Ao vencer prévias, Serra sofre sua maior derrota

Ao vencer prévias, Serra sofre sua maior derrota


José Serra vota nas prévias do PSDB neste domingo (25)/Foto: Thiago Teixeira/AE

Foi por muito pouco. No final da tarde deste domingo, ao ser anunciado o resultado oficial das prévias do PSDB para escolher seu candidato a prefeito de São Paulo, o ex-quase tudo José Serra ganhou a indicação do partido. Ganhou, mas, ao mesmo tempo, sofreu a maior derrota política da sua longa carreira de quase meio século.

Serra recebeu 52% dos votos dos militantes tucanos _ ou seja, quase metade do PSDB votou contra a sua candidatura a prefeito. A rejeição ao seu nome no próprio partido foi bem maior do que aquela apontada no eleitorado em geral: 30% de paulistanos não votariam em Serra segundo a última pesquisa divulgada pelo Datafolha.

Os surpreendentes 31% dos votos conquistados por José Anibal e outros 16% por Ricardo Tripoli mostraram que o PSDB entra rachado nesta disputa, apesar do apoio dado a Serra por todos os grandes caciques tucanos, a começar pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e pelo governador Geraldo Alckmin.

Todos foram vencedores e saíram derrotados das prévias do partido pelos militantes anônimos que contestaram a liderança dos velhos donos da sigla.

Dos 20,5 mil filiados aptos a votar, apenas 6,2 mil compareceram, o que mostra o desânimo nos arraiais do maior partido da oposição no plano federal e o mal estar provocado pela demora de Serra em se inscrever nas prévias, depois do prazo estabelecido pelo diretório municipal.

O ex-ministro, ex-prefeito, ex-governador e duas vezes candidato derrotado à presidência da República só aceitou entrar na disputa depois que o seu principal aliado, o prefeito Gilberto Kassab, do PSD, ameaçou fechar aliança com o PT de Lula.

Sem candidatos viáveis, ao ver ameaçada a hegemonia do PSDB em São Paulo, e a sua reeleição para governador em 2014, o governador Geraldo Alckmin acabou fazendo um apelo a Serra, seu detestável aliado, para ser pela quarta vez candidato a prefeito.

Agora, quem deve estar rindo à toa é o maior adversário de Serra dentro do PSDB, o senador mineiro Aécio Neves, que já teve seu nome lançado como candidato à presidência em 2014 por Fernando Henrique Cardoso.

Ao mesmo tempo, o susto que  o ex-governador levou para ganhar as prévias por placar tão apertado (ele esperava conquistar pelo menos 80% dos votos) reanimou as candidatura dos seus principais adversários, a começar por Fernando Haddad, do PT, que também enfrenta rejeição dentro do seu próprio partido, à espera da entrada de Lula na campanha.

As prévias do PSDB, que poderiam representar a grande alavanca para a campanha de José Serra, unindo o partido, acabaram tendo o efeito oposto, deixando em aberto qualquer previsão sobre a disputa paulistana.

Mais uma vez, embora entre na campanha como favorito, Serra corre o risco de perder para ele mesmo.

 

 

39 thoughts on “Ao vencer prévias, Serra sofre sua maior derrota

  1. …( falando sòzinho )…coitado do Zé Bolinha,
    …e agora Zé ???
    Que, o meio de campo embolô…
    …que o LULA sarô…
    …que o FHgá te largô…
    …e agora Zé ???
    …e agora ???

  2. Achei a matéria muito tendenciosa. Não deu a notícia de forma clara e sim, de uma forma a desqualificar a escolha, enaltecendo a suposta divisão do partido do candidato e os partidos que ele provavelmente encontrarão como adversários. Enfim, não gostei da maneira como foi divulgado a notícia.

  3. Estamos vivendo e vendo os extertores do final do outro braço que dizia ser contra a ditadura que se foi, o lado do faz de conta da história do tronco PMDB, do enganou e engana eleitor, da farça montada para esperar que o tempo por si só livrar os promotores desta descomunal história que levou muitas vidas inocentes, que derrotou heróis jogados em valas comuns, que levou consigo cérebros incríveis, jóias do pensamento ético, promessas de futuros melhores da nação. Sobrou o evidente, aquilo que estava de antemão preparado para os novos ensaios da enganação e o tempo, este grande desmistificador tratou de mostrar aos que olhos tem. O PSDB, o ramal da enganação do tronco PMDB, da dualidade antagonica do faz de conta dos idos de 1960 e perpetuou até agora, 2012. Que subiu nos palanques das diretas já e que mudou de estrategia deixando transparecer a verdade, jogou a máscara ao chão, entregou os bens da nação, enganou a população. Chega portanto ao fim, de modo melancólico quem foi à faculdade só para agitar e talvez espionar os verdadeiros heróis que sonhavam um Brasil melhor, uma nação que só agora se desvilhencia do passado tenebroso que ainda persiste em estar presente. O voto dos conscientes sem dúvida dará o cabo nesta figura que mais mal fez que bem e será esquecido como uma roupa surrada e fétida após um dia de trabalho largada no cesto para ser novamente lavada.

  4. São Paulo merecia lago melhor do que alguém que abandonou a confiança do eleitor por vezes. Penso ser triste o quadro eleitoral da capital paulista: Alguns candidatos impostos, outros mesmos oportunistas de sempre e Serra, que até algum tempo nem queria entrar na disputa.

  5. Concordo com o comentário do Edson Severino…na democracia é comum as prévias partidárias…grande exemplo estamos tendo nos EUA com as prévias do Partido Republicano! O resultado das prévias no PSDB paulistano deve ser respeitado pelos correligionários “derrotados” e alavancar a candidatura do “vencedor”. Assim deve ser em todos os partidos. Não vi nenhum representante da mídia se insurgir contra a pré-candidatura de Hadad IMPOSTA pelo ladrão-mor no PT contra a Senadora Suplicy.

  6. Prezado Ricardo,
    Acredito piamente que esta derrota tera sua continuidade nas eleições para Prefeito de São Paulo, no qual o povo paulistano sabera separar definitIvamente o JOIO DO TRIGO.zé serra nunca mais

  7. Nossa! que texto mais tendencioso, mesmo sendo petista e até hoje não me conformar com o a intromissão de lula nas prévias do partido, sua análise é de lascar. Se 52 x 31 é pouco, então já não sei mais o quanto vale. Porque desqualificam tudo, Dilma venceu o 1 turno por 46 contra 32 do Serra e 19 da Marina e ainda assim elevam o ego do lula e sua transferência de votos. Oras
    Não vi nenhum texto seu falando do dedaço do lula em SP, ao contrário descendo a lenha na Senadora Marta Suplicy por se manter alheia ao candidato que então flertava com Kassab
    Dilma venceu 2 turno por 56 x 43 e ainda sim comemoram como se fosse muito mais…..
    minha indignação e menos pelo texto e muito mais por não criticar as práticas que Lula vem adotando no PT e os caciques permitindo. Porque não deixou Marta disputar as prévias, será que lula conseguiria com seu apoio que Haddad vencesse? será que Haddad ganharia da Marta 90 por cento com o apoio do lula?
    Não sei o que acontece mas vejo Dilma rumo a direita, vejo o PT com um líder só, vejo o PT com o dedaço do lula passando por cima da militância, até tirar candidato à reeleição o PT quer tirar em alguns municípios na base do dedaço. Não sei em que isso anima o Haddad, ao contrário ele deveria é renunciar logo. Com Haddad na disputa o PT abre brecha para um terceira via e ele nem vai para o segundo turno.

    1. Sr. Alexandre,
      o leitor está enganado.
      Favor refazer as suas contas: os votos dos outros dois pré-candidatos somados chegam a quase 48%. Ou seja, quase metade dos militantes do PSDB que compareceram à prévia não votaram em Serra. Também não convem confundir rersultado de prévias partidárias com a de eleições presidenciais.
      Grato pela sua atenção,
      Ricsardo Kotscho

  8. Se de 20,5 mil votantes só 6,2 mil votaram então a derrota não foi tão grande assim sr Kotscho, agora se sua materia tendenciosa foi pra dar uma força aos outros partidos aí tudo bem.

  9. “Quanto tempo vai demorar para que alguém lance suspeitas sobre a legitimidade de Dilma Rousseff? Afinal, havia 124 milhões de eleitores no Brasil em 2010, e ela obteve “apenas” 55.752.529 — 44,9% dos votos. Entenderam? Nada menos de 55,1% dos brasileiros habilitados a votar NÃO VOTARAM NELA. Mas esse é o tipo de conta que não se faz com petista porque logo se lança a suspeita de que o analista é um golpista. Com um tucano, tudo bem! A sorte de Serra é que existem os eleitores.” Penso que o articulista deva também observar esses escritos ao analisar seu próprio artigo tendencioso em relação a eleição de Serra,para candidato do PSDB a prefeitura de São Paulo.Ou lhe falta coragem senhor Ricardo Kotscho???

  10. Sr. RK
    Nem com toda sua torcida o Haddad leva essa, já que é inexpressivo politicamente. Será que o Sr., como muitos que criticaram, não estão sentindo falta da Senadora Marta? Essa sim poderia fazer frente ao Serra. Mas a falta de democracia do PT impediu as prévias, ou foi o ex-Presidente que acha que pode tudo? Vamos ver o que acontece!

  11. Acredito que o resultado ja era de se esperar. Os cinco candidatos do PSDB que se inscreveram para as previas teriam condições de dar continuidade a boa administração que vem sendo feita em São Paulo. Não se deve interromper uma administração que está dando bom resultado. Exemplo é a vizinha cidade de Barueri que a trinta anos a administração da cidade alterna entre dois politicos devido ao grande avanço da cidade nos ultimos anos.

  12. Dicção certeira Kotscho, sobre os velhos caciques tucanos.
    Caciques que se acham demais.
    Que acham que são o Brasil.
    Que a cada dia, afundam mais e mais um partido que nasceu com credibilidade jamais vista na política brasileira; e tinha tudo para dar certo.
    De resto, a lamentar que o PSDB só está ficando para São Paulo, que com sua roda de caciques se prepara para aprontar mais outra.

  13. “Acredito que o resultado ja era de se esperar”

    Gran Circo PSDB… Palhaçada pura. E o vencedor não poderia ser outro que não o palhaço símbolo do tucanato paulista. Agora só falta o Papa dar o seu apoio…

  14. Que bobagem. Análise rasa e partidária. Quer dizer então que a Dilma obteve “apenas” 55.752.529 — 44,9% dos votos – já que tinham 124 milhões de eleitores em 2010? 55,1% dos outros não votaram nela. Sim, o Serra passou por uma prévia partidária, mas a matemática não muda. Ou a maravilhosa matemática petista é diferente??

  15. Olha, Dum, uma coisa é uma coisa, e outra coisa é outra coisa. Uma coisa são as eleições gerais para a presidência da República, e outra coisa são eleições entre 6 mil filiados de um partido. Sacou diferença?

  16. Fernando, em relação ao fator prévias para escolha de candidato de partido político, O PT está quites com o PSDB, pois Serra fez exatamente a mesma coisa quando da escolha de Serra, para enfrentar Dilma, em 2010. Coisas de democracia e de política

  17. Já consigo ver o título do artigo do Kotscho após a vitória de Serra no 1º turno: 48% dos paulistanos, aí incluídos os votos de todos os outros candidatos, os em branco, os nulos e os não votantes, não votaram no Serra. Lembra aquela antiga piada do locutor esportivo argentino narrando um empate entre Brasíl e Argentina: e o resultado é zero gols para o Brasil e zero golaços para a Argentina.

  18. Eu entendo de outra forma a vitoria de Çerra nas prévias. Esta sua vitória significa sim uma derrota porque se fosse dentro de uma eleição, estes seus opositores, aqueles que não votaram nele nas prévias poderiam votar num Chalita, num Hadad ou no Russomano e até no Netinho, ele, o Çerra, é claro, ficará mais pra perder que até ir para um segundo turno. Çerra não será sequer candidato de segundo turno e creio eu que ficará este segundo entre Chalita x Hadad ou Hadad x Russomano e na pior hipótese entre Chalita x Russomano. O PSDB e o PSD perderão a prefeitura da capital graças à péssima administração que inclusive se reflete sobra a estadual. Se Hadad não vencer, só de não termos mais PSDB na parada já é uma grande vitória porque estarão indo embora, para o lugar que lhes cabe. Para o novo prefeito a carta da manga para vitória para governador será o problema do transporte coletivo que só será resolvido se investir maçiçamente no metrô. Com ele acabaremos o sofrimento do trabalhador, do transito caótico da cidade, da poluição, das pistas dos corredores de onibus perigosas e que destroi ruas e avenidas, do desconforto de onibus lotados que dura dezenas de anos sem solução e até do lado psicológico do trabalhador que fica cansado mesmo antes de chegar ao trabalho por causa do transporte e sem contar na ameaça de pedágios dentro da cidade. O Hadad já disse que a sua prioridade é o metrô e para mim já começa bem indo no cerne da questão que o conduzirá a governador do estado sem problemas nenhum e até tucanos nele votarão.

  19. SENADOR DO PDT CHAMA DEMÓSTENES NA “CHINCHA”

    Simplesmente, constrangedor.

    Senador Pedro Taques (PDT/MT) cobra do senador Demóstenes Torres (DEM/GO) esclarecimentos sobre seu envolvimento com o bicheiro Carlinhos Cachoeira.

  20. Foi por muito pouco. No final da tarde daquele domingo, ao ser anunciado o resultado oficial das eleições presidenciais, a mãe do PAC Dilma ganhou a eleição. Ganhou, mas, ao mesmo tempo, sofreu a maior derrota política da sua curta carreira de quase um ano.

    Dilma recebeu 56% dos votos dos brasileiros _ ou seja, quase metade do país votou contra a sua candidatura a presidente. A rejeição ao seu nome no pleito foi bem maior do que aquela apontada segundo a última pesquisa divulgada pelo Datafolha.

    Os surpreendentes 44% dos votos conquistados por José Serra mostraram que o PT saiu arranhado nesta disputa, apesar do apoio dado a Dilma pelo maior cacique petista, o presidente Lula.

    Todos foram vencedores e saíram derrotados deste pleito pelos brasileiros anônimos que contestaram a liderança do velho dono da sigla.

    Dos 120 milhões filiados aptos a votar, apenas 100 milhões compareceram, o que mostra o desânimo no plano federal e o mal estar provocado pela insistência de Lula em enfiar goela abaixo o nome de sua ungida, sem consultar o diretório federal do partido.

    A ministra só aceitou entrar na disputa depois que o seu principal fiador, o presidente Lula, ameaçou detonar a todos.

    Sem candidatos viáveis, ao ver ameaçada a hegemonia do PT no Brasil, o presidente Lula acabou fazendo um apelo a Suplicy, seu detestável aliado, para desistir pela quarta vez de ser candidato a presidente.

    Agora, quem deve estar rindo à toa é o maior adversário de Lula dentro do campo governista, o governador Eduardo Campos, que já teve seu nome lançado como candidato à presidência em 2014 por Fernando Henrique Cardoso.

    Ao mesmo tempo, o susto que a ministra levou para ganhar as eleições por placar tão apertado (ela esperava conquistar pelo menos 60% dos votos no 1º turno) reanimou as futuras candidatura dos seus principais adversários, a começar por Eduardo Campos, do PSB, que também enfrenta rejeição dentro do governo, com uma possível traição à Lula.

    A eleição para o PT, que poderia representar a grande alavanca para o governo Dilma, unindo o partido, acabou tendo o efeito oposto, deixando em aberto qualquer previsão sobre a próxima disputa nacional.

    Mais uma vez,, embora entre na próxima campanha como favorito, Dilma corre o risco de perder para ela mesmo.

  21. A divisão entre 3, até onde sei, não é 50%, mas 33,3333333%.
    Quase metade do PSDB… depois só 6,2 mil de 20,5 mil filiados votaram? Se critica a qtd de eleitores que efetivamente votou, como pode afirmar que é metade do partido?
    Quem está rindo é o Haddad, que levará o PT a mais uma derrota em SP.

  22. Ricardo…o meu avô, quando via um “caba” numa situação semelhante, dizia:

    – É isto mesmo meu fii…é isto mesmo…

    O caba quando num presta
    Num tem cuma cunsertá
    Num se aproveita o que resta
    Nem há muito o que salvá
    È pegá o infiliz
    Abrir uma cova e interrá

    …meu avô tinha cada uma…

  23. Meu caro então de acordo com sua teoria podemos dizer que quando Dilma ganhou a eleição para presidente ela sofreu sua pior derrota política pois 51% dos brasileiros não votaram nela., também podemos afirmar que a mesma Dilma e o Fernando Haddad obtiveram sua maiores vitorias politicas ao serem escolhidos candidatos pelo dedaço do Coronel Lula

  24. Para conhecimento geral e reflexões, é bom avisar o que pensa o novo líder do governo no Senado sobre o caso Demóstenes Torres.“Eu não entendo até onde poderia se caracterizar a falta de decoro.” Disse o nobre do Amazonas: E mandou mais; ”Espero que esse processo não seja politizado e que, NÃO VÊ MOTIVOS para a abertura de processo por quebra de decoro contra o senador no Conselho de Ética.

    Tá ou não tá tudo dominado?
    Q

  25. KOTSCHO: Quem é mais “carudo”: o advogado ou o cliente???

    Do estadão.com.br

    “Demóstenes tem amizade com bicheiro por ‘questão de caráter’, diz advogado”

  26. Kakay, Cascata & Cachoeira

    É o novo Trio Parada Dura da política brasileira

    Eu quero que risque o meu nome da sua agenda
    Esqueça o meu telefone não me ligue mais
    Porque já estou cansado de ser o remédio
    Pra curar o seu tédio, quando seus amores não lhe satisfazem
    Cansei de ser o seu palhaço, fazer o que sempre quis
    Cansei de curar sua fossa, quando você não se sentia feliz
    Por isso é que decidi, o meu telefone cortar
    Você vai discar varias vezes, telefone mudo não pode chamar

  27. Caro Kotscho, ontem fiquei espantado como a mídia cobriu as prévias do PSDB. Até poderia pensar que o horário politico havia começado. Não digo que as tais previas não devessem ser noticiadas. Mas como notícia e não como propaganda eleitoral! O candidato fazendo o” V” de vitória, sendo abraçado por todos, com a midia mostrando o tucano (ave), o numero 45 (do PSDB), correligionários com camisetas do candidato, enfim tudo o que se vê num comicio eleitoral. Podem querer justificar o que quiserem mas, para mim, foi campanha eleitoral antecipada e fora da lei. Alguem poderá dizer – mas se fosse outro partido aconteceria a mesma coisa – possivelmente. Mas estou falando do fato real acontecido. Ontem vi propaganda eleitoral sob a pele de cobertura de prévias. E não concordo. Seja qual partido for. O mínimo que o TRE deveria fazer é dar o mesmo espaço para os demais candidatos com ou sem previas. Pelo menos seria mais justo.

  28. E o Luiz Carlos Veja, digo Velho, sempre tentando envolver o PT nas maracutaias do DEM, PSDB e PMDB. Parabéns, Vejão, digo Velhão. Que grande serviço voce presta ao povo brasileiro e ao aperfeiçoamento de nossa Democracia. E durma com um barulho desses !!!!!

  29. Nas próximas eleições paulistanas, me atrevo a antecipar o resultado:
    Mais votado Tiririca
    Segundo Russomano
    Terceiro Hadad
    Quarto Serra
    Querem apostar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *