Por que Datafolha esconde líder da pesquisa em SP?

Por que Datafolha esconde líder da pesquisa em SP?

Há modos e modos de se divulgar os resultados de uma pesquisa. Cada um escolhe o que mais lhe convém. Como nas decisões judiciais, convencionou-se dizer que critérios editoriais não se discutem, em nome do direito sagrado da liberdade de imprensa.

Tudo bem, mas também não é preciso exagerar nem achar que ninguém vai perceber a manipulação.

“Disputa pela prefeitura segue estável, diz Datafolha”, informa o título da matéria publicada pelo jornal do mesmo nome no último domingo (29). O subtítulo acrescenta que “Maioria dos paulistanos desconhece os principais nomes à sucessão municipal”.

O principal destaque do texto é sobre um não candidato: Serra é o tucano mais bem posicionado, mas possui rejeição alta e tem dito ao partido que não é candidato.

E daí? Até este ponto, o leitor ainda não foi informado quem é o líder na pesquisa sobre a disputa eleitoral na maior cidade do país. Este detalhe só vai aparecer no terceiro parágrafo da matéria assinada por Uirá Machado de uma forma bem enigmática:

“Um dos que apresentam melhor desempenho continua sendo Celso Russomanno (PRB), que oscila de 17% a 21 % e lidera quatro dos cinco cenários pesquisados”.

Quais são estes cenários? Os leitores da Folha não têm o direito de saber? Deve ter sido a primeira vez, desde a criação do instituto, em 1983, que o jornal publica uma pesquisa sobre intenções de voto sem nenhum gráfico mostrando os resultados nos diferentes cenários possíveis.

Ao lado da matéria publicada discretamente na dobra inferior da página A8, aparecem apenas duas tabelas com o grau de conhecimento e o índice de rejeição dos 14 candidatos pesquisados, além da “força dos padrinhos” (49% votariam num candidato apoiado por Lula e 34% pela presidente Dilma).

Aos mais curiosos, o jornal explica: “No único quadro que Russomanno não lidera, ele fica atrás apenas de José Serra (PSDB), que aparece com 21%. O tucano, porém, tem dito a seu partido que não quer concorrer à prefeitura”.

Tem dito, não. Serra comunicou oficialmente ao PSDB, na semana passada, antes que os pesquisadores fossem a campo, que está fora da disputa eleitoral deste ano.

Um dos motivos é seu alto índice de rejeição, que oscilou de 35% em dezembro para 33% agora. Só é menor que o de Netinho de Paula (PCdoB), que foi de 32% para 35%.

Abaixo de Russomanno, se a disputa segue estável, conclui-se que surgem os candidatos Netinho de Paula e Soninha (PPS), cujo nome nem foi mencionado na matéria. Os nomes do candidato do PT, Fernando Haddad, e dos pré-candidatos do PSDB (Bruno Covas, José Anibal, Ricardo Tripoli e Andrea Matarazzo) continuam patinando na faixa de um dígito.

O único que cresceu, dentro da margem de erro, segundo o Datafolha, foi Gabriel Chalita, do PMDB, cujos índices variam entre 5% e 9% das intenções de voto.

Na análise do diretor geral do Datafolha, Mauro Paulino, publicada junto com a matéria da pesquisa, sequer é mencionado o nome de Celso Russomanno. É verdade que a eleição só acontece daqui a oito meses, e tudo pode mudar, mas se a pesquisa não serve para nada agora, melhor seria não publicá-la.

Sem novidades sobre a eleição municipal, a Folha preferiu dar em manchete outra pesquisa, mostrando que “Polícia na cracolândia é aprovada por 82% em SP”.

Principal tema da disputa entre PT e PSDB até agora, com os dois principais partidos se atacando mutuamente em torno desta questão, a ação policial na Cracolândia ainda não mostrou efeitos na disputa eleitoral.

Nem que fosse por curiosidade, os editores da Folha poderiam ter dado um Google para informar aos seus leitores quem é, afinal este Celso Russomanno, que lidera as suas pesquisas desde dezembro.

Celso Ubirajara Russomanno, 56 anos, é advogado e jornalista que se tornou conhecido quando apresentava um quadro no programa Aqui Agora, no SBT. Participa atualmente do programa Balanço Geral, da TV Record.

Deputado federal por quatro mandatos, destacou-se na área de defesa do consumidor. Começou no PFL, mudou para o PSDB, passou pelo PPB e estava no PP de Paulo Maluf, antes de se transferir para o PRB no ano passado. Em 2010, disputou a eleição para governador pelo PP e ficou em terceiro lugar.

Leia mais: Celso Russomanno lidera intenção de voto para prefeito de São Paulo

Veja mais:

+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!
+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

47 comentários em “Por que Datafolha esconde líder da pesquisa em SP?

  1. Texto tendencioso. É impossível que você não tenha entendido os resultados da pesquisa. Releia. Você já esteve vem melhor, heim blogueiro.
    Abraços.

  2. texto tendencioso sim. E o por que da não divulgação do gráfico, o nome do primeiro colocado( Celso Russomanno (PRB)) aparece no terceiro parágrafo da matéria do cujo jornal e o nome do serra é destaque por que? Todo mundo sabe que o grupo folha é tucano por natureza, sem trocadilho é claro. Cadê a imparcialidade de um jornal que se diz tão grande. Lamentável.

  3. Quem está sendo tendenciosa é a Folha na maneira como in forma a pesquisa: de forma confusa, não destacando o resultado positivo de Russomano e omitindo Soninha. Hoje, esse viés tendencioso ganha visivbilidade na notícia sobre a pesquisa em torno da gestão Kassab: a Folha destaca os 22% de aprovação e dissimula ou tenta esconder a rejeição à Kassab, acentuada pelo Estadão (mais de 40%).Independente de se gostar desse ou daquele candidato, a Folha volta a fazer um jornalismo partidário e que se afasta da procura da procura de objetividade, de imparcialidade. Muito triste. É bom, Kotscho, você apontar esses deslizes da mídia.

  4. …se 49% votam no candidato do Dr. LULA, então o Haddad é o primeiro da pesquisa e ganha no primeiro turno…né não ???

    …( falando sòzinho )…este PIG num tem jeito…ô povinho vagabundo !!!

  5. Se fôsse O Globo, acho que seria pelo “Russo”.
    Se fôsse o Estadão, certamente pelo “mano”, sem tradição alguma.
    Sendo a Folha, na certa por estar fora do contexto, desejado pelo OFF.

  6. Em outros posts falo do Celso Russomano, e o que o curioso, antes mesmo de sair a primeira pesquisa, e quanto Lula tirou sob pressão Marta Suplicy, logo me veio Russomano na cabeça, e conheço outros Martistas que irão votar em Russomano, então a pesquisa não é uma fraude é uma tendência que não pode ser ignorada. Lula irá conseguir migrar os votos da Marta para Russomano e Netinho. Outra coisa, estive no comicio de Dilma nas eleições e lá estava Russomano ao lado De Marta pedindo voto a senadora e tinham até ideias semelhantes, ao contrário do Mercadante quando candidato ao governo. Então o líder na pesquisa tem uma visão muito mais de Sp do que Haddad. Pena que o Pt se rebaixou a lula. E olha que lula queria Ciro Gomes governador de SP, como venho dizendo Sp não é o quintal do Pt, nem Ciro nem Haddad, o nome era Marta.

  7. O grande lance é o seguinte, primeiramtne nunca fui entrevistado por esses “pseudo-entrevistadores” e outra coisa, não tem que falar sobre rejeição ou indicação, tem que ser dito na intenção de votos. E para isso tem que ser mencionado todos os candidatos que ja se efetivaram a disputa da Prefeitura, no caso Russomano, Chalita, Soninha, Netinho e Haddad … se o PSDB ainda não colocou o seu pre-candidato não entra nesta primeira lista, é simples … Será que não mostram a liderança do Russomano (ótimo político) por ele não ser nem do PT, PMDB ou PSDB … pelo fato dele ser do minúsculo PRB!!? Estranho isso né!?

  8. Não consigo esquecer da disputa para governador em que o Celso Russomano participou e num dos debates, me parece o último ele se dirigiu ao Sr. Geraldo Alckimim e insinuou chamá-lo pelo apelido de Picolé de chuchú e este respondeu que respeito é bom e gosta de ser respeitado. Mas ele teve um brilho danado naquela disputa e se fosse eleito não teríamos estes problemas com os alunos da USP, com os usuários de crack e até pinheirinho seria muito melhor resolvido sem citar os problemas graves dos pedágios e taxa de inspeção veicular porque ele usa o fator do acerto de ambas as partes, como fazia nas negociações de reclamações dos consumidores. Quantas pendengas ele mediou na Tv entre vendedores e consumidores e sempre usava do entendimento entre as partes. Acho este método maravilhoso de negociar porque se resolve sem ter mágoas nem racalques e todos ficam bem. Usando deste método ele abrirá um canal de negociações entre os munícipes e a prefeitura que com o Kassab não existe. Realmente, não sendo candidatos do PPS, PSDB, PSD e Dem., São Paulo estará bem servida e as chances serão mil vezes melhores do que estes que estão aí, inclusive no governo estadual. Eu acredito que o povo vai fazer uma devassa neste ano na prefeitura e nos dois seguintes será a vez do governo estadual onde sem dúvida haverá nova limpeza. Já chega, são quase 20 anos de ditadura, quase 20 anos de canga nos pescoços do povo incauto e sem memória que sempre deram seus votos a troco de dentaduras, de remédios, de uniformes para times de futebol e outras quirelas.

  9. Caro Kotscho
    É como fazem os partidos, omitem oa resultados negativos do seu candidato e tentam transforma-los em coisa boa.
    A Folha, que compõe o Partido da Imprensa Golpista ( PIG ) é de todos o mais tucano dos seus componetes. Globo, Estadão e Editora Abril são somente anti-petistas.
    A Folha é um panfleto do PSDB !!!
    A Folha é tucana e “serrista”. O seu dono ( Otavinho ) já contou até em editorial que o pai antes de morrer lhe recomendara ajudar sempre o ex-funcionário e ex-articulista do ex-jornal, José Serra. E o filho cumpre à risca !!!

  10. “Na minha *opinião qualquer um que seja eleito,é trocar 6 por meia dúzia*,*até agora nenhum desses candidatos me animam,inclusive o candidato que retirou – se do páreo* e que vive fazendo *juras eternas de cumprir o mandato até o final,mas…*

  11. Eu sou fã da politica do PT, sou fã do Lula e da Dilma presidente e só voto neles sem pestanejar e desde já dou meu voto ao Fernando Hadad e nem é pela indicação do Lula mas pelo que ele fez na pasta da Educação. Para mim mais vale os feitos realizados pela força do trabalho, pela aplicação que indicação. O Ministro Fernando Hadad é um candidato com perfil para realizar o que São Paulo precisa porque tem antecedentes mais que comprobatórios da sua ação. O Russomano não é mau canditado e para mim se ele fosse o vice do Hadad seria uma dupla imbatível e São Paulo alcançaria a evolução desejada e eles dariam um fim nos candidatos dos partidos da oposição, seria como uma extrema unção no PSDB, PSD, PPS, eles estariam alijados da politica de uma vez por todas. Mas como isto não é possivel, vamos ter que decidir, ou um ou outro mas de qualquer forma não sendo dos usurpadores que aí estão, já está muito melhor. Depois disto eu só penso no posto de governador, este sim precisa ser destronado porque já estão com quase 20 anos ditando normas no governo que são ineficazes e não fazem nada que favoreça o povo de uma forma geral, são fracos, incoerentes, arrogantes e ditadores.

  12. SÃO PAULO 30 DE JANEIRO GLOBO EGOTO NÃO ESPERO QUE NÃO SEJA NUCA MAIS MEU VOTO E DE SELSO RUSSOMANO E TODA MINHA FAMILIA GATO CAXORRO PAPAGOIO E DE SELSO ROSSOMANO

  13. Apenas wishful thinking, nada mais. Sou cético em relação ao Russomano. O jogo ainda não começou, os players ainda nem entraram em aquecimento, aliás, ainda falta a definição de alguns. O jogo é pesado e o Haddad tem a vantagem de ter o Lula, a Dilma e a máquina do governo federal a seu favor. O Lula, não é bobo, sabe muito bem o que está fazendo. O foco é São Paulo, por isso, está entrando de corpo e alma, não vai vacilar. Acredito que a estratégia é ganhar o governo municipal e depois o estadual. E se isso acontecer acaba o PSDB

  14. Caro, Kotscho, me desculpe, mas voce falou, falou, falou, falou… e nao falou nada. Tem jornalista que vive de informação, e outros, de polêmica. Voce, pelo jeito, quer fazer parte da segunda turma. Perdi meu tempo lendo esse texto sem nada a acrescentar.

  15. Com raríssimas exceções, os comentários políticos diários de pelo menos em uns dez dos maiores blogs, especialmente daqueles postados nos sites dos chamados “jornalões” (no pejorativo mesmo), são verdadeiras picuinhas. Ninguém mais faz algum comentário ponderado, abalizado e de conteúdo plausível.Todos estão mais para o que eu denomino de “arma barraco”. É um tal de instigar opositores políticos para se criar “crises”, que chega a dar dó, a falta absoluta de assunto por parte dos jornalistas. De quem é a culpa? Acho que dos meus amados Lula e Dilma, que engoliram todo mundo. Como para jornalistas, se não tiver notícia, eles inventam, a criação de barracos são as únicas suas soluções. É uma lástima!

  16. Belíssima postagem Kotscho. Só os alienados e fanáticos pelo Privata do caribe José Serra, acham que você não falou nada ou é um jornalista que vive de polêmica. Nós, seus leitores inteligentes e politizados, entendemos que sua postagem é pertinente e adequada, além de desmascarar a falta de vergonha da Folha de São Paulo, que não se cansa em fazer propaganda política para candidatos do PSDB.
    Que bom que ainda temos jornalistas sérios e que não se vendem. Parabéns!

  17. Rachado, ninho tucano paulista entra em crise. O que não impede FHC de emitir recados diretos, especialmente contra Serra. “A minha cota de Serra deu. Ele foi duas vezes meu ministro, duas vezes candidato a presidente, candidato a governador e a prefeito. Chega, não tenho mais paciência com ele”, confessou o ex-presidente da República a pelo menos dois interlocutores, semanas antes da famosa entrevista à revista The Economist, na qual aponta Aécio Neves como candidato natural do PSDB à campanha presidencial de 2014. … Leia mais: http://clippingmp.planejamento.gov.br/cadastros/noticias/2012/1/29/rachado-ninho-tucano-paulista-entra-em-crise

  18. O mais grave foi na Folha.com

    Aparecia vários gráficos, com uma escala bem distorcida para dar a impressão que todos estavão embolados…

    E o pior: só aparecia a caricatura dos candidatos do PSDB.

    Ou seja, eles fizeram simulações com 5 tucanos e quando mudava-se a simulação só apareciam os tucanos.

    Patético!

  19. Lula tem projeto de poder. E esse projeto de domínio passa por SP. Eles não estão preocupados com o município, com as pessoas. Querem subir esse degrau para chegarem ao Palácio dos Bandeirantes. O povo paulistano? Que se lixe. Assim pensa o PT do Haddad, o PMDB do Chalita. O município de São Paulo será usado mais uma vez se os mesmos partidos de sempre assumirem a prefeitura. É isso que vcs querem? Eu não.

  20. Isso é mais uma ação do monopólio que liderou o País durante mt tempo e quer voltar a qualquer custo e não aceita perder o que ainda acha que tem. Mas o povo não é mais burro de cair nessa

  21. Já que a imprensa não divulga, cabe aos seus leitores e telespectadores divulgar.
    Acabo de ler em um blog que informou que um Material distribuído por professora da rede pública a alunos associava a cor negra ao demônio; indenização será de R$ 54 mil a família que se sentiu atingida.
    O governo paulista foi condenado por disseminar o medo e a discriminação racial dentro de sala de aula. A decisão é do Tribunal de Justiça que deu uma “dura” no poder público e condenou o Estado a pagar indenização de R$ 54 mil a uma família negra. De acordo com a corte de Justiça, a escola deve ser um ambiente de pluralidade e não de intolerância racial.
    O Estado quedou-se calado e não recorreu da decisão como é comum em processos sobre dano moral. O juiz Marcos de Lima Porta, da 5ª Vara da Fazenda Pública, a quem cabe efetivar a decisão judicial e garantir o pagamento da indenização, deu prazo até 5 de abril para que o Estado dê início à execução da sentença.
    O caso ocorreu na capital do Estado mais rico da Federação e num país que preza o Estado Democrático de Direito instituído há quase 24 anos pela Constituição Federal de 1988. Uma professora da 2ª série do ensino fundamental, de uma escola estadual pública, distribuiu material pedagógico supostamente discriminatório em relação aos negros.

  22. Os dados colhidos pelo Datafolha só são claramente interpretados e divulgados quando atendem aos “anseios” de Otavinho e Luizinho. Quando não atendem acontece o que voce narrou. Foi-se o tempo que a Folha de SP era um bom jornal. Neutro, crítico, composto por jornalistas de visão imparcial, a despeito de suas ideologias. Hoje a Folha de SP é uma caricatura do passado. Sem expressar com palavras claras quem são seus candidatos(como fez o Estadão nas últimas eleições presidenciais) ainda tem a desfaçatez de passar um atestado de idiotice a seus leitores apresentando análises como essa objeto de seu post. Saudades da época em que jornalistas independentes e imparciais comandavam as redações dos grandes jornais. Isso já acabou há tempos.

  23. Boa noite Ricardo!
    Boa noite amigos balaieiros!

    O que??? Pesquisas? de novo? e…já???
    Essa é a ciência mais “inexata” em que se pode “não confiar”. Depois, a turma do “oba oba” fica com o nariz vermelho e fungando pelo chão como se o mundo tivesse acabado.
    Não seria melhor, e muito mais civilizado esperar pela abertura dos dados eletrônicos da urna antes de ficarmos aqui tentando acertar os mastros partidários nas cabeças daqueles que ainda acreditam nessas “ciências ocultas”????
    O que dizem os búzios? Os “orixás”? As previsões das cartomantes?

    Desculpe Ricardo, mas esse assunto de pesquisas enche o saco, além de fornecer combustível inflamável para teorias conspiratórias desvairadas.
    …e encher a bola do “russo”…”O mano””

    Robson de Oliveira

    http://ecoblog-blogeco.blogspot.com/

  24. Eu e todo o povo paulistano queremos saber quem lidera sim ( de verdade ) a pesquisa , não especulações de alguns!!!
    Pra mim Celso parece o melhor candidato!!! Temos que parar com esse círculo vicioso em que se encontra São Paulo, em que o poder gira em torno das mesmas pessoas : VAMOS MUDARRRR. CELSO NA CABEÇA !!!

  25. O erro dos pesquisadores é não incluir tambem o nome da Marta Suplici nas pesquisas. Ela liderava as pesquisas. Inclusive a frente de José Serra. Votar no Haddad é só mesmo para aqueles que não gostam de São Paulo. Na pesquisa atual quem está na liderança é o Serra. Ele ainda pode ser candidato.

  26. E por que a Folha não fez uma pesquisa para saber também o que o povo acha da ação bárbara do Pinheirinho ?
    Ou será que fez e o povo condenou maciçamente a ação da policia do Alckmin e que o dono da Folha ( e demais jornais , supunho) apoiou e por isso não publicou ?
    Eu sempre digo que mais do que a censura o pior da mídia é a auto-censura. Ou seja, não é o que ela diz que devemos prestar atenção, mas o que ela esconde.

  27. Olha, com todo respeito mas nao creo que datafolha esteja beneficiando alguem, tenho certeza que quando o lider realmente mudar eles irao publicar e com prazer mas ainda nao e o caso.

  28. concordo com o J. Leite, poderiam colocar Marta nessa disputa, só como um cenário possível, Só mesmo o PARTIDO LULA para insistir no Haddad, como se vê, lula parece conhecer mais o ABC do que a capital, afinal lula mora lá………

  29. ESSA TURMINHA DO PT E DO PSDB, DO SERRA E DO TAXAB NUNCA MAIS, NEM O GERARDINHO NARIGUDO EU VOTO MAIS…CELSO RUSSOMANO JA, RENOVAÇAO PRA SAO PAULO

  30. Estadão com medo: teme que PT ganhe eleição e presidenta Dilma se reeleja e faça sucessor.

    O Estadão – na verdade, os Mesquitas – está assustado com a possibilidade de o PT, de novo, governar a cidade de São Paulo, último bastião da oposição, segundo o jornal afirma em seu principal editorial do fim de semana (publicado neste domingo) “Agora a capital, depois o Estado”.

    Mas nós já governamos São Paulo duas vezes – com as prefeitas Luíza Erundina e Marta Suplicy – e bem melhor do que os tucanos. Para não falar no ex-prefeito Jânio Quadros e nos ex-prefeitos Paulo Maluf-Celso Pitta, nós administramos de forma muito mais eficiente que a dupla José Serra-Gilberto Kassab. E olha que não tínhamos, nem de perto, sequer 1/3 dos recursos orçamentários e o apoio do governo do Estado que hoje a capital paulista tem.

    O fato é que fizeram um editorial típico dos velhos tempos, quando a mídia fazia e derrubava governos, ganhava eleição com apoio da embaixada norte-americana e de dinheiro de suas agências. Os Mesquitas lamentam que a oposição não se una e a convocam para sua missão: evitar que o PT governe o Estado de São Paulo. … Leia mais: http://www.zedirceu.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=14370&Itemid=2

  31. E a imprensa PIGueana quer por azeitona na empada adversária? Eles escondem porque a esta altura do campeonato a prefeitura é um ponto estratégico e interessante sob o ponto de vista faturamento em propaganda e já querem garantir a boquinha desde agora. Estes politicos profissionais não dão nó sem ponto, principalmente os tucanos e asseclas. Que o Celso Russomano por hora lidera não é novidade para ninguém e que o Hadad tem chances de crescer ninguém duvida, mas seria ótimo que o Serra participasse para sofrer a última derrota da sua intempestiva carreira politica. Mais que isso, nos daria o sabor de vê-lo derrotado justamente numa eleição para a prefeitura que ele tanto desdenhou ao nem completar o seu tempo de governo depois de algum tempo enrrolando o povo paulista. A imprensa infelismente só vê o seu lado de faturamento nesta história e se perder o governo na prefeitura, sabe que posteriormente perderá o governo do estado na dependencia da performance do prefeito empossado. É sabido os valores gastos pelo governo estadual com propaganda politica enganosa que o Alckimim faz e sem tomada de preços e concorrencia. Nestas revistas, cá entre nós, pouca coisa de útil faz porque poucos são os seus leitores, apenas alimentam a conversa fiada de que são realizadores, haja visto o metrô, a falta de transporte coletivo, a cobrança de pedágios e até e famigerada taxa de inspeção veicular e isto sem contar com o espancamento dos alunos da USP, os doentes da Cracolandia e até os despejados de Pinheirinho. É um governo de oportunistas, de camaleões enganadores e compôem-se de uma turma toda bem treinada no processo de iludir.

  32. Fato é que a imprensa, assim como outros setores de nosso país, manipulam a informação que chega para a população… é como os frangos que são criados para o abate… são alimentados e mantidos em cativeiro para alimentar o mercado… assim funciona com a população, a informação chega da maneira que convém aos “patrocinadores”… ACORDA BRASIL! PRECISAMOS MUDAR!!!!

  33. Isso tudo é medo de alguem que não ira favorecer o grupo da folha e seu parceiros…. que as pessoas vejam esse tipo de atitude e abram seus olhos…

  34. Não resido em São Paulo, mas conheço os mandos e desmandos de grupos como Folha e Abril. É indiscutível que tais grupos operam apenas em favor de seus interesses e de seus apadrinhados. As pesquisas realizadas recentemente e que a Folha insiste em distorcer já dão o tom da disputa eleitoral pela prefeitura de São Paulo. Acho incrível a forma como as pessoas referem-se a Haddad como sucessor de Kassab apenas por ser o candidato de Lula. Respeito o ex-presidente, mas devemos ser realistas e encarar que o atual ministro da educação deu várias amostras de ineficiência. Basta lembrar dos episódios ligados ao ENEM (ano após ano – falhas após falhas) dos índices de desenvolvimento que não foram alcançados pela pasta, do kit anti-homofobia, etc. O povo de São Paulo não precisa de “apadrinhados”, mas de propostas sérias, de debates para resolução de problemas como coleta de lixo, habitação, transporte público, saneamento, etc. Do contrário, São Paulo será conhecida no restante do Brasil (quiçá do mundo) apenas pela quantidade de imigrantes e pelas enchentes anuais. No atual cenário, Celso Russomano aparece como a melhor alternativa de mudança para a cidade, isso é inquestionável.

  35. A Folha utiliza o critério do Chacrinha ao publicar tais pesquisas: “Eu vim para confundir, não para explicar”.
    Já que não tem como colocar o “seu” candidato Serra na frente, escolhe nomes que servirão para a manipulação futura. Alguns desses nomes nem aparecerão na próxima “pesquisa”, outros serão trazidos à tona, até que nesta peneira sobrem apenas os que convém aos Frias.
    A manifestação “oficial” do Serra de que não será candidato vale tanto quanto suas anteriores: o que ele assina sentado, não sustenta em pé.

  36. A figura já passou por SEIS partidos! Ou é uma insatisfação natural com pessoas, ou ele é um inconformado e/ou tem uma ideologia toda particular que não se encaixa em nenhum dos partidos pelos quais passou. Tô fora.

  37. Datafolha revela grande favoritismo de Haddad em SP. Agora que o Datafolha liberou a íntegra do relatório de sua pesquisa de intenção de voto para as eleições na capital paulista, podemos fazer uma análise detalhada dos números. Eles constituem, além disso, uma importante base para a realização de uma análise de conjuntura da realidade política brasileira neste início de 2012. Conferindo os números, entende-se porque a imprensa paulistana não lhes deu muita atenção. Ao trabalho. …Leia mais: http://www.ocafezinho.com/2012/02/02/datafolha-revela-grande-favoritismo-de-haddad-em-sp/

  38. A pesquisa do Datafolha colocou o Russonamano em todos os cenários, o que mais ela deveria fazer? Nós sabemos que Russomano lidera e outros até aparecem bem posicionados porque as pessoas não conhecem bem nenhum dos candidatos tucanos e nem o petista, é óbvio que quando começar o horário eleitoral PT e PSDB vão subir e Russonano e os outros cair, além disso com e

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *