Dilma precisa inaugurar um novo ciclo político

Dilma precisa inaugurar um novo ciclo político

A já esperada troca de Orlando Silva por Aldo Rebelo, ambos do PCdoB, no Ministério do Esporte pode ser o último capítulo de um ciclo político, o do presidencialismo de coalização, inaugurado após a redemocratização do país pelo governo acidental de José Sarney, em 1985, e que está com o prazo de validade vencido.

A sociedade brasileira clama por uma nova forma de fazer política e montar governos, que não seja baseada apenas em verbas e cargos, com o loteamento da Esplanada dos Ministérios em cotas partidárias no sistema de “porteira fechada”.

Com certeza, nem Dilma Rousseff aguenta mais este troca-troca de seis por meia dúzia. Em menos de dez meses de governo, a presidente já se viu obrigada a dar a conta a seis ministros de diferentes partidos, sem conseguir montar uma equipe minimamente coesa e competente para administrar o país.

Tudo bem que Dilma se elegeu a bordo de uma monumental coligação partidária e governa praticamente sem oposição, mas nem assim ela consegue ter uma semana de paz para se dedicar às grandes questões nacionais.

A maior parte do tempo da presidente neste seu primeiro ano foi dedicada à administração de crises provocadas por denúncias de corrupção em diferentes ministérios _ ou melhor, de “malfeitos’, como ela prefere.

O fato é que a pauta política foi dominada pelo cai-cai e a substituição de ministros, o que não resolveu nenhum dos problemas anteriores e criou outros. Nos últimos cinco meses, isto aconteceu uma vez a cada 50 dias.

Ninguém consegue governar o país desse jeito. Como nenhum partido reúne condições de governar o Brasil sozinho, é evidente que qualquer governo precisa montar alianças para se eleger e ter maioria no Congresso.

O problema é que não dá mais para utilizar os mesmos métodos do toma-lá-dá-cá que está na raiz de todos os escândalos passados, presentes _ e, se nada for feito, futuros.

Cabe a Dilma Rousseff, agora, com a força do apoio popular que as pesquisas demonstram, dar um basta a essa situação, enterrar esse ciclo.

Para isso, precisa estabelecer novos critérios na construção de uma nova maioria _ de preferência, com gente decente _  e estabelecer os requisitos mínimos de competência, probidade e compromissos com o país, tanto de partidos como dos nomes indicados para os ministérios.

Se o fizer logo, passa para a história. Se adiar por muito tempo, por mais concessões que faça, não terá assegurada a tão falada governabilidade _ ao contrário, poderá ver esvaziado o seu poder e inviabilizar a reeleição.

Em vez de ficar a reboque dos fatos e remontar seu governo no varejo partidário cada vez que um ministro inviabiliza sua própria permanência, a presidente Dilma poderia aproveitar a anunciada reforma ministerial prevista para janeiro e, desta vez, agir no atacado.

Por que os mesmos partidos têm que ficar para sempre com os mesmos ministérios, perenizando as mesmas práticas, apenas trocando Orlando por Aldo ou Pedro por Gastão? Onde está escrito isso?

Gostaria de ver a presidente Dilma fazer a primeira reunião ministerial de 2012, após a reforma, com caras e propostas novas capazes de dar novas esperanças aos brasileiros que votaram e confiam nela para devolver dignidade e honradez à atividade política.

Fazer um governo de continuidade como este para o qual ela foi eleita em 2010, graças ao apoio decisivo do então presidente Lula e dos seus 80% de aprovação popular, não significa que nada possa ser mudado.

Ao contrário, para preservar as conquistas sociais e econômicas da última década, é preciso criar novas bases para a relação entre o governo, os partidos e a sociedade, aprimorar os controles na administração e avançar na direção de um enfrentamento permanente aos maus hábitos de privatização pessoal e partidária dos recursos públicos.

É enorme, eu sei, o desafio colocado para a presidente que nunca sonhou em ser presidente, mas os últimos dias, semanas e meses demonstraram à exaustão que não é possível eternizar esse sistema político viciado, emendando uma crise na outra.

Não há escolha: é mudar ou mudar e dar início a um novo ciclo político. Quem pode dar o sinal e o exemplo é a presidente da República, Dilma Rousseff.

76 thoughts on “Dilma precisa inaugurar um novo ciclo político

  1. Com esta Mídia(propriedade de meia dúzia de famílias) tantando o GOLPE a cada dia, seria dificil até para o capeta, imagine para uma simples mortal. Imparcial, somente a Record e a Carta Capital. O resto é tudo “capachinho dos “donos do Brasil” – tres irmãos filhos do Dr. “Beto”). E ainda um Judiciário que é uma judiaria…
    Como diria uma amigo meu: “O” problema são três: Midia Golpista e Judiciário!!!!

  2. Caro Kotscho:
    Bonito texto. Mas o que é possível fazer com as quatro famiglias tenebrosas? Eis a manchete e o lide da matéria de hoje no portal do Estadão:
    “Novo ministro do Esporte recebeu doações de patrocinadores da CBF
    De acordo com a prestação de contas da última campanha, três de dez empresas ligadas à Confederação doaram dinheiro ao deputado, além de empreiteiras envolvidas na construição de estádios da Copa”.
    Na lista estão empresas que certamente contribuiram muito mais para outros candidatos, do DEM, do PSDB. Então de um fato normal, legal, conhecido, previsto na lei, a má-fé e ódio fazem algo para servir de projétil inicial contra outro aliado do governo.
    josé maria de souza

  3. Ótimo testo, mas não concordo. Mesmo se houvesse esse novo ciclo a Dilma não teria paz, o que está em curso é um golpe. Ora Kotscho, você é vivido experiente sabe do que eu estou falando, compara com o período pré 64 pra você ver as semelhanças a elite é poderosa. Repito: a história está se repetindo: ” Quando da campanha para derrubar Getúlio Vargas, que terminou no seu suicídio, os grandes órgãos da imprensa brasileira atacavam sistematicamente o seu governo. Batalha semelhante foi travada nos episódios que resultaram na deposição de João Goulart. Nas campanhas presidenciais recentes todos são testemunhas da parcialidade da grande mídia. O episódio mais lembrado ocorreu em 1989, quando após o último debate entre Collor e Lula, três anos depois, a mesma mídia que ajudou a eleger Collor teve papel decisivo para derrubá-lo”

  4. Kotscho, por que você fala tão pouco sobre o PSDB em SP? A compra de MPs, o novo mensalão do PSDB (o 2º com o de MG)? Você acha que é assim que iremos construir um país melhor? Com esse denuncismo seletivo? Depois tem gente que acha que o que dizem sobre a mídia ser golpista é exagero, quer exemplo maior que isso que está acontecendo?

  5. O único jeito de acabar com a crise é destinando uns R$ 3 bilhões pra propaganda governamental. E de preferência, pra 4 ou 5 grupos de comunicação. É a verba publicitária, estúpido.

    PS: concordaria com o texto se houvesse políticos em número suficiente pra aproveitar apenas os sérios…rs

  6. Ricardo, responda-me, porfavor: O cara saiu porque amealhava dinheiro para o partido…”uma pra tu, duas pra mim…”, claro pro bolso dele também, agora entra outro que sabe tudo sobre o esquema… vai mudar alguma coisa?! Parabéns pelo texto!

  7. O meu voto, de minha família e muitos amigos que convenci, só voltarão a ser dados a Dilma se ela, até 31 de dezembro, encaminhar o projeto de regulamentação da mídia ao Congresso. Sei que meu apoio é insignificante, mas desconfio que milhares de outros brasileiros pensam da mesma forma.
    Preservar a Democracia é mais importante do que proteger um governo, seja ele qual for. E preservar a Democracia brasileira depende de enfrentar as seis ou sete famiglias que, pela censura, manipulação, calúnia e infâmia, golpeiam o governo e as instituições democráticas.
    Acordo de cavalheiros exige cavalheiros dos dois lados da mesa. O PIG não tem cavalheiros, mas sim elementos altamente golpistas e anti-democráticos, alguns deles saudosos da ditadura. isso não é opinião: é fato de conhecimento geral, especialmente nosso, os jornalistas.

  8. Um país com a riqueza cultural do Brasil não pode ter uma Ministra trapalhona e equivocada como a Ana de Holanda. Sou mulher e acho que antes de qualques questão de gênero, a pessoa que está representando o país em um ministério tem que ser copetente e fazer juz ao histórico dos projetos construídos naquele ministério.

    Chega de ter politica de nomes de político no Brasil. Sempre que há mudança de ministério ou que uma eleição se aproxima, só se vê discussão de nomes, nunca de projetos e ideias! Queremos um projeto de país, não um projetinho pequenininho partidariozinho desse ou daquele nomezinho.
    Que venha o novo e urgente ciclo que você Ricardo tão bem colocou!

  9. Ricardo, diga logo que partido você quer cuidando da milionária receita do ministério dos esportes. Não sou do PC do B, mas desde que o partido toma conta da pasta o Brasil garantiu ser a sede da Copa do Mundo e o Rio a das Olimpíadas e o resultado de medalhas é só assistir a transmissão no seu canal. Mas é bom que fica claro que o objetivo é tirar o PC do B, A TODO E QUALQUER CUSTO. Vergonha desse governo, dos seus aliados, dessa oposição também, vergonha de tudo!

  10. O nobre blogueiro pinta um quadro de crises insuperáveis absurdo… E afirmar que a equipe deste gverno não é competente só assim o faz porque deve se basear no noticiário da imprensa, notória oposição do governo, que, contrariando este texto, existe e é muito poderosa.
    A ponto de, ao longo dos dois mandatos de lula e o o primeiro ano de Dilma, impedir que governe e faça valer sua agenda política de reformas políticas e sociais que o Brasil necessita.
    O sistema não muda somente pela vontade do governante, em uma democracia como a nossa, os vários segmentos políticos, aliados ou opositores, travam o embate para avançar ou regredir e a presidência precisa destes agentes políticos para caminhar para frente ou para trás.
    Lula foi capaz de absorver e derrotar todas as tentativas de retrocesso de um senado hostil e uma mídia preconceituosa e odiosa.
    Dilma também, a seu jeito, está conseguindo caminhar.

  11. Sabe qual é o novo ciclo que ela deve começar? Dar a escolha do seu ministério definitivamente para a mídia golpista. Não é a mídia que define quem deve ser demitido? Vamos as apostas! Qual o ministro que a mídia vai escolher para a “presidente” demitir em nome da tal governabilidade. Eu estou apostando no Fernando Adad. Ai Dilma! O Obama de saia.

  12. Em um pais do jeitinho, tarefa de hercules. Eu que não queria estar na pele dela. Dos homens que passaram pela presidencia todos mostraram frouxidão e nenhum teve a coragem. Tinha que ser uma mulher para mexer no vespeiro.

  13. Parabéns Kostcho

    Concordo com tudo. Este modelo de governo tem que ser
    substituído o quanto antes.

    A imprensa não derruba ninguém.
    Os incompetentes e corruptos é que acabam se incriminando.
    Palocci, Nascimento, Novaes, Rossi e Orlando caíram de “podres poderes”.
    E a imprensa noticia. Afinal é pra isso que ela existe e não para
    agradar ou desagradar determinadas ideologias.
    Dilma precisa mostrar trabalho, coisa que está devendo
    ao povo brasileiro. Aos seu eleitores.
    Se ela vai ou não conseguir é o futuro que dirá.Eu duvido.
    O lula também faria muito bem se não se metesse.
    Chega de “apoios” delirantes e inconsequentes.
    Ele tem que parar de azarar o governo dela.

  14. E não é que a Dilma é bem fraquinha mesmo?
    Politica é para políticos como seu amigo, o ex-presidente Lula.
    Dilma pode ser uma “gerentona” competentissima, e…só!
    Ao ceder a chantagem da mídia e demitir um Ministro apenas baseado na palavra de um sujeito como aquele policial militar, sem que o mesmo apresentasse uma única evidência, Dilma ofendeu seus eleitores. Eu votei em Dilma e não queria a demissão do Ministro Orlando Silva.
    Se o jornalista Kotscho navegar por alguns blogues de esquerda verá o estrago que a decisão da Dilma causou.
    E Dilma que não brinque com fogo, pois esse pessoal que está ai, não vai dar mole na eleição de 2014. Achar que dar para negociar com essa turma é de uma ingenuidade que assusta.
    Quando se trata da mídia tupiniquim, tem que se lembrar do Tonel das Danaides.

  15. O problema da Dilma é que ela não é o Lula – esse entende tudo de política e tem intuição e faro como poucos. Faltam nesse governo lideranças políticas de peso na Câmara e no Senado. Lula também não as tinha mas a figura e o peso político dele compensavam essa falta. Um erro dele foi não formar lideranças para exercer diretamente esse papel e hoje o que se vê é essa correria da presidenta para apagar incêndios já que seus lideres são frouxos. Mudar o ministério em 2012 não acredito que resolva o problema, reordenar as alianças tampouco. No mínimo ela deveria ter sido coerente com o que disse quando se referiu à defesa da presunção de inocência. Além de não aguardar as investigações legais solicitadas pelo ex-ministro e pelo MP ela não só se rendeu à raquítica oposição insuflada pela mídia como nomeou um deputado que se aliou aos ruralistas na votação do Código Florestal. Se é necessário ter alguém com cacife bastante para tratar com a FIFA e o COI que não seja o novo ministro, ela que atribua essa função a alguém de fora do parlamento, caso contrário a mídia vai fritar quem quer que seja esse interlocutor.

  16. Independente de quem está no poder, precisamos, isso sim, é escancarar os “malfeitos” da velha mídia. Os blogs fazem este papel, mas precisamos reforçar isso. Com raras exceções, não acredito na velha mídia. E tenho razões sobra para a minha descrença.

  17. Meu caro Rcardo, Penso que não se trata de nomes, a questão é outra, o que setá em curso é uma armação politica bem orquestrada para inviabilizar a continuação de um governo popular que se iniciou em 2003. Esse pais está passando por grandes mudanças socio-economicas e a elite não aceita que estas mudanças sejam conduzidas por classes diferentes. Sua análise, no meu entendimento, está aquem da realidade dos fatos. Um abraço, Jose Braz

  18. caro Kotscho, te acompanho ja faz um bom tempo e respeito sua opinião, mas novamente discordo de vc novamente. Acho q, em primeiro lugar, erra o foco da questão. Tanto faz a presidenta mudar o esquema de administração ou não, se tem uma coisa q a queda do ministro dos esportes mostrou foi que os fatos ou evidencias pouco interessam. A grande imprensa ou Pig (como PA gosta) vai continuar nesta dinamica de sangria do governo, ministro após ministro, até q se sinta suficientemente seguro ou para ganhar as eleições de 2014 ou para derrubar o governo. Mudar o sistema atual, na presente conjuntura, criaria mais possibilidades para uma crise generalisada do que para soluções. A presidenta, em uma jogada, perdeu uma oportunidade para dar um basta à uma imprensa inresponsável e partidarizada por um lado. Por outro, ela esta perdendo a militancia de vez (se duvida de uma olhada nos comentários dos blogs do Azenha, PA, Luis Nassif e outros), o desanimo com o governo esta se tornando generalizado e a certeza dos militantes de direita de q vão conseguir é cada vez maior. Sei que vc não gosta do fla-flu superficial, mas se a presidenta não começar a jogar com aqueles q a elegeram, se ela não quebrar este ciclo vicíoso da mídia, ela vai fracassar nas eleições ou ser derrubada. Já dizia o ditado “aquele que todos tenta agradar acaba não agradando niguem”. Ou se determina uma linha clara no governo e se bata um freio na mídia e seu disparates diários, ou este governo está fadado ao fracasso.

  19. …enquanto isto lá em Jeremoabo sertão da Bahia, seu Manoel Galdino, feliz da vida por ter votado em DILMA, e mais feliz por sentir que o seu, para os brasileiros como ele, esta tão bom quanto o de LULA, sai de sua cazinha, bate na barriga cheia de cuscuz com leite tirado das vaquinhas que comprara com financiamento do banco do Brasil que finalmente chegara até ele, olha para o lindo céu estrelado, e fala para si mesmo:” Graças a Deus tivemos LULA e agora DILMA para cuidar dagente, e, distraido em seus pensamentos, grita alto para sua velha companheira que na sala telefona para sua filha que estuda odontologia em Salvador graças ao Prouni, e grita: NÉ NÃO ZEFA ???
    -É meu véi !!! Responde dona Zefa sem saber o que ele lhe pergunta.

    É, a estas pessoas, e a nova classe média urbana, que a nossa presidenta deve dar ouvidos para inaugurar um novo governo, pois elas não estão nem aí, pra esta p.rra de PIG.

  20. Excelente texto, foi de uma imparcialidade impressionante e focou no centro da questão. Cobrou uma nova atitude da presidenta, responsavel pelos escandalos, mas ao mesmo tempo compreendeu a nova perspectiva que ela terá em mãos se conseguir renovar as velhas praticas politicas brasileiras. Muito bom.

  21. Pera lá Kotscho…
    A sociedade clama por uma nova forma de fazer política ?
    Quem é essa sociedade que clama ?
    É claro que todos queremos uma nova forma de fazer política. Mas não somos ingênuos de achar que isso seria possível com os atuais eleitos e sem aprovar o financiamento público das campanhas.
    Ninguém é trouxa ! A Dilma não é. Eu não sou. A oposição nunca foi trouxa e sabe muito bem o que quer. O que quer a revista Veja ? O que quer a Folha ? O que quer você, Kotscho ?
    Como fazer com os atuais eleitos e partidos para extirpar a política do toma-lá-dá-cá, e seus inevitáveis mau feitos ?
    Saber onde encontrar “maus feitos” é mole. A oposição sabe esse caminho de cor e salteado, e pode indicá-lo à imprensa de olhos fechados.
    Kotscho, você anda muito estranho…
    Será que você foi sequestrado pelo cabeção, como li aqui alguns dias atrás, e agora é ele quem escreve no Balaio ? Vamos testar… Qual o nome de sua avó materna ? Qual é a data de nascimento da Mariana Kotscho ?
    Da forma como estão as coisas é impossível para a Dilma, governar.
    Agora vem a pergunta que não quer calar , Kotscho :
    Se o Zé Bolinha tivesse sido eleito, essa mesma “sociedade” estaria clamando por um novo jeito de fazer política também ?
    Ou, no governo do Zé Bolinha não haveria mau feito algum ?
    Haaannnn ?

  22. QUANTO TEMPO DURA ALDO?

    Da Agência Estado

    Novo ministro do Esporte, Aldo Rabelo, recebeu doações de patrocinadores da CBF
    De acordo com a prestação de contas da última campanha, três de dez empresas ligadas à Confederação doaram dinheiro ao deputado, além de empreiteiras envolvidas na construição de estádios da Copa

    Eduardo Bresciani, do estadão.com.br

  23. Pois é… Missão cumprida em relação ao Ministro Orlando Silva e o PIG já começa, sem recreio, o tradicional bla bla bla contra o ENEM. Já falam em anular a prova. E, claro, detonar a candidatura do Ministro Fernando Haddad para Prefeito de SP. Temos hoje dois Brasis; um que vai bem, cheio de reservas cambiais (um milagre que com tanta corrupção ela só aumente…), pleno emprego e cogitado até para ajudar a Europa. E de outro lado o Brasil das manchetes dos grandes jornais… um país destroçado pela incompetência e corrupção. Fique com o seu que eu fico com o meu…

  24. Alguma surpresa com essa notícia?

    Hoje às 17h31 – Atualizada hoje às 18h30
    Wikileaks: William Waack, da Globo, é citado três vezes como informante dos EUA
    Jornal do Brasil
    Jorge Lourenço
    O jornalista William Waack, da Rede Globo, se tornou um dos assuntos mais discutidos no Twitter nesta quinta-feira graças a supostos documentos da Wikileaks que o apontariam como informante do governo americano.

  25. ASSIM FALOU ZÉ DE TUSTRA…

    Uma imrensa quando num presta
    Num tem cuma cunsertá
    E quem der ouvido a ela
    Com certeza…vai se ferrá
    É discunhecê o que ela diz
    E pra frente caminhá

    Uma amiga de minha avó
    Que era muito fuxiqueira
    De tanto falá dos outros
    De tanto falá asneiras
    Tumô o remédio errado
    E morreu de caganeira

    Meu avô sempre dizia :
    Meu fii…
    Se o caba é teu inimigo
    Nunca almoce cum ele
    Pois…enquanto tu serve a boca
    Debaixo da mesa, ele pode
    Com tua faca…
    …perfurar o teu imbigo

    Cum inimigo…
    …num tem conversa não
    Se o caba qué o que é teu
    Como pode meu irmão ???
    Tu tê lucro com o caba ???
    Numa negociação ???

  26. Qual problema de mandar passear quem e incompetente qquer empresa e assim nao tem capacidade rua.Pq governo tem que aguentar gente assim so pq e desse ou daquele partido, era assim no tempo do lula.Agora chega so nesse Pais que contratado pelo governo nao pode mandar embora principalmentre por incompetencia so e colocado em outro cargo.
    Caro Kotscho eu texto esta maravilhoso..parabens

  27. Eu já sabia que era só o novo ministro ser empossado que o PIG já ia difamá-lo. pronto já descobriram que o ministro Aldo Rabelo foi financiado por espresas que estão de olho nesta copa do mundo. Acho que o PIG está usando todos os artifícios para derrubar o governo da Presidenta Dilma. Eles estão de olho em todas as eleições e fazem de tudo para afastar o PT do governo porque no jogo limpo eles sabem que não vão ganhar nada. O negócio é o povo dar de ombros pro PSDB, Dem., PSD e PPS, agora já são quatro partidos e tratar de fazer um jogo de informações que faça com que o povo fique informado de verdade e por prá fora toda a sujeira destes partidos e do PIG. Estou muito preocupado porque eles não tem a menor complacencia com o povo e nesta altura do campeonato, se o povo crer neles, aí é que será a derrocada. Falta de difamação é o que não falta e não sei como tudo que eles falam dá um IBOPE tremendo. É só os jornais publicarem e pronto e as informações então? Jorram como água em cachoeira e enquanto isto eles estão tranquilos com as suas corrupções que não emplaca uma CPI sequer em São Paulo.

  28. …antes de continuar meu cordéu…PARABÉNS ANIBAL 19:24 e PARABÉNS PARDALZINHO 19:47

    …com sua voz grossa e forte, continuava meu avô

    …Amigo é amigo…inimigo é inimigo…

    Nem Deus com toda a bondade
    Quer ter conversa com o Cão
    Com todo amor que ele tem
    Nunca deu o seu perdão

    Pois…
    O caba quando num presta
    Num tem cuma cunsertá
    num se aproveita o que resta
    Nem há santo pá salvá
    É pegá o vagabundo
    Abrir uma cova e interrá

    A desgraça do Brasil
    Num é nem esta imprensa
    É ainda encontrar gente
    Que ainda lhe dê crença
    Assim a gente não fica livre
    Desta terrível doença

    Sempre ouvi os conselhos
    De meu finado avô
    Passo pros outros de graça
    Sem obrigado ou favô
    Seguindo os seus conselhos
    De filho de retirante
    Consegui sê dotô

  29. Cuidado Kotscho
    Imagine o que aconteceria aqui no Balaio se você publicasse esta notícia sobre o ENEM:
    Inep tem 50% dos valores dos contratos sem licitação e segurança falha, diz CGU
    Órgão que faz o Enem gastou R$ 172,3 milhões, de um total de R$ 344,8 milhões, para contratar empresas sem processo licitatório, o que já resultou no pagamento de valor 166% mais alto que o previsto; área de TI não está preparada para situações de risco
    27 de julho de 2011 | 0h 00

    Só faltaria você concordar que esse ministro Haddad é “incompetente” !
    Aí seria um caos total !
    Por muito menos você já foi chamado de canalha vendido ao Roberto Civita.
    Quem avisa amiga é!:
    Se omita e fale do São Paulo !

  30. É Ricardo mesmo eu não sendo entendido ou expert em política, mas conhecendo varias culturas e vários Estados Brasileiros, estranhava nosso país rico com a maioria da população pobre.
    Sempre me veio à cabeça o sistema, algo errado que não bate essa conta não fecha.
    Com esse sistema seremos todos vítimas, saúde, educação, moradia e segurança, independente de luta de classes. A criminalidade aumentando não distingue ricos e nem pobres.
    Os exemplos têm que vir de cima, o sistema tem se mudar.
    As mesmas empresas financiam os partidos, tantos da esquerda como da direita não existe lado, qualquer lado que ganhar tanto a esquerda como direita eles estão dentro.
    Como sempre disse, sobra sempre pro peão.
    Houve avanço quanto a distribuição de renda, mas o sistema não deixa prosperar alem disso, decisões tardias devido oposição querer a qualquer custo tomar o poder, sendo que antes governaram para os ricos e querem voltar, não deixam a situação governar, o que fazem é tentar protelar o máximo, ganhar tempo para o fim do mandato, e dizer depois, o governo não fez isso, não fez aquilo, mas a corrupção tem que ser combatida a direita sabe bem como é esse caminho, são inteligentes e experientes, quando usavam e usam nada aparece e aí por diante, sabe como que é né.

  31. Kotscho, sei não se devo concordar contigo. Quem está pedindo um novo ciclo político? Esta é uma questão interessante. A julgar pela força da oposição, ninguém está pedindo, com exceção da velha mídia.
    Nova forma de fazer política no Brasil? Seria ótimo. Só falta dizer como lidar com o poder dos partidos, cujos representantes foram eleitos “pelo” povo. Transformar os ministérios num império de técnicos, como muitos defendem, também acho que não resolve.
    Talvez a coisa possa melhor a partir de uma reforma política séria. Viu como sou otimista?!

  32. Parabéns à imprensa livre e democrática. Parabéns!. Mais uma vez, foi a imprensa quem escrafunchou e mostrou a todos os brasileiros, de forma incontestável, os ralos por onde escoam dinheiro público e que irrigam os cofres dos partidos fisiogênicos como este do ex-ministro que pousam para o grande e iludido público como um poço de moralidade e firmeza ideológica. Só assim, só uma imprensa livre e destemida consegue tais feitos num governo popular que angaria mais de 70% de aprovação do eleitorado. O voto, ao contrário do que imaginam os ”progressistas” não tem o poder de absolver ninguém. O voto não dá poder ao seu detentor de brigar e com os fatos.
    CF de 88 Art.5º,IX – É LIVRE E EXPRESSÃO INTELECTUAL, ARTÍSTICA, CIENTÍFICA E DE CO-MU-NI-CA-ÇÃO, INDEPENDENTE DE CENSURA OU LICENÇA.

  33. Sr. RK
    Acho que o próximo ministro a ser derrubado deveria ser esse tal de Hadad. Até agora não conseguiu fazer um exame do ENEM direito, sem vazamentos sem nada de errado. E olha os valores dispendidos nessa história. Talvez alguma investigação mais profunda pode até encontrar alguma coisa, visto que esse tipo de coisa parece ser padrão nesse ministério. É muito fraco e ainda o Sr. Lula quer nos empurrar garganta abaixo como candidato a prefeito de São Paulo. O Kassab, Alkimin e Serra estão muito felizes com o ex-presidente.
    Rum por ruim melhor a Dona Marta. Mas acho que o Senador Suplicy merece uma chance no executivo, ela já se doou muito ao País.

  34. A ALSP já está arranjando uma maneira de livrar este governo tucano de uma primeira CPI sobre a venda de emendas parlamentares entre os deputados ESTADUAIS DE SÃO PAULO, em maiúsculas para ficar bem frisado, poupando este governo tucano corrupto. O que não dá para entender é que um deputado estadual do PTB está manobrando a favor do PSDB, Dem, PPS e PSD a favor dos tucanos. Os eleitores precisam certificar e marcar o seu nome para as próximas eleições e deletá-lo da vida pública de São Paulo. Já encaminharam para o ministério público ESTADUAL toda esta pendenga, o que os opositores, os partidos de oposição como o PT e aliados acham que já é um arquivamento desta denuncia verdadeira. Enquanto isso a corrupção paulista do governo fica incólume, no outro lado, no federal os tucanos vão detonando o governo progressista do PT derrubando ministros e defenestrando os recém nomeados num processo sem fim de denuncismos baratos.

  35. Vamos ver se entendi bem… O Sr. Kotscho propõe que Dilma, logo ela, inicie um novo ciclo político em que as alianças seriam deixadas de lado e as decisões de governo seriam exclusivamente dela, já que foi eleita pela maioria do povo que lhe deu um cheque em branco para ser preenchido como ela bem entender. É isso? Se for, Kotscho, você acaba de inventar sabe o que? A DITADURA. É assim mesmo que elas funcionam… que começam sempre bem intencionadas e terminam como bem sabemos.

  36. Enquanto a saída do ministro Orlando Silva e a entrada do novo substituto Aldo Rebelo fica acertada, fazendo uma nuvem de fumaça para esconder a corrupção em São Paulo àcerca das denuncias de compra de emendas na Assembléia Legislativa Paulista os tucanos ao mesmo tempo escondem essa sua corrupção em São Paulo e provocam toda esta confusão em Brasília. Atuam ao mesmo tempo em duas frentes de denuncias e estão levando vantagem contra os PT’istas e seus aliados. O mais importante nisto tudo é que em São Paulo quem está derrubando a criação dos esclarecimentos é nada mais nada menos um deputado do PTB que reunido aos tucanos impede o andamento da comissão da verdade para botar em pratos limpos esta sujeira tucana encaminhando ao ministério publico do estado a solução desta pandenga, coisa que os aliados do PT vê como um arquivamento das denuncias. Pelo jeito uma CPI sobre isto ficará também arquivada e o povo, maior interessado, ficará sem saber da verdade sobre a corrupção paulista onde este partido já governa TRANQUILAMENTE há quase vinte (20) anos.

  37. Meu Balaio, meuuu balaim…no qual eu ponho meu comentarim. Ai de mim se não tivesse tu. Eu morreria sem fazer meu protestozim…..batendo as mãos nas paredes do meu quarto eu talvez iria pro um juquerizim. Só para quebrar o gelo amigo Kotscho.

  38. Penso eu q enquanto o Brasil tiver dezenas de partidos politicos as pilantragens vão continuar,sempre teve está tendo e vai continuar,nao importa o presidente q là estiver e de qual partido for,FATO É Q NOSSO BRASIL PRECISA URGENTE DE UMA GRANDE E COMPLETA REFORMA POLITICA E NESSA REFORMA PRA MIM A PRIMEIRA COISA SERIA DIMINUIR ESSAS DEZENAS DE PARTIDOS POLITICOS PARA NO MAXIMO TRES PARTIDOS,E PRA MIM O IDEAL MESMO SERIA DOIS.
    ACHO Q A NOSSA PRESIDENTA DILMA NÃO DEVERIA DEIXAR ESCAPAR ESTA OPORTUNIDADE PRA REALIZAR ESTA COMPLETA REFORMA POLITICA,PQ ELA TEM MAIORIA ABSOLUTA TANTO NO CONGRESSO NACIONAL QUANTO NA OPINIÃO PUBLICA.
    Em relação a essa meia duzia que contola a imprensa midiatica,a Dilma tem tb q encontrar uma forma de acabar com issoPaulo esta cheio de maus feitos e essa imprensa midiatica nao noticia nada a respeito:JA QUANTO AO GOVERNO FEDERAL ESSA MESMA IMPRENSA NAO DA TREGUA”

  39. Você tem toda a razão Ricardo.Esse modelo assistencialista de coalização já era e pode detonar o país. Colocar o Aldo é manter o PC do B, não muda muito,o que é preciso é uma alteração nesse modelo viciado e baseado em troca de favores,o que é altamente prejudicial. Precisamos de gente que saiba administrar, gente competente em todas as áreas,não de políticos e ultrapassados que apenas visam engordar seus partidos e seus próprios bolsos. O que espanta e dá um certo “medo” é ver alguns cegos reaças culpando um suposto PIG pela queda desses calhordas. Caíram 6 ministros, nossa, quanta influência esse tal PIG (que existe na imaginação de quem adora uma roubadinha) tem para derrubar ministros as pencas!!!!! E ainda tem gente aqui que acha que a sociedade não está de saco cheio dessa gente. A sociedade clama sim por mudanças, é só sair as ruas e perguntar se essa corrupção agrada. O mundo pede um novo ciclo político! Quem ainda quer ou aceita um governo imerso em crises, corrupção,inércia e desperdício de dinheiro. Ahh..é tudo culpa da mídia golpista, a Dilma, a maior autoridade política do Brasil e, teoricamente a responsável por tudo,não tem culpa, não sabe de nada, é muito gente boa!!! O seu Manoel, de Jeremoabo sertão da Bahia, provavelmente não sabe ler e desconhece toda a bandalheira. Aposta se soubesse a verdade não iria gostar nada. Assim se aliena, se manipula essa pobre gente roubada em seus direitos institucionais de uma vida digna em troco de migalhas, pois o estudo e um sistema de saúde que funcionam é o que fazem um país crescer de verdade. O populismo é ruim, vil, porque dá uns trocas e arrecada alienação. Parece que alguns “balaieiros” adoram ver essa pobre gente dar risadas, sem dentes, por ter tão pouco.

  40. Um novo ciclo político talvez se fundamentasse sob a ótica de que valem as teses e não sua origem.
    Boas teses seriam aprovadas, as ruins rejeitadas. Situação e oposição, meios de divulgação e formadores apoiariam ou rejeitariam as teses independentemente de seus autores.
    Quem acredita que seja possível?
    O debate em torno do poder tem-se revelado tal qual a máxima de que se concorrer não ganha, se ganhar não assume, se assumir não governa.
    Fim da corrupção independe da vontade de governante. É típico de um sistema que gira em torno do dinheiro.
    Cabe à autoridade combater e punir. Mas no caso de governo de origem trabalhista, por mais que se combata e se criem meios para fortalecer tal combate, sempre se enfrentará o rótulo de corrupto ou ineficaz no combate à corrupção.
    Hoje, os que estão fora do poder se utilizam de seus fartos meios para patrocinar versões. E contra versões não há fatos!

  41. prezado Kotscho, como é possível que não tenha publicado um psot sequer sobre o aniversário de LUla???

    mas enfim, gostaria de ver publicado aqui suas impressões sobre o papel que a mídia, clandestinamente, desempenha, como no caso do Fernando Rodrigues e, principalmente, O Waack, informantes do governo americano…Crê em comportamento ético nesses episódios?

    Pois bem, estes dois jornalistas se destacam, entre outros mais, pelo posicionamento crítico acima do tom que mereça o governo desde 2003, e, a revelação desses encontros íntimos com altos funcionários da casa branca, explique seus posicionamentos…

    Até então escondido na grande imprensa, hoje o jornal O Dia publicou o fato: http://odia.ig.com.br/portal/brasil/html/2011/10/waack_acusado_de_espionar_para_eua_202442.html

  42. Kotscho,
    você é um jornalista experiente , mas esquece aqui que em todo sistema político, seja qual for a sua natureza e modus operandi haverá sempre uma irregularidade a ser descoberta e escândalos terão existencia garantida. A questão aqui e hoje é: O uso político desta possibilidade pelos partidos de oposição e seus cães de guarda, é , infeliz e desgraçadamente, em função da historia exitosa do país na última década , tudo que lhes parece ter restado . Outros escandalos portanto, brevemente aparecerão nas capas de revistas e jornais. A mudança da agenda política no Brasil ou a retomada de um novo ciclo, ao contrário do que você pensa , só ocorrerá quando e se os partidos de oposição criarem vergonha na c.. digo, superarem a enorme crise em que se encontram.

  43. Como se para melhorar o país fosse só trocar os ministros , teriamos que trocar todos os politicos e colocar gente nova sem o hábito de guardar dinheiro nas cuecas ou nas meias , porque estes que aí estão nessa ciranda são a turma da cueca ou da meia , não adianta fazer rodizio .

  44. Caro Kotsho
    Votamos na Dilma por ela ter sido em grande parte responsável pelo sucessos do governo Lula, ou como Ministra, ou como Chefe da Casa Civil. Não queremos um novo ciclo político antes de 2050. Se até lá continuarmos no mesmo caminho, logo não existiram mais pobres no país. Roubalheira exitem em todo os países e governo, graças aos malfeitos da turma de economistas de Harvard que os EUA e União Européia atravessam a maior crise de suas histórias. Estes que denunciam os políticos são mito mais corruptos, transformaram a liberdade de informação em liberdade de denúncias, em liberdade de promover devassas.

  45. Ricardo.
    Infelizmente essa sua logica, que é correta, é um passo muito dificil para nossa presidente.
    Para ela tomar esta posição radical, será preciso emprimeiro lugar quebrr o cordão prata que une ela ao Lula. Apos este fator, enfrentar os nanicos da coalizão que virão com paus e pedras pois a mamata vai acabar.
    Um ponto importante que colocou e que concordo plenamente é o fato de sai um dew um partido, vem outro do mesmo aprtido. O Planalto esta loteado sim.
    Será que a Dilma poderá impor seu ritimo de trabalho em paz? Poderá ter voz sem o eco da rouca voz do Lula?
    Vivemos um momento dificil, alias, desde que me entendo por gente estamos neste periodo dificil, onde por desleixo ou necessidade, sobrevivencia, ou falta de vergonha na cara, mas este periodo é perene em nossa patria.
    Volto a afirmar que quem deve estar a frente de qualquer pasta deve ser um tecnico referente ao ministrério a assumir.
    Dilma, pobre coitada, recebeu uma herança a qual tem que dar seu geito e tranformar este limão em caipirinha rapidinho.
    Quantos mais ministros irão cair? Quantas maracutaias estão acontecendo por de baixo do tapete vermelho que a presidente desfila.
    Quem será o próximo?
    A ainda tem gente que diz que a revista VEJA está errada. Ela não acusa ninguem apenas mostra dados e fatos como a ultima reportagem comparando o dinheiro surrupiado com obras que poderiam ser realizadas em prol da população.

  46. Irreconhecível! Quem deve estar passando por uma grave crise (existencial), é o Kostcho. Ou será que ele está querendo sugerir os nomes da nova equipe de ministros, do governo Dilma? Repito, sempre que possível, não confio em jornalistas. Eles mudam de posição tanto quanto a maioria dos políticos.

  47. Os jornalistas nem precisam de uma pesquisa, para se sentirem representantes da sociedade. É porque a “opinião pública” quer assim, a opinião pública não gostou, a opinião pública acha que deve ser assim, ou a sociedade “clama”por um novo ministério. São pretensiosos ao extremo.

  48. Pois é, Kotscho, basta você se afastar do pensamento quase único de 90 % dos seus leitores, para os quais este espaço é um palanque monocórdio e não uma área de debates, e o cacete desce em cima de você ! Realmente, o nivel médio dessa turma é muito baixo em termos de idéias e argumentos, e muito alto em termos de proselitismo e fanatismo. E você é amigo do Lula, já pensou se não fosse ? É impressionante, Lalau Ponte Preta morreu há tanto tempo, e o Febeapá continua incólume !
    Em tempo: parabéns pelo texto de agora, um abraço.

  49. “É Ricardo mesmo eu não sendo entendido ou expert em política, mas conhecendo varias culturas e vários Estados Brasileiros, estranhava nosso país rico com a maioria da população pobre”
    Ao Sr. Paulo barbosa das 22:29… Quem o senhor acha que está tentando mudar isso? A mídia golpista? Não, Sr. Paulo… é Lula, Dilma e o PT. Quem o senhor acha que trouxe esse enorme contingente para a classe média e que está evitando que o Brasil entre numa nova crise que já atinge grande parte dos países europeus e os Estados Unidos? A quem interessa, de fato, uma mudança no jogo político hoje?

  50. Wikileaks, o jornal O Dia, publica hoje que William Waac, Fernando Rogrigues e Lins e Silva são informantes dos EUA.
    Fernando Rodrigues, informou para os americanos, que o TCU é parcial nas suas análises (a maioria é de demos/tucanos), mas não informa isso para os seus leitores brasileiros.
    É esta imprensa que fica criando crises para a Dilma, mas esconde de nós a corrupçao em São Paulo.
    30% dos deputados estaduais de São Paulo levam propina, até o neto do Covas foi-lhe ofertado propina e ele mandou dar para a Santa Casa. Podeeeeeeeeeeeeeee.

  51. A pauta do governo

    As campanhas vitoriosas para sediar a Copa e as Olimpíadas fortaleceram Orlando Silva (embora não fosse o maior responsável por elas), mas ocultaram temporariamente o fato de que os desafios vindouros exigiriam alguém reconhecido no meio, com respaldo popular e influência na base governista. Quando ficou evidente que a visibilidade e o poder eram excessivos para seu cacife político, o ex-ministro tornou-se alvo fácil de qualquer ataque bem orquestrado pela imprensa oposicionista.

    A fragilidade das acusações que o derrubaram e a inação do Planalto (muito particularmente das lideranças petistas) durante sua fritura pública bastam como evidências desse isolamento. A reação tardia da militância comunista, culpando a antiqüíssima pusilanimidade do governo federal perante o noticiário calunioso, atinge apenas um sintoma da enfermidade que se agravou em silêncio nos últimos anos.

    A euforia dos analistas com a renúncia, equivalente à indignação que vociferam contra os eventos esportivos organizados no país, revela o peso estratégico da pasta. Mas falta-lhe uma estrutura de comunicação eficaz que responda aos previsíveis golpes baixos da mídia corporativa. Falta estruturar e fortalecer o comando estatal responsável pela Copa do Mundo, fornecendo um contraponto à altura da CBF e da Fifa, cujos métodos conhecemos bem. Falta, enfim, estabelecer uma agenda própria, imune à pauta negativa que os veículos já se acostumaram a ditar.

    http://guilhermescalzilli.blogspot.com/

  52. Próxima demissão:
    Quem está por merecer é o incompetente ministro Haddad que consegue torrar 380 milhões para falhar de novo.Pela TERCEIRA VEZ SEGUIDA.
    Agora o velho e bom “fogo amigo” do PT vai se encarregar do resto.
    A Veja está de olho há tempos!

  53. Ricardo Setti questiona algo que aqui já foi questionado pelo Kostcho:
    Por que o governo Dilma e o PT dão tanta colher de chá ao PC do B?

    Os comunistas, sabemos todos, têm uma representatividade social insignificante, são um bando de sem-votos que só conseguem eleger seus gatos pingados montado no cangote de algum outro partido, preferencialmente o PT, em alianças, tanto é que dispõem de apenas miseráveis 14 deputados entre os 513 que compõem a Câmara.

    Somente raquíticos 2,72% dos representantes do povo. Assim mesmo com expedientes como o de aliar-se, em São Paulo, ao PR do palhaço Tiririca que, sozinho, carregou consigo dois deputados comunistas, inclusive o notório delegado Protógenes.

    Que peso eleitoral na eleição da presidente Dilma é capaz de justificar que o partido detenha um Ministério, não bastasse os cargos gordos que ocupa, como — repito, e repetirei sempre — o controle da estratégica Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), em cuja direção geral está aboletado há seis anos e meio o ex-deputado comunista Haroldo Lima, um feroz adversário da iniciativa privada, do empresariado e do lucro numa agência governamental que lida, o tempo todo, com concessões e outros contratos com grandes empresas privadas.

    Me expliquem, que eu quero entender!

    Eu também!

  54. Boa noite Ricardo!
    Boa noite amigos balaieiros!

    Infelizmente não consigo ver essa mudança que embora necessária, não interessa a quem acha claramente que está tudo bem. Digo, bem para “elles” e consequentemente “ruim” para o país.

    Já disseram que em time que está ganhando não se mexe…pois então…aqueles que “””GANHAM” mais de 80 (oitenta) bilhões por ano nas costas suadas do povo, sem dúvidas, irão sempre criar empecilhos para qualquer mudança.

    Me lembro dessa imprensa maldita (incluindo a Globo) que não deixava uma noite sequer de mostrar e falar do ex governador Arruda recebendo aquelas substâncias monetárias.

    Uma insistência canina até…

    Continuo perguntando…”Onde estão os repórteres investigativos do PIG (Partido da Imprensa Governista)???

    A única resposta que encontrei até agora é…”estão desesperados por não conseguirem encontrar nada sobre a oposição que realmente cause manchetes.

    Bem que os “aloprados” até que tentaram alguma coisa…A turminha da CEF forneceu a Palocci extratos, a galera da Fazenda (que não é o reality show) também deu uma força em revelações “bombásticas” sigilosas “””por lei””””!!!

    Uma “bolinha de papel” é tudo o que podem conseguir de realmente concreto???

    Dilma merece a chance de ao menos tentar governar “””DO JEITO DELA””” Sem tantos pentelhos lhe “pentelhando”, ou “Petralhando” para o caso daqueles que são acintosamente anti-qualquer- coisa, o que não é o meu caso.

    O mundo está em luta, tanto contra uma crise de proporções respeitáveis, quanto na busca de livrar-se de ditadores sanguinários.

    Esse tempo chegou…vai passar.

    Nós brasileiros, estamos apenas começando a tomar ciência de como funciona a nossa política de forma verdadeira.

    Espero que essa “consciência” venha a tempo de evitar possíveis perturbações mais abrangentes se por acaso o sapato começar a apertar.

    Dilma sabe disso. Quer fazer um governo seu (dela)…mas o problema parece ser que nenhum lado…NENHUM…

    …quer realmente deixar!!!!

    Robson de Oliveira

    http://ecoblog-blogeco.blogspot.com/

  55. Querem que Dilma repita jãnio, que o Lula não foi trouxa de imitar….Não é um partido sozinho, como o PT, com menos de 100 deputados e uns poucos senadores que vai governar sozinho…Coalizões existem ma Europa, em Israel, na Conchinchina!

  56. Alguém aí disse que muita gente acha que a revista Veja está errada e a defendeu justificando que ela apenas mostra dados e fatos, mas aí eu pergunto: pq somente o governo federal é o alvo preferido da revista Veja? Pq ela não mostra os dados e fatos do que acontece no governo tucano de SP? Ou SP é governado por arcanjos e querubins? Note que a Alesp acabou de enterrar mais uma CPI, a das emendas compradas denunciada por um Deputado do PTB. Pq a Veja silencia sobre as maracutaias que existe no governo de SP e só denuncia os malfeitos que ocorrem no governo do PT? É claro que sabemos a resposta mas certas pessoas ignoram tal fato e ainda acham que a Veja é uma revista confiável….

  57. Prezado Ricardo, esta na hora de nos prepararmos para as eleições de 2012 e 2014,o Pignolento Arnaldo Jabor , com relação ao ORLANDO SILVA:
    Jabor destila racismo contra Orlando e é rechaçado no Twitter
    Em comentário na Rádio CBN, na última quinta (27), o cineasta e jornalista Arnaldo Jabor destilou todo o seu preconceito e anticomunismo ao comemorar a saída de Orlando Silva do Ministério do Esporte. “Finalmente, o Orlando Silva caiu do galho”, disse Jabor, ao iniciar sua fala na rádio. Além de associar, indiretamente, o ex-ministro a um “macaco”, o que se segue é uma saraivada de xingamentos gratuitos e raivosos contra Orlando, o PCdoB e a UNE. As declarações geraram reação nas mídias sociais.
    As redes sociais estão pedindo a demissão e a prisão de Arnaldo e aproveitando vamos solicitar as investigações contra os Trairas William , Fernando, etccc. e mais a regulação da Midias URGENTES.
    sÓ ASSIM A DEMOCRACIA BRASILEIRA SOBREVIVERA .
    Reply

  58. …é muita ingenuidade, acreditar que pode-se ineugurar um novo ciclo político, com a velha mídia, com o velho empresariado, com a velha elite, que temos. Se não for ingenuidade é, no mínimo excesso, uma overdose de fé.

    Trocando todos os políticos que ocupam cargos públicos, substituino-os por técnicos e não pagando o “dízimo” a esta imprensa mafiosa, deixará ela de inventar escãndalos ??? Só um besta juramentado, em estado terminal, paciente na UTI padecendo de “vesteirite renitente” pra acreditar nisto.

    Com uma massa de empresários que fizeram fortunas saqueando os recursos do estado, os principais beneficiários da corrupção dos políticos, pode-se fazer qualquer reforma ???

    …kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk…é pra matar de rir.

    È fácil acabar com a corrupção no Brasil, é só pagar à Veja, Globo, etc e o escambau, o “dízimo”, como sempre fizeram os antigos governos, e como fazem governantes de São Paulo, que num passe de mágica mergulharemos num mar de honestidade. Né não ??? Simples como chupar picolé sentado no meio-fio.

    Seremos duplamente sacrificados, pois continuaremos com a corrupção e ainda perdemos recursos pagando os marginais do PIG.

    Parabéns ao PT, que nos proporciona esta economia.

  59. … Tem uma Maria Flora aí em baixo qui tá doidona, doida varrida, deve ser alguma desocupada membro da IEP ( imprestável elite paulista ) em total desespero com receio que o Haddad fature o governo de São Paulo.

  60. Quando ouço rádios, ouço notícias comentadas pelos ditos jornalistas formadores de opinião sempre de modo ligeiramente unilateral, fazem ligeiras asserções sobre o assunto do outro lado só para que o público ouvinte não diga que o outro lado não teve atenção deles. Do mesmo modo agem alguns caros colegas comentaristas dos blog’s, geralmente do lado do bloco da oposição ao governo federal. Eles dizem não estar contra o governo da Presidenta Dilma mas alimentam pensamentos que no fundo, lá no cerne da questão, deixa transparecer que longe de serem imparciais, tornam-se parciais. Ouvi o pessoal da Band falando sobre a questão da última rebelião dos alunos sobre a presença da policia no campus e tive esta mesma sensação, ou seja, o reitor, depois de aprovação dos alunos, permitiu a liberação da policia fazer o patrulhamento do campus sob a necessidade da presença deles lá por causa de roubos e o recente assassinato de um estudante. Era sabido e esperado que a policia agisse como agiu nesta ultima convulsão com os alunos mas a imprensa falada só teceu comentários àcerca dos alunos que fumavam maconha e foram presos dentro do campus que considero a prisão normal mas nada falaram de como estes alunos conseguiram a droga. Então eu pergunto; como eles conseguiram a droga? Alguém vendeu para eles e este alguém não foi devidamente contido de vendê-la, no caso uma necessária ação policial para evitar que fosse vendida a droga. No caso da morte do estudante, se ouvesse uma ação da policia do lado de fóra dos muros, o malfeitor não teria adentrado ao campus para roubar e o rapaz estaria vivo para nosso gaudio (alegria). Então conclui-se que o patrulhamento pelo lado de fóra do campus, falhou. Este lado que a imprensa ou midia teria que analisar ou comentar conjuntamente, ficou no vasio e o ouvinte ficou sem o conteúdo total da informação. Das duas uma; ou se comenta a fundo a questão ou limite-se a dar somente a noticia como um fato ocorrido sem nenhuma observação. É este o lado que pretendo mostrar que a imprensa, no caso a falada, não é imparcial mas de modo sorrateiro, deixa a sensação da parcialidade. O caso acima citado é apenas um exemplo atual em que quem ouve a noticia fica insatisfeito e sente que não há a necessária imparcialidade que a imprensa pretende que nós acreditemos. Do mesmo modo os comentaristas da oposição ao governo federal que sorrateiramente adentram os blog’s cognominados como “sujos” para dar as suas opiniões do mesmo modo ligeiramente imparciais.

  61. Alguém escreveu – “Quando ficou evidente que a visibilidade e o poder eram excessivos para seu cacife político, o ex-ministro tornou-se alvo fácil de qualquer ataque bem orquestrado pela imprensa oposicionista.” ôooooooooo….claro, o ex-ministro é um cara acima de qualquer suspeita. Todos estão errados landinho é um anjinho ingênuo. O PC do B é um partido sem nenhuma representatividade que não tem o por que ter algum cargo de tal relevância. Everaldo, a Maria Flora não está doida não, o que ela diz, escreve, tem muito embasamento. Argumente, não reclame.

  62. Kotscho, acha mesmo possível que Dilma possa governar sem alianças ? Somemos as décadas de regime militar, nas quais floresceram Sérgio Naia, Maluf, ACM, Sarney, Roriz, Globo, Veja e Estadão com os mandatos de Sarney, Collor e 8 anos de dilapidação de nosso patrimônio no desgoverno de FHC, berço de Daniel Dantas, Vitório Cacciola, Luiz Estevão, Nicolau dos Santos Neto, Gilmar Mendes, etc . . e vai perceber que devemos levantar as mãos pro céu e agradecer pela eleição de Lula/Dilma e pelos avanços duramente conquistados nestes últimos 8 anos. Acabar com a corrupção da noite pro dia só calando a banda podre da imprensa. Ótimo fim de semana a todos.

  63. Floras, Benedictus, e tais, acho que minha paciência está em vias de extinção. Não aguento mais ler tanta babaquice. O Kostcho levanta e eles cortam fazendo outro jogo e outro caminho. Muito ‘malfeito’ por aqui.

  64. H.Aljubarota,
    foi boa a sua intervensão, queria dizer no meu comentário das 22:29 abaixo é justamente o que voce completou, me esqueci de dizer que essas andaças pelo Brasil foi na época antes era Lula, tudo mudou para a classe mais baixa, e para melhor,durante e pós Lula.
    É impressionante essa mudança. Agora que alcançamos o objetivo, tem que mudar o sistema onde quem tem muito money manda e não a dita democracia de goveno do povo para o povo, se não eles vão voltar, os Barões.

  65. Kotscho, excelente o seu artigo “Dilma precisa inaugurar um novo ciclo político”.
    Entretanto, não sei se você concorda, no meu modesto entendimento, os atuais partidos não concorrem para nenhuma solução, pois, eles próprios são, hoje, um entre os inúmeros problemas nacionais. Não são solução, são parte do problema. Mas, Dilma depende deles. Então, de onde começar?
    Com certeza, há ai uma sinuca de bico, mas entendo que a primeira medida, para o aperfeiçoamento da representação parlamentar, seria uma ampla reforma CONSTITUCIONAL político-partidária e eleitoral, com convocação de uma Constituinte que se dissolveria logo após sua realização, ficando os constituintes impedidos de concorrerem à posterior primeira eleição ordinária para o Congresso, para evitar legislarem em causa própria. Antes de mais nada, acho que a Presidente deve começar mais ou menos assim.
    Abrs., Pedro Lúcio Gomes Gil – Advogado da União

  66. N a minha opinião DILMA so precisa fazer uma coisa. Respeitar quem a elegeu e principalmente ãs MULHERES mostrar que nao esta sendo dirigida por LULA e começar o CICLO de verdade. Montar uma equipe NOVA e sem compromisso com a corrupção que assola esse pais ha pelo menos 16 anos de suposta esquerda.

  67. Caro Ricardo Kotscho, custo a acreditar que sua ingenuidade política chegou a tal ponto. Talvez eu lhe superestimei em determinado momento, talvez por conhecê-lo mais pelas bocas da inteligenticia política. Olhe só o que vc escreveu:
    “Tudo bem que Dilma se elegeu a bordo de uma monumental coligação partidária e governa praticamente sem oposição, mas nem assim ela consegue ter uma semana de paz para se dedicar às grandes questões nacionais.”
    Kotscho, em 1920 Gramsci já denunciava que quando os partidos de oposição estão em declínio e sem projetos mobilizadores, a mídia hegemônica assume o papel de partido e líder da oposição aos governos populares. E vc vem me falar que Dilma governa sem oposição??? Vc não cosengue enxergar que é a mída hegemônica de direita e conservadora que está pautando o governo Dilma???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *