e entregou várias (as maiores) obras à iniciativa privada transformou-se num canteiro de obras.
    E uma das únicas que foi tentada, no peito, com recursos e gerencialmente puramente estatal (criaram até uma autarquia com centenas de militantes para fiscalizarem o empreendimento) a tal transposição do São Francisco, FARAÔNICO, no chute, sem critérios e demagógico, deu no que deu: 15 bilhões de reais no lixo e nem uma gota d’água para os pobres sertanejos.
    Viu everaldo?
    Todas as obras ,empreendimentos ,concessões e serviços entregues à iniciativa privada foram levadas à frente e estão em andamento ,exceto àquelas que estão sendo atrapalhadas pelos índios, MST e tantos movimentos sociais,os quais, com suas reivindicações sempre atendidas, encarecem e alteram projetos originais.
    No Rio, há poucos dias, uma grande obra rodoviária, o contorno da cidade, foi paralisada por 3 meses por causa de um tal ”sítio arquelógico” onde habitam pererecas e, para não incomodá-las, o traçado foi mudado. Mas já está pronto , —naturalmente bem mais caro—, O novo traçado chama-se. Trecho da perereca.

  35. Pardalzinho (?!!!), polícias e forças armadas são instituições diferentes. Para quem consegue ler um texto e interpretá-lo corretamente fica muito claro que minha mensagem foi no sentido de as polícias exercerem o papel que lhes é reservado contitucionalmente, dentro dos cânones democráticos, obedecendo rigorosamente o estado de direito; que é a preservação da lei e da ordem, garantindo os direitos constitucionais e todos os cidadãos. Vincular meu comentário a apologias ao golpe de 1964 é, para ser complacente, não ter entendido nada do que foi escrito. Era jovem quando ocorreu o golpe; o que hoje vivemos é paraíso diante das decorrências dos vários Atos Institucionais estatuídos, principalmente o famigerado AI5. Li aqui insinuações sim que podem levar à dedução que se trata de apologia ao golpe de 1964; peço, por favor, que não inclua o meu comentário nesse contexto.

  36. …Velho…ôh! querido Velho…quer dizer então que no “frigir das pererecas” o PT esta fazendo o que nunca fizeram, né não ? O maior governo da história de nosso país. Admita isto, e pare de conviver com estas sombras escuras, estes fantasmas arqueológicos, que tanto atormentam a tua alma. Aqueles que se curvam aos mais capazes e competentes, teem um lugar especial no paraíso…salve-se enquanto é tempo, ou vais ter que conviver por toda a eternidade, com os Zés Serras, Agripinos, FHCs, Alkimins, Aecins ( pinga ni mins ), Álvaros Dias, Reinaldos Azevedos, Mainardis, Jabor,…já pensou, estes se maquiando ao seu lado nas profundezas dos infernos ??? Aleluuuuia irmão !!! Aleluuuia!!!

  37. O que eu disse para o everaldo é que o único atraso registrado nas obras do ”ARCO RODOVIÁRIO” no Rio, foi causado por uma questiuncula ambiental que chega mesmo, às raias do absurdo e do ridículo; desviar o trajeto da estrada para não molestar o ”santuário” habitat das pererecas. Será que não havia, por perto ,ou outro lugar para tão estimados répteis? perereca é réptil? É? Não sei ao certo, mas, réptil, figurativamente everaldo, pode ser uma pessoa de baixos instintos, que se presta a todas as vilanias para conseguir os seus fins. Machiavelli já ensinava tais procedimentos nos idos de 1512 aos candidatos políticos (os Príncipes, à época). Será que os atuais marqueteiros ainda ”ensinam” isso everaldo? No PT não, claro!

  38. Temos duas policias, uma, a mais numerosa, fruto da ditadura que só sabe agir no controle de multidões de maneira impactante, munida de granadas de gás, balas de borracha, cassetete, etc. Deveria ter também um corpo de informações que propiciaria saber de antemão e existência desses vândalos infiltrados nas manifestações, isso seria inteligente, pois, seria necessário menor efetivo e menos ”choques”. Pior que isso, foi saber que um demente enfurecido que quebrava as instalações da prefeitura, após ter sido localizado, foi simplesmente liberado pela outra polícia, demonstrando assim o desinteresse total de coibir esses atos, pior ainda, nenhum exame psicológico foi feito e mesmo mostrando-se ofensivo à incolumidade pública encontra-se salvo e solto no seio da sociedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *