Dilma prepara pacotes longe do mensalão

Dilma prepara pacotes longe do mensalão

Disposta a se manter o mais longe possível das discussões que envolvem o julgamento do mensalão, que começa nesta quinta-feira (2), a presidente Dilma Rouseff vai dedicar a maior parte do seu tempo nos próximos dias para definir com os ministros da área econômica as medidas que pretende anunciar, ainda em agosto, com o objetivo de apresentar uma agenda positiva ao País.

São dois pacotes com o mesmo objetivo: criar condições para que a iniciativa privada volte a investir e assim espantar o mau humor na economia com as constantes previsões de queda no PIB.

O primeiro pacote a ser anunciado deve contemplar a redução das tarifas de energia elétrica, um dos principais entraves apontados para o baixo crescimento do setor industrial registrado este ano.

Outro conjunto de medidas prevê novas concessões para promover investimentos em infraestrutura, com prioridade para portos, aeroportos, rodovias e ferrovias.

As prioridades ferroviárias foram discutidas sexta-feira passada em Brasília, com a participação de representantes do governo de São Paulo, que planeja a implantação de novas linhas ligando a Baixada Santista, Sorocaba e Campinas à capital, no sistema de PPPs (parcerias público-privadas).

No Palácio do Planalto, o clima é de silenciosa expectativa sobre o início do julgamento do processo do mensalão, mas ali todo mundo finge que nada está acontecendo capaz de preocupar o governo.

Dois auxiliares de Dilma devem ficar encarregados de fazer o acompanhamento do caso para a presidente. Na área jurídica, o chefe da Advocacia Geral da União, Luiz Inácio Adams; na política, quem cuidará do meio de campo é o ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso.

Para o Governo Federal, quanto menos se falar neste assunto no Palácio do Planalto, melhor. Até o final da tarde de hoje, ainda não havia sido divulgada a agenda da presidente Dilma para a quinta-feira.

21 thoughts on “Dilma prepara pacotes longe do mensalão

  1. ”Outro conjunto de medidas prevê novas concessões para promover investimentos em infraestrutura, com prioridade para portos, aeroportos, rodovias e ferrovias.”
    É isso aí Kotscho. É isso que os produtores ,trabalhadores e o povão em geral quer e precisa. Quanto mais desestatizar, mais ganhos para a sociedade. Um país como o Brasil não pode ficar refém de corporações sindicalizadas do serviço público que fazem greve, dia sim, dia não, aproveitando-se de uma falha na interpretação da lei que lhes garantem o pagamento integral dos dias parados. Pagar salários de grevistas é uma ”PIADA” de fazer Português morrer de rir da nossa cara. Isso é INÉDITO no mundo civilizado.

  2. A histeria da velha mídia não afeta o Governo, o STF e as instituições do país. É apenas mais uma tentativa (a enésima) de criar uma “grave crise” – na verdade, de fazer o tão sonhado terceiro turno de 2002…
    A direita-burra brasileira está reduzida a isso: torcer pelo câncer de um ou outro, por um tsunami econômico vindo do exterior, por um STF julgando “com a faca no pescoço”. Quando teremos uma força política conservadora/liberal civilizada, programática e que respeite minimamente o sentimento do povo brasileiro? O que temos hoje é um bando corrupto, golpista e anti-Brasil, minguando a cada dia. Nesse passo só vão sobrar o Olavo de Carvalho e o Rei do Esgoto (o primeiro já exilou-se)…

  3. “É isso aí Kotscho. É isso que os produtores ,trabalhadores e o povão em geral quer e precisa”

    Quando eu digo que o cara é completamente autista, o VH fica bravo… Ele dá ênfase contrária ao que o Kotscho escreve e corre pro abraço. Esse Velho virou o bufão do Balaio…

  4. Kotscho comentário sobre matéria anterior.
    A medalha será nossa rapaz, a democracia? estamos conseguindo, mas ainda à restrições.
    Kotscho como posso ouvir as passoas se não as deixo falar.

  5. A Dilma faz um governo extremamente liberal. Quer criar condições para que a iniciativa privada faça os investimentos necessários em infra estrutura. Ótimo. Parabéns a Dilma. Só me preocupa o aumento das despesas públicas de custeio. Sabemos que o subsídio ao programa “minha casa, minha vida” agora será contabilizado como investimento e não mais como custeio. Não concordo pois qualquer subsídio é despesa pura e não investimento. Mesmo assim, as despesas de custeio só aumentam. As medidas econômicas são bem intencionadas e devem promover o aumento de investimentos por parte da inciativa privada. Quanto a ficar longe do julgamento do mensalão, Dilma está certissima pois não teve nada a ver com a história. Isso foi coisa do seu antecessor.

  6. Mr Chance, fico bravo não quando voce chama o Luiz Carlos de autista. Pelo contrário, curvo-me à sua criatividade, pois não há melhor adjetivo pra meu querido amigo. Fico bravo quando tenho meu comentário censurado, pois sou sempre cordial com todos, especialmente com o Velho, que também não deixa por menos. Sou fã incondicional do autista, a quem considero o destaque do Balaio. Um grande abraço a todos. /////// Em tempo: que belo comentário do Johnny, ontem, 11h08 !!!!!!! Foi voce, Johnny 01h55 ? Teve um surto de bom senso, meu fíii ?

  7. Eita, J Leite, voce chutou o balde por causa da minha pilhéria com os pedágios do Alckmin e o Kotscho pulverizou nossos dois comentários ? Foi isso que aconteceu ? E eu xingando o Kotscho !!!! Peço desculpas, Kotscho. Voce não toma jeito, J Leite !!!!!!!

  8. Companheiro Kotscho
    Espero que o STF faça o que tem que ser feito, ou seja: um julgamento imparcial. Porque se levarmos em conta a mídia corporativista, todos oa acusados já estão condenados.
    A presidente Dilma, como sempre discreta e objetiva, continua no caminho certo, priorizando o povo brasileiro

  9. Caro Kotscho.
    Vamos render aqui, nossas homenagens ao governador Jaques Wagner da Bahia e do PT.O Jornal BRITÂNICO Financial Times publicou uma reportagem especial sobre políticas de saúde no mundo e incluiu a experiência brasileira de parcerias público-privadas entre os modelos analisados.
    A reportagem se refere ao Hospital do Subúrbio, em Salvador (Bahia), que em julho entrou em uma lista da consultoria KPMG dos projetos mais inovadores do mundo. Na avaliação do FT, o fato de o governador da Bahia, Jaques Wagner, ser “do estatista Partido dos Trabalhadores” e ter lançado a PPP do hospital com um evento na bolsa de valores, é “significativo” e representa que o setor está mudando. A UNIDADE, CONSTRUÍDA PELO GOVERNO MAS EQUIPADA E OPERADA PELO SETOR PRIVADO.
    “Para um político de esquerda no Brasil, poucas políticas são mais corajosas do que a de leiloar o direito de operar um hospital público”, afirmou o jornal.
    Isso sim é uma discussão que interessa ao povão.

  10. Bem que os jornalistas gostariam de que os assuntos que eles desejam comentados pela “opinião pública”, tivessesm eco nas ruas das principais cidades do País.Mas não é bem assim. Agora por exemplo, muitos desses profissionais andam bradando pelo
    Brasil a fora,que a tal “opinião pública” quer ver os “réus” do mensalão,na cadeia. Essa é uma das maiores falácias que já vi,em toda a minha vida. Sou dessas pessoas que adoram conversar nas filas de qualquer coisa – banco, supermercados, médicos, aeroportos,Previdência,e por aí,vai. Em todos os lugares,testo com as pessoas, sobre os assuntos do dia,semana e do mês.Ninguém,absolutamente ninguém,lembra do tal mensação criado pela mídia. E por falar em mensalão, por que a mídia pressiona Tóffoli para abster-se de votar, enão pressiona Gilmar Mendes, agora descoberto, com provas, que é um dos beneficiários do mensalão mineiro? E aí Kotscho,vai continuar pegando no pé de Tóffoli? E por que não, no de Gilmar?

  11. Caro companheiro Victor Hugo. Sou eu mesmo as 01:55. Só um esclarecimento. Eu já deixei claro muitas vêzes que, em minha opinião, Dilma está fazendo um bom governo (ou pelo menos tentando fazer) apesar do PT e da base aliada. Mais uma vez ela prova isso. Trabalha muito, escuta sua assessoria e toma decisões com muito bom senso. Eu imagino as dificuldades dela pra governar com seu partido e com sua base aliada. Como dizia um velho professor da USP na minha época: “Que Deus me proteja dos amigos pois dos inimigos cuido eu”. Quem governa respaldado por um partido como o PT e como os da base aliada, não precisa de oposição, pois já tem muita dor de cabeça. E a Dilma também deve ter uma tremenda dificuldade pra dormir com um barulho desses. Um abraço

  12. Caro Johnny, voce estava indo bem até chegar no trecho “Quem governa respaldado por um partido como o PT . . . .” e responder minha pergunta, Foi mesmo apenas um surto de bom senso. Passou. Em todo caso, parabéns, Johnny. //// Já o Velho, pra alivio de todos, continua o mesmo. Velho, parabens pro Jaques Wagner do PT e pro eleitor Petista que o elegeu. Pode aplaudir, Velho. A família Petista, penhorada, agradece. Boa noite a todos.

  13. Victor Hugo – 01/08/2012 – 19h43
    ”Velho, parabens pro Jaques Wagner do PT e pro eleitor Petista que o elegeu. Pode aplaudir, Velho. A família Petista, penhorada, agradece. Boa noite a todos.”
    Obrigado.
    A desestatização, como faz o Governador da Bahia, é sempre um alento, um sinal e uma luz no fim do túnel. Alegra-me, exatamente por ser executado pelo governo PT. No próximo mês será a vez do governo federal q entregará toda a malha viária à iniciativa privada. VIVAAAAAAAA.O Tarso, do RS, está na contra-mão E Ñ RENOVARÁ concessões. No RS já há oficinas de carroças e diligências sendo preparadas para produzirem veículos de tração animal pois o futuro da malha rodoviária estatizada levará os Gaúchos ao Século retrasado.

  14. Luiz Carlos Velho, não podemos ter uma mentalidade tacanha. Quando voto no PT ou em quem quer que seja faço-o na certeza de que priorizarão os pobre e menos favorecidos e de que melhorarão vida de todos. Exatamente por esse motivo, nem sob tortura ou mira de revólver, voto nesses inúteis e imprestáveis demotucanos, pois sua proposta foi, é e sempre será, tirar dos pobres e doar aos ricos. Voltando ao meu voto no PT, ao contrário de voce, tenho confiança e torço pra que dê bons resultados a decisão de Tarso Genro. Quanto a essa sua idéia estapafúrdia de carroças, diligências, cavalos, burros e jumentos. . . . . . . bem deixa pra lá (creditos pro Mr Chance – vide post posterior). Abração, Luiz.

  15. Prezado VH, Joseph Pulitzer, entre outras coisas, ficou conhecido (e não por acaso é o nome do maior prêmio jornalístico americano) por afirmar algo que vemos quase que diariamente aqui no Balaio na pessoa de Luiz Carlos Velho: “A cynical, mercenary, demagogic press will in time produce a people as base as itself – Uma imprensa cínica, mercenária e demagógica, com o tempo produzirá pessoas à sua imagem e semelhança”. Impossível não concordar com o Pulitzer ao ler qualquer post do Velho sobre qualquer assunto uma vez que ele não consegue deixar de apenas repassar o que lê na velha mídia. Abraços, garoto.

  16. Não Vitor Hugo. Não foi respostas a suas criticas o meu comentario que foi censurado. Foi um tema mais nobre. Recebo regularmente mensagem do governo federal no meu blog. Costumo responder as mensagens espondo ideias que se for util podem ser usadas pelo governo federal. Inclusive aquela ideia de constrir um corredor ferroviario moderno ligando o Sul, Sudeste e nordeste que voce ja conhece, postei no blog Dilma.com.br. Foi isso que e mais alguma coisa o meucomentario censurado.

  17. “EU” penso que a Sra.DILMA está certíssima em manter – se *bem longe* dessa historinha suja e sem graça nenhuma,afinal quando *ela* entrou no governo foi pos- mensalão.
    Essa história instalou – se no governo do Sr.LULA,acredito que dessa vêz *ela* vai manter – se hipoteticamente bem longe,claro que *alguem* vai deixá – la a par do assunto.
    “ELA” vai se meter *nesse saco cheio de gatinhos para sair arranhada?.

  18. J leite, fico feliz em saber disso. E quanto ao sua sugestão de construir ferrovias modernas ao invés do dispendioso trem bala, lembro de ter apoiado “a priori” e parabenizado voce naquela ocasião. Abração, J leite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *