2011: o ano em que a oposição sumiu

2011: o ano em que a oposição sumiu

Caros leitores,

como ninguém é de ferro, viajo daqui a pouco para São Sebastião, onde vou tirar minha folga de final/começo de ano. Até a presidente Dilma e as excelências do Congresso Nacional já saíram de férias. Vamos ficar sem assunto para comentários políticos por alguns dias. Afinal, ninguém é de ferro. Retorno no final da semana que vem.

Se algum fato novo acontecer e assim o justificar, voltarei a qualquer momento em edição extraordinária, como diziam os antigos noticiários radiofônicos.

Quero agradecer a todos os leitores a audiência e a participação nos comentários do Balaio, que é o que este blog tem de melhor. Agradeço também aos colegas do R7 e aos patrocinadores por me ajudar a manter no ar este espaço democrático, com absoluta liberdade para tratar de todos os assuntos que merecem ser publicados.

Um 2012 de boas notícias para todos vocês e até a volta.

***

O principal fato político do ano não foi produzido pelo governo, como costuma ser, mas pela oposição. Foi, na verdade, um não fato: o desaparecimento da oposição partidária (sobrou apenas aquela que se abriga em setores da velha mídia e em alguns blogs).

O PSDB e seus satélites DEM e PPS sumiram da cena política brasileira junto com seus líderes, que não pararam de brigar entre si durante todo o ano, e deixaram o campo livre e tranquilo para a presidente Dilma Rousseff inaugurar o seu governo.

A tal da “Faxina da Espalanda”, outro tema de destaque em 2010, que fez Dilma trocar sete ministros em menos de um ano, foi mais um evento de imprensa do que uma iniciativa do novo governo, que ainda não começou para valer, dando apenas continuidade ao que herdou.

O DEM, ou o que sobrou da antiga Arena, que virou PDS, PFL e outros partidos menores, foi engolido pelo PSD, a antiga sigla ressuscitada pelo prefeito paulistano Gilberto Kassab.

Outro  fato político de destaque do ano, o neo-PSD já nasceu com mais de 50 deputados e se tornou a terceira maior legenda do país. Com largo espectro ideológico (“não é de direita, nem de centro, nem de esquerda”), já nasceu governista.

Juntos, os três partidos de oposição chegaram ao final do ano com apenas 88 deputados federais (elegeram 109 em 2010), aos quais podemos agregar ainda os três figurantes do nanico PSOL, que também estão fora da monumental base aliada, mas correndo pela esquerda radical.

Levantamento publicado pela “Folha” neste final de semana contabiliza somente 17,5% das cadeiras da Câmara Federal ocupadas por parlamentares oposicionistas _ o menor índice desde a redemocratização do país.

Desta forma, a presidente Dilma Rousseff deitou e rolou no Congresso Nacional, aprovando tudo o que queria, sem maiores sacrifícios, a não ser atender aos apetites dos aliados, que lhe deram bem mais trabalho do que a indigente oposição.

Este cenário projeta um 2012 tranquilo para Dilma na área política, embora sua anunciada reforma ministerial possa deixar aqui e ali alguns descontentes entre os partidos aliados.

Diante desta maioria avassaladora, no entanto, levando ainda em conta os altos índices de aprovação popular da presidente Dilma e uma economia razoavelmente estabilizada, que alternativa restaria aos aliados que se sentirem rejeitos na reforma?

Vão se jogar ao mar para se agarrar às bóias murchas da oposição mambembe? Correrão para os braços de Serra, Aécio, Agripino Maia, Roberto Freire?

Aécio conseguiu derrotar Serra em todas as instâncias partidárias tucanas, mas o ex-governador paulista não quer largar o osso da sucessão presidencial em 2014 e o ex-govenador mineiro ainda não se afirmou como liderança oposicionista de expressão nacional. Os outros dois estão juntando os cacos.

Com Lula momentaneamente fora de combate tratando um câncer na laringe e Fernando Henrique Cardoso dedicando-se mais às suas palestras, já sem esperanças de dar um rumo ao PSDB, Dilma assumiu de vez o protagonismo político. Em outubro, enfrentará sua primeira eleição na cadeira de presidente dando as cartas numa posição bastante confortável, com cacife alto e sem concorrentes à vista para 2014.

Seus principais adversários não conseguem se entender nem para lançar um candidato para a Prefeitura de São Paulo, berço do tucanato, capaz de enfrentar Fernando Haddad, o candidato petista de Lula/Dilma. O PMDB, como de costume, a tudo assiste, calculando onde poderá obter maiores vantagens.

Em 2012, tudo pode mudar, claro, a depender do que vai acontecer com a abalada economia mundial. No final de 2011, porém, a um ano das eleições municipais, é este o quadro, absolutamente favorável ao governo central e seus aliados, e melancólico para a oposição.

Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

75 thoughts on “2011: o ano em que a oposição sumiu

  1. 2011 o ano perdido – A inflação decololou e o governo mente, as transações comerciais irão levar o país para o déficit , internamente a dívida chegou a 2 trilhões e continuar subindo. A atividade industrial e comercial caíram e vão mostrar sua força após o ano novo e o governo simplesmente não tem a menor idéia do que fazer. Nada de investimentos em infraestrutura, educação e saúde, só uma maquilagem fajura. Vai sobrar para o brasileiro até aprender a votar em quem tem um projeto de governo e não de poder. Esse vale?

  2. O seu post é maravilhoso e até dá para a gente um certo conforto ao saber que a oposição – inimiga do Brasil – esteja no fim, mas infelismente a minha sensação é outra, a de preocupação pois durante um ano em que eles conseguiram derrubar sete ministros sem comprovação cabal de corrupção, com tão pouca gente ou representação, o veredito final é a precaução. O pior é o que me deixa mais triste, para não dizer revoltado, é que a maioria dos brasileiros não votaram neles e acabou, de certa forma, cedendo o governo deles com a Presidenta Dilma. Nunca vi minoria fazer tanta coisa assim e a maioria só assistir sem protestar a não ser aqui na web com os blogs amigos e mesmo dando uma entrada nos blogs da direitona não pudemos dar pitatadas porque não nos deixam entrar, o que demonstra o quão democratas são e por mais educados que sejamos. Esta oposição nos dá e continuarão a nos dar muito trabalho e preocupação porque a força que os impulsiona é o interesse econômico e a defesa das mordomias com a quais ganham muito dinheiro. Portanto eu acho que ela não andou sumida mas pelo contrário, andou bem ativa apesar de ter pouca representatividade no governo federal e fez um barulhão danado, se assim podemos dizer. Isto comprova que os que defendem o governo federal não podem dormir sobre os louros das vitória aparente e dá a idéia de que para a coisa andar melhor é que seja totalmente destruída para tudo andar dentro de uma certa estabilidade e paz. Oposição esperada é aquela inteligente que participa dando sugestões sadias e construtivas e não interessadas como esta nossa, que tem espírito de vingança e revanchismo das urnas. Eu gostaria que a oposição se juntasse ao governo, que alicerçasse planos concretos de governo viabilizando tomadas de decisão, dando a sua contribuição, mas esta nossa, nada tem de evoluida, é mascarada, insolente, prepotente, intrometida, despudorada sem contudo participar, construir. Seus integrantes são verdadeiros espíritos de porcos, só emporcalham e ao mesmo tempo são inconsequentes, não amam o Brasil. Ela não pode ser festejada, querem ser contrária mas não sabem ser, querem participar mas não sabem como e porque, só querem destruir e construir o caos, querem só confusão, são terroristas, este é o carácter que se me aponta. Estarei sendo um sonhador pensando um dia, a não ser em breves lampejos que esta oposição contrua algo de palpável, interessante para o povo que quer um Brasil grande no cenário mundial com o a possibilidade de ser a primeira economia, já chegamos ao sexto posto, mas isso não lhes interessa porque o nosso método não coaduna com os seus, golpistas, elitistas, burguês e oportunista. Vamos aguardar um ano novo com grandes feitos esperando a conlusão das obras para a Copa do Mundo e as Olimpíadas, a melhoria da nossa infraextrutura em todos os aspectos e uma foto melhor do nosso país levada ao mundo para que sempre haja vontade de conhecer um Brasil cheio de progresso e não só de belas mulheres, carnaval, futebol, samba e café, mas de grandes realizações, o que mostra a pujança da nossa gente que trabalha e muito.
    Bom Ano Novo a todos.
    Do amigo inconformado
    Divaldo.

  3. Ricardo
    Como se opor a um governo onde a Presidente se comporta com firmeza, discrição, coerência e ética. O próprio FHC se revelou admirador do estilo “Dilma de governar”. Ladrões, corruptos e oportunistas existem em todos os partidos. O PMDB é um exemplo clássico. PC do B, PSB, PT e PSDB não ficam atrás. PR, DEM, PSD, sem comentários. A diferença está na tolerância, firmeza e coerência com que se comporta o líder quando se defronta com tudo que a Dilma se defrontou no seu primeiro ano de governo. Denuncias não faltaram. Outras, com certeza, ainda estão por vir. Por suas atitudes Dilma já deixou claro que “se pegar com a mão no cofre, vai dançar, seja do seu PT ou de qualquer partido da base aliada”. A sua maneira, com discrição, vigor e coerência ela vai substituindo ministros. Como se comporta uma oposição num quadro como este ? Fica esperando uma denuncia ou produz uma denuncia onde o próprio líder é atingido. Difícil acontecer. Se tem um adjetivo para definir Dilma na sua trajetória pública é “integridade”. Então não haverá oposição forte. Não há fatos para fortalecer oposição ao governo federal. A economia vai bem e isso é o mais importante. Tomara que continue assim. O Brasil agradece.

  4. Bom descanso para você, Ricardo Kotscho, desejando que 2012 seja bem melhor que 2011 e que não sejam gerados 2milhões e 300 mil empregos, mas muito mais.
    Graças a Deus que o povo elegeu a presidente Dilma, que ao lado do ex-presidente Lula, conseguiram impedir a continuação da roubalheira tucana.
    Que tucanos e demos prestem contas da maldade que fizeram durante os anos da herança maldita.
    CPI neles.

  5. Caro Kotscho
    O mais divertido é ler comentários como esse do Dum aí embaixo.
    No dia em que se anuncia que o PIB brasileiro supera ( irreversivelmente ) o do Reino Unido ainda temos que ler essas besteiras.
    Tento a oposição micha, quanto a mídia esquizofrênica esmagada definitivamente pelo livro do Amaury Ribeiro Jr. ( Privataria Tucana ) já viraram atrações de circo ou temas de estudos psiquiátricos.
    Enquanto isso a imensa maioria do povo brasileira navega solene e feliz da vida com as conquistas dos GOVERNOS DO PT nesses ultimos 9 anos.
    Mas é bom que pessoas como o Dum continuem assim, na contramão dos fatos. O PT deve a eles as últimas vitórias nas urnas. Agora é buscar a hegemonia política no Brasil, objetivo final de todo e qualquer partido político no tempo e no espaço. Todo projeto de Governo é UMA PARTE do projeto de poder !!!
    É para isso que existe a política !!!
    É para isso que existem partidos !!!
    É para isso que existe o PT !!!
    E VIVA O PT !!!
    VIVA LULA !!!
    VIVA DILMA !!!
    VIVA O NOVO BRASIL !!!

  6. Ricardo,

    Desejo a você e a todos os “BALAIEIROS” um 2012 sem inércia. Muitas ações positivas, muitas mudanças pessoais, muitas vitórias tragas por este agir em 2012.

    Quanto a sua postagem, não digo que 2011 foi um ano em que a opoisição sumiu. Para meu olhar, acho melhor se dizer que 2011 foi o ano em que o interesse se firmou na politica nacional. Sim, a oposição diminuiu mas o oportunismo cresceu. O que me comprova isto são suas palavras ao se referir que a base aliada deu mais trabalho que a oposição.
    Não podemos nos iludir com esta diminuição. Não podemos nos iludir com a base aliada pois, se algum perder a boquinha, vira casaca na hora.
    Mas, a noticia de hoje, a qual aponta que o Brasil despontará como a sexta potencia mundial, desbancando o Reino Unido, é muito importante. Sinal de que a politica implantada pelo governo PT deu certo, esta dando certo apesar de tantas nuancias, alias, normal em todos os governos.
    Que em 2012 o Brasil continue seu caminho rumo ao ápice.

  7. Essa gente nervosa e psicótica ( uma insignificante minoria ) que ainda escreve asneiras aqui no Balaio e nas áreas de comentários dos veículos do PIG ( Globo, Folha, Estadão e Editora Abril ) me faz lembrar a piada do português que dirigia na contramão da Marginal Tietê e que quando alertado respondeu:
    – “Eu na contramão ??? NÃO !!! Na contramão estão todos os outros !!!”
    São “FANTÁSTICOS” !!!

  8. como assim? a oposição derrubou seis ministros do governo, na maior sequência de quedas ministeriais da República. imagina se houvesse oposição, então… os jornalista me matam de riri!!!

  9. Laucimar Di Vasconcelos
    Diante de tudo isto que foi dito o único caminho do qual temos é o PRB10 que vem com pessoas novas e acima de tudo com determinação e sabe o que cada pessoas precisa pois falo todos os dias nas ruas com amigos e clientes e futuros clientes falo de CELSO RUSSOMANNO e o que poderei fazer na comunidade onde moro com os serviços público que funcionem de verdade

  10. Precisamos trazer o PT de volta para a oposição. O PT para fazer oposição é otimo, para governar nem tanto. O Lula pegou o país com uma dívida publica em torno de R$ 700 bilhões. Em 9 anos de governo do PT a divida publica ultrpassa R$ 2,3 trilhões. Esse salto na divida publica aconteceu sem o governo investir quase nada em infraestrutura, saude, educação, saneamento básico e outros. Se a divida continuar aumentando como bola de neve logo logo vamos ter uma crise nas proporções da Grecia, e o governo não está nem aí. A dilma ja falou que não vai haver reforma ministerial nenhuma. Muito menos redução de ministerios. Se dependesse do governo os ministros denunciados estariam todos exercendo os seus cargos e. Viva a corrupção. As denuncias de corrupção no governo não partiu do PIG nem da oposição. As denuncias foram levantadas pelo governo do Ceara, Cid Gomes que denunciou o estado calamitoso em que se encontrava as estradas federais do Ceara. Chegou a fazer rali na estrada e. Falou que o ministerio dos transportes tinha virado um antro de corrupções.

  11. Um bom descanso ético jornlista kotcho.espero que voltes assim com humildade e carisma que é a sua marca no ano de 2012. adoro os seus comentários atualizados e isentos no jornal da record news.você gosta de lêr um bom comentário acesse o SulPmpa.blospot.com
    nas tuas ferias merecidas,.tem postagem bem interessante uma reflexão sobre o eterno presidente Lula.
    me emocionei quando escrevesse um dia deste sobre a saúdade do seu sáudoso pai.eu tambem sinto muito a falta do meu pai.mas vamos enfrente ricardo kotcho Deus esta com a gente jogamos dignamaente no mesMo time.o time da nova midia social branca e alva como as neves.um fórte abraço deste seu fá.feliz ano novo pra vc e para os seus familáres e admiradoes. de seu novo amigo-joão batista.

  12. Rk!!!!!! , boas festas para você , e que deus continue iluminando o seu caminho e toda a sua família eu não tive ainda o privilégio de conhecer o senhor mas pela a sua coragem ,que demostrou em 2011 , fiquei ainda mas seu fan , sobre a oposição e seu ano perdido , eu já sabia o que estava para acontecer , o povo está vacinado e hoje não aceita que miguem forme sua opinião tentando fazer crê que o PSDB e pai da honestidade ai RK não dá amigo

  13. Querido Ricardo Kotscho, ótimas férias pra você e espero sua volta com certeza. Parabéns novamente pela bela explanação dos fatos.
    Agora o DUM aí abaixo, está exatamente igual ao que sobrou do PSDB e DEM, torcendo para que a tragédia chegue logo ao Brasil, para a popularidade da Dilma não subir anda mais.
    Dá dó ver uma pessoa torcendo contra seu país. Ainda bem que isso não se concretizará e ficará somente no desejo da turma do contra.

  14. Ótimo texto, Kotscho, lembrando que, como disse a Judith, o PiG tornou-se ( ou sempre foi?) a oposição, já que a oposição está fragilizada ( não é uma graça, a piguete?). Em 2012, estaremos firmes e unidos com a presidenta Dilma! E boas férias ao Balaio…

  15. Graças a Deus, à eles só restaram a PIG e a “mídia marron”para fazerem o “filme” deles e estas já não elegem como antigamente.Tomara que nas próximas eleições eles terminem de sumir para a felicidade geral da nação.

  16. Caro Kotscho.
    Na verdade – é tedioso, mas vale repetir— a oposição não sumiu. Não há oposição de fato. E dentro dos parâmetros do capitalismo e do neoliberalismo, como fazer oposição a um governo que administra com estrondoso sucesso e firmeza as regras e os fundamentos de uma economia de mercado clássica.
    O governo PT provou, por A+B que, não há alternativas ao capitalismo. A prosperidade e o bem estar social só podem vir do trabalho árduo de todos e não de um Estado gestor e ‘’BABÁ’’.
    A oposição que há, não é a clássica, dos meios políticos partidários, mas da imprensa livre que está atenta aos excessos e os desmandos do governo. A oposição partidária Kotscho, é frágil, pequena e fragilizada, pois como se sabe, os grandes partidos foram devidamente alojados em posições governamentais num fisiologismo descarado e jamais visto. Partidos se entregaram às delícias e aos holofotes de uma economia bem sucedida da qual tiram o produto precioso: O VOTO.
    Mas, caro Kotscho, o governo PT está ‘’exagerando’’ na dose de capitalismo. Ora, ora, se passamos o Reino Unido no PIB, por que razão ainda somos o 84º IDH e o nosso PIB per capita é 4 vezes menor do que o deles?
    Assim Kotscho, antes de comemorarmos deveríamos lamentar tamanha concentração de rendas. Não é?
    Fica, pois, mais uma vez a lembrança aos exaltados; Esta política neoliberal-capitalista que faz tanto sucesso, não é a política do PT, é do governo anterior que, pagou caro com a impopularidade de sua implantação. O governo dono da marca perdeu feio para o genérico se contabilizados em votos.
    Nunca é demais lembrar do estrondoso sucesso nas exportações batendo recordes sobre recorde, graças, inclusive, —exceto Petrobras— a performance de algumas empresas privatizadas, as quais, quando estatais, exportavam prejuízos impagáveis.
    Um feliz Natal para todos.
    Liberdade, sempre.

  17. “O Lula pegou o país com uma dívida publica em torno de R$ 700 bilhões”

    O Lula pegou um País negativado no saldo da balança comercial (dos U$ 30 bilhões, devia U$ 35 bi ao FMI) e hoje tem ao redor de U$ 400 bilhões de saldo, triplicou o PIB, criou 25 vezes mais empregos que FHC e, last but not least, empresta ao FMI ao invés de tomar emprestado e já é a 6a maior economia do MUNDO. Tá bom assim, paspalho das 18:32, ou quer mais?

  18. O pior de tudo é que certa oposição de bico e penas está lançada ao mar com um enorme tijolo amarrado aos pés. Esse tijolo se chama “A Privataria Tucana”. Haverá bóia que aguentará tamanho peso???

  19. Que tal uma agenda de desenvolvimento para o Brasil? Deixo o link de textos que divulgamos on-line:
    http://www.desenvolvimentistas.com.br/blog/blog/2011/12/09/carta-desenvolvimentistas-ii/
    http://www.desenvolvimentistas.com.br/blog/blog/2011/08/02/carta-desenvolvimentista/
    Se a presidente Dilma não tem de fato compromisso com a corrupção veremos como ela se comportará com a nova “bomba do Rio Centro”, o livro do Amaury Ribeiro Jr. sobre a privataria tucana.
    Afinal, qual a urgência em acelerar projetos de corte privatista – Projeto de Lei nº 1.992/2007? Tem algum financista na fila esperando por mais essa tacada? Algum consultor das unidades de negócios do PT?

  20. Pois é Ênio e você é um dos ingênuos que acredita que isso valha algo. Pergunte ao Beto. Só passamos a Inglaterra, Reino Unido e quem sabe a França por causa da crise européia e das commodities. Logo a Índia nos passará. De que adianta isso se temos o 84º IDH e o nosso PIB per capita é 4 vezes menor do que o da Inglaterra? E os desvios de dinheiro, roubo mesmo, corrupção instalada, má aplicação de recursos em todas as áreas, endividamento do povo pelo estímulo irresponsável do governo, falta de políticas direcionadas a melhora da qualidade de vida (saneamento, água, energia, educação, transporte, saúde), pessoas incompetentes gerenciando o governo, falta de credibilidade dos 3 poderes e o pior de tudo partidos e políticos desonestos. Petista acreditam em coelhinho da páscoa e papai noel. A qualidade de vida aqui melhorou pouco, ficou bom mesmo para os neoliberais petistas que não largam suas mamatas. O povão continua se ferrando. E o país, ainda por cima importando Etanol!!!!! Cada vez que venho aqui percebo que a ilusão continua.

  21. Engraçado, acho que moro na Suécia, Bélgica, ou algum destes…
    A oposição sumiu porque o PT e seus aliados estão afundados na lama por si só… nem precisa oposição com um bando destes.
    Os ministros expulsos eram da oposição?? Não me lembro, como disse, acho que moro na Suécia…

  22. Apenas um adendo ao Mr. Chance das 09:01 de que Lula recebeu o Brasil sendo a 15a economia do mundo e hoje ela é a 6a sendo que, em dois anos, será a QUINTA. Caso estivéssemos falando de futebol poderíamos afirmar que Lula recebeu o Brasil na zona do rebaixamento e está colocando-o na elite do futebol. Grande Lula… Grande Dilma… Grande Brasil!

  23. É mesmo. De que adianta sermos a sexta economia mundial, se não podemos sequer dar um bolsa família decente aos miseráveis, que logo vem um bando de abutres abonados querendo acabar com isso, apenas por inveja, por causa dos votos conquistados ?
    O PSDB e seus comentaristas amestrados precisam se reunir e decidir se vão falar mal do aumento do PIB, ou da melhoria na distribuição de renda. Não vai dar para jogar nas duas pontas. Vocês não têm elenco, e nem banco.
    Pib per capita e IDH não estão necessariamente interligados. A Austrália(2.lugar = 0,937) tem o segundo IDH do mundo, perdendo apenas para a Noruega(1. lugar = 0,938). Mas no PIB per capita, a distância entre os dois é enorme: Noruega(2.lugar = 94.387 US$)Austrália( 15.lugar = 46.824 US$). Luxemburgo, que tem o maior Pib per Capita do mundo(113.044 US$), está apenas em 24.lugar no IDH(0,852). Isso mostra que IDH e Pib per capita só podem ser comparados, se for levada em conta a distribuição de renda. Sem a distribuição de renda, nem adianta ter o maior PIB per capita do mundo. Sem o aumento do PIB, nem adianta distribuir a miséria igualmente entre todos. Então PSDBistas e pseudoanuladores de votos em geral. Vamos parar com esse chororô !

  24. Não vc nã esta na Suecia, vc esta na caverna do PiG, ou seja, na filial do inferno. Que continue aí. E espere sentada a CPI da Privataria Tucana . Mas, o Afeganistão é uma bom destino para se mudar de vez.

  25. Anibal – 27/12/2011 – 15h06
    ”É mesmo. De que adianta sermos a sexta economia mundial, se não podemos sequer dar um bolsa família decente aos miseráveis,…”
    Que isso Anibal?
    Quem disse que não pode dar um ”adjutório” aos excluídos? Quem? Admiro você não saber disso até hoje.
    Pois fique sabendo então; Quem dizia que não podia era o PT (você não se lembra rapaz?) e a esquerda rancorosa. Os liberais, ao contrário, sempre admitiram o assistencialismo como uma espécie de ”anestesiamento” do potencial revolucionário gerado pela fome que, aliado a propaganda e a marquetagem acintosa da esquerda era um ponto de atrito e de perigo constante ao equilíbrio da paz.
    Aos miseráveis Anibal, não se dá bolsa isso, ou bolsa aquilo, como já dizia o Lula na oposição, mas de-lhes condições para saírem desta situação humilhante e vexaminosa.
    Os liberais sabem desde os tempos ancestrais que, assistencialismo é a prova indiscutível do fracasso na luta pela inclusão.
    E conquistar votos por este meio é sim, Anibal, de uma desfaçatez a toda prova.
    Quanto ao PIB, você acertou em cheio; é isso mesmo. É inútil um PIBÃO concentrado. Aliás. neste caso —PIB alto e renda concentrada— significa maior injustiça social ainda.
    Como sabemos nós aqui do blog, há poucos dias o IBGE divulgou pesquisa oficial relatando que, mais da metade da população brasileira vive com menos de 320 reais (menos que um salário mínimo).
    Só para lembrar; o país de maior justiça social e uma das melhores distribuição de rendas do mundo é a DINAMARCA, onde o PIB não chega a 400 milhões de dólares (menos de 2/10 da brasileira)!

  26. Precisei comprar umas ferramentas para fazer uns serviços aqui em casa. Fiquei estarrecido quando visitei as lojas e vi que as ferramentas em esposição são quase todas importadas da China. Pocha. Será que nos regredimo ? Fui obrigado a comprar uma serra copo fabricada na China. Da mesma marca das fabricadas aqui. As inustrias brasileiras estão inportando os produtos prontos para vender aqui. A furadeira, Depois de andar muito encontrei uma da marca Makita fabricada no estadão do Parana. Um pouco mais cara mas comprei porque sei que é de boa qualidade. A vinte anos atras era proibido importar os produtos que eram fabricados aqui. Estamos exportando os empregos dos nossos jovens. `triste ver isso. Ainda tem gente que acha este governo ótimo. Exportamos minerio de ferro e importamos o produto acabado. feito com o nosso minerio. negocio bom para a China.

  27. Dum disse 10h42 : “Só passamos a Inglaterra, Reino Unido e quem sabe a França por causa da crise européia e das commodities.” ///// Pois é, Dum, o Santos só perdeu pro Barcelona porque tomou 4 gols e não fez nenhum. Que dureza, hein, Dum ? E durma com um barulho desses !!!!!!

  28. A Dinamarca(62.097 US$) tem um PIB per capita 32% maior que o da Austrália(46.824 US$). No entanto, a Austrália(0,937) está em um empate técnico com o maior IDH do mundo, que é o da Noruega(0,938), enquanto a Dinamarca está lá longe, em 19.lugar, com um IDH de 0,866. Donde se conclui que a meta do Brasil deveria ser uma Austrália, ou uma Noruega. Nunca uma Dinamarca. Como sempre se soube, há algo de podre no reino da Dinamarca, pois afinal se ela tivesse essa distribuição ideal de renda, seu IDH deveria ser muito maior. Ela deveria estar na zona de classificação para a Libertadores. No entanto, ela está apenas se livrando do rebaixamento. É preciso usar o raciocínio lógico quando se começa a comparar alhos com bugalhos.Eu gostaria de saber o IDH de CUBA. É uma pena a ilha dos Castros não estar rankeada. Se tivéssemos acesso à metodologia de cálculo, poderíamos tentar estimar. Mas parem para pensar: A República Tcheca, a Eslovênia, a Eslováquia e a Estônia, estão muito bem na fita do IDH, considerando que até ontem eram países comunistas.
    Mas agora vamos esquecer esse IDH, e vamos apenas pensar no índice de felicidade da população, o IDF. Para aumentar ainda mais o IDF do Brasil, é só continuar votando no PT, e PT saudações. Se votarem no PSDB, vai ser só fome, desemprego, miséria, choradeira… Uma tristeza geral ! Ainda bem que existe o PT.

  29. J Leite, foi o PT que abriu o país pras importações ? Se não me falha a memória a Dilma acaba de aumentar o IPI para veículos importados. J Leite, tenha compaixão por nossos fígados. Só temos um cada e a fila de transplantes é longa !!!!! //// Falando sozinho . . . . . Apesar de tudo ainda prefiro o J Leite e o Dum de Lucca ao impagável Luiz Carlos Velho, nosso Alvaro Dias do Balaio.

  30. Muitas discussões entre balaieiros, até com colocações um tanto ásperas e grosseiras. Como já dizia um intelectual da década de 70: “os homens não devem brigar e sim as idéias”. A economia vai muito bem nos últimos anos com ótimos índices de crescimento mas esse aumento do PIB ainda não se retratou em melhoras significativas na distribuição de renda. A carga tributária está entre as mais pesadas do mundo e o retorno a população ainda é precário. Saúde, educação, infra estrutura ainda estão longe do ideal. O país ainda gasta muito dinheiro com os chamados “malfeitos”, empreguismo, custos absurdos do Legislativo, além do grande exemplo que tem nos dado o Judiciário com suas “ajudas” a seus membros aprovadas na calada da noite a revelia dos órgãos controladores. Em resumo, apesar do ótimo desempenho da economia, ainda temos um longo caminho a percorrer até chegarmos a patamares razoáveis de IDH, PIB per capita ou quaisquer outros índices que meçam a evolução social. Mantega é muito otimista quando diz que precisaremos de mais 20 anos até atingirmos padrões europeus. Debelar a cultura de corrupção, o coronelismo em algumas regiões, que assola o país desde o seu descobrimento, e a aceitação passiva disso tudo por grande parte da população, ainda levará muito tempo. Estamos caminhando a passos largos na economia e regredindo na ética e moralidade dentro do poder público.

  31. Um pouco fora de contexto mas acho que vale o comentário… Ver Hebe Camargo e Regina Duarte se abraçando no Faustão foi a mesma coisa que ver Maluf e Serra em plena confraternização. A direita paulistana em seu momento nobre. Que espetáculo!!!!!

  32. O Aníbal faz exaltações partidárias mais emocionantes que os ”choradores” do funeral do camarada Kim Jong-il.
    Citei a Dinamarca, exatamente, pela distribuição de rendas cujo Coeficiente de Gini é de 021. Melhor que isso é praticamente impossível humanamente. ”79% da população são aquinhoados com divisões iguais da riqueza produzida.

    E o IDH de

  33. Victor Hugo – 27/12/2011 – 20h52
    ”Dum disse 10h42 : “Só passamos a Inglaterra, Reino Unido e quem sabe a França por causa da crise européia e das commodities.”

    Também é por isso. Mas, o mais importante foi a disciplina do governo PT no pagamento das dívidas e, como já disse várias vezes, ao aceitar, sem reservas, as regras da economia de mercado.
    Eu não sei o que vc comemora rapaz?
    Você aderiu ao capitalismo clássico?
    Ah, está tendo lições com o camarada Raul que está transformando a Ilha de Cuba—aos poucos— no paraíso do capitalismo.
    Seja bem vindo pois;

  34. Eu estou gostando deste debate acerca do IDH e ao invés de ter campeonato mundial de futebol entre seleções que tal um troféu de ouro maciço ao campeão do IDH e esquecêssemos do futebol? Daria mais resultados práticos que alimentar o ego dos torcedores. E os técnicos neste hobby seriam milhões e daria ensejo em assistir pela TV os debates de horas procurando como se tornar campeão com a melhores estrategias. Poderíamos ter também um campeonato mundial em Saúde, em Educação e outras modalidades.
    Acho que fui longe demais dando a idéia e os maiores interessados neste IDH baixo, na certa me crucificariam.

  35. Caro colega J.Leite, se voce for aos USA, se já não foi, não encontrarás produtos escritos em sua etiquetas “made in USA”, até comida são chinesas, indianas, paquistanesas e até indonesianas. Acho que é porisso que agora lá está uma draga danada e o povo não acha emprego em parte nenhuma e podemos ver um “paradão” danado no comércio. Estive lá em Julho e fiquei por 45 dias e posso lhe testemunhar que vi espaços de lojas aos montes em pontos bons para alugar. Desde este tempo para cá a coisa deve ter piorado muito e se não voltarem a reativar a fabricação “made in USA”, nem tenho idéia em que ponto aquilo ficará porque o americano estava acostumado a uma vida tranquila trabalhando e produzindo para o consumo mundial e agora estando nas mãos deste modo globalizado de produzir, se rebelarão. O neoliberalismo é o culpado disto tudo que dá ao mercado a condição de rei e afastou o governo da participação nele. Creio inclusive que esta crise não será repelida em pequeno tempo e vai levar o mesmo que teve a implantação do neoliberalismo que infelismente também foi a ferramenta que os tucanos utilizaram aqui no Brasil e que se o povo felismente, consciente ou inconsciente tratou de enxotar no voto, nós estaríamos na mesma dificuldade que estão os americanos e europeus.

  36. J. Leite procure um psiquiatra, você tá precisando. Com 88% de aprovação e você ainda quer o PT na oposição?!O Lula pegou um país falido(3 vezes recorreu ao FMI), não tinha moral para nada,pagou o FMI(diziam que a dívida era impagável ),não precisou vender nosso país para nenhum mafioso, melhorou todos os indicadores sociais,hoje o país é respeitado no mundo todo,celebridades tem vindo visitar o Brasil como nunca, o prestígio brasileiro tem crescido à olhos vistos e você quer a volta daqueles delinquentes ao poder?!Espere sentado J. Leite, o PT só cresce daqui por diante.Nem as denuncias caluniosas da PIG contra os ministros diminuíram o prestigio do PT.Tô com dó da PIG e dos enganados por ela.Leia o livro “A Privataria Tucana” e você verá com alívio de quem o Brasil se livrou.

  37. Meu Sonho de natal
    Todo mundo tem seu sonho de natal.
    Eu também tenho um sonho de natal
    O meu maior sonho é ver o Papai Noel aposentado.
    Acho-o muito velhinho para andar com aquele saco enorme cheio de presente para as crianças pobres. Caminhar por vielas ingreme. Ruas sem asfalto onde o esgoto corre a ceu aberto, subir morros e todas as dificuldades que os pobres estão acostumados a enfrentar diariamente.
    O meu maior desejo é ver todos os pais trabalhando e recebendo salario para dar todo o conforto que seus filhos precisam. Morar numa casa confortavel, em ruas asfaltadas, com agua encanada e esgoto canalizado e tratado. Que todos os pais possam comprar tudo o que seus filhos precisam sem precisar de ajuda de ninguém. que o filho do pobre não precise servir de escada para o rico subir ao Ceu, nem servir de trampolim para eleger politicos picaretas e corruptos.
    Feliz ano novo a todos os colegas balaieiros.

  38. Kotscho, aproveite a folga na política e atualize-nos sobre a saúde de nosso Presidente Lula a quem envio meu cordial abraço. Boa quinta-feira a todos.

  39. Demorou a aparecer um artigo do kotscho, onde eu pudesse expressar minha dmiração pelo PT. Apareceu. É este, que fala da falência do PSDB, DEM e assemelhados. Isso é a teoria do neoliberalismo aplicada aos partidos políticos. Quem tem competência, cresce e se estabelece. Quem não tem, desaparece do mercado político. Não é essa a regra ?
    Que mal há em admirar um partido político ?
    Que mal há em poder dizer em quem votou ?
    Pior seria, se tivesse que me esconder atrás de um voto pseudonulo.
    Não sou filiado, e sequer sou muito atuante. Faz muito tempo desde que participei da última passeata(diretas já) aqui no Rio de Janeiro. Mas gosto do PT. Acho que é o melhor partido que o Brasil tem. Ou o menos ruim, segundo os pessimistas. Não vejo nenhum partido melhor que o PT. Alguns se aproximam, mas são apenas os que jogam pela lateral esquerda. Os da direita, são um desastre completo, e caminham para o rebaixamento.
    O monte de números de IDH e de renda per capita, comparando países e suas colocações que andei colocando aqui, tinham como objetivo, fazer funcionar velhos neurônios, há muito tempo enferrujados. Como era de se esperar, não consegui. Quando se fala em IDH, é lógico que a infraestrutura do país, entra no cálculo. É lógico que a educação e a saúde também. Em termos de infraestrutura, por exemplo, o tamanho do país deve ser levado em conta, pois quanto maior o país maiores os gastos com infraestrutura. Quanto mais precário o estado da atual infraestrutura, maiores os gastos. Em termos de educação, quanto mais atrasado for o estado atual da população, maior será o gasto para colocá-la em patamares desenvolvidos. Na saúde, a mesma coisa. Então, se na Europa existe um país de dimensões milimétricas, com uma população diminuta, e com uma renda nababesca, é moleza ter um IDH lá em cima. Então, quando esse monte de leitores de Veja, começa a regurgitar números, como se os entendessem, eu fico com coceiras nos dedos, consulto o santo Google, e lá estão os dados para comprovar a lógica do raciocínio. Mas a lógica nunca foi o forte dos leitores de Veja.
    Os leitores de Veja, queriam : Uma distribuição de renda da Dinamarca, um IDH da Noruega, uma renda per capita de Luxemburgo, um PIB dos EUA, um crescimento da China, e uma carga tributária das Ilhas Virgens. Assim, se eles precisarem escolher um país para irem morar e deixar o PT em paz, ficarão como barata tonta.
    Gente que lê Veja. Já existe Internet. Já existe o Google. Vocês podem saber de tudo o que acontece no mundo todo, ou quase todo, apenas pesquisando e lendo. Vocês não precisam acreditar piamente em tudo o que a Veja escreve. Se precisarem, consultem seus netos.

  40. Para o JN de ontem, o Brasil está apenas preocupado com Adriano e seu incidente. 20 minutos falando disso… Já da Privataria, nenhuma palavra. Um jogador de futebol destrambelhado é um problema muito maior para o País do que um político, e sua família, subtrair bilhões dos cofres públicos.

  41. Colega Divaldo. Voce sabe que o liberalismo foi implantado no Brasil e no mundo por imposição do governo americano. Hoje, como voce acabou de presenciar com os seus proprios olhos, o povo americano estão pagando caro demais, e nós brasileiros tambem. Nós exportamos para a China minerio de ferro, soja, milho e outros produtos primarios. E importamos tudo o que é tipo de produtos industrializado, desde as mais simples bugiganga até os mais sofisticados eletronicos. E agora tambem automoveis. Até as nossas grandes empresas estão se internacionalizando. Desse jeito os trabalhadores vão ter que se organizar para exigir a volta do sistema de reserva de mercado como era antigamente. Temos que ter o direito de escolher o que queremos, e precisamos importar. Não podemos permitir que o nosso mercado seja inundado por produtos importados que nós sabemos produzir. Desse jeito o nosso parque industrial vai virar sucata. O Lua tambem assinou tratado de livre comercio com a China.

  42. Antes de me aposentar eu trabalhava com automação industrial e a empresa em que trabalhava tinha um cliente alemão que fabricava equipamentos aqui no Brasil e montava cervejarias desde o preparo da cevada, passando pelas máquinas de lavar garrafas até a embaladora em engradados do produto final. Esta empresa tinha uma filial na China que concorria com a brasileira em preços e a nossa perdeu todos os contratos de novas fábricas de cerveja no mundo porque o preço da filial chinesa era bem mais barato que o nosso. Foram dispensados com esta globalização aproximadamente 2.000 funcionários da nossa filial e eu fiquei de certa forma sem meu melhor cliente pois com ele eu vendia intrumentação de controle mais que o resto das nossa filiais brasileiras juntas. Não fiquei desempregado por isso mas ficou perigando a posição de ser o nº 1 na área de vendas técnicas e tive que me desdobrar. O que podemos ver neste caso é o problema da globalização da produção industrial onde quem tem preço menor da mesma empresa acaba levando o pedido e com isto até na mão de obra saem ganhando. Me parece que esta empresa filial brasileira, se não ganhou mais serviços, deve ter fechado. O mesmo aconteceu lá nos EUA com as empresas americanas se mudando pra China e o efeito foi o mesmo que tivemos aqui e foram dispensados trabalhadores. Ouço muita gente falando em comodityes (minério de ferro, soja, e outros) que temos aqui e exportamos, não tem condições de ser fabricado o produto final porque gasta-se muito para fabrcá-lo mas o chines no meu caso, que trabalha a troco de um prato de comida, foi o fator pelo qual se perdeu muitos negócios por aqui. Não sei se fui claro para voce J. Leite mas isto explica o problema e nossas leis trabalhistas são diferentes dos outros países, mesmo que o Real seja uma moeda menos valorizada que as demais. Já pensou se o governo brasileiro invista fortunas em infraextruturas e por causa de preços neste mercado globalizado perca pedidos? Vai ser um problema grave prá nós. O país vai ter todos os recursos para fabricar, estocar e exportar mas se não tiver pedidos, de nada vai adiantar toda a nossa infraextrutura. Acho que o buraco, como dizem por aí, é mais embaixo, coisa que muitos economistas sequer percebe e saem falando besteiras.

  43. Divaldo. Entendi perfeitamente o que voce disse. Mas se o governo não investir em infraestrutura o país nunca vai encostar nos países do primeiro mundo. As nossas estradas são muito precarias. As ferrovias são antigas e cheias de curvas impedido que os trens desenvolva velocidade, alem de ter sido abandonado quase a metade das ferrovias. os portos são insuficiente e não comporta um crescimento mais vigoroso. Este ano o pís projetava um crescimento em torno de 7,5%. A equipe economica pisou no freio para segurar o crescimento porque o país não tem estrutura para crescer mais do que 3 ou 4% ao ano. Os nossos produtos são caros porque para transportar perde-se muito tempo nos congestionamentos. Carretas de mercadorias que são destroçadas nas estradas causando milhões de reais em prejuizos.
    O governo não pode esperar que só o setor privado modernize o nosso sistema de infraestrutura. Os aeroportos de São paulo o governo vai privatizar. Não sou contra mas. O governo deve aplicar o dinheiro arrecadado com as privatizações dos aeroportos em investimentos em infraestrutura. Estradas, ferrovias, portos, para facilitar o escoamento dos nossos produtos e com isso ficar mais barato para poder concorrer com os produtos chinezes.

  44. Eu penso assim, se os governos anteriores tivessem investido em infraestrutura de modo gradativo, mesmo com a participação privada já teríamos a nossa já concretizada. Infraestrutura é um processo lento porque as prioridades são gerais e os custos nos proibe de executá-las em uma só vez. Daí podemos ter a idéia da falta de previsão dos ultimos governos. Pra´se ter um exemplo simples mas que explica tudo; nos EUA eu passei por vários aeroportos, nos mais remotos lugares e cidades e percebi que todos eles, embora a cidade que atendia era pequena, era gigantesco e ocupava uma área de uns 20 kilometros á sua volta. Sempre pensava que eram superdimensionados, grandes demais mas depois percebi que tinham que ser assim. No geral eles tem acima de 4 pistas em várias direções, coisa que até nisto temos deficiencia, Na verdade teríamos que construir novos aeroportos no estilo americano porque os nossos nem dão para fazer uma adaptação por causa da área em torno já estar habitada. Veja bem, o problema já vem de antes pois projetaram aeroportos muito acanhados e sem a preocupação de que no futuro o país cresceria, foram obras do tipo quebra-galho para se dizer que teríamos aeroportos ou obras para ganhar votos. Acho que o dinheiro gasto para viagens dos politicos daquela época foi mal utilizado ou eles foram fazer turismo pois nem perceberam esta realidade ao pisar nos aeroportos de lá. Eu que não sou politico, apenas um simples engenheiro mecânico pude perceber isto. Foi falta de observação dos politicos da época que viajaram muito mas fizeram foi turismo e curtiram os hotéis de luxo às nossas custas. Não tiveram a minima preocupação de observar os costumes do povo de lá para aplicar aqui. O governo já vem aplicando em infraestrutura mas dentro do esquema que estou dizendo, só que eu acho estar lento demais. Falta é gente de competencia geral para administrar o país, cabeças mais pensantes e observadoras. Neste caso acho o Maluf o mais dentro desta norma embora ele só pensa em tirar vantagens pessoais economicas nas obras em que executa.

  45. Aqui no Brasil os governos em qualquer instância, enxergam a corrupção como “um mal necessário”. Então uma ponte de 42 km no meio do mar, lá na China, custa R$ 3,6 bilhões ou R$85,4 milhões por km, enquanto que no RS a ponte sobre o Rio Guaiba de 2,9 km vai custar R$ 1,16 bilhões ou R$ 400 milhões por km. A chinesa levou 4 anos pra ser concluida, mesmo prazo da gaúcha. Essa é uma das razões pelas quais a China cresce no ritmo em que vem crescendo. Essa também é uma das razões pelas quais o Brasil não cresce como poderia. O “pedágio” é muito grande. Sem discussões partidárias pois qualquer partido que assuma governos de qualquer instância se comporta da mesma forma, ou seja, paga o “pedágio” aos partidos aliados e a si próprio. Ninguém se preocupa em mudar essa cultura. É uma roubalheira generalizada. Essa questão cultural brasileira só poderá ser modificada com investimentos maciços em educação. Preparando-se e remunerando-se devidamente os professores, equipando-se as escolas de todos os níveis e não criando-se “quotas” para as minorias. Deve se dar as mesmas condições a todos e não criar paliativos para dizer que negros, pardos, orientais e sei lá o que mais também tem acesso as boas escolas públicas graças as “quotas”. Interessante observar que o governo prefere privatizar aeroportos do que neles investir. Privatizar estradas do que nelas investir. Porque? Porque o dinheiro da arrecadação deve servir em primeiro lugar pra garantir a “boquinha” das militâncias partidárias e não para prover investimentos em infra estrutura. Essa tem sido a postura de governos federal, estaduais e municipais, ou seja, conviver com a sacanagem e a corrupção como um “mal necessário”. No Senado Federal todos estamos carecas de saber o que o Sr. Sarney e os digníssimos senadores aprontam, assim como na Câmara dos Deputados. Nas Assembléias Legislativas estaduais e nas Câmaras de Vereadores municipais temos exemplos clássicos de corrupção explícita sem que qualquer providência legal seja tomada. O Ministério Públicpo quando atua é “sufocado” pelo Judiciário que nos tem brindado com demostrações explícitas de sem vergonhice em todas as suas instâncias começando pelos 11 Ministros do STF, passando por todo STJ e chegando aos TJs Estaduais onde o corporativismo e a bandidagem rolam soltas e, no máximo, punem seus membros com polpudas aposentadorias compulsórias. Então, amigos balaieiros, não acredito que discussões partidárias vão levar o Brasil a extirpar os inúmeros “canceres” que o assolam desde seu descobrimento. Vamos aproveitar a grande oportunidade que temos de usar a internet e as redes sociais para divulgar e discutir todas as sacanagens que ocorrem nos 3 poderes da República sem nos preocuparmos se tais sacanagens são perpetradas por qualquer partido político específico porque todos eles fazem exatamente a mesma coisa quando assumem o poder.

  46. Fazer ponte na China, é um negócio da China. Quanto custa um engenheiro chinês ? E um mestre de obras ? Servente de pedreiro ? Qaunto custa um caminhão chinês ? Quanto o governo chinês gasta, se precisar indenizar os moradores desalojados pela ponte ? E a licença ambiental na China ? Quanto de imposto o governo chinês cobra de si mesmo, ao construir uma ponte ?
    Pelamordedeus, não vamos comparar a ponte chinesa com qualquer ponte no Brasil. O que deveríamos comparar da china com Brasil, é seu investimento em educação, e sua política nacionalista. Aqui no Brasil, tivemos muitos anos de política entreguista. A China não brinca. Por isso, em breve irá engolir o mundo.
    Aqui no Brasil, querem que o governo invista em infraestrutura. Mas ao mesmo tempo, querem que a infraestrutura já pronta, seja entregue à inciativa privada. O que querem afinal ?

  47. Desejo ao meu amigo Ricardo Kotsho e a todos os comentaristas amigos do r7.com um Feliz Ano Novo, com muita saúde, amor e paz de espírito. Que Deus todo Poderoso, criador de tudo que existe, os acompanhe a cada passo. Feliz 2011

  48. Caro colega Anibal, concordo contigo nas primeiras perguntas dos primeiros parágrafos pois o chinês trabalha a troco de apenas um prato de comida em qualquer nivel profissional e o governo, como ainda tem apego ao comunismo acha por bem não idenizar áreas desapropriadas. Da mesma forma sobre educação e politica nacionalista que os tucanos chamam de populismo. Já sobre infraestrutura, lamento discordar porque se estivéssemos com algum vestígio de infraestrutura, poderíamos encarar um crescimento maior e talvez bem próximo do da China. Não sei se voce sabe mas o Brasil tem deixado de atender a vários pedidos porque esta infraestrutura não atende e só daria prejuizos à imagem do país aceitando pedidos e atrazando as entregas por causa justamente da infraestrutura precária e a produção também atrazando por falta de investimernto de quem toca, talvez por não acreditar que as vendas sempre estarão no mesmo patamar. Uma coisa leva à outra e enquanto isso estamos neste impasse todo e o país vai deixando de produzir e vender. Lamentável mas temos que dividir privatizando algum setor mas muito bem fiscalizado para não se tornar uma pedra no nosso caminho e acabar tornando caro um processo que por natureza seria barato, como se sucedeu no governo desastroso do FHC. Porisso acho que precisamos de cabeças pensantes para organizar a coisa que de certa forma não se transforme num negócio da China para quem quer privatizar para si um bem público.

  49. Meu amigo Ricardo, não gostei do título, ele não condiz com a verdade da Dona Judith Brito.
    Ela foi textual quando disse: eles (a imprensa) eram a oposição e sendo assim o que eles fizeram no governo Dilma, mostrou que tem lado e são defato oposição o criando crises ficticias.
    Ricardo diz para o Franklin Martins voltar, não aguento mais o marido da ministra Gleici.
    Bom 2012 para o titular e seus leitores.

  50. Eu penso assim Divaldo….se não tivesse ocorrido, segundo a polícia federal, em 2011, um desvio de R$ 3,2 bilhões de recursos públicos, ou seja CORRUPÇÃO, o Brasil poderia ser outro. Foi o recorde de roubo no país. Ponto pra vocês, patriotas!!!!

  51. Canena – 01/01/2012 – 21h41
    ‘’Ricardo diz para o Franklin Martins voltar,..’’
    Pois é Canena. Se o Franklin voltar, que seja bem-vindo, mas, desde já, saiba que, se a intenção é patrocinar a lei da mordaça —marco regulatório; nome chique!— ”PERDEU”, ele terá um bom trabalho pela frente, pois terá que propor uma emenda à Constituição de 88, alterando o § 1º do Art. 220. Que é textual ‘’- Nenhuma lei conterá dispositivo que possa constituir embaraço à plena liberdade de informação jornalística em qualquer veículo de comunicação social…’’
    Entendeu Canena?
    Lembre-se ainda. A base aliada é formada, na maioria, por parlamentares do PMDB, entre eles, grandes proprietários de canais de TV e emissoras de rádios. Portanto Canena ,tanto faz o ‘’marido da Gleisi’’ como o Flanklin. Uma emenda Canena, exige maioria de 3/5 para ser aprovada. E se passar pelo Congresso uma tal ‘’regulamentação’’, esta será fatalmente fulminada no STF por absoluta e indiscutível Inconstitucionalidade ,uma vez que fere o Art.5. (Cláusula Pétrea).

  52. Mensalão do PT deve ser julgado pelo STF em 2012. Já o do PSDB…
    Denúncia aceita há dois anos pelo Supremo Tribunal Federal contra o tucano Eduardo Azeredo, ex-governador de Minas, não anda. Justiça passou 2011 sem achar duas testemunhas-chaves e à espera de laudo da Polícia Federal sobre assinatura de Azeredo em recibo por repasse de R$ 4,5 milhões de empresa de Marcos Valério.
    André Barrocal
    BRASÍLIA – No último dia do ano judiciário em 2011, 19 de dezembro, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa mandou aos colegas relatório preliminar, de 122 páginas, sobre a ação penal contra o “mensalão do PT”. Resposta inclusive a pressões internas do STF – o ministro revisor, Ricardo Lewandowski, deu entrevista no fim do ano dizendo que os supostos delitos poderiam prescrever -, o gesto de Barbosa torna possível o início do julgamento do processo em 2012.

    Leia mais
    http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMostrar.cfm?materia_id=19315

  53. Caro Divaldo,
    Idéias para alavancar a infraestrutura no Brasil:
    Criar uma forma(legislativo) para o tesouro vender títulos exclusivos para aplicação em infraestrutura. Criar uma lei de licitações exclusiva para os projetos de infraestrutura, que simplifique todas as etapas de implantação, e ao mesmo tempo permita maior controle e transparência de todas as operações. Para isso seriam usadas as ferramentas tecnológicas baseadas nos modernos sistemas de controle total(ERP) e colocar todos os resultados para consulta da população na Internet. Assim o governo poderia se autofinanciar exclusivamente para alavancar a infraestrutura. O resultado financeiro futuro dessas obras seria revertido inteira e exclusivamente para o financiamento de mais infraestrutura.
    Visto que a iniciativa privada quer ganhar dinheiro com risco zero, e por isso não aceita investir em infraestrutura, e que o governo não dispõe de margem orçamentária suficiente para a demanda de infraestrutura, o único modo de verdadeiramente acelerar as obras de infraestrutura é o governo assumir o risco, e utilizar o resultado(positivo para os otimistas) financeiro disso, para alavancar mais crescimento no futuro. Acho mais justo assim, do que da forma como querem os empresários sempre amigos do poder, que querem apenas comprar o que já está pronto, com financiamento público para pagar a perder de vista, só porque existe uma lei(8666) e um TCU ineficiente e obtuso, que engessa as ações necessárias das estatais para investir com a rapidez que o país necessita.
    Ou o governo faz isso no menor tempo possível, ou iremos demorar muito ainda, e ainda como efeito colateral, teremos que engolir um Eike Batista como futuro dono EXCLUSIVO da infraestrutura do Brasil.

  54. Caro colega Dum, será que voce não está enganado? Corrupção de 3,5 bilhões é até fácil de comprovar com documentos como fez o Amaury Junior com a familia do Serra no Livro Privataria Tucana, tudo devidamente documentado para todos verem e dentro da lei e estando livremente disponível até na internet. Mas até agora ninguém apresentou documentos comprobatórios legais comprovando esta suposta maracutaia dos ministros e a imprensa tem gente igualmente capacitada para fazer isto a não ser o jornalista Amaury que até surpreendemente calou a midia. Até penso que a Presidenta Dilma agiu de modo intempestuoso demitindo os ministros´, ouvindo a oposição, coisa que não consigo admitir porque conscientemente não votei neles para administrar junto com ela. Foi uma intromissão ao meu voto e à maioria dos brasileiros que a puseram lá como presidente. Porisso me sinto ultrajado como cidadão e os demais patrícios na certa também estão.

  55. divaldo – 02/01/2012 – 18h59 .
    Quando eu falo que, se as empresas estatais que foram privatizadas tivessem sido, como dizem os petistas, doadas, assim mesmo teria sido um grande negócio, pois, mesmo sem lucros, cessariam os prejuízos.
    Um exemplo clássico divaldo:

    A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), privatizada em 1993 , investiu cerca de R$ 256 milhões anuais no período 1993-97. Entre 1985 e 92, Estatal, investia míseros 65 milhões em média por ano . A CSN TINHA UM PREJU[IZO ANUAL DE 1 BILHÃO. Privatizada, logo no primeiro ano, transformou o preju[izo num lucro de 300 milhões de reais. Pagava(se é que se pode chamar de pagamento) cerca de R$128 milhões anuais de impostos antes da privatização, passando a R$ 208 milhões anuais depois de privatizada.
    A CSN, divaldo, era, como a EMBRAER (Também falida como Estatal) uma fábrica de empregos e prejuízos. Prejuízos que recaíam nas costas do povão, pois eram amortizados pelo tesouro, o que aumentava os gastos públicos gerando inflação e o descontrole dos gastos governamentais.

  56. Kotscho, não concordo com essa frase sua; “Desta forma, a presidente Dilma Rousseff deitou e rolou no Congresso Nacional, aprovando tudo o que queria, sem maiores sacrifícios”… O Código Florestal não demonstrou essa frase… ou será que a presidenta quer os absurdos que foram aprovados?

  57. Caro colega Luiz estas empresas foram privatizadas em razão das más administrações anteriores e já vinham capengando, até em governos anteriores ao FHC que não precisou grandes esforços para privatizá-las, uma vez que estavam à mingua e um tostão a menos, tanto faz como tanto fez que não daria mais prejuizo. Quando dizemos que foram doadas é em função do estado ter que deixá-las enxutas para a atividade privada tocar e depois ainda ter que financiar com o dinheiro público em suavíssimas prestações a perder de vista. Assim, me desculpe já é covardia, é coisa de pai para filho ficando configurada uma doação, porque quem dá coisas, são os pais aos filhos. O pior é que estes empresários depois saem contando vantagens, contando lorota que reergueram a empresa e ainda recebem prêmio como o “top” do ano. Em seu lugar eu nem teria coragem de receber um premio deste porque é muito fácil reerguer uma empresa com esta moleza toda. Agora estas espresas dão lucros mas cá entre nós, se o Lula não colocasse sob os braços a velha conhecida pasta 007 de vendas e divulgado o país, estes lucros seriam ainda irrisórios, já que o FHC éra afeito a tapetes vermelhos e palestras sobre sociologia e esquecia que estava lá para promover o país criando oportunidades de vendas. Tudo se soma, se há alguma administração e um presidente determinado no que é preciso fazer, as coisas vão em frente e esta lucratividade que há, devemos atribuí-la ao Lula, tanto com a CSN, a Embraer e até a Vale do Rio Doce. Como diz um velho ditado popular “a propaganda é a alma do negócio” o nome do Lula além do seu desempenho, elevaram as vendas e consigo a lucratividade. Se neste momento elas fossem estatais estariam dando os mesmos lucros ou até mais porque a administração seria escolhida a dedo e o seu desempenho estaria sendo observado e avaliado dia a dia, coisa que não acontecia e voce deve estar lembrado que houve até reportagens com fotos em capas de revistas mostrando uma mesa, uma cadeira e um paletó sobre o encosto da mesma e os dizeres “cabide de emprego”. O administrador responsável tocava a empresa como se fosse dono desinteressado e não havia desempenho nenhum, não havia cobrança e faltava mais que comparecia ao trabalho e as decisões importantes eram sempre postergadas para depois em dias e até meses.

  58. Rsss….Divaldo, desculpe mas só rindo da sua ingenuidade. Ou do seu fanatismo petista. Você acha mesmo que se esses caras, ex-ministros, fossem santos teriam saído. Provas existem aos montes e a PF e o MPF estão investigando.

  59. Caro amigo e colega Dum, eu não disse em momento algum sobre ministros que supostamente se corromperam mas sobre más administrações, da moleza concedida pelo então ex-presidente FHC nas privatizações até digamos fantasmagóricas de sinistras. Falei do trabalho insano do presidente Lula (eterno) que não saía do Brasil a título de passeio , de turismo e palestras sem fundamento ao país mas sim na necessidade mais urgente que é VENDAS E PROMOÇÃO focada na necessidade de vender. Que empresa que sobrevive sem vendas? O Dep. de Vendas segundo eu sei pelos contatos que sempre tive com empresários, era a menina dos seus olhos e a razão da sua existência, da sua empresa. Eu sempre achei muito interessante desmistificar que empresários não se importam com vendas, mas se enganam redondamente quem pensa ao contrário, eles até se matam por vendas e não acho que estou exagerando. Perdem até noites de amor com suas companheiras por isso que eu sei. Se eu tive toda esta convivencia com esta classe patronal e sabedor dos seus deleites lucrativos, acho que nunca estive no estado de ingenuidade por isto. Admiração pelo PT sempre tive e principalmente por ter sido frequentador do Sindicato dos Metalúrgico de São Paulo (+ ou – !963) e lá ter adquirido tantas informações do modus-operandis dos empresários, felismente alguns oportunistas nesta classe, e que quando ordeira e respeitosa, representa um bem ao país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *