FHC acorda oposição com velhas novas receitas

FHC acorda oposição com velhas novas receitas

Despertada do sono profundo em que se encontrava, a oposição reagiu de forma confusa às palavras de ordem do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso que acha melhor esquecer o “povão” para investir na classe média, como se isso fosse uma grande novidade para os seus aliados.

Desde que nasceu de uma costela do antigo MDB dominado por Orestes Quércia, o PSDB sempre foi um partido das classes médias, distanciado do movimento social, dos sindicatos e dos setores mais populares. A única diferença é que agora FHC propõe o uso da internet e de uma seleta equipe de blogueiros para conquistar o eleitorado.

No manifesto “O papel da oposição”, que escreveu para a revista “”Interesse Nacional”, a ser publicada esta semana, FHC incomodou alguns líderes oposicionistas ao constatar que “enquanto o PSDB e seus aliados persistirem em disputar com o PT influência sobre os movimentos sociais ou o povão, isto é, sobre as massas carentes, e pouco informadas, falarão sozinhos”.

Os tucanos, pelo jeito, continuam achando que Lula e Dilma só se elegeram graças aos pobres ignaros que não lêem jornal e recebem alguma ajuda do governo. Esquecem-se que FHC ganhou duas eleições presidenciais graças ao Plano Real, que beneficiou a maioria da população, brasileiros de todas as classes sociais.

Por mais que o sociólogo FHC possa ter razão na sua análise, esta afirmação incomodou até os seus mais fiéis seguidores na elite paulistana. “Ele pode até pensar isso, mas jamais escrever”, comentou comigo um grande empresário, antigo eleitor tucano, que não se conformava com o que chamou de “tremenda bola fora”.

Com todo cuidado, líderes tucanos procuraram explicar o que FHC quis dizer, como o ex-governador de São Paulo José Serra. “O problema do PSDB e da oposição é de rumo, de clareza, de coerência. Como um todo, não se sabe o que o partido defende, nem de que lado está”.

Pelo jeito, está surgindo a oposição da oposição. O sempre bem humorado jornalista Carlos Brickmann comentou logo que o problema da oposição não é encontrar um rumo. “Primeiro, é preciso encontrar a oposição”, sugeriu ele.

O deputado Roberto Freire(PPS-SP), até outro dia abrigado numa boquinha em conselhos municipais paulistanos, antes de o prefeito Gilberto Kassab resolver criar um novo partido, sentiu-se à vontade para corrigir o ex-presidente: “Não vejo na política quem abanone qualquer segmento da sociedade. Há 17 anos, ele foi o candidato que recebeu os votos dos setores pobres”.

O eterno presidente do PPS só não se deu conta que os pobres de 17 anos atrás talvez possam agora ser encontrados justamente na nova classe média que FHC quer cortejar. Do ponto de vista numérico, o ex-presidente não deixa de ter sua razão: no governo Lula, afinal, a classe C passou as classes D e E, tornando o Brasil, pela primeira vez, um país predominantemente de classe média.

Para o presidente do PSDB e grande estrategista político Sergio Guerra, o ex-presidente foi mal interpretado, pois apenas “constatou que é mais fácil para a oposição se comunicar com a classe média do que com os beneficiários do Bolsa Família”.

h, bom. Agora está tudo esclarecido. O problema, mais uma vez, seria só de comunicação. Basta, portanto, encontrar um novo marqueteiro, ou melhor um mágico.

A tarefa do mágico não será simples: tanto os aliados DEM e PPS, como a dissidência kassabista do novo PSD, também se proclamam partidos de classe média.

Deixar o “povão”, como diz FHC, todinho para o PT e seus aliados não parece ser muito recomendável para quem sonha em reconquistar o poder. “Isso é algo terrível, é uma espécie de renúncia à chegada à Presidência”, resmungou o senador Demóstenes Torres, do DEM.

145 thoughts on “FHC acorda oposição com velhas novas receitas

  1. O Roberto Freire está entre aqueles políticos que nada fizeram por ninguém, só por eles mesmos. E olha que eu já votei nessa criatura. Como bem lembrou o Ricardo, o menino gosta de uma boquinha legal, daquelas que você recebe e não trabalha. Bom, isso não é o pior, pois tem muita gente que também gosta. Já o Fernando Henrique é um cara que eu respeito e as fórmulas por ele indicadas deram de fato certo antes. Prova disso é que deu certo em duas ocasiões. O problema é que ele está esquecendo que o mundo mudou e as informações não mais são hoje um privilégio de uma minoria. Esse é o maior problema que o Psdb/dem vai enfrentar nas próximas décadas, a despeito de suas validades já estarem esgotadas.

  2. NA VERDADE , ENTENDER O FHC É DIFICÍLIMO POIS, ELE NÃO FALA, BALBUCIA, FEZ UM GOVERNO REGULAR NO PRIMEIRO MANDATO MAS ANTES DE TERMINÁLO FEZ TODO TIPO DE ASNEIRA PARA PODER SE REELEGER, SEU SEGUNDO GOVERNO FOI IGUAL A CARANGUEIJO, DE LADO OU PRA TRÁZ, SEM CREDIBILIDADE NO EXTERIOR COM UM RISCO BRASIL NAS ALTURAS.. COMO TODO TUCANO VINDO DO MDB, NUNCA SOUBE SERE OPOSIÇÃO SEMPRE FICARAM EM CIMA DO MURO. TIVERAM SUA CHANCE E JOGARAM FORA AGORA O MELHOR É USUFRUIR DAS MORDOMIAS DE QUEM SE APOSENTOU BEM CEDO. DE PREFERENCIA ESQUECENDO A POLITICA POIS É PESSIMO NELA.. SE TIVESSE COMPETENCIA SE ELEGERIA PELO MENOS PRA VEREADOR EM SÃO PAULO.

  3. Caro Ricardo Kotscho,

    Não entendo porque faz tanto sucesso, ou um furor, na imprensa, quando fala o FHC, quando ele se manifesta!

    Não entendo porque a convocação de um amigo do Lula, para depor em alguma falcatrua, possa de certa maneira fazer tanto sucesso! Só Porque é o FHC, ousó porque é o Lula! Isso é falta do que fazer! Fica mais fácil beber o sangue das crianças de realengo, concordas?

  4. O Ex-presidente Lula nem se compara ao Ex-Presidente Fernando Henrique Cardoso, jamais, ele, Lula escrevera algo tao bem escrito. Uma análise correta e muito inteligente, como nao everia deixar de ser. O PT, seu partido, comprou quase todos s segmentos da sociedade. Nao os esquecemos que tivemos mas de 20 milhoes de abstençoes e 44 quase 45 de votos para Oposiçao. Poranto, só restou ao PT e Dilma os agraciados pelos Bolsa Família, aliás programa criado pelo PSDB.

    1. Você tem razão Rosana, se a sua análise tivesse profundidade, pois, no texto fala-se que o Brasil se tornou um país de classe C, mas você afirma que quem votou no Lula e na Dilma foi os miseráveis, então, das duas uma, ou o texto é mentiroso, ou você faz parte da população que não entende matemática, a conta é simples:
      O PT teve 56 milhões de votos, levando-se em consideração que os eleitores somam 120 milhões, tem razão o Brasil é um país de miseráveis. me desculpe…

    2. Rosana! Querida! Creio que estás com a razão. O Lula não escreve tão bem quanto o FHC. Aliás, a única coisa que ele faz melhor que o FHC parece ser governar. O resto, não sei não…

  5. Concordo com FHC…esse pais precisa de um choque de classe media…que afinal e quem gasta e movimenta a economia e no fim paga as contas de todo mundo…

    1. Não, os pobres pagam mais impostos ainda, proporcionalmete aos seus rendimentos.

      Isso é por causa dos impostos que incidem sobre o consumo: Mais o teu rendimento é baixo, mais a parcela dele que você consome (que você TEM que consumir, na verdade…) é alta.

      A Dilma, como economista, está certa em querer buscar justamente um aumento sustentavel do Consumo (de TODOS), da Produção (reforma tributária e diminuição da carga de impostos que incidem sobre as pequenas e médias empresas) e do Invertimento (público e privado).

      Até que o FHC tentou fazer isso, mas não conseguiu por causa da armadilha da ancora cambial (que só foi desfeita em 1999, mas que produziu os seus efeitos por mais alguns anos….) e mais ainda por causa do Congresso conservador da época.

      A armadilha atual, como bem indicou o Alencar, são os juros estratosféricos aos quais o Brasil está submetido.
      A grande questão para o país é justamente essa: saber “se” e “como” o Brasil vai conseguir sair da armadilha dos juros.

  6. Vejo economistas, advogados e professores universitários abandonando a base eleitoral dos tucanos. As posições obscurantistas da campanha eleitoral de 2010 assustaram a turma que ao mesmo tempo já não tem mais medo fisiológico do PT. Com a imprensa elogiando a Dilma, vai ficando cada vez mais difícil para o PSDB se manter como oposição.

    1. César larga de ser estúpido, quem elegeu a Dilma foi o Sudeste. Eu fico constrangido de ser paulista, quando leio uma bobagem dessa, você deveria conhecer mais o Brasil e não achar que o Brasil se resume ao eixo RJxSP.
      Dados do DIESSE comprovam que o estado que mais recebeu o Bolsa Família foi São Paulo. Eu não acho que você seja preconceituoso, acho que você é uma daquelas pessoas que estão em outro patamar, o de imbecis reacionários, que pena, para vocêe, que não estamos na ditabranda, ops!! ditadura.

    2. Kotscho! É bom impedir novos comentários deste senhor césar. Que coisa é essa de “MALDITO NORDESTE”? Ele deve ser da turma daquela estudante de direito. Corte nele! Repúdio a ele!

    3. Sandro Paulino, és capaz de nos dizer qto destes “paulistas” que receberam o bolsa família são realmente paulistas? Só sei que até hj chegam onibus e maisonibus lotados lá do nordeste, cheio de pessoas a procura de melhores condições. Acho curioso isso, pois criticam tanto SP e seuy governo, falam tanto de desenvolvimento no nordeste, mas o povo continua a vir pra k procurar emprego, com uma mão na frente e outra atrás e suas crianças a tira colo. Se SP é a porcaria q tanto pregam por aí e se o nordeste se desenvolveu nos ultimos 2 mandatos, como explicar tudo isso? Bolsa família não evolui ninguém, sem falar nas falcatruas para se candidatar.

  7. Ricardo, eu até gostaria de fazer algum comentário, mas não vejo muita diferença entre o psdb e o pt…então, estou postando somente para lhe mandar um abraço!

  8. kkkk

    Como é engraçado ver a oposição batendo cabeça.

    FHC diz uma coisa e os caras saem correndo “Não, eu gosto de pobre sim, minha empregada mora na paraisópolis, pago 550 reais pra ela, uma fortuna”

    Vejo que vai demorar uns 10 anos pra eles voltarem ao poder, afinal de contas, copa do mundo e olimpiadas estão aí e serão bem aproveitadas pela situação para se manter no poder….

  9. RK…ELE PODE ATE TER ACORDADO A OPOSICAO,MAS O POVO NAO ESTA DORMINDO..POR FALAR EM DORMIR,BEM QUE ESSE IMBECIL PODIA IR DORMIR O SONO ETERNO,NOS BRAÇOS DO ASMODEU…ABRAÇOS

  10. Claro que os que recebem bolsa família jamais darão ouvidos a FHC, ou, ao PSDB. Isso é claro e notório, Sr. Kotscho.
    Fernando Henrique está certíssimo. E mais, não foi ofensivo a quem quer que seja em sua declaração. Chega de celeuma, né?

  11. A posição do PSDB é a seguinte: fora do governo federal e dentro de alguns governos estaduais, sociologia clara e objetiva politicamente.

  12. Está ficando mais difícil manter o povo ignorante, e alheio às decisões políticas.A Saia Justa do FHC, só mostra o que ele realmente pensa, não encontrem justificativa para ele.
    Os Presidentes, são nossos representantes e de uma certa forma nossos empregados, pois nós pagamos pelo seu salário, e merecemos mais respeito.
    FHC fez uma coisa ótima pelo nosso País, trouxe estabilidade financeira, os remédios genéricos, e o Lula trouxe o povo ao governo. Sou grata a isso.

  13. Cada vez que esse senhor abre sua boca destila mais veneno contra a classe pobre. Lembrem-se que os aposentados que trabalharam por 35 anos ou mais na industria e no comercio estão com suas aposentadoria defasadas. Vejam as mudanças que ele fez no INSS em 1995 e 1998.
    Ele colocou teto em aposentadorias da area privada, que antes era de dez salarios minimos ( industria e comercio ) e os da area pública na qual ele se encaixava não tinham teto e nem pagavam pra se aposentar.

  14. Um grande cronista chamava FHC de Conselheiro Acácio. Também foi qualificado de o homem que falava javanês. Mas Cardoso está errado mais uma vez. Com seus arrochos salariais, fator previdenciário, privataria, promessas não cumpridas (vide Serra) o PSDB não consegue sensibilizar nem a classe média. É muito nhem-nhem-nhem.

  15. Nunca fui tucano, mas depois de 08 anos de governo de esquerda, conclui que para o Brasil isso pouco interessa se é esquerda ou direita. Apesar de ter votado no Lula nas duas eleições não gostei do seu governo, tenho muitas criticas a fazer principalmente que: Não importa se um governo é de direita ou de esquerda, todos governaram sem um pingo de responsabilidade com o dinheiro publico. FHC não falou mentira nenhuma, voce mesmo RK sabe que existe uma grande maioria da população que não sabe nem ler, que dirá votar. Uma das coisas mais dificeis que tem hoje no Brasil é votar, eu por exemplo não voto mais no PT, pois hoje PT e PMDb são farinha do mesmo saco,PSDB nunca votei e nem me desperta para votar, DEM sem comentário, esses partidos de esquerda menores (PSTU-PSOL) só pregam esta ladainha de socialismo, quando assumir o poder vão ser igual ao PT, mamar nas tetas, o novo partido do Kassab é piada de mal gosto, partidos evangélicos arg,enfim, votar em quem? Imagina um cidadão que não pega um jornal ou uma revista mais séria para ler. Infelizmente FHC falou a verdade, e porque não pode falar?

    1. Pra que é de esquerda e não se identifica com ninguém, também não acredita em Salvador da Pátria é complicado lidar com o atual cenário político brasileiro.
      Concordo com o FHC, mas discordo do que essa pseudo-classe media fala “varli floresdisse:13/04/2011 às 12:43
      Concordo com FHC…esse pais precisa de um choque de classe media…que afinal e quem gasta e movimenta a economia e no fim paga as contas de todo mundo…”

    2. Gérson concordo em quase tudo o que você falou, só não concordo com o fato de você não ter gostado do governo Lula, eu particularmente gostei, acho que poderia ter feito mais, mas também acho que era o possível a ser feito, pois o Lula tinha que ganhar a confiança do mercado.
      Concordo quando você fala que não temos opções dignas de voto, eu ainda voto no PT, mas está cada vez mais difícil escolher.
      Abraços democráticos…

  16. É lamentável,ouvir de um cidadão que só arruinou este pais.tais asneiras,demagogia,truculência ETC… ETC…
    Tudo isso tem um significado ciúmes do governo Lula.
    E mais está nítido que é uma jogada desesperada da oposição para tentar ofuscar o sucesso do governo (do verdadeiro povo brasileiro) – LULA/ DILMA.
    Até o sindicato do golpe liderado pelo PIG(PARTIDO DA IMPRENSA GOLPISTA).Naõ deixa faltar elogio ao governo DILMA tentando ofuscar o governo LULA .E assim tentar separa-lo do governo Dilma, dando impressão de que não há continuidade.
    Este cidadão deve se candidatar na proxima eleição de 2014 para presidente.
    Não vai ganhar, mas pelo menos vão medir a febre desta maginifica. Nova classe média da qual faço parte.Pobres do passado que eles tanto massacraram e agora querem conquistar.
    Estamos atentos aos fascisitas de plantão.

  17. Parabéns FHC, você foi direto ao ponto. Aliás, não há nenhuma originalidade nisso, é o velho “Panis et Circenses” que o aparelhamento do estado, a cooptação do parlamento e o patrulhamento ideológico proporcionam ao déspota. Colocando no bolso oposição, intelectuais e formadores de opinião. Só não enxerga esse fato os malabaristas que vão ajustando seus argumentos de forma milimétrica para justificar este em detrimento daquele. Dispostos que estão a passar por cima de todas as atrocidades cometidas pelo petismo em nome da suposta “Justiça Social”.

  18. O Cardoso, se não fosse invejoso e preconceituoso, seria até tolerável,mas aproveita dos “DIPLOMAS” para aparecer. Tudo está errado, só o SABIDO que é certo . “ALTEZA” , o pobre de ontem é classe média de hoje. Vê se vira “GENTE”.

  19. FHChiou novamente?

    Enquanto FHC inspirar a oposição ficarei tranquilo. Ele é mosca morta insepulta que chia, chia, chia no mesmo lugar.

  20. Realmente o FHC falou a verdade, ele e o PSDB, não gostam dos pobres, e a classe media de hoje são os pobres de ontem a era LULA, ja mais iram se esquecer do FHC que não quer e nem gosta dos pobres juntamente com o seu partido PSDB

  21. Analfabetos e ignorantes são os que entregaram(doaram) a pátria aos gringos privatizando excelentes empresas e o pior: emprestaram dinheiro a juros baixos para vender para eles! Estes são os 30% dito instruídos que só votam nos demos e tucanos.
    Chupa demos e tucanos! 3% !!! É isto tudo que a tão falada e criticada bolsa família rende de votos: miseráveis 3%. Então, de quais pobres, analfabetos, vagabundos vem os restantes 65% ???
    Tucanos estão na TV posando de mocinhos faz anos e continuam com o mesmíssimo índice:+- 30%. Não saem disso! Não adianta a imprensa golpista trabalhar dia e noite pra rei fernandinho, pois o povo não é mais globo a muito tempo; o povo não acredita em mais nada que diz a rede Bobo.

  22. Boa Tarde, Ricardo!

    realmente não entendi o que FHC quis dizer! Com a “nova configuração das classes” a classe média é a mis cortejada por justamente variar mais em sua opinião, dependendo do momento e acontecimentos no país. Isso é claro. Sendo assim, FHC não disse nada de novo.

    A principal estartégia petista agora é deixar a oposição fazer o que fez até agora nesses quase 9 anos de domínio, deixá-los falando sozinhos.

    Abs

  23. este abestalhado do FHC perdeu, mais uma fez, a grande oportunidade de fichar calado; vá por o pijama e deixe o povo em paz que ja estamos fartos de suas idiotices, Sr. FHC

  24. Boa tarde Ricardo!
    Boa tarde amigos balaieiros!

    Pois é, falar bobagens, não é prerrogatíva só de cometarístas, mas daqueles que também querem os holofotes de volta.
    O problema é que as vezes os mesmos holofotes não dão mais sossego.
    Falar o que se pensa realmente não é nenhum crime, salvo quando atenta a alguma lei, é óbvio!
    Depois da abertura democrática no Brasil, tivemos governos sem rumo. Muitos até tentaram isso ou aquilo. Planos e mais planos foram tentandos, até que um começou a dar certo…ao menos um pouco.
    Hoje, a oposição não consegue ser oposição, até porque não pode se opôr a grande parte daquilo que já havía encaminhado com algum sucesso, então, resta apenas se opôr aos “detalhes” e a forma como são conduzidos.
    Com exceção da aposentadoría desse senhor, ele não recebe dinheiro público para dizer aquilo que pensa, então não é mais funcionário e sim um cidadão comum.
    Se ele então escolhe produzir sarna pra se coçar, que seja então!
    O importante mesmo é com aqueles que estão recebendo e exercendo o mandato…Esses sim tem que produzir algo, ou sarna, ou a pomada para a devida cura.
    Afinal, estamos pagando pra isso…

    …e bem caro!!!!

    Robson de Oliveira nosbornar@ig.com.br

  25. a diferença entre o psdb e o pt é o $ O pt diz que é de erquerda e os seus donos nem são canhotos… O psdb não sabe nem o que é neo capitalista mas os seus donos sabem muito bem o que é Dolar Euro ouro e bens de capital…

  26. Besteira.tudo besteira. O que o Sr kotscho escreve ,o que seus seguidores intelectualizados(será?) escrevem. o que Lula e Dilma pregam ou fazem e o que FHC disse agora. Todos fazem parte de uma massa de “impensantes”. O Brasil anda sózinho e é só o governo não atrapalhar. A classe média de que tanto falam mal move o país com seus impostos,com sua empresas,com seu trabalho e fornecendo emprego para a classe menos preparada para serviços de gerência e coordenação (que com sua mão de obra e força de trabalho também movem a nação),. Não por falta de capacidade mas por falta de estudos e oportunidades, culpa de governos como de FHC e de Lulas,Dilmas e outros pobres de espírito que governam esse país. Culpa de um povo sem cultura e despreparado para votar até nas eleiçoes de um clube da esquina.
    Besteira o que vocês dizem,besteira o que escrevem neste balaio. As vezes aparece um bom comentário como do radical Sr. Enio Barroso que dia desses,em um momento de lucidez, escreveu aquilo que é a realidade neste país. Todos se acham espertos e intelectualizados e pensam que suas idéias são as únicas corretas mas no fundo ninguém sabe nada de nada. Só o que podemos dar é o nosso melhor. Bons princípios,boas verdades,família,educação ,moral,ética e amor incondicional e universal.Só isso muda o ser humano e pode construir novos caminhos. O resto é fantasia de balaieiros e blabla bla de porta de bar!

  27. Tanto se fala que o lula criou a bolsa familia e ganhou a eleição por causa dela, mas a verdade que a bolsa familia foi a unificação de dois programas sociais ja existente no governo fhc, chamada bolsa escola e segurança alimentar para as familias carente. Portanto o PT não mudou essa despesa em nada, apenas mudou de nome para parecer que foi ele o inventor disso. Esses programas ja tiveram seu embrião desde de o governo sarney com a bolsa leite.

    Quanto ao FHC de fato o Plano Real deu a ele duas eleições, embora não foi ele o autor desse plano, foi feito no governo itamar pelo Pedro Malan e Roberto Macedo, quando o FHC sociologo imagine so, estava de ministro da fazenda no famoso programa da politica brasileira que dando o que se recebe, para o PSDB apoiar o Itamar Franco que era PMDB.

    Teve um grande merito manteve o Pedro Malan como ministro da fazendo o que fez que consolidace o Plano Real.

    Mas seu segundo mandato foi tao desatroso, com mal sucedida privatização, que nada mais foi que um entreguismo do patrimonio publico as multinacionais, sem nada exigir em troca delas, por cumprir um papel importante ao pais, que gerou grande dispensa de funcionarios, grande desemprego, mal serviços prestados, sucateamento das empresas verificadas que não eram lucrativas, ex. estai quase 50 mil quilometros de ferrovias sucateadas, aumento de 1000% nas tarifas de telefone, onde boa parte da populaçao pobre devolveu suas linhas fixas, alem de não ter para quem reclamar com as teles.

    Quando saiu deixou o pais de joelho no FMI, e inflaçao de quase 20%.

    Por isso hoje quem pensa que ele pode arrebanhar eleitores, pode tirar o cavalo da chuva. O PSDB precisa sim voltar ser um grande partido no pais, mas com novo pensamento economico,voltado para o nacionalismo e programas sociais, pois as multinacionais e os bancos, não precisam de ajudam, eles são compentes sozinhos.

    Quanto ao governo lula, tambem não terminou bem deixando as multinacionais e bancos mandar no pais, não contendo a internacionalizaçao dos bens existente no pais, imagine que ate aeroportos essas empresas estão querendo conseguir administrar no pais. Sera que não entende que ninguem vem aqui para perder dinheiro, assim que assumirem logo vão aumentar as tarifas, para tornar o setor lucrativo,e repatriar esse lucro. Então não seria mais coerente os proprios brasileiros administrar esses aeroportos e subir as taxas de utilização dos mesmo.

    Mais espertos que nos são os chineses, que quando da visita de seu ministro no começo do ano no Brasil, disse que la na china para uma multinacional se instalar, tem que se comprometer em exportar 30% do que produz.

  28. O desgoverno da Dilma, não tem como pagar a festança do antecessor. Ela vai cortar.
    Claro que não vai cortar de rico.
    A situação do rico é igual a roba de lagartixa, pode cortar que ele cresce de novo, ou seja ele tem de onde, ou de quem tirar.
    Do pobre não há como cortar, não dá para dividir o zero.
    Ela já está pedindo perdão a classe média. Essa sim é que financia os Dirceus e Paloffis que a esquerda beija e balança.
    E onde entra o FHC? É simples o PT já está sinalizando vai beber o sangue da classe média, mas a culpa é do FHC.
    Se a ex-ativista pegar um resfriado a culpa é da política entreguista do FHC, ou da ousadia e ambição desmedida do Kassab.
    Essa é a esquerda de sempre.

    1. Jucapirama,concordo com vc em tudo.
      Só falta eles dizer que essa importação de 400 mil litros de alcool de milho dos estados unidos é culpa de FHC
      Antes da eleição da Dilma o Brasil era o maior produtor de alcool e exportava para o mundo esse PT é mentiroso
      Albertino

  29. Sociólogo, não gosta de pobre, esquecem que são pessoas também. FHC- o que feznos dois mandatos?
    Somente privatizou, as emprêsas do setor púclico,dando para os estrangeiros
    Recordo-mê bem, na sua gestão, chamando o povo brasileiro de
    vagabundos,por aposentarem-se cedo 45 anos e idade,e aprovou o tal de fator previdênciário,que vigora até hoje,e reduz asaposentadorias, porculpa do Sr Fernando HCardoso.
    Porque as aposentadorias dele valem?
    ninguém, contestou.
    Detesto essês Traíras Tucanos.
    Vai melhorar!!

  30. Boa tarde Ricardo. O lixo escrito diariamente peolo PIG, seus blogueiros e as Redes Globos da vida são salvos por voce. O FHC deveria ficar bem quetinho no seu sarcófago, comemorando seus insistentes 80 anos. O Chico Anysio, graças ao chefe maior, comemorou ontem também 80 e faz uma baita falta na televisão. O melhor ator já visto em cena nos últimos 300 anos e com certeza insoperável por mais 500. No entanto abre a boca com o tom e a maturidade de falar sempre o que seus 150 milhões de fãs gostam de ouvir. Quanto ao FHC teve seu tempo na política, deu continuidade a alguma coisas certa do Itamar e depois só dá peido errado. Era parceiro de braço dado ao Serra e ação equivocada, fo esquecido pelo PSDB e o desce ladeira em últma campanha eleitoral e a sem experiencia política, citada durante toda essa mesma campanha, veio e atropelou o desacreditado e ultrapassado PSDB e Serra juntos. Só conseguiram o segundo turn0o graças a onda verde, inflada pelo derrotado em último respiro e mesmo assim, o trator Dilma detonou essa esquerda de meia tijela. A esquerda continua perdida Ricardo talvez pelo simples fato de que sempre usou essa máscara mas nos últimos anos, grande parte da população que não sabia, acessou as informações que esses políitcos de esquerda foram os mesmos quemamaram nas tetas da direita conservadora por muito tempo ou então, quando o “bicho pegou”, pegaram um avião em primeira classe e fugiram para o Chile e a França e o Serra por exemplo, antes de voltar, flertou e fez estágio para desenvolvimento de privatarias mais tarde no Brasil nos Estados Unidos, tendo pós graduação em depraciação da Vale e dois anos depois entregando-a por moeda podre. Hoje é difícil esconder isso e tantas outras jogadas ilícitas do povão e da maioria hoje classe média graças ao 8 anos Lula. Como0 querer adquirr votos dessa hoje maioria justamente contra o PT que os colocou lá? Essa ingratidão não deverá se repetir no país. É a mesma coisa que assinar um cheque em branco para um esperto de quinta categoria!!

  31. Neste ano de 2011, Kadaffi completa 42 anos de vida pública e José Sarney, 57 anos. Pela Legislação trabalhista brasileira(CLT), o trabalhador precisa trabalhar 35 anos para se aposentar. Por qual motivo, então, o Sarney já passou dos 55 e ainda não se aposentou?!

    – Eu mesmo respondo: é porque aqui no Brasil, a mamata de quem está no poder é muito boa; ou, é porque as leis, aqui, não são respeitadas, aliás, nem nunca foram.

    Quem sabe se este cidadão estivesse mesmo trabalhando 55 anos ele estaria com todo esse gás?

    Quanto ao texto do Ricardo, tem fundamento, SIM, o FHC fazer oposição ( e esta é a sua maior preocupação) porque Ele sabe que 70% dos Congressistas do Brasil são governistas, isto é, votam com a Dilma.

    Não sei até que ponto isso é bom para o povo brasileiro o Presidente ter sempre a maioria absoluta no Congresso Nacional. Eu tenho lá as minhas dúvidas porque o risco de governar sem oposição – Não votam nada a favor da Classe Trabalhadora . Conforme aclareou o Nosso colunista, apadrinhado convicto do Lula, um Ex-presidente da República, que fora despojado do cargo recentemente. (…)

    Com 2/3 do número total de palarmentares, aprovam qualquer Emenda substitutiva na Constituição. 2/3 corresponde á 66%. Esse Governo tem 70%.

    Precisa dizer mais alguma coisa???

    FHC tem que saber que bananeira só dá fruto uma vez na vida. E ELE JÁ TEVE A SUA VEZ.

    Caso contrário, se insistir, vai ficar que nem mulher de malandro – que no dia que não apanha “joga o pau pra cima e deixa caí-lo na cabeça”…

  32. Ricardo, vamos colocar no seu balaio um tema que vem esquentando muito nos últimos dias, que é a volta ao desarmamento!
    Hoje saiu uma pesquisa séria feita por um especialista da USP que indica um aumento de 27 por cento de mortes no transito! Que tal sugerir o mesmo caminho do Sarney?
    Proibe-se venda de armas e carros e viveremos num paradise!

  33. Ele já não gosta de aposentado, chamou todos de vagabundos, agora descarta os mais pobres!! Caramba, esse foi o tiro de misericórdia, acabou-se o partidozinho do pessoal do sangue-azul.

  34. Ricardo,
    É uma pena que vc, que eu encaixo entre os petistas não tão cegos, tenha se preocupado em só repercutir um pequeno trecho do texto do ex-presidente e não comentá-lo por inteiro. FHC faz uma análise sobre diversos assuntosd e interesse para os brasileiros e, ao contrário do que a maioria dos leitores deste blog pensam, o presidente que entre outras coisas participou no controle à inflação e na lei de responsabilidade fiscal, tem sim muito a colaborar com o país. Certamente ele tem mais a colaborar que os atuais aliados Collor, Sarney, Barbalho, Maluf e toda a corja da base governista.
    É uma pena que vc também opte por uma discussão populista quando, é claro e notório que por mais erros do PT, nunca a UNE, CUT, APEOESP, MST vão apoiar qualquer outro partido. E quanto a isso FHC tem razão.

  35. Sou ultranacionalista e a favor dos bons costumes, não me encaixo no PSDB. O Brasil é do povo e não de pensadores preconceituosos. O que é povo, esse povo que querem separar, em cotas, blocos, etc. Povo é negro, é branco, é homo, é hétero, é o que quizer, mas ninguém é mais do que o outro, niguém pode ter mais direitos do que o outro, é classe média, é pobre e é rico. Acorde FHC.

  36. Diante de tanta asneira dita pelos internautas até perco a vontade de participar. A classe média é repartida, mais ou menos, grosso modo, em três segmentos: renda familiar de 4.000 à 6.000, de 6 até 8 e 8 até 10.000. De 10.000 até 16.000 seria classe B e daí por diante classe A. Tudo isso em se tratando de renda familiar. Portanto a classe média de 6 até 10 é a famigerada parcela da população que sempre votou na direita. Se acham ricos e estão incomodados com a chegada, cada vez mais perto, de uma população enorme que emergiu das classes D e E. O FHC como bom sociológo raciocina dessa maneira, ou seja, de forma estatística. Que tal se essa nova classe média também passe a se achar branca e rica e detone o PT e seu populismo?? É uma questão matemática, somente isso. Quem elegeu a Dilma foi justamente essa classe média que se beneficiou do Lula e do PT. Acho que eles não são suficientemente cretinos e burros para arriscarem seu voto na canalha que sempre os desprestigiou.

    1. Caro Teres Virmond. Classe media é quem recebe acima de R$ 5.000,00 por mes. Este governo quer camuflar a classe media. Para eles quem recebe um salario minimo ja é classe media.
      João Leite

  37. Que manifesto! Quanta coerencia, quanta sabedoria!!!!
    Só mesmo um homem da categoria, conhecimento, ética, polidez, bom senso, lógica poderia fazer um texto tão lúcido, e correto. Parabéns FHC. Continuas sendo o The Best

  38. Errado,o “pobre de hoje é o classe média de ontem e o miserável de ontem é o pobre de hoje. mas os ricos de ontem são os milionários de hoje. E viva o socialismo brasileiro!

  39. Caro Kotscho

    Eu já escrevi outro dia aqui no Balaio que só sei falar de VIDA, “desaprendi” de falar de morte e principalmente de cadáveres políticos insepultos !!!
    Só agora entendi as razões do PSDB por ter enterrado por tantos anos o “legado” de FHC !!! ( quem matou e enterrou o “boca de sovaco” não foi o PT mas sim o seu próprio partido durante TRÊS eleições nacionais seguidas !!! )

    No mÊs de fevereiro tentaram exumar esse cadáver através do seu “comercial” eleitoral político e gratuitocomo podem ver no vídeo que eu produzi abaixo:

    E VEJAM SÓ NO QUE DEU !!!
    Essa mais recente frase do sujeito:
    “´- O PSDB deve se afastar do povão”
    ficará marcada para sempre tanto quanto aquela sua outra:
    -“Esqueçam tudo o que eu escrevi !!!”

    Eu já vi de um tudo na política mas suicídio político como esse que vem fazendo o consórcio Demotucano é coisa de se admirar !!!
    Mas é bom …. O Brasil e o PT agradecem !!!

    VALEU FERNANDO HENRIQUE !!!
    ATÉ MORTO TU SÓ NOS AJUDA !!!

  40. Bem, já que Lula e o PT acabaram com a pobreza não poderia ser de outra forma, como não há mais pobres FHC tem mesmo que falar com a classe média. Resta saber com quem falará o PT quando acabarem também os ignorantes. Tudo isso está ficando muito engraçado, o fato é que a oposição acabou e ninguém percebeu. Os amigos acham mesmo saudável não haver mais oposição? Por vezes parecem tão felizes com isso…

  41. Eu li na íntegra o que o FHC escreveu e dou a ele um voto de confiança, parecendo que ele não está errado! Ele é um octagenário, que admira a Dilma e nao a tem como inimiga e sim com adversária. Ele acha que o Lula foi uma decepção, pra ele e pra muito de nós, mas não o trata como se fosse um traste!

  42. Este FHC e um abestado! O povo não esqueceu que aposentado e vagabundo…….sem fala que não fez nada pelo o povo do Nordeste. Sai fora zinca.

  43. Prezado Kotscho; No Paraguai (que não tem nenhum poço de petróleo) a gasolina custa R$ 1,45 o litro e sem adição de álcool . Na Argentina, Chile e Uruguai que juntos(somados os 3) produzem menos de 1/5 da produção brasileira, o preço da gasolina gira em torno de R$ 1,70 o litro e sem adição de álcool
    QUAL É A MÁGICA ??
    Pois então meu caro. No Brasil, tanto faz, não existe nada de novo. A receita é a mesma, tanto faz a do FH como a do Lula. Não é?
    Você sabia, que já desde o ano de 2007 e conforme se anuncia e nos vangloriamos O Brasil já é AUTO-SUFICIENTE em petróleo e possui a TERCEIRA maior reserva de petróleo do MUNDO.
    EIS A MÁGICA:
    Realmente, só tem uma explicação para pagarmos R$ 3,00 o litro: a GANÂNCIA do Governo com seus impostos e A BUSCA DESENFREADA DOS LUCROS EXORBITANTES DA NOSSA QUERIDA, AMADA IDOLATRADA E ESTIMADA ESTATAL que refina o petróleo por ela mesma explorado no nosso rico torrão banhado pelos mares por todos os lados.
    Nós pagamos a festança…

    1. É interessante como falam de coisas que o PT administra, que isto custa mais barato no Paraguai (que deve vender gazolina roubada do Brasil) pois é a unica fonte de renda que eles tem alem dos carros que vão afanados pra lá. Que o governo do PT aumenta isto, aumenta aquilo. Vamos falar um pouco do governo do PSDB. Pedágios mais caros do mundo, ICMS excorchantes (verifique na conta de luz), IPVA, Metrô (que agora vive mais parado que andando fóra a lotação)Inspeção Veicular (mais uma como a caixa de primeiros socorros) e se quizer mais é só procurar. e o Kassab que é da mesma linha, IPTU que é um assalto, condução que é uma calamidade mas sempre com um bom aumento nas passagens. Ruas esburacadas, transito que é uma calamidade. A unica coisa que fez foi tirar placas, Eu gostaria de saber no que isso melhorou nossa vida. Então quando for falar do governo federal vamos fazer isso em bloco colocando todos os governos, ai veremos quem tem mais garrafas pra vender.

    2. Amigo, sabe que hoje já estou defendendo que o governo eleve o preço do combustível, que já é um dos piores e mais caros do mundo, para preços acima de 4,00 reais!

      Sabe porque? Para que a gente possa circular pelas cidades, até andando está difícil de tanto carro, carroças e outras coisas mais!

      Vc tem razão quando fala da ganância do governo brasileiro em cobrar muitos impostos porque um carro na argentina custa 40% do valor deste mesmo carro no Brasil! E o mercadante disse que vai baixar os preços dos produtos feitos no brasil, porque importando fica caro, pelo volume de impostos!

      Abaixo os carros, que matam mais de 37 mil por ano nas estradas e acima a gasolina horrivel da petrobras!

    3. Caro Vitor hugo. É só voce rodar um dia nas estradas do Lula e depois rodar um dia nas estradas do Alckmin e voce verá porque a diferença.
      João Leite

  44. Com todo respeito que tenho pelos mais idosos, avalio sem ser especialista, porém, pelas características de seu discurso que o Sr. FHC está gaga… Realmente a dita oposição, está distante dos partidos que disputam o poder com os atuais governantes. A verdadeira oposição é o PSOL, o PSTU, o PCB entre outros movimentos sociais que não estão organizados de forma partidária, esses são oposição a forma de fazer política, de defender mudanças no sistema econômico, de lutar pela efetiva redução das desigualdades sociais, de defender uma educação pública de qualidade, entre outras bandeiras de luta. Os demais lutam pelo poder, por ambição e por vaidade…

  45. è fhc esta desesperado para voltar ao poder, mas com certeza vc nunca mais sera eleito no brasil, e povo ja te conhece e nao acredita em politicos como vc. faça um favor para o Brasil, esquece a politica pois estamos muito bem sem vc e seus puxa sacos no poder.

  46. É interessante. Todo perdedor acha que se tiver uma nova chance, fará milagres. Quem não se lembra da venda do patrimonio público, suor de nossos antepassados, como se fosse um nada; da mesma forma naquele apagão, o povo que teve de pagar acrescimos em suas contas de energia elétrica, por ter necessitado em consumir um pouco além do estabelecido pelo governo FHC que durou alguns meses (o povo pagou a conta da ineficácia governamental), a maior plataforma de extração de petróleo, simplesmente afundou; do Salárimo Mínimo pouco mais de R$ 50,00; aposentado foi chamado de vagabundo, pelo tão polido ex-preseidente e para sintetizar, nem a caravela que comprou para festejar 5º centenário do descobrimento, velejou. Deveria apresentar as formulas milagrosas no seu governo, que passou ao seu sucessor o valor do dolar U$ 1,00 por R$ 4,00, época que só os remediados tinham um computador, para poder exercer o direito democrático de comentar como estou fazendo agora.

  47. Como diria o filósofo educador pensador de vanguarda nobre deputado TIRIRICA… FHC É UM ABESTADO!!!!!!

    Uns dias atrás, conforme o doutor FHC todo aposentado É VAGABUNDO……agora……PSDB E POVÃO NÃO COMBINAM………faz tempo que o brasileiro já sabe disso……só o povo de São Paulo ainda não entendeu que PSDB significa Pior Salário Do Brasil…..

    kkkkkkkkkkk!!!!!!! LULA GOVERNADOR DE SP!!!!!!!!

  48. Excelentíssimo Sr. Ex. Presidente da República FHC.

    Vai cuidar dos seus netos,que o Sr. estará prestando um ótimo serviço para a sociedade.

  49. No artigo, mais uma vez, o FHC pediu: “não me deixem só”. Todo momento pedindo aos seus aliados que defendam as políticas do seu governo. Coitado! Não teve o eco esperado. Você, Kotscho, acertou em cheio. O PSDB já olhou algum dia para os pobres sem marginalizá-los? E FHC ainda aproveitou para dizer que no governo dele foi um mar de ética e moral. O povo não acredita nisso FHC!

  50. Enquanto a OPOSIÇÃO é comentada, A CARNE ESTÁ O OLHA DA CARA, enquanto a OPOSIÇÃO É COMENTADA a gasolina e o alcool (etanol) não param de aumentar desde 2002, mas com um detalhe NOSSA RIQUEZA ESTA NO PRÉ SAL!
    IMAGINEM SE NÃO TIVESSEMOS O TAL DO PRÉ SAL, NOSSA GASOLINA ESTARIA EM R$ 20,00 O LITRO e ainda assim teriamos fieis admiradores do governo gastão.

    Mas cuidado com a inflação!

    Quem mandou inflar o setor imobiliario?

    Era melhor construir as casas do que liberar dinheiro!

    1. É Pardal, vc não acompanhava os aumentos antes de 2003? Naquela época um pacote de arroz de 5Kg custava 12 reais, a gasolina 2,57 centavos, os juros eram de 25%, o dólar 3,99 e a dívida externa seu PSDB/FHC/SERRA deixaram, era impagável e só aumentava ao 04 vezes por ano o FHC juntamente com o Pedro Malam(dro) iam aos EUA pedir mais dinheiro.

  51. …meu deus do céu !!!…o F-agágá, agagô de vez…

    …como conquistar a nova classe média ? se esta, é apaixonada pelo PT, pois deve a ele a sua ascenção ???

    …só tem uma esplicação…a tucanada endoidou geral… é samba do tucano doido.

    …alguém aí enjaula este pessoal, antes que saiam dando tiros por aí…tô avisando…tem doido demais neste muuuuundo.

  52. O FHC é como a maioria dos políticos brasileiros: Virou múmia e está esbravejando do interior do seu sarcófago mental para atrasar o Brasil mais do que já está atrasado, revirando ossos secos, porquê sabe que uma grande maioria desses politicos vivem pensando da mesma forma como ele pensa. Já está na hora desses demodés enfiarem a viola no saco e deixaram de usar palavras e gestos cheios da poeira do passado. Portanto, adeus FHC!!!
    RF

  53. O FHC ficando calado, mais ajuda o seu partido nanico que falando.
    Me desculpe mas o povo não perdoa, chamastes os aposentados de vagabundos, justamente quem trabalhou, deu a sua colaboração ao seu governo foi chamado de vagabundo!!!
    Além disto, quantos aposentados que tiveram que rapidamente procurar se aposentar. mesmo faltando um, dois ou até tres anos porque ele armou uma arapuca contra estes que estavam faltando apenas este pouco tempo com a notícia de que iria mudar o tempo de contagem de anos para se aposentar. Alguém aí lembra deste fato?
    Muitos poderiam continuar no seu trabalho e até se aposentar com os 100% do seu salário mas ele amealhou o pânico entre os contribuintes e a turma tratou de entrar antes com a aposentadoria.
    Eu nunca esqueci disto. Por fim, quantos não foram prejudicados por isso? Para mim, este foi o maior golpe da previdencia dado pelo próprio ex-presidente contra o trabalhador, quem ele deveria proteger.
    Agora ele vem com este nhêm-nhêm-nhêm dizendo que o PSDB precisa falar com a classe média?
    Que classe média?
    Esta classe que ele fala que precisa falar, foi justamente a classe por ele espeziada, maltratada, que teve os seus salários achatados.
    Agora, Sr.FHC, é tarde demais e quem o Sr. prejudicou poderia estar passando fome se o Lula não tivesse trabalhado por ele e deixado o seu salário de aposentado com maior poder de compra, controlando a inflação. Com aquele cambio perverso de 4×1 (4 Reais=1 Dolar) que deu um salto na inflação, além do mais esta classe média são justamente aqueles que hoje tem filhos cursando faculdade e que poderiam ter uma folga a mais na sua economia se tivesse ganhando a sua aposentadoria integral. Estes são aqueles da classe C e ou D que o Lula ascendeu na piramide da sociedade, deu dignidade.
    Como agora o Sr. vem querer conversar com eles? Para quê? Eles são agora os 80% ou quase os 90% que aprovam o governo Lula e votaram em peso da Presidenta Dilma e que na semana passada deram a aprovação histórica de 74% à Presidenta Dilma.
    Eu pergunto; o que o Sr. tem para conversar com esta gente?
    O seu crédito com eles está a zero e seu partido já conta os dias da sua extema unção.
    Não perca seu tempo, que só na presidencia se prolongou por 8 anos e o sr. não acha que foi oportunidade até demais?
    Deixe-nos em paz, e esqueça-nos, ponha as suas pantufas, junte-se ao Serra e ao PIG, vá descansar porque o que nos fezeste, nós os 80%, já foi de bom tamanho para nossas tristesas.

  54. Eis aí o “sociologo”ex chefe de estado e dai por diante. que receita p combater a desingualdade social, é muita hipocrisia nesse querido brasil, Deus mi livre…

  55. Sr.Kotscho,

    Sei que o senhor é um comentarista de grande relevância e gostaria que o senhor me elucidasse o por que das Igrejas no Brasil serem isentas do IR, já que a maioria dos brasileiros tem que ajustar contas com o mesmo, embora sendo uma maioria pobre? Se o senhor me responder essa questão, considerá-lo-ei excelentissimo.
    Grato RF

  56. Esta declaração, do Grão-mestre FHC, me parece uma burrice e um suicídio político! Tal sensibilidade social, para um cientista político e ex presidente, é de AMARGAR. Parece, que
    ainda não bastou, as derrotas sucessivas do PSDB ao planalto!

  57. FHC não deve ser levado a sério, pois ele dá sinais de estar com Mal de Alzheimer e esse não é seu primeiro texto polemico, existem outros a favor da maconha, etc. Não sou petista, acho que logo descobriremos que Lula fez muito mal ao país, porém detesto FHC. Ele recebeu a presidencia de “presente” de Itamar Franco, assim como Dilma recebeu de Lula. Só que FHC deu uma grande puxada de tapete em Itamar e se transformou na criatura que queria destruir seu criador. Ou alguém acha que se não fosse o apoio de Itamar, o criador do Plano Real, FHC teria sido eleito?????

    1. Este “logo descobriremos que Lula fez muito mal ao país” me lembrou o “logo descobriremos as armas de destuição em massa” que o Bush prometia que ia achar mo Iraque de Sadam Hussein, para justificar a sua intervenção naquele país!

      Qual mal o Lula fez ao Brasil? Eu e + de 80% de brasileiros queremos saber!…

  58. E lamentavel que todo o mundo se deixa levar por certos discursos e se incomodam com isso. Vamos lutar contra os mensaloes, desvios de dinheiro publico, gastos do executivo,deixando filhos e parentes bilionários.Vamos lutar para que o dinheiro publico seja gasto na saude, segurança,infraestrutura e escolas seguras para os alunos de hoje sejam os inteletuais de amanha, e possam governar niosso Pais com ombridade e honestidade.Não esqueçam….

  59. Poi é, agora mandam FHC por as pantuflas, mas esqueceram rápido demais quem realmente colocou ordem e deu esse padrão de primeiro mundo ao nosso Brasil, no quesito inflação. Esperem um pouquinho mais, e voces vão ver o que acontece, com as medidas “inovadoras”, que a atual equipe economica está tomando. Não sabem nem segurar o que ganharam de bandeja. Isso depois de literalmente, arrebentar os cofres públicos, com “mensalões”, e outras “comissões”, aos companheiros. Pobre Brasil. Já pensaram o Genuíno de ajudante de ordens do Ministro da defesa. Vade retro.

  60. Quando o sr FHC do PSDB era situação, graças ao plano real teve glorias pelo feito, nunca poderia menospresar a oposição, o PT seguiu um rumo politico na qual todos os partidos deixaram uma lacuna, que seria o proprio povo, tanto isso é verdade que veja a ceitação da Dilma em 100 dias de governo? Isto esta incomodando a oposição, visto que oposição a altura do PT parece que acabou neste pais.

  61. Pelo jeito então ninguém está acreditando que os miseráveis acabaram no Brasil, como tanto alardearam na última campanha eleitoral os governistas dos últimos 8 anos!
    Realmente isso não é verdade, eles ainda estão firmes e fortes e continuarão assim por muito tempo, principalmente por conta do bolsa família, que não incentiva em nada o trabalhar, estudar, progredir na vida.
    E este trunfo chamado bolsa família permanecerá sempre em poder dos governistas lulistas, sabe-se lá até quando.
    Poder-se-ia alguém da situação querer que essa classe deixasse de existir, que essa dependência findasse?
    Acreditaria alguém que recebe o bolsa família que uma alternância no poder lhes garantiria a benesse?
    Creio que FHC enxergou isso, e que não adianta querer mostrar isso a quem não tem capacidade de entender. Quem não conseguiu ver a corrupção desenfreada, os escândalos absurdos envolvendo milhões de reais roubados dos cofres públicos (com justificativas mais absurdas ainda tipo: no governo tal ocorreu o mesmo, no outro governo tal foi pior, e até um famoso ” eu num sabia de nada”).
    Acho que FHC enxergou muito bem a situação.
    O que precisa agora é mostrar que essa história de “elite” não é privilégio dele, é necessário mostrar claramente ao povo como vivem hoje todos os líderes dos petralhas e dos democomunotucanos do Brasil. Mostrar que não há diferença nenhuma na mesa, na casa, nas escolas do filhos, nos carrões que usam, nos passeios que fazem com suas famílias etc.
    É preciso acabar com essa história de partido da elite, partido do povo… mostrar que no fundo é tudo farinha do mesmo saco.
    Alguém acredita que haja diferença nos níveis de vida de um FHC, Lula, Zé Sarnei, Zé Dirceu, Zé Genoíno, Zé Serra, Paloci, Aécio, Collor, etc?
    Todos estão cheios da grana, vivem bem, mamam nas tetas do governo de todas as formas, sem dó nem piedade!
    Mas isso não importa se amam o povo, se desejam que o povo melhore de vida, tendo mais escolas, saúde, segurança, bons salários, enfim, uma vida cada vez melhor!
    Mostrar que oposição e situação têm que existir, num regime democrático, ambas em benefício do povo, não como inimigas mortais, mas como adversárias, com idéias diferentes, mas com o mesmo ideal: o bem maior para toda a nação!

    1. Pelo jeito então ninguém está acreditando que os miseráveis acabaram no Brasil, como tanto alardearam na última campanha eleitoral os governistas dos últimos 8 anos!] É isso que não entendi também. Afinal, só é povão, por definição, quem não tem mais do que um pão para comer por dia e Lula teria praticamente extinto tal coisa. Portanto, FHC falaria de uma minoria que não elege nem vereador, coisa que todo partido deve despezar, se quiser ganhar alguma eleição.

  62. Pois então Kotscho.
    Veja o que foi dito aqui por alguns defensores do atual governo. Aliás, é bom que se diga, eu também defendo o governo atual, principalmente por ter dado prosseguimento a uma política responsável e, no totum ‘antipetista’. Não há nada mais anti-PT do que o governo do PT. E isso é muito bom.
    Quer dizer, não discuto este aspecto. O que discuto é que as privatizações foram, comprovadamente responsáveis pelo atual crescimento sustentável do país Privatizações, responsabilidade fiscal, altas taxas de juros e a garantia do pagamento dos credores e o cumprimento de todos os contratos, eis a razão de tudo isso que tá aí, que o PT dizia, nos palanques, que ia mudar de cabeça para baixo.. Quem reclamou dos altos preços dos serviços públicos operados pelas empresas privatizadas, certamente se esqueceram que o governo é o maior sócio destas empresas. Nas contas de luz, por exemplo, o sócio Brasil, leva mais de 50%.
    A CIA Vale do Rio Doce, por exemplo, paga atualmente em impostos, o mesmo que arrecava em 1998.
    Sejamos honestos…

    1. Luis Carlos

      Como tu pode ler neste post eles agora privatizaram a BURRICE !!!
      O que antes era “publico” agora é da propriedade exclusiva do PSDB e assessórios !!!
      Quem quiser que compre tais suas “ações em baixa” mas que depois não se queixem de prejuízos morais e “no bolso” !!!
      Ou “na bolsa” ?
      Ah…Tanto faz,

    2. “O Mundo de Luiz Carlos, O Velho”… daria um belo livro sobre os efeitos maléficos que a solidão causa no ser humano. Saia um pouco de casa, homem… vá respirar e sentir uma nação pujente que cresce e mesmo com problemas, conseguiu criar um horizonte.

  63. O PSDB é um partido claramente preocupado consigo mesmo. Aliás, sobre essa convocação de blogueiros é algo para se ficar atento, visto que na última eleição vimos na Internet uma enxurada de mentiras e boatos contra os adversários do PSDB. Para o PSDB tudo fica mais fácil, pois a grande imprensa (PIG) pende para o lado desse partido de forma clara. Por quê no diário oficial do governo paulista vemos uma quantidade enorme de compra de milhares de assinaturas de jornais e revistas da grande imprensa (Veja, Globo, Folha de São Paulo, Estadão, etc) para a FDE. Vimos nas eleições, claramente, essas mídias fazendo uma oposição massiva contra o maior adversário do PSDB durante 8 anos. E é tolice o FHC achar que todo mundo da classe média vota neles, o Brasil mudou e as pessoas também. É claro, que em São Paulo há uma predominância tucana, mas isso se deve em grande parte pela complascência da imprensa que não mostra a verdadeira realidade que se encontra o Estado de São Paulo nesses 16 anos de gestão demotucana. E em Minas Gerais a imprensa também quase não fala mal do Aécio Neves, o que é muito estranho. Concluindo, nem todo mundo acredita em tudo o que o PIG escreve e o que a equipe da Internet do PSDB divulga, muitos já abriram os olhos para esse partido que sempre esteve distante do povo e muito próximo da elite.

  64. Srº Kotscho.. até o cachorro vira lata que fica em frente ao açougue do Zé do lado da padaria do Zé ( Flor de Itaquera) lá em Itaquera um bairro de São Paulo, todos os dois Portugueses(pode checar) sabe que o Srº é repugnante e averso ao Srº Fernando H. Cardoso, portanto seria ótimo que estas pessoas que sempre declinam em sua coluna,comumente a favor de seu parceiro Lula, estivessem ao par do tremendo rabo que este legou ao País, diga a eles a realidade que nos espera, comente sómente a divída que deixou para as gerações futuras, seja um pouquinho honesto em suas colocações Srº Kotscho!!!!

  65. Ricardo,

    Oposição? Ou Ô posição?
    O que é povão? Classe média? Classe alta?
    Ponto de vista! Cada um olha o mundo de acordo com o tamanho de sua janela.
    FHC é um sociologo, antropologo mais um ologo da vida que necessita de vez em quando sacudir a midia, sacudir seus companheiros de partido para que não caia no túmulo.
    Ora bolas, um governo deve governar para um todo, pois o pais é um todo. Aquele que esquece a base da pirâmide com certeza levará uma queda de respeito pois a massa, é o povão. Por mais que falamos que o governo Lula ampliou a classe média, a massa ainda é grande.
    Manda o FHC continuar a dar suas palestras a preços inflacionados e se recolher ao pijama.

  66. Penso que como o Serra, o FHC deveria ficar de boca fechada, pois eles só prejudicarem ao país. Se a classe média hoje é a maioria, é graças ao governo Lula que deu oportunidade de brasileiros darem a volta por cima. Se o Serra tivesse ganho desde 2002, o que estaríamos agora falando? Talvez de inflação, privatização da petrobrás, as usinas hidrelétricas e tudo mais. Com certeza tudo isso estaria na mão de estrangeiros, aumentando suas taxas como a Telefônica, etc. Hoje o Pré-Sal seria estrangeiro e nós seríamos só espectadores. Para o bem do Brasil, acho bom essa turma sair de fininho e não atrapalhar o desenvolvimento que o país nunca teve até então.

    1. É Carlos Alberto, bom seria se tivéssemos continuado com a TELESP infestada de petistas e sindicalistas…

      Por falar em Serra, na campanha de 2002, a propaganda Lulista acusava o ministro da saúde, José Serra, de ser o responsável pela epidemia de dengue no Brasil. Pois bem, em 2002 tivemos 339mil casos de dengue e, em 2010, foram 936mil casos. Mas tudo bem, dengue é doença de rico…

  67. Kotscho, “”””SERÁ QUE O FHC NÃO SABE QUE A INTERNET, É A MIDIA MAIS ESCACARADA QUE EXISTE””””, e portanto “”””NÃO VA DAR PARA O PSDB””””, enconder: “”ELE FHC, O SIGLA DELES PSDB E ATÉ O MASCOTE TUCANO””””, como eles “”””””””””””””FIZERAM NA ULTIMA ELEIÇÃO”””””””?

  68. Como será que o FHC está se sentindo, ao “VER A DILMA E O PT, FAZENDO ACORDOS COM A CHINA, INDIA, ORIENTE MEDIA, AFRICA E TODA A EUROPA PRINCIPALMENTE COM A RUSSIA”””; ja que ele “””””PRATICAMENTE DOOU O METADE DO BRASIL PARA OS AMERICANOS””””? Aliás, se o FHC quer tanto falar, po que ele NÃO EXPLICA MELHOR “”””””””””””””””””AQUELE SUPOSTO ACORDO DELE COM A CIA E A FORD em 1969?”””””””””””””””””””””

  69. Comentários como o de” Luiz Carlos, o velho” são raros neste balaio e são bastantes elucidativos. Já “entrega de patrimônio público”, “pig”,”fascista”, “Rede Globo, Folha, Estadão”, “fora FHC”, “reacionário”, são termos frequentemente usados.Cada vez mais fico convencido de que a esquerda é Quixotesca e até o Kotscho tem seus momentos de perseguição a moinhos.

    1. …Marcio, o quixotismo da esquerda esta levendo o Brasil para mares “nunca dantes navegados”.

      Quanto ao nosso “velho” Luiz,, o “vekho” realmente diz tudo

  70. O que acontece na USP é uma boa mostra do estilo PSDB de gerir a coisa Pública e é preciso que a população conheça o descaso com a administração da maior Universidade da América Latina.

    Existe um vácuo de autoridade que está sendo preenchido até por faxineiras terceirizadas. E é simples a explicação: quando promovem este tipo de situação os tucanos acham que já não tem mais nada com isso… Se houver irregularidades, a culpa não é deles, eles só tiveram a idéia de terceirizar.

    A empresa que cuida da limpeza da USP quebrou; e não pagou seus funcionários. O que a reitoria da USP esperava? Que os pobres funcionários fossem reclamar com quem? Ou a responsabilidade de terceirizar não é da USP? Ela impõe condições leoninas nos contratos, e o prestador de serviço – que nem vem ao caso – se não conseguir fazer lucro que dê o cano nos funcionários e assunto encerrado?

    Infelizmente a USP está ao Deus dará. No dia a dia da Universidade não se vê ninguém da alta administração checando in-loco os prédios (e olha que a USP tem uma Prefeitura e uma Reitoria) e marcando presença junto a alunos, professores e funcionários. A sensação é que essa gente não sai de suas salas com ar condicionado, apenas fazendo política.

    As pobre faxineiras da USP, que ganham salário mínimo e ficaram sem receber, devem adorar tudo que se relaciona ao PSDB. FHC tem razão… é melhor esquecer mesmo os pobres de São Paulo.

    1. Apoiado, Márcia. Os funcionários da FFLCH continuam sem receber e a direção da USP finge que não é com ela, uma vergonha. Terceirizam e lavam as mãos… Justamente para os trabalhadores menos preparados. A mentalidade tucana é um desastre para a USP. Será que estão fazendo isso para privatiza-la também? Beijão, amiga.

  71. que dó, que pena do FHC e as Opsições, quem diz que eles melhoraram a vida da classe média? A classe média no governo do FHC só vivia no cheque especial e no cartão de crédito atolados até o pescoço e ainda pousava de rico, os agiotas e dolar a R$ 4.00 Reis tomou conta do Brasil com os recursos volatéis, bastava dar um expirro nos asiáticos que o Brasil gripava, cambio engessado, falta de investimento no setor público, milhões de reais para empreiteira de amigos, até polícia fez greve em vários Estados, nenhum program de geração de renda para os mais pobres, quebra do setor ferroviário, da saúde, das estradas esburacadas e o dinheiro das privatizações do BNDS e de outros fundos de trabalhadores evaporou. Esta é marca do PSDB. Será que a classe média vai cair nesta novamente?

  72. …fui ali na padaria do Tião comprar leite, na volta encontrei o Pesâo. O Pesão é um catador de lixo reciclável amigo do Troféu, aquele que é doido pelo LULA.

    -Iaí Pesão, de bicicleta nova meu fii ?

    – É dotô, eu tombém sô fi de Deus, qui depois de LULA passou a ajudá inté um cara como eu.

    …deus é bom…ele esta aí pra ajudar…acontece que há 500 anos um bando de vagabundos o impedia de fazer isto ao povo brasileiro.

    …continuei pensando…quem sabe se o F-agágá passasse a frequentar padarias ele parava de falar tantas asneiras.
    Esta oposição precisa começar a comer pão em vez de brioche

  73. O nosso candidato ideal para a oposição a presidente seria o FHC ,pena que o PSDB não deixa !!!!!!!!!!!
    Para nós seria uma molesa , pois ganhariamos a eleição sem esforço , pois com um candidato deste na oposição , a rejeição que ele possui , liquidava ele e os admiradores dele. HAHAHA

  74. Enquanto o neoliberalismo afunda com o termo”Estado mínimo”, o progressismo traz a participação dos empresários e do “povão” para os rumos do País: capital + trabalho.

    1. Caro Jr.Dalprá
      Apenas para esclarecer….
      O neolibarelismo com seu “Estado Mínimo”permite uma garçonete levar 200 dólares de gorjeta para casa ou um ajudante de pedreiro receber 30 dólares por hora de trabalho. O sucesso deste sistema econômico é tanto que as nações que o adotaram precisam fechar suas fronteiras, não para impedir que descontentes saiam, mas para impedir que milhares entrem ilegalmente para poderem desfrutar do mesmo. Além dos trabalhadores receberem de 3 a 10 vezes mais que aqui neste nosso paraiso de marxistas tudo o que pensar em comprar é bem, mas bem mais barato (roupas, produtos eletrônicos,carros, o que for… )

  75. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) declarou ter se “espantado” com a repercussão do seu artigo ‘O Papel da Oposição’, publicado nesta semana na internet. “Achei também precipitadas algumas reações, sobretudo da oposição que, pelo que pude perceber, disse coisas que acabam fazendo o jogo do PT”, afirmou. Gerou maior polêmica, o trecho que ele defendeu que os tucanos priorizem as classes médias, pois se continuarem tentando dialogar com o “povão”, acabarão “falando sozinhos”, pelo fato de “as massas mais carentes e pouco informadas” terem sido “cooptadas” pelo PT. O tucano afirmou ainda que foi mal interpretado, e lembrou que não minimizou a importância de também tentar conquistar o povão: “Venci o Lula com o voto do povão”.

  76. A classe média só pasou a existir de verdade depois de LULA antes era uma classe de meia duzia de pessoas.
    Ninguem é louco de perder o que conquistou , essa turma do psdb e demos pps psd não voltaram tão cedo ao poder central , ainda mais com essas idéias , a nova classe média é LULA e PT por um bom tempo.

  77. O único erro de FHC foi tornar isso publico.
    Muitas dessas coisas são feitas na surdina e o povo nem percebe.
    O governo de FHC reflete negativamente ate hoje.
    Veja a atuação da Anatel, cria do FHC, doando para as teles o patrimônio publico.
    Elas (teles) destão vendendo imóveis que deveriam devolver a União.
    “Assim não dá, assim não pode..”

    1. targinosilva,
      Depois de 8 anos de governo Lula a atuação da Anatel ainda é culpa do FHC????? Faça-me um favor…

      Por falar nisso, repito o que escrevi acima: legal seria se continuássemos com a TELESP, TELERJ e etc, penduradas de sindicalistas e petistas. Demorando meses para conseguir uma linha, que, de tão cara, ficava até como parte do espólio….

  78. Essa tendência que quer aumentar o preço da gasolina, por causa da alta no mercado mundial,
    faz me lembrar daquele nordestino que plantava feijão para a subsistência da família.
    Uma noite, após jantar, o agricultor disse a família:
    Vamos ter que comer menos feijão.
    Por que pai? Feijão é tão bom e temos muito feijão.
    Meu filho, feijão é Commodities, e esta em alta no mercado mundial.
    Não podemos comer feijão como se fossemos gente rica.

    Essa é a tese do NEOLIBERALISMO.

  79. Tem coisas que a gente não esquece. Me lembro que os fiscais do FMI vinham ao país para fiscalizar o banco central e atos do governo. Era uma verdadeira pouca vergonha, tolerar que isso ocorresse, jogavam a soberania no chão para servir de tapete para esses fiscais. FHC voce não deixou saudades a nenhum brasileiro.

  80. Bom, aí está uma situação paradoxal de estarmos indo para uma falencia ampla e irrestrita de oposição no país, como ocorreu após o fim do regime militar. sendo no entanto impressionante que a atual oposição recebeu apoio para vencer em vários estados dominantes economicamente no país. Um contracenso do eleitorado que dividiu o segundo turno presidencial quase pela metade?. Pedro Malan uma vez disse que no Brasil o passado também pode surpreender. Talvez uma baforada de idéias já obsoletas seja util para provocar a oposição a começar a se mover em direção ao futuro e ser util de alguma maneira, no espaço que ocupa.

  81. “A preocupação consigo mesmo induz á tristeza. O esquecimento de si abre para a alegria”.

    “Não há satisfação maior do que aquela que sentimos quando proporcionamos alegria aos outros”.

    -Olá Ricardo, e caros bloguistas, só depois de lerem o Texto abaixo, tenho a certeza que cada leitor terá a plena convicção de discernir um do outro, os nossos Ex – vice – presidentes.

    A NOVA SOCIEDADE INDUSTRIAL DE MARX (DO SÉC. XIX, XX, XXI)

    A unidade básica não é a pessoa, mas a classe social, definida de acordo com seu papel na produção. Em ligação com os grupos sociais, estudam-se a produção e a troca de mercadorias, a formação do capital e da mais – valia e os lucros.

    *Conclusão: para nós marxistas, o papel do investidor é muito importante: se ele se situa junto aos trabalhadores, suas conclusões são diferentes daquelas que obtém se ficar ao lado dos proprietários dos meios de produção.

    – Para os adversários dessa teoria, com esse postulado a objetividade deixa de ser uma questão de concordância entre a análise e a realidade.

    Finalizando:

    “Terás alegria ou terás poder, disse Deus; mas não terás a ambos”.

  82. MAIS UMA VEZ FHC PERDEU UMA EXELENTE CHANCE DE CALAR A BOCA , VIVE DIZENDO ASNEIRA, DESDE QUE DEIXOU O PODER ,MORRENDO DE INVEJA DO QUE O “ANALFA ” FEZ PELO POVO BRASILEIRO E PELA SOBERANIA NACIONAL, COISA QUE ELE COM SEUS INUMEROS DIPLOMAS NÃO CONSEGUIU ,, NO GOVERNO FHC VIVIAMOS DE QUATRO PARA O FMI. O QUE ELE DISSE É O PENSAMENTO DO PARTIDO , PSDB. QUE SÓ GOVERNA PARA OS RICOS. QUE INFELICIDADE A DELE COM ESSE COMENTARIO !!! A MASCARA ACABOU DE CAIR.

  83. Será que realmente o SR, FHC, Presidente deste pais?
    Lembro-me bem infelismente. que nessa época. quem
    ditava o rumo a seguir era o F.M.I. E lá no USA, o SR.
    CLINTON, em suas reuniões na Cas Branca, afirmava
    que era Presidente dos USA e gestor da colônia sul
    americana chamada BRASIL.

  84. Entendo que o artigo em que o Presidente FHC escreveu para a revista, tenha gerado tamanha repercussão em detrimento de inúmeras interpretações, entretanto, vejo que o intúito principal era de âmbito político. O Presidente FHC, sugere que a “nova classe média”, que outrora era o “povão” cujas situação financeira era menos privilegiada que hoje, seja “cortejada”, pela oposição, não apenas pelo ganho REAL, de poder financeiro mas sim, pela nova realidade brasileira que, pelo Plano Real, tão criticado por tantos aqui nesse site, o mesmo “povão”, fora inserido numa economia muito mais estável, que propiciou ganhos reais em todos os âmbitos sociais e econômicos. Desta maneira o maior sentido desse artigo não estar em sectarizar ou excluir classes sociais pela oposição, mas sim conquistar quem ainda é possivel conquistar, o dito “Povão” tem no PT e no Lula um “deus”, não porque ele tenha feito um excepcional governo, mas sim, por ter usado de políticas e práticas assistencialistas para conquistar os menos favorecidos, dito “povão”, prática comum no Brasil desde sempre, o que me indigna, na verdade é o demérito com que se trata todas ações tomadas no Governo FHC e que só por terem sido efetivadas pelo FHC o Governo Lula, pôde ter sido o “sucesso” que foi. Com relação ao fator financeiro, sempre fui de Classe Média e confesso que no Governo Lula, ao contrário do que comentaram nesse site, passamos por duros momentos… Meu poder de compra é mt menor hj, do que no governo FHC e os salários não acompanharam o aumento real da inflação. A economia está estagnada, o Consumo, de fato está aquecido, não por medidas Econômicas Mirabolantes, mas sim por uma grande oferta de Crédito no Mercado… E ñão se faz necessário ter graduação em Economia para fazer essa análise, basta apenas ter bom senso…
    Amigos, o fato é, cada governo, a seu tempo, teve seu valor, eu particularmente, admiro e defendo o Governo FHC, pois entendo que “os frutos colhidos no Governo Lula, fora dantes, cultivados no Governo FHC”.

    1. Cara MNA

      Se o governo do FHC tivessa mais seis meses, ele teria enterrado o plano Real do Itamar, pois a inflação estava na casa dos 14%aa. desemprego chegou a 32%, dolar bateu na casa dos R$5,50, risco Brasil atingiu 4900 pontos. FMI queria de todas as formas o seus U$180 bilhões de volta e a nossas reservas eram zero, a divida externa chegou a casa dos U$650,0 bi e não havia nada a fazer, só mesmo se humilhar em Viena, Berna ou Paris, muita cuia de queijo e nada resolvido.
      As indusrias se retiraram em massa do Brasil, foram para os países visinhos, as exportações estagnaram, as importações explodiram, não havia um centavo em nossa resevas internacionais.
      Então! caro(a) MNA? Como esse plano, como o plano Real poderia ser o carro chefe do sucesso do LULA96%??
      Se o Cruzeiro ou mesmo o Cruzado ainda estivessem em circulação, o Lula96% teria feito esse excelênte governo da mesma forma que fez.

  85. E por ter de falar em FHC, entro a dizer que cavalheirismo não é apanágio de lordes ingleses, nem de figurantes do patriciado nativo. Respeitar o próximo é ato de lei natural, a paratica~lo qualquer plebeu. Assim é também o mandamento eclesial ou divino: não invejar o próximo… Fernando Henrique, após o almoço dado pela presidenta Dilma ao pres.Obama,para o qual foi convidado, desabafou mágoas.(?)
    Acentuou jamais ter sido convidado do Lula pra nada.(!) Na realidade o Lula o convidou sim. Para ir às exéquias de João Paulo, viajando no avião presidencial. Enfim, Lula não é tão grosso, nem tão ingrato assim…

  86. Finalmente FHC reconece que o PSDB nada tem a ver com a classe trabalhadora e aquela que vive abaixo da linha da pobreza. Já reconheceu no seu governo, pois nada fez em prol dos mais pobres. O partido representa bem a elite paulista e os alemães e italianos do sul maraviha. Acontece que, a maioria do povo brasileiro, está representada pelos primeiros citados, filhos diretos dos portugueses, indios e negros. Estes estão emergindo e conhecendo o gosto de participar, mesmo que ainda de forma insipiente, da riqueza deste grande pais, graças a medidas simples de distribuição de renda. Ainda tem gente na imprensa que afirma não saber qual a posição política do do PSD. Katia Abreu diz tudo. saber

  87. De tudo o que FHC disse, o que mais me espantou e que discordo frontalmente é que o Estado deve, segundo ele, ter mais participação na economia; NUNCA, JAMAIS. O estado só poderia ser empresário depois que cumprisse seus deveres essenciais, os quais, em parte, não são outorgáveis à iniciativa privada.
    Quer dizer, depois da saúde, segurança e educação pública funcionando a contento, aí sim, poderia até, em alguns casos, o Estado se envolver em atividades empresariais.

  88. no governo F.H.C os americanos fizeram um mapa para os prefessores dar aulas nas escolas em que eles escruíram amazônia do mapa do Brasil será que ele, quer dizer F.H.C
    estava entregando a nossa amazônia para eles, quer dizer os americanos.

  89. Vamos falar sobre os pedagios do sr. Alckmin. Quando eu falo para alguem que é o pedagio mais caro do mundo ouço esta resposta: mas as estradas são muito boas. Concordo, porem pelo preço que é cobrado elas não deveriam ter piso de asfalto e sim de ouro puro. E agora vejamos: quando for para construir a estrada que seja cobrado R$:18,00 porem depois de pronta só vai ter a manutenção. Então porque não cobrar R$:4,00? Ai me responderam: tem que cobrar as cabines, os funcionarios, as ambulancias e quetais. Tudo bem, mas não tem mais as despesas com tratores, caminhões, trabalhadores, asfalto, placas etc. E mais, tirando umas 3 estradas quais são as maravilhas que dizem.
    O que eu vejo é que essa gente olha o rabo dos outros mas não olha o seu.

  90. Amigo Ricardo Kotscho, dificil fazer a classe média acreditar outra vez em FHC, afinal foi ele que destruiu e atirou a classe B na miséria em decada de novente, FHC simplesmente jogou toda a classe média na pobreza absoluta, atirou 27 milhões de brasileiros no mais absoluto desespero, a fome foi a companheira, foi a irmã siamesa de todos os brasileiros, só que as classes D,E e F jáestavam acostumadas aos descaso de outros presidentes, agora, o que essa classe (B) passou nas mãos de FHC não tem nenhum registro.
    Como dizer a essa gente. ainda mais que agora são um contigente de 95 milhões, que FHC e o seu PSDB não repetirá a doze? não vai impor a fome outra vez? nem para a antiga classe média e nem para a atualissima? afinal, essa gente sofreu muito nas mãos desse catedrático e ex-presidente (FHC)

    1. 200% DE ACORDO.

      Só acrescentando que o Povo…desculpe, o “Povão”, não é nada burro, ignorante ou desinforamado como pensam muitos politicos. O “Povão” sabe muito bem que depois dos 2 ou 3 primeiros anos do plano Real (de 1994 a1996 para ser preciso), as coisas começaram a ficar cada vez mais feias, a economia indo para o brejo e o partimonio da Nação sendo vendido para pagar a divida… até alguem do “Povão” chegar ao poder, colocar os mais pobres como prioridade, pondo pela mesma ocasião – graças ao consumo – o Brasil de volta na rota do crescimento!

      E se muitas pessoas das “classes” D ou E foram para a classe C, ninguem é burro de esquecer que os aposentados eram chamados de vagabundos com o antecessor de Lula, e agora mais essa de “povão”, de “massas carentes, e pouco informadas”.

      Belo tiro no pé, Fernando… Esqueceu (ou nunca soube…) que no Brasil, tirando os 5 ou 10% da classe A que não precisam se preocupar com nada poque o dinheiro sobra (e muito!), todo mundo é “Povão”, todo mundo sofre de uma maneira ou de outra, e para nós, o futuro é inseguro!

  91. A encruzilhada em que se encontram as oposições, notadamente os tucanos, diz respeito tanto ao discurso quanto a prática.

    O que foi a bolinha de papel senão um engodo. Mentiram para as pessoas descaradamente. Prometem uma coisa e conscientemente fazem outra.

    A oposição perdeu a credibilidade que já era pouca. Ninguém acreditava no Serra quando, na campanha, por exemplo, o assunto era privatização, Pré-sal ou Petrobrás.

    Não adianta mudar o discurso agora. Ou focar em determinada classe social. É preciso, antes, que os tucanos provem que não vão entregar o país. E isso eles não conseguem.

    O problema, portanto, não está no eleitor que já definiu o país que quer. O problema está em que as oposições querem empurrar goela abaixo dos brasileiros o tipo de país que eles defendem.

    E aí o choque é grande. Não basta trabalhar na inernet, nas redes sociais. Isso – de certa forma – já foi tentado com o PIG e deu no que deu.

    Portanto, o problema é de concepção, de idéias e não de convencimento.

    1. Assino embaixo!

      E pensar que tem gente acha que “não tem mais esse negócio de Direita e Esquerda”…só porque a Europa viu a queda dos regimes comunistas na década de 90.
      …E não é gente “ignorante”!…

  92. A maioria do povo brasileiro optou desde 2002 pela aliança construida pelo PT/PMDB e outros partidos menores pelo atual governo. E a maioria é composta por todos os setores da sociedade. Preconceito sempre foi a marca registrada do PSDB/PFL. Continuem pensado assim que continuarão no mesmo patamar que se encontram, ou seja, distantes dos interesses da maioria da população brasileira. A luta constante contra a desigualdade é o principal objetivo deste governo e o povo sentiu na própri pele isto. 15 milhões de emprego e o aumento da renda familiar resumem esta situação.

  93. PSDB não ganhará apresidencia com blogs e internet, classe média no Brasil é minoria, ao contrário dos estados unidos onde é maioria, entendo que as vezes fhc pensa que mora nos estados unidos. A classe média que vota no psdb é a alta, pois a média-média (c) e média baixa (d) e pobres (e) não votam mais nesses caras, não depois e experimentarem o gostinho de ajudar a decidir como têm feito desde 2.003.

    1. Concordo com tudo menos uma coisa: classe média no Brasil é maioria e não minoria, como ja demonstram estudos do IBGE desde o ano passado, se não me engano.

      Mas é verdade que classe mádia ou baixa, todos nós somos parte do “Povão” do FHC, porque a turma dele, a direita, sempre governa para os 10 ou 15% de privilegiados, como foi o caso de Bush pai e filho nos EU, Thatcher no RU, Chirac ou Sarkosy na França, Berlusconi na Italia, etc… Com eles é sempre o discuso de Estado minimo (privatizãções das décadas de 80 e 90) muito tempo encoberto aqui pelo termo de “Reforma do Estado”, é diminuição da carga de impostos dos amigos banqueiros e empresários e finalmete diminuição dos auxilios estaduais à população (seguro desmprego, auxilio moradis, etc…).

  94. FHC e as oposições
    NIVALDO CORDEIRO | 14 ABRIL 2011
    ARTIGOS – MOVIMENTO REVOLUCIONÁRIO

    A oposição, incluindo o PSDB, disputa o mesmo campo ideológico e social do PT. Mas não tem a mesma credibilidade do PT para dar garantias de que os privilégios da nova classe média funcionária pública serão mantidos.

    Aqueles que têm acompanhado meus comentários estão a par das observações que tenho feito sofre a profunda transformação que a política e a sociedade brasileiras passaram nas últimas décadas. Nunca é demais lembrar que estamos vivendo o auge da chamada revolução gramsciana, que levou a esquerda ao poder. O PT colheu os frutos desse grande esforço de transformação política, que teve em Fernando Henrique Cardoso seu maior teórico e seu grande operador, especialmente quando esteve na Presidência da República. A esquerdização completa da política brasileira é o pecado mortal de FHC e sua herança maldita.

    Digo isso como preâmbulo para comentar o vigoroso artigo que o ex-presidente publicou na revista Interesse Nacional (O papel das oposições). Fernando Henrique Cardoso continua sendo o sociólogo que sempre foi e nesse artigo mais do que nunca. Seus acertos são equivalentes a seus erros e o cientista FHC infelizmente não tem a chave mágica para tirar do PT o monopólio do poder alcançado desde a eleição de Lula. Os demônios que FHC soltou de sua caixa de Pandora esquerdista estão destruindo a ordem institucional e econômica, pois o único objetivo do PT é manter-se no poder, a qualquer custo.

    FHC escreveu:

    “Para recordar que cabe às oposições, como é óbvio e quase ridículo de escrever, se oporem ao governo. Mas para tal precisam afirmar posições, pois, se não falam em nome de alguma causa, alguma política e alguns valores, as vozes se perdem no burburinho das maledicências diárias sem chegar aos ouvidos do povo. Todas as vozes se confundem e não faltará quem diga – pois dizem mesmo sem ser certo – que todos, governo e oposição, são farinhas do mesmo saco, no fundo ‘políticos’. E o que se pode esperar dos políticos, pensa o povo, senão a busca de vantagens pessoais, quando não clientelismo e corrupção?”

    Quem as oposições representam? Qual a sua proposta alternativa à do PT? Perguntas assim FHC não se fez. O fato é que desde a abertura política o Brasil passou por um crescente e massivo processo de destruição da pequena e média empresa privada, ao tempo em que multiplicou o número de funcionários públicos, de sorte que a classe média, esteio da democracia representativa, sofreu uma brutal transformação. Ela é agora composta em grande parte por servidores do Estado, que enxergam no PT a garantia de seus privilégios. O esteio dos valores da sociedade aberta no plano sociológico é esse largo segmento da classe média que não depende do Estado e a ele se opõe, pois paga grandes valores na forma de impostos e tem a sua liberdade tolhida pela regulação estatal. Foi o próprio FHC que começou essa mudança no perfil da sociedade brasileira, ele próprio patrocinando a oligopolização crescente dos mercados, a começar pelo mercado bancário, e a multiplicar as carreiras de Estado. Bom lembrar que a remuneração dessas carreiras tem sido crescentemente majorada, de maneira que o salário médio do setor público está bem acima da do setor privado.

    A oposição, incluindo o PSDB, disputa o mesmo campo ideológico e social do PT. Mas não tem a mesma credibilidade do PT para dar garantias de que os privilégios da nova classe média funcionária pública serão mantidos. Ao contrário, há uma crença no meio do funcionalismo de que o PSDB é inimigo de suas “conquistas”. FHC acrescentou, aqui o ponto central de sua preocupação política:

    “Complexidade crescente a partir dos primeiros passos do governo Dilma que, com estilo até agora contrastante com o do antecessor, pode envolver parte das classes médias. Estas, a despeito dos êxitos econômicos e da publicidade desbragada do governo anterior, mantiveram certa reserva diante de Lula. Esta reserva pode diminuir com relação ao governo atual se ele, seja por que razão for, comportar-se de maneira distinta do governo anterior.”

    Lula já havia empolgado a nova classe média. Como ela foi rapidamente multiplicada, ao tempo em que a antiga classe média fundada na livre empresa foi desaparecendo, parece óbvio que Dilma Rousseff já conquistou para o PT esse novo largo segmento.

    Por não ter clareza dessa profunda transformação sofrida no interior da classe média, que de inimiga do Estado grande passou a ser seu esteio político, FHC errou no seu diagnóstico. Nas suas palavras:

    “É preciso, portanto, refazer caminhos, a começar pelo reconhecimento da derrota: uma oposição que perde três disputas presidenciais não pode se acomodar com a falta de autocrítica e insistir em escusas que jogam a responsabilidade pelos fracassos no terreno ‘do outro’. Não estou, portanto, utilizando o que disse acima para justificar certa perplexidade das oposições, mas para situar melhor o campo no qual se devem mover.”

    FHC esquece que não é possível fazer oposição sem sair do campo ideológico da esquerda. O que sobrou da antiga classe média é ainda uma larga faixa da população e, mesmo no interior da nova classe média, o teor conservador de suas convicções em matéria moral pode ser mobilizado contra o PT, como vimos no final do primeiro turno da eleição que elegeu Dilma. Questões como aborto, uso de entorpecentes e gayzismo não agradam a larga parcela da população. Essas bandeiras, caras ao PT, podem ser usadas contra a situação.

    A única conclusão que FHC poderia tirar é que é preciso o resgate imediato das bandeiras de centro-direita, com a defesa da sociedade aberta, dos valores cristãos tradicionais e da redução do Estado. Mas como ele faria isso, se ele próprio passou a vida inteira pregando as mesmíssimas bandeiras do PT? FHC jamais fez sua conversão aos valores tradicionais e ainda outro dia defendeu abertamente a liberação da maconha, tema que horroriza os conservadores. O discurso de esquerda “light” de FHC não tem como empolgar o eleitorado, nem de direita e nem de esquerda, porque para a direita não convence e para a esquerda não é suficientemente confiável.

    Sua conclusão é correta:

    “As vozes dos setores mais vigorosos da oposição se estiolaram, entretanto, nos muros do Congresso e este perdeu força política e capacidade de ressonância. Os partidos se transformaram em clubes congressuais, abandonando as ruas; muitos parlamentares trocaram o exercício do poder no Congresso por um prato de lentilhas: a cada nova negociação para assegurar a “governabilidade”, mais vantagens recebem os congressistas e menos força político-transformadora tem o Congresso.”

    FHC, todavia, não apontou os motivos desse estiolamento das oposições: a homogeneidade ideológica delas com a situação. Todo mundo disputa com plataformas socialistas e distributivistas. Ninguém parece querer adotar o enorme eleitorado de dentro-direita, que está órfão de representação. Como ninguém discorda das políticas formuladas e da ação do governo, a disputa então passou para ver que ocupa cargos, meramente. A fisiologia é fruto da homogeneidade ideológica. Não há como ter grandeza num caldo de cultura dessa natureza.

    Acrescentou:

    “É preciso que as oposições se deem conta de que existe um público distinto do que se prende ao jogo político tradicional e ao que é mais atingido pelos mecanismos governamentais de difusão televisiva e midiática em geral. As oposições se baseiam em partidos não propriamente mobilizadores de massas. A definição de qual é o outro público a ser alcançado pelas oposições e como fazer para chegar até ele e ampliar a audiência crítica é fundamental.”

    Infelizmente FHC não parece ter consciência de que a única maneira de chegar nesse “público distinto” é falando sua linguagem e respondendo a seus anseios, ou seja, propondo uma plataforma conservadora, de direita. É o único caminho para tirar o PT da Presidência da República.

    FHC não poderia chegar a uma conclusão mais melancólica:

    “Enquanto o PSDB e seus aliados persistirem em disputar com o PT influência sobre os ‘movimentos sociais’ ou o ‘povão’, isto é, sobre as massas carentes e pouco informadas, falarão sozinhos. Isto porque o governo ‘aparelhou’, cooptou com benesses e recursos as principais centrais sindicais e os movimentos organizados da sociedade civil e dispõe de mecanismos de concessão de benesses às massas carentes mais eficazes do que a palavra dos oposicionistas, além da influência que exerce na mídia com as verbas publicitárias”.

    Conclusão melancólica e equivocada. Ele deveria predicar para uma conversão à direita, inclusive do PSDB, a fim de marcar posição e se distanciar do PT, até porque as tendências internacionais mostram que esse é, de fato o caminho do poder, o caminho de se fazer alternativa ao eleitorado. Do jeito que a coisa está, pela inação e cegueira das oposições, tão bem ilustrado pela pessoa de FHC, o que teremos é o aprofundamento do jeito petista de governar. Uma crise internacional grave pode levar a uma tentação autoritária que é visível no meio da elite petista. Esse é o destino trágico que nos espera se as oposições não fizerem a sua parte, isto é, não se apresentarem como alternativa ideológica consistente ao eleitorado, contra o PT e tudo que ele representa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *