Oposição tucana movida a rancor

Oposição tucana movida a rancor

Cada dia menor, mais perdida e rachada, a oposição tucana ao governo, com seus apêndices DEM (em fase de extinção) e PPS (em fim de feira), mostrou sua cara nestes dias de votação do novo salário mínimo _ uma cara feia que não assusta a mais ninguém.

Com discursos e entrevistas carregados de rancor, o PSDB sem norte e sem juízo decidiu disputar o terceiro turno com o PT _ e tomou uma lavada de perder o rumo.

O pequeno tamanho da oposição ficou evidente nas votações na Câmara e no Senado. Depois de aprovar o mínimo de R$ 545 na Câmara dos Deputados por 361 a 120, na semana passada, a aliança governista de Dilma Rousseff passou também por cima da oposição democomunotucana no Senado, seu antigo reduto.

Nem os R$ 560 de Aécio Neves, nem os R$ 600 prometidos por José Serra na campanha eleitoral, as duas propostas foram derrotadas pelo governo por 54 a 19 e 55 a 17, respectivamente, na noite de quarta-feira. Dilma ganhou de goleada.

Mais do que isso: o governo aprovou por 54 a 20 a lei regulamentando o aumento automático do salário mínimo até 2015, com base nos índices do INPC e do PIB, acabando com o circo montado todos os anos pelas centrais sindicais e os partidos de oposição para ver quem oferece mais.

Políticos e jornalistas não devem brigar com os números, mas em entrevista publicada domingo pelo jornal O Globo o candidato derrotado José Serra parece ter gostado do resultado na Câmara: “O PSDB se saiu bem, e o mesmo vale para os nossos aliados.
A bancada caminhou unida e de maneira muito clara e firme”.

O fato de os seguidores de Aécio e Serra se chamarem de tudo, menos de meu amor, disputando o comando do PSDB tapa a tapa e até defendendo valores diferentes para o mínimo, mesmo sabendo que nenhum deles tinha qualquer chance de ser aprovado, não foi tratado na entrevista.

Nas respostas que enviou ao jornal por e-mail, Serra diz na entrevista que vê em marcha um “estelioonato eleitoral” ao comentar o governo Dilma, menos de dois meses após a posse.

Um trecho da entrevista mostra o estado de espírito do ex-candidato presidencial tucano, que ainda não desistiu de um dia subir a rampa do Palácio do Planalto:

O Globo _ Qual a sua avaliação sobre a postura do governo Dilma neste primeiro teste da presidente no Congresso?

José Serra _ Lamentável. Está à vista de todos: oferece cargos, loteia o governo, promove a troca de favores não republicanos em troca da submissão de parlamentares. O valor do mínimo está sendo usado para o governo evidenciar ao mercado um rigor fiscal que ele absolutamente não tem. O falso rigor esconde a falta de rigor.

No dia seguinte, nesta segunda-feira, foi a vez do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso bater no governo na disputa com Serra _ e, por vezes, até com o cordato Aécio Neves _ para mostrar quem é mais combativo na oposição.

Em entrevista gravada de viva voz a Sonia Racy, do Estadão, FHC foi tucano ao falar de Dilma, mas incorporou um José Agripino Maia ao tratar do do ex-presidente Lula, como podemos constatar neste ping-pong:

Sonia Racy _ Lula exerceu o poder por meio da popularidade?

FHC _ Ele parecia gostar da exterioridade do poder muito mais do que da eficácia de uma decisão. Gostava do aplauso. É uma forma de exercer o poder. Mas nunca vi no Lula um homem de Estado, um poder no sentido mais forte, daquele que tem visão, sabe que tem que alcançar seus objetivos e constrói o caminho. Ele construiu o poder para si mesmo.

Sonia Racy _ Ele não tinha um projeto para o Brasil?

FHC _ O que tinha, esqueceu no caminho. Adotou o que existia, não o que ele havia proposto (…) Ele não tinha um propósito. Este já havia sido dado pela sociedade. Ele assumiu aquilo e como que surfou na direção que a sociedade estava apontando. Não contrariou para mostar que tinha um objetivo e a força de mudar algo em curso para chegar ao seu objetivo.

Nesta toada, com Serra batendo em Dilma e Fernando Henrique, em Lula; os dois fugindo à realidade dos fatos, das pesquisas e dos índices sociais e econômicos; destilando todo seu rancor com os adversários e mágoa com o ocaso político que vivem até em seu próprio partido, os históricos líderes tucanos de São Paulo empurram o PSDB para o mesmo brejo que o levou a três derrotas seguidas nas eleições presidenciais.

Se fazer oposição for só falar mal do partido que está no governo e da presidente que ganhou as eleições, os veteranos pepistas Itamar Franco e Roberto Freire levam mais jeito. São, pelo menos, mais engraçados.

Por que a oposição não apresenta um projeto de lei proponto que os mesmos critérios utilizados no aumento do salário minimo sejam daqui para a frente adotados também para os reajustes do funcionalismo público dos três poderes, incluindo as excelências portadoras de mandato eletivo, como já sugeri aqui no Balaio?

Em tempo:

Juiz ameaça prender e
multar repórter no Pará

A maré não anda nada boa para meus bons e velhos colegas jornalistas que continuam na batalha. Desta vez, recebi mensagem do grande jornalista paraense Lúcio Flávio Pinto, uma rara voz independente, que há anos enfrenta na Justiça os manda-chuvas do lugar, relatando as ameaças que está recebendo no cumprimento do seu ofício de repórter.

Na quarta-feira, 23, Lúcio Flávio recebeu uma intimação do juiz Antonio Carlos Almeida Campelo, da 4ª Vara Cível Federal do Pará, ordenando que deixe de publicar informações sobre o processo em que o Ministério Público Federal denuncia os donos do grupo Liberal de comunicação, irmãos Ronaldo e Romulo Maiorana Júnior, por crime contra o sistema financeiro nacional.

Alegando que o processo corre em segredo de justiça, Almeida Campelo ameaça mandar prender o jornalista em flagrante caso volte a escrever sobre o assunto, além de pagar multa de R$ 200 mil.

A matéria que deu origem à intimação do juiz foi publicada no “Jornal Pessoal”, que, como o nome indica, Lúcio Flávio escreve e edita sozinho há mais de 23 anos, o que já lhe custou um balaio de processos.

Como de costume, o jornalista vai recorrer da decisão, com um nobre argumento: “A minha matéria defende o interesse do povo que teve o dinheiro desviado. Quando existe um caso de conflito entre a privacidade e o direito da sociedade, vale o direito da população de saber o que está acontecendo”.

Diante desta clara ameaça à liberdade de um jornalista, o mínimo que se espera é que este caso seja denunciado com todas as letras e nomes pela Associação Nacional de Jornais (ANJ) e todos os seus filiados sempre tão combativos na defesa da liberdade de imprensa das empresas.

87 thoughts on “Oposição tucana movida a rancor

  1. Ricardo,

    Não falarei no tema salario mínimo, mas sim na forma e no se fazer oposição.
    Sempre quem está sentado a esquerda seja no senado, no congresso, em assembléias ou mesmo em camaras municipais, jogam de lado o bom senso, como se fosse a camisola do dia e começam a colocar chifre em cabeça de tainha mesmo sem analisar o que criticam para saber se é bom ou ruim.
    E como são criativos! Rebuscam e encontram justificativas, muitas vezes exdruxulas para sedimentar o seu ser do contra.
    Estes partidos jurassicos como o PSDB, DEM,PMDB.PTB,PDT formam ao meu ver a grande comédia politica com personagens que já deveriam ter saido de cena a muito tempo pois só fazem ventricular e espetar a bunda do PT, pois ele esta no poder então, os seus tridentes tem que toda hora futucar a bundas do partido dos trabalhadores, que hoje não é também muito sadio devido a alguns membros e fatos que pela ética decantada por este partido não deveria existir, mesmo em baixo do tapete vermelho.
    Lula, é ainda o lider do povo. È a memoria feliz de um politico que fez um país alvorecer. Se é vaidoso, isto o é, o problema é dele. Alçias, ele pode ser, pois fazer o que ele fez em oito anos é para qualquer um ser. Dores de cotovelo existem. Dores de corno também. Por isso ainda existe os Tucanos e os Democraticos exarcerbados como uma nega maluca no carnaval carioca desesperada, alucinada no meio da folia.
    Mas, o dia que existir uma oposição madura, consciente, sem querer jogar cupim no pé da mesa de quem possui o poder, e sim se aliar de maneira consciente nas coisas que visa o bem do pais, o dia seguinte é o famoso dia em que Jesus voltará a terra.
    Muitos conjugam verbos como È mu! Eu quero! Eu posso! mas a oposição hoje conjuga “Sou contra”!
    Isdso não é oposição. Isso é teimosia de criança mimada ou empacar de burro!

    1. Em tempo:

      “NEGA MALUCA” é uma tradicional fantasia de carnaval carioca onde pessoas se transveste com uma malha preta e colocam um pano e saia vermelha de bolinhas branca.
      Não tem nenhuma conotação racial esta colocação.

  2. Acho que a população tem que ter boa vontade com o governo Dilma, tenha ou não votado nela, e torcer para que tudo dê certo e que ela faça um ótimo governo. É o que penso, embora minha primeira opção de voto tenha sido Marina Silva.
    Isso não me impede de ter-me decepcionado com o fato de Dilma ter mantido Novais (o da nota do motel) no ministério do Turismo, Ideli Salvatti (recebendo auxilio aluguel e cobrando simultaneamente diárias em um hotel(?) em Brasilia e agora essa reação timida com a fraude do projeto Segundo Tempo, do ministério do Esporte. Esperava uma indignação maior por parte dela.
    Quanto à oposição, FHC é um ex-presidente octogenário e não deve ser levado em consideração (ele já saiu pelo mundo pedindo a descriminalização das drogas!!!!!!). Serra já morreu e alguém precisa avisá-lo, pois a hora de se opor era na campanha eleitoral e isso já passou. Serra não inspira nenhuma credibilidade e agora está sendo feito de palhaço por Kassab (que está “deitando e rolando” na politica, quer acabar com o PSDB em SP e prega lealdade a Serra. Ou seja, o discurso é um e a atitude é outra).
    Quanto a Itamar Franco, não acho que ele seja “engraçado”: foi um ótimo presidente da República no curto mandato que lhe coube, CRIADOR DO PLANO REAL, que acabou com a altissima inflação existente no país (quer beneficio social maior do que esse?). Ele não é uma pessoa engraçada, ele é sério, honesto e competente. Sorte do Senado que o tem por lá.

  3. em matéria de falar mal de alguém os demotucanos só se superam quando este alguém é o Sr. Zé Dirceu.

    até hoje com todo minha ignorância politica, não entendi o porque o Zé Dirceu é tão temido pela oposição e pela midia.

    mas quanto ao texto, é muito dificil construir uma critica quando o Governo está indo bem, onde tem o apoio de uma grande base governista e da população.

    em outros carnavais as centrais sindicais conseguiram fazer barulho e levar o povo junto, desta vez estavam se não sozinhas com meia duzia de gatos pingados.

    mesmo que tentam convencer do contrário a proposta de reajuste do salário minimo é boa e adequada para o momento, pois grande parte da população ganha muito mais que um salário minimo e estão se precupando mais com o piso de sua categoria.

    vamos ver se as centrais sindicais irá fazer todo este auê na discussão do reajuste dos dissidios coletivos privados.

  4. Nada obstante a postura da oposição na votação do s.m., o governo e os partidos de aluguel que o sustentam mostraram realmente a cara. Subestimaram o trabalhador e os aposentados e, principalmente, as pensionistas que recebem um s.m. Foram explicitos em afirmar que o valor era só um detalhe; que o importante era a política de valorização. O Inacio Arruda chegou a dizer que o valor era apenas circunstancial. O Crivela disse preferir 616,00 em 2012 aos 600,00 agora. Gostaria de ver a cara do Edir Macedo se algum trabalhador ou aposentado deixar para pagar o valor do dizimo (já que é apenas um detalhe) só no ano que vem. Pasmém. Gostaria de ver a cara do dono do açougue ou do dono do armazém se o trabalhador e aposentado quizer deixar para pagar somente o ano que vem, já que o valor não é importante, como disseram o governo e os alugados. Tripudiar sobre a oposição quando os trabalhadores, aposentados e viuvas pensionistas pagam a conta é fácil.

  5. A oposição é hipócrita, pois tucanos/demonícos graúdos tomam vinhos e whiskys de 600 paus a garrafa todo santo dia.

    A situação é malvada, pois quer ficar bem na fita com empresários e com a velha mídia mostrando autoridade e austeridade.

    Os brasileiros estão perdidos. Lula levou os melhores sindicalistas para o governo e para a política onde eles se tornaram inúteis e incapazes de defender interesses de operáros e aposentados.

    A direita continua sendo o que sempre foi. A esquerda virou uma direita disfarçada. E os jornalistas se esforçam para fazer de conta que estamos no melhor dos mundos… mas nenhum jornalista se sujeitaria a ganhar 600 ou 545 por mês.

    Sou advogado há 20 anos. Por 10 anos defendi operários como advogado contratado por Sindicatos da CUT. E nos últimos 10 como autônomo já peguei vários processos contra Sindicatos e ONGs que se dizem de esquerda (inclusive vinculados a CUT) que não registram empregados, não pagam piso salarial, não pagam horas extras, não registram contratos em CTPS e nem depositam FGTS.

    Com todo respeito a você Ricardo eu só tenho uma coisa a dizer desta esquerda que se felicita por aprovar um Salário Mínimo Famélico: os que não são showmunistas são apenas hipócritas que acostumaram a viver bem às custas dos contribuintes. Apesar de ser um ardoroso defensor dos Direitos Humanos, estou completamente cego de raiva e de indignação com situação, oposição e imprensa. Gostaria muito de ver alguns destes Deputadinhos e Senadorzinhos da situação e da oposição pendurados levando bordoada no DOPS do Felinto Müller (aquele que, segundo um velho comunista que conheci na juventude, sabia bater melhor e mais doído que o Fleury).

    Putos… todos eles.

    1. Muito bom. Falou tudo. Os trabalhadores ficaram orfãos depois que o Lula se elegeu para presidente do Brasil. Hoje os sindicatos são financiados pelos patrões e o governo.
      João Leite

    2. ,Senhores,

      Sindicato hoje é um boneco bem patronal. Acabou a força dos metalurgicos. dos maritimos dos bancários em fim aqueles que possuiam realmente uma mentalidade de defender a classe.
      Tive o desprazer de passar por uma situação constrangedora quando precisei fazer uma omologação em um sindicato. Tudo armado com o patrão.
      Vergonha Nacional!!!

  6. Realmente, estes derrotados FHC e Serragate (bolinha de papel), são dois exterminados da política, foram a nocaute e não se levatam nunca mais.
    Como sempre, as posições dessas figuras ridículas, são lamentáveis.

  7. Oposição esta nivelada ao salário mínimo

    E a Dilma que achavam que não ia dar em nada, deu certo em tudo“O jogral de nossa Senhora”

    Políticos pelo mundo estão no tempo medieval em contagem regressiva

    E isso que esta faltando na educação à humildade dos humildes bem qualificados

    “Faltam professores qualificados no ensino médio”

    “Faltam professores qualificados no ensino médio” por isso os políticos deixam de corresponder os anseios da população

    Falta qualificação visão e muito mais

    Por que, ninguém culpado de fazer aquilo que não sabe, e todos que votaram também não sabiam de nada, continuam não sabendo e se sabem fazem papel de cegos

    Quando foi sugerido ao Lula dizer aos professores quando isso nem precisava ser dito pelo Lula que nem falou

    Porque tanto Lula como os professores eram tão inocentes com um menor de rua

    Onde a sugestão dizia diga aos professores para dar aula mesmo passando fome com o salário que recebem que deixa a classe dos professores na maioria, vivem a vida toda financeira na corda banda

    Que trinta anos depois de começar a darem aula de alta qualificação passando fome iria eles mesmos assinarem tudo que estavam reivindicando

    Mesmo se não fosse fazer isso o Lula seria Presidente sem diploma e foi quando podia ter sido Presidente com diploma, isso foi um castigo retardado ao contrario

    Agora vai levar mais trinta anos, para fazer essa parte que foi deixada de lado

    Levando tudo da vida real para as salas de aulas de todas as escolas em material didático de acordo com a idade, incluindo curso de oratória e palestrando

  8. kotscho o termo que vc usou para qualificar estes desorientados (democumunotucana) e realmente genial .
    O “Sr” Roberto Freire ex comuna hoje e social democrata , liberal envolvido com pelegos ,ex dirigente do partidão que se dizia a vanguarda da intelectualidade brasileira . Militei neste partido e hoje traído por esse bando de oportunistas.

  9. Há pelo menos dois anos venho insistindo no meu mantra – O PERIGO MORA EM MINAS. Ah, antes que venham questionar meus conhecimentos sobre esse Baladeiro do Baixo Leblon, vou logo dizendo; sou mineiro e sempre vivi aqui em Belzonte, cidade que o Playboy apenas visita com sofrível regularidade. A propósito do “Cabeça de Bagre” citado – havia em BH um folclórico comentarista esportivo, muito querido por todos, chamado Olavo Leite KAFUNGA Bastos. Quando seus pares queriam incensar um perna de pau qualquer, que ele considerava um “Cabeça de Bagre”, questionava solene : ” DIZ UM TROÇO DELE AÍ”.
    Faço minha a indagação sobre o Menino do Rio e, principalmente sobre o Vovô dele, em cuja história de eterno adesista e covarde – vide o comportamento abjeto do dissimulado político no episódio das “Diretas Já” – ele busca doutrina e inspiração: DIZ UM TROÇO DELES AÍ.
    A partir de agora o Baladeiro terá de colocar a fuça além da proteção da qual usufrui na Imprensa de Minas. Bairrista, medíocre, provinciana, etc., etc.,……. Aliás, já disse aqui que, em Minas, o PIG não publica nem receita de bolo se a farinha não for aquela do agrado do “sinhozinho”.
    E, agora, detendo dois mandatos de senador e um de governador? Sim, por que continua no Governo de Minas através do seu despachante, O Anastasista, e o Maluco de Sambódromo não passa de um ventríloquo do Baladeiro.
    Espero que a ficha tenha caído para aqueles que ainda não enxergavam o que se escondia sob a fina camada de verniz de bom mocismo que cobre esse arremedo híbrido de Kadafi/Mubarak.
    Ah! Em tempo. CUIDADO COM O PSB. Excetuando-se a Erundina e, talvez mais alguma improvável outra exceção, esse partido vai dar muito trabalho para a Presidenta Dilma.
    É só dar uma olhadinha para os irmãos Gomes, para o Eduardo Campos e,” exemplo dos exemplos”, o Cabo Marcio Anselmo Lacerda (outro despachante do Aócio).

    Continuarei insistindo – O PERIGO MORA EM MINAS.

  10. Ricardo: sem querer menosprezar o Itamar Franco tem, realmente, uma de palhaço. Sem desmerecer o palhaço, é claro. Já o outro o Roberto Freire, traidor do partidão e dos comunicstas em geral, tem uma cara de máscara, daquelas de noites de carnaval.
    Não passam e jamais passará a serem levados a sério.
    Bené de Araxá-MG

  11. falar que o dep.paulinho da força sindical, luta em favor dos trabalhadores é uma piada.
    tá milionário, tá cagando e andanto para a classe trabalhadora.
    faz jogo de cena.. parabéns dilma

  12. UNIÃO POR MORADIA POPULAR – PARAÍBA

    NOTA

    Á União Por Moradia Popular – Paraíba vem de público discordar das novas regras adotadas, recentemente, pela Caixa Econômica no tocante a construção de moradias no País. De acordo com as novas normas, só poderá construir em áreas que possua urbanização e calçamento prévio. Com tais regras municípios menores poderão ser prejudicados, haja vista, que sequer boa parte dos de médio e grande porte possuem áreas com essas exigências.

    São preocupantes as novas regras, principalmente, por conta da ausência em vários municípios de infra-estrutura. Infelizmente, essa é a realidade do País que há anos já deveria ter realizado uma ampla Reforma Urbana e assim ter planejado melhor as cidades brasileiras referente ao processo da terra urbana.

    As novas regras não foram vistas com bons olhos por empresas, governos estaduais e municipais e pelos movimentos. Pois, todos sem exceção defendem que a moradia deva possuir toda infra-estrutura e que garanta habitação de qualidade. Porém, a exigência prévia de calçamento e urbanização foge a realidade vivida pelos municípios e estados que via de regra possuem apenas o terreno e quando possuem.

    Se tais regras fossem adotadas há tempos atrás muitos dos projetos de moradia realizados pelos governos, empresas e movimentos inexistiriam. Por que a maior parte foi construída sem esses requisitos prévios e só foram consolidados com o projeto que incluía calçamento e urbanização. Enfim, foi à infra-estrutura como um todo do projeto de construção de moradia que caminhou junto e trouxe consigo a urbanização e o calçamento.

    Portanto, se faz necessário á Caixa rever tais regras e assim não correr o risco de entravar o programa Minha Casa, Minha Vida nos estados e municípios. Considerando que na maioria dos municípios e estados o Minha Casa, Minha Vida é construído em áreas periféricas, portanto, ainda sem calçamento e urbanização.

    1. Na minha opinião o regulamento da Caixa Economica está corretissimo. Só deve aprovar financiamento em áreas urbanizadas com calçamento e ruas asfaltadas. Com agua encanada e tratada, esgoto coletado e tratado. Luz eletrica, escolas, postos de saude e todos os melhoramentos que se faz necessario aos moradores de uma cidade.
      João Leite

  13. Os demotucanos, não possuem nenhuma moral política para defender um aumento de 600 reais para o mínimo. Pois, quando estavam no poder davam um medíocre aumento. Na época era 15, 20 reais. Uma vitória dessa votação, foi o aumento automático do mínimo, onde será levado em consideração o crescimento do PIB de dois anos atrás e o da inflação atrás. Porém, o aumento poderia ter sido maior, por conta da inflação dos preços em escala mundial. Mas, bola pra frente e vamos apostar para Dilma fazer um bom governo.

  14. Ricardo, essa oposição rastaquera tem cheiro de mofo. Políticos que ainda não perceberam que estamos no século 21. Ainda pensam em privatização, estado mínimo, Reagan, Thatcher, Bush. Vivandeiras de bivaques, sonham com uma quartelada, ainda acreditam que o “mercado resolve tudo”. Há políticos tucanos-demos-pefelê-pds-arenistas-udenistas que à noite, “conversam” com os espíritos do Bob Fields e do Carlos Lacerda. “Internet” para eles é um novo modelo de geladeira. Ainda falam em “práticas stalinistas!!!!!”. Alguém precisa acordar esse pessoal!! Ou seria melhor p/ o Brasil deixá-los “dormindo”? É preciso muita naftalina para suportar essa gente. Jesus, Maria e José!!

  15. ricardo faço as minhas palavras o que foi dito por voçe e o leitor marcus benedictus com todas as letras e acrecento que o PIG(partido da imprensa golpista) – folha,estadao globo,veja – e que estao guiando esses dinossauros da polititica brasileira contra lula e dilma e mais uma vez digo nao sou eleitor do pt,porem me envergonho dessa oposiçao mediocre desde 2003 e o rancor por nao ter feito quase nada de bom quando estavam no poder e agora tentam denegrir o que o governo do pt(lula e dilma)fizeram pelo pais neste oito anosmelhora no social ,economia ,diplomacia e outros indices reconhecidos aqui e la fora.

  16. Oposição esta nivelada na vantagem

    E a Dilma que achavam que não ia dar em nada, deu certo em tudo

    Deixamos de fazer por nos todos, ainda dando asa para todos que elegemos não fazer nada por nos

    Moradia um direito de todos

    Como por no ar a matriz única que será a matriz da solução habitacional através do núcleo habitacional associativo sem juros, como fácil revertendo tudo que e nosso para nos todos, tudo aquilo que e para poucos ainda será para todos com a vontade e o desejo desse sonho virar realidade basta querermos será realidade

    Desenvolvendo as matrizes digitais

    Onde a matriz digital do sistema habitacional que serve num lugar servira para todos os lugares, exemplo quando o governo desenvolve um projeto digital e superar todos os sistemas funcionando, essa matriz devia ser repassada para todos os estados e cidades do país inteiro sem custo adicional, assim produzir uma matriz para cada coisa diluirá os custos, ficando em rede em linha desburocratizando ao mesmo tempo facilitando controle administrativo de tudo que e nosso como dono e sócio do patrimônio público, além do nosso patrimônio

    Banco consignado

    Banco consignado e uma questão de tempo passar a Previdência Social para banco consignado de todos brasileiros aposentados que pegam empréstimos consignados assim como todos os funcionários da iniciativa pública pegam dinheiro emprestado

    Reforma política

    Fim do voto obrigatório, sistema distrital localizado, qualificação para ser candidato servindo de motivador educacional, e muito mais

    Isso oficializado o Resumo do futuro, do Projeto Felicidade para Todos ter sua moradia, e uma educação que profissionalize todos os nossos descendentes melhor que nos em tudo

    A hora de tudo esta se aproximando

    E a hora do juízo final esta próxima e é aqui na terra que vamos dissolver tudo que ta fora da realidade da sobrevivência humana deixando muita gente sem juízo no prejuízo

  17. Ao meu ver tanto a oposição e os aliados do governo perderam a grande oportunidade de barganhar com a Presidenta Dilma um aumento para quem ganha mais do q o mínimo.
    A oposição poderia aderir a proposta governamental, mas com a condição de um aumento maior para quem ganha mais de um salário mínimo.
    Eu acredito q a oposição conseguiria mais espaço, tanto na mídia como junto ao povo aposentado.
    Espero q a Presidenta Dilma ouça o pedido desses q ganham mais de um salario

  18. É esta a mentalidade que se deve combater – Acordo não vale nada, para quem não tem palavra. Se for favorável, rspeita-se; na ocasião em que não for, não deve ser respeitado. Assim, fica fácil.
    Um país que tem uma Dilma espetacular, após um maravilhoso Lula – tem que ficar assustado mesmo. Não estamos acostumados a isto. Aprendemos a ser masoquistas.

  19. Tanta hipocrisia da oposição que hoje tentaram emplacar o mínimo em nome fictício da classe operaria, e quando tiveram tudo para fazerem o melhor por nós; fomos tratados como VAGABUNDOS, pelo seu rancoroso presidente FHC.

  20. Em outros cometários; pude alertar que a justiça está demasiadamente ousada, vem atravessando a valsa há tempos, cometendo abusos, e ingerências, seja no executivo e no legislativo, no contidiano eles vem fazendo opressão a cidadania.
    Será porque juizes podem e, a impressa não? O jornalista é demitido; o juiz se aposenta compusóriamente .
    Quanto ao salário minimo, cada povo tem a remuneração que merecem. Salvo elite da politica.
    Um povo ignorante, que elegem tiriricas, ex-jogadores etc.

  21. É Ricardo hoje temos a TV senado e câmara pra ver de perto e a cores dentro de nossas casas, o que é na realidade um político e me parece até comico o que eles teatream em nome de seus salários e votos daqueles que sempre se serviram com uma forma de profissão e como são capazes de tudo.

    Na posição invertem em numero genero e grau seus discursos sem nenhum constrangimento, na situação era outra coisa e totalmente opostas do que pregam hoje sempre querendo justificar o injustificávél.

    Não adianta a oposição quererem mudar o discurso, todo mundo observa que tudo é uma falsidade pelo poder que pode e deve ter alternância, mas como fizeram tantas besteiras no passado e todo mundo lembra da carestia do desgovernos deles e onde eles atuam e são situação hoje.

    Nunca abriram uma CPI em seus tempos de governo sempre engavetaram.

    Pena que não eram um governo de todos com raras exeções e sim pra si e seus aliados que hoje são minoria felizmente.

  22. Quanto os MAIORANA;sempre silenciaram aqueles que são contra suas ideias maquiavelicas ,aos que sempre tentam mostrar a veracidade dos casos obscuro dessa família que ao longo dos tempos viveram às custas do governo.Até porque no Pará prevalece o lado do quem paga mais.Conheço esse jornalista pelo qual já recebeu várias menções honrosas pelos seus relevante trabalho prestado a nossa sociedade.

  23. Caro Kotrscho

    A primeira impressão é sempre a que fica. Na prática é raro essa máxima não se confirmar.

    Nesses apenas dois meses de Governo Dilma, o Brasil assiste :
    De um lado um Apresentação de gala da nossa Presidenta Mulher !!! Firmeza e ternura. Competência e dedicação. Compaixão pelos algozes e demonstração de perdão !!!

    De outro lado uma triste vergonha !!! Um “rendez-vous” !!! Uma verdadeira briga no cabaré !!! Personagens patéticos, sujos, descontrolados, estrupiados e disputando restos no chão !!! Brigam entre si pelo que ? Por um trapo de roupa ? Por migalhas de poder ? JÁ ERA DE SE ESPERAR !!!

    Só não entendi a tua palavra “movida” para se referir à oposição !!!
    O “ódio” eu entendi !!! Estão tão INCONFORMADOS e RAIVOSOS quanto uma “sapatão” menstruada !!!

    Mas a primeira mostra de desorientação pública e política do PSDB não foi nessas duas votações do salário mínimo, FOI ANTES !!! , Foi naquele “comercial partidário” que fizeram e tiveram a coragem de apresentar ao país no início deste mês !!!
    Fizeram ali a “Exumação do cadáver político” de FHC que eles mesmos antes trataram de matar e enterrar !!! Foi na base do “Não tem tu…Vai tu mesmo !!!”

    O meu pequeno Blog produziu um vídeo parodiando aquele “programa” pelo qual peço a tua licença, Kotscho, de poder aqui exibir. No final eu faço uma homenagem ao inesquecível musico e poeta Itamar Assumpção que durante toda a sua vida também foi tratado pela mídia elitista ( P.I.G. ) como também sendo “um maldito”.Falavam dele como falam de nós, os Petistas !!! O vídeo não requer muita habilidade cerebral para poder ser entendido !!!

  24. Boa tarde Ricardo. Mais um ótimo comentário seu, aliás de todos os blogs que leio e comento o melhor com certeza. É de fazer piada com as declarações do Itamar, Serra e FHC. Enquanto governo, nada fizeram em termo de aumento real e reposição do mínimo durante mais de 10 anos. O retardado e hipócrita mor Serra lança na campanha um salãrio mínimo que seria justo e ainda assim ficaria devendo pelo seu valor inicial com Getúlio, somente com intuíto de ganhar espaço na mídia por saber a campanha tinha ido pro vinagre muito antes da eleição. Esse Tiririca dos neoliberais insiste nisso no twitter, estigando a população para um salário melhor e com isso poder opinar alguma coisa. Nem seu partido o convida pra nada. Aí vem o Itamar, enquanto prefeito de Juiz de Fora e depois presidente paraquedista do Collor, acusar o governo Dilma de querer pagar miséria ao povo. Por último vem o concentrado de formal FHC novamente dizer que o Lula não executou projeto nenhum em favor do Brasil e governou somente para sí próprio. Esquece que índice de aprovação de Lula em dezembro de 2010 era de mais de 80%, enquanto o seu em dezembro de 2002 não chagou a 33%. O desempregado e talvez sem partido Serra nem podemos levar muito em consideração porque a inveja continua sendo a arma dos incompetentes. Agora falando do aumento do mínimo, em 2006, o presidente Lula acordou com as Centrais sindicais que passaria a adotar a correção do mínimo com os juros da inflação do ano anterior e mais o PIB de 2 anos anterior, pois o índice divulgado para esse fator sai em março e não poderia ser do ano do índice de inflação. Esse acordo teve o projeto na camâra e não votaram, pois servia de palanque político, principalmenet de dois em dois anos quando acontecem as eleições municiapis e menina do olhos para presidência, senado. camara, governadores e deputados estaduais. Como disse o Ministro Paulo Bernardo domingo agora em entrevista muito boa com o Kennedy Alencar na RedeTV, “pela atual e chamda esquerda, deveria termos correção de três em três meses para o palanque no congresso nunca ser desfeito”. A presidente Dilma está seguindo o acordo estabelecido em 2006, com um agravante e por isso gerou uma correção menor no mínimo: o PIB de 2009 foi negativo e não acrescentou ganho real al mínimo. Até o presidente Lula quando davam, era somente o índice inflacionário do ano anterior e nenhum ganho real, usando o PIB para acrescentar ganhos ao salário mínimo. As viúvas da esquerda, neoliberais e comunas hoje socialytes e globalizados Freire e companhia querem com isso trazer assunto para a mídia e tentar ressusicitar partidos que estão com os funerais marcados, no caso, DEM, PSDB e PPS. Aliás o DEM deverá mudar sua legenda de novo, já deixou de ser ARENA, PDS, PFL e agora só o futuro dirar como conduzirão os caciques dessa legande nojenta, obscura, corrupta e tudo de ruim na política nacional. Com certeza levarão Arruda, Roriz, ACM´s, Maias e outros membros dessa curriola falida. Sobre o mínimo seria ótimo o dia em que o país voltasse ter o seu valor inicial, de mais ou menos 1.600 reais hoje.

  25. Boa noite Ricardo!
    Boa noite amigos balaieiros!

    Concordo contigo Ricardo! Essa oposição não sabe o que fazer com quase a metade dos votos que recebeu.
    Mas no caso de demonstrar rancor, acho que vale à pena relembrar que o PT do passado também nunca foi “quietinho” quando era vencido.
    Agora então, resolveram em São Paulo propôr um mínimo maior que o governo para demonstrar que lá pode, no federal não pode…
    …e uma coisa dessas?….pode????

    Abraços!

    Robson de Oliveira

  26. Caro Kotscho

    Com relação ao teu “Em Tempo” sobre o jornalista Lucio Flavio ele não tem o que temer. Se está senfo perseguido por estelionátários e em defesa do povo pode contar com o apoio do povo e a absolvição pela justiça; TEM QUE TER JUSTIÇA BESTE PAÍS !!!

    Outro dua eu conversei com o Luis Nassif. Ele me disse dos vários processos que tem contra ele na Justiça. Segundo ele mesmo quando se GANHA…se perde !!! É custo com advogado, com idas e vindas nos tribunais e mais outras despesas. Mas ele é confiante !!! Não cai mudar por causa disso !!!
    E pelo que li, o Lúcio Flávio também !!!

    Fiquemos de olho nesse caso para que se houver qualquer arbitrariedade ou injustiça BOTARMOS A BOCA NO MUNDO em solidariedade a ele;

  27. “Democomunotucana”, “petralhas”, termos que espíritos bem humorados usam para externar simpatias e antipatias. Gozações de lado, observemos:
    1 – Dilma teve 55.752.483 votos; Serra 43.711.162; creio que cerca de 10 milhões de votos nulos, brancos etc. Quer dizer, uma parcela considerável de votos (povo) não se manifestou 100% a favor do governo atual (embora todos devam apoiar a nossa presidenta que, afinal, foi eleita!).
    2 – Comparando-se esses números com o que se está vendo no Congresso e Senado, a “base aliada dando um banho”, como disse o Kotscho, sem dúvida há um disparate. Por que será?
    Como brasileiros devemos torcer para que nossa presidenta faça ótimo governo, afinal é para os brasileiros que ela deve governar, tanto para quem a elegeu quanto para os que não votaram nela.
    Porém, embora as ditaduras normalmente sejam vistas como consequências de golpes militares, isso não é verdade. Quando um Legislativo e Judiciário pendem sempre para opor-se ou apoiar em tudo o Executivo, indiscriminadamente, mostrando índices totalmente diferentes do que o sufrágio mostrou, algo está errado! É sinal que os representantes do povo não estão refletindo o que as urnas mostraram, estão servindo a interesses pessoais somente.
    Altos índices de aprovação de líderes “populares”, decisões do Legislativo quase à unanimidade, do Judiciário muitas vezes enaltecendo a impunidade, não é sinal de democracia saudável, ao contrário, a enfraquece, e democracia fraca deixa brechas para o regime autoritário.
    É necessário que tanto o Legislativo quanto o Judiciário façam uma uma auto-crítica urgentemente. Nossos três poderes não estão ali para se digladiarem, porém também não estão ali para serem servis e nem se beneficiarem mutuamente, em detrimento daquele que lhes pagam os salários (por sinal, que salários!!!)
    Executivo sem freio leva ao autoritarismo sem dúvida, em qualquer lugar do mundo.
    Autoritarismo leva a golpe: ou militar, ( que já temos experiência), ou ao que está começando a acontecer em vários países…

  28. “ALGUÉM SABERIA DIZER SE O ‘BEATO SERRA’ CONTINUA INDO ÀS MISSAS, ou DANDO 10% DOS SEUS PROVENTOS PARA O ‘PASTOR,BISPO, APOSTOLO, PROFETA, OU SEI LÁ QUE DENOMINAÇÃO QUE ELE AUTO SE PROCAMOU’; O TAL DE SILAS MALAFAIA”? E’ talvez o Serra SÓ GOSTE DE IR NA MISSA NA APARECIDA DO NORTE, ja que ele “ACHOU PRECONCEITUOSO”, chamar o PAULO PRETO, DE PAULO PRETO.

  29. O PSDB, O DEM e o PPS, além de outros pequenos partidos teem a hombridade de ficarem na oposição a se venderem e venderem suas almas, agredindo os interesses do povo em beneficio deles, do grupo deles.
    E claro o interesse do partido do Edir Macedo PR em ser do governo, para que se abram as portas para sua igreja e sua rede de TV!
    O PMDB é preciso a gente comentar a respeito deles?
    PTB de collor, que tal?
    PDT do Paulinho da Força sindical – heim?
    Tudo farinha do mesmo saco, e quando a oposicao virar situação eles correrao pro outro lado!

  30. Kostcho, a nossa POLITICA, “É INOCENTE E PURA”, e foi por isso que eu VOTEI NA DILMA, porque ela “ERA MEIO DENTUÇA E USAVA SEMPRE VEMELHO”, e ME LEBROU A MONICA DO MAURICIO DE SOUZA, e não votei no SERRA, porque “ELE ME FEZ LEMBRAR O SENHOR BURNS DOS SIMPSONS”. Agora eu quero saber, se AQUELE SENADOR ALVARO DIAS, QUE “TEM UMA BOCA PARECIDA COM A DO CORINGA DO BATMAN, AINDA ESTÁ RECEBENDO A APOSENTADORIA DO GOVERNO DO PARANÁ”?

  31. Kotscho,

    Definitivamente, Serra divouciou-se da realidade. Trocou de mal e não fala mais dela. Por sua vez, Fernando Henrique criticou a sintonia do Presidente Lula com os anseios da sociedade, sobretudo com as necessidades da parcela mais pobre.
    Aécio, sei não! O senador fez discurso contrapondo a constitucionalidade do ato do Congresso – que lhe retira um palanque dado como certo para a pregação demagógica da oposição – ao valor do novo salário mínimo, a razão daquela sessão do Senado que, para êle, é assunto de menor importância, conforme declarou da tribuna do Casa. Ou o senador Aécio pirou, ou o playboy estava em seu estado normal. Tanto faz, dá na mesma.

  32. kostcho, mas o fato é que A OPOSIÇÃO, “FRACA OU FORTE”, “HONESTA OU DESONESTA”, é “SEMPRE IMPORTANTE. Veja que a pouco aqui nesse BLOG FOI FALADO DA “OPOSIÇÃO AO JUVENAL JUVENCIO NO SÃO PAULO”. “O CORINTHIANS E O FLAMENGO QUE SEMPRE FORAM OPOSIÇÃO AO RICARDO TEIXEIRA E A CBF”, AGORA JA ESTÃO UNIDOS FAZENDO OPOSIÇÃO AO CLUBE DOS TREZE.” Será meu caro Kostcho, que “HOJE NO DIA EM QUE TODOS OS JORNALISTAS ESPORTIVOS DE SÃO PAULO”, estão “CORRETAMENTE CRITICANDO O GOLEIRO DA SELEÇÃO BRASILEIRA, PORQUE ELE FEZ O QUE ‘O ROGERIO CENI FAZ SEMPRE’, OU SEJA, REBATEU UMA BOLA PRA FRENTE E O TIME ADVERSARIO FEZ O GOL”, “NÃO SERIA A HORA DE SE PERGUNTAR SE O ‘INCRITICAVEL’ ROGERIO CENI NÃO DEVERIA TER UMA OPOSIÇÃO”?

  33. e agora o povo com essa esmola de 5 reais vai viver como reis ,ora dona Dilma a senhora se dizendo mãe dos brasileiros acha sincerramente no fundo de coração de mãe que esse salario minimo e justo a senhora daria esse salario para a sua ffilha ou para o seu netinho / tenho certeza quee não então quee ãem e essa que fala uma coisa e faz outra ou sera que nesse partido as coisas são ao contrario

  34. Essa do salário mínimo só mostrou mais uma vez o enorme égo de um político, “Paulinho da Força”… Esse senhor levou o PDT para a oposição no primeiro mandato de Lula e agora com essa necessidade de aparecer, pode azedar o clima novamente… O acordo do aumento foi fechado entre as centrais e o Governo… No ano da crise o governo cumpriu a parte dele, dando o reajuste levando em conta o PIB de 2 anos antes, mesmo com a dificuldade financeira gerada por tal… Pois bem, agora esse senhor quer mudar a regra do jogo pra tentar aparecer para os trabalhadores como o “bom moço”, mas com o chapeu dos outros… Tenha paciência meu caro!!! Vai querer dizer que o que era bom eram os aumentos de FHC??? Está muito bom do jeito que está, só quem não quer ver não vê… fazê o que???

  35. Não gosto muito de falar de política, mas, nem por isso deixo de ser observador. Ví na campanha política das últimas eleições à presidente, o candidato Serra prometendo um salário mínimo de R$ 600,00 caso eleito. Achei que esse era o preço de cada voto que ele oferecia.
    O contraste, é que no seu governo, os funcionários da saúde, educação e segurança durante 13 anos não tiveram um aumento sequer. Além disso, no estado de São Paulo, o S.M. tem por lei por ele assinada, um valor maior. Claro, o estado não gasta um centavo, pois quem pagam os salários mensais são os empregadores e o estado não tem qualquer compromisso com o INSS que é quem concede os benefícios e paga as respectivas rendas mensais aposentadorias, Então vejo que um pic-nic está sendo feito na sombra dos outros. Qem não se lembra do enrevero entre as duas poilícias estaduais defronte ao palacio do governo, chegando aos tiros, quando uma delas pleiteava um aumento? São engodos, sobre engodos, como aquele que uma bolinha de papel foi transformada em um míssil para simular ferimentos. Sobre o INSS, observo que deve ser desonerado de despesas não atinentes aos trabalhadores, como pensão aos ex-asilados, jogadores de futebol e outras, daí então, sim, passar por uma reforma geral para tentar pagar uma aposentadoria justa e com valores dignos àqueles que com muito suor, adquiriram o direito dos seus benefícios.

  36. Precisamos estar atentos com esta euforia de maioria do GOVERNO com domínio no CONGRESSO, é preocupante, tudo poderá ser feito por meio de Decrrrrrrrrrrrrrretos, MP bem como, outras formas desde que seja de interesse do governo. Só espero que não vire autocracia.

  37. Não temos “demo” nenhum, como não temos direita e nem esquerda, são TODOS aproveitadores, interesseiros e inimigos do povo. Sairam do mesmo “balaio”. Chega de ofensas entra nós comentaristas, pois o nosso adversário está do outro lado da rua. Pelo ao menos vamos torcer para que a DILMA de certo. Amém.

  38. Um governo sem oposição é temerário.
    Se baixar 1% no juro que o governo paga aos banqueiros da pra pagar salário mínimo de R$1000,00.
    Prefiro um sistema equilibrado, não avassalador.
    A oposição se perdeu na critica e esqueceu de legislar.
    Pelo amor dos meus filhinhos não me venham com a CMPF,
    que é a prova cabal da incompetência, da lei do menor esforço.
    O futuro do Brasil, das próximas gerações vai depender muito
    do que for feito nesse governo, portanto srs. parlamentares
    pensem menos nas suas benesses e mais no povo.

  39. Olá Ricardo, eu li aqui no seu blog algo sobre esse celeuma que envolve o jornalista Lúcio Flávio, e acho que a liberdade de expressão tem que ser preservada á todos os profissionais, como você, que fazem o uso da palavra.

    Mudando de assunto, estou chocado tendo em vista a grande manifestação da mídia e das autoridades á despedida de um jogador de futebol / porque eu nunca vi neste país nenhuma homenagem a nenhum cientista pelo que tem feito em prol da humanidade. Nunca foram lembrados, não têm e nem nunca tiveram nenhum espaço nessa mídia – que dizem ser “a formadora de opinião”…

    Conclusão: “grande fenômeno mesmo”, é um trabalhador e pai de família ter que conviver com esse ridículo e irrisório Salário Mínimo de quinhentos e quarenta e cinco reais por mês(…). SEM COMENTÁRIO.

    1. Jose.
      O povo não conhece ciências, nem a mídia do futebol.
      Antigamente, o colegial cientifico era quase uma faculdade,
      hoje é uma porcaria.
      A revolução de 64 acabou com o ensino de ciências,
      depois veio o jeito tucano de governar.
      Eu percebo que ciência é um assunto enfadonho.
      Quer continuar na conversa não fale de ciências.
      Outra coisa que atrapalha a cultura da ciência é a fé religiosa.
      Se a fé cura tudo, opera milagres todo dia na mídia, pra que células troncos?

  40. Foi bom não aprovar o salario mínimo de R$ 560,00. O Paulinho Pelego iria ficar com ar de vitorioso. O progeto da oposição seria um pouco melhor. R$ 600,00 ja daria para comer carne uma vez por mes mas. Os trabalhadores merecem. Eles não votaram na Dilma? Estão colhendo os frutos. Na minha modesta opinião o salario minimo tem que ser vinculado ao salario do presidente. 10% do salario do presidente. No caso R$ 2670,00. Se o presidente e os politicos aumentam os salarios deles aumenta automaticamente o salario minimo. Se tem que fazer economia que todos façam.
    João Leite

  41. É tarefa do movimento defender interesse dos trablhadores. Um salário de 500 e poucos para um PT que fez história usando o discurso da distribuição de renda é vergonhoso

  42. Olha aí, políticos do Brasil! Qual dos nobres CONGRESSISTAS, se habilitaria a propor uma lei que estipule o “MESMO ÍNDICE DE REAJUSTE PARA O SALÁRIO MÍNIMO, PARA O SALÁRIO DE TODOS OS CARGOS PÚBLICOS ELETIVOS, E PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS DE CARREIRA (NAS ÁREAS FEDERAL, ESTADUAL, MUNICIPAL)”. Com certeza a presidenta apoiaria, pois diz que está preocupada com os menos favorecidos. E essa é a única forma das exorbitantes diferenças salariais pararem de crescer. Vamos lá, “representantes do povo”, mãos à obra! Façam a parte de vocês que o povo fará a pressão necessária lógo em seguida!

  43. R$ 545,00

    “… tomou uma lavada de perder o rumo… ”

    quem sifufu nessa conversa são os coitados que vivem com essa fortuna,conheço alguns e é de dar pena.

    1. Salário de 545 é irrisório?Talvez seja,mas não esqueçamos que oito anos atrás o sonho dos tucanóides era implantar um salário mínimo de 100 dolares(na era fgagac conrrespondia a 70) com uma inflacão que atingia a casa dos dois dígitos. Nunca é demais lembrar que quando os tucanóides estavam na cadeira hoje ocupada pela Presidenta Dilma,os funcionários públicos e aposentados ficaram oito anos sem aumento em seus salários.Isso sem contar que a apossentadoria era paga em escala que chegava ao meio do mês subsequente.É sempre bom relembrar para que os desmemoriados vejam que hoje o Brasil é completamente diferente daquela época.Os alagamentos,os engarrafamentos monstros,os trens, metrôs e ônibus superlotados e as caríssimas praças de pedágios de São Paulo são a prova cabal da “eficiência” tucana demoníaca de governar.Se querem relembrar fatos mais recentes,basta ver os pronunciamentos desses “experts” na marolinha que se transformaria num verdadeiro tsunâme se não estivéssemos sob o comando de Lula,mas desses tro ló lós.É bom relembrar também que os únicos estados que foram contra o piso mínimo para os professores,foram os que eram governados por demos e tucanóides.Além de hipócrirtas e demagogos,são cínicos quando para fazer média,querem usar o chapéu alheio.

  44. Kotscho, veja o comentário que tem o titulo
    DEMOCOMUNOTUCANOS, PETRALHAS, CUIDADO!!!
    Isto é um comentário bem equilibrados, que ajuda a disseminar boas idéias. E não como o colunista fez, comemorando a goleada da Dilma, mas como “pimenta nos outros e refresco”, dane-se estes pobres coitados que recebem salários mínimo e ainda votaram na Dilma e nos “mensaleiros ”, tomara que eles, não gastem com besteiras como,festas, viagem, cruzeiros etc. e sim guarde para o futuro, pois não é sempre que um governo “bom” como o nosso, vai conseguir dar saúde, educação e segurança, de “qualidade” como recebemos nestes últimos anos.
    Mais um para voçe censurar

  45. Mas, que oposição?
    Como assim?
    Não há e nem poderia haver uma oposição no estilo clássico, pois o principal, a política economica e os fundamentos da economia liberal estão intactas e resguardadas em boas mãos; o PT do Palocci!
    Ou não?
    A única oposição é de fiscalizar os desmandos, as gastanças, orgias nas contratações da companheirada que não conseguiu se eleger, enfim, fazer valer o papel da oposição numa demografia. Do mais, não há ao que se opor. Como fazer oposição a um governo que, dia após dia se anunciam lucros recordes dos Bancos e onde se remunera os investidores com as maiores taxas de juro do mundo e as empreiteiras só fazem aumentar seus astronômicos lucros.
    Como se opor? como?
    Ou seja, somente aqueles que ficaram ‘de fora’ da bonança do poder é que fazem críticas mais pesadas, pois até eles sabem que, melhor do que está não pode ficar.

  46. Caro Kotscho;
    Oposição seria aquela comandada pelos partidos que professam o esquerdismo dos anos 60; PSTU. PCO, PCdoB e entidades a eles ligadas, como por exemplo; UNE, CUT, MST e outras denominações que abominam o liberalismo. Ora, se estes estão ‘devidamente’ do lado do governo, ou são incipientes, como o PSOL, não se espere, de jeito nenhum, uma oposição do DEM, PP PTB e coisas tais. Não é?

  47. Kotscho, eu, pessoalmente, critico a decisão do referido juiz em impor segredo de justiça em processo de desvio de nosso dinheiro.
    E manifesto minha solidariedade ao corajoso jornalista Lúcio Flávio, com a certeza de que o fato também será levado ao conhecimento do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

  48. Kotscho, seja como for o papel da opsição é esse mesmo, ela não tem a mesma obrigação que os governistas de agradar o governo, nós petistas ou simpatizantes fizemos isso a vida inteira agora não podemos reclamar dos outros, infelizmente a oposição está numéricamente muito fragilizada, uma democracia precisa mais de uma oposição forte do que de um governo que aprova o que quer, tenho certeza que este governo, por absoluta falta de oposição, cometerá os piores erros de governos democráticos, começou errando com o salário mínimo e seguirá cometendo vários outros erros, simplesmente porque não terá ninguém para dizer “vai devagar, que assim você estoura a banca”.

  49. Prezado Ricardo, Bom Dia.

    Outro dia, numa pizza com amigos que não via há algum tempo, surpreendi-me com a afirmação veemente de um deles, quando a conversa inevitavelmente resvalou para a política: “Se pudesse, passava e pagava duas vezes por cada pedágio das estradas paulistas; prefiro pagar caro e ter estradas boas do que pagar pouco e ter estradas ruins”.

    Fiquei duplamente espantado com aquela afirmação; primeiro porque fui o único que ficou espantado, e segundo porque ele sinalizava metaforicamente, não que estava satisfeito com as estradas paulistas mas que para não ter o PT no governo, se sujeitaria até a pagar pedágio duplo. No final de uma árdua discussão, eu contra seis, ele acabou admitindo que era aquilo mesmo que ele quis dizer… e que ainda assim, sustentava.

    Pois é isso, Ricardo. Quando jornalistas do Estadão, ou da Folha, ou da Veja, entrevistam FHC ou Serra, eles sabem que estarão se dirigindo à assinantes que preferem pagar pedágio duplo a ter o PT no governo de São Paulo. Foi uma lavagem cerebral tão bem feita que, sinceramente, não sei o que deveria ser feito para que o paulistano voltasse a pensar como cidadão e não como um torcedor de futebol (de time ruim…).

    Abraços e ótimo final de semana a todos os Balaieiros.

  50. “Diante desta clara ameaça à liberdade de um jornalista, o mínimo que se espera é que este caso seja denunciado com todas as letras e nomes pela Associação Nacional de Jornais (ANJ) e todos os seus filiados sempre tão combativos na defesa da liberdade de imprensa das empresas.”

    Ricardo, ótima essa sua conclusão!! Quanto menos adjetivo se aplicar à liberdade, melhor. Em frente!

  51. A briga não é so por aqui, nos states, estão tirando o sindicato das negociações.

    http://operamundi.uol.com.br/noticias/WISCONSIN+APROVAPROJETO+DE+LEI+QUE+PROIBE+NEGOCIACOES+TRABALHISTAS_9953.shtml

    Wisconsin aprova projeto de lei que proíbe negociações trabalhistas.

    Um dia após manifestantes contrários ao projeto de lei que pretende proibir negociações coletivas entre os funcionários públicos no estado de Wisconsin reunirem cerca de 100 mil pessoas, a maioria dos deputados da Assembleia do estado votou nesta sexta-feira (25/02) a favor da medida, proposta pelo governador, Scott Walker, do Partido Republicano.

  52. Você tem razão Kotscho a oposição realmente não tem competencia e está rachada só nos resta agora (mesmo os ateus assim como eu) rezar para que o leme deste barco furado e desgovernado não encontre algum iceberg pelo caminho.
    Toda ‘boa e verdadeira’ democracia deve ter uma oposição no minimo para fiscalizar as loucuras e desmandos, é uma pena que a nossa hibrida democracia esteja nesta situação onde os sindicatos “disfarçadamente” se tornaram mais um braço do poder e fazem jogo de cena iludindo a massa trabalhadora ingenua e tosca.
    o negócio é torcer para o melhor e ficar na espectativa.

  53. KOTSCHO. Muito bom o artigo, como sempre. Mas gostaria que voce escrevesse o que achou da PALHAÇADA da CBF em “reconhecer” o Flamengo como outro campeão Brasileiro de 1987 quando todos os BRASILEIROS de bom senso sabem que o CAMPEÃO é o SPORT? Inclusive a justiça BRASILEIRA em todas as instancias possiveis e competentes para apreciarem a questão assim entenderam.

  54. Sr. ricardo, ja que vossencia nao eh jornalista esportivo (que bom!) mas gosta de opinar, diga alguma coisa sobreo jornalista americano do SPORTs Illustrated que quer ser Presidente da Fifa.
    E se consegue… vai botar pra quebrar a velha e mafiosa
    empresa suiça… O nome dele eh Grant Wahl e tem 37 anos, e comenta futebol (nosso futebol) faz tempo.
    quem sabe é bom, né?? porque o Blatter é um Teixeira
    com wurst!

  55. Ricardo,
    Lucio Flavio é umk dos maiores exemplos que no plano micro a patrulha ideol[ógica aina continua agindo na calada das vida em forma de legalidade, como o caso do segredo de justiça, que é algo legal. Mas, se ele adquiriu informações sobre o ato isso torna o processo publico e o povo tem o direito de saber quando seu erário foi desviado e por quem.
    Condeno pessoalmente qualquer espécie de cala boca, na mesma forma que copndendo bandido esconder o rosto para as cameras.

  56. Conter a demanda, ou fomentar a oferta?

    A nomenclatura econômica age como se a única medida para conter o crescimento da inflação fosse a repressão da demanda. A repressão traduz-se em redução de salário e aposentadoria, aumento de juro, degradação de serviços públicos (pela redução dos gastos públicos) tudo em cenário de aumento de preços. Perdem trabalhadores públicos e privados, pequenos e médios empresários, profissionais liberais, aposentados. Ganham capitalistas, banqueiros, burocratas de alto coturno, políticos e poucos outros eleitos. Vozes dissonantes dentro da nomenclatura econômica discordam no acessório – dizem, por exemplo, que é melhor restringir o crédito do que aumentar juro; ou pedem que serviços públicos sejam menos afetados pelos cortes – mas concordam no essencial: para todos eles, conter a inflação é reprimir a demanda. Será?

    Em país como o nosso, cujo mercado consumidor está longe da maturidade, melhor não seria aumentar a oferta? Afinal, há muita gente querendo comprar. Não seria melhor estimular a produção dos segmentos que pressionam a inflação? Não seria melhor estimular a concorrência nestes segmentos, apoiando a instalação de novos produtores? Ora, o aumento de produção reduz preço e o aumento de concorrência, também. Por que não estimular o barateamento dos insumos destes segmentos? E facilitar o crédito? E apoiar a inovação tecnológica? Ou é melhor para o país prosseguir com a transferência de recursos da área produtiva para a área financeira? E manter os juros na estratosfera, que tem como um dos efeitos colaterais a valorização do Real, o quê, por sua vez, destrói indústrias e empregos? E não contingenciar o serviço da dívida pública (tido por sagrado pela equipa econômica)?

    A dúvida pertinente é, dada a lavagem cerebral praticada sobre nós pelos sábios da economia, a seguinte: será o Estado capaz de promover o aumento da oferta e assim combater a inflação? Ou isto não passa de quimera? De sonho maluco? Veja-se este exemplo brasileiro.

    O desenvolvimento agrícola nacional – as questões ecológicas e trabalhistas relativas à agricultura, embora relevantíssimas, estão fora do contexto desta reflexão – tem como causa fundamental a ação estatal, quer pelo viés creditício (Banco do Brasil), quer pelo tecnológico (Embrapa), escapando fortuitamente da mesmice do corte-lhe a demanda – na verdade, a cabeça do consumidor médio brasileiro. Na agricultura, contrariando o mantra neoliberal que Dilma parece estar a adotar, a oferta de alimentos cresceu espetacularmente – bate-se recordes de produção de grãos todos os anos – e, por causa disto, os preços dos alimentos têm em geral sido decisivos para a contenção da inflação no Brasil, não, apenas, a dos alimentos – tudo à margem do “pensamento” econômico dominante. (Uma breve digressão: frente ao atual aumento dos preços internacionais dos alimentos que pressiona a inflação no país, a nomenclatura econômica já acena vigorosamente com a única coisa que sabe fazer, aumentar juros para que comamos menos, quando o correto seria estimular ainda mais a produção). Voltando ao exemplo: a agricultura prova que se pode controlar a inflação aumentando a oferta e que o Estado pode induzir tal aumento.

    Nossos doutores em economia, técnicos que são, têm o dever de oferecer soluções que contemplem o que a sociedade quer, desejo manifestado politicamente com a eleição de Dilma e a concomitante defenestração política de Serra, FHC e outros, e que é resumidamente o seguinte: desenvolvimento sem inflação. Este lema é síntese de muitas das promessas de campanha da presidente, e foi por causa delas que Dilma elegeu-se. Ademais, desenvolvimento sem inflação, além de factível como prova o “case” da agricultura, é melhor para todos, inclusive os graúdos. Dilma tem, por ser a condutora maior desta política, o dever de exigir da nomenclatura econômica solução que atenda, agora, e não em futuro incerto e distante, para além do “bolo ter crescido”, a principal diretriz política de seu governo: desenvolvimento sem inflação. Esta é a questão.

    1. Parabens! Muito bom. O governo tem medo do crescimento acelerado por que a 30 anos o país não investe quase nada em infraestrutura. O governo FHC muito pouco fez. O Lula quase nada e. Pelo andar da carruagem no governo Dilma vai ser ainda pior. Toda vez que o país ameaça crescer com mais vigor eles pisam no freio dos juros altos porque se o país crescer como a China o nosso sistema de transporte; ferroviario, rodoviario, aeroportuario e portos entram em colapso. Por isso na hora de votar temos que ter coragem de votar em um politico desenvolvimentista, para investir pesado no sistema de transporte: Ferroviario, rodoviario, aereo e maritimo. Só assim podemos sair do atrazo e crescer com vigor sem puxar o freio de mão quando o país ameaça se desenvolver.
      João Leite

    2. Ramalho, parabéns que belo texto!!!.
      Gostaria de acrescentar apenas para simplificar, a retomada da política de corte de renda salarial e contenção de consumo a prevalecer desmentirá a tão propagada falácia dos governistas de que a partir de 2012 os salários voltarão a ter ganho real, ao conter o consumo e aumentar os juros diminue-se também o crescimento do PIB e diminuindo o crescimento do PIB diminue-se os aumentos reais do salário e assim sucessivamente até que se o consumo externo não der conta de suprir a falta de consumo interno podemos chegar inclusive a recessão, é o modêlo que nos foi imposto pelo FMI durante décadas e a nossa dupla Dilma / Palocci resolveram ressucitar.

  57. Os tucanos, não ainda conformados com a fatídica derrota nas urnas, estão querendo uma forra contra o PT da Presidenta Dilma.
    O derrotadíssimo Serra até deu uma de deputado ou senador propondo o mínimo de R$ 600,00.
    Eles sabem que se o governo dar um aumento deste, a inflação que está querendo outra vez tomar o rico dinheirinho do pobre assalariado, ficará mais avassaladora e de nada vai adiantar esta história de aumento.
    Me agradaria mais se o governo criasse mecanismos mais eficientes de controle da inflação, algo assim como o antigo GATILHO SALARIAL DO SARNEY. Subiu os preços de qualquer coisa sobe conjuntamente o salário na mesma proporção. Sei que isto gerarria uma competição entre o salário e a ganancia do poderosos empresários de todos os ramos, mas seria uma queda de braços bem interessante.
    O presidenteLula deu maiores possibilidades ao agronegócio ao oferecer empréstimo como se fosse de pai para filho, ou seja quase sem juros e nós o povo recebemos em troca aumento dos preços nos alimentos e uma quase disparada da inflação com ocorreu no final do governo Lula.
    Os oportunistas nunca, jamais perdem as oportunidades e qualquer desleixo do governo e ou do ministério da fazenda, logo arranjam uma desculpa, uma hora são os preços dos defensivos agrícolas, outra hora São Padro que colaborou até demais mandando chuva além do necessário até no momento da plantação.
    Mas nessa história toda o que me preocupa é que com este aumento a aposentadoria vai ficando para tráz e o SM (salário mínimo) vai diminuindo a diferença em relação àqueles que ganham acima de 1 (um) SM.
    Como sempre, quem ganha mais como aposentado é que acaba bancando esta ladainha toda, pois a cada ano sua aposentadoria vai ficando cada vez mais mixa.

    1. Caro Divaldo, a diminuição da distância entre o valor do salário-mínimo e o valor dos maiores salários de um país é uma realização vitoriosa e que deve ser buscada e comemorada com absoluto entusiasmo e orgulho – o ideal seria que o maior salário de uma nação não fosse mais do que cinco ou seis vezes o valor do menor salário (o salário-mínimo).
      Enquanto houver numa sociedade pessoas que ganhem vinte, trinta, cem vezes mais do que os de salário mínimo; ou seja, enquanto o varredor da fábrica não receber, no máximo, seis vezes menos do que o gerente dela, a degradação social e a indigência (geradora de violência, criminalidade, infelicidade, etc…) não será jamais contida. Todo trabalho é digno e a diferença descabida só ofende à normalidade social.
      Para se corrigir a desparidade social que existe no Brasil, a melhor política de salário reside em não atrelar salários ao valor do mínimo (conforme pregam desinformados , em relação aos salários pagos pela Previdência Social).
      Tenha uma atitude altruística e pense a respeito do sistema de valorização do salário-mínimo que os Governos do PT vêm fazendo. Os salários dos brasileiros, como um todo, desde a criação desse sistema atual só tem aumentado de valor – o que não teria acontecido, se o aumento fosse sempre na diferença entre os menores e os maiores salários do Brasil. Ao invés de diminuirmos a pobreza, nós a estaríamos aumentando.

  58. Kotscho, você tem 62 anos, 2 filhas, três netos, já escreveu livros e plantou várias árvores: pode ser considerado como um homem realizado, porém continua realizando coisas boas, como esta coluna.
    Tenho 64 anos, três filhos, ainda não tenho netos, sou aposentado ( R$ 1380,00 por mês de aposentadoria), não escrevi nenhum livro mas já plantei várias árvores – e gostaria de lhe sugerir algo, baseado nisto:
    “Por que a oposição não apresenta um projeto de lei propondo que os mesmos critérios utilizados no aumento do salário mínimo sejam daqui para frente adotados também para os reajustes do funcionalismo público dos três poderes, incluindo as excelências portadores de mandato eletivo, como já sugeri aqui, no Balaio?”
    Kotscho, isso é tema para uma campanha a nível nacional, algo de uma amplitude social revolucionária. Notei que você tem repetido essa pergunta, esporadicamente, em algumas colunas. Sugiro que você insista com ela, se possível, ao final de cada coluna sua, independente do assunto tratado, transformando-a verdadeiramente numa sugestão de campanha.
    Sou um inexpressivo “representado” pelos nossos amados “representantes do povo” e já enderecei esta pergunta a diversos deles, porém sei que não deram nem darão nunca importância ao meu anseio e pedido.
    Você é lido, ouvido, respeitado, admirado!
    Após um casamento abençoado que dura 40 anos, 2 filhas, três netos, livros escritos, várias árvores plantadas, não precisaria mais nada em termos pessoais. Eu acrescentaria que muito bem continua fazendo aos seus leitores, com suas idéias e opiniões mas, tenho certeza, seria um belo acréscimo à sua obra de vida, para a parcela menos favorecida desta nação a qual você pertence, algum congressista tomar a iniciativa de um projeto que corrigisse esse crime social, que é a distorção absurda entre os salários entre brasileiros e brasileiros!

  59. Olha aí, presidenta Dilma, seja a maior presidente do Brasil: crie o “ÍNDICE ÚNICO DE REAJUSTE : DO SALÁRIO MÍNIMO, DOS POLÍTICOS (ÁREA FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL), CARGOS PÚBLICOS NOMEADOS E TODOS OS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS CONCURSADOS! Será a maior revolução social da História! Faça como fez para votar esses 545 reais de mínimo, que é um valor que esses deputados gastam num churrasquinho de fim de semana ( só para a família)! A bancada aliada vota com a senhora! Não vai prejudicar ninguém, apenas não deixará que aumente mais essa injustiça absurda que estamos vivendo! Faça lógo isso antes que o povo faça como nesses países que estão explodindo!!! Não adianta distribuir migalhas, é preciso acabar com essa farra dos políticos, ninguém está aguentando mais tanto desatino!!!

  60. Kotscho, não é só a oposição ao governo Dilma que está perdida. Seus defensores aqui no balaio tambem.

    O Luiz Carlos Velho já adotou discurso socialista. O Luiz agora é contra o lucro dos bancos e empreiteiras.

    O Luiz é a favor do Capitalismo, mas o quer com “lucros socialistas”. Perdeu o rumo de vez.

    Relaxe, Luiz. Serão só 4 anos de Dilma. Depois volta o Lula.

    Tenham todos um ótimo domingo

  61. Kotscho, você acha MESMO que isso é rancor ? Será que até você, tão lúcido e equilibrado, quer acabar com a critica e a divergência ? Não se esqueça. meu caro, que a divisão entre nós e eles começou com o PT e com o Lula. O qual se regozija por ver a crise no mundo desenvolvido, não é mesmo ? É uma pena, mas vai ser dificil convencer a burguesia e a elite bem pensante, essas pragas do mundo moderno, a verem o Lula como um estadista, concorda ? Mas não há de ser nada, o povo unido ainda vai acabar com o PIG, as elites e os bem educados, essa corja daninha, certo ? Com a exceção feita ao Grupo Jereissati / Andrade, ao Grupo Friboi, ao Sarney e aos brilhantes executivos da Telebrás, hahaha…
    PS: quem foi mesmo que inventou o FORA FHC, esse modelo de delicadeza e finesse da oposição, será que foi o PIG ?

    1. Maurício, faça um comentário sobreo post do Ricardo.

      Fale do salário do ministro. Fale do Habeas Corpus (concedido por Ministro indicado por FHC) na calada da noite pro banqueiro sócio do governo tucano nas privatizações.

      Maurício, foram gerados15 milhoes de empregos nos 8 anos de governo do torneiro mecanico semi analfabeto, despreparado e sem experiencia em cargos do executivo.

      É difícil de engolir .

      Né não, Maurício ?

  62. Perfeita a análise do Kotscho. Faltou dizer que foi hilário ver o pessoal do PFL (recuso-me a chamá-los “democratas”, em respeito ao vernáculo) posando de “defensores da classe trabalhadora”, com adesivos no peito e tudo mais.
    Esse pessoal é mesmo cara-de-pau!

  63. Robson, obrigado por assinar embaixo do comentário “Democomunotucanos, Petralhas, cuidado”. Fico feliz em saber que há outros enxergando como eu.
    Realmente é fácil observar que o resultado bem dividido na eleição presidencial, contrasta muito com o que ocorreu na votação, no Congresso, sôbre o salário mínimo. O Executivo foi muito “convicente” e o resultado muito contrário a milhões de eleitores.
    É público e notório que, há muito, nem Legislativo nem Judiciário têm se importado muito com a opinião do povo e sim com agradar em tudo ao Executivo, voltados somente a seus próprios interesses. Um toma lá, dá cá vergonhoso, que se não for contido, acabará levando o país a uma situação crítica…insustentável…
    Executivo sem freio, Legislativo e Judiciário servis levam, sem dúvida, ao autoritarismo, e este à ditadura.
    Depois, não adianta chorar: ou é golpe militar, ou povo na rua…
    ( Stanislaw).

  64. Kotscho, os intelectuais que sabem tudo e somente eles sabem estão desesperados.
    Lula deixou a presidência com o crescimento econômico anual de 7,5%, é mole?, porém, para os jornalistas da globo e a familia Barros de Carvalho é perigoso crescer muito… Impressionante como esses “donos do mundo”desprezam nossas inteligências (e já tem provas suficientes que não damos ouvidos a eles, daí a eleição e re-eleição de Lula). FHC quebrou o país, mas continua sendo o melhor presidente da república do Brasil, pra eles, claro.

    Espero que a presidentA Dilma Rousseff não seja o Lulinha paz e amor. Parta pra cima dessa coja … Em 2014 eu voto nela de novo… CONTRA TUCANOS, DEMOS, PPS E BOA PARTE DA CHAMADA GRANDE IMPRENSA BRASILEIRA.

  65. Hun ao que sei o PT nada mais fez, além de coisa ruins como o mensalão que finge que não existiu, que continuar a política econômica do PSDB para o país… Isso qualquer pessoa minimamente isenta sabe, ad iferença é que investiu mais no social, mas isso só fo possível porque respeitou a política econômica criada pelo PSDB e pegou a onda positiva da econômia mundial, já que o Brasil finalmente entendeu ( graças ao PSDB e depois o PT que seguiu as regras já inpostas e que antes criticava) como devia agir… Não acho o PSDB um partido decente ou melhor que os outros, mas certamente é menos cínico e corrupto que o PT que fazia oposição xingando tudo e todos e torcendo pelos desastres, e ainda acusa, atualmente, os adversários de fazerem o que na verdade o PT que fazia, quando oposição!

  66. Não se esqueça que a criação do mensalão VEM do psdb, em Minas Gerais, no final da década de 90 e que o DEMOS tem o seu também e o pior foi gravado. Agora, o seu governo gerou somente 700 mil empregos de carteira assinada. Eu disse de carteira assinada; enquanto o governo Lula gerou 15 milhões. Eu vou falar na célebre frase de um dos seus membros:” o que é bom a gente mostra o que não é a gente esconde”. Sem contar a compra de votos para a reeleição(não é um mensalão também?) A verdade é que o governo que saiu deu uma grande coça em vocês. E isso cria um despeito muito grande. E ponto final.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *