A grande "novidade": Serra é candidato

A grande "novidade": Serra é candidato

Em tempo, às 17h39:

estava fazendo a revisão do texto abaixo, por volta das 15 horas, quando começou a chover e trovejar forte, ouvi uma explosão de transformador na rua, acabou a luz, o computador pifou, apagaram-se os semáforos e o trânsito virou uma sinfonia de buzinas.

Estava de volta a São Paulo, sem dúvida. Mesmo com três computadores em casa, dois deles movidos a bateria, não consegui conexão de internet em nenhum. Por este motivo, o blog foi publicado só agora, fora do horário habitual.

Para quem passou quase 24 horas em viagem, entre sair do hotel na Alemanha e entrar na minha casa, não foi uma recepção das mais camaradas…

Enfim, vida que segue.

***

Ora, ora, ora pois, quem diria… Mal acabei de chegar de volta à terrinha, o motorista do táxi que peguei em Cumbica me oferece o jornal, e qual é a única grande “novidade”?

José Serra é o candidato tucano à Prefeitura de São Paulo. Ou melhor, agora é candidato a candidato do PSDB, já que aceitou disputar as prévias do partido marcadas para o próximo domingo.

Dois pré-candidatos já desistiram _ Bruno Covas e Andrea Matarazzo, que estavam só guardando lugar para Serra _ e dois insistem na disputa _ José Anibal e Ricardo Trípoli.

O Brasil está ficando um país cada vez mais previsível _ o que não é necessariamente bom ou ruim. Para nós, jornalistas, que vivemos de contar novidades, trata-se de um problema, é verdade, mas a população parece estar gostando de acordar todos os dias do mesmo jeito que foi dormir ontem.

É bom, de um lado, porque vivemos num clima de estabilidade econômica, instituições democráticas em pleno funcionamento, liberdades públicas respeitadas e um mínimo de planejamento administrativo.

O lado negativo fica por conta do ainda e sempre pesado jogo político, com os mesmos personagens de sempre, os partidos preocupados unicamente em manter ou conquistar o poder, a qualquer preço.

“José Serra vem aí? É avolta da velha novela”, foi o título do último post que escrevi antes de viajar para a Alemanha na semana do Carnaval.

Naquele momento, já parecia claro que tinha dado certo a jogada do PSD do prefeito Gilberto Kadssab de se oferecer ao PT de Lula para obrigar Serra a ser candidato.

O texto premonitório terminava assim:

“Em conversa com tucanos, segundo o noticiário da Folha, Serra avaliou que seria um desastre para qualqur projeto do PSDB uma aliança entre o PT e o PSDB.

Ou seja, para evitar o desastre tucano, só tem um jeito de segurar Kassab: se Serra for o candidato a prefeito.

Ainda outro dia escrevi aqui que esta campanha eleitoral em São Paulo promete fortes emoções. Não percam os próximos capítulos. Estamos só no começo”.

Nesta manhã de segunda-feira, o primeiro dia verdadeiramente útil do ano, depois das férias e do Carnaval, com o trânsito todo parado, só deu Serra no noticiário das rádios.

Logo cedo, às nove da manhã, ele anunciou solenemente pelo Twitter, para mostrar que agora é um político moderno, em texto reproduzido pelos locutores:

“Sempre fui favorável às prévias para a escolha do candidato a prefeito do PSDB. E delas pretendo agora participar. Hoje comunicarei por escrito à direção do PSDB de São Paulo minha disposição de disputar a prefeitura de SP”.

Poucas semanas atrás, Serra também comunicou oficialmente ao PSDB, por intermédio de estafeta de confianças, que não aceitaria em hipótese alguma disputar mais uma vez as eleições paulistanas.

Por isso, foram programados debates entre os pré-candidatos e confirmadas as prévias. Sem aparecer em público nem dar declarações à imprensa, o ex-goverrnador só se manifestava pelo Twitter ou por seus seguidores mais fiéis.

Como tudo não passa de um grande teatro, que não chega mais a surpreender a platéria, é possível mesmo que o PSDB confirme as prévias para domingo e Serra saia de lá aclamado como candidato pelas “bases do partido”.

A política provinciana aqui em São Paulo anda de tal jeito que é preciso mesmo escrever as palavras entre aspas para não enganar o leitor.

Ou alguém pode imaginar que o prefeito Gilberto Kadssab estava sendo absolutamente verdadeiro, agindo por conta própria, sem combinar tudo antes com seu parceiro José Serra, ao “oferecer” o apoio do seu partido a Lula, até indicando o vice para compor a chapa do PT?

Era o mote de que Serra precisava para desistir de desistir da candidatura e ser candidato de novo. A decisão de Serra de partir para o sacrifício para evitar uma aliança do PSD com o PT, até animou os editoriais dos jornalões e de alguns jornaizinhos, mas não foi suficiente para entusiasmar o partido.

Na verdade, não enstusiasmou nem o próprio candidato, a julgar pela nota de Lauro Jardim publicada na revista Veja desta semana, sob o título “Clima de enterro”:

Duas semanas atrás, José Serra analisava com um interlocutor a possibilidade de candidatar-se à prefeitura de São Paulo. Comparou a eleição a um enterro: “É enterro, sim. A diferença é que, se eu ganhar, será um enterro com honras militares; se eu perder, será um enterro de indigente”.

Belíssima opção, como se vê. Ao dar uma olhada nos jornais da semana passada, vi que as cartas já estavam marcadas. “Serra decide concorrer à Prefeitura de São Paulo”, foi a mancherte da Folha de sábado, informando que o ex-governador aceitava disputar as prévias.

Para quem ainda tinha alguma dúvida sobre as motivações de Kassab ao barganhar apoio para o PT e o PSDB ao mesmo tempo, o vice-governador Guilherme Afif, um dos mentores da criação do PSD, deixou bem claro nesta segunda-feira:

“O PT sempre foi considerado uma terceira alternativa para o PSD. Eram as alternativas que não tínhamos. A primeira era a candidatura de José Serra. A segunda condição era a candidatura própria desde que tivéssemos tempo de televisão”.

Desta vez, ao que tudo indica, o feitiço se voltou contra o feiticeiro, e o mágico Lula, capaz de dar nó em pingo d’água na sua política de alianças, desta vez levou uma rasteira da dupla Serra-Kassab.

A não ser que aconteçam novas reviravoltas na novela, teremos este ano na eleição paulistana uma repetição da disputa entre Lula e Serra na campanha presidencial de 2002.

Com a diferença de que, agora, Serra é o candidato de Serra e o candidato de Lula chama-se  Fernando Haddad, que ainda não foi testado em eleições.

É verdade, também, que, em 2010, a candidata de Lula era Dilma Rousseff, sem experiência eleitoral anterior. E o tucano José Serra perdeu pela segunda vez uma disputa presidencial para o PT.

Façam suas apostas, caros leitores. O jogo está aberto. Quem se habilita?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

23 thoughts on “A grande "novidade": Serra é candidato

  1. A cada movimento do PSD e do Kassab mais eu me convenço de que realmente é um cavalo troiano. Os componentes do bojo deste cavalo são os salvos do afogamento do navio tucano que ainda está à deriva em pleno mar tempestuoso. O Serra terá pela frente duas eleições; a prévia dentro do seu partido afundando no seu próprio lamaçal ocasionado em grande parte por ele e depois entre os eleitores hávidos para lhe dar uma resposta à altura das suas traições. É um corredor polones para ele e se escapar do primeiro, certamente não escapará do segundo e sabem porque? Dentro do partido ele já tem mais inimigos que amigos e longe de se pensar ser o mais preparado, ele não é, porque tem mostrado mais despreparo em todos os niveis que preparo. Junto ao eleitor, ele já está desacreditado e não tem forças nem para ganhar do Celso Russomano e será um dos últimos colocados nas eleições. Sr. Serra, sobrou a única opção para o sr. DESISTIR e faça como os transeuntes antes de atravessar a rua; Pare, Pense e Fique, não avance porque na certa será atropelado e o veículo atropelador será da cor vermelha escrito nas portas PT dentro de uma estrela amarela para destacar pela cor. O kassab será derrotado pela primeira vez e de uma vez por todas e jamais será lembrado pelos eleitores. Este cavalo troiano será desmantelado antes mesmo de adentrar os muros PTistas e seus componentes dentro dele alojados, serão desmascarados.
    Caro amigo Kotscho, desejamos um feliz retorno à pátria mãe gentil e ao trabalho em prol da democracia e exclarecimento da nossa gente tão carente de boas informações. Esperamos que tenha muitas novidades do velho mundo para nos contar.

  2. perai perai! não vem agora Ricardo desdizer o que disse, você foi um dos tantos amigos de lula que desceu a lenha na senadora Marta Suplicy quando ela foi contra essa possível aliança. Foi a única no PT antever o que acontece agora.

    E mais ainda, esse negócio de dizer que lula e Dilma ganharam do Serra e tal não cola, de fato ganharam nacionalmente, mas perderam no estado e na capital paulista, sempre perderam, inclusive lula apoiando tanto marta ou mercadante. Parem com esse negócio de ficar dizendo ganhou e ganhou, isso não vai colar.

    Tanto perdeu aqui que deixou o Serra trazer o DEM para Sp, ou é mentira?
    Agora concordo Serra deu nó em lula, e pior Haddad vai ser questionado por que criticas Kassab se até ontem o queria como aliado? E agora?

    O que se percebe é que o PT esta com medo, sabem da força tucana, e Dilma não irá criticar kassab/alckimin ou vai? não vai?

    O PT sabe que levou um nó, que o PMDB não vai abrir mão do Chalita, que o PRB não vai abrir do Russomano, que Netinho não vai desistir e capaz de Haddad nem ir para o Segundo turno.

    Desdenharam, menosprezaram a senadora que queria o embate com Serra, sabem que quem derrotou o PSDB em SP foi somente Marta quando tirou o então ex candidato Geraldo Alckmin do segundo turno contra o kassab, mesmo ela perdendo depois.

    De fato, os caciques petistas não conhecem Sp

  3. Seria a maior DESGRAÇA para a cidade de São Paulo e principalmente para os moradores caso o José Serra (o papai sabe tudo) viesse a governar a cidade , principalmente que, o mesmo não tem palavra diz uma coisa e faz outra, por sinal é so ver o que ele (Serra) eo FHC fizeram quando desgovernaram o Pais, graças a Deus, surgiu o nosso eterno Presidente Lula, caso contrario hoje o Brasil, seria uma Grécia.

  4. Certo, Kotscho, você já tinha previsto com “É a volta da velha novela.” Mas o quadro não deixa de ser grave. Alexandre tem razão, desdenharam a senadora Marta, mesmo depois de dar o alerta em relação a Kassab com seu obvio jogo de cena junto ao PT que nele embarcou. E nessa ingenuidade em relação ao apoio de Kassab, nesse menosprezo a coerência, Lula e o partido comprometeram a candidatura Haddad. Jamais poderiam pensar em qualquer apoio do atual prefeito que deixa m uito a desejar. Mas o mais triste nisso tudo é ver no teu artigo, Kotscho, a eventual afirmação de Serra, segundo a coluna de Lauro Jardim: ” É enterro, sim. A diferença é que, se eu ganhar, será um enterro com honras militares; se eu perder, será um enterro de indigente”. Ou seja, fica evidente que o ex-ministro da saúde está movido mais pela vaidade, pela necessidade de estar em foco na politica e menos, bem menos em servir São Paulo como um bom administrador. A cidade precisa de energia e criatividade, não de mentirosos e conchavos. Vamos escolher aquele que se comprometa com planos concretos, com soluções que devem, precisam ser cobradas posteriormente. O PSDB perdeu uma boa oportunidade de oferecer sangue novo, energia. Paciência

  5. Politica a parte. É só formar tempo de chuva que falta energia, esta parecido com os anos 60?
    Bom a estrutura ainda é a mesma, mas o preço!!
    Acorda Anael.

  6. Boa noite Ricardo!
    Boa noite amigos balaieiros!

    Que bom que voltou Ricardo, isso aqui já estava muito parado.
    Concordo contigo 100% no parágrafo onde diz:
    “O lado negativo fica por conta do ainda e sempre pesado jogo político, com os mesmos personagens de sempre, os partidos preocupados unicamente em manter ou conquistar o poder, a qualquer preço.”
    Esse é o problema, parece não existir nenhum tipo de preocupação em atender realmente as necessidades da população, só querem mesmo é o poder, depois, vão tocando conforme dá.

    E a tal CPI da tal Privataria? Como andam os preparativos?

    Fico imaginando o quanto esses senhores e essas senhoras mentem e enganam os adversários e seus próprios pares quando da disputa de algum cargo. Atropelam tudo o que podem, imaginem o que fazem por, e pela, população.

    O negócio é ganhar a eleição, distribuir os cargos das diversas secretarias, agradar os “correligionários”, meter o pau na administração anterior, ou na oposição, e acima de tudo, ocupar espaços.

    Tudo bem, faz parte da democracia, faz parte do jogo.

    Só que eu, e pelo que vejo, muitos outros, resolvemos não aderir a esse tipo de jogo. Não nos moldes em que está se transformando.

    Questão de bom senso.

    Grande abraço!

    Robson de Oliveira

    http://ecoblog-blogeco.blogspot.com/

  7. Caríssimo Kotscho,o kassab e serra aplicaram um golpe de mestre no habilidoso lula ( modéstia a parte , eu escrevi sobre isso no seu post anterior). LULA deixou-se levar pela soberba , acreditando bem mais em sua inteligência do que na observação dos acontecimentos.
    Resumindo: o pt , antes de começar a campanha , já possui fraturas internas e a impossibilidade de fazer críticas ao kassab, afinal estavam ”namorando ” a poucos dias.

  8. Uma vergonha para São Paulo e seus eleitores. Um mentiroso burro, que mente por escrito, e que ainda não apresentou nenhuma explicação para a denúncia documentada de corrupção na Privataria, anunciado como candidato com toda pompa por esta mídia ordinária. Onde nós estamos? Os jornais de SP colocam-se ao lado, e dão suporte, de um candidato sem a menor envergadura moral e que desonrou seu próprio compromisso com os seus eleitores. Falência moral completa desta triste e lamentável cidade…

  9. Depende.

    Se o Lula estiver 100%, adeus Serra em SP e ACM Neto aquí em SSA-BA.

    Dessa vez não veremos aqueles e-mails apócrifos que só serviram para espalhar o terror e o medo entre os evangélicos e dividí-los.

    Que o Eterno, Infalível e Todo-Poderoso permita que o Lula esteja 100% para que o Serra e o ACM Neto tenham uma derrota retumbante nas urnas!

  10. Hetaaaaaaa SERRA a velha raposa sempre sabe oque faz.
    Vai lula fala mal agora do Kassab, não era voce que queria fazer aliança com ele?
    Serra rumo a vitória. heeeetaaaaaaaaa São Paulo querido.

  11. kassab e serra um trocado pelo outro não quero volta.
    politicos sem escrupulos, sem palavra.mentirosos tudo que tem de ruim.
    vcs. paulistas tem tudo na mão para expulsar estas 2 pragas do cenário politico.

  12. São Paulo, só tem a ganhar. Serra se já era o mais preparado para governar o país é um homem preparado para governar muito bem a cidade de São Paulo ,é um gestor público de eficiência comprovada ,não é miragem como Dilma que de suas promessas de campanha não cumpriu nenhuma.Exemplifico prometeu 6000 e poucas creches sabem quantas realizou ??Nenhuma.Prometeu UPAS sabe quantas realizou?? nenhuma.Prometeu 2 milhões de casas no minha casa minha vida sabem a quantas foram no ano passado não chegou a 100 mil,sabe quantos anos precisa para cumprir a promessa nesse ritmo, “22 anos”. É assim que a tão propalada gerente governa é assim são dados e fatos.Deus nos livre a querida São Paulo ser governada por Haddad não merece ser governada por quem reduziu o Enem a uma piada e acha que o Brasil ficará mais inteligente se as crianças pobres aprenderem que nós pega os peixe,um homem insano que tentou distribuir livros a crianças na escola ensinando que ser homo sexual é uma coisa linda,que louva Stalin um assassino frio de 25 millhões de russos ,pelo simples fato de discordarem dele.Nos paulistas gente de bem que produz e trabalha, sabemos discernir e Serra é o melhor.

  13. Srs, Alavaro e Tomires, nem precisam dizer, voces escaparam lá dos blogs “limpinhos” que prá nós é a podridão e o cúmulo da safadeza, oportunismo e vieram escrever aqui. Podem escrever o que quiserem que a turma daqui já está vacinada e sabemos que o que falam é coisa banal, sem nenhum argumento que valha a pena nem sequer ler. Me desculpem a sinceridade mas quando leio o que escrevem, logo me vem à cebeça que são troll ou empresários oportunistas ou ainda gente paga para defender os inimigos da nação, que gostam de tumultuar. Como eu disse várias vezes, tentei colocar os meus comentários no blogs “limpinhos” mas nem inseriram para ser apreciado pelos colegas de medo dos ergumentos. Pernas de paus como o reinaldo azevedo da revistinha inVeja, o Noblat, o Mainardi tremeram quando leram meus comentários e nem inseriram. O papo por lá são aqueles da elite safada e exploradora, conversa de nerds, de fashion, de happy hour sem função de melhora alguma para o país.
    Portanto perdem seu tempo de escrever asneiras por aqui porque o que nos interessa saber e divulgar é a Privataria Tucana, os desmandos do prefeito, das borrachadas aplicadas nos pobres do pinheirinho, nos professores mal remunerados e nos estudantes rejeitados por ser pobres lá da USP, dos mal feitos da administração tucana, da malandragem das difamações aos Ptistas com seu baixo palavreado de petralhas e coisas afins. As portas estarão sempre abertas prá voces escreverem o que quiserem porque temos muitos argumentos sobre os quais voces não sabem responder e porisso deduzimos ser troll, conversa àtoa para boi dormir. Viva Dilma, viva Lula os grandes presidentes que este país jamais viu e que tiraram o povo da miséria que os tucanos e asseclas plantaram e distribuíram as riquesas do povo com as vendas a troco de bananas das nossas empresas produtivas.

  14. …tem doido demais neste mundo, né não Ricardo ???
    Parece que o único prazer deste pobre homem, Zé Serra, é perder eleições para o Dr. LULA. É como um vício, enquanto não se sentir totalmente triturado por este, estará em busca deste prazer.
    Já tem psiquiatra estudando este tipo de paranóia, a Síndrome do Tucano Doido.

  15. …além da alta rejeição, ainda tem contra ele, os tucanos come quietos, que querem o ver definitivamente fora da política.
    Tem gente que é assim mesmo, por um minuto de prazer, perde a noção de tudo.
    O Ximbica, um amigo meu de adolecencia, era assim…por um minuto de prazer, um descuido de não ter dado corda no relógio, perdeu o que um homem mais tem de valor.

  16. Esta aí a oportunidade de provar que voces do pt podem ganhar em Sampa, se voces acham que Serra é isso ou aquilo pro lado ruím da coisa podem ter certeza que oportunidade melhor não terão.
    Este pais é livre e todos podem escrever onde bem quizerem, afinal democracia é isso.
    Dale Serra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *