CDHU: casa é boa, pobre é que estraga

CDHU: casa é boa, pobre é que estraga

Atualização às 17h10:

o diretor regional da CDHU, Milton Vieira de Souza Leite, protagonista do post abaixo, pediu demissão do cargo, segundo informou o portal “Folha. com”, em nota publicada às 16h29 desta sexta-feira.

***

O sonho da casa própria está virando um pesadelo para as famílias do conjunto habitacional Paulo Gomes Romeo, em Ribeirão Preto, interior paulista. As cerca de 200 casas populares,  entregues pelo governador Geraldo Alckmin em dezembro, apresentam variadas falhas de construção, mas mesmo assim foram ocupadas pelos moradores contemplados.

Após receber muitas queixas, o diretor regional da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano), Milton Vieira de Souza Leite, foi fazer uma inspeção na manhã de quinta-feira para ver o que estava acontecendo. E chegou a uma inacreditável conclusão: as casas são boas, os pobres que foram morar nelas é que estão estragando tudo.

“A gente conhece o nível de educação dos moradores. O pessoal veio da favela. Não está acostumado a viver em casa”, afirmou o sábio, em entrevista gravada pela repórter Gabriela Yamada e publicada na Folha desta sexta-feira.

E disse mais: “Você não consegue mudar a educação delas somente mudando de local”. Para ele, seria necessário um trabalho social a longo prazo para ensiná-las a morar numa casa.

Entre outras barbaridades, Souza Leite insinuou que, além de ignorantes, os moradores são tarados e vagabundos.

Ao falar do caso de uma moradora que reclamou da pia da cozinha ter caído ao colocar sobre ela uma cesta básica, resolveu fazer graça, como relata a repórter:

“O que ela foi comer era outra coisa, disse, insinuando que a pia caiu durante uma relação sexual. Mais adiante, ao encontrar moradores dormindo, saiu-se com essa: Você viu? Não sei se eles estavam dormindo porque trabalharam à noite ou porque continuam sem fazer nada”.

O dirigente da CDHU também responsabilizou os moradores pelas fissuras encontradas em volta de portas e janelas: “As portas são fixas com bucha. A camada de revestimento é muito pequena, e a forma como vai batendo a porta, em uso comum, vai provocar uma fissura”.

Ao final da inspeção, Souza Leite procurou tranquilizar os moradores, garantindo que as casas do recém-inaugurado conjunto Paulo Gomes Romeo não correm risco de desabar. Menos mal.

Até o momento em que escrevo este texto, não há notícias de que o diretor regional Milton Vieira de Souza Leite tenha sido demitido do cargo.

Uma coisa é certa: os últimos acontecimentos em São Paulo estão mostrando que não se trata de eventuais acidentes de percurso de uma administração pública, mas de um método. A culpa é sempre dos pobres.

A política “policial-higienista”, que já “limpou” as áreas da Cracolândia e do Pinheirinho, agora encontrou os responsáveis pelas casas populares com defeito: os seus moradores. Espera-se que a PM não seja chamada para resolver o problema.

 

 

 

85 thoughts on “CDHU: casa é boa, pobre é que estraga

  1. Ricardo,

    Não acredito nesta noticia! Isso deve ser um factoide invantado pela chamada imprensa midiatica para desestabilizar o governo estadual, ou jogar a pá de cal no mesmo.
    È inacreditavel que uma pessoa que possua um cargo publico, que esta a frente de um departamento que tem por meta realizar casas populares para a população mais necessitada, onde se parte do principio de ser uma pessoa educada, engajada em fim, portador de uma cultura que o leve a spensar e entender as mazelas da humanidade tenha feito comentarios deste “calão” a uma reporter.
    Me penalizo por São Paulo. Mas, o povo paga o preço de sua vaidade. Afinal, o maior estado na nação não pode ser governado por peões. O que diriam os quatrocentões paulistanos? Pois é, a vaidade paulista gera estes monstrinhos. O Alkimim esta literalmente perdido, com aquele nariz afiladíssimo e sua dicção de vigario!
    Se as casa são boas? Bota um parente morando lá para provar isso!!!
    Alem de deselegante e mal educado, o cara é sujo mentalmente, porco, como pode justificar uma falha debochando e dizendo que a senhora estava fazendo sexo na pia da cozinha. Pois é! Me da o direito de dizer que na hora que ele aprovou o projeto tinha… Deixa para lá, não quero me igualar a ele. Nunca!!!

  2. Realmente esses conjuntos habitacionais são uma porcaria. Aliás, como tudo que é feito no Brasil. Entretanto, não podemos deixar de registrar que o povo é mesmo mal educado de berço e que contribuem mesmo pra destruir tudo, Basta dar uma olhadinha nos orelhões, praças publicas, monumentos, etc, etc. Cada país tem o povo que merece. E vice-versa!

  3. Não adianta demonizar o PSDB.

    A questão do Pinheirinho foi ordem judicial, na Cracolandia foi uma solução arriscada, mais pelo menos se tentou mudar uma situação de décadas.

    Já o CDHU é algo comum de se acontecer. Quando o Maluf entregou os primeiros apartamentos na década de 90, a imprensa noticiou que vários moradores jogaram fora os vasos sanitários por não estarem acostumados.

    Não adianta demonizar um partido politico e sim investir na qualificação do ensino da população, que fica a cada dia mais alienada, acreditando que nunca antes na história desse país o povo teve tantas oportunidades.

  4. Me desculpem mas 90% do comentário do Secretário é verdade, é só passar na frente de qualquer Singapura que você vê o lixo que esses moradores deixam o local, precisa mesmo de uma educação e essa educação vem de berço. É realmente uma baderna que esses moradores fazem, eu acredito que tenham que ter sua casa sim, mas que deixam uma zona deixam.Já estive visitando um desses e pude perceber que é isso mesmo, só critica a postura do Secretário quem ainda não visitou um e não estou protegendo esse cara.

  5. O triste não é os caras governando o estado por tanto tempo e sim a maioria dos paulistas votarem sucessivamente nessas mumias incompetentes, provincianos de quinta, a súcia do atraso Jeca Tatu, no estado que se vende moderno.
    São Paulo avança por inércia, mas muito menos do que deveria e pode, nesse momento em que todo o Brasil avança, por incompetência e inapetência governamental.
    Chega de prefeitos, São Paulo merece um governador de verdade.

  6. Provavelmente estas casas foram feitas para os caciques do PSDB morar, e não a população. Afinal, os fulanos do partido do governador é que tem a educação necessária para este tipo de habitação. Cada vez mais vejo o quanto o estado de São Paulo está perdido na mão deste partido que governa para uma minoria.

  7. Me deixa enojado a atitude higienista que muitos administradores públicos tem. Realmente há ‘favelados’ vagabundos e tarados, na mesma medida em que há ricos vagabundos e tarados…. As casas foram mal construidas, isto é fato.

  8. Morei num apartamento da CDHU em Itaquera. A estrutura é tão ruim que quando o vizinho de cima andava pela sala, balançava o lustre do meu apartamento. Outra coisa ruim é que não há nenhuma privacidade.
    O governador tem a obrigação de demitir esse sujeito ignorante e arrogante. Mas como o ninho tucano está cheiro desses, é difícil isso ocorrer.

  9. Caro Kotscho

    Eu não me espanto…
    Esse diretor aí é a cara do PSDB !!!
    Quando saí do Governo da Marta na PMSP, ainda fiquei 3 meses no inicio do mandato de Serra naquela ocasião e pude constatar a inabilidade e incompetência desse pessoal. Sabe por que não me exoneraram no dia 1° de Janeiro, quando solicitei a exoneração para sair junto com a ex-Prefeita ??? PORQUE NÃO SABIAM COMO FAZE-LO !!! Foi preciso EU ir lá pessoalmente no gabinete do secretário Walter Feldmann e fazer TODA a burocracia necessária para EU MESMO me demitir. Foram tres meses de insistência para sair.
    Eles alegavam que eu precisaria dar-lhes as informações necessárias do meu cargo para começarem atuar. RIDÍCULO !!! Nunca ri tanto na vida ( para não chorar ). Vi com os meus proprios olhos que a cidade de São Paulo estava entregue a um bando de incompetentes travestidos de “bons gestores”. Eles, por empáfia, não gostavam de “pegar na massa”, preferiam sempre DAR ORDENS aos funcionários de carreira como se fossem seus empregados.
    Nem vou perder tempo em descrever como eles tratavam o povo.
    Diziam que “este era o método” que já dava certo no Governo do estado de onde vinham e já estavam acostumados. Mas o pior não era a vagabundice…ERA A ARROGÂNCIA. Foram tres meses, para mim, de aprendizado do “modo tucano de governar”, QUE TRISTEZA…
    E os resultados são esses aí que vemos ( e não vemos ) …
    Governos inoperantes, sem criatividade, sem iniciativas, sem obras, sem resultados a não ser aqueles que vem por inércia devido à terceirização de serviços E MUITA…MAS MUITA…CORRUPÇÃO !!!!!!!!!!!!!!
    Nisso eles são mestres !!!
    O meu “chefe” nesse início de governo Serra ???
    UM EX-DIRETOR DO CDHU !!!
    Que finalmente foi condenado há 15 dias atrás pela justiça, junto com o famigerado amigo de Mario Covas, o Goro Hama POR CORRUPÇÃO !!! Mas não estão presos ainda por não ser sentença final, afinal ladrão de gravata no Brasil vai preso…Só não vai ladrão COM gravata !!!
    São Paulo precisa URGENTE fazer a INTEGRAÇÃO de posse do Palácio dos Bandeirantes, Não é “Reintegração” já que este Palácio NUNCA foi aberto ao povo, nunca teve lá um governo popular.
    Alguém aí já entrou naquele Palácio ???
    Festa não vale, já que lá é só o que tem.
    Ou o os paulistas acabam com o “Tucanistão” ou o “Tucanistão” atrasa e acaba com o Brasil !!!

  10. adorei o que Milton Vieira de Souza Leite falou…concordo plenamente!!!!! não podemos generalizar, mas a grande maioria dos pobres adora reclamar….de tudo…..é mal educado e tarado……e verifique numa favela a situação: pode chegar a qualquer hora do dia ….uma grande quantidade de pessoas novas, em idade de trabalhar, estão dormindo…isso mesmo…dormindo…esperando pelos infinitos “bolsas” alimentação, gás, família……é difícil arrumar trabalho? é sim….eu sei que é…..mas quem não vai procurar nunca vai encontrar!!!!!

  11. e quero completar ainda mais: quero deixar bem claro que não sou política partidária, sou a favor da democracia e do bom senso das pessoas, de trabalhar e receber seu salário honesto no final do mes……mas não posso deixar de colocar aqui a minha indignação: todas as pessoas reclamam que os governantes não fazem nada pelo povo…..que as enchentes destroem tudo e ninguém faz nada…..afff….joguem mais lixo nas ruas…..joguem sofás velhos…..roupeiros e colchões pelas ruas……os ditos “ricos” fazem isso??? não…é pobre que faz e todo mundo sabe disso…..é só ver onde há mais casos de alagamento…..ta na nossa cara tudo isso gente…..mas existem sempre aqueles que preferem “defender o povo”……por mais desordeiros e bagunçeiros que sejam esse “povo”…é bom pra aparecer mais na internet e na TV não é???

  12. Caro Kotscho.
    O uso da palavra ‘’higienização’’, neste caso é perigoso pelo estigma. Os militantes já estão usando e abusando desta palavra para difamar e denegrir adversários. Nenhuma cidade do mundo pode deixar de ter o sua legislação. Trata-se, no caso, do ‘’Código de Posturas municipal’’ e reúne um conjunto de normas que regulam a utilização do espaço urbano pelos cidadãos. É uma lei que regulamenta a melhor convivência das pessoas. A civilização tem que fazer com que o interesse de todos prevaleça sobre o interesse individual. A utilização de passeios públicos, a instalação de mobiliário urbano, o exercício de atividades profissionais ao ar livre e a instalação de faixas e cartazes de publicidade em locais públicos são alguns dos itens contemplados pelo regulamento municipal.
    A questão não se encerra no fato de alguém ser rico ou pobre, mas no cumprimento da lei por todos, indistintamente da posição social. A questão das casas caindo é outra história, pois as empreiteiras, se não fiscalizadas diuturnamente, fazem mesmo porcarias. No entanto, os contratos de construção prevêem um determinado período de garantia. É por isso que, nas licitações, exige-se dos concorrentes, uma sólida situação financeira afim de que se possam cumprir estas garantias.
    Avise aí aos ‘’exacerbados’’; no caso, a palavra higienização tem conotação altamente ofensiva e de dolorosa experiência histórica nos campos de concentração do regime Nazista.

  13. Olá Ricardo!

    Quero deixar meu humilde comentário sobre a opinião desse cidadão!
    Infelizmente esse “Rapaz” tem um pouco de razão no que diz, apenas poderíamos ter certeza se acompanhasse as obras a entrega e a manutenção dos moradores.
    Digo isso, pois desse assunto sou “PhD”, Morador por muitos anos de uma Favela de São Paulo, entreguei pizza e tive oportunidade de entrar em condomínios, CDHU e Cingapura.
    Com muito esforço e não querendo esperar a ajuda do governo sai da comunidade na primeira oportunidade, mais meus pais e familiares ficaram.
    É incríveis como as pessoas pensam, parece que pelo fato de estarem naquela situação de nada adianta ser limpo e organizado, isso vem de pelo menos 70% da população de favela vou contar um breve acontecimento.
    Onde eu morava era uma viela e tinha um local na rua onde as pessoas colocavam o lixo, todos sabiam que era para colocar apenas na noite anterior aos dias em que passava a coleta, porém no passar do tempo traziam todos os dias e o pior, compravam moveis e jogavam os velhos nesse mesmo local, isso sem contar entulho e outras coisas que a coleta não leva.
    Fizemos de tudo, ate placa por conta própria fizemos mais você quer ajudar e as pessoas brigam com você, pura falta de Cultura.
    Mais tem os que se salvam isso é obvio.

  14. Quando da abolição da escravatura no Brasil, a elite econômica se preocupou com o que viriam a fazer aqueles negros libertos. Aquele povo de “má índole, preguiçoso e sem educação”. O que a nossa República fez? Deu educação e capacitação profissional aos ex-escravos e seus filhos? Não, deixou-os à margem da sociedade, colocou a polícia pra vigiá-los e construiu cadeias pra prendê-los. A elite continua a mesma. Em SP, representada pelos políticos tucanos há 17 anos no poder.

  15. Eu concordo, eles não tem noção de cuidados, devem mesmo bater porta até quebrar, crianças sem limites que quebram a casa toda, eles não estão acostumados realmente, agora não é chao de cimento e parede de tijolo somente, se não limpar , se não lubrificar, vai estragar mesmo. é igual carro se não cuidar, colocar óleo, agua, vai fundir o motor. Acontece que o SR. diretor só falou a verdade e a verdade dói. Não adianta florear. Pra que ?

  16. Ricardo,

    Acabei de ler os comentarios. Reconheço que onde existe pobre aglomerado as condições de higiene ficam infimas. Mas, será que isto é a cultura deste povo? O problema que se discute no tal conjunto habitacional não é a higiene das casas mais as qualidades da mesmas.
    Sejam pobres ou remediados que vão morar ali, o respeito por seus direitos bem como o capricho nas consturções devem estar presentes coisa que pelo visto não foi e o CDHU, na pessoa deste senhor, foi negligente em limitar a respostas sem escrupulos e totalmente evasivas.
    O fato não é que pobre é porco. Não, o fato é que o governo é porco quando se trata de obras populares!

  17. Por que a imprensa não pressiona o governador de São Paulo, para demitir esse homem?
    Ou será que apenas o partido do governo federal pode ser criticado e cobrado?

  18. Hitler possuía um concepção muito parecida com a dele.
    Esse homem representa o que di pior existe na política brasileira. Infelizmente por ser do partido que é, ele está livre de qualquer critica e cobrança por parte da imprensa e consequentemente por parte da opinião publica.
    PSDB é assim. Um dia a mascara iria ter que cair.

  19. Falou o que muita gente pensa e não tem coragem. Sou policial e ja entrei muitas vezes em favelas, é desolador, não é a mudança de lugar que vai fazer que as pessoas sejam mais conscientes.

  20. E ainda querem botar um Haddad ou um Netinho na prefeitura, imaginem a desgraça, um não sabe nem administrar uma destribuição de papéis e o outro arrebenta até a cara da esposa, imagina o que eles fariam com as paredes…

  21. Esse digníssimo representante do Governo do Tucanistão já foi devidamente excomungado para o olho da rua !!!
    Até para um fanático religioso da marca desse Geraldo Alckimin fica difícil comungar na mesma missa com tal penitente !!!

    1. Sr. Érico,
      releia o meu texto por favor. Como sempre faço, foi citada não apenas a “Folha”, como a autora da matéria, a repórter Gabriela Yamada. Antes de escrever um comentário, convém ler direito o que foi publicado.
      Atenciosamente,
      Ricardo Kotscho

  22. Ricardo,
    Não sei o que é pior. As palavras desse cidadão ou a educação de quem ocupou as casas. Esse é o resultado de anos de descaso com educação, cultura e saúde. De um lado um bando de corruptos, levando dinheiro das empreiteiras, fazendo obras de uma qualidade abaixo da crítica, e de outro, uma massa de ignorantes que sequer sabem usar o vaso sanitário, mas, cujo voto vale a mesma coisa que o meu ou o seu. A partir dessa realidade começamos a entender porque certos candidatos são eleitos e outros não são. Cada povo tem o governo que elege (ou merece). Um abraço

  23. As pessoas de bem que moram neste estado, precisam tomar urgentemente uma atitude. O neo-nazismo já foi implantado, e esta em franca operação. Seus dirigentes, sua imprestável elite, já classifica a sua população em duas “raças”, a dos que teem bens e a dos despossuídos.
    Violência gera violência. Não será estranho se, derrepente, começarem nas madrugadas, a colocarem fogo nos carrões que circulam por aí.

  24. Boa tarde Kotscho.
    Agora há pouco, a relatora da ONU Raquel Rolnik pediu a suspensão da reintegração no Pinheirinho.
    Diz ela (no IG) de situação extremamente preocupante em relação as pessoas. E mais. “Sem alternativas de habitação elas estão vulneráveis a outras violações dos direitos humanos”.
    E pensar que a “limpeza” da área foi determinada pela Justiça, sem nenhum critério em se tratando de pessoas porém, com ordem de cumprimento do Governador à Polícia (que não tem culpa nenhuma já que para ela sobra o “trabalho sujo”), com acompanhamento de um juiz como tão bem justificado pelo Presidente do Tribunal.
    E pelo que vimos nas imagens da TV, realmente todos tratados como malandros, invasores sei lá o que mais; nisso incluídas mulheres, crianças, famílias brasileiras, enfim.
    E a Relatora da ONU tem razão, a maioria desses brasileiros – maior parte de brasilerinhos inocentes, certamente – “vulneráveis a outras violações de direitos humanos”, bom repetir.
    Se nos sentimos amargurados depois dessa, imagine os inocentes, os brasilerinhos, as mães; vulneráveis, prostrados, sem qualquer condição de defesa.

  25. Johnny
    Essa gente pobre que voce tenta humilhar aqui pode não saber usar um vaso sanitário…Mas sabe o que deve ser depositado dentro !!!
    É muito parecido com esse teu comentário preconceituoso e CRIMINOSO das 17h55
    Teu voto não pode ser melhor e mais qualificado do que o de nenhum outro cidadão deste país !!! Ou do mundo !!!
    Democracia é assim !!!
    Aprenda isso ou mude de mundo !!!

  26. Já construi milhares de casas populares…quando vejo um vagabundo dizer que as casas que são feitas para os pobres são boas, são usados bons materiais, sinto nojo do sujeito. O mesmo sinto, quando leio comentários defendendo esta falácia.
    Se vê lixo nos bairros pobres, porque não são coletados.
    O mesmo acontece com o lixo humano que habita as mansões desta hipócrita elite, que pelo simples prazer psiquico-patológico de se auto afirmarem sua expressão de poder, fazem o que estão fazendo com os menos favorecidos.
    Não é nem uma deformação consequencia de uma ideologia política ou econômica, é deformação psicológica mesmo, são pessoas com almas culturalmente deformadas, doentes, degradadas.
    Uma verdadeira elite, tem como sua principal função, elevar os que estão abaixo de sua escala, desconsiderando os defeitos destes, vendo nestes defeitos as imperfeições de seus métodos em fazer com que sejam superados.
    Quando os filhos desta elite, são educados para apenas ter, desconsiderando o ser, dá nisto que estamos vendo.
    Quem tem que ter nobreza, educação, é a elite, e não os miseráveis que dela dependem.

  27. As construtoras quando vão trabalhar em obras publicas relacham no serviço. Aqui perto da minha casa foi construido um CEU que ja foi inaugurada a quase um ano e. Até agora não está funcionando por problemas na construção. Com essa chuvarada o muro caiu. Aqui ninguem fica sabendo de nada porque aqui não existe oposição.

  28. Boa noite Ricardo!
    Boa noite amigos balaieiros!

    Existem sim, pessoas que não cuidam do imóvel, não cuidam do carro, não cuidam da família etc. Não é prerrogativa só dos pobres, mas pode-se observar uma quantidade bem maior de pessoas assim nas comunidades mais carentes, aliás, educação também é uma carência nesses casos.
    O políticamente correto seria defender os pobres como bandeira social, como os inatingíveis sob qualquer aspecto, mas não há como negar que existam realmente comunidades que necessitam sim, de aprender a conviver de modo diferente como quando habitavam as chamadas favelas.
    O governo também tem a culpa em não cuidar dos processos de construção preferindo fechar os olhos ou participar das negociações dos materiais para “levar algum por fora” (ninguém quer levar dentro).
    Isso acontece em todas as esferas, construtoras e incorporadoras de tubarões ávidas por fazer um “excelente negócio”.
    Tenho exemplos fantásticos aqui em Campinas. Nem preciso ir muito longe.
    Ao menos o governador FEZ o infeliz se demitir logo, sem muita embromação, sem tanta apelação, e sem aquele teatro todo que estamos acostumados a ver em que no final o resultado é quase sempre o inevitável.
    Qualquer um aqui pode buscar informações sobre os “tipos” de materiais utilizados em obras dessa natureza (para os pobres) e irá constatar que o caso se repete em todo o Brasil.
    Independente de administração, mas como conceito já enraizado na classe política, empresarial, e até mesmo, porque não, na mentalidade de quem aceita o produto e o serviço como uma dádiva conquistada.

    …”o voto é que interessa, o resto não tem pressa”…

    Robson de Oliveira

    http://ecoblog-blogeco.blogspot.com/

  29. Esse cidadão ja foi exonerado. Em São Paulo falou besteira é rua. No governo federal o ministro desafia a autoridade do governo e mesmo assim o governo não tem coragem de demiti-lo. Se quiser que peça demição.

  30. JG. Que autoridade tem uma relatora da ONU para impugnar uma ordem judicial no Brasil? Nós somos país independente e soberanos. A ONU que va mostrar sua autoridade contra o governo americano quando eles invadem paises livres sem autorização da ONU como aconteceu no Iraque.

  31. Kotscho. legal o post mas muita hipocrisia no último parágrafo.

    Os moradores do Pinheirinho INVADIRAM, é o mesmo que roubar. A polícia pediu para eles sairem e os moradores não o fizeram. Tem que tomar a força mesmo, até porque os policiais foram atacados.

    Pra mim deveria existir uma lei, pessoas que moram em favelas, não poderiam ter filhos.

    Quanto ao restante do seu post. correto. O tal diretor errou em não admitir que os prédios são péssimos, mal feitos, quanto ao resto ele está certo.
    Abraço

  32. Acredito que o cidadão ali exagerou nas suas afirmações,falando muita besteira.Mas uma coisa ele disse certo,têm algumas pessoas que vão para estes conjuntos populares,que realmente não sabe cuidar das casas,isso é verdade.Pois aqui no meu Município já presenciei alguns casos,que o cara quebrou a porta,e quis colocar a culpa na Prefeitura,e também outro que quebrou o banheiro,e quis colocar a culpa na Prefeitura,isso realmente ocorre.Mas acho que o Secretário disso coisas absurdas,e generalizou que todos que foram morar ali não sabem cuidar das moradias que receberam.

  33. Verdade viu!!!! Mas esse cara que diz que os outros são pobres, realmente devem ser pobres mesmo mas de dinheiro. Pior ele que é pobre de cultura, espirito, educação, família…entre tantos outros.

  34. Enio, Everaldo e demais participantes, só mesmo o mais completo dos imbecis acreditaria que uma família sairia da favela para o Singapura ou CDHU e arrancariam o vaso sanitário de seu banheiro. Os imbecis dignos de pena que acreditam numa asneira deste quilate são os mesmos que elegem e REELEGEM Collor, Maluf, Pitta, Serra, Hildebrando Pascoal, Alckmim, Kassab, Yeda, Arruda, Joaquim e Jaqueline Roriz, etc . . . . . E devem ser os mesmos que aqui mesmo no Balaio defendem corrupção neo-liberal (privatarias tucanas) e neo-liberais (de quaisquer partidos) acusados de enriquecimento ilícito ou que bradam alto e bom tom em seus comentários: “Não sou contra a corrupção”. E durma com um barulho desses !!!!!! Bom fim de semana a todos.

  35. Em tempo: O Robson perde o amigo, mas não perde a piada: “Ao menos o governador FEZ o infeliz se demitir logo”. É, Robson, o governador deve ter ficado muito revoltado com o fogo amigo do “cumpanheiro” que, por descuido, revelou ao reporter o que pensa dos pobres o beato governador Geraldo Alckmin. Né não ?

  36. Infelismente a deçlaração deste Sr. não é de todo falsa, algumas pessoas colocadas nas casas e apartamentos do CDHU, não tem a minima condições de viver em comunidade, somente porque o dept. social da empresa é um fracasso.

  37. Boa noite!!!!!

    O brasileiro não é agradecido por nd, vejo aqui na baixada Santista predinhos da CDHU sendo construídos e antes mesmo de entregar são depredados e furtados por grande parte dos proprios futuros moradores que abitam perto , 4 anos atras teve um incendio numa favela e a prefeitura resolveu entregar umas casinhas que já estavam prontas, “di gratis” por 1 ano para o povo se reestrututar depois de 1 anos os problemas apareceram automaticamente issofoi passado no canal lical etc, isso é uma poca vergonha do povo que se faz de coitado, antes de ganhar “cara de coitado” depois que ganha tem que pagar uma taxa por mês e isso é o problema, no brasil tem muita gente folgada que gosta de se beneficiar do “di grátis” e fazer cara de pobre , mas o butequinho , de fim de semana, o baile funk, tatuagens e outras coisas mais o povo pode !!!!!! não adianta falar que o governo não faz nd , isso é comodo ,sentar e falar que não tive sorte. A sorte é quando ganha uma casinha na civilização e automaticamente passa a chave por uma miséria e volta prá outra favela e faz outra vez cara de coitado. Eu sou uma dona de casa, casada à 15 anos com um homem maravilhoso e poderia ter tido uns 5 filhos olha o quanto o bolsa familia iria me beneficiar,o “di gratis” mas ao contrário disso tenho um filho , pagamos escola, impostos desde de que acordamos até nos deitar e pagamos esse prejuízo todo e não reclamamos e o povo tem razão meu estou cansada de tanta safadeza tudo é culpa do governo , mas o governo só dá taxa pra eles pagar que são água, luz ,imposto , auxilio gaz , bolsa familia, et, etc , etc …………desabafo de uma uma mulher que vê seu marido batalhando prá proporcionar uma educação e dignidade isso sem reclamar por ter que pagar tantos impostos , olha que sou pobre desabafo!!!!!!!Revoltanteeeeee

  38. apesar de exagerado o comentário, ele não falou nenhuma mentira e por isso foi demitido, ser sincero hoje é proibido??? Perto do meu bairro foi construido casas do CDHU e antes delas serem entregues, sem brincadeira, parecia aqueles condomínios que pagam caro para morar, agora mais ou menos 1 ano depois dá até dó da favela que virou… então vou ser presa por dizer que favelado estraga tudo mesmo????

  39. Acho que esse Sr. Milton e um PRECONCEITUOSO por que o CDHU contrata uma empresa para construir os predios e ninguem faz uma vistoria em relação a qualidade o serviço e do material empregado na construção agora fala que acupa é do povo….isso se chama PRECONCEITO.

  40. Para esse “antonio” que comentou às 19h53
    o seguinte “relincho”:
    “…Pra mim deveria existir uma lei, pessoas que moram em favelas, não poderiam ter filhos…”
    O crime que o Sr. escreveu aqui é inafiançável !!!
    Preconceito de classe, gênero, raça e xenofobias em geral dá cadeia !!!
    E o Sr. escreveu e assinou !!!
    Eu acho é que gente da tua laia é que não poderia ter mãe !!!
    NINGUÉM pode alegar como defesa em flagrante delito desconhecimento da lei !!!
    O SR. É UM CRIMINOSO FRIO, VIL E COVARDE !!!

  41. O diretor regional foi grosseiro,deselegante,desnecessário,,,mas o que vejo por aqui e por onde morei,,,a maioria,,a maioria mesmo,,,não cuida do que recebe….e as casas são bonitas,,,embora pequenas…e para compensar os terrenos são grandes….

  42. Sobre o comentário do sr. Antonio, anterior, sobre o caso Pinheirinho, de que “invadir é o mesmo que roubar”. A premissa erra por ignorar que há leis que garantem direitos dos dois lados, tanto que é necessária uma ordem judicial para a retirada dos moradores. Caso contrário, se fosse simplesmente “crime” bastaria desalojar e pronto. Na verdade, tanto a “Justiça” quanto o Estado tomaram partido de um dos lados, a meu ver o mais errado deles, por defender o lucro e a especulação de um pequeno grupo em detrimento de milhares de famílias.

  43. Em tempo II: O Sr Milton Vieira de Souza Leite é a sintese dos politicos tucanos: reacionários, preconceituosos, mas acima de tudo rematados incompetentes. Por esse motivo não conseguem fazer oposição a quem quer que seja, apesar de todo apoio do Globo, Folha, Estadão, Veja, etc . . . E no governo suas administrações são funestas e predatórias, como os 8 de corrupção do desgoverno FHC (revelados no livro “Privatarias Tucanas”). Tucanos não perdem tempo com habitações populares, pois praças de pedágio são mais “rentáveis”. Um ótimo fim de semana a todos.

  44. Antonio 19H53, que tal uma lei proibindo adultos de propror asneiras como essa lei que impeça favelados de ter filhos ?
    Que tal uma lei proibindo o eleitor de votar em incompetentes como o governador Alckmin, que indicou pra CDHU um estrupício do quilate desse Sr Milton Vieira de Souza Leite ?

  45. Ao Victor Hugo,eu já vi fazerem isso,já vi gente quebrando o banheiro,e as portas,para querer colocar a culpa na Prefeitura,e não foi um,foram umas cinco famílias.Claro que isso é uma imensa minoria,mas acontece,infelizmente isto ocorre.
    Agora o Neoliberalismo,eu o defendo e apoio,só que como foi feito no Brasil pelos os Tucanos,foi feito do modo errado,e contaminado pela a Corrupção.Mas você já imaginou se a Internet,Telefonia Móvel e Fixa,fosse ainda Estatal?Que qualidade nós teríamos?Tudo bem que a Privada não é a melhor coisa do Mundo,mas é muito melhor do que seria a Estatal,que todos nós sabemos que têm a tradição que estas empresas se tornam cabides de empregos,e não oferece o serviço adequado para a população,e é uma porta aberta para grande parte das roubalheiras e golpes dos seus Diretores.

  46. moro em favela no rio de janeiro ,e tenho educaçaõ tenho casa propria e minha casa e muito bem cuidada ,bem melhor do que algumas casas de rua poruqe tem muita gente que vivi de aparencia … essas casas populares devem ser de pessima qualidade!

  47. gente por favor moro em favela ,e concordo com alguns de vcs, mas nao é todo mundo que mora em favela que é favelado ,algumas pessoas que moram em favela ,realmente acha que só porque moram favela naõ precisa ter educação e respeitar o próximo ,tenho alguns vizinhos que não tem educaçaõ e adoram viver na sujeira ,mas eu nõa sou assim ,mais nãotenho dinheiro pra compra uma casa mana rua ,mais tenho educação e estudo e tento passar pros meus filhos.

  48. Na minha opinião o problema no Brasil não é falta de moradia, é a condição do trabalhador pagar aluguel ou a prestação de uma casa propria. Portanto. O problema é salarial. O salario minimo tem que aumentar no minimo em 300% para dar para todos os trabalhadores pagar aluguel ou prestação da casa propria e comprar tudo o que seus filhos precisam. O cidadão com cinco seis ou oito filhos que constroi um barraco penduraddo no morro para morar com a familia ou na beira do corrego ou ate mesmo em cima do corrego é criminoso. Ele está colocando a vida de seus filhos em risco. Está desrrespeitando o codigo de defesa do menor. Aqui em Osasco tem o Morro do Soco que voces ja devem ter ouvido falar. Foi manchete de jornais varias vezes. Uma area de mata atlantica. Reserva de manancial. Minas de aguas cristalina brotava em todas as partes. Foi invadido. Ali espalharam barracos dependurado no morro por todos os lados. Derrubaram as arvores. A uns dois anos. Na epoca das chuvas hove um deslizamento de terras soterrando varios barracos. Nm deles pegou de surpresa uma mãe e tres filhos, só escapou o marido que estava fora. Nesses casos quase sempre é os filhos que pagam o pato. O pai, como sempre foi tratado como vitima, quando na verdade ele era o responsavel pelas mortes. Não adianta doar casas de graça, bolsa disto e daquilo. Eles precisam de educação. Aprender a respeitar os regulamentos e a selar pelos seus pertences. O governo não tem que dar nada para ninguem. Tem que dar condições para que todos possam ganhar o seu pão atraves do seu trabalho

  49. J. Leite.
    Reintegração de posse sem nenhum critério.
    Jogaram todo mundo para fora da área e agora?
    Criaram milhares de brasileiros vulneráveis; é essa a questão.
    É claro que a Justiça deve determinar a reintegração.
    Porém, faltou prudência, equilíbrio.

  50. O último comentário no post “Praça de guerra deixa campo de refugiados”, de autoria do Dum de Lucca é tão importante e tem tanto a ver com esse post do CDHU que espero que o Kotscho não me censure por citá-lo aqui. No referido comentário o Dum nos conta sobre um terreno da montadora VolksWagen em São Bernardo do Campo invadido por sem-tetos e blá blá blá blá. O governo do estado impediu a invasão, as Casas Bahia construiu lá um depósito que gerou 1100 empregos e blá blá blá blá. O Lula esteve lá na inauguração pra fazer propaganda do PT e blá blá blá blá. Moral da história do Dum é que é melhor gerar empregos que permitir invasão de propriedade alheia e blá blá blá blá. Mas o Dum disse o óbvio uLULAnte e reDUMdante com o qual todos concordam, especialmente os petistas que sempre defendemos o direito inalienável de todo ser humano a emprego digno, moradia decente, saude/educação/transporte público de qualidade, lazer, etc . . . O Dum não é mau sujeito. Falta-lhe apenas “perspicácia” pra entender que os governos anteriores ao PT geraram uma multidão de Sem-empregos, Sem-terras, Sem-tetos, Sem-dignidade, Sem-nada, enfim, que não podem simplesmente serem tratados como caso de polícia. Felizmente nosso voto em Lula está permitindo a reparação dessa injustiça secular, restando ao Dum e demais Anuladores Compulsivos de Votos a frustração de não terem participado deste episódio memorável de nossa história. Só podemos lamentar, Dum, e torcer pra que voce não cometa o mesmo erro nas próximas eleições. Não faça essa maldade contigo, não decepcione a si mesmo. Um abração, Dum. Tenham todos um ótimo fim de semana.

  51. O diretor só expressou o que sua consciência de classe ordenou. É isso mesmo que essa turma pensa. Posso até ouvir a criatura falando. E o sotaque me mata.

  52. Dan Cruz – 28/01/2012 – 07h54
    “invadir é o mesmo que roubar”. A premissa erra por ignorar que há leis que garantem direitos dos dois lados, tanto que é necessária uma ordem judicial para a retirada dos moradores. Caso contrário, se fosse simplesmente “crime” bastaria desalojar e pronto.”
    ERRADO Dan Cruz:

    (Os ”movimentos” discutem e questionam a legitimidade da propriedade)
    É errado também e expressão ” criminalizar” ,pois ninguém criminaliza ninguém, exceto a lei. E é ilícito sim civil e criminal sim. Como ilícito civil, está no art. 1.208, do Código Civil.
    É crime sim e está cominado assim no art. 161, II, do Código Penal. O artigo 161, inciso 2, do Código Penal Brasileiro, tipifica a conduta de quem invade, com violência à pessoa ou grave ameaça, ou mediante concurso de mais de duas pessoas, terreno ou edifício alheio, para fim de esbulho possessório. Esbulho é o ato pelo qual o legítimo dono do imóvel se vê privado da sua posse, de forma violenta e clandestina, ou ainda por abuso de confiança.
    E ainda Art. 1.210 do Código Civil; O possuidor tem direito a ser mantido na posse em caso de turbação, restituído no de esbulho, e segurado de violência iminente, se tiver justo receio de ser molestado.
    § 1o ” O PROPRIETÁRIO TURBADO, OU ESBULHADO, PODERÁ MANTER-SE OU RESTITUIER-SE ”POR SUA PRÓPRIA FORÇA’, contanto que o faça logo; os atos de defesa, ou de desforço, não podem ir além do indispensável à manutenção, ou restituição da posse.
    E ainda. A propriedade é um direito garantido no Art.5º da CF de 88 (cláusula perpétua).
    XXII – é garantido o direito de propriedade;

  53. Este senhor diretor geral da CDHU que comentou sobre o uso dos moradores achando que eles são os destruidores das casa, falou sem nenhum conhecimento de causa. É sabido que atualmente as construções são feitas na base da “gestão economica” e isto realmente barateiam mas em contrapartida contribui pra uma qualidade inferior das casas. Como diz um ditado popular; “o barato sai caro” é verdadeiro porque em menos de um ano faz-se necessário executar uma manutenção geral na casa a começar pelo reboque que por economia no cimento acabam fracos sem resistencia na fixação na parede, assim também o piso que o cimenticola acaba por se soltar por empenos na hora do assentamento pela má qualidade do piso ceramico. A pintura, por ter uma ou duas demãos no máximo como medida de economia, logo ficam sujas e as cores sem vida. O telhado, pela má qualidade do madeirame de sustentação logo cedem pelo peso das telhas criando gotejamento. Os batentes das portas são de madeira de má qualidade e subdimensionados que mal permitem os ajustes das portas que também empenam pela má qualidade da madeira. Tudo, em se baratear acabam por diminuir a qualidade da construção que no final diminue a resistencia da construção e qualquer prego fixado na parade ou uma furação para fixação de um quadro de familha pode até derrubar uma parede. Uma casa no moldes de rigidez, tem que durar até cinco (5) anos sem necessitar uma manutenção, uma reforma e pelo jeito elas não duram nem um (1) ano. Se o sistema de construção fosse feito pelo processo de mutirão entre os proprietarios, pela economia na mão do obra, se poderia gastar menos com mão de obra e esta economia reverter em materiais de qualidade melhor, interesse de quem consatroi. Há uma porção de fatores que precisam ser levados em conta para uma melhor qualidade da construção e quem faz um comentário precisa saber e este Sr. Diretor que só fica atráz de mesas não deve saber. Acho que se for pregar um prego na parede, ele acabará por martelar o dedo e vai soltar aquele berro seguido de um palavrão (@#%&*!). RRRSSSsss..

  54. Sr. Ricardo,
    Devido ao seu bom senso, gostaria que divulgasse noticias referentes á atitude do secretário da Educação massacrando os professores estaduais com a mesma ironia que o “cidadão” da CDHU o fez. Agradeço

  55. o que realmente preocupa é essa politica ter aprovaçao da maioria dos brasileiros e nao da somente de uma parcela podre da sociedade paulista; pesquisas divulgadas hoje mostram aprovaçao maciça da desocupaçao do pinheirinho no meio politico; 90% no psdb e inacreditaveis 80% no pt.

  56. “O POVO É BOM,SÃO OS GOVERNISTAS QUE ESTRAGAM”,mas é extamente o *POVO* que os colocam no pedestal que *eles* governistas encontram – se”.
    “Reclamar de quê?”
    “Quando a *cabeça não pensa , o corpo padece*…”

  57. Daniel Ramos 10h50, o Banco do Brasil é estatal, mas os campeões de reclamações no Banco Central são o Itaú e o Santander. Confira nos jornais ou no site do Banco Central. Quais Petrolíferas estiveram envolvidas nos últimos acidentes ambientais no Brasil e no mundo ? A Petrobrás ou as privadas (Chevron, British Petroleum, etc. . .) ? Não seja alienado, Daniel. Nossa telefonia móvel e nossa Internet Banda Larga estão entre as 3 piores e MAIS CARAS do mundo graças à pessoas que pensam e escrevem (“imensa minoria”) como voce. Não me “leve a mal” e tenha uma ótima semana.

  58. Não sei se rio ou se choro…
    Haja competência, haja “gestão” nesses tucanos paulistas. Se um tucano fosse prefeito de Paris a torre Eiffel estaria enferrujada e torta; se fosse de Amsterdam, a cidade já teria sido inundada pelos canais e mergulhada no Mar do Norte; em Londres, o Big Ben estaria parado…

  59. J Leite, e porque não aumentar o Salário Mínimo em 3000 % ? Assim todo trabalhador poderia comprar uma mansão nos Jardins, casa na praia, viajar pra Europa de 1º classe, matricular os filhos nas melhores escolas e faculdades particulares, etc . . . . J Leite, se voce convencer os empresários a pagar esse seu Salário Mínimo (300 % de aumento), eu convenço a Dilma, a Camara, o Senado e até a oposição a aprová-lo. Dou-lhe minha palavra !!!!!

  60. Comentário de: everaldo – 27/01/2012 – 19h09

    Olá Everaldo, por acaso vi seu comentário agorinha. E hoje, coincidentemente, estava em Atibaia num churrasco com alguns amigos.
    Um deles, construtor há mais de 30 anos, me disse exatamente o que vc fala no seu comentário. Se o material utilizado pelo CDHU fosse de primeira, se o CDHU fiscalizasse as obras como deveria, o povo teria casas e aptos decentes para morar. Mas, segundo ele, a “maldita concorrência” aliada a pouca preocupação do governo com os futuros moradores, fazem que estas construções sejam meia-boca. “Voce acha que vão usar tubulação Tigre, fios Pirelli, azulejos e pisos de fornecedores conhecidos, pias e vasos de primeira etc etc etc”.
    Fiquei pensando na viagem de volta: “se isso ocorre mesmo é uma baita sacanagem. Pois o governo faz uma habitação meia-boca para as pessoas e quer que nada quebre. Se u AP de 500 mil reais dá problema, como isso não pode ocorrer com uma casa do CDHU. No AP de 500 mil a culpa é da construtora e pronto. Nos APs do CDHU a culpa é do povo. Que injustiça!

  61. A propósito do comentário do Luiz Carlos, o velho.
    Viu-se um lado da questão. Tanto o direito de propriedade quanto a função social da propriedade estão garantidas CF. Apenas o segundo item quase nunca é aplicado nesses casos. Não é necessário ser advogado (apesar do meu curso inconcluso) para se conhecer os direitos.

  62. Caro Kotscho
    E tem a história da tijolada…
    Diz-se que certa vez em um jogo de futebol um sujeito lascou uma tijolada em um jogador do time adversário. Foi preso.
    No seu julgamento o juíz perguntou:
    – O Sr. atirou ou não um tijolo na víitima ???
    E ele:
    – Sim…mas era um tijolo do CDHU, bateu no peito do desgraçado e esfarelou !!! Tanto é que ele foi a pé para o pronto-socorro.

  63. Vitor Hugo. Eu falei 300%. Em torno de R$ 1.635,00. Bem abaixo do minimo do DIESE que esta em torno de R$2.300,00. é Perfeitamente possivel pagar um salario minimo para dar independencia financeira a todos os trabalhadores. A presidente Dilma e o ministro Mantega falaram que 17 ministerios basta para administrar bem o país. Então ela poderia ,eliminar 18 ministerios trazendo uma economia de no minimo R$ 10 bilhões. Mais uns R$ 10 bilhões que é consumidos em corrupção nesses ministerios. O bolsafamilia poderia ser reduzido apenas para as pessoas que não pode trabalhar por problemas de saude. Os bilhões que o governo gasta com o pessoal do MST. Dinheiro tem. Falta vontade politica. Quanto a convencer os empresarios é papel dos nossos parlamentares. Principalmente os do PT que se elegem em nome dos trabalhadores. Fornecer creches para os filhos das mães que trabalham não é obrigação do governo. É obrigação das empresas que as contrata. Ésta era a nossa luta no sindicato dos metalurgicos. O governo subsidia o trabalhador para as empresas em cima do salarios dos trabalhadores que ganham um pouquinho mais.

  64. J Leite, eu apoio seu salário mínimo. Já deixei isso bem claro. Mas e os empresários ? Voce vai provocar o maior desemprego da história da humanidade. Vai quebrar a Previdência e os pequenos municípios (pelo menos é o que dizem os economistas). Entendeu agora, J Leite ?

  65. Vitor Hugo. como vai quebrar a previdencia? Os trabalhadores recebendo mais vão contribuir mais. Os trabalhadores pegando um aumento consideravel vai jogar no mercado pelo menos mais uns 50 milhões de consumidores e quem vai ganhar são os empresarios e o governo com retorno atraves de impostos. Se for separar os aposentados que contribuiram para a previdencia dos que nunca contribuiram, a previdencia vai se tornar superavitaria. ´É injusto aumentar o salario minimo e não incluir no aumento os trabalhadores da ativa e os aposentados que contribuiram durante 35 anos e até mais. O aumento do salario minimo deveria beneficiar a todos que recebem até 4 salarios minimo.O maior problema para aumentar o salario dos trabalhadores não são os patrões, é o sitema de infraestrutura que não suporta um crescimento do país num ritmo acelerado como a China.

  66. Tá bom, J Leite, se voce conseguir convencer os empresários de que eles só têm a ganhar aumentando os salários de seus empregados (e como não há nada que os impeça de fazê-lo) eu convenço a Dilma a nomear voce ministro da Previdência. Dou-lhe minha palavra. Mas sua matemática é Jupteriana, pois um aumento de R$ 500,00 numa aposentadoria, que serão pagos integralmente pela Previdência, gera uma contribuição de mais ou menos R$ 50,00 e portanto um déficit de R$ 450,00. Talvez no planeta Jupter dê certo. Mas minha promessa está de pé. Ótima quinta-feira, J Leite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *