FHC ataca PT, Lula e Dilma e ofusca Aécio

FHC ataca PT, Lula e Dilma e ofusca Aécio

Foto: Alessandro Carvalho / PSDB-MG / Divulgação

A vinte meses das eleições presidenciais, começou a guerra da sucessão de 2014, com tiro para tudo quanto é lado, como se já estivéssemos na reta final da campanha.

Em seminário promovido pelo PSDB nesta segunda-feira em Belo Horizonte, para “discutir os rumos do partido” e turbinar a candidatura do senador Aécio Neves, quem roubou a cena e ganhou as manchetes foi o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

A pretexto de responder às críticas feitas ao seu governo na festa dos 10 anos do PT no poder, FHC saiu de seus cuidados e despejou um caminhão de melancias no partido, em Lula e Dilma, dando o tom da campanha que nos espera.

“Eles tinham duas grandes metas, uma ligada ao socialismo e outra ligada à ética. Do socialismo nunca mais ninguém falou. E de ética? Meu Deus, não sou eu quem vai falar sobre o que está acontecendo”, disparou o ex-presidente.

Aos 81 anos, depois de ser esquecido pelas campanhas presidenciais de José Serra e Geraldo Alckmin, FHC voltou com a corda toda. Chamou a presidente Dilma Rousseff de “ingrata” por ter afirmado no evento do PT que não herdou nada do governo tucano. “O que a gente pode fazer quando a pessoa é ingrata? Nada. Cospe no prato em que comeu. Meu Deus!”

Duas referências a Deus no mesmo discurso, o que não é habitual, podem dar uma pista sobre as dificuldades que o principal líder do PSDB está encontrando para unir o seu partido e fazer desencalhar a campanha de Aécio Neves, o ex-governador mineiro lançado por FHC ainda em 2012, e  que até agora reluta em se assumir candidato.

Por falta de alternativa, FHC resolveu jogar todas as suas fichas em Aécio Neves _ e vice-versa _ transformando-se no principal cabo eleitoral do senador mineiro. Ao final da sua fala em Belo Horizonte, o ex-presidente procurou deixá-lo mais animado:

“Vamos percorrer o Brasil, senador. Vamos plantar a semente do PSDB, a semente da vitória. Nós vamos ganhar!”.

Claro que se trata mais de entusiasmo de torcedor do que previsão de cientista político, mas o fato é que o ex-presidente se empolgou tanto que Aécio acabou sendo ofuscado e virou coadjuvante no evento em que deveria se apresentar como a nova estrela dos tucanos.

Nova é modo de falar, já que o ex-presidente propôs como estratégia de campanha para 2014 levantar a bandeira da ética, o que já não deu certo em 2006 e 2010. Até o redator do discurso de Aécio Neves na semana passada sobre “os 13 fracassos do PT” é o mesmo jornalista que escrevia os textos para José Serra nas suas duas derrotas em campanhas presidenciais.

O problema é que Aécio prometeu anunciar “um projeto para os próximos 20 anos no Brasil”, mas não conseguiu até agora elaborar e apresentar nenhuma proposta nova. Tanto Aécio quanto FHC se limitaram a atacar seus tradicionais adversários petistas.

Do jeito que as coisas vão indo, o clima da campanha de 2014 poderá ser uma repetição daquelas de 1994 e 1998, em que FHC e Lula se enfrentaram diretamente, com vitórias do tucano no primeiro turno.

Nestes quase vinte anos, porém, foram grandes as mudanças no quadro político nacional. Para começar, Lula deixou o governo com mais de 80% de aprovação popular, enquanto FHC saiu do Palácio do Planalto com menos de 20%.

Lula elegeu sua sucessora, Dilma Rousseff, agora franca favorita à reeleição, a bordo de uma aliança de mais de 10 partidos, o que lhe garante metade de todo o tempo na propaganda eleitoral na televisão.

FHC, por sua vez, que perdeu as últimas três eleições presidenciais em que os candidatos tucanos o esconderam nas campanhas, quer resgatar o legado do seu governo.

Por isso, agora transformados em grandes cabos eleitorais, os ex-presidentes assumem a ofensiva em mais uma guerra entre petistas e tucanos, o Fla-Flu de sempre.

A próxima batalha está marcada para quinta-feira, em Fortaleza, onde o ex-presidente Lula dará início a um road-show pelo país para comemorar os 10 anos do PT no poder e garantir a fidelidade da base aliada para a reeleição de Dilma Rousseff.

32 thoughts on “FHC ataca PT, Lula e Dilma e ofusca Aécio

  1. Meu caro Kotscho,
    O “negócio” anda tão brabo pro lado da oposição, que semana passada, como vimos, as principais lideranças andando com uma blogleirinha debaixo do braço como se fosse amuleto da sorte. O Aercio passa a vida inteira sem ocupar a tribuna, quando o faz, é desmontado em dois minutos pelo senador Lidenberg. A coisa tá feia!! O que o sr. Fernando Henrique está fazendo, é desespero total.
    uma braço – Jose Braz
    P.S. Se a Marina não quer saber de “partido” na tal rede, também não precisa de fundo partidario, tempo de tv. Isso pertence aos PARTIDOS.

  2. Octogenário, FHC tem um só objetivo, deslocar-se do pé de página que a história do Brasil lhe reserva, para o centro da mesma.
    O problema é que no meio do caminho tem um Lula, tem um Lula no meio do caminho…ocupando o centro da página.

  3. Nessa briga de ex-presidente, sou mais o Lula. Quanto a cospir no prato que comeu, não é só a Dilma, é a maioria do povo brasileiro, na época do FHC a comida era azeda.

  4. Ah!Ricardo:guerra é guerra,é o PT diga-se o Sr.LULA a *malhar o FHC e o FHC dá o troco*.
    “São dois(2) velhos gagás implicando um com o outro,*MAS ELES* so implicam um com o outro em época de eleições”.
    Desde quando existem *amigos ou inimigos em política*?
    Existem sim:COVENIÊNCIAS….rsrsrsrsrs.

  5. Não vai ser fácil vender este “Peixe” para o resto do Brasil. O Aecim, só é conhecido aqui nas gerais graças a mídia que sempre o poupou e encheu sua bola às custas de polpudas verbas publicitárias.
    O Serra e o Alckimin, superam o “EssIm” no cenário nacional. Portanto FHC devagar com o andor que esse “AE santinho” é de barro.

  6. RK, o FHC, como de resto todo o PSDB, vive da condescendência da mídia patronal, a qual repercute generosamente suas vazias palavras, geradas pelas suas infindas mágoas. O PSDB continua como dantes: sem projeto, sem argumentos, logo, sem rumo e, claro, sem chance. Essa é uma novela pior do que as da Globo, porque a cada capítulo (eleição), repetem-se os mesmos atores, nos mesmos papéis e diálogos. Cansou; o povo que o diga, aliás, está dizendo por meio do voto.

  7. A verdade , você bem sabe se é que a cegueira ideológica não destruiu totalmente seu cérebro além de escurecer o coração… É que sem o Plano Real de FHC (aliás ele também que começou com os programas para ajudar os mais carentes, que Lula chamou de assistencialistas e disse que com eles o pobre “deixaria de plantar macaxeira”) o Brasil não teria a Base correta e não teria crescido como cresceu nos anos de bonança mundial. Lembrando que Lulla e o PT eram contra o Real… O resto é propaganda para enganar os incultos que infelizmente são maioria no Brasil e para ser espalhada com ajuda dos cegos ideológicos, como você Kostcho, que usa a paixão ao invés da Razão na política!!!! Triste!!!!

  8. O tucanato paulista tem que esquecer a eleição presidencial em 2014 e começar a lutar desde já para tentar manter o governo do Estado. A fila andou, Aécio não decola e Alckmin desmancha… Acorda, FHC.

  9. FHC é o cabo eleitoral dos sonhos de seus adversários. Quanto mais critica um desafeto, mais o desafeto cresce. Se os tucanos não pretendem manter-lhe de bico fechado, o PT pode dispensar os proprios marqueteiros. Robson, espelhe-se no Carlos Richa, que só precisou de duas linhas pra dar seu recado. Parabéns, Carlos.

  10. “É que sem o Plano Real de FHC (aliás ele também que começou com os programas para ajudar os mais carentes, que Lula chamou de assistencialistas e disse que com eles o pobre “deixaria de plantar macaxeira”) o Brasil não teria a Base correta”

    Ora bolas, Luís Jorge das 17:28… O que você tenta nos dizer é que se a Princesa Isabel não tivesse assinado a lei Áurea, abolindo a escravatura em 1888, ainda teríamos os negros sendo trazidos em navios negreiros da África e trabalhando nas lavouras como escravos… Tenha dó. Abraham Lincoln, o maior estadista de todos os tempos dizia que “Nada é mais poderoso do que uma idéia cujo tempo chegou…”. A inflação não fazia mais sentido e até a Bolívia já havia acabado com a sua (dela). O verdadeiro FHC é o FHC do 2o mandato… onde enfiou pelo nariz todas as possíveis conquistas que a estabilidade econômica poderia ter trazido e só se reelegeu pela desonestidade do processo (compra de votos) e pela desonestidade intelectual, quando segurou artificialmente o dólar por um ano e quebrou o Brasil. Esta é a verdade… muito dura de engolir para um demotucano míope.

  11. FHC na liderança do projeto de recondução dos tucanos ao poder implica uma situação delicada para Dilma, que o cobrira de salamaleques e rapapés, na contracorrente que Lula estabelecera: o clássico FlaFlu, com os projetos da Era Maldita versus Era Bendita em confrontação eleitoral.
    Não se pode descartar um segunto-turno como sendo provável, especialmente se o neto de Arraes não abrir mão da sua candidatura em processo continuado de construção.
    Uma mudança de ares da economia mundial e a repetição de resultados medíocres em matéria de crescimento econômico podem configurar um cenário inesperado à reeleição de Dilma.
    Só há um candidato invencível no Brasil, em quaisquer cenários: Lula.
    Quaisquer outros ou outras não garantem, absolutamente, nada!

  12. nao sei qual ‘e a graca deste blog…99% pro-Lula e PT….e’ algo como um clube com pessoas com os mesmos gostos, pretensoes, anseios….o que de positivo ‘e gerado com essa discussoes? ..todo mundo gremista, ou todo mundo colorado…os poucos que tentam entrar e discutir algo sao barrados pelo “Capo” Kotscho que, usando o pretexto de agressao pessoal, nao publica nada de pol^emico contra o PT e o lula (experiencia propria)

  13. Mr. Chance conseguiu sintetizar em poucas palavras o que eu vinha tentando há anos em relação ao que a tucanada usa como argumento único em contraponto ao sucesso de Lula e do PT. Obrigado, amigo.

  14. O único “projeto” que os babacas do PSDB, têm para o Brasil, é atacar. Motivos? Se não existirem eles criam. É assim que nasce um projeto de governo dessa gente mais perdida do que cego em tiroteio.

  15. …o Fred Oliva aí embaixo falou tudo.
    E o PIG heim ??? Quê qui tá acontecendo com o PIG , depois de esgotado seu arsenal de denúncias ???
    Como cego em tiroteio,
    Perdido nesta disputa,
    sem Serra,
    sem Papa,
    sem pipa, sem pópa, sem pupa ???

  16. Vai começar tudo de novo. Oposição não aprende mesmo. Lula salvou o plano real com muito trabalho. Quem gostou de até 2002, que fiquem com eles. Quem está gostando de tudo após 2003, que continuem gosando.

  17. Seria cômico, se não fosse trágico, o comportamento do Farol de Alexandria.
    Trágico porque discursa para o seu eleitorado cativo, as viúvas da udn, que acham que todos os malfeitos dos dois governos do boca de sovaco foram acidentes da natureza e foram um bem para o país.
    A começar da política econômica cujos resultados foram o início da desindustrialização do país, a queima das reservas cambiais, a decuplicação das dívidas internas e externas, o mensalão da reeleição (mais do que comprovado), culminando na privataria tucana, para não ir muito longe, incluindo o PROER. Nesse ínterim,tivemos as duas rodadas de pires na mão, junto ao FMI, um deles bancado pelo Clinton, o que garantiu sua reeleição.
    A Dilma cuspiu nesse prato? Eu faria coisa pior!!

  18. “Os babacas do PT sao agressivos”. Por favor Kotscho, seja realmente democr’atico e publique esse post, da mesma forma que foi publicado o post da cumpanhera nona fernandes…como diria o fulano..”igualdade para os cad’averes…”

  19. “Eles tinham duas grandes metas, uma ligada ao socialismo e outra ligada à ética. Do socialismo nunca mais ninguém falou. E de ética? ” Tenho sérias razões pra detestar FHC, mas que argumentos teriam os petistas pra replicar esta frase específica, colocada entre aspas acima? Seria o roto falando do esfarrapado? Ou vice-versa?

  20. Kotscho, arguto repórter, surpreendeu nessa matéria adotando o mote do pequeno Paulo Henrique Amorim, levando ao título, que FHC “ofuscou” o Aécio Neves. O fez tanto quanto Lula faz com a sua Dilma, não é não?

  21. No plano do Collor aqueles que tinham suas reservas em dólares, no exterior, ou ficaram sabendo do golpe dias antes, enriqueceram muito mais (0,01% dos brasileiros). Nós todos 99,99% ficamos um ano e meio sem dinheiro. Já no golpe do plano real, 10% dos brasileiros (grandes empresários e toda a classe A,AA e AAA) indexaram seus contratos e papeis em URV 6 meses antes e não tiveram perda nenhuma. Estes enriqueceram às custas de 90% dos brasileiros que continuaram a receber em cruzeiros novos até na véspera. São estes 10% que ainda formam a base de apoio do FgagaC e dos PSdébios.

  22. Qual seria a semente do PSDB, nem ele sabe e o playboy do Aécio muito menos. Os bem sucedidos projetos sociais, econômicos e de infra-estrutura do PT, sufocaram qualquer tentativa dos tucanos de terem alguma chance.

  23. O PIG está a toda. Agora mesmo no UOL o Josias coloca uma foto do Lula ainda doente. Os comentários dos seus asseclas são ilários. Eles não entendem que se quiserem ser contra o Lula não podem apoiar o PSdebiloide que é muito pior. Todos os erros do PT não justificam apoiar o pior presidente e o pior partido da história do Brasil.

  24. Tirando a “maconha” da história – Sobre a missão do ex-presidente, juntamente com outros colegas do México,EUA,Colôbia – EM DISCRIMINALIZÁ-LA.As qualidades administrativas do FHC – Superam em muito,as qualidades do Lula!. A presidente Dilma,continua o seu mandato.No final,pode-se e deve se fazer uma avaliação geral do seu mandato.

  25. FHC é vergonhosa e excessivamente cínico: muito feio, ridículo. A pessoa com 81 anos de idade já teve tempo pra se respeitar e respeitar as outras (pessoas).
    Se o governo dele foi tão bom e ele não consegue esconder a agonia pela sede de poder, a abstinência de poder, por que ele (FHC) não se candidata? Medo e certeza da derrota sumária.
    Aécio está mal acompanhado com FHC, pois ele (FHC) ganhou duas eleições graças ao plano real construído pela equipe de Itamar Franco e tomado por FHC… Gostaria de ver uma eleição entre Lula e FHC, assim veríamos de uma vez por todas as preferências eleitorais…

  26. A raiva da claque pândega de esquerdistas baratos é que eles nunca esqueceram do FHC, porque foi ele quem derrotou o seu “deus” duas vezes seguidas, sempre no 1º Turno, quando a eleição foi mano a mano. E também, todas as vezes que vão pagar o dízimo pro Partido, eles olham a nota de Real e se lembram que foi o FHC que instituiu a moeda e acabou com a hiperinflação, apesar de na época o então candidato do PT que seria derrotado no 1º Turno esbravejar que o Plano Real era estelionato eleitoral. O Brasil precisa ouvir as vozes dos que não se conformam com esse faz de conta que está aí. Tomara que não só o Aécio, mas o Eduardo Campos e a Marina Silva demonstrem claramente ao povo brasileiro a verdadeira estagnação que existe, maquiada por panfletagem partidária mentirosa. E ao nosso fanfarrão ganhador do último FEBEAPA (Festival de Besteiras que Assolam do País) deste blog, pega o teu Google Earth de patente americana e vai sobrevoar a seca que produz desesperança no nordeste e a transposição do Rio São Francisco que até hoje nunca se concretizou.

  27. …kkkkkkkkkkkkkkkkkkk…kkkkkkkkkkkkkkkk…parece que o coitado do Vannalder, depois de ter sobrevoado Cuba usando o Google Earth ( patente americana, que também patenteia as mais terriveis armas de guerra para vender nas guerras que fabricam e para matar os mais fracos ) e de ter visto o que viu, ( um país quase todo agricultado, vários pivôs centrais de irrigação, etc e…tal, bem diferente do Haiti onde a “liberdade de expressão” é o grilhão que mentem a pobreza e a escravidão ) com a vacina vencida, hidrofobou-se com raiva dele mesmo por não aceitar o óbvio, e descarrega sobre mim o seu ódio imperial.
    Como o Vannelder, estão:
    O Aecim, pinga ni mim, coitado, com o FHgá, cada vez mais efeagagado a tira colo, despejando asneiras por tudo que é lugar que passam.
    A Marina blábláblá, vulgo blablarina, dizendo que ninguém, ninguém mesmo, além dela, entende da nova economia, algo tão enigmático que só ela entende mas é incapaz de descrevê-la….esta mulher tá doida…depois que se entregou a Jesus…tô avisando.
    O Dudo em crise existencial do onqueuvô quequeuvôcê, e que, se alguém não lhe amarrar logo, vai acabar cagando de cócoras atrás duma moita de xiquexique, e tangendo bodes lá pras bandas de Exú.
    O Joaquinzão, que depois de ter quebrado a fábrica de mascaras carnavalescas que apostou todas as fichas nele, se aquietou nas jurisprudências tradicionais, aprovando todas as reinvidicações corporativas de seus pares.
    …doidura Ricardo…doidura geral…tirar o PT do poder passou a ser uma patologia.
    Fico pensando como estarão estes miseráveis daqui a 18 anos ainda tentando tirar o PT do poder.
    Estou pensando seriamente em criar uma clínica psiquiatra especialista em cuidar de tucanos doidos…quer ser meu sócio ???
    Temos que desenvolver uma terapia especial para a turma do Zé Serra que já tá que não aguenta, pra entrar no jogo.
    ÊÊÊÊ mundão véi discuncertaaaaado !!! Né não LULÃO…vamú qui vamú meu fii.

  28. “EU” não duvido absolutamente de nada quando se trata *de política*.
    Quando algumas pessoas dizem:OS TUCANOS FORAM ELIMINADOS DO MAPA POLÍTICO,não voltam jamais etc…etc…etc…

    Sinceramente:tenho as minhas dúvidas,quem em sã consciência há alguns anos atrás imaginava que o PT diga – se o Sr.LULA iria tomar o o PODER ou melhor o *PUDÊ*?
    O PT diga -se Sr.LULA vivia perdendo as *eleições*,não me interessa se justo ou injustamente,aquele golpe baixo do SrCOLLOR DE MELLO em cima do PT diga-se Sr.LULA não foi fácil,foi *de lascar*.
    “Apesar de quê hoje em dia os dois são *amigos,irmãos camaradas ou melhor *CUMPAMHEIRO* desde criancinhas”.
    *NÃO SE ASSUSTEM* se em médio ou longo prazo *os TUCANOS* voltem cantar no terreiro de vocês novamente.
    Em política *EU* não duvido de nada,tambem *NÃO* acredito que em política existem:AMIGOS OU INIMIGOS,existem CONVENIÊNCIAS.

  29. “tirar o PT do poder passou a ser uma patologia”

    Amigo Everaldo das 14:38… Mais verdadeiro que isso impossível; só que alguém tem que explicar pra essa gente, que a cura dessa patologia chama-se VOTO POPULAR. Eles acham que vão convencer os pobres apenas esclarecendo que o Plano Real, implementado em 1994 no governo Itamar Franco, e que só os deixou mais pobres até 2.002, é o ÚNICO responsável pelo melhor período de nossa história moderna, de 2.003 até hoje. Tá fácil, não? Forte abraço, garoto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *