Dilma decide trocar ministro das Cidades

Dilma decide trocar ministro das Cidades

Demorou, mas aconteceu o inevitável: na segunda-feira, antes de embarcar para uma viagem de três dias ao Caribe, a presidente Dilma Rousseff resolveu finalmente tirar Mário Negromonte do Ministério das Cidades, pelo conjunto da obra, e já comunicou a decisão ao presidente do PP, Francisco Dornelles.

O problema ainda é encontrar um substituto no partido de Paulo Maluf, o que não será fácil. O próprio Dornelles não quer mais saber de ser ministro (já o foi por três vezes). Dilma gostaria de promover a volta de Márcio Fortes, que o PP não quer, e Dilma não aceita o nome de Ciro Nogueira, do PP do Piauí.

Deve sobrar para Aguinaldo Ribeiro, da Paraíba, líder do PP na Câmara. O desenlace de Montenegro e a indicação do seu substituto estão previstos para quinta ou sexta-feira, quando Dilma retornar da viagem a Cuba e ao Haiti.

Desta forma, os novos lances da minirreforma ministerial ficaram mesmo para fevereiro, como previsto aqui no Balaio, quando da troca de Fernando Haddad por Aloizio Mercadante no Ministério da Educação.

Montenegro é o nono ministro a sair em pouco mais de um ano de governo Dilma. Quem serão os próximos?

O mais provável é que a presidente vá fazendo as trocas no varejo, atendendo às circunstâncias, e não de uma vez só, como a imprensa vinha anunciando desde o ano passado.

Nada de grandes surpresas. No Ministério do Trabalho, o PDT deverá indicar o substituto de Carlos Lupi, que deixou um interino em seu lugar e ontem reassumiu a presidência do partido. Dilma poderá escolher entre dois nomes sugeridos: Vieira da Cunha (RS) e o secretário-geral do partido, Manoel Dias. Deve escolher o gaúcho.

E ninguém fala mais nos nomes de Fernando Pimentel, do Desenvolvimento, e Fernando Bezerra, da Integração Nacional, os outros dois ministros que vinham balançando junto com Mário Negromonte no final de 2010.

A aparente calmaria da semana em Brasília pode acabar na quinta-feira, quando o Congresso reabre e Dilma vai encaminhar sua mensagem com os planos do governo para 2012.

Estão todos curiosos para saber como volta o PMDB do líder Henrique Eduardo Alves, que não gostou das trocas promovidas por Dilma no segundo escalão e ameaçou virar a mesa.

Na Câmara e no Senado, já estão protocolados requerimentos pedindo a convocação de Fernando Pimentel para explicar as suas consultorias em Minas Gerais. O líder tucano Álvaro Dias está todo animado com uma possível, mas improvável, rebelião no principal partido aliado do governo.

É a única chance de a oposição conseguir aprovar qualquer medida contra os interesses do governo no Congresso. Com a popularidade de Dilma nas alturas, será que alguém, além do impagável Álvaro Dias, ainda acredita nisso?

 

 

21 thoughts on “Dilma decide trocar ministro das Cidades

  1. Sei que política neste país é coisa do capeta, cujos parâmetros ninguém entende,(pelo menos eu que nunca fui). Acho que nossa Presidenta está conduzindo este país em nível de progressos. Porém, acho que ministros devem ser pessoas de confiança, honestos e principalmente, capacitados para exercer o cargo e não atrelados à partidos, pois, vai servir a pimeira mandatária do país, (a presidenta) e é deles a reponsabilidade do sucesso na gestão.

  2. Iniciativas “importantíssimas” que foram para a geladeira, como o trem-bala, até projetos prioritários como a construção de creches, que praticamente não saiu do papel, além do ritmo lento do Minha Casa, Minha Vida, como “exemplos de uma gestão confusa e ineficaz”, que deixam claro que “sua fama de boa gestora é só propaganda”. A entrega das creches “revela, se não o desinteresse, a incapacidade do governo, e a construção de casas vai aos trancos e barrancos. Mas, do outro lado, o BNDES repassou bilhões a grandes empresas, para iniciativas nem sempre prioritárias”.

  3. Saudoso tempo em que conheciamos de cor os nomes dos ministros e seus ministérios. Hoje isto é impossivel tanto um como outro. Dona Dilma não deve ser excessão. Com esse vai e vem, o troca-troca só piora a situação. Se bobear voltam o palocci, Zedirceu, etc. e tal.

  4. Dum, gostei desse seu comentário de 16h14. Mas quem não te conhece pode até pensar que voce é um “comuna” petista. Não acha melhor mudar o discurso ? Mas eu gostei. Ótima quarta-feira, Dum.

  5. Infelismente este é o único ministro demitido que concordo com a oposição; se ela teve algum mérito nesta dispensa. No momento em que mais ele foi preciso, ele falhou, não se fez presente e justamente não houve descaradamente corrupção e se ouve, ele foi corrompido justamente pela oposição. Porque? No minimo muitos não entenderão a razão. É que por ser ineficaz, este ministro, justamente na sua pasta a Das Cidades é que os tucanos e asseclas se beneficiaram e foi feita a pior injustiça, se assim a podemos classificar;- O depejo de Pinheirinho -. Com este despejo foi dado a um inadimplente com o fisco, uma oportunidade de reconquistar a área sobre a qual o devedor reouve-a sem merecer, se constituindo em um acontecimento sui-generis, um depejo em que até, se for comprovado, mortes de cidadãos aconteceu. Este despejo se sucedeu pela sua incapacidade, pela falta de atenção, se constituindo em desleixo da pasta, a Das Cidades criada exatamente para esta finalidade. Neste caso, não vejo nenhuma atribuição a oposição o motivo de corrupção, e se realmente existiu, foi acertada entre ele e esta oposição tucana que protegeu os intereses do tucanato, de um participante das suas hostes, uma espécie de proteção entre amigos. A presidenta Dilma, que delega a seus colaboradores os poderes e espera deles uma reciproca de confiança, está mais que certa ao demití-lo porque favoreceu a oposição. O que se ouviu sobre este ministério antes, durante e depois dos acontecimentos? Não foi movida uma palha sequer, não foi feito nenhuma ação para que antecipadamente pudesse interceptar esta ação nefasta, de arbitrariedade de um governador inconsequente que poderia gerar uma revolução. Aí está explicada a razão da sua demissão, sem que a presidenta fale nenhuma palavra sequer pois os fatos por si só denotaram a incapacidade, a falta de atenção e aplicação deste ministro com um problema afeito a sua pasta.

  6. Esta dificil encontrar um candidato no partido de Maluf. A que ponto chegamos. O PT escolher ministro no partido do Maluf. O nosso mais ferrenho adversario na epoca que o PT era partido dos trabalhadores. Hoje da nojo ver os aliados do PT. Todos aqueles que eram inimigo mortal do PT hoje são aliados do governo. Aliados? São uma infestação de carrapatos que sugam o sangue do governo e dos contribuintes.

  7. Dum, talvez você não saiba, mas, o programa de creches e o Minha Casa Minha Vida, dependem das participações dos prefeitos, e, em muitos casos, estes estão impossibilitados, ou mesmo, não se interessam em dar as suas colaborações.
    Este ano passado foram disponibilizados recursos para a construção de 15 CMEIS ( creches ), em nosso município, até agora, apenas cinco estão sendo licitados, pois o prefeito está encontrando dificuldades para disponibilizar áreas públicas para as demais implantações. Posso lhe afirmar que da parte do governo federal, não há nenhum obstáculo, os recursos já estão liberados.
    Sobre o Minha Casa Minha Vida, a construção de casas para os mais carentes, concordo com você, o governo federal tem que tomar uma atitude diferenciada.
    Fizeram aqui 22 mil inscrições, até agora foram entregues, nestes tres anos, apenas 320, para a faixa de até tres salarios mínimos. Com as regras estabelecidas, duvido que entreguem mais alguma em nossa cidade.
    10 mil poderiam ser feitas em um ano, se este programa, tivesse um outro gerenciamento, e outras regras.
    A Caixa tem que sair da sua operacionalização, banco só quer saber de pobre para pegar o seu dinheirinho.
    È preciso se criar uma linha direta entre o governo federal, e o beneficiário final, além de abrir alternativas para cada município.
    Tenho tentado, e acredito que outros também o tenham, fazer chegar sugestões à nossa presidenta, mas há muitas pedras no meio do caminho.

  8. LEio no Uol que a ong Justiça Global vai denunciar o Brasil à OEA e a ONU por grave violação dos direitos humanos no massacre do Pinheiro. Tem que denunciar mesmo, não pode ficar assim. Isto é uma vergonha para o Brasil, e a dna. Dilma vai responder, porque ela como presidente é a maior responsável. Jamais deveria ter deixado tal fato ocorrer.
    Vi também fotos de outros vítimas da barbárie : os animais dos moradores deixados para trás , são gatos, cachorros, passarinhos, cavalos amarrrados à carroças e até porcos nos chiqueiros sem àgua, comida, enfim uma maldade sem limites. Como um governo pode fazer isso, o governo que deveria ser o primeiro a proteger as vidas e as criaturas. Os filhos e os netos dos que fizeram isso, tem seus bichinhos, né ? E estão todos muito bem alimentados e abrigados. Por que fazem isso com as familias e animais de estimação dos pobres ?

  9. Ainda devem “rodar” mais uns 3 ou 4. Essa ciranda vai continuar até o final do 1o mandato com trocas e mais trocas de ministros pois nos partidos da base aliada (e também nos partidos da oposição) não existem grandes nomes para assumirem funções de gestores. A maioria dos nomes são especialistas em “surrupiar” recursos e não em gerenciar projetos. Infelizmente o Brasil é o país dos ladrões, sendo que os mais perigosos estão dentro do Poder Público e não nas favelas, guetos, cracolândia etc. Como costuma dizer um balaieiro que eu não consigo identificar nesse momento: “durma-se com um barulho desses”.

  10. Hahahaha…..o desgovergo Dilma vai de vento em proa. Sabia que iria ferver. E dai que é do Millenium, por acaso é mentira???????? A pérola da semana: “Direitos humanos não pode ser arma ideológica”. Como se o PT não fizesse isso!! Quem defende e alisa uma ditadura que tortura e mata não tem crédito no mundo. Nossa política externa continua patinando.

  11. Entre verdades e mentiras o Minha Casa, Minha Vida só vai sair do papel em São Paulo graças ao complemento de R$ 20 mil por unidade oferecido pelo governador Geraldo Alckmin às famílias de baixa renda. Sem a ajuda de São Paulo, o governo federal levaria 22 anos para atingir sua meta.

  12. É impressionante até onde pode chegar uma pessoa com ânsia, odio, determinismo e claro intuito de tentar o tempo todo denegrir a imagem de governos populares e avassaladoramente bem avaliados como esses (até agora) três do PT.
    Esse Dum é jornalista ??? E totalmente desinformado assim ???
    Fazem hoje 20 dias que o Estado de São Paulo finalmente aderiu ao Programa Minha Casa, Minha Vida do Governo Federal !!! Foi quando da recente visita da Presidenta Dilma ao nosso Estado e uma semana antes da barbárie do Pinheirinho !!!
    Antes disso, por pura mesquinharia política e confronto ideológico, os governadores Alckimim, Serra e Alckimim de novo NUNCA FIRMARAM CONVÊNIO com o Minha Casa, Minha Vida !!!
    Só agora que a piaba inchou, Geraldo Alckimim resolveu aderir !!!
    Ô DUM !!!
    Tirando os “célebres intelectuais” do assombroso ( ou seria assombrado ??? ) Instituto Millennium, tais quais, Armínio Fraga, Helio Beltrão, João Roberto Marinho, Nelson Sirotsky, Roberto Civita, Roberto Mesquita, Salim Mattar, Gustavo Franco e um mais um bando de assemelhados e ainda tendo como “mantenedor” da entidade um tal de “Movimento Endireita Brasil’ , quem mais acha que os todos males do mundo são por culpa de Cuba ???
    Somente mentes obtusas quanto a tua !!!

  13. Sabe Kotscho, esta semana estive preocupado raciocinando sobre o problema do despejo do Pinheirinho o PIG e a sua implicação com a segurança da população brasileira, enfim, com a segurança nacional. Descobri que estivemos expostos um perigo danado de uma convulsão social e graças a Deus e a presença de espírito dos governantes federais que adotaram aquela máxima da turma brasileira, “deixa prá lá”. Já pensaram por acaso se aquela pessoa representante do governo federal que estava lá no Pinheirinho negociando com os moradores acompanhado ou acessorado por uma viatura da policia federal, fosse do tipo esquentadinho? Dizem que inclusive ele conversou com oficiais da PM e foi destratado ao interpelar sobre a intenção da ocupação e recebeu a resposta do oficial que mandasse a presidenta ir falar com ele. Se o cara fosse esquentadinho, como disse, imediatamente teria telefonado para o comando da Policia Federal pedindo reforços por desobediencia das suas ordens? Pronto, a meleca já teria acontecido e o Pinheirinho seria transformado numa autêntica praça de guerra, ainda mais com uma juiza estadual mandando interver com autorização superior mesmo que ouvesse intromissão federal. Cheguei a conclusão que devemos agradecer a este senhor, que infelismente não lembro seu nome, pelo tremendo sangue frio mesmo tendo ordens federais, nesta hora contornou a situação tomando a deliberação de não intervenção no despejo. Por outro lado vejo a inconsequencia a iresponsabilidade do juiz estadual e do governador Alckmim autorizando a invasão de qualquer forma. O representante estava com uma liminar federal nas mãos além do distintivo comprovando que era visita oficial a mando do governo e mesmo assim foi distratado. Pra mim aconteceu alguma coisa, alguma ordem para não intervir senão o bicho ia pegar feio, seria o começo da primavera brasileira tal qual aconteceu lá no Oriente Médio na Libia, no Egito e ameaças nos países Siria e Irã. Deve haver interesses excusos de país estrangeiro nesta história toda querendo destruir o que foi feito até agora no Brasil em termos de avanço e progresso economico fomentando uma revolução interna já que temos dinheiro de sobra para transformar o país numa potencia mundial tão forte militarmente como uma Russia ou China e não querem esta hipótese de ter mais um “monstro” aos seus pés ameaçando-o como influente nas Américas. Eu penso que esta nação influente, já por ganancia transferiu grande parte de seu parque fabril para a China e países asiáticos justamente por estarem do outro lado do mundo não se transformando em um perigo potencial aos seus interesses pela distancia. Mas um vizinho poderoso a coisa é diferente e o perigo é real. Nosso país já era para estar há muito tempo, no seu devido lugar como nação poderosa economica e militar mas houve sempre “alguém” que procurou miná-lo, enfraquecê-lo justamente para não correr este risco potencial. Esta nação é hipócrita, finge ser amiga mas atraz da sua pretensa amizade acha que devemos ser uma nação como o Haiti ou outra nação sem direitos a ter uma vida feliz porque por serem belicosos não aceitam concorrencia ainda mais sendo vizinhos. A Presidenta, na entrevista dada lá em Cuba já deu seu veredito que o Brasil não tem preconceito e gaba-se de ter uma amizade com seus vizinhos há mais de 150 anos e tudo fará para as Américas do Sul e Central cresçam, evoluam economicamente e o Brasil dará suporte economico e financeiro e isso gera ciumes e medo. Não sabemos até que ponto há a interferencia estrangeira, inclusive infiltração de espiões mas tudo leva a crer que “AÍ….TEM…. coisas que até santo desconfia. Devemos ter muito cuidado com um outro 1964 ou ainda mais uns 20 anos de….pai afaste de mim este cále-se lembrando a música do Chico Buarque de Holanda.

  14. O maior desastre natural do país, ocorrido em janeiro de 2011 na região serrana do Rio de Janeiro acumulou o maior lote de promessas. Poucas saíram do papel e muitas foram apenas parcialmente cumpridas: Exatamente um ano depois da tragédia que deixou 918 mortos e 8.900 desabrigados na Região Serrana do Rio, O GOVERNO NÃO CONSEGUIU ENTREGAR NENHUMA— É ISSO MESMO, NENHUMA— DAS 5 MIL CASAS PROMETIDAS PARA AS VÍTIMAS DAQUELA TRAGÉDIA INESQUECÍVEL. E, no campo das promessas , espera-se que as primeiras unidades só deverão ser concluídas a partir de março. MAS A MAIORIA SÓ FICARÁ PRONTA —SE FICAR— EM 2013. Para mitigar o problema, o governo prometeu pagar aluguel social a 7.372 famílias até o fim de 2012. No entanto, muitas das famílias beneficiadas voltaram para as casas interditadas pela Defesa Civil , uma vez que nada receberam.
    É isso.
    Nem com quase 1000 mortos a coisa anda!!!

  15. Ô Dum, que vergonha !!!!! Eu pensando que seu comentário cobrando mais agilidade nos investimentos na área social e criticando ajuda a grandes empresários era de sua lavra, mas nada mais são que copiei/colei do Instututo Milenium ? É como diz o ditado: “De onde menos se espera é que não sai nada mesmo !!!!” Que dureza, Dum !!!! Ainda assim, apesar do vexame, desejo a voce uma ótima quinta-feira. Que comédia, Dum !!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *