Aqui no Recife campanha pega no breu

Aqui no Recife campanha pega no breu

RECIFE _ Barcos no rio Capiberibe com placas mostrando fotos de Lula, Dilma e Humberto Costa, o candidato do PT; por toda parte cartazes e cavaletes da propaganda de Geraldo Júlio, do PSB, candidato do governador Eduardo Campos; bandeiras de vários partidos tremulando no cais do porto em frente a Brasília Teimosa, que agora tem um shopping no lugar das antigas palafitas;páginas e páginas sobre a disputa eleitoral nos dois principais jornais da cidade.

Ao contrário de São Paulo, de onde vim na sexta-feira, aqui a campanha pegou no breu. Na primeira vez nos últimos muitos anos em que a polarização não se dá entre esquerda e direita, a Frente Popular do Recife que governa a cidade há quase 12 anos rachou e agora PT e PSB se enfrentam na chamada “guerra dos padrinhos”.

Com os aliados federais Lula e Dilma de um lado e Eduardo Campos do outro, Humberto e Geraldo lideram a última pesquisa do Jornal do Comércio/Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau, divulgada esta semana, com a diferença entre os dois mostrando sensível queda.

O senador Humberto Costa tinha 35,5% em julho e caiu para 31,1% agora; Geraldo Julio, ex-secretário estadual que disputa sua primeira eleição, saiu de 6,8% e chegou a 22,2%. O ex-governador Mendonça Filho, que aparecia em segundo, caiu de 20,7% para 15,1% e Daniel Coelho, do PSDB, não sai da faixa dos 5%.

Carros de som e cabos eleitorais tomaram a cidade. Aguarda-se para o começo de setembro a vinda de Lula, mais uma vez o principal trunfo do PT, depois de uma sangrenta disputa interna que deixou sequelas no partido e o prefeito João da Costa fora da campanha de Humberto.

Sem grandes comícios até agora, os candidatos se limitam a fazer longas caminhadas por feiras, bairros e morros, uma tradição recifense. O governador Eduardo Campos até agora ainda não apareceu na campanha de rua de Geraldo Júlio para não ofuscar o candidato que aindanão é conhecido por metade do eleitorado, mas é presença constante no programa de televisão.

Pela longa conversa que tive com Campos no almoço de sexta-feira e as entrevistas que fiz com os dois principais candidatos, é inevitável que daqui para a frente a inesperada disputa entre PT e PSB no Recife abale a aliança nacional dos dois partidos, uma situação que se repete em Fortaleza e Belo Horizonte. A reportagem completa sobre o que está em jogo nesta disputa será publicada na edição de setembro da revista Brasileiros.


 

11 thoughts on “Aqui no Recife campanha pega no breu

  1. bom! com certeza o crescimento do Geraldo Júlio, bem como o do Russomano em Sp tem votos de protesto, muitos votos do João da Costa migrando para o PSB, como os Martistas no Russomano.

    O PT e lula irão aprender que não se deve desrespeitar a militância, que não há soberano em nenhum partido capaz nesse novo tempo de fazer a cabeça do leitor com arrogância e prepotência, se achando dono do mundo e do partido. Passando por cima de aliados e companheiros de partido por capricho como lula e toda cúpula petista de SP fez.
    E abre o olho que Dilma esta indo para o mesmo caminho de desgaste eleitoral. Como sempre disse aqui, a militância petista só serve para defender o partido, porque prévias, direito isso não se tem mais. Ai vem chamar para defender do mensalão, para defender Dilma, para defender Haddad etc

  2. Kotscho, Pernambuco caminha a passos largos pra livrar-se dos inúteis e imprestáveis demotucanos enquanto em São Paulo a conversa mole do Alckmin continua, há 20 anos, ludibriando o Johnny, Dum, J Leite, DinSun, etc . . . . . Ótimo domingo a todos do Balaio.

  3. Amigo VH, São Paulo montou um sólido esquema midiático, que engloba os Institutos de Pesquisa, e que não é possível replicar não só em nenhum outro Estado (Minas é o que mais se aproxima, mas tem buracos…) como no próprio Brasil; isso explica porque não conseguem emplacar um Presidente. O grande desafio da população de São Paulo, ou de sua parte lúcida, é como quebrar essa aliança que une demotucanos e grande Imprensa. Embora a rejeição à Serra seja alta, ainda não estou 100% seguro de que será quebrada pois, sabendo disso, e esperto que são, seus aliados midiáticos jogaram Russomano, alguém facilmente desconstruível no 2o Turno, como o coelho do páreo e tentam criar a “ilusão” no eleitor indeciso que a alternativa é Russomano ou Serra. Após uma semana de horário eleitoral já é possível sentir o crescimento vigoroso de Haddad e também é possível perceber como isso está incomodando a Folha/UOL que, como de costume, procura dar à Serra, de maneira subreptícia, um horário gratuito “extra” com notinhas aqui e alí, aliviando para o Privata e comprometendo Haddad. Enfim… estou esperançoso mas não otimista. O que ainda tem de gente cretina em São Paulo, é uma grandeza… Abraços e bom domingo a todos.

  4. Vitinho não esquece de mim. Que sujeito chato e ignóbil. Meu caro, PT aqui em São Paulo não. Nem a Dima ganhou aqui. Foi no norte/nordeste que a dita cuja ganhou a presidência, e foi por pouco. Imprestáveis são todos os políticos, ou quase todos, mas fundamentalistas são os da esquerda fictícia que, ao chegarem ao poder, ficam milionários e viram elite. Em 2014 o Campos vem forte.

  5. …com o Serra enterrado a sete palmos, todos os possíveis presidenciáveis alternativos, Eduardo Campos no meio, estão desesperadamente procurando seus caminhos, pois sabem que, dando Haddad em São Paulo, será um futuro presidente, e o PT só deixará o poder depois de 2050, e isto se perder o juizo e seus membros começarem a brigar entre si.
    VIIIIIIIIIIIVA LULA, O LIBERTADOR.

  6. Alexandre silva. Gostei do seu comentario. Mostra que voce é realmente petista. A maioria que comentam aqui neste blog não são petistas, são lulistas. Se o Lula entrar nas profundesas eles entram junto. O Lula despresou os verdadeiros petistas. Para presidente da republica ele impos uma forasteira. Para as prefeituras impos contra a vontade da maioria dos militantes os seus preferidos. Onde está a democracia? Para o Lula é muito mais importante sair em fotografias ao lado de grandes capitalistas e que se dane os eleitores.

  7. Aqui em Recife o candidato do governador vai ganhar folgado no primeiro turno. A direita está no devido lugar, no lixo, sem mídia pra turbinar. O PT tem um prefeito medíocre que tentou ganhar uma prévia com votos de filiados pra lá de suspeitos e chega com um candidato sem militancia e inventado na última hora. O PSB vai levar esta eleiçao com um zé ninguém no primeiro turno. Anote aí e me cobre depois.

  8. “Estudo do governo mostra que a crise recente no setor de etanol pode fazer explodir a importação de gasolina no país, produto que até 2010 o país exportava.” Mas aonde está o pré-sal?????????????????????????????? E dá-lhe mentiras.

  9. …o mínimo que um presidente deve ser capaz de fazer , é conseguir subir a rampa do palácio para tomar posse, o projetor daquela rampa, sem imaginar, a fez para presselecionar os candidatos.
    E agora direitona ? Que a tecnologia não a deixa se sustentar em suas mentiras ?

    ÊÊÊ mundão véi discuncertado…né sô !!!

  10. E o mensalão Ricardo?????? Bombando na imprensa e nada aqui. Nada sobre as condenações e a vergonha do Toffoli, que deveria se abster, pois é ligado ao PT, partido que encabeça o escândalo? De quê interessa a eleição em Pernambuco?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *